Base de dados : LILACS
Pesquisa : H02.403.670 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5357 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 536 ir para página                         

  1 / 5357 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1290645
Autor: Peralta, Sandra Gala.
Título: Neutropenia y síndrome febril en pacientes pediátricos oncológicos. Factores de riesgo y tratamiento antibiótico ambulatorio / Febrile syndrome and neutropenia in oncological pediatric patients. Risk factors and ambulatory antibiotic treatment
Fonte: Salud(i)ciencia (Impresa) = Salud(i)ciencia (En linea);14(4):214-216, jun. 2006.
Idioma: es.
Descritores: Pediatria
Terapêutica
Neutropenia Febril
Assistência Ambulatorial
Oncologia
Neutropenia
Tipo de Publ: Entrevista
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  2 / 5357 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1056067
Autor: Klepa, Thaís Carolina; Pedroso, Bruno.
Título: Analysis of the technical-scientific production of the National Council for Scientific and Technological Development (CNPq) productivity fellows in Pediatrics / Análise da produção técnico-científica de bolsistas de produtividade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) na área da Pediatria
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eAO5043, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To analyze the technical-scientific production of research productivity fellows of the National Council for Scientific and Technological Development, in Pediatrics, from 2013 to 2016. Methods: First, data were obtained identifying fellowship researchers using the Lattes Platform, and subsequently calculating the indicators present in their Lattes curricula using scriptLattes software v8.10. Results: In the period studied, 17 fellowship researchers were identified. They published a total of 524 articles in journals, most of them ranked as high and intermediate Qualis. In addition, fellowship researchers conducted 158 supervisions during the period, published 119 books or chapters and 465 papers in conference proceedings. Conclusion: The Brazilian scientific production in Pediatrics has shown to be significant and of good impact, both nationally and internationally. However, the distribution of research groups is concentrated in specific regions of Brazil.

RESUMO Objetivo: Analisar a produção técnico-científica de bolsistas de produtividade em pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, na área de Pediatria, no período de 2013 a 2016. Métodos: Os dados foram obtidos identificando-se os bolsistas, por meio da Plataforma Lattes, e, posteriormente, contabilizando-se os indicadores presentes em seus currículos Lattes, pelo software scriptLattes v8.10. Resultados: No período, foram identificados 17 pesquisadores bolsistas, os quais publicaram 524 artigos em periódicos, em sua maioria classificados com Qualis elevado/intermediário. Ainda, os pesquisadores realizaram, no período, 158 orientações, publicaram 119 livros/capítulos e 465 trabalhos em anais de congressos. Conclusão: A produção científica brasileira na área de Pediatria mostrou-se expressiva e de impacto, em âmbito nacional e internacional. Entretanto, a distribuição dos grupos é concentrada em regiões específicas do Brasil.
Descritores: Pediatria/estatística & dados numéricos
Publicações Periódicas como Assunto/estatística & dados numéricos
Publicações/estatística & dados numéricos
Pesquisadores/estatística & dados numéricos
Bibliometria
Bolsas de Estudo/estatística & dados numéricos
-Publicações Periódicas como Assunto/normas
Publicações/normas
Apoio à Pesquisa como Assunto/normas
Apoio à Pesquisa como Assunto/estatística & dados numéricos
Fatores de Tempo
Brasil
Estudos Retrospectivos
Pesquisa Biomédica/normas
Pesquisa Biomédica/estatística & dados numéricos
Escolaridade
Bolsas de Estudo/normas
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 5357 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1280909
Autor: Agüero, Gonzalo; Berner, Enrique.
Título: Concordancia en la medición testicular de varones adolescentes con 3 métodos de orquidometría / Concordance of testicular measurement in male adolescents with three methods of orchidometry
Fonte: Arch. argent. pediatr;119(4):251-258, agosto 2021. tab, ilus.
Idioma: en; es.
Resumo: Introducción. El orquidómetro de Prader es el método estándar para medir el volumen testicular (VT) en niños y adolescentes. Objetivo. Evaluar la concordancia en la estimación del VT y del inicio puberal con las técnicas de orquidometría de Prader, Chipkevitch y Sotos. Métodos. Diseño descriptivo transversal realizado en varones de entre 9 y 20 años. Se midió el VT (ml) en cada adolescente con las técnicas de Prader (método de referencia), Chipkevitch (modelo gráfico) y Sotos (medición de ancho testicular con regla plástica y fórmula equivalente a ecuación elipsoide). Se excluyeron varones con patología urogenital y enfermedades que afectan el crecimiento testicular. Para la concordancia entre métodos, se utilizó kappa para el inicio puberal, y coeficiente de correlación intraclase (CCI) y gráficos de Bland-Altman (GBA) para el VT. Resultados. Se incluyeron 377 varones sanos. Para la concordancia en VT (ml), la comparación Prader-Chipkevitch obtuvo CCI: 0,994 y p < 0,001; y de CCI; 0,312 y p < 0,001 para la de Prader-Sotos. En los GBA se halló una media de las diferencias cercana a 0 ml en la comparación Prader-Chipkevitch y cercana a 8 ml en la de Prader-Sotos. El acuerdo en el inicio puberal obtuvo un valor de kappa 0,93 en la comparación Prader-Chipkevitch y de 0,75 en la de Prader-Sotos. Conclusión. Los orquidómetros de Prader y Chipkevitch tienen una excelente concordancia en la estimación del VT y el inicio puberal; por lo tanto, podrían intercambiarse en la atención diaria de varones adolescentes. El método de Sotos mostró una concordancia buena en la estimación del inicio puberal, pero baja en la medición del VT

Introduction. The Prader orchidometer is the standard method used to measure testicular volume (TV) in children and adolescents. Objective. To assess the concordance in the estimation of TV and puberty onset with the Prader, Chipkevitch, and Sotos orchidometric techniques. Methods. Cross-sectional descriptive study conducted among male children and adolescents aged 9-20 years. For each adolescent, TV was measured with the methods by Prader (gold standard), Chipkevitch (graphic model), and Sotos (measurement of testicular width with a plastic ruler and use of a formula equivalent to the ellipsoid equation). Male children and adolescents with urogenital conditions and disorders affecting testicular growth were excluded. Kappa statistics was used to determine concordance among methods for puberty onset, and intraclass correlation coefficient (ICC) and Bland-Altman (B&A) plots for TV. Results. In total, 377 healthy males were included. Regarding the concordance for TV (mL), the Prader-Chipkevitch comparison obtained an ICC of 0.994 and a p < 0.001; while the Prader-Soto comparison obtained an ICC of 0.312 and a p < 0.001. With the B&A plots, mean differences were close to 0 mL in the Prader-Chipkevitch comparison and close to 8 mL in the Prader-Sotos comparison. Concordance for puberty onset obtained a kappa value of 0.93 and 0.75 in the Prader-Chipkevitch and Prader-Sotos comparisons, respectively. Conclusion. The Prader and Chipkevitch orchidometers show an excellent concordance in estimating TV and puberty onset; therefore, both methods could be used interchangeably in the daily care of male adolescents. The Sotos method showed a high concordance in estimating pubertal onset, but low in measuring TV.
Descritores: Testículo/anatomia & histologia
Desenvolvimento Sexual
-Pediatria/instrumentação
Testículo/crescimento & desenvolvimento
Antropometria/instrumentação
Estudos Transversais
Puberdade
Limites: Humanos
Masculino
Criança
Adolescente
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  4 / 5357 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1280932
Autor: Rufach, Daniel; Santos, Silvia; Terebiznik, Marcelo.
Título: Simulación de intubación pediátrica con videolaringoscopio de bajo costo en contexto de pandemia por COVID-19 / Simulation of pediatric intubation using a low-cost videolaryngoscope in the setting of the COVID-19 pandemic
Fonte: Arch. argent. pediatr;119(4):270-273, agosto 2021. tab, ilus.
Idioma: en; es.
Resumo: En pacientes con infección por SARS-CoV-2 la intubación endotraqueal es un procedimiento con riesgo elevado de contagio. La videolaringoscopia complementa la protección del profesional, pero los videolaringoscopios comerciales son caros y no siempre están disponibles en las terapias intensivas pediátricas argentinas. El objetivo fue describir la práctica de intubación en un modelo de cabeza de simulación de lactante con un videolaringoscopio artesanal de bajo costo.Quince pediatras sin experiencia previa con el dispositivo participaron de una práctica de intubación en una cabeza de simulación con un videolaringoscopio artesanal. El tiempo promedio del primer intento fue de 116,4 segundos (intervalo de confianza del 95 % [IC95 %]: 84,8-148,0) y, el del siguiente fue de 44,2 segundos (IC95 %: 27,7­60,6). El tiempo disminuyó de forma significativa en el segundo intento (p : 0,0001). El dispositivo permitió la intubación exitosa en todos los intentos acortando la duración del procedimiento en la segunda práctica

In patients with SARS-CoV-2 infection, endotracheal intubation is a procedure with a high risk for transmission. A videolaryngoscopy is a supplementary level of health care provider protection, but commercial videolaryngoscopes are expensive and not always available in pediatric intensive care units in Argentina. Our objective was to describe intubation practice using an infant head mannequin with a low-cost, handcrafted videolaryngoscope.Fifteen pediatricians with no prior experience using the device participated in an intubation practice in a head mannequin with a handcrafted videolaryngoscope. The average time for the first attempt was 116.4 seconds (95 % confidence interval [CI]: 84.8-148.0) and, for the second one, 44.2 seconds (95 % CI: 27.7-60.6). Time decreased significantly for the second attempt (p: 0.0001).A successful intubation was achieved with the device in all attempts, and the procedure duration decreased with the second practice
Descritores: Pediatria/educação
Laringoscópios/economia
Treinamento por Simulação/métodos
COVID-19/prevenção & controle
Intubação Intratraqueal/instrumentação
Laringoscopia/economia
-Pediatria/economia
Fatores de Tempo
Gravação em Vídeo
Custos de Cuidados de Saúde
Competência Clínica/estatística & dados numéricos
Educação Médica Continuada/métodos
Curva de Aprendizado
COVID-19/transmissão
Internato e Residência/métodos
Intubação Intratraqueal/economia
Intubação Intratraqueal/métodos
Laringoscopia/educação
Laringoscopia/instrumentação
Laringoscopia/métodos
Manequins
Limites: Humanos
Lactente
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  5 / 5357 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281012
Autor: Cuestas, Giselle; Rodríguez, Verónica; Bellia Munzón, Patricio; Bellia Munzón, Gastón.
Título: Decanulación traqueal en pediatría: ¿cuándo y cómo? / Tracheal decannulation in pediatrics: When and how?
Fonte: Arch. argent. pediatr;119(4):279-284, agosto 2021. tab, ilus.
Idioma: es.
Resumo: La decanulación es el proceso de retirar la cánula de traqueotomía de forma definitiva, una vez que la patología original que motivó la traqueotomía se haya resuelto o mejorado significativamente.La predicción del éxito de decanulación es difícil debido a la influencia de varios factores. No existe un protocolo universalmente aceptado. Existen diversos protocolos y la elección depende, en gran medida, de cada institución y de la situación individual de cada paciente. Sin embargo, para lograr la decanulación exitosa deben tenerse en cuenta varios criterios esenciales que deben cumplirse independientemente del protocolo elegido.Se señalan las características que debe reunir el paciente apto para la decanulación y se presentan recomendaciones sobre los pasos necesarios para lograr el retiro de la cánula de traqueotomía en el niño de manera segura y minimizando el riesgo de fracaso.

Decannulation is the process of removing the tracheotomy cannula permanently, once the original pathology that led to the tracheotomy has been resolved or significantly improved. The prediction of decannulation success is difficult due to the influence of several factors. There is no universally accepted decannulation protocol. There are several protocols and the choice depends, largely, on each institution and the individual situation of each patient. However, in order to achieve successful decannulation, several essential criteria must be taken into account, which must be fulfilled regardless of the chosen protocol.We indicate the characteristics that the patient must meet for decannulation, and we present recommendations on the necessary steps to achieve the removal of the tracheotomy cannula in a child safely and minimizing the risk of failure.
Descritores: Traqueotomia
Remoção de Dispositivo/métodos
-Pediatria
Protocolos
Cânula
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Guia
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  6 / 5357 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1053218
Autor: Ministerio de Salud Pùblica y Bienestar Social.
Título: Coronavirus COVID-19 Manejo Clínico en Pediatría / Coronavirus COVID-19 Clinical Management in Pediatrics.
Fonte: Asunción; MSPBS; 16 DE MARZO DE 2020. 38 p p.
Idioma: es.
Descritores: Pediatria
Coronavirus
-Paraguai/epidemiologia
Responsável: PY40.1 - Biblioteca


  7 / 5357 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1284276
Autor: Mäder, Bruno Jardini 1Universidade Federal do Paraná pBrasil cCuritiba(edt); Marchiorato, Alexa Aparecida Lara 1Faculdades Pequeno Príncipe 2Professora Tutora da Residência Profissional em Enfermagem em Saúde da Criança e do Adolescente da Faculdades Pequeno Príncipe pBrasil cCuritiba(edt); Silva, Laís Gabriele Bonfim da 1Pontifícia Universidade Católica do Paraná 2Enfermeira Especialista em Saúde da Criança e do Adolescente pela Faculdades Pequeno pBrasil cCuritiba(edt); Paulo, Deyse Anne Barbosa de 1Faculdades Pequeno Príncipe pBrasil cCuritiba(edt).
Título: Níveis de estresse e ansiedade em uma residência interprofissional em pediatria / Levels of stress and anxiety in an pediatric interprofessional residency
Fonte: Espaç. saúde (Online);22(1):[774], 2021. ilust, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo pretende identificar os níveis de estresse e ansiedade em residentes que fazem parte do programa de residência multiprofissional em saúde da criança e do adolescente do primeiro e segundo anos de uma faculdade particular da cidade de Curitiba - Paraná (PR). Estudo transversal de abordagem quantitativa, realizado com os residentes da área de saúde da criança e do adolescente. Foram utilizados três instrumentos autoaplicáveis: questionário sociodemográfico, Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão e Escala de Estresse Percebido. Participaram da pesquisa 54 profissionais matriculados no programa de residência, 98,1% do sexo feminino, idade entre 21 e 35 anos, 87% solteiros e 98,1% sem filhos; 55% apresentaram nível importante de estresse, 68,5% apresentaram resultado positivo para ansiedade e 33,3% obtiveram escore positivo para depressão. Sugere-se que as diretrizes e normas que envolvem os programas de residência sejam discutidas e revisadas a fim de melhorar as condições de trabalho dos residentes.
Descritores:
Ansiedade
Pediatria
Saúde da Criança
Depressão
-Pesquisa
Sexo
Pessoa Solteira
Sociedades
Área Programática de Saúde
Inquéritos e Questionários
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR2497.1 - Biblioteca


  8 / 5357 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-879462
Autor: Santos, Maria Verônica Câmara dos; Gallafrio, Claudia Cosentino.
Título: Cardio-oncologia na população pediátrica / Cardio-oncology in the pediatric population
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;27(4):f:282-l:289, out.-dez. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Nas últimas décadas, a oncologia pediátrica tem demonstrado expressivo sucesso no tratamento do câncer infantojuvenil, com significativo aumento das taxas de cura e sobrevida, principalmente devido ao diagnóstico precoce e à quimioterapia mais eficaz, além do auxílio da radioterapia em determinadas situações. Contudo, os medicamentos que curam o câncer também se comportam como adversários de vários sistemas orgânicos. Os sobreviventes do câncer infantojuvenil são, particularmente, mais vulneráveis às condições crônicas de morbidade relacionadas com os efeitos colaterais do tratamento, especialmente sobre o sistema cardiovascular ­ cardiotoxicidade. Quando não diagnosticados e tratados em tempo hábil, o dano cardiovascular relacionado ao tratamento do câncer poderá tornar-se progressivo e, frequentemente, irreversível. As complicações cardiovasculares lideram as causas de morbidade e mortalidade entre os pacientes oncológicos, depois das complicações relacionadas com o câncer propriamente dito. Estratégias de prevenção e monitoramento efetivo são a chave para um tratamento mais seguro. É incontestável a importância da parceria entre oncologistas pediátricos e cardiologistas pediátricos e o apoio da equipe multiprofissional para atender a crescente demanda dessa população de pacientes, com a finalidade maior da cura com qualidade de vida

In recent decades, pediatric oncology has shown good success in the treatment of children and adolescents with cancer, with a significant increase in the rates of cure and survival, mainly due to early diagnosis and more effective chemotherapy drugs, but also with the help of radiotherapy in certain situations. However, drugs that cure cancer also behave as opponents of several organ systems. Survivors of childhood cancer, in particular, are more vulnerable to chronic conditions of morbidity related to side effects of treatment, especially on the Cardiovascular System - Cardiotoxicity. If not diagnosed and treated in a timely manner, cardiovascular damage related to cancer treatment can become progressive and often, irreversible. Cardiovascular complications are the leading causes of morbidity and mortality among cancer patients, after complications related to cancer. Strategies for prevention and effective monitoring are the key to safer treatment. The importance of the partnership between Pediatric oncologists and cardiologists and the multiprofessional team is undeniable, to meet the growing demand of this patient population, with the main purpose of cure with quality of life
Descritores: Pediatria
Cardiologia
Criança
Oncologia
Neoplasias/complicações
-Ecocardiografia/métodos
Espectroscopia de Ressonância Magnética/métodos
Doenças Cardiovasculares/complicações
Fatores de Risco
Antraciclinas/uso terapêutico
Miócitos Cardíacos
Tratamento Farmacológico/métodos
Eletrocardiografia/métodos
Cardiotoxicidade/mortalidade
Insuficiência Cardíaca/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  9 / 5357 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-847906
Autor: Ishikawa, Walther Yoshiharu; Jatene, Ieda Biscegli.
Título: AVALIAÇÃO DAS CARDIOPATIAS CONGÊNITAS NO ADULTO: ECOCARDIOGRAFIA, RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA / EVALUATION OF GROWN-UP CONGENITAL HEART DISEASE: ECHOCARDIOGRAPHY, MRI AND COMPUTED TOMOGRAPHY
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;27(2):f:143-l:149, abr.-jun. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Avanços recentes na cardiologia pediátrica permitem que uma população crescente com cardiopatias congênitas chegue à idade adulta, muitos deles necessitando de seguimento por toda a vida. Um elemento chave desse seguimento é a avaliação seriada com métodos diagnósticos por imagem. O cardiologista pediátrico moderno dispõe atualmente de um vasto leque de opções não invasivas para a investigação desses pacientes, das quais se destaca como método principal a ecocardiografia e, como duas técnicas complementares, a ressonância magnética e a tomografia computadorizada. Neste artigo, faremos uma breve revisão dos princípios, indicações, vantagens e desvantagens de cada um destes métodos, em especial na investigação de indivíduos adultos com cardiopatias congênitas

Recent advances in pediatric cardiology allow an increasing population with congenital heart defects to reach adulthood, many of them requiring lifelong follow-up. A key element of this follow-up is serial evaluation by diagnostic imaging methods. The modern pediatric cardiologist currently has a wide range of noninvasive options for the investigation of these patients, the Echocardiogram stands out as the main tool, and as two complementary techniques, Magnetic Resonance and Computed Tomography. In this article we will briefly review the principles, indications, advantages and disadvantages of each of these methods, especially in the investigation of adult individuals with congenital heart diseases
Descritores: Ecocardiografia/métodos
Espectroscopia de Ressonância Magnética/métodos
Adulto
EXERCISE TEST0
Tomografia por Emissão de Pósitrons combinada à Tomografia Computadorizada/métodos
Cardiopatias Congênitas
-Pediatria/métodos
Diagnóstico por Imagem
Fatores de Risco
Cardiologistas
Ventrículos do Coração
Limites: Humanos
Criança
Adulto
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  10 / 5357 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1152632
Autor: Torres, Alberto; Inzunza, Martín; Jarry, Cristián; Serrano, Francisco; Varas, Julián; Zavala, Alejandro.
Título: Development and validation of a new laparoscopic endotrainer for neonatal surgery and reduced spaces / Desenvolvimento e validação de um novo endotrainer laparoscópico para cirurgia neonatal e espaços reduzido
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;33(4):e1559, 2020. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Pediatric procedures have the difficulty of being performed in reduced spaces. Training in reduced spaces has proven to be different in complexity compared to adult laparoscopic endotrainers. Aim: To develop and validate a new neonatal/reduced-space endotrainer. Methods: The simulator was tested and assessed by users with different skill levels and experience in laparoscopic pediatric surgery through an 8-item questionnaire. Construct validity was determined by evaluating the performance of each subject on nine exercises. Results: A 10.5 x 10 x 18 cm acrylic simulator was created, with an internal working surface of 9 x 9 cm. An HD camera was incorporated, with a 0-180° range of movement. All exercises of a Basic Laparoscopic Training Program were adapted on a scale of 1:0.5 to fit in. From 49 participants, 42 (85.71%) answered the survey; 80.5% considered that the simulator reproduces similar conditions to procedures performed in children under one year of age; 61.1% thought that the simulator represents a difficulty identical to procedures performed in newborns; 73.7% considered that the neonatal simulator is more complicated than the adult simulator. Experts showed significantly better performance in all proposed exercises. Conclusion: The simulator has a high-quality image and design that allows training with basic tasks. The endotrainer permitted to discriminate between these different skill levels and was well evaluated by users with diverse surgical experience.

RESUMO Racional: Os procedimentos pediátricos têm dificuldade de serem realizados em espaços reduzidos. O treinamento nesses espaços provou ser diferente em dificuldade em comparação aos endotrainers laparoscópicos adultos. Objetivo: Desenvolver e validar um novo endotrainer neonatal com espaço reduzido. Métodos: O simulador foi criado, testado e avaliado por usuários com diferentes níveis de habilidade e experiência em cirurgia pediátrica laparoscópica por meio de um questionário de oito itens. A validação do método foi determinada pela avaliação do desempenho de cada participante em nove exercícios. Resultados: Foi criado um simulador acrílico de 10,5 x 10 x 18 cm, com uma superfície de trabalho interna de 9 x 9 cm. Uma câmera HD foi incorporada com faixa de movimento de 0-180°. Todos os exercícios do Programa de Treinamento Laparoscópico Básico foram adaptados em escala de 1:0,5 para se ajustarem. Dos 49 participantes, 42 (85,71%) responderam à pesquisa; 80,5% consideraram que o simulador reproduz condições semelhantes às de procedimentos realizados em crianças menores de um ano; 61,1% consideraram que o simulador representa dificuldade semelhante aos procedimentos realizados em recém-nascidos; 73,7% consideraram que o simulador neonatal é mais difícil que o simulador adulto. Especialistas apresentaram desempenho significativamente melhor em todos os exercícios propostos. Conclusão: O simulador possui imagem de alta qualidade e design que permitem o treinamento com exercícios básicos. O aparelho permitiu discriminar entre os diferentes níveis de habilidade e foi bem avaliado por usuários com experiência cirúrgica diversificada.
Descritores: Pediatria/educação
Cirurgia Geral/educação
Competência Clínica
Laparoscopia/educação
Treinamento por Simulação/normas
-Simulação por Computador
Interface Usuário-Computador
Inquéritos e Questionários
Reprodutibilidade dos Testes
Laparoscopia/normas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Criança
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 536 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde