Base de dados : LILACS
Pesquisa : HP4.018.127.212 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 96 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 10 ir para página                        

  1 / 96 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-734999 LILACS-Express
Autor: Arévalo C, Aracelly; Bacca, Tito; Soto G, Alberto.
Título: DIAGNÓSTICO DEL USO Y MANEJO DE PLAGUICIDAS EN FINCAS PRODUCTORAS DE CEBOLLA JUNCA Allium fistulosum EN EL MUNICIPIO DE PASTO / DIAGNOSTICS OF PESTICIDES USE AND MANAGEMENT IN PRODUCTIVE GREEN ONION Allium fistulosum FARMS IN THE MUNICIPALITY OF PASTO
Fonte: Rev. luna azul;(38):132-145, ene.-jun. 2014. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: El control de plagas y enfermedades en el cultivo de la cebolla en Nariño, se caracteriza por el uso del control químico. Por lo tanto, el objetivo de esta investigación fue identificar las condiciones de uso y manejo de plaguicidas de este cultivo en el corregimiento Buesaquillo, del municipio de Pasto. Para determinar el tipo de productos utilizados se realizó recolección y clasificación de envases vacíos de agroquímicos durante 6 meses. En la zona de estudio se realizaron 200 encuestas con 38 preguntas relacionadas con aspectos socioeconómicos, manejo de cultivo, uso y manejo de plaguicidas y sus riesgos potenciales. Los datos fueron sometidos a análisis de correspondencia múltiple. Se recolectaron 4710 envases vacíos, de los cuales el 46,3% correspondieron a fungicidas, el 12,4% a fertilizantes y el 9,3% a insecticidas. El principal criterio para aplicación fue el recomendado por los almacenes de expendio de agroquímicos (72%), la frecuencia de aplicación depende de las condiciones ambientales que va entre 8 y 15 días, el periodo de carencia en el 80% de los encuestados es de 15 días antes de la cosecha. El 74% de los agricultores expuestos a los plaguicidas son hombres y la mayoría (85,5%) tiene estudios primarios, el 53,5% no entiende la etiqueta del producto y algunos de los encuestados (19%) dicen haber sufrido síntomas de intoxicación, y la mayoría (70%) de los productores queman los envases de los plaguicidas. Bajo las condiciones del presente estudio se concluye que el uso de los plaguicidas es similar entre los encuestados, caracterizándose por su manejo inadecuado, el cual pone en riesgo la salud de los agricultores y amenazan con el equilibrio de este agroecosistema.

Pests and diseases control in green onion cultivation in the department of Nariño is characterized by the use of chemical control. Therefore, the objective of the investigation was to identify the use and management conditions of pesticides on this crop in the small township of Buesaquillo, municipality of Pasto. To determine the type of products used, an empty agrochemical containers collection was carried out during six months. Two hundred surveys, with 38 questions related to socio-economic aspects, crop management, pesticide use and management and its potential risks, were carried out in the study zone. The data were submitted to multiple correspondence analyses. A total of 4710 empty containers were recollected, of which 46.3% corresponded to fungicides, 12.4% to fertilizers, and 9.3% to insecticides. The main criterion of application was the one recommended by the agrochemicals warehouse sale (72%); frequency of application depends on environmental conditions ranging between 8 and 15 days, and the grace period in 80% of the surveys is 15 days prior to the harvest. 74% of farmers exposed to pesticides are men and most of them (85.5%) have completed their primary school studies; 53.5% do not understand the product's label, some of them (19%) claim to have suffered intoxication symptoms and most producers (70%) burn the pesticide containers. Under the conditions of this study it can be concluded that the use of pesticides is similar among the surveyed farmers, and is characterized by inadequate management, which puts farmers' health at risk and threatens this agro ecosystem equilibrium.
Descritores: Agroquímicos
-Praguicidas
Riscos Ambientais
Cebolas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO54.1 - Centro de Biblioteca e Información Científica


  2 / 96 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-909894
Autor: Santos, Ingridy Maria Cruz dos; Melo, Híder Machado de; Carneiro, José Klauber Roger; Oliveira, Maria Auxiliadora Silva.
Título: Avaliação citotóxica, genotóxica e mutagênica do extrato de Morinda citrifolia em diferentes concentrações sobre o teste Allium Cepa / Cytotoxic, genotoxic and mutagenic evaluation of Morinda citrifolia extract in different concentrations about the test Allium Cepa
Fonte: Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) = J. med. biol. sci;17(1):40-45, jul.17,2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: o uso de Morinda citrifolia (noni) realizado com várias finalidades, no entanto, sua eficácia ainda não é, plenamente, comprovada. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (2007), as publicações científicas sobre o suco de noni têm trazido muita controvérsia sobre sua segurança como alimento. Objetivos: o objetivo do presente trabalho foi avaliar quais concentrações de Morinda citrifolia não apresentam efeitos citotóxicos, genotóxicos e mutagênicos, possibilitando seu uso em futuras formas farmacêuticas. Metodologia: os frutos foram picados e desidratados em estufa. Em seguida o material foi pulverizado, obtendo-se o extrato seco. Foram utilizados bulbos de Alium cepa para testar as seguintes concentrações: controle negativo (água filtrada), 1 mg/mL (Tratamento 1), 1,5 mg/mL (Tratamento 2), 2 mg/mL (Tratamento 3), controle positivo (paracetamol 90 mg/mL). Resultados: os resultados encontrados na análise dos dados do extrato aquoso, demonstram que as três concentrações testadas de Morinda citrifolia apresenta atividade tóxica pela inibição do comprimento e pela diminuição do ciclo celular das raízes. Além disso, a Morinda citrifolia apresenta atividade citotóxica, devido à redução do índice mitótico, em todas as concentrações analisadas. Bem como, apresenta atividade genotóxica, nas duas maiores concentrações do extrato (1,5 mg/mL e 2,0 mg/mL). Conclusão: o presente estudo demonstrou que os extratos de Morinda citrifolia apresenta atividade citotóxica e genotóxica em todas as concentrações analisadas. É necessário realizar outros trabalhos para a avaliação da Morinda citrifolia em concentrações menores, para assim se estabelecer quais são as concentrações seguras de utilização do suco desse fruto
Descritores: Extratos Vegetais/toxicidade
Cebolas/efeitos dos fármacos
Morinda/toxicidade
-Testes de Toxicidade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 96 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-706167
Autor: Carvalho, Ana Paula Moura Guimarães; Hackbart, Helen Cristina dos Santos; Souza, Michele Moraes de; Badiale-Furlong, Eliana.
Título: Emprego de casca de arroz como adsorvente para execução de técnica de MSPD para determinar aflatoxinas em cebolas / Use of rice husk as an adsorbent for performing MSPS techinique for determining the aflatoxins occurrence in onion
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;71(4):630-637, out.-dez. 2012. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Foi estudada a extração simultânea de aflatoxinas (AFLAs) B1, B2, G1 e G2 em cebolas por meio de técnica de dispersão da matriz em fase sólida (MSPD), utilizando-se a casca de arroz como adsorvente. A identificação e quantificação das aflatoxinas foram realizadas empregando-se cromatografia em camada delgada de alta eficiência (CCDAE) e cromatografia líquida de alta eficiência acoplada ao detector de fluorescência (CLAE-FL). O melhor adsorvente foi constituído de mistura de casca de arroz: terra diatomácea (1:1)(p/p), empregado na proporção de 1:1 (p/p) com a massa de amostra e a mistura clorofórmio: metanol (5:25) (v/v) como eluente. A metodologia mostrou limites de detecção que variaram de 0,05 a 1 μg.kg-1,de exatidão entre 78 e 93 por cento, e coeficientes de variação compreendidos entre 11 e 14 por cento. Após a validação, a metodologia foi testada quanto à sua aplicabilidade para determinar a ocorrência das aflatoxinas em amostras de cebola, as quais foram classificadas segundo a norma do MAPA. A contaminação com aflatoxina foi verificada em 43 por cento das amostras analisadas com teor máximo de 90μg.kg-1 de AFLAB2.
Descritores: Aflatoxinas
Cebolas
Cromatografia Líquida
Oryza
Métodos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  4 / 96 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-544603
Autor: Souza, Michele Moraes de; Recart, Vânia Machado; Rocha, Meritaine da; Cipolatti, Eliane Pereira; Badiale-Furlong, Eliana.
Título: Estudo das condições de extração de compostos fenólicos de cebola (Allium cepa L. ) / Study on the extracting conditions of phenolic compounds from onion (Allium cepa L)
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;68(2):192-200, maio-ago. 2009. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi estabelecer as melhores condições para efetuar extração de compostos fenólicos totais de diferentes classes comerciais de cebola (Allium cepa L.). Por meio de Planejamento Experimental Fatorial foram determinadas as variáveis que influenciam significativamente nas etapas de extração. As variáveis estudadas foram: natureza do solvente, procedimento de agitação, tempo de extração e tempo de agitação com e sem interrupções. A melhor combinação resultou em um modelo preditivo, empregando semetanol como solvente, agitação de 120 minutos a 200 rpm. O maior conteúdo fenólico em diferentes classes de cebola foi 2275 μg/g, 88% de recuperação e o limite de quantificação foi de 31 μg fenóis/g.
Descritores: Cebolas
Compostos Fenólicos
-Especiarias
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  5 / 96 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886626
Autor: PEREIRA, JOQUEBEDE R; QUEIROZ, RAPHAEL F; SIQUEIRA, ERLÂNIA A DE; BRASILEIRO-VIDAL, ANA CHRISTINA; SANT'ANA, ANTÔNIO E G; SILVA, DANIEL M; AFFONSO, PAULO R A DE MELLO.
Título: Evaluation of cytogenotoxicity, antioxidant and hypoglycemiant activities of isolate compounds from Mansoa hirsuta D.C. (Bignoniaceae)
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(1):317-331, Jan,-Mar. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Mansoa hirsuta (Bignoniaceae) is a native plant from caatinga in Brazilian semiarid. This plant has been locally used as antimicrobial and hypoglycemiant agents, but their action mechanisms and toxicity remain largely unknown. Therefore, we evaluated the composition and antioxidant, cytoprotective and hypoglycemiant effects of raw extract, fractions and compounds from leaves of M. hirsuta. The cytogenotoxic effects of ursolic and oleanolic acids, the main phytotherapic components of this plant, were assessed. The raw extract and fractions presented steroids, saponins, flavonols, flavanonols, flavanones, xanthones, phenols, tannins, anthocyanins, anthocyanidins and flavonoids. The ethyl acetate fraction inhibited efficiently the cascade of lipid peroxidation while the hydroalcoholic fraction was richer in total phenols and more efficient in capturing 2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl (·DPPH) and 2,2'-azino-bis (3-ethylbenzthiazoline-6-sulfonic acid) (ABTS·+) radicals. The isolated fraction of M. hirsuta also inhibited the α-amylase activity. Cytotoxic effects were absent in both raw extract and fractions while ursolic+oleanolic acids were efficient in protecting cells after exposure to hydrogen peroxide. Moreover, this mixture of acid shad no significant interference on the mitotic index and frequency of nuclear and/or chromosomal abnormalities in Allium cepa test. Therefore, M. hirsuta represents a potential source of phytochemicals against inflammatory and oxidative pathologies, including diabetes.
Descritores: Extratos Vegetais/farmacologia
Bignoniaceae/química
Hipoglicemiantes/farmacologia
Antioxidantes/farmacologia
-Valores de Referência
Triterpenos/química
Brasil
Sobrevivência Celular/efeitos dos fármacos
Células Cultivadas
Reprodutibilidade dos Testes
Cricetinae
Folhas de Planta/química
Cebolas/efeitos dos fármacos
Citoproteção
Etanol/química
alfa-Amilases/química
Fibroblastos/efeitos dos fármacos
Hipoglicemiantes/isolamento & purificação
Antioxidantes/isolamento & purificação
Limites: Animais
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 96 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886681
Autor: WANDSCHEER, ALANA C D; MARCHESAN, ENIO; TEDESCO, SOLANGE B; FRESCURA, VIVIANE DAL-SOUTO; SOARES, CAMILLE F; LONDERO, GUILHERME P; TELÓ, GUSTAVO M; HANSEL, DÂMARIS S S.
Título: Cytogenotoxicity of rice crop water after application of the tricyclazole fungicide
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(2):1251-1258, Apr.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) and Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Resumo: ABSTRACT Tricyclazole is currently one of the fungicides recommended for the treatment of diseases in irrigated rice. However, there is relatively little information on its cytotoxic and genotoxic potential. The objective of this study was to evaluate the cytotoxicity and genotoxicity of rice crop water after apllication of the tricyclazole fungicide through the Allium cepa L. test. The rice crop water samplings were collected before and 1, 15 and 30 days after application of the fungicide in rice plant shoots. The Allium cepa roots were placed in contact with the rice crop water to check for possible chromosomal abnormalities and mitotic index of the bioindicators meristematic cells. The data obtained by the Allium cepa test indicates that the application of the tricyclazole fungicide leads to an increase in the genotoxic activity in the rice crop water, through the appearance of chromosomal abnormalities, without, however, causing significant effects on the mitotic index. The major chromosomal alterations observed were anaphasic and telophasic bridges and laggard chromosomes.
Descritores: Oryza/efeitos dos fármacos
Cebolas/efeitos dos fármacos
Fungicidas Industriais
-Oryza/genética
Poluentes Químicos da Água/toxicidade
Dano ao DNA
Aberrações Cromossômicas/induzido quimicamente
Produtos Agrícolas
Produtos Agrícolas/genética
Irrigação Agrícola
Mitose/efeitos dos fármacos
Índice Mitótico
Testes de Mutagenicidade/métodos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 96 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-781381
Autor: Moura, A G; Santana, G M; Ferreira, P M P; Sousa, J M C; Peron, A P.
Título: Cytotoxicity of Cheese and Cheddar Cheese food flavorings on Allim cepa L root meristems / Citotoxicidade de aromatizantes alimentares de Queijo e Queijo Cheddar sob meristemas de raízes de Allim cepa L
Fonte: Braz. j. biol;76(2):439-443, Apr.-June 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Despite their great importance for the food industry, flavorings, in general, raise a number of questions regarding their cytotoxicity, mutagenicity and carcinogenicity, since, in the literature, there are few studies found evaluating the toxicity on the systemic and cellular level, of these chemical compounds. The root meristems of Allium cepa (onion) are widely used for the assessment of toxicity of chemical compounds of interest. Thus, this study aimed to evaluate, in A. cepa meristematic cells, individually and in combination at the cellular level, the toxicity of synthetic Cheese and Cheddar Cheese food flavorings, identical to the natural, at doses of 1.0 and 2.0 mL, at exposure times of 24 and 48 hours. In combination we used 0.5 mL of Cheese flavor associated with 0.5 mL of Cheddar flavor; and 1.0 mL of Cheese flavor associated with 1.0 mL of Cheddar flavor, at exposure times of 24 and 48 hours. For these evaluations, we used groups of five onion bulbs, which were first embedded in distilled water and then transferred to their respective doses. The root tips were collected and fixed in acetic acid (3:1) for 24 hours. The slides were prepared by crushing and were stained with 2% acetic orcein. Cells were analyzed throughout the cell cycle, totaling 5,000 for each control and exposure time. The mitotic indices calculated and cellular aberrations observed were subjected to statistical analysis using the chi-square test (p <0.05). No chromosomal abnormalities nor those of mitotic spindle were observed for the treatments performed. The results, both individually and in combination, showed that the flavorings under study significantly reduced the cell division rate of the test system cells used. Therefore, under the conditions studied, the two flavorings were cytotoxic.

Resumo Apesar da grande importância para a indústria alimentícia, os aromatizantes, em geral, suscitam uma série de dúvidas quanto a sua citotoxicidade, mutagenicidade e carcinogenicidade, visto que, na literatura, poucos são os trabalhos encontrados avaliando a toxicidade, em nível sistêmico e celular, destes compostos químicos. Os meristemas de raízes de Allium cepa (cebola) são muito utilizados para a avaliação da toxicidade de compostos químicos de interesse. Desta forma, este trabalho teve por objetivo avaliar em células meristemáticas de A. cepa, de forma individual, a toxicidade em nível celular de aromatizantes alimentares sintéticos, idênticos aos naturais, de sabores Queijo e Queijo Cheddar, nas doses de 1,0 e 2,0 mL, nos tempos de exposição de 24 e 48 horas; e de forma associada, onde se utilizou 0,5 mL do aromatizante sabor Queijo associado a 0,5 mL do aromatizante sabor Queijo Cheddar; e 1,0 mL do aromatizante sabor Queijo associado a 1,0 mL do aromatizante sabor Queijo Cheddar, nos tempos de exposição de 24 e 48 horas. Para estas avaliações utilizou-se grupos de cinco bulbos de cebolas, que primeiramente foram enraizados em água destilada, e em seguida transferidos para as suas respectivas doses. As radículas foram coletadas e fixadas em ácido acético (3:1) por 24 horas. As lâminas foram preparadas pela técnica de esmagamento e coradas com orceína acética a 2%. Analisaram-se células em todo ciclo celular, totalizando 5.000 para cada controle e tempo de exposição. Os índices mitóticos calculados e as aberrações celulares observadas foram submetidos à análise estatística do Qui-quadrado (p<0,05). Não foram observadas alterações cromossômicas e anomalias de fuso mitótico para nenhum dos tratamentos realizados. Os resultados obtidos, tanto individualmente como de forma associada, mostraram que os aromatizantes em estudos reduziram de forma significativa os índices de divisões celulares das células do sistema teste utilizado. Portanto, nas condições analisadas, os dois aromatizantes foram citotóxicos.
Descritores: Queijo
Meristema/efeitos dos fármacos
Cebolas/efeitos dos fármacos
Aromatizantes/toxicidade
-Divisão Celular/efeitos dos fármacos
Cebolas/citologia
Índice Mitótico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 96 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-781411
Autor: Santana, G M; Deus, M S M; Sousa, J M C; Ferreira, P M P; Fernandes, H B; Peron, A P.
Título: Antimitotic and antimutagenic action of the Hymenaea stigonocarpa bark on dividing cells / Ação antimitótica e antimutagênica do ritidoma de Hymenaea stigonocarpa Mart ex Hayne na divisão celular
Fonte: Braz. j. biol;76(2):520-525, Apr.-June 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The objective of this study was to evaluate the action of Hymenaea stigonocarpa bark hydroalcoholic extract against a mutagenic compound using A. cepa meristematic root cells as a test system. The treatment groups were: Negative Control (NC) – distilled water; Positive Control (PC) – paracetamol at a concentration of 0.008 mg/mL, Jatoba Control (JC) – aqueous fraction jatobá-do-cerrado at 0.5 or 1.0 or 1.5 mg/mL, and Simultaneous Treatment (ST) - jatobá-do-cerrado aqueous fraction at a concentration of 0.5 or 1.0 or 1.5 mg/mL associated with paracetamol solution at a concentration of 0.008 mg/mL. All groups were analyzed at 24 and 48 h. Five onion bulbs (five replications) were used for each treatment group. The root tips were fixed in Carnoy and slides prepared by the crush technique. Cells were analyzed throughout the cell cycle, totaling 5,000 for each treatment group at each exposure time. Mitotic indices were subjected to statistical analysis using the chi-square test (p<0.05). From the results it was found that the ST group, at the three concentrations, significantly potentiated the antiproliferative effect of the test system cells when compared to PC, NC and TJ at the three concentrations. Furthermore, the three ST concentrations significantly reduced the number of cell aberrations when compared to the number of aberrant cells obtained for the PC, demonstrating antimutagenic action on the A. cepa test system cells.

Resumo O objetivo do presente trabalho foi avaliar a ação do extrato hidroalcólico do ritidoma de Hymenaea stigonocarpa frente a um composto mutagênico, utilizando como sistema teste as células meristemáticas de raízes de A. cepa. Os grupos tratamentos avaliados foram: Controle Negativo (CN) – água destilada; Controle Positivo (CP) – paracetamol na concentração de 0,008 mg/mL, Controle Jatobá (CJ) – fração aquosa de jatobá-do-cerrado na concentração de 0,5 ou 1,0 ou 1,5 mg/mL, e Tratamento Simultâneo (TS) – fração aquosa de jatobá-do-cerrado na concentração de 0,5 ou 1,0 ou 1,5 mg/mL associada a solução de paracetamol na concentração de 0,008 mg/mL. Todos os grupos foram analisados nos tempos de 24 e 48 h. Para cada grupo tratamento cinco bulbos de cebolas (cinco repetições) foram utilizados. As radículas foram fixadas em Carnoy e as lâminas preparadas pela técnica de esmagamento. Analisaram-se células em todo ciclo celular, totalizando 5.000 para cada grupo tratamento em cada tempo de exposição. Os índices mitóticos obtidos foram submetidos à análise estatística do Qui-quadrado (p<0,05). A partir dos resultados verificou-se que o grupo TS, nas três concentrações, potencializou o efeito antiproliferativo significativo as células do sistema teste quando comparado ao CP, CN e TJ nas três concentrações. Ainda, o TS nas três concentrações reduziu de forma significativa o número de aberrações celulares quando comparado com o número de células aberrantes obtidas para o CP, demonstrando ação antimutagênica as células do sistema teste A. cepa.
Descritores: Extratos Vegetais/farmacologia
Cebolas/citologia
Cebolas/fisiologia
Hymenaea
Acetaminofen/farmacologia
-Fatores de Tempo
Ciclo Celular/efeitos dos fármacos
Meristema
Casca de Planta
Antimitóticos/farmacologia
Antipiréticos/farmacologia
Índice Mitótico/métodos
Mutagênicos/metabolismo
Mutagênicos/farmacologia
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 96 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-839151
Autor: Nunes, R D M; Sales, I M S; Silva, S I O; Sousa, J M C; Peron, A P.
Título: Antiproliferative and genotoxic effects of nature identical and artificial synthetic food additives of aroma and flavor / Efeito antiproliferativo e genotóxico de aditivos alimentares de aroma e sabor sintéticos, dos tipos idêntico ao natural e artificial
Fonte: Braz. j. biol;77(1):150-154, Jan-Mar. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract This study aimed to analyze the antiproliferative and genotoxic potential of synthetic food flavorings, nature identical passion fruit and artificial vanilla. This assessment used root meristem cells of Allium cepa L., in exposure times of 24 and 48 hours and using doses of 0.2; 0.4 and 0.6 mL. Roots were fixed in Carnoy’s solution, hydrolyzed in hydrochloric acid, stained with acetic orcein and analyzed with optical microscope at 400× magnification, 5,000 cells for each treatment. For data analysis, it was used Chi-square test at 5%. Doses of 0.2 mL at ET 48 h; 0.4 and 0.6 mL at ET 24 and 48 h of passion fruit flavor, and the three doses of the vanilla flavor at ET 24 and 48 h significantly reduced the cell division rate in the meristems of roots, proving to be cytotoxic. Doses of 0.2; 0.4 and 0.6 mL of the passion fruit additive, and the three doses of vanilla tested, in the two exposure times, induced mitotic spindle changes and micronuclei formation in the cells of the test organism used, proving to be genotoxic. Therefore, under the studied conditions, flavoring solutions of vanilla and passion fruit, marketed nationally and internationally, significantly altered the functioning of the cell cycle in root meristem cells of A. cepa.

Resumo Neste trabalho teve-se por objetivo analisar o potencial antiproliferativo e genotóxico de aromatizantes alimentares sintéticos, idêntico ao natural de Maracujá, e artificial de Baunilha. Esta avaliação foi realizada por meio das células meristemáticas de raízes de Allium cepa L., nos tempos de exposição de 24 e 48 horas e nas doses de 0,2; 0,4 e 0,6 ml. As raízes foram fixadas em solução de Carnoy, hidrolisadas em ácido clorídrico e coradas com orceína acética. Analisou-se, em microscópio óptico em aumento de 400×, 5.000 células por grupo tratamento, e utilizou-se o teste estatístico Qui-quadrado a 5% para análise dos dados. Verificou-se que as doses de 0,2 ml, no TE 48 h; 0,4 e 0,6 ml, nos TE 24 e 48 h, do aromatizante de Maracujá, e as três doses analisadas, nos TE 24 e 48 h, do aditivo de Baunilha reduziram significativamente o índice de divisão celular dos meristemas de raízes, mostrando-se citotóxicas. As doses 0,2; 0,4 e 0,6 ml do aditivo de Maracujá, e a de 0,6 ml do aromatizante de Baunilha, nos dois tempos de exposição considerados, induziram alterações de fuso mitótico e micronúcleos as células do organismo de prova utilizado, mostrando-se genotóxicas. Portanto, nas condições analisadas, as soluções aromatizantes de Baunilha e Maracujá, comercializadas nacional e internacionalmente, alteraram significativamente o funcionamento do ciclo celular das células meristemáticas de raízes de A. cepa.
Descritores: Dano ao DNA
Meristema/efeitos dos fármacos
Micronúcleos com Defeito Cromossômico
Aditivos Alimentares/toxicidade
-Núcleo Celular
Raízes de Plantas/efeitos dos fármacos
Cebolas/efeitos dos fármacos
Mitose
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 96 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-677723
Autor: Castañeda Castañeda, Benjamín; Castro de la Mata, Ramiro; Manrique Mejía, Renán; Paredes Anaya, Mónica; Ibañez Vásquez, Lucy.
Título: Evaluación de la acción antimitótica y embriotóxica del extracto metanólico de Abuta grandifolia (Mart) Sandwith, Abuta, Bejuco de ratón, Butua, Barbasco / Evaluation of the cytotoxic and embryotoxic actions of methanolic extract of Abuta grandifolia (Mart) Sandwith, Abuta, Bejuco de ratón, Butua, Barbasco
Fonte: Horiz. méd. (Impresa);6(1):36-44, jun. 2006. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: La Abuta grandifolia es una planta nativa de zonas tropicales húmedas de Sudamérica, perteneciente a la familia Menispermaceae, con múltiples usos en la Medicina Tradicional. Se evaluó la acción antimitótica del extracto metanólico en células de Allium cepa L (cebolla), mediante la técnica de De La Torre y la acción embriotóxica en erizo de mar, mediante la técnica de Gustafson; utilizando modelos del CYTED. Nuestros resultados indican acción antimitótica evidenciada por un retardo de las diferentes fases del ciclo celular. Asimismo, apreciamos acción embriotóxica, más no teratogénica. Los análisis estadísticos de la diferencia del número de células en las diferentes fases del ciclo celular, entre el grupo control y el tratado con Abuta grandifolia, fueron altamente significativos.

Abuta grandifolia is a native plant of tropical and humid zones of South America, that belongs to the family Menispermaceae, and which has many uses in Traditional medicine. We evaluated the antimitotic and embryotoxic action of methanolic extracts, on Allium cepa L cells and on sea urchin embryos, using CYTED models. We found antimitotic action supported by the marked delay on different phases of cell cycle pf Allium cepa L. embryotoxic action consisted mainly of blastula and gastrula-arrested embryos, but we did not appreciate teratogenis action. The results on differences of number of cells and on the different phases of the cell cycle between the control and the Abuta grandifolia treated groups were statistically significant.
Descritores: Antineoplásicos
Extratos Vegetais/toxicidade
Menispermaceae/classificação
Plantas Medicinais/química
Plantas Medicinais/toxicidade
Teratógenos
-Cebolas
Ciclo Celular
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca



página 1 de 10 ir para página                        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde