Base de dados : LILACS
Pesquisa : H02.269 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 860 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 86 ir para página                         

  1 / 860 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-557597
Autor: Arantes, Cíntia Kazue; Garcia, Maria Luiza Rufino; Filipe, Mariana Scombatti; Nardi, Susilene Maria Tonelli; Paschoal, Vânia Del'Arco.
Título: Avaliação dos serviços de saúde em relação ao diagnóstico precoce da hanseníase / Health services assessment of early leprosy diagnosis
Fonte: Epidemiol. serv. saúde;19(2):155-164, 2010. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo avaliou os serviços de saúde em relação à descoberta precoce da hanseníase e as dificuldades enfrentadas pela população para iniciar e dar continuidade ao tratamento. Aplicou-se questionário com perguntas abertas e fechadas por meio deentrevista com 234 doentes que iniciaram tratamento para hanseníase no Município de São José do Rio Preto-SP, no período de 1998 a 2006. A média de consultas para diagnosticar a hanseníase foi de 2,7 em unidades de saúde do serviço público e de 4,5 nosserviços privados. A maioria dos pacientes não relatou dificuldades para iniciar o tratamento. Os pacientes se deslocaram em média 9,2km de suas residências até os locais de tratamento e gastaram em média R$0,30/km. Considerando que a distância máxima docentro de saúde/residência nas áreas de sua abrangência seria de 1,5km, a descentralização do tratamento seria uma opção para melhorar o acesso e a precocidade do tratamento.

In the present study, health services were assessed regarding early diagnosis of leprosy and troubles faced by the population to initiate and remain under treatment. Patients (n=234), who initiated leprosy treatment between 1998 and 2006 in Sao Jose do Rio Preto, State of Sao Paulo, Brazil were interviewed and answered to open and closed questions. The mean number of medical appointments to diagnose the disease was 2.7 in public health units and 4.5 in the private sector. Most patients reported that they did not have problems to initiate treatment. They travelled about 9.2 km from their residences to treatment facilities and spent about R$0.30/km. Considering that the maximum distance from the health centers to private residences should be about 1.5 km, decentralization of treatment would be the best option to improve access and facilitate treatment of leprosy patients.
Descritores: Epidemiologia
Hanseníase/diagnóstico
Serviços de Saúde
-Administração de Serviços de Saúde
Diagnóstico Precoce
Limites: Humanos
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  2 / 860 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1096259
Autor: De Checchi, Maria Helena Ribeiro; Sumya, Alberto; Santana, André Bento Chaves; Pfaffenbach, Grace; Campos, Hércules Lázaro Morais.
Título: Guia de segurança para profissionais atuantes na atenção primária à saúde durante a pandemia de COVID­19 / Safety guide for professionals acting primary health care during the pandemic COVID-19.
Fonte: Coari; UFAM; 2020. 23 p. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este guia tem como objetivo trazer informações sobre os cuidados na Atenção Primária à Saúde voltados para a reorganização dos atendimentos realizados nas UBS frente à pandemia do COVID-19, visando a segurança dos profissionais de saúde e da comunidade
Descritores: Administração de Serviços de Saúde
Saúde Pública
Pessoal de Saúde
Infecções por Coronavirus/prevenção & controle
Pandemias
Responsável: BR218.1 - Biblioteca Carlos Henrique Robertson Liberalli


  3 / 860 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-974615
Autor: Pelissari, Daniele Maria; Jacobs, Marina Gasino; Bartholomay, Patricia; Rocha, Marli Souza; Barreira, Draurio; Arakaki-Sanchez, Denise; Toledo, João Paulo; Diaz-Quijano, Fredi Alexander.
Título: Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde como ferramenta de análise da descentralização do atendimento da tuberculose para a atenção básica / Brazilian National Registry of Healthcare Establishments as a tool for the analysis of decentralization of tuberculosis treatment to basic care services / Registro Nacional de Establecimientos de Salud como herramienta de análisis de la descentralización de la atención a la tuberculosis en la atención básica
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);34(12):e00173917, 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo: Os objetivos deste artigo foram validar um método de classificação dos serviços de saúde (atenção básica vs. outros níveis) e descrever a descentralização do atendimento da tuberculose (TB) para a atenção básica no Brasil no período de 2002 a 2016. Os serviços de saúde que notificaram e acompanharam pessoas com TB foram classificados como "atenção básica" ou "outros níveis", considerando-se o tipo de estabelecimento registrado no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES). Foi estimada a concordância entre essa classificação e uma realizada em 2013 pelos programas estaduais e municipais de TB. Posteriormente, utilizando-se o CNES, calculou-se o percentual de pessoas com TB atendidas na atenção básica no período de 2002 a 2016. A concordância foi de 94,4% e o índice kappa global foi 0,86. Houve um incremento relativo de 31,2% do atendimento de TB na atenção básica (50,9% em 2002 para 66,8% em 2016). Todas as regiões apresentaram aumento desse percentual, exceto a Região Sul. A classificação baseada no CNES permitiu analisar a evolução da descentralização do atendimento da TB para a atenção básica no Brasil.

Abstract: This study aimed to validate a method for classification of healthcare services in Brazil (basic care vs. other levels) and describe the decentralization of tuberculosis (TB) care to basic services (2002 to 2016). The healthcare services that reported and followed TB cases were classified as either "basic care" or "other levels" based on the type of establishment registered in the Brazilian National Registry of Healthcare Establishments (CNES, in Portuguese). The study estimated the agreement between this classification with a previous classification performed in 2013 by Brazil's state and local tuberculosis programs. Using the CNES registry, the authors then calculated the percentage of TB patients treated in basic care from 2002 to 2016. Agreement was 94.4%, and overall kappa index was 0.86. There was a relative increment of 31.2% in TB care provided by basic services (from 50.9% in 2002 to 66.8% in 2016). All regions of Brazil showed an increase in this percentage, except the South. The classification based on the CNES registry allowed analyzing the trend in decentralization of TB treatment to basic healthcare services in Brazil.

Resumen: Los objetivos de este artículo fueron validar un método de clasificación de los servicios de salud (atención básica vs. otros niveles) y describir la descentralización del cuidado de la tuberculosis (TB) hacia los servicios de atención básica en Brasil, durante el período de 2002 a 2016. Los servicios de salud que notificaron y efectuaron el seguimiento a personas con TB fueron clasificados como "atención básica" u "otros niveles", considerándose el tipo de establecimiento registrado en el Registro Nacional de Establecimientos de Salud (CNES). Se estimó la concordancia entre esta clasificación y una realizada en 2013 por los programas estatales y municipales de TB. Posteriormente, utilizando el CNES, se calculó el porcentaje de personas con TB atendidas en la atención básica durante el período de 2002 a 2016. La concordancia fue de 94,4% y el índice kappa global fue 0,86. Hubo un incremento relativo de un 31,2% del manejo de la TB en la atención básica (de un 50,9% en 2002 hasta un 66,8% en 2016). Todas las regiones presentaron un aumento de ese porcentaje, excepto la región Sur. La clasificación, basada en el CNES, permitió analizar la evolución de la descentralización del manejo de la TB hacia la atención básica en Brasil.
Descritores: Política
Atenção Primária à Saúde/organização & administração
Tuberculose/terapia
Assistência Integral à Saúde/organização & administração
Sistemas de Informação em Saúde/instrumentação
-Tuberculose/diagnóstico
Tuberculose/epidemiologia
Administração de Serviços de Saúde
Brasil/epidemiologia
Características de Residência
Programas Nacionais de Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 860 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Campos, Gastao Wagner de Sousa
Texto completo
Id: biblio-952437
Autor: Viana, Mônica Martins de Oliveira; Campos, Gastão Wagner de Sousa.
Título: Formação Paideia para o Apoio Matricial: uma estratégia pedagógica centrada na reflexão sobre a prática / Paideia training for matrix support: a pedagogical strategy centered on reflection of practice / Formación según Paideia para el apoyo matricial: una estrategia pedagógica centrada en la reflexión sobre la práctica
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);34(8):e00123617, 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A pesquisa analisou a utilização do Método Paideia na formação de profissionais que utilizam Apoio Matricial em Curitiba (Paraná), Uberlândia (Minas Gerais) e Campinas (São Paulo), Brasil. Para isso, foi desenvolvido um processo de formação (Curso de Especialização), segundo a estratégia Paideia, com 18 meses de duração, para profissionais do Apoio Matricial. Trata-se de pesquisa qualitativa, que se inspira na pesquisa-ação, na pesquisa-intervenção e na avaliação por triangulação de métodos. Na produção dos dados, foram utilizados as estratégias de observação em campo com registro em diário de campo, a entrevista semiestruturada por meio de questionário e o grupo focal. Para os dados obtidos com os questionários, foi feita uma análise descritiva. Já os dados qualitativos obtidos por meio da observação participante e dos grupos focais foram analisados por meio da construção de narrativas. O estudo apontou que a Formação Paideia favoreceu mudanças no processo de trabalho e na prática clínica das equipes investigadas. Observou-se, contudo, que a plena utilização da metodologia de Apoio Matricial é fortemente influenciada pelo contexto institucional, pelos modelos de gestão e de atenção, sendo constatada diferença importante entre os campos conforme o grau de democratização e de apoio da gestão a mudanças organizacionais.

The study analyzed the use of the Paideia Method for training professionals that use matrix support in Curitiba (Paraná State), Uberlândia (Minas Gerais State), and Campinas (São Paulo State), Brazil. An 18-month training process (Specialization Course) was developed for this purpose with matrix support professionals. This was a qualitative study inspired by action-based research, research-intervention, and evaluation by triangulation of methods. Data production used field observation strategies with records kept in a field diary, semi-structured interviews with a questionnaire, and focus group. Data from the questionnaires were submitted to descriptive analysis. The qualitative data collected with participant observation and focus groups were analyzed with the construction of narratives. The study showed that Paideia Training fostered changes in the work process and in clinical practice among the teams. However, the full utilization of the matrix support methodology is heavily influenced by the institutional setting and management and healthcare models. An important difference was observed between the fields according to the degree of democratization and management's support for organizational changes.

La investigación analizó la utilización del Método Paideia en la formación de profesionales que utilizan apoyo matricial en Curitiba (Paraná), Uberlândia (Minas Gerais) y Campinas (São Paulo). Con este fin, se desarrolló un proceso de formativo (curso de especialización), según la estrategia Paideia, con 18 meses de duración, para profesionales de apoyo matricial. Se trata de una investigación cualitativa, que se inspira en la investigación-acción, en la investigación-intervención y en la evaluación por triangulación de métodos. En la producción de datos, se utilizaron estrategias de observación de campo, con registro en un diario de campo, entrevistas semiestructuradas -mediante cuestionarios- y un grupo focal. Para los datos obtenidos con los cuestionarios, se realizó un análisis descriptivo. Respecto a los datos cualitativos, obtenidos mediante la observación participante y de los grupos focales se analizaron mediante una construcción de narraciones. El estudio señaló que la Formación Paideia favoreció cambios en el proceso de trabajo y en la práctica clínica de los equipos investigados. Se observó, no obstante, que la plena utilización de la metodología de apoyo matricial está fuertemente influenciada por el contexto institucional, por los modelos de gestión y de atención, constatándose una diferencia importante entre los campos, según el grado de democratización y apoyo a la gestión de cambios organizativos.
Descritores: Administração de Serviços de Saúde
Educação Médica/métodos
Ocupações em Saúde/educação
-Brasil
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Saúde da Família
Grupos Focais
Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 860 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Campos, Gastao Wagner de Sousa
Texto completo
Id: biblio-952423
Autor: Furtado, Juarez Pereira; Campos, Gastão Wagner de Sousa; Oda, Wagner Yoshizaki; Onocko-Campos, Rosana.
Título: Planejamento e Avaliação em Saúde: entre antagonismo e colaboração / Health Planning and Evaluation: antagonism versus collaboration / Planificación y Evaluación en Salud: entre el antagonismo y la colaboración
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);34(7):e00087917, 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo: Analisamos as relações entre duas subáreas da Saúde Coletiva - Planejamento e Avaliação - por meio de estudo bibliométrico de artigos, teses e dissertações, no período entre 1980 e 2016. A produção global relativa à Avaliação supera aquela do Planejamento, com predomínio acentuado a partir de meados da década de 2000. A capacidade de influenciar a gestão do setor Saúde parece impelir a disputa entre as duas subáreas. Considera-se que ambas têm recursos teóricos e metodológicos para superar suas reduções pela lógica instrumental do chamado gerencialismo, e se firmarem como dispositivos de reflexão e mudança.

Abstract: The authors analyze the relations between two subareas of Collective Health - Planning and Evaluation - through a bibliometric study of articles, theses, and dissertations published from 1980 to 2016. The overall production on Evaluation exceeds that of Planning, particularly since the 2000s. The capacity to influence health sector administration appears to drive the dispute between the two subareas. Both have theoretical and methodological resources to overcome their reductions under the instrumental logic of so-called managerialism, as well as to consolidate themselves as devices for reflection and change.

Resumen: Analizamos las relaciones entre dos subáreas de la Salud Colectiva -Planificación y Evaluación- mediante un estudio bibliométrico de artículos, tesis y disertaciones, durante el período entre 1980 y 2016. La producción global relativa a la Evaluación supera a la de la Planificación, con un predominio acentuado a partir de mediados de la década del 2000. La capacidad de influenciar en la gestión del sector salud parece impulsar la disputa entre las dos subáreas. Se considera que ambas tienen recursos teóricos y metodológicos para superar sus reducciones por la lógica instrumental del denominado gerencialismo, y se afianzan como dispositivos de reflexión y cambio.
Descritores: Publicações Periódicas como Assunto/estatística & dados numéricos
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde/estatística & dados numéricos
Bibliometria
Dissertações Acadêmicas como Assunto
Planejamento em Saúde/estatística & dados numéricos
-Publicações Periódicas como Assunto/tendências
Administração em Saúde Pública/tendências
Política Pública/tendências
Fatores de Tempo
Administração de Serviços de Saúde/tendências
Brasil
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde/tendências
Saúde Pública/tendências
Pessoal Administrativo/tendências
Colaboração Intersetorial
Planejamento em Saúde/tendências
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 860 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Morais, Heloisa Maria Mendonça de
Texto completo
Id: biblio-889862
Autor: Morais, Heloisa Maria Mendonça de; Albuquerque, Maria do Socorro Veloso de; Oliveira, Raquel Santos de; Cazuzu, Ana Karina Interaminense; Silva, Nadine Anita Fonseca da.
Título: Organizações Sociais da Saúde: uma expressão fenomênica da privatização da saúde no Brasil / Social Healthcare Organizations: a phenomenological expression of healthcare privatization in Brazil / Organizaciones Sociales de la Salud: una expresión fenoménica de la privatización de la salud en Brasil
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);34(1):e00194916, 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: CNPq.
Resumo: Resumo: A pesquisa analisou o processo de expansão das Organizações Sociais da Saúde (OSS) no Brasil durante o período de 2009-2014. Para tanto, dimensionou as dez maiores OSS segundo recursos financeiros captados, explorou suas qualificações como entidades sem fins lucrativos, tomando em conta as evidências empíricas que apontam para sua expansão e consolidação no processo de gestão e prestação de serviços de saúde via estratégias próprias de organizações privadas lucrativas. O estudo é descritivo e exploratório, e foi realizado com base em fontes documentais de domínio público. No plano das relações com o Estado, as OSS têm se beneficiado das brechas e facilidades concedidas pela lei e apresentado uma notável expansão. Evidenciou-se um movimento recente das OSS pela busca concomitante da condição de entidades filantrópicas, assegurando múltiplas oportunidades de captação de recursos e de benefícios fiscais; a possibilidade de aplicação de excedentes financeiros no mercado de capitais; e a remuneração de seus corpos diretivos. Há uma concentração em serviços hospitalares com maior densidade tecnológica; nítida predominância de cláusulas respeitantes ao incremento de repasses financeiros em detrimento de outras cláusulas regulatórias; existência de modalidades especiais de contratos com serviços-meios absolutamente estratégicos para o funcionamento geral do Sistema Único de Saúde. Portanto, neste estudo as OSS se configuram como um dos componentes do Complexo Econômico Industrial da Saúde, nas vertentes da gestão, da prestação e da regulação de serviços, em um cenário de intensiva mercantilização da saúde e de transferência de fundo público para o setor privado.

Abstract: The study analyzed the expansion of Social Healthcare Organizations (OSS in Portuguese) in Brazil from 2009 to 2014. The ten largest OSS were measured according to their budget funding and their qualifications as non-profit organizations were explored, considering evidence of their expansion and consolidation in the management and provision of health services via strategies proper to for-profit private enterprises. The study is descriptive and exploratory and was based on public-domain documents. In their relations with government, the OSS have benefited from legal loopholes and incentives and have expanded accordingly. There has been a recent trend for these organizations to simultaneously apply for status as charitable organizations, thereby ensuring multiple opportunities for fundraising and additional tax incentives, permission to invest financial surpluses in the capital market, and remunerate their boards of directors. These organizations tend to concentrate in technology-dense hospital services, with clauses concerning increasing financial transfers to the detriment of other regulatory clauses, and special contract modalities for enabling services that are absolutely strategic for the overall functioning of the Brazilian Unified National Health System. Thus, in this study, the OSS are one component of the Health Economic and Industrial Complex, acting in management, provision, and regulation of services in a scenario of intensive commodification of health and the transfer of public funds to the private sector.

Resumen: La investigación analizó el proceso de expansión de las Organizaciones Sociales de Salud (OSS) en Brasil, durante el período de 2009-2014. Para ello, se dimensionaron las diez mayores OSS, según los recursos financieros captados, exploró sus características, como entidades sin ánimo de lucro, tomando en consideración las evidencias empíricas que apuntan a su expansión y consolidación en el proceso de gestión y prestación de servicios de salud, vía estrategias propias de organizaciones privadas con ánimo de lucro. El estudio es descriptivo y exploratorio, y fue realizado en base a fuentes documentales de dominio público. En el plano de las relaciones con el Estado, las OSS se han beneficiado de las brechas y facilidades concedidas por la ley y presentado una notable expansión. Se evidenció un movimiento reciente de esas organizaciones por la búsqueda concomitante de su condición como entidades filantrópicas, asegurando múltiples oportunidades de captación de recursos y de beneficios fiscales; la posibilidad de inversión de excedentes financieros en el mercado de capitales; y la remuneración de sus cuerpos directivos. Existe una concentración en servicios hospitalarios con una mayor densidad tecnológica; nítida predominancia de cláusulas, respecto al incremento de transferencias financieras, en detrimento de otras cláusulas regulatorias; existencia de modalidades especiales de contratos con servicios-medios absolutamente estratégicos para el funcionamiento general del Sistema Único de Salud. Por tanto, en este estudio las OSS se configuran como uno de los componentes del Complejo Económico Industrial de la Salud, en las vertientes de la gestión, de la prestación y de la regulación de servicios, en un escenario de intensiva mercantilización de la salud y de transferencia de fondos públicos hacia el sector privado.
Descritores: Organizações sem Fins Lucrativos/organização & administração
Administração de Serviços de Saúde/economia
Privatização/tendências
Assistência à Saúde/organização & administração
-Organizações sem Fins Lucrativos/economia
Organizações sem Fins Lucrativos/legislação & jurisprudência
Organizações sem Fins Lucrativos/tendências
Administração de Serviços de Saúde/legislação & jurisprudência
Administração de Serviços de Saúde/tendências
Brasil
Privatização/economia
Privatização/legislação & jurisprudência
Características de Residência
Assistência à Saúde/legislação & jurisprudência
Assistência à Saúde/tendências
Política de Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 860 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889760
Autor: Godoi, Heloisa; Andrade, Selma Regina de; Mello, Ana Lúcia Schaefer Ferreira de.
Título: Rede regionalizada de atenção à saúde no Estado de Santa Catarina, Brasil, entre 2011 e 2015: sistema de governança e a atenção à saúde bucal / The regionalized healthcare network in Santa Catarina State, Brazil, from 2011 to 2015: governance system and oral healthcare / Red regionalizada de atención a la salud en el Estado de Santa Catarina, Brasil, entre 2011 y 2015: sistema de gobernanza y atención a la salud bucal
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);33(9):e00133516, 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo: Objetivou-se descrever o sistema de governança empreendido na estruturação da rede regionalizada de atenção à saúde no Estado de Santa Catarina, Brasil, baseando-se na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), tendo como foco a estruturação da atenção à saúde bucal. Trata-se de um estudo de cunho qualitativo, exploratório-descritivo, do tipo documental, tendo por base os fundamentos da governança como ferramenta analítica, por meio da identificação das dimensões atores, normas, pontos nodais e processos. Dados secundários foram coletados em atas de reuniões realizadas pela CIB entre janeiro de 2011 e dezembro de 2015. A análise mostra fragilidades na governança empreendida pela CIB catarinense no que concerne à estruturação da atenção à saúde bucal de forma regionalizada e sob a perspectiva de rede. A estruturação da atenção à saúde bucal ocorre de forma paralela a outras redes temáticas no estado e apresenta a expansão dos serviços odontológicos, principalmente de média complexidade, como efeito do processo de governança vigente. As relações estabelecidas entre os gestores e os processos decisórios identificados permitiram reconhecer a "prescrição" dessa rede, visto que há pouca negociação e demanda local, sendo mais restrita ao seguimento de recomendações e incentivos da esfera federal/estadual, estes intermediados por técnicos da secretaria estadual. Dessa forma, a definição de agenda propícia à formulação de política voltada para a atenção à saúde bucal dos catarinenses torna-se fragilizada e apresenta um posicionamento periférico frente às demais ações de saúde.

Abstract: The objective was to describe the governance system used in structuring the regionalized healthcare network in Santa Catarina State, Brazil, based on the Bipartite Inter-Managerial Commission (CIB), with a focus on structuring of oral healthcare. This was a qualitative, exploratory-descriptive documental study, based on the foundations of governance as an analytical tool through identification of the dimensions actors, norms, nodal points, and processes. Secondary data were collected from the minutes of CIB meetings held from January 2011 to December 2015. The analysis shows weaknesses in CIB governance in Santa Catarina in relation to regionalized structuring of oral healthcare from a network perspective. Structuring of oral healthcare occurs in parallel to that of other thematic networks in the state and shows the expansion of dental services, especially those with medium complexity, as an effect of the prevailing governance process. The relations established between administrators and decision-making processes allowed recognizing this network's "prescription", since there is little negotiation and local demand, limited more to following recommendations and incentives from the federal/state sphere, intermediated by staff from the State Health Secretariat. Thus, setting a policy agenda for oral healthcare for the population of Santa Catarina is weakened, with a peripheral position in relation to other health programs.

Resumen: El objetivo fue describir el sistema de gobernanza emprendido en la estructuración de la red regionalizada de atención a la salud, en el estado de Santa Catarina, basándose en la Comisión Intergestores Bipartita (CIB), cuyo propósito fue la estructuración de la atención a la salud bucal. Se trata de un estudio de cuño cualitativo, exploratorio-descriptivo, de tipo documental, teniendo como base los fundamentos de la gobernanza, como herramienta analítica, mediante la identificación de las dimensiones: actores, normas, puntos nodales y procesos. Los datos secundarios se recogieron en las actas de reuniones realizadas por la CIB, entre enero de 2011 y diciembre de 2015. El análisis muestra debilidades en la gobernanza emprendida por la CIB catarinense, en lo que concierne a la estructuración de la atención a la salud bucal de forma regionalizada y desde su perspectiva de red. La estructuración de la atención a la salud bucal se produce de forma paralela a otras redes temáticas en el estado y presenta la expansión de servicios odontológicos, principalmente de media complejidad, como consecuencia del proceso de gobernanza vigente. Las relaciones establecidas entre los gestores y los procesos decisorios identificados permitieron reconocer la "prescripción" de esta red, visto que existe poca negociación y demanda local, estando más restringida al seguimiento de recomendaciones e incentivos de la esfera federal/estatal, además intermediada por técnicos de la secretaría estatal. De esta forma, la definición de esta agenda, propicia a la formulación de políticas dirigidas hacia la atención a la salud bucal de los catarinenses, se debilita y presenta una posición periférica frente a las demás acciones de salud.
Descritores: Assistência Odontológica Integral/organização & administração
Serviços de Saúde Bucal/organização & administração
-Atenção Primária à Saúde
Regionalização
Administração de Serviços de Saúde
Brasil
Saúde Bucal
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 860 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Costa Rica
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-984803
Autor: Díaz de León Castañeda, Christian.
Título: Análisis de desigualdades en el trato adecuado en las Unidades de Atención Primaria de los Servicios Estatales de Salud de México / Analysis of inequalities in the appropriate treatment in the Primary Care Units of the State Health Services of Mexico
Fonte: Poblac. salud mesoam;15(2):69-94, ene.-jun. 2018. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Objetivo: Analizar desigualdades en el trato adecuado en la atención a pacientes sin seguridad social que utilizan servicios de salud ambulatorios en las Unidades de Atención Primaria (UAP) de los servicios estatales de salud de la Secretaría de Salud, en México. Métodos: Se trata de un diseño transversal y ecológico que plantea como unidades de análisis las entidades federativas de México. Se utilizaron datos de tiempo de espera y percepción de calidad en la atención que reportaron los usuarios en la Encuesta Nacional de Salud y Nutrición (ENSANUT) 2012. Se plantearon algunos Indicadores de Trato Adecuado (ITA), y se calcularon indicadores de desigualdad sugeridos en la literatura. Asimismo, se recopilaron de la literatura Indicadores Proxy de Determinantes Sociales de la Salud (IPDSS) con fines de analizar la posible asociación entre ITA e IPDSS a través de análisis de correlación y regresión (índice de efecto). Resultados: Se identificaron desigualdades en los ITA planteados entre las entidades federativas de México, principalmente en los indicadores de tiempo de espera (disparidad absoluta 52.7 min y disparidad relativa 1.9 para la media estatal en tiempo de espera). Asimismo, se identificaron asociaciones significativas entre ITA e IPDSS. Particularmente, se encontró asociación entre todos los ITA propuestos y la tasa estatal de UAP, aunque con débil índice de efecto. Conclusiones: Persisten desigualdades en el trato adecuado durante la prestación de servicios ambulatorios a población sin seguridad social. Es necesario trabajar más en subsanar desigualdades y promover la equidad en salud.

Abstract Objective: To analyze responsiveness inequalities in the care of patients without social security that use outpatient health services in the Primary Care Units (PCU) of the state health services of the Ministry of Health in Mexico. Methods: It is a cross-sectional and ecological design that considers the federative entities of Mexico as units of analysis. Users reported time-out and quality perception data were used from the National Health and Nutrition Survey (ENSANUT). Some Responsiveness Indicators (RI) were proposed, and suggested inequality indicators were calculated. Likewise, proxy Indicators of Social determinants of Health (IPDSS) were collected from the literature to analyze possible association between ITA and IPDSS through correlation and regression analysis (effect index). Results: Inequalities in ITAs were identified among the federative entities of Mexico, mainly in the indicators of waiting time (absolute disparity 52.7 min and relative disparity 1.9 for the state average in waiting time). Likewise, significant associations between ITA and IPDSS were identified. In particular, we found association between all the proposed ITAs and the state rate of PCU, although with a weak effect index. Conclusions: Inequalities persist in the responsiveness during the provision of outpatient services to the population without social security. More work is needed to address inequalities and promote equity in health.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Qualidade da Assistência à Saúde
Administração de Serviços de Saúde
Disparidades em Assistência à Saúde
Assistência Ambulatorial
México
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CR1.1 - BINASSS - Biblioteca Nacional de Salud y Seguridad Social


  9 / 860 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-831580
Autor: Vitorino, Santuzza Arreguy Silva; Siqueira, Renata Lopes de; Passos, Maria Cristina; Bezerra, Olívia Maria de Paula Alves; Cruz, Marly Marques da; Silva, Camilo Adalton Mariano da.
Título: Estrutura da vigilância alimentar e nutricional na atenção básica em saúde no estado de Minas Gerais / Structure of the food and nutrition surveillance system in primary health care in the Minas Gerais state
Fonte: Rev. APS;19(2):230-244, abr. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: A Vigilância Alimentar e Nutricional-VAN visa a monitorar o estado alimentar e nutricional da população com o propósito de prover informação contínua sobre as condições alimentares e nutricionais e seus fatores determinantes para tomada de decisão pelos gestores. As ações para sua operacionalização devem ser promovidas no âmbito da Atenção Básica do Sistema Único de Saúde, utilizando a estrutura disponível desse nível de atenção, incluindo os recursos humanos, financeiros, físicos e materiais. Este trabalho objetivou identificar e descrever a estrutura organizacional para a realização de ações de vigilância alimentar e nutricional em nível municipal, por meio de questionário estruturado, enviado aos 853 municípios de Minas Gerais, Brasil. Participaram da pesquisa 432 municípios, nos quais foi observado que a estrutura para a realização de ações de alimentação e nutrição avançou, desde a implantação da Vigilância Alimentar e Nutricional, no Sistema Único de Saúde, mas carece de adequações que possibilitem qualificar as ações de alimentação e nutrição realizadas, bem como aumentar a cobertura populacional.

The aim of the Food and Nutrition Surveillance is to monitor the food and nutritional status of the population, for decision making by managers. This enables continuous collection of information regarding food and nutritional conditions and their determining factors. To implement this system, programs should be promoted within the basic care provided by the Unified Health System (SUS) by using the structure available at this level of care that includes human, financial, and material resources. With the aid of a structured questionnaire sent to 853 municipalities in Minas Gerais, the aim of this study was to identify and describe the structure available at the municipal level for the implementation of food and nutrition surveillance programs. Around 432 municipalities participated in the survey, revealing that their structure for the implementation of food and nutrition programs, in terms of the availability of human, financial, and material resources, requiring adaptations and greater consideration by the administration.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Vigilância Nutricional
-Avaliação em Saúde
Estrutura dos Serviços
Administração de Serviços de Saúde
Gestão em Saúde
Pesquisa sobre Serviços de Saúde
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  10 / 860 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-771347
Autor: Lima, Rodrigo de Novaes; Bourget, Monique Marie Marthe; Junior, Martim Elviro de Medeiros; France, Henrique Sebastião.
Título: Experiência de acompanhamento da gestão e assessoria técnica nas unidade de atenção primária do Santa Marcelina / Follow-up experience of management and technical advisors in the primary care services of Santa Marcelina Hospital
Fonte: Rev. APS;17(4), 20122014.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Em fevereiro de 2012, iniciou-se, na Casa de Saúde Santa Marcelina, a prática de visitas dos gestores de território e assessoria técnica às unidades básicas de saúde, com discussão dos processos de trabalho, que se embasava em três eixos: a gestão do acesso, a gestão do cuidado e a gestão da vulnerabilidade. Desenvolvimento: Utilizaram-se para a discussão, entre outros, dados do SIAB, dados de produção contemplando os eixos principais da Estratégia Saúde da Família e dados dos prontuários, levantados pelas próprias equipes, com ênfase na qualidade, a partir do alinhamento da conduta dos profissionais aos protocolos municipais e de especialidades. As discussões se baseavam nos dados produzidos pelas equipes e nos perfis epidemiológicos dos territórios assistidos. Conclusão: O modelo de discussão foi prontamente aceito pelos gestores, assessores técnicos e equipes de saúde e seus resultados foram observados tanto nos âmbitos locais quanto em indicadores abrangendo territórios mais amplos. Em uma unidade estudada, houve aumento de mais de 28% do número de consultas ofertadas pelos profissionais. Nas regiões acompanhadas, houve aumento do nú- mero de pacientes diabéticos que tiveram seu pé avaliado em 50% (12% antes vs 18% após). Esses e outros dados corroboram a importância da discussão dos processos de trabalho entre gestores e profissionais da rede.

Introduction: In February of 2012 Santa Marcelina Hospital managers and technical advisors began making visits to their primary care units, discussing work processes based on three topics: access management, quality of care management, and vulnerability management. Development: For the discussion, the groups used data from, among various sources, the ?Primary Care Information System? (SIAB), the amount of appointments offered, and from medical records gathered and evaluated by the teams themselves, with a focus on quality of care and using the government and specialties protocols as a model. Discussions were based on the data produced by the teams and on the epidemiologic profiles of the coverage areas. Conclusion: The managers and the teams readily accepted the model, and the results have been observed both in local and in wider contexts. At one primary care unit studied, the amount of appointments offered increased by more than 28%. Considering the whole territory, the number of diabetic patients who had their feet evaluated increased by 50%.(12% before vs. 18% after). The corroborating data confirmed the importance of discussions on health care processes between managers and teams.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Qualidade da Assistência à Saúde
-Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde
Administração de Serviços de Saúde
Gestão da Qualidade
Estratégia Saúde da Família
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central



página 1 de 86 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde