Base de dados : LILACS
Pesquisa : HP4.018.158.665 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 4 [refinar]
Mostrando: 1 .. 4   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 4 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-874856
Autor: Santos, Silvana Soléo Ferreira dos; Pereira, Daniel Freitas Alves; Martins, Clélia Aparecida de Paiva; Zõllner, Maria Stella Amorin da Costa; Jorge, Antonio Olavo Cardoso; Koga Ito, Cristiane Yumi.
Título: Atividade antifúngica de formulação à base de bórax sobre leveduras do gênero Candida / Antifungal activity of borax-based formula on Candida spp
Fonte: Rev. odontol. UNESP (Online);40(2):91-95, mar.-abr. 2011. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A descoberta de novos agentes que possam ajudar no controle de lesões bucais causadas por leveduras do gênero Candida vem despertando interesse, visto que reservatórios bucais de micro-organismos oportunistas têm potencial para causar infecções sistêmicas, especialmente em pacientes imunocomprometidos. Objetivo: O objetivodo estudo foi avaliar o efeito antifúngico de uma formulação de bórax, água de rosas e mel, in vitro, sobre cepas clínicas e padrão de C. albicans, e amostras padrão de C. dubliniensis. Material e método: O método utilizado foi de diluição em ágar Müeler-Hinton (Difco®). A formulação completa e seus constituintes isolados foram avaliadosem diferentes concentrações. Resultado: Observou-se que a associação foi inibitória para todas as cepas testadas na concentração de 6,75%. Os resultados mostraram que soluções de bórax isoladamente apresentaram melhor eficácia se comparadas às soluções com outros constituintes ou até mesmo à formulação, com efeito antifúngico a partir da concentração de 0,0625%. O bórax isolado apresentou maior efetividade antifúngica a baixas concentrações. Quando da adição do mel ou água de rosas, observou-se redução da efetividade. Conclusão: Os resultados sugeremque o bórax é o responsável pelo efeito biológico da fórmula e que esta pode ser aplicada como coadjuvante no controle de infecções fúngicas bucais.

Introduction: The interest in new antifungal agents that may help the control of Candida spp. related lesions has been increasing. Oral reservoirs of opportunistic microorganisms have the potential to cause systemic infections, in particular in immunocompromised patients. Objective: This study evaluated the antifungal effect of a boraxbasedformula with water of roses and honey on Candida albicans clinical and standard strains and two Candida dubliniensis standard strains. Method: The method adopted was dilution in Müeler-Hinton agar (Difco®). Thecomplete formula and its constituents were evaluated at different concentrations. Result: The complete formula showed inhibitory effect against all the tested isolates at the concentration of 6.75%. The results showed that borax solutions were more efficient when compared to the other constituents of the formula. Borax solutions showed high antifungal activity even in low concentrations. The addition of the honey and water of roses reduced their effectiveness. Conclusion: The results suggest that borax is the responsible for the biological effect of the formulaand that it can be used as adjuvant in the control of fungal oral infections.
Descritores: Antifúngicos
Borax Veneta
Candida
Candida albicans
Candidíase Bucal
Mel
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR39.2 - Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves


  2 / 4 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-592919
Autor: Campuzano, Fernando.
Título: Glositis herpética necrosante / Necrotizing herpetic glossitis
Fonte: Homeopatia Méx;80(670):30-33, feb. 2011. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Se recibe paciente de 8 años de edad, con un peso de 18 Kg. siendo delgada en complexión, Con problema para poder comer, con adenopatía grado 4 en ambos submaxilares, sin poder hablar, y gesticular y con dificultad dolorosa para poder deglutir, (odinofagia), con fiebre de 39 grados, cefalea en parietales, y muy sensible a la patología de su problema.
Descritores: Atropa belladonna
Baptisia tinctoria
Borax Veneta
Calcarea Sulphurica
Glossite/terapia
Kali Iodatum
Nitri Acidum
Limites: Seres Humanos
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho


  3 / 4 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-458785
Autor: Bellón Leyva, Susana; Echarry Cano, Oneida.
Título: Evaluación clínica de la efectividad de bórax en el tratamiento de la estomatitis aftosa / Clinical assessment of Borax effectiveness in the treatment of aphtous stomatitis
Fonte: Rev. cuba. estomatol;43(2), mayo-ago. 2006. tab.
Idioma: es.
Resumo: Existe una vasta experiencia homeopática en el tratamiento de afecciones crónicas descritas en la literatura clásica, no obstante, se recomienda el uso de remedios homeopáticos en el tratamiento de afecciones agudas muy frecuentes en la práctica estomatológica, entre las que se encuentra la estomatitis aftosa. Se realiza el presente estudio con el objetivo de evaluar clínicamente la efectividad del bórax en el tratamiento de esta entidad. Se trataron 390 pacientes entre los 15 y 60 años de edad, cuyo síntoma principal era el dolor intenso. Los 195 pacientes pertenecientes al grupo de estudio fueron tratados con bórax a la 6 centesimal en solución alcohólica al 70 por ciento, durante 3 días, comparando los resultados obtenidos con los del grupo control, al que se aplicó el tratamiento convencional. De los resultados obtenidos se concluye que con la aplicación de un método rápido, de bajo costo y de fácil ejecución, se obtuvieron resultados satisfactorios que corroboran la validez del empleo del bórax en el tratamiento de las aftas bucales
Descritores: Borax Veneta
Estomatite Aftosa
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  4 / 4 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-458671
Autor: Federman Neto, A; Borges, A. D. L; Lavrador, M. A. S.
Título: A simple protocol for the routine calibration of pH meters
Fonte: Rev. ciênc. farm. básica apl;27(1):63-72, 2006. tab.
Idioma: en.
Resumo: Um protocolo laboratorial simples para calibração de peagâmetros é descrito e testado, baseado no uso de soluções de padrões primários:biftalato de potássio e Bórax (tetraborato de sódio decaidratado), de concentração e pH exatos e conhecidos.As soluções se conservam bem à temperatura ambiente, por tempo prolongado, sem necessidade de refrigeração.A calibração pode ser conferida usando soluções padrão de dihidrogeno fosfato de sódio, de carbonato de sódio, de benzoato de sódio, de salicilato de sódio ou de oxalato de potássio. Métodos para purificação de Bórax e de cloreto de potássio são descritos, bem como é sugerido um novo método de neutralização de solução de cloreto de sódio 0,9 por cento
Descritores: Borax Veneta/isolamento & purificação
Cloreto de Potássio/isolamento & purificação
Protocolos
-Calibragem
Concentração de Íons de Hidrogênio
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde