Base de dados : LILACS
Pesquisa : H02.403.371 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 779 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 78 ir para página                         

  1 / 779 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-961409
Autor: Salas, Sofía P.
Título: Cuarenta años después: volver a Alma-Ata / Forty years later: return to Alma-Ata
Fonte: Rev. méd. Chile;146(3):405-406, mar. 2018.
Idioma: es.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/tendências
Saúde Global/tendências
Promoção da Saúde/tendências
-Atenção Primária à Saúde/normas
Saúde Global/normas
Educação em Saúde/normas
Educação em Saúde/tendências
Promoção da Saúde/normas
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  2 / 779 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-975029
Autor: Alhammadi, Maged Sultan; Halboub, Esam; Fayed, Mona Salah; Labib, Amr; El-Saaidi, Chrestina.
Título: Global distribution of malocclusion traits: A systematic review
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);23(6):40.e1-40.e10, Nov.-Dec. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective: Considering that the available studies on prevalence of malocclusions are local or national-based, this study aimed to pool data to determine the distribution of malocclusion traits worldwide in mixed and permanent dentitions. Methods: An electronic search was conducted using PubMed, Embase and Google Scholar search engines, to retrieve data on malocclusion prevalence for both mixed and permanent dentitions, up to December 2016. Results: Out of 2,977 retrieved studies, 53 were included. In permanent dentition, the global distributions of Class I, Class II, and Class III malocclusion were 74.7% [31 - 97%], 19.56% [2 - 63%] and 5.93% [1 - 20%], respectively. In mixed dentition, the distributions of these malocclusions were 73% [40 - 96%], 23% [2 - 58%] and 4% [0.7 - 13%]. Regarding vertical malocclusions, the observed deep overbite and open bite were 21.98% and 4.93%, respectively. Posterior crossbite affected 9.39% of the sample. Africans showed the highest prevalence of Class I and open bite in permanent dentition (89% and 8%, respectively), and in mixed dentition (93% and 10%, respectively), while Caucasians showed the highest prevalence of Class II in permanent dentition (23%) and mixed dentition (26%). Class III malocclusion in mixed dentition was highly prevalent among Mongoloids. Conclusion: Worldwide, in mixed and permanent dentitions, Angle Class I malocclusion is more prevalent than Class II, specifically among Africans; the least prevalent was Class III, although higher among Mongoloids in mixed dentition. In vertical dimension, open bite was highest among Mongoloids in mixed dentition. Posterior crossbite was more prevalent in permanent dentition in Europe.

Resumo Objetivo: considerando-se que os estudos disponíveis sobre a prevalência das más oclusões são de base local ou nacional, esse estudo teve como objetivo reunir dados para determinar a distribuição dos tipos de má oclusão em uma escala global, nas dentições permanente e mista. Métodos: foi realizada uma busca eletrônica através das ferramentas de pesquisa do PubMed, Embase e Google Acadêmico, para reunir estudos publicados até dezembro de 2016 sobre a prevalência das más oclusões, tanto na dentição permanente quanto na dentição mista. Resultados: dos 2.977 estudos encontrados, 53 foram analisados. Na dentição permanente, a distribuição mundial das más oclusões de Classe I, II e III foi, respectivamente, de 74,7% [31 - 97%], 19,56% [2 - 63%] e 5,93% [1 - 20%]. Na dentição mista, a distribuição dessas más oclusões foi de 73% [40 - 96%], 23% [2 - 58%] e 4% [0,7 - 13%]. Em relação às más oclusões verticais, observou-se prevalência de 21,98% de sobremordida profunda e 4,93% de mordida aberta. A mordida cruzada posterior afetou 9,39% da amostra. Os africanos mostraram a maior prevalência de Classe I e mordida aberta na dentição permanente (89% e 8%, respectivamente) e na dentição mista (93% e 10% respectivamente), enquanto os caucasianos apresentaram a maior prevalência de Classe II na dentição permanente (23%) e na dentição mista (26%). A má oclusão de Classe III na dentição mista foi mais prevalente entre xantodermas. Conclusão: mundialmente, nas dentições mista e permanente, as más oclusões de Classe I de Angle são mais prevalentes do que as de Classe II, especificamente entre os africanos; a menos prevalente foi a Classe III, ainda que mais prevalente entre os xantodermas na dentição mista. Na dimensão vertical, as mordidas abertas foram mais prevalentes entre xantodermas na dentição mista. A mordida cruzada posterior apresentou maior prevalência na dentição permanente na Europa.
Descritores: Saúde Global/estatística & dados numéricos
Má Oclusão/epidemiologia
-População
Prevalência
Bases de Dados Factuais
Dentição Permanente
Mordida Aberta/epidemiologia
Oclusão Dentária Traumática
Dentição Mista
Fatores Raciais
Geografia
Má Oclusão Classe I de Angle/epidemiologia
Má Oclusão Classe II de Angle/epidemiologia
Má Oclusão Classe III de Angle/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 779 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1103965
Autor: Guerrero-Nancuante, Camilo; Manríquez P, Ronald.
Título: Proyección epidemiológica de COVID-19 en Chile basado en el modelo SEIR generalizado y el concepto de recuperado / An epidemiological forecast of COVID-19 in Chile based on the generalized SEIR model and the concept of recovered
Fonte: Medwave;20(4):e7898, 2020.
Idioma: en; es.
Resumo: La pandemia de COVID-19 declarada por la Organización Mundial de la Salud (OMS) ha generado un amplio debate respecto de las proyecciones epidemiológicas que tendrá a nivel global en nuestro planeta. Con los datos obtenidos del Ministerio de Salud de Chile (MINSAL), se efectuó un estudio prospectivo utilizando un modelo SEIR (Susceptible-Expuesto-Infectado-Recuperado) generalizado con el objetivo de estimar la evolución del COVID-19 en Chile. La estimación se realizó bajo tres escenarios con datos oficiales del Ministerio de Salud: escenario 1 solo con datos oficiales; escenario 2 se añade el criterio de recuperados propuesto por organizaciones internacionales de salud y escenario 3 se incorpora el criterio de recuperados propuesto por organizaciones internacionales de salud, sin considerar fallecidos en el total de recuperados. Existen diferencias considerables entre el escenario 1 en comparación al 2 y 3 en número de fallecidos, enfermos activos y duración de la enfermedad. El escenario 3, considerado el más adverso, estima un total de 11 000 personas contagiadas, 1151 fallecidos y que el máximo de la enfermedad ocurriría durante los primeros días de mayo. Se concluye que el concepto de "recuperado" puede ser decisivo para las proyecciones epidemiológicas de COVID-19 en Chile.

The COVID-19 pandemic declared by the World Health Organization (WHO) has generated a wide-ranging debate regarding epidemiological forecasts and the global implications. With the data obtained from the Chilean Ministry of Health (MINSAL), a prospective study was carried out using the generalized SEIR model to estimate the course of COVID-19 in Chile. Three scenarios were estimated: Scenario 1 with official MINSAL data; scenario 2 with official MINSAL data and recovery criteria proposed by international organizations of health; and scenario 3 with official MINSAL data, recovery criteria proposed by international organizations of health, and without considering deaths in the total recovered. There are considerable differences between scenario 1 compared to 2 and 3 in the number of deaths, active patients, and duration of the disease. Scenario 3, considered the most adverse, estimates a total of 11,000 infected people, 1,151 deaths, and that the peak of the disease will occur in the first days of May. We concluded that the concept of "recovered" may be decisive for the epidemiological forecasts of COVID-19 in Chile.
Descritores: Pandemias
SARS-CoV-2
COVID-19/epidemiologia
-Fatores de Tempo
Chile/epidemiologia
Saúde Global
Estudos Prospectivos
Guias como Assunto
Recuperação de Função Fisiológica
Suscetibilidade a Doenças
Previsões
COVID-19/mortalidade
COVID-19/transmissão
Órgãos Governamentais
Modelos Teóricos
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  4 / 779 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Mendes, Isabel Amélia Costa
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1255045
Autor: Mendes, Isabel Amelia Costa; Marchi-Alves, Leila Maria; Silva, Ítalo Rodolfo; Godoy, Simone; Almeida, Emerson Willian Santos.
Título: Empoderando enfermeiros em Angola: as transformações resultantes da educação de heróis pioneiros / Empowering nurses in Angola: the transformative outcome of training pioneer heroes / Empoderando enfermeros en Angola: cambios resultantes de la educación de héroes pioneros
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);13:1102-1108, jan.-dez. 2021. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: revisitar a história de cooperação de dois países de língua portuguesa, que resultou na formação dos primeiros enfermeiros de Angola; Caracterizar os alunos angolanos que participaram do acordo de cooperação ; Identificar suas perspectivas e sentimentos ao final do programa, as influências da educação recebida, motivações para continuarem estudando e satisfação no trabalho. Método: estudo exploratório conduzido com alunos angolanos que graduados em Escola de Enfermagem pública do Brasil. Os dados foram coletados por meio de questionário desenvolvido pelos pesquisadores, culturalmente validado com dois especialistas enfermeiros de Angola. Resultados: os esforços, desafios e realizações de heróis de ambos os lados do Atlântico são reconhecidos e se refletem na realidade social do país africano. Conclusão: acordos de cooperação são recomendados como um caminho para a sustentabilidade das políticas de saúde a partir de uma perspectiva global

Objective: to revisit the history of cooperation of two Portuguese Speaking countries, which resulted in the graduation of the first Nurses in Angola; to characterize the Angolan students who participated in the cooperation agreement; to identify their perspectives regarding their feelings at the end of the undergraduate program, the influences of the education received, their motivation to continue studying and their work satisfaction. Methods: exploratory study conducted with Angolan students who graduated at a public Nursing School in Brazil. Data were collected through a questionnaire developed by the researchers, and culturally validated by two Angolan nurses experts. Results: efforts, challenges and achievements of heroes from both sides of the Atlantic are recognized and reflected in the social reality of the African country. Conclusion: cooperation agreements are recommended as a path for the sustainability of the health policies at a global perspective

Objetivo: revisitar la história de cooperación de dos países de lengua portuguesa, que ha resultado en la formación de los primeiros enfermeros de Angola; Caracterizar los alumnos angolanos que participaron del acuerdo de cooperación ; Identificar sus perspectivas y sentimientos al final del programa, las influencias de la educación recibida, motivaciones para continuar estudiando y satisfacción en el trabajo. Métodos: estudio exploratório conducido con alumnos angolanos que se graduaron en una Escuela de Enfermería pública de Brasil. Los datos fueron recoleccionados por medio de cuestionário desarrollado por los investigadores y culturalmente validado con dos especialistas enfermeros de Angola. Resultados: esfuerzos, retos y realizaciones de héroes de ambos los lados del Atlántico son reconocidos reflejados en la realidad social del país africano. Conclusión: acuerdos de cooperación son recomendados como un camino para la sostenibilidad de las políticas de salud a partir de una perspectiva global
Descritores: Estudantes de Enfermagem
Educação em Enfermagem
Empoderamento
Cooperação Internacional
-Brasil
Saúde Global
Angola
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  5 / 779 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Ayres, José Ricardo de Carvalho Mesquita
Texto completo
Id: biblio-1278904
Autor: Gouveia, Nelson; Ayres, José Ricardo de Carvalho Mesquita.
Título: Global Health in the medical curriculum
Fonte: Clinics;76:e3073, 2021.
Idioma: en.
Descritores: Estudantes de Medicina
Educação de Graduação em Medicina
-Saúde Global
Currículo
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 779 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-962137
Autor: Ribeiro, Helena.
Título: Free-trade agreements: challenges for global health / Tratados de livre comércio: desafios para a saúde global
Fonte: Rev. saúde pública (Online);49:52, 2015.
Idioma: en.
Resumo: In this study new free-trade agreements are discussed, which are based on the breaking down of tariff and technical barriers and normally exclude most of the poorest countries in the world. Considering the current context of economic globalization and its health impacts, seven controversial points of these treaties and their possible implications for global public health are presented, mainly regarding health equity and other health determinants. Finally, this research proposes a greater social and health professionals participation in the formulation and discussion of these treaties, and a deeper insertion of Brazil in this important international agenda.

São discutidos os novos tratados de livre comércio, os quais se baseiam em quebra de barreiras tarifárias e técnicas e excluem a maior parte dos países mais pobres do mundo. Considerando-se o atual contexto de globalização econômica, são apresentados sete pontos polêmicos desses tratados e suas possíveis implicações para a saúde pública global, sobretudo no que diz respeito à equidade em saúde e a outros deteminantes da saúde. Conclui-se defendendo maior participação social e de profissionais de saúde na formulação e discussão desses tratados e inserção do Brasil nesta importante e atual discussão internacional.
Descritores: Saúde Global/tendências
Comércio/tendências
Cooperação Internacional
-Brasil
Comércio/legislação & jurisprudência
Comércio/normas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 779 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-1280265
Autor: Viamonte Batista, Mislenis.
Título: La enfermería cubana honrando el legado de Florence Nightingale en sus 200 años / Cuban Nursing Honors Florence Nightingale's Legacy on her 200th Anniversary
Fonte: Rev. cuba. enferm;36(3):e3816
Idioma: es.
Descritores: Enfermagem/métodos
COVID-19/enfermagem
Conselho Internacional de Enfermagem
-Saúde Global
Cuidados de Enfermagem
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  8 / 779 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1004502
Autor: Ribeiro, Helena; Ventura, Deisy de Freitas Lima.
Título: Health Diplomacy and Global Health: Latin American perspectives / Diplomacia em Saúde e Saúde Global: perspectivas latino-americanas
Fonte: Rev. saúde pública (Online);53:37, jan. 2019.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT We will analyze and comment on the book Health Diplomacy and Global Health: Latin American Perspectives, edited by Paulo Marchiori Buss and Sebastián Tobar and published by Editora Fiocruz. Throughout its 653 pages, the book brings prominent national and foreign authors in the field of Health Diplomacy and Global Health, depicting a decade in which Brazil had great international protagonism in the field of Public Health, especially in South-South cooperation, in an innovative and structuring manner. Furthermore, the chapters present theoretical aspects and basic principles of Global Health as a new field of knowledge, in which the country has been developing and sharing scientific production with a Latin American perspective, focused on the pursuit of equity and health for all peoples of the world.

RESUMO Analisa-se e comenta-se a obra Diplomacia em Saúde e Saúde Global: perspectivas latino-americanas, editada por Paulo Marchiori Buss e Sebastián Tobar, publicado pela Editora Fiocruz. O livro, em 653 páginas, traz contribuições de destacados autores nacionais e estrangeiros no campo da diplomacia em saúde e da saúde global, retratando uma década em que o Brasil teve grande protagonismo internacional no campo da saúde pública, sobretudo na cooperação Sul-Sul, de forma inovadora e estruturante. Ademais, os capítulos apresentam aspectos teóricos e princípios básicos da saúde global como novo campo de conhecimento, no qual o país vem desenvolvendo e compartilhando uma produção científica com uma perspectiva latino-americana, voltada para a busca da equidade e da saúde para todos os povos do mundo.
Descritores: Resenhas de Livros como Assunto
Saúde Global/tendências
Diplomacia/tendências
-Brasil
América Latina
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 779 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-987295
Autor: Bachelet, V.
Título: Liderazgo de las mujeres en ciencia, medicina y salud global: comentando el número especial #LancetWomen / Advancing women in science, medicine and global health: on the #LancetWomen special issue
Fonte: Medwave;19(2):e7598, 2019.
Idioma: en; es.
Descritores: Bibliometria
Saúde Global
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Comentário
Editorial
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  10 / 779 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-961483
Autor: Solimano C, Giorgio; Ramírez F, Jorge.
Título: Abordando los desafíos en salud global / Facing the global health challenges
Fonte: Rev. méd. Chile;146(7):942-943, jul. 2018.
Idioma: es.
Descritores: Saúde Global
Política de Saúde
-Chile
Tipo de Publ: Comentário
Carta
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 78 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde