Base de dados : LILACS
Pesquisa : H02.309 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1075 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 108 ir para página                         

  1 / 1075 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1096504
Autor: Lopez, Evelyn da Costa Martins Silva; Cruz, Elaine Drehmer de Almeida; Alpendre, Francine Taporosky; Batista, Josemar.
Título: Cultura de segurança do paciente em unidades cirúrgicas de hospitais de ensino / Culture of patient safety in surgical units of teaching hospitals / Cultura de seguridad del paciente en unidades quirúrgicas de hospitales escuela
Fonte: REME rev. min. enferm;24:e-1298, fev.2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: analisar a cultura de segurança em unidades cirúrgicas de três hospitais de ensino paranaenses. Método: survey, transversal, com coleta de dados realizada entre 2017 e 2018, em três hospitais com administração federal, estadual e privada. Utilizou-se o questionário Hospital Survey on Patient Safety Culture, que analisa 12 dimensões da cultura de segurança; aquelas com índices ≥75% foram consideradas fortalecidas. Resultados: a dimensão "trabalho em equipe dentro das unidades" foi identificada como fortalecida no hospital privado (77,8%); nos demais, nenhuma dimensão mostrou cultura fortalecida. Os profissionais do hospital privado externaram, significativamente, percepção menos negativa em seis dimensões de cultura. Comparados aos profissionais médicos, a Enfermagem apresentou percepção mais positiva, com diferença significativa para quatro dimensões. Conclusão: a administração privada estimula a cultura de segurança, quando comparada à pública. As dimensões frágeis são expressivas em todos os segmentos de trabalhadores, tornando-se desafio para promover cultura positiva em unidades cirúrgicas de hospitais de ensino. (AU)

Objective: to analyze the safety culture in surgical units of three teaching hospitals in Paraná. Method: a cross-sectional survey, with data collection, carried out between 2017 and 2018, in three hospitals with federal, state and private administration. We used the Hospital Survey on Patient Safety Culture questionnaire, which analyzes 12 dimensions of the safety culture; we considered those with rates ≥75% as strengthened. Results: the dimension "teamwork within the units" was identified as strengthened in the private hospital (77.8%); in the others, no dimension showed a strengthened culture. The professionals of the private hospital significantly expressed a less negative perception in six dimensions of culture. Compared to medical professionals, Nursing showed a more positive perception, with a significant difference for four dimensions. Conclusion: private administration encourages a culture of security when compared to public administration. The fragile dimensions are expressive in all segments of workers, making it a challenge to promote a positive culture in surgical units of teaching hospitals.(AU)

Objetivo: analizar la cultura de seguridad en unidades quirúrgicas de tres hospitales docentes del estado de Paraná. Método: encuesta transversal, con recogida de datos realizada entre 2017 y 2018, en tres hospitales de administración federal, estatal y privada. Se utilizó el cuestionario Hospital Survey on Patient Safety Culture que analiza 12 dimensiones de la cultura de seguridad; aquéllas con tasas ≥75% se consideraron fortalecidas. Resultados: se identificó la dimensión "trabajo en equipo dentro de las unidades" como fortalecida en el hospital privado (77.8%); en los demás, ninguna dimensión mostró una cultura fortalecida. Los profesionales del hospital privado expresaron significativamente una percepción menos negativa en seis dimensiones de la cultura. En comparación con los profesionales médicos, la enfermería mostró una percepción más positiva, con una diferencia significativa en cuatro dimensiones. Conclusión: la administración privada fomenta una cultura de seguridad, en comparación con la pública. Las dimensiones frágiles son expresivas en todos los segmentos de los trabajadores. Por ello, promover la cultura positiva en las unidades quirúrgicas de los hospitales escuela se ha vuelto un reto.(AU)
Descritores: Qualidade da Assistência à Saúde
Cultura Organizacional
Assistência Perioperatória
Segurança do Paciente
Hospitais de Ensino
-Enfermagem Perioperatória
Administração Hospitalar
Limites: Humanos
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  2 / 1075 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1021358
Autor: Alvim, André Luiz Silva.
Título: O enfermeiro no programa de gerenciamento do uso de antimicrobianos: uma revisão integrativa / The nurse in the antimicrobial stewardship: an integrative review / El enfermero en el programa de gestión del uso de antimicrobianos: una revisión integratival
Fonte: Rev. SOBECC;24(3):154-160, jul-.set.2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Analisar como a literatura científica descreve o enfermeiro, bem como seu papel no Programa de Gerenciamento do Uso de Antimicrobianos (PGUA). Método: Revisão integrativa da literatura, realizada mediante consulta às bases de dados Scientific Electronic Library Online (SciELO), Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE). Resultados: Foram incluídos seis artigos que atenderam os critérios de inclusão previamente estabelecidos. Todos foram publicados na língua inglesa e divulgados na base de dados eletrônica MEDLINE. A metade dos artigos foi publicada em revistas científicas que tiveram fator de impacto avaliado acima de 2,0, destacando os periódicos Clinical Infectious Diseases (8,216), BMC Medical Informatics and Decision Making (2,288) e American Journal of Infection Control (2,209). Quanto aos temas abordados, todos os artigos reconheceram o enfermeiro como peça fundamental no PGUA. Conclusão: Embora os estudos na literatura sejam limitados, foi possível concluir que a participação do enfermeiro promove otimização terapêutica e uso racional dos antibióticos, contribuindo para redução da resistência antimicrobiana.

Objective: To analyze how scientific literature describes the nurse, as well as his/her role in the Antimicrobial Stewardship (AMS). Method: Integrative literature review, carried out by consulting the Scientific Electronic Library Online (SciELO), Latin American & Caribbean Health Sciences Literature (LILACS), and MEDical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE) databases. Results: We included six articles that met the previously established inclusion criteria. They were published in English and disclosed in the MEDLINE electronic database. Half of the articles were published in scientific journals that had an impact factor evaluated above 2.0. The journals Clinical Infectious Diseases (8.216), BMC Medical Informatics and Decision Making (2.288), and American Journal of Infection Control (2.209) were highlights. Regarding the addressed themes, all the articles recognized the nurse as a key element in the AMS. Conclusion: Even though the studies in the literature are limited, we concluded that the participation of nurses promotes therapeutic optimization and rational use of antibiotics, contributing to the reduction of antimicrobial resistance.

Objetivo: Analizar cómo la literatura científica describe el enfermero, así como su papel en el Programa de Gestión del Uso de Antimicrobianos (PGUA). Método: Revisión integrativa de la literatura, realizada mediante consulta a las bases de datos Scientific Electronic Library Online (SciELO), Literatura Latinoamericana y del Caribe en Ciencias de la Salud (LILACS) y Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE). Resultados: Fueron incluidos seis artículos que atendieron a los criterios de inclusión previamente establecidos. Todos fueron publicados en el idioma inglés y divulgados en la base de datos electrónica MEDLINE. Mitad de los artículos fue publicada en revistas científicas que tuvieron factor de impacto evaluado arriba de 2,0, destacando los periódicos Clinical Infectious Diseases (8,216), BMC Medical Informatics and Decision Making (2,288) y American Journal of Infection Control (2,209). Con relación a los temas abordados, todos los artículos reconocieron al enfermero como pieza fundamental en el PGUA. Conclusión: Aunque los estudios en la literatura sean limitados, fue posible concluir que la participación del enfermero promueve optimización terapéutica y uso racional de los antibióticos, contribuyendo para la reducción de la resistencia antimicrobiana.
Descritores: Anti-Infecciosos
Antibacterianos
Enfermeiras e Enfermeiros
-Enfermagem
Tratamento Farmacológico
Administração Hospitalar
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR2499


  3 / 1075 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1021353
Autor: Bohomol, Elena; Melo, Eliana Ferreira de.
Título: Cultura de segurança do paciente em centro cirúrgico: percepção da equipe de enfermagem / Patient safety culture in surgicenters: perception of nursing team / La cultura de seguridad del paciente en centro quirúrgico: la percepción del equipo de enfermería
Fonte: Rev. SOBECC;24(3):132-138, jul-.set.2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Analisar a percepção de profissionais de enfermagem de um centro cirúrgico em um hospital privado acerca das dimensões da cultura de segurança do paciente. Método: Estudo descritivo e exploratório, com abordagem quantitativa, realizado em uma instituição hospitalar privada e acreditada, com 37 profissionais de enfermagem do centro cirúrgico, utilizando o instrumento Hospital Survey on Patient Safety Culture para coleta de dados. Resultados: Identificou-se a dimensão "Aprendizado organizacional e melhoria contínua" (77,4%) como área forte na instituição. Encontraram-se quatro áreas frágeis, referentes às dimensões: "Trabalho em equipe dentro das unidades" (47,4%), "Abertura da comunicação" (45,8%), "Resposta não punitiva aos erros" (29,2%) e "Adequação de pessoal" (42%). Conclusão: Há a necessidade de se implementar mudanças que requeiram esforços de toda a organização hospitalar nos níveis estratégico, administrativo e operacional, principalmente para incentivar a atenção dos profissionais na condução das ações que fortaleçam a cultura não punitiva, e estudar o dimensionamento de profissionais para o atendimento do paciente no perioperatório.

Objective: To analyze the perception of nursing professionals from a surgicenter at a private hospital of patient's safety culture dimensions. Method: This is a descriptive and exploratory study with a quantitative approach, conducted in a private and accredited hospital institution, including 37 nursing professionals from surgicenters. It used the Hospital Survey on Patient Safety Culture instrument for data collection. Results: The dimension "Organizational learning and continuous improvement" was identified as a strong area (77.4%) in the institution. We found four weak areas regarding the dimensions: "Teamwork within units" (47.4%); "Communication opening" (45.8%); "Nonpunitive response to errors" (29.2%); and "Team Adequacy" (42%). Conclusion: Implementing changes that require efforts from the entire hospital institution at the strategic, administrative, and operational levels are required, mainly to encourage professionals' attention when conducting actions that strengthen a nonpunitive culture, and to study their dimensioning regarding patient's care during the perioperative period.

Objetivo: Analizar la percepción de los profesionales de enfermería de un centro quirúrgico en un hospital privado sobre las dimensiones de la cultura de seguridad del paciente. Método: Estudio descriptivo y exploratorio con enfoque cuantitativo, realizado en una institución hospitalaria privada y acreditada, incluyendo 37 profesionales de enfermería del centro quirúrgico, utilizándose el instrumento Hospital Survey on Patient Safety Culture para la recolección de datos. Resultados: La dimensión "Aprendizaje organizacional y mejora continua" se identificó como un área fuerte (77,4%) en la institución. Se encontraron cuatro áreas frágiles con respecto a las dimensiones: "Trabajo en equipo dentro de las unidades" (47,4%); "Comunicación abierta" (45,8%); "Respuesta no punitiva a errores" (29,2%) y "Adecuación del equipo" (42%). Conclusión: Es necesario implementar cambios que requieran esfuerzos de toda la organización hospitalaria a los niveles estratégico, administrativo y operativo, especialmente para alentar la atención de los profesionales en la realización de acciones que fortalezcan la cultura no punitiva y para estudiar el dimensionamiento de los profesionales a la atención al paciente en el perioperatorio.
Descritores: Centros Cirúrgicos
Segurança do Paciente
Equipe de Enfermagem
-Assistência Perioperatória
Assistência Hospitalar
Administração Hospitalar
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR2499


  4 / 1075 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-952394
Autor: Azevedo, Creuza da Silva; Miranda, Lilian; Sá, Marilene de Castilho; Grabois, Victor; Matta, Gustavo; Cunha, Marcela.
Título: Entre protocolos e sujeitos: qualidade do cuidado hospitalar em um serviço de hematologia / Between protocols and subject: quality of hospital care in a hematology service / Entre protocolos e individuos: calidad del cuidado hospitalario en un servicio de hematología
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);34(6):e00043817, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: No artigo, apresentamos parte dos resultados do estudo desenvolvido no Hospital Edgar Santos, da Universidade Federal da Bahia (HUPES), que analisou a experiência de melhoria da qualidade da assistência em um contexto de acreditação hospitalar. O artigo volta-se para o serviço de hematologia e tem seu foco na qualidade do cuidado e processos intersubjetivos. A investigação foi pautada na perspectiva qualitativa, empregando-se entrevistas e observação. Do ponto de vista teórico, os trabalhos de Campos, Cecílio e Merhy reconhecem a natureza complexa do cuidado em saúde, sua dimensão micropolítica e intersubjetiva, e a capacidade dos profissionais de produção de sentidos e de criatividade. Para compreender os processos de articulação psicossocial e de mobilização subjetiva dos profissionais empregamos conceitos da psicossociologia francesa de Enriquez e da psicodinâmica do trabalho de Dejours. A análise foi organizada em três eixos: articulação psicossocial e o imaginário de autogestão; vínculo e afeto: singularização do cuidado e clínica do sujeito; trabalho real e equipe de saúde. Destacamos como uma das principais conclusões a constituição de um imaginário de autogestão, expresso no compartilhamento de projetos, expectativas e algumas formas de interpretar e operar a realidade, que têm por base representações, afetivamente investidas, de autonomia e unidade. Ao lado de elementos técnicos, como protocolos, é realçado o julgamento profissional, próprio à dimensão intersubjetiva, permitindo a singularização do cuidado. Compreendemos que na cena assistencial o trabalho real é atravessado por ajustes que demonstram a cooperação entre os profissionais.

The article presents partial results of a study at Hospital Edgar Santos, Universidade Federal da Bahia (HUPES), Brazil, analyzing the service's experience with improvement in quality of care within a context of hospital accreditation. The article focuses on the hematology service and specifically its quality of care and intersubjective processes. The study adopted a qualitative approach, using interviews and observation. From the theoretical point of view, the work of Campos, Cecílio, and Merhy acknowledge healthcare's complex nature and micropolitical and intersubjective dimension and the capacity of health professionals to produce meanings and practice creativity. To understand the health professionals' processes of psychosocial linkage and subjective mobilization, we drew on concepts from the French school of psychosociology (Enriquez) and Dejours' psychodynamics of work. The analysis was organized along three lines: psychosocial linkage and the imaginary of self-management; bonding and affect: singularity of the subject's care and clinical case; real work and the healthcare team. One of the main conclusions is the building of a self-management imaginary, expressed in shared projects, expectations, and some forms of interpreting and operating reality, based on affectively invested representations of autonomy and unity. Alongside technical elements such as protocols, the article highlights professional judgment, proper to the intersubjective dimension, fostering the singularity of care. In our view, the real work in the patient care scene is traversed by adjustments that demonstrate team cooperation.

En este artículo presentamos parte de los resultados del estudio desarrollado en el Hospital Edgar Santos, de la Universidad Federal de Bahía (HUPES), que analizó la experiencia de mejora de la calidad de la asistencia en un contexto de acreditación hospitalaria. El artículo se dirige al servicio de hematología y centra su atención en la calidad del cuidado y procesos intersubjetivos. La investigación fue pautada desde la perspectiva cualitativa, empleando entrevistas y observación. Desde el punto de vista teórico, los trabajos de Campos, Cecílio y Merhy reconocen la naturaleza compleja del cuidado en salud, su dimensión micropolítica e intersubjetiva, y la capacidad de los profesionales para producir nuevos significados y ser creativos. Para comprender los procesos de articulación psicosocial y de movilización subjetiva de los profesionales empleamos conceptos de la psicosociología francesa de Enríquez y de la psicodinámica del trabajo de Dejours. El análisis se organizó en torno a tres ejes: articulación psicosocial e imaginario de autogestión; vínculo y afecto: singularización del cuidado y clínica del sujeto; trabajo real y equipo de salud. Destacamos como una de las principales conclusiones: la constitución de un imaginario de autogestión, traducido en compartir proyectos, expectativas y algunas formas de interpretar y manejar la realidad, que tienen como base representaciones, afectivamente invertidas, de autonomía y unidad. Junto a elementos técnicos, como los protocolos, se realza el juicio profesional, propio de la dimensión intersubjetiva, permitiendo la singularización del cuidado. Comprendemos que en la escena asistencial el trabajo real está cruzado por ajustes que demuestran la cooperación entre los profesionales.
Descritores: Qualidade da Assistência à Saúde/organização & administração
Administração dos Cuidados ao Paciente/organização & administração
Protocolos Clínicos/normas
Hematologia/organização & administração
Administração Hospitalar/métodos
-Administração de Recursos Humanos em Hospitais/métodos
Qualidade da Assistência à Saúde/normas
Administração dos Cuidados ao Paciente/normas
Brasil
Fluxo de Trabalho
Acreditação/normas
Acreditação/organização & administração
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 1075 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1054564
Autor: Cerqueira, Daniel Ricardo de Castro; Alves, Paloma Palmieri; Coelho, Danilo Santa Cruz; Lima, Adriana dos Santos.
Título: Uma análise da base de dados do Sistema de Informação Hospitalar entre 2001 e 2018: dicionário dinâmico, disponibilidade dos dados e aspectos metodológicos para a produção de indicadores sobre violência.
Fonte: Rio de Janeiro; IPEA,; 2019. 160 p. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho explora e analisa a base de dados do SIH/SUS ­ para tanto, foi desenvolvido em seis capítulos. O primeiro trata da base de dados do SIH e a sua utilização na literatura científica. O segundo versa acerca da análise longitudinal da disponibilidade dos dados do SIH. O terceiro apresenta os dicionários dinâmicos de dados elaborados ano a ano, incluindo o histórico, a evolução, a conceituação das variáveis existentes e também as mudanças estruturais ocorridas no período entre 2001 e 2018. O quarto capítulo, por sua vez, exibe as questões metodológicas envolvidas na utilização desta base de dados, bem como o cálculo de alguns indicadores que serão construídos e analisados. O quinto apresenta os resultados para os indicadores obtidos ­ nele também são feitas comparações de resultados a partir dos microdados da base do SIH, com as informações divulgadas via Tabnet, e do SIM, para efeito de avaliar a qualidade da informação disponibilizada nos microdados da base do SIH/SUS. Por fim, no último capítulo, são expostas as conclusões obtidas a respeito da base de dados do SIH.
Descritores: Administração Hospitalar
Base de Dados
Registros de Mortalidade
Sistema Único de Saúde
Sistemas de Informação Hospitalar
Responsável: BR1541.1 - Biblioteca
I59; 362.11, I59; BR1541.1


  6 / 1075 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1086685
Autor: São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde.
Título: Hospitais de ensino no Estado de São Paulo1 / Epidemiological indicators: pertaining to healthcare infections: teaching hospitals-HE Estado de São Paulo.
Fonte: São Paulo; SES/SP; 2007. 134 p. map, graf, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Administração Hospitalar
Hospitais de Ensino
Sistema Único de Saúde
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; P


  7 / 1075 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1070597
Autor: Bittar, Olímpio José Nogueira Viana.
Título: Ações para implementação na administração dos hospitais de ensino / Implementation actions at hospitals, teaching administration
Fonte: In: Bittar, Olímpio J. Nogueira V; Magalhães, Adriana. Hospitais de ensino no Estado de São Paulo. São Paulo, Imprensa Oficial, 2007. p.111-134.
Idioma: pt.
Descritores: Administração Hospitalar
Hospitais de Ensino
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros
BR91.2; WX150, S239ho, 2007


  8 / 1075 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1070331
Autor: São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde.
Título: OSS: Organizações Sociais de Saúde / HSO: Health Social Organizations.
Fonte: São Paulo; s.n; s.d. 15 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Administração Hospitalar
Modelos Organizacionais
Organização Social
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA525, S239o


  9 / 1075 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1070023
Autor: Bittar, Olímpio José Nogueira Viana.
Título: Ações para implementação na administração dos hospitais de ensino / Implementing actions in education hospitals administration
Fonte: In: Bittar, Olímpio J. Nogueira V; Magalhães, Adriana. Hospitais de ensino no Estado de São Paulo. São Paulo, Imprensa Oficial, 2007. p.111-132, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Administração Hospitalar
Hospitais de Ensino
Regionalização
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros
BR79.1


  10 / 1075 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1068969
Autor: OPAS.
Título: A transformacao da gestao de hospitais na America Latina e Caribe / The transformation of the management of the hospitals in Latin America and the Caribbean.
Fonte: Brasilia; OPAS; 2004. 397 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Administração Hospitalar
Gestão da Qualidade
Hospitais
Reforma dos Serviços de Saúde
Sistemas de Informação Hospitalar
Sistemas de Saúde
-América Latina
Região do Caribe
Limites: Humanos
Responsável: BR1310.1 - Núcleo de Biblioteca
BR1310.1. 2149



página 1 de 108 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde