Base de dados : LILACS
Pesquisa : H02.478 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 8380 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 838 ir para página                         

  1 / 8380 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-737664
Autor: Santos, Adilson Ribeiro dos; Coutinho, Márcio Lemos.
Título: Educação permanente em saúde: construções de enfermeiros da estratégia saúde da famíiia / Educació permanente en salud: construcciones de enfermeros de la estrategia salud de la familia / Permanent health education: constructions of nurses rom family health strategy
Fonte: Rev. baiana saúde pública;38(3), jul.-set. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: A educação permanente em saúde (EPS) parte do aprendizado significativo, implicando na estruturação do conhecimento a partir da realidade do próprio ambiente de trabalho. Articula aspectos que possibilitam reorientar as práticas dos profissionais de saúde, superando lacunas existentes no campo da formação, visando à melhoria do processo de trabalho em saúde. Trata-se de uma estratégia fundamental para a recomposição da formação, atenção, gestão, formulação de políticas e controle social no setor da saúde. O presente estudo teve como objetivo analisar a participação dos enfermeiros das Unidades de Saúde da Família de Itajuípe, Bahia, nas ações de EPS desenvolvidas no município. Estudo descritivo, exploratório, com abordagem qualitativa, sendo a análise de dados realizada através da análise de conteúdo de Laurence Bardin. Este estudo teve seus aspectos éticos avaliados e acompanhados pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia. Os resultados apontam para uma grande associação por parte dos profissionais de saúde da EPS com os processos de educação voltados para as necessidades da população e não para o universo do processo de trabalho em saúde. No contexto em análise, percebe-se que não há uma política local de incentivo à realização das ações de EPS, bem como incentivos para a qualificação e atualização dos profissionais da Atenção Básica.

Permanent health education (PHE) starts from the meaningful learning, implying in the structuring of knowledge from the reality of the workplace itself. It manages aspects that enable the reorientation of health professionals practices, overcoming gaps in the of education, in order to improve the work process in health. It is a fundamental strategy for the recomposition of education, care, management, policy and social control in the health area. This study aimed to analyze the participation of nurses participation in the Family Health Units of Itajuípe, Bahia, Brazil, in PHE actions performed in this district. It is a descriptive, exploratory study with a qualitative approach with data analysis performed through the content analysis of Laurence Bardin. The ethical aspects were analyzed and accompanied by the Ethic and Research Committee of the Health Department of the State of Bahia. The results indicate a strong connection among PHE health professionals and the processes of health education focused on the needs of the population and not in the health work process. In this context, it is clear that neither there is local policy to encourage the performance of PHE actions, nor incentives for training and updating of primary care professionals.

La educación permanente en salud (EPS) parte del aprendizaje significativo, implicando en la organización del conocimiento a partir de la realidad del propio ambiente de trabajo. Articula aspectos que posibilitan reorientar las prácticas de los profesionales de salud, superando lagunas existentes en el campo de la formación, visando a la mejoría del proceso de trabajo en salud. Se trata de una estrategia fundamental para la recomposición de la formación, atención, gestión, formulación de políticas y control social en el sector de la salud. El presente estudio tuvo cómo objetivo analizar la participación de los enfermeros de las Unidades de Salud de la Familia de Itajuípe, Bahia, Brasil, en las acciones de EPS desarrolladas en el municipio. Estudio descriptivo, exploratorio, con abordaje cualitativo, siendo el análisis de datos realizada a través del análisis de contenido de Laurence Bardin. Este estudio tuvo sus aspectos éticos evaluados y acompañados por el Comité de Ética e Investigación de la Secretaría de Salud del Estado de la Bahia. Los resultados apuntan para una gran asociación por parte de los profesionales de salud de la EPS con los procesos de Educación en Salud. En el contexto en análisis se percibe que no hay una política local de incentivo la realización de las acciones de EPS, así como incentivos para la calificación y actualización de los profesionales de la Atención Básica.
Descritores:
Enfermagem
Estratégia Saúde da Família
Educação Continuada
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 8380 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-729068
Autor: Simões, Aline Vieira; Prado, Fabio Ornellas; Nery, Adriana Alves; Sampaio, Daniela Márcia Neri.
Título: Controle Social na Estratégia Saúde da Família: concepções e ações dos usuários e trabalhadores de saúde / Control Social en la Estrategia de Salud de la Familia: Conceptos y acciones de los usuarios y los trabajadores de salud / Social Control in the Family Health Strategy: Concepts and actions of users and health workers
Fonte: Rev. baiana saúde pública;38(2), abr.-jun. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: O Controle Social constitui-se importante estratégia de fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) através da participação do usuário no processo de descentralização e municipalização da saúde enquanto corresponsável pela organização, acompanhamento e avaliação das ações desenvolvidas pelos trabalhadores de saúde. Este estudo apresenta como objeto de investigação o controle social na Estratégia Saúde da Família-ESF no município de Jequié-BA. Tem como objetivo analisar as concepções dos usuários e dos trabalhadores da ESF do município de Jequié-BA sobre o controle social. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, numa perspectiva aproximada do método hermenêutico-dialético, em que foi utilizada como técnicas para coleta de dados a entrevista semi-estruturada, a observação sistemática e a análise documental. O cenário do estudo foi composto pelas Unidades de Saúde da Família do município de Jequié-BA que apresentam Conselho Local de Saúde ativo ou inativo. Os sujeitos da pesquisa foram divididos em dois grupos: vinte trabalhadores que compõem as equipes da ESF e cinco usuários cadastrados nas referidas equipes. Utilizamos o método da hermenêutica-dialética na análise de dados. Os resultados evidenciaram que a concepção de controle social de parte dos entrevistados esteve relacionada à noção de controle do Estado sobre os cidadãos, fazendo alusão a noção do campo da política e das ciências sociais. Entretanto, em determinados depoimentos o entendimento de controle social dos trabalhadores de saúde aproximou-se da concepção relacionada à participação da comunidade na gestão das políticas de saúde. As ações de incentivo ao controle social desenvolvidas pelos trabalhadores de saúde referem-se às práticas participativas que correspondem às reuniões dos conselhos municipal e local, estímulo à mobilização popular e realização de educação em saúde. Foram apontadas pelos trabalhadores de saúde dificuldades na execução das ações de controle social relativas à falta de interesse dos usuários em participar das reuniões, precariedade do vínculo trabalhista e à falta de apoio do gestor municipal. Dentre as facilidades relatadas, foi evidenciada a motivação, o trabalho em equipe, a aproximação e o vínculo com os usuários. Acreditamos que o entendimento de controle social dos usuários e trabalhadores da ESF necessita ser ressignificado e repolitizado na perspectiva da participação do cidadão na gestão pública e intervenção das ações do Estado para que os indivíduos exerçam sua cidadania de maneira crítica e consciente. Dessa forma, torna-se imprescindível uma maior articulação entre os atores sociais inseridos no contexto do sistema único de saúde, a partir do suporte técnico e apoio dos trabalhadores de saúde e gestores aos Conselhos Locais de Saúde, ampliando a participação política dos usuários nos espaços de controle social motivados pelo exercício da cidadania, consolidação do SUS e melhoria da qualidade de vida para todos os brasileiros.

Social Control is an important strategy of strengthening of the Single Health System (SHS) through the participation of the user in the process of decentralization and municipalization of health while co-responsible for the organization, monitoring and evaluation of the actions developed by healthcare workers. This study has as object of investigation the social control in the Family Health Strategy ? FHS in the city of Jequié-BA. It has as objective analyze the conceptions of the users and workers of FHS of the city of Jequié-BA about social control. It is a qualitative research in an approximated approach of the hermeneutic-dialectic method, in which was used as data collection techniques the semi structured interview, the systematic observation and documental analysis. The study scenario was composed by the Family Health Units of the city of Jequié-BA that had active or inactive Local Health Council. The subjects of the research were divided in two groups: twenty workers composing FHS team and five users registered in the referred teams. It was used the hermeneutic-dialectic method for data analysis. The results showed that the conception of social control by interviewed people was related to the notion of the State control over citizens, making allusion to the notion of the policy and social sciences . However, in some interviews the understanding of social control of the healthcare workers approached of the conception related to community participation in management of the health policy. The actions of social control incentive developed by healthcare workers refer to the participatory practices that correspond to the meetings of the municipal and local councils, stimulus to popular mobilization and carrying out health education. Problems in the execution of social control actions were pointed out by healthcare workers related to the lack of interest by users in participating in meetings, precarious employment relationship and the lack of support from the city manager. Among the facilities related, the motivation, teamwork, approach and relationship with users were pointed out. We believe that the understanding of social control by users and healthcare workers of the FHS need to be more comprehensive within the perspective of citizen participation in public administration and policy of government actions for individuals to exercise their citizenship in a critical and conscious manner. Thus, it becomes imperative for greater coordination between social actors within the context of national healthcare system, from the technical support and effort of health workers and managers to Local Health Councils, widening the political participation of users in the spaces of social control motivated by the exercise of citizenship, SHS consolidation and improvement of quality of life for all Brazilians.

El control social es una estrategia importante para el fortalecimiento del Sistema Único de Salud (SUS ) a través de la participación del usuario en la descentralización y la municipalización de la salud como co-responsable de la organización, seguimiento y evaluación de las acciones desarrolladas por los trabajadores de salud. Este estudio presenta un objeto de investigación en el control social de la Estrategia de Salud de la Familia-ESF en la ciudad de Jequié -BA. Tiene como objetivo analizar las concepciones de los usuarios y de los trabajadores de la ESF en la ciudad de Jequié - BA en el control social. Se trata de una investigación cualitativa, en una perspectiva aproximada del método hermenéutico-dialéctico, que se utilizó como técnicas para la recolección de datos a través de entrevistas semi-estructuradas, observación sistemática y análisis de documentos. El ámbito del estudio fue compuesta por las Unidades de Salud de la Familia de la ciudad de Jequie BA que presentam a los Consejos Locales de Salud activo o inactivo. Los sujetos del estudio fueron divididos en dos grupos: los veinte trabajadores que integran los equipos de la ESF - cinco usuarios registrados en esos equipos. Utilizamos el método de la hermenéutica dialéctica en el análisis de datos. Los resultados mostraron que la concepción del control social de parte de los entrevistados estaba relacionado con la noción de control del Estado sobre los ciudadanos , en alusión a la noción de campo de las ciencias políticas y sociales. Sin embargo, en ciertas declaraciones lo entendimiento del control social de los trabajadores de salud se acercó del la concepción relacionada con la participación comunitaria en la gestión de las políticas de salud. Las acciones para fomentar el control social desarrollado por los trabajadores de salud se refieren a las prácticas participativas que corresponden a las reuniones de los consejos municipales y locales de estímulo a la movilización popular y la implementación de la educación sanitaria. Fueron identificados por los trabajadores de salud las dificultades en la implementación de las acciones de control social por la falta de interés de los usuarios a participar en reuniones, relación de empleo precario y la falta de apoyo por parte del administrador de la ciudad. Entre las instalaciones reportados, mostraron la motivación, trabajo en equipo, el enfoque y la relación con los usuarios. Creemos que la comprensión del control social de los usuarios y de los trabajadores de la ESF necesita ser replanteado y repolitizado la perspectiva de la participación ciudadana en la gestión pública y la intervención de las acciones del gobierno para las personas de ejercer su ciudadanía de manera crítica y consciente. Por lo tanto, se hace imperativo una mayor coordinación entre los actores sociales integrados en el contexto del sistema de salud pública, de asistencia técnica y apoyo a los trabajadores sanitarios y los gestores a los Consejos Locales de Salud, el aumento de la participación política de los usuarios en los espacios control social motivada por la ciudadanía, la consolidación del SUS y de la mejora de la calidad de vida de todos los brasileños.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Enfermagem
Estratégia Saúde da Família
Participação Social
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  3 / 8380 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055767
Autor: Guesdon-Caltero, Christine; Cherchem, Nadia; Frota, Mirna Albuquerque; Rolim, Karla Maria Carneiro.
Título: Système de santé et de soins infirmiers en France / Health and nursing system in France
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):293-302, jan. 2020. graf.
Idioma: fr.
Resumo: Résumé Cet article concerne le Système de Santé en France. Il souligne que dans ce pays il est essentiel de former des professionnels insérés dans un «savoir-faire¼, et également préparés aux mutations actuelles et à venir de la profession infirmière. Ainsi, une revue de la littérature a été réalisée à partir de la classification et de l'analyse des textes et des documents recherchés, nous avons essayé de comprendre le Système de Santé Français et de soins infirmiers. Cela a permis la construction de deux catégories thématiques. La première est le Service Sanitaire réalisé par les étudiants des formations en santé qui traduit la volonté du Gouvernement de placer la prévention au cœur de son action. Et la deuxième aborde la Formation des infirmiers qui est un référentiel basé sur la compétence. La démographie des infirmières en France est également abordée, ce qui met en évidence l'augmentation du nombre d'infirmières de 2010 à 2018.

Abstract This paper concerns the French Health Care System that revolutionized the rationale of the existing social protection. It emphasizes that, in this country, it is essential to train professionals integrated into a "know-how", and also prepared for the current and future changes in the nursing profession. A literature review was carried out based on the classification and analysis of the texts and documents researched, and we tried to understand the French Health and Nursing System. This allowed the construction of two thematic categories. The first one is the "Health Service" that addresses health training courses for prevention, while the second one deals with Nursing Education, which is a competency-based framework. The demography of nurses in France is also discussed, which highlights the increased number of nurses from 2010 to 2018.
Descritores: Enfermagem/normas
Enfermagem/estatística & dados numéricos
Assistência à Saúde
Educação em Enfermagem/normas
-Competência Clínica
Assistência Centrada no Paciente
França
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 8380 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055770
Autor: Souza, Helton Saragor de; Mendes, Áquilas Nogueira; Chaves, Alessandro Rodrigues.
Título: Trabalhadores da enfermagem: conquista da formalização, "dureza" do trabalho e dilemas da ação coletiva / Nursing workers: achievement of formalization, hard work and collective action dilemas
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):113-122, jan. 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A singularidade das categorias de enfermagem na participação sociopolítica, especificamente sua ação coletiva, é a temática analisada. O artigo associa as condicionantes: origem social e aspectos do mercado de trabalho à ação política dos profissionais. A partir da associação analítica do estudo de caso ampliado, articulamos a interpretação da base de dados da Pesquisa Perfil da Enfermagem no Brasil, especificamente, sob os eixos: identificação socioeconômica, mercado de trabalho e condições de trabalho, com estudo etnográfico e entrevistas semiestruturadas em três unidades hospitalares. A revisão bibliográfica demonstra a inserção desses indivíduos sem secundarizar sua particularidade: o processo histórico de proletarização na formação social brasileira, a inserção feminina no mercado de trabalho e a relação com sindicatos. O histórico dos trabalhadores pautados pela inexperiência em ações de resistência ou representação sindical, associado à valorização do emprego como ascensão social resultam na configuração de regimes de trabalho assimétricos, elemento dificultador de ações organizadas, aspecto fundamental para a melhora das condições de trabalho.

Abstract The singularity of the collective action of nursing categories in sociopolitical participation is the subject of our analysis. This paper attaches the compelling factors of social origin and aspects of the labor market to the political action of professionals. Based on the analytical association of the extended case method, we articulated the interpretation of the database of the Brazilian Nursing Profile Survey, specifically, in the light of socioeconomic identification, labor market, and working conditions, with an ethnographic study and semi-structured interviews in three hospital units. The bibliographic review shows the incorporation of these individuals without underestimating their particularity: the historical process of proletarianization in the Brazilian social formation, the inclusion of women in the labor market, and the relationship with unions. The history of workers based on inexperience in actions of resistance or union representation associated with the valorization of employment as a social ascent results in asymmetrical work regimes, a hindering element to coordinated actions, a fundamental aspect for the improvement of working conditions.
Descritores: Enfermagem
Emprego
Sindicatos/organização & administração
-Brasil
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 8380 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Machado, María Helena
Texto completo
Id: biblio-1055771
Autor: Silva, Manoel Carlos Neri da; Machado, Maria Helena.
Título: Sistema de Saúde e Trabalho: desafios para a Enfermagem no Brasil / Health and Work System: challenges for the Nursing in Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):7-13, jan. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O artigo debate a importância da Enfermagem para o Sistema Único de Saúde, considerando a mesma estar presente em todas as estruturas organizacionais de saúde, nas 27 unidades da Federação e em todos os municípios do país, essencial, portanto, para a prestação de uma assistência de qualidade. Apesar disso, a profissão enfrenta muitos desafios, quer no campo da formação e do mercado de trabalho, que necessitam ser enfrentados, visando a valorização desses profissionais que apesar de todas as dificuldades a que estão submetidos, são comprometidos com a saúde da população brasileira.

Abstract This paper discusses the importance of the Nursing to the Unified Health System, considering its presence in all organizational health structures, in the 27 units of the Federation and all municipalities of the country, essential, therefore, for the provision of high-quality health care. Nevertheless, the profession faces many challenges, both in the field of education and in the job market, that must be addressed, aiming at the valorization of these professionals who, despite all the difficulties they are subjected to, are committed to the health of the Brazilian population.
Descritores: Brasil
Enfermagem
Emprego/organização & administração
-Assistência à Saúde/organização & administração
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 8380 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055772
Autor: David, Helena Maria Scherlowski Leal; Riera, José Ramón Martínez; Mallebrera, Antonia Herraiz; Costa, Maria Fernanda de Lima da.
Título: A enfermeira gestora de casos na Espanha: enfrentando o desafio da cronicidade por meio de uma prática integral / Case management nurse in Spain: facing the challenge of chronicity through a comprehensive practice
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):315-324, jan. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Em fins da década de 1990, instituiu-se um novo tipo de atuação para a enfermeira no sistema de saúde espanhol, denominada atualmente de enfermeira gestora de casos, com vistas à garantia do acesso aos recursos necessários para o enfrentamento das condições de cronicidade e atendimento integral no domicílio. O objetivo do artigo é o de apresentar essa figura e discutir aspectos de sua atuação. A metodologia baseou-se em revisão bibliográfica de artigos e publicações normativas e entrevistas com enfermeiras de Atenção Primária de Saúde, docentes de enfermagem e enfermeiras gestoras de casos. Apresenta-se um breve histórico de implantação da enfermeira gestora de casos e as bases conceituais e operacionais de sua prática em três comunidades autônomas espanholas: Andaluzia, Comunidade Valenciana e País Basco, discutindo potencialidades e questões a respeito dessa atuação dentro de um sistema de saúde de características universais. Nas conclusões, são tecidas algumas considerações a respeito das possibilidades para a implantação da figura da enfermeira gestora de casos no sistema brasileiro de saúde.

Abstract A new type of nurse role was established in the Spanish health care system in the late 1990s, currently called case manager nurse, to ensure access to resources needed to cope with chronic conditions and comprehensive home care. This paper aims to present this figure and discuss aspects of its work. The methodology was based on the bibliographic review of papers and normative publications and interviews with primary health care nurses, nursing faculty, and case management nurses. We present a brief history of the implementation of the case manager nurse role and the conceptual and operational bases of her practice in three autonomous Spanish communities: Andalusia, Valencian Community, and Basque Country, discussing potentialities and issues concerning this practice. In the conclusions, we make some considerations on the possible implementation of the case manager nurse in the Brazilian health system.
Descritores: Doença Crônica/enfermagem
Enfermagem
Gerentes de Casos
-Espanha
Continuidade da Assistência ao Paciente
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 8380 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Machado, María Helena
Texto completo
Id: biblio-1055777
Autor: Machado, Maria Helena; Koster, Isabella; Aguiar Filho, Wilson; Wermelinger, Mônica Carvalho de Mesquita Werner; Freire, Neyson Pinheiro; Pereira, Everson Justino.
Título: Mercado de trabalho e processos regulatórios - a Enfermagem no Brasil / Labor market and regulatory processes - Nursing in Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):101-112, jan. 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O presente artigo faz uma análise do mercado de trabalho dos profissionais da Enfermagem, a partir dos dados obtidos através da Pesquisa Perfil da Enfermagem no Brasil (Cofen - Fiocruz), evidenciando que uma parcela significativa desses trabalhadores, a maioria auxiliares e técnicos de enfermagem, vivem em condições precárias de sobrevivência, com precarização, multiempregos e a insegurança no ambiente de trabalho cada vez mais frequentes, o que os impede de exercerem com dignidade suas atividades laborais. Analisa também o processo de regulação da Enfermagem, tendo como referencial a sociologia das profissões, a partir da criação do Sistema Conselho Federal/Conselhos Regionais de Enfermagem, na década de 1970, quando a categoria passa a ter autonomia da autorregulação, sendo que na atualidade, a profissão demonstra possuir um marco legal robusto e altamente regulador, considerando o quantitativo de resoluções emitidas pelo Cofen, que impactam sobre o exercício profissional. O artigo aponta como sendo essencial que o Estado desenvolva e aprimore as políticas de gestão do trabalho e de regulação, de modo a contribuir para a superação dos problemas enfrentados pela Enfermagem.

Abstract The present article analyzes the job market of nursing professionals, based on data obtained through the survey "Nursing Profile in Brazil" (Cofen - Fiocruz), showing that a significant portion of these workers, mostly nursing aides and technicians, live in increasingly precarious conditions of survival, with low wages, multi-employment and insecurity in the work environment, which prevents them from performing their work activities with dignity. It also analyzes the Nursing regulation process, having as reference the sociology of professions, from the creation of the Federal Nursing Council/Regional Nursing Councils System, in the 1970s, when the category started to have self-regulation autonomy, and currently, the profession shows a robust and highly regulatory legal milestone, considering the number of resolutions issued by Cofen, which have an impact on professional practice. The article points out that it is essential for the government to develop and improve job management and regulation policies, in order to contribute to overcome the problems faced by nursing professionals.
Descritores: Enfermagem
Emprego/legislação & jurisprudência
-Brasil
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 8380 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055779
Autor: Biff, Daiane; Pires, Denise Elvira Pires de; Forte, Elaine Cristina Novatzki; Trindade, Letícia de Lima; Machado, Rosani Ramos; Amadigi, Felipa Rafaela; Scherer, Magda Duarte dos Anjos; Soratto, Jacks.
Título: Cargas de trabalho de enfermeiros: luzes e sombras na Estratégia Saúde da Família / Nurses' workload: lights and shadows in the Family Health Strategy
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):147-158, jan. 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Estudo multicêntrico, de abordagem qualitativa, que buscou identificar os elementos que podem aumentar ou reduzir as cargas de trabalho do enfermeiro da Saúde da Família. Foram abordados 40 enfermeiros, de 36 equipes, das cinco Regiões do Brasil, consideradas exitosas segundo o prescrito na Política Nacional da Atenção Básica e com boa avaliação no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica. A coleta de dados foi realizada pela triangulação de instrumentos, utilizando-se entrevista semiestruturada, observação e estudo documental, de 2013 a setembro de 2016. Os achados foram analisados com base na Análise Temática de Conteúdo e categorizados com auxílio do software Atlas.ti. Identificou-se que os elementos que mais influenciam o aumento das cargas são a precariedade e déficits no ambiente de trabalho, materiais e equipamentos, somados ao déficit numérico da força de trabalho e ao excesso de demanda assistencial. Entretanto, o trabalho em equipe, reconhecimento pelo trabalho realizado, vínculo com usuários e bom relacionamento interpessoal contribuem para diminuir as cargas. Ressalta-se a dialética presente nos elementos do processo de trabalho com influência de condições objetivas, do momento e da forma como são manejados.

Abstract This study was multicenter with a qualitative approach, which sought to identify the elements that can increase or reduce the workloads of the Family Health nurse. Forty nurses were interviewed, from 36 teams from five regions of Brazil, considered successful according to the requirements of the National Policy of Primary Care and with good evaluation in the National Program for Improvement in Primary Care Access and Quality. Data collection was performed by instrument triangulation, using a semi-structured interview, observation and documentary study, from 2013 to September 2016. The findings were analyzed based on the Thematic Content Analysis and categorized with the help of Atlas.ti software. It was identified that the elements that most influence the increase of the workloads are the precariousness and deficits in the work environment, materials and equipment, added to the numerical deficit of the workforce and the excess of health care demand. However, teamwork, recognition for the performed work, bonding with users and good interpersonal relationships, all contribute to reduce the workloads. We highlight the dialectic present in the elements of the work process. They can increase or decrease workloads influenced by objective conditions, the moment and way they are handled.
Descritores: Enfermagem
Carga de Trabalho/estatística & dados numéricos
-Brasil
Saúde da Família
Enfermagem Familiar
Pesquisa Qualitativa
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Multicêntrico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 8380 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055785
Autor: Araújo-dos-Santos, Tatiane; Nunes, Daniely Oliveira; Pereira, Rafaell Batista; Góes, Melicia Maria da Conceição Silva Reis; Ferreira, Ithana Queila Borges Pizzani; Santos, Selton Diniz dos; Florentino, Tatiane Cunha; Melo, Cristina Maria Meira de.
Título: Associação entre variáveis relacionadas à precarização e afastamento do trabalho no campo da enfermagem / Association between variables related to precariousness of work and leave of absence in the nursing field
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):123-133, jan. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo é verificar associações entre variáveis relacionadas à precarização e o afastamento do trabalho por motivo de saúde no campo da enfermagem. Estudo transversal. A amostra de conveniência estratificada com alocação proporcional de 1.075 trabalhadoras. Local de estudo 22 hospitais públicos da Bahia, sendo os dados coletados entre 2015 e 2016. As dimensões da precarização avaliadas foram Formas de inserção e intensidade do trabalho, Esforço físico e ambiente de trabalho, Destrato e perturbações durante o trabalho. Realizou-se regressão logística binária ajustada com o teste de Omnibus. As variáveis que foram significativas tanto para enfermeiras quanto para auxiliares e técnicas foram esforço repetitivo (OR=0,44; IC=0,22-0,91/OR=0,54; IC=0,29-0,98) e histórico de discriminação (OR=2,1; IC=1,6-4,3/OR=1,8; IC=1,2-2,5). Para as enfermeiras, a existência de ruído no ambiente de trabalho foi significativo para o afastamento do trabalho (OR=3,7; IC=1,7-8,2). Entre as auxiliares e técnicas, ocorrência de violência no trabalho (OR=1,4; IC=1,05-2,0), adequação do ambiente de descanso (OR=0,6;IC=0,41-0,89), tipo de vínculo (OR=1,5;IC=1,009-2,09) foram significativos. Os resultados revelam a precarização no campo e que o Estado favorece o adoecimento das trabalhadoras ao manter estas condições de trabalho.

Abstract The objective is to verify associations between variables related to precarious employment and absence from work due to health reasons in the nursing field. This was a cross-sectional study of a stratified convenience sample with proportional allocation of 1,075 workers. Study site: 22 public hospitals in Bahia, with data collected between 2015 and 2016.The assessed precarious employment dimensions were: Forms of insertion and intensity of work, Physical effort and working environment, Disorder and disturbances during work. The binary logistic regression was adjusted with the Omnibus test. The variables that were significant for both nurses and for nursing aides and technicians were repetitive effort (OR = 0.44, CI = 0.22-0.91 / OR = 0.54, CI = 0.29-0.98), and history of discrimination (OR = 2.1, CI = 1.6-4.3 / OR = 1.8, CI = 1.2-2.5). For the nurses, the existence of noise in the work environment was significant for work leave (OR = 3.7, CI = 1.7-8.2). Among the nursing aides and technicians, the occurrence of violence at the workplace (OR = 1.4, CI = 1.05-2.0), adequacy of the resting area (OR = 0.6, CI = 0.41-0.89), and type of employment bond (OR = 1.5, CI = 1.009-2.09) were significant. The results reveal the precariousness in the field and that the government favors the illness of these workers by maintaining these working conditions.
Descritores: Enfermagem
Licença Médica/estatística & dados numéricos
Emprego/normas
-Brasil
Estudos Transversais
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 8380 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Cecilio, Luiz Carlos de Oliveira
Texto completo
Id: biblio-1055786
Autor: Cecílio, Luiz Carlos de Oliveira; Reis, Ademar Arthur Chioro dos; Andreazza, Rosemarie; Spedo, Sandra Maria; Cruz, Nelma Lourenço de Matos; Barros, Luciana Soares de; Carapinheiro, Graça; Correia, Tiago; Schveitzer, Mariana Cabral.
Título: Enfermeiros na operacionalização do Kanban: novos sentidos para a prática profissional em contexto hospitalar? / Nurses in the Kanban: are there news meanings of professional practice in innovative tools for hospital care management?
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(1):283-292, jan. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O Kanban, uma tecnologia de gestão do cuidado caracterizada pela valorização do trabalho multiprofissional e o uso intensivo da informação, tem sido crescentemente utilizado para enfrentar a superlotação dos serviços de emergência hospitalar (SEH). Pesquisadores acompanharam durante dez meses o Kanban em vários setores de um SEH municipal. Suas observações, registradas em diários de campo, foram discutidos em reuniões quinzenais por um coletivo de pesquisadores. O material empírico foi organizado a partir de duas questões: Há mudanças nas "atribuições tradicionais" da enfermagem atuando no Kanban? Há transformações nas relações interprofissionais entre Medicina e Enfermagem na operacionalização do Kanban? Observou-se forte adesão dos enfermeiros ao arranjo, pari passu com uma maior especialização e fragmentação do seu trabalho. Os diaristas assumem funções administrativas tradicionais da enfermagem, enquanto os plantonistas desenvolvem assistência direta aos pacientes. Os enfermeiros consideram que a decisão clínica ainda é do médico, embora o Kanban propicie sua maior influência na decisão. A gestão de grande massa de dados clínico-operacionais pelos enfermeiros, central na operacionalização do Kanban, reforça sua autoridade profissional.

Abstract Kanban is a care management tool that values multi-professional work and intensive use of data and has been growingly used in Brazil to address overcrowding in hospital emergency services (HES). The researchers monitored the Kanban for ten months in multiple wards of a municipal HES, and their observations were recorded in field diaries and discussed in biweekly research team meetings. The empirical material was organized from two questions: Are there changes in "traditional attributions" of Kanban-operating nursing? Are Medicine-Nursing interprofessional relationships transformed? A strong nurse adherence to this tool was observed, coupled with greater specialization and fragmentation of their work: nurses working as diarists assume more traditional administrative functions, while those on-call develop more direct assistance to patients. Nurses consider that clinical decisions are still in the doctors' hands, although Kanban provides them with a stronger influence on such decisions. Nurses' role in the management of significant mass of clinical and operational data, central to Kanban's operationalization, strengthens their professional authority.
Descritores: Enfermagem
Serviço Hospitalar de Emergência/organização & administração
Administração Hospitalar/métodos
-Brasil
Relações Médico-Enfermeiro
Papel do Profissional de Enfermagem
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 838 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde