Base de dados : LILACS
Pesquisa : H02.403.330.149 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 9 [refinar]
Mostrando: 1 .. 9   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 9 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964844
Autor: Oliveira, Larissa Dutra Bittencourt; Machado, Carlos Eduardo Palhares.
Título: A análise proteômica no contexto forense / The proteomic analysis in the forensic context
Fonte: Rev. interdisciplin. estud. exp. anim. hum. (impr.);9(único):55-62, outubro 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Realizou-se uma revisão de literatura consultando as bases de dados Medline, LILACS, BBO e Scielo, de 1997 a 2017, com o objetivo de ressaltar a importância do estudo da proteômica e sua aplicação nas diversas áreas forenses. Conclui-se que a evolução da tecnologia de espectrometria de massa juntamente com os bancos de dados proteômicos aplicados para o estudo das proteínas do corpo humano são de grande importância no contexto forense e podem fornecer subsídios nas diversas áreas da Criminalística, assim como na identificação e diferenciação de fluidos, tecidos e órgãos do corpo humano; na Criminologia no diagnóstico de doenças mentais; na Arqueologia e na Antropologia Forense no estudo da evolução das espécies, na estimativa da ancestralidade, do sexo, da cor dos olhos e cabelo e da idade, auxiliando nos processos de identificação humana.

It was performed a literature review on Medline, LILACS, BBO and Scielo databases from 1997 to 2012 in order to highlight the importance of the study of proteomics and its application in the various forensic areas. It is concluded that the evolution of the technology of mass spectrometry together with the proteomic databases applied to the study of proteins of the human body are of great importance in the forensic context and can provide subsidies in the different areas of Criminalistics as well as in the identification and differentiation of fluids, tissues and organs of the human body; in Criminology in the diagnosis of mental illness; in Archeology and Forensic Anthropology in the study of the evolution of species, in the estimation of ancestry, sex, eye color and hair and age, aiding in the processes of human identification.
Descritores: Espectrometria de Massas/instrumentação
Proteômica
Genética Forense
Medicina Legal
-Antropologia Forense
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-973108
Autor: Briem Stamm, Alan Diego; Carriego, María Teresa; Palmieri, Juan Esteban.
Título: Aportes de la odontología legal en la identificación humana: revisión de la literatura / Contributions of forensic dentistry to human identification: a reeview of the literature
Fonte: Rev. Asoc. Odontol. Argent;105(3):133-137, sept. 2017. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El presente trabajo trata acerca de aspectos inherentes a la odontología legal, a fin de difundir la importancia del perito odontólogo en la identificación humana mediante el análisis de estructuras anatómicas del sistema estomatognático. Los dientes –que presentan una elevada resistencia a los agentes externos– son empleados a veces por las víctimas como unarma de defensa ante sus atacantes, o por estos últimos para dominar a las primeras. Dado que los dientes alojan el ADN en su interior, las huellas de mordeduras representan evidencias físicas que pueden permitir identificar a los involucrados en un suceso delictivo. Se mencionan programas informáticos para facilitar la conformación de bases de datos de información odontológica, poniendo énfasis en el correcto registro yarchivo por parte del odontólogo en la práctica clínica para contribuir con el accionar de aquellos colegas que se desempeñan como auxiliares de la Justicia.
Descritores: Odontologia Legal/tendências
Registros Odontológicos
Mordeduras Humanas
-Genética Forense/métodos
Autopsia/métodos
Tecnologia Odontológica/métodos
Software
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  3 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-763552
Autor: Viera, Estela; Vaglio, Alicia; Quadrelli, Roberto.
Título: La prueba de ADN / DNA proub
Fonte: In: Berro Rovira, Guido. Medicina legal. Montevideo, FCU, mayo 2013. p.59-69.
Idioma: es.
Descritores: DNA
Genética Forense
Código Genético
Polimorfismo Genético
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: UY1.1 - BINAME - Biblioteca Nacional de Medicina
UY1.1; 34A, BER; UY1.1; W700, BER


  4 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-750904
Autor: Manta, Fernanda Saloum de Neves.
Título: Marcadores Inserção/Deleção (Indel): estudo de ancestralidade e identificação humana na população brasileira / Insertion/Deletion (Indel) markers: ancestry and human identification study in the Brazilian population.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2013. 126 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Os polimorfismos denominados Indels são variações de comprimento geradas por inserção ou deleção de um ou mais nucleotídeos em uma sequência de DNA. Estes marcadores genéticos vêm apresentando um grande potencial para fins forenses e populacionais por combinar características dos marcadores SNPs, tais como a capacidade de analisar fragmentos curtos (menores que 250pb) e baixas taxas de mutação, com a facilidade da genotipagem dos STR em uma única PCR, seguida de detecção dos fragmentos amplificados por eletroforese. Com o objetivo de avaliar a eficiência dos Indels em aplicações forenses e esclarecer os detalhes da formação de diferentes populações brasileiras através de dados genéticos, amostras populacionais de diferentes estados brasileiros foram genotipadas através de dois sistemas multiplex. O primeiro (indelplex-HID) foi otimizado para fins de Identificação Humana (HID) e inclui um grupo de 38 marcadores Indels selecionados por apresentarem altos valores de diversidade genética dentro das principais populações continentais. Já o segundo (46-AI-indels), foi selecionado para estudos de ancestralidade e é composto por um conjunto de 46 marcadores informativos de ancestralidade (AIMs). Nesse último caso, ao contrário do anterior, o sistema multiplex inclui marcadores com alta divergência nas frequências alélicas entre populações continentais. Na primeira etapa, o multiplex HID foi aplicado em uma amostra populacional do Rio de Janeiro e em uma amostra populacional dos índios Terena...

Indels are length polymorphisms created by the insertion or deletion of one or more nucleotides in a DNA sequence. This type of genetic marker is potentially very useful for forensic and population genetic applications because it combines some desirable SNP features, such as the possibility of being analyzed in small fragments (less than 250bp), and low mutation rate, and in the same way as for the STRs it is easily genotyped in a single PCR followed by capillary electrophoresis detection of the amplified fragments. In order to evaluate the efficiency of Indels in forensic applications, and clarify some details on the formation of different Brazilian populations through genetic data, population samples from different Brazilian States were genotyped through two Indel multiplex systems. The first (Indelplex-HID) has been optimized for Human Identification (HID), and includes a group of 38 Indel markers selected by presenting similarly high values of genetic diversity within the main continental populations. The second (46-AI-indels) was selected for studies of ancestry, and it is composed by a set of 46 ancestry informative markers (AIMs). The latter, unlike the first one, includes markers with high divergence in allele frequencies among populations. In a first stage, the multiplex HID was used to study a population sample of Rio de Janeiro and a population sample of Terena Amerindians...
Descritores: Antropologia Forense/métodos
Marcadores Genéticos
Genética Populacional/métodos
Polimorfismo Genético/genética
-Antropologia Forense/instrumentação
Grupos de Populações Continentais
Genética Forense
Técnicas de Genotipagem/instrumentação
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A


  5 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-696528
Autor: Garrido, Rodrigo Grazinoli; Garrido, Fabíola de S. R. G.
Título: Consentimento informado em genética forense / Consentimiento informado en genética forense / Informed consent in forensic genetics
Fonte: Acta bioeth;19(2):299-306, nov. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O consentimento informado é uma demanda ética e legal na pesquisa com seres humanos, visando a expressão autônoma dos sujeitos. Contudo, a autonomia fica em risco quando os envolvidos encontram-se vulneradas socioculturalmente. Nos casos forenses, a Lei 12.654 de 2012 exclui a necessidade do consentimento e torna obrigatória a doação de material biológico pelos condenados por crimes hediondos. O trabalho buscou avaliar o nível de vulneração dos sujeitos encaminhados a exames de DNA no Instituto de Pesquisa e Perícias em Genética Forense (IPPGF). Foram avaliadas a legibilidade e adequação normativa do Termo de Consentimento Informado (TCI) utilizado. Tentou-se também, identificar o grau de instrução e o hábito de leitura dos doadores para relacionar ao entendimento correto do processo. Pôde-se constatar que o TCI apresentava legibilidade acima da requerida à média dos encaminhados ao IPPGF, além disso, apresentava carências normativas. Por fim, verificou-se que muitos doadores têm restrito hábito de leitura e sequer liam o TCI quando consentiam. Os resultados da análise levaram a profundas mudanças no procedimento de obtenção de consentimento para exames de DNA forense no IPPGF.

El consentimiento informado es una demanda ética y legal en la investigación con seres humanos, respetando la manifestación autónoma de los sujetos. Pero, la autonomía queda en riesgo cuando los sujetos se encuentran vulnerados socioculturalmente. En los casos forenses, la Ley 12.654 de 2012 excluye la necesidad del consentimiento informado y hace obligatoria la donación de material biológico por los condenados de crímenes graves. Este trabajo buscó evaluar el nivel de vulneración de los sujetos sometidos a exámenes de ADN en el Instituto de Investigación y Pericias en Genética Forense (IPPGF). Fueron evaluadas la legibilidad y la idoneidad normativa del Término de Consentimiento Informado (TCI) utilizado. Se intentó, también, identificar el grado de instrucción y el hábito de lectura de los donantes para relacionarlos a la comprensión correcta del proceso. Se puede constatar que el TCI presentaba inteligibilidad por encima de la requerida en la media de los encaminados al IPPGF; además de eso, presentaba carencias normativas. Por fin, ha verificado que muchos donantes tienen insuficiente hábito de lectura y siquiera leían el TCI al consentir. Los resultados del análisis llevaron a profundos cambios en el procedimiento de obtención de consentimiento informado para exámenes de ADN forense en el IPPGF.

Free and informed consent is an ethical and legal request in research involving human beings, seeking the manifestation of autonomy of the subject. However, autonomy is at risk when those involved are socio culturally vulnerable. In forensic cases, Law 12,654 of 2012 excludes the consent and makes mandatory the donation of biological materials by those convicted for heinous crimes. The aim of the study is to assess the level of damage to subjects referred for DNA testing at the Instituto de Pesquisa e Perícias em Genética Forense (IPPGF). We assessed the readability and normative appropriateness of the Informed Consent form (ICF) used. The study also tries to identify the degree of literacy and reading habits of donors relating to the correct understanding of the process. It was found that the ICF has degree of readability above that of the convicted sent to IPPGF and also had normative needs. Finally, it was found that many donors have restricted reading habits and literacy. The results led to profound changes in the procedure for obtaining consent for DNA forensic trials in IPPGF.
Descritores: Bioética
DNA
Genética Forense
Consentimento Livre e Esclarecido
-Crime
Autonomia Pessoal
Limites: Seres Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-691479
Autor: Aranha, Tatiana Hessab de Castro.
Título: Frequências alélicas, parâmetros estatísticos de natureza forense e caracterização étnica da população do Rio de Janeiro, através de polimorfismos do tipo STR / Allele frequencies, statistical parameters of forensic nature and ethnic profiling the population of Rio de Janeiro, through polymorphisms of type str.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2012. ix,91 p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A Genética Forense é um ramo da Ciência que está se expandindo a cada dia. O aprimoramento das técnicas moleculares vem trazendo uma constante renovação e relevantes discussões para a consolidação dessa área de estudo. Na identificação humana pelo perfil de DNA, além da comparação de perfis genéticos, usam-se métodos estatísticos a fim de estimar a probabilidade de um determinado perfil ser encontrado apenas a partir do doador em comparação ao de outro indivíduo qualquer da população. Essa análise é baseada em frequências obtidas de estudos feitos previamente na população. Para a realização dos casos criminais de identificação genética, o estado do Rio de Janeiro conta com o Instituto de Pesquisa e Perícias em Genética Forense (IPPGF), que é o órgão Pericial da Polícia Civil. Esse órgão recebe amostras de todo o estado, agregando um estoque representativo de amostras da população Rio de Janeiro. Dessa forma, um estudo empregando amostras do IPPGF é de grande importância na solução de casos de identificação genética criminal. Nesse contexto, o presente trabalho tem por finalidade caracterizar a população de Rio de Janeiro através das frequências alélicas de marcadores utilizados na genética forense a partir da análise de amostras de 505 indivíduos não aparentados, que doaram material biológico para confronto genético, no Instituto de Pesquisa e Perícias em Genética Forense, no período de 2008 a 2011. No presente estudo foram empregados 17 marcadores autossômicos do tipo STR 2 (short tandem repeats) e a genotipagem foi baseada nos kits de identificação humana Power Plex(cerquilha) 16 System / Power Plex(cerquilha) 16 HS System, da empresa Promega, e/o AmpFlSTRIdentifiler™ / AmpFlSTRIdentifiler™ Plus e AmpF(linus)0STR(cerquilha) MiniFiler™, da empresa Applied Biosystems. Com base na análise dos perfis genéticos, foram calculadas as frequências alélicas dos marcadores genéticos, os parâmetros forenses, o coeficiente de endogamia (FIS), realizado o teste exato do Equilíbrio Hardy-Weinberg. Nos 17 marcadores estudados, foi detectado um total de 215 alelos distintos. O locus D21S11, foi o mais polimórfico (25 alelos), seguido do FGA (22 alelos). O alelo 8 do TPOX apresentou a maior frequência observada. Além disso, esse locus teve o menor Poder de Discriminação (PD = 0,879), Poder de Exclusão (PE = 0,419) e Conteúdo de Informação Polimórfica (PIC = 0,676)e a maior Probabilidade de Coincidência Aleatória (PM = 0,121). O marcador genético Penta E apresentou o maior Poder de Discriminação (PD = 0,983), Poder de Exclusão (PE = 0,761) e Conteúdo de Informação Polimórfica (PIC = 0,905) e menor Probabilidade de Coincidência Aleatória (PM = 0,017). Foram realizados ainda análises a fim de estudar a composição étnica da população. A árvore filogenética de Neighbor-Joining, com dados de diferentes regiões brasileiras, possibilitou detectar uma semelhança entre população do Rio de Janeiro e a população do Nordeste. No entanto, não foram observados valores estatisticamente significativos na análise do índice de fixação (FST) par a par entre as populações, indicando ausência de estruturação, importante característica no caso de marcadores genéticos utilizados em testes de identificação humana. O gráfico “Triangle Plot” populacional, gerado no software Structure, sugere que, em média, os indivíduos não apresentam contribuição maior de determinado grupo étnico em comparação com os demais, podendo a população do Rio de Janeiro ser formada por contribuição similar dos grupos étnicos principais. De maneira, geral observamos que os alelos de maior frequência nos diversos genes estudados também se distribuem amplamente nas diversas populações mundiais.
Descritores: DNA
Antropologia Forense
Genética Forense
Grupos Étnicos/etnologia
Polimorfismo Genético
Parâmetros/estatística & dados numéricos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas
BR15.1


  7 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-616984
Autor: Francez, Pablo Abdon da Costa; Ramos, Luiz Patrick Vidal; Palha, Teresinha de Jesus Brabo Ferreira; Santos, Sidney Emanuel Batista dos.
Título: Haplotype diversity of 17 Y-str loci in an admixed population from the Brazilian Amazon
Fonte: Genet. mol. biol;35(1):45-52, 2012. tab.
Idioma: en.
Resumo: The allelic and haplotype frequencies of 17 Y-STR loci most commonly used in forensic testing were estimated in a sample of 138 unrelated healthy males from Macapá, in the northern Amazon region of Brazil. The average gene diversity was 0.6554 ± 0.3315. 134 haplotypes of the 17 loci were observed, 130 of them unique and four present in two individuals each. The haplotype diversity index was 0.9996 + 0.0009, with the most frequent haplogroups being R1b (52.2 percent), E1b1b (11.6 percent), J2 (10.1 percent) and Q (7.2 percent). Most haplogroups of this population belonged to European male lineages (89.2 percent), followed by Amerindian (7.2 percent) and African (3.6 percent) lineages.
Descritores: Ecossistema Amazônico
Genética Forense
Haplótipos
Grupos Populacionais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-527136
Autor: Magaña, Jonathan J; Arenas-Sordo, María de la Luz; Gómez, Rocío.
Título: La electroforesis capilar como una nueva estrategia en la medicina y el diagnóstico clínico / Capillary electrophoresis, a new diagnostic tool
Fonte: Rev. méd. Chile;137(7):946-956, jul. 2009. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Capillary electrophoresis (CE) may replace many conventional clinical laboratory methods, such as electrophoresis, Southern blotting, sequencing and HPLC (High-performance liquid chromatography). It is an ideal technique due to analytical speed, the possibility of handling great amount of samples, its capacity to separate small molecules according to their size, charge, hydrophobic and stereo-specificity its good reproducibility the use of small amounts of sample and reagents, its low costs and easy handling. The diagnosis of hereditary diseases or the predisposition to polygenic diseases related to specific mutations or polymorphisms can be carried out with this method. In clinical laboratories, this technique is being used for the analysis of several substrates present in urine or serum and for the diagnosis of some infectious agents. It is also a firsthand tool in forensic medicine for human identification and anthropology.
Descritores: Eletroforese Capilar/métodos
-Genética Forense/métodos
Técnicas de Diagnóstico Molecular/métodos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 9 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-510670
Autor: Koch, Analara; Andrade, Fabiana Michelson de.
Título: A utilização de técnicas de biologia molecular na genética forense: uma revisão / The use of molecular biology techniques in foresinc genetics: a review
Fonte: Rev. bras. anal. clin;40(1):17-23, 2008.
Idioma: pt.
Resumo: Os avanços nas tecnologias de DNA surtiram um enorme impacto no campo da ciência forense. Com uma incrível sensibilidade e um alto poder de discriminação, a análise de DNA tem sido uma poderosa ferramenta para a identificação humana e investigaçõescriminais. O presente estudo fará uma revisão sobre as técnicas de Biologia Molecular mais significativas – RFLP, VNTR, PCR e STR – que foram desenvolvidas nas últimas décadas, tendo como princípio o estudo de diferentes polimorfismos de DNA para a identificação precisa de indivíduos. Por um longo tempo, estes polimorfismos foram detectados por técnicas que possuíam como base a eletroforese.Outra técnica que também será exposta, Southern Blotting, visa a identificação de uma seqüência de bases específicas do DNA, que foi por muito tempo aplicada tanto na detecção de SNPs como de VNTRs e STRs. Além disto, será descrita a reação em cadeia da polimerase (PCR), um método laboratorial capaz de copiar milhões de vezes um segmento do DNA, que se destaca perante outras técnicas por ser um procedimento relativamente simples e fácil de realizar em laboratório, gerando resultados precisos e satisfatórios, em um curto espaço de tempo. Por fim, serão descritos os métodos automatizados que, a partir de PCR, permitem a detecçãorápida de marcadores moleculares, a fim de facilitar e tornar mais precisa a identificação forense.

The advent of DNA-based technologies promoted significant impact in the field of forensic science. According to its highsensibility and powerful discrimination, the DNA analyses have been a powerful tool to human identification and criminal investigations. The present study will be taken to produce a review about the most important techniques of molecular biology developed in recent decades, such as RFLP, VNTR, PCR and STR. These techniques are based in the study of different polymorphisms in the DNAand it could be used in the precise subjects identification. For a period, these polymorphisms were detected through techniques based in electrophoresis. Besides, other procedures will be explained, like Southern Blotting that aims to identify specific DNA sequences and could be applied in the research of SNPs, VNTRs and STRs. It will be also described the Polimerase Chain Reaction (PCR), alaboratorial method able to amplify millions of a short DNA segment. This technique has some advantages through the others because it is a simple and easy procedure to be done in laboratories, and could offer accurate and satisfactory results in a short period of time. Concluding, automated techniques based in PCR will be present that permit fast detection of molecular evidences in order to facilitate and promote reliable forensic identification.
Descritores: Biologia Molecular/métodos
DNA
Impressões Digitais de DNA
Genética Forense
Repetições de Microssatélites
Repetições Minissatélites
Reação em Cadeia da Polimerase
Polimorfismo de Fragmento de Restrição
Sequências de Repetição em Tandem
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde