Base de dados : LILACS
Pesquisa : H02.403.377 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 4 [refinar]
Mostrando: 1 .. 4   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 4 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010367
Autor: Castro, Isabela Ribeiro Simões de.
Título: Empatia de médicos avaliada por meio da Jefferson Scale of Empathy (JSE) - Physician como marcador do cuidado centrado no paciente / Physician empathy evaluated by the Jefferson Scale of Empathy (JSE) - Physician as a marker of patient-centered care.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2019. 109 f p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Instituto de Medicina Social para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A empatia é considerada um pilar do cuidado centrado na pessoa, de qualidade e seguro, que permite a consolidação de parcerias e melhores desfechos. O objetivo deste estudo foi a adaptação transcultural da Jefferson Scale of Empathy ­ Physician - JSE (versão para médicos) para a língua portuguesa e o contexto brasileiro. É o instrumento mais pesquisado e utilizado no mundo, com validações em outras culturas, no qual a empatia é um atributo predominantemente cognitivo e divide-se em três dimensões: assumir perspectivas diferentes; cuidado com compaixão e vivenciar o lugar do paciente (calçar os sapatos do paciente). Foram realizadas as etapas de equivalências conceitual, semântica (tradução, retradução, equivalência entre retraduções e o instrumento, revisão pelo grupo de especialistas), pré-teste (20 entrevistados), operacional e de mensuração - Análise Fatorial Exploratória (AFE) e Confirmatória (AFC) e, consequentemente, a funcional. A JSE foi aplicada de outubro de 2017 a março de 2018 no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (INTO), hospital com longo caminho voltado à qualidade. Responderam 101 médicos, 75% do sexo masculino, com idades entre 24 a 66 anos (média: 39,3). Os valores dos escores variaram de 75 a 140, com média de 117,8 (Desvio padrão - DP:13,5); escores médios dos itens variaram de 6,7 (DP:0,77) a 4,3 (DP:1,82). A estimativa de confiabilidade da escala (Alpha de Cronbach) foi 0,794 (também foram satisfatórios os Alfa de Cronbach padronizado, Alpha ordinal, Theta de Armor e Theta ordinal). Para validade do construto, foi realizada AFE com três dimensões, com rotação ortogonal varimax, oito itens carregaram na primeira dimensão; quatro na segunda e três na terceira. Três itens (1, 8 e 19) apresentaram cargas fatoriais com valores próximos (<0,2) nos fatores 2 e 3, e o item 2 carregou nos fatores 1 e 3. Três fatores com eigenvalues ≥ 1,5 foram extraídos com ACP, que explicam 41,4% da variância total. A análise de Kaiser-Meyer-Olkin apresentou um índice de 0,67, o teste de esfericidade de Bartlett mostrou um valor igual a 1027,04 (p < 0,01), o teste Steiger igual a 1879,70 (p < 0,01) e o teste de Jennrich igual a 276,70 (p < 0,01), que indicam a adequação dos dados para a análise fatorial. As subescalas cuidado com compaixão e assumir perspectivas estavam fortemente correlacionadas (r: 0,627), bem como as escalas vivenciar o lugar do paciente e cuidado com compaixão (r: 0,494). Na análise fatorial confirmatória, o modelo com 20 variáveis dependentes e 3 variáveis latentes apresentou bons índices de ajuste: RMSEA = 0,050 (IC 90%: 0,023-0,070), CFI = 0,952, TLI = 0,945 e SRMR = 0,071. Em nenhum dos estudos que validaram a escala, com variações metodológicas, a mesma se comportou exatamente como no trabalho original. O peso do fator cultural entre os diversos povos ainda não está bem esclarecido. Este é o primeiro estudo brasileiro de validação da JSE (médicos), possui diversas limitações, com clara correlação com o construto. São necessários mais estudos com a mesma, para permitir sua utilização de forma sistemática no nosso meio e elaborar planos de melhorias em prol do cuidado centrado na pessoa

Empathy is considered a pillar of quality, safe, person-centered care, allowing partnerships, leading to better outcomes. The objective of this study was the cross - cultural adaptation of the Jefferson Scale of Empathy - Physician - JSE (version for physicians) to the Portuguese language and the Brazilian context. It is the most researched and used instrument in the world, with validations in other cultures, in which empathy is a predominantly cognitive attribute and is divided into three dimensions: assume different perspectives; care with compassion and experience the patient's place (put on the patient's shoes). The pre-test (20 interviewed), operational and measuring equivalents - Exploratory Factor Analysis (AFE) and Confirmatory (Analysis, Retranslation, Equivalence between retranslations and the instrument, review by the group of experts) were performed. AFC) and, consequently, functional. The JSE was applied from October 2017 to March 2018 at the National Institute of Traumatology and Orthopedics Jamil Haddad (INTO), a hospital with a long road to quality. A total of 101 doctors were male (75%) aged 24 to 66 years (mean: 39.3). The values of the scores ranged from 75 to 140, with a mean of 117.8 (Standard deviation - SD: 13.5); mean scores of items ranged from 6.7 (SD: 0.77) to 4.3 (SD: 1.82). The reliability estimate of the scale (Cronbach's Alpha) was 0.794 (the standard Cronbach's alpha, Alpha ordinal, Armor's Theta and Theta ordinal were also satisfactory). For the validity of the construct, three-dimensional AFE was performed, with orthogonal varimax rotation, eight items loaded in the first dimension; four in the second and three in the third. Three items (1, 8 and 19) presented factorial loads with close values (<0.2) in factors 2 and 3, and item 2 loaded on factors 1 and 3. Three factors with eigenvalues ≥ 1.5 were extracted with ACP , which explain 41.4% of the total variance. The Kaiser-Meyer-Olkin analysis presented an index of 0.67, the Bartlett sphericity test showed a value equal to 1027.04 (p <0.01), the Steiger test equal to 1879.70 (p <0) , 01), and the Jennrich test was 276.70 (p <0.01), which indicates the adequacy of the data for the factorial analysis. The compassionate and compassionate subscales were strongly correlated (r: 0.627), as well as the scales experiencing the patient's place and compassionate care (r: .494). In the confirmatory factor analysis, the model with 20 dependent variables and 3 latent variables had good adjustment indexes: RMSEA = 0.050 (IC 90%: 0.023-0.070), CFI = 0.952, TLI = 0.945 and SRMR = 0.071. In none of the studies that validated the scale, with methodological variations, it behaved exactly as in the original work. The weight of the cultural factor among the various peoples is still not clear. This is the first Brazilian validation study of JSE (physicians), and it has several limitations, but a clear correlation with the construct. Further studies are needed to enable it to be used systematically in our setting and to develop improvement plans for person-centered care
Descritores: Traduções
Comparação Transcultural
Assistência Centrada no Paciente
Assistência Integral à Saúde
Empatia
Estudos de Validação como Assunto
Medicina Hospitalar
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C
BR433.1; 616-052:311.21, C355, T1757


  2 / 4 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-784235
Autor: Carvalho, Sérgio Resende; Andrade, Henrique Sater de; Cunha, Gustavo Tenório; Armstrong, David.
Título: Paradigmas médicos e Atenção Primária à Saúde: vigilância da população e/ou produção de vida? / Medical paradigms and Primary Health Care: surveillance of the population and/or production of life?
Fonte: Interface comun. saúde educ;20(58):531-535, jul.-set. 2016.
Idioma: en; pt.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Sistema Único de Saúde
Saúde Pública
Medicina Hospitalar
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  3 / 4 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-762365
Autor: Barcellos, Guilherme Brauner.
Título: Comunicação entre profissionais de saúde e a segurança do paciente / Communication between health care professionals and patient safety
Fonte: In: Sousa, Paulo; Mendes, Walter. Segurança do paciente: criando organizações de saúde seguras. Rio de Janeiro, Fiocruz;EAD, 2014. p.139-158, ilus, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Plantão Médico
Comunicação
Pessoal de Saúde
Medicina Hospitalar
Alta do Paciente
Segurança do Paciente
Vigilância de Evento Sentinela
-Disseminação de Informação
Relações Médico-Enfermeiro
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; 362.104258, S725s


  4 / 4 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-677344
Autor: Eymin, Gonzalo; Jaffer, Amir K.
Título: Medicina hospitalaria a 15 años de su implementación: ¿Cuáles son los potenciales beneficios en nuestro medio? / Hospital medicine in Chile
Fonte: Rev. méd. Chile;141(3):353-360, mar. 2013. ilus.
Idioma: es.
Resumo: After 15 years of development of Hospital Medicine in Chile, there are several benefits of this discipline. Among others, a reduction in the length of hospital stay, readmissions, costs, and improved medical teaching of students, residents and fellows have been observed. However, in South América there are only isolated groups dedicated to Hospital Medicine in Chile, Argentina and Brazil, with a rather slow growth. The unjustifiedfear of competitionfrom sub specialists, and the fee for service system ofpayment in our environment may be importantfactors to understand this phenomenon. The aging of the population makes imperative to improve the safety of our patients and to optimize processes and resources within the hospital, to avoid squandering healthcare resources. The following is a detailed and evidence-based article, on how hospital medicine might benefit both thepublic and prívate healthcare systems in Chile.
Descritores: Medicina Hospitalar
-Chile
Medicina Hospitalar/economia
Medicina Hospitalar/estatística & dados numéricos
Tempo de Internação
Readmissão do Paciente/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde