Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.076.201.450 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1665 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 167 ir para página                         

  1 / 1665 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-734945
Autor: Cañas-Lopera, Erika Melania; Rodríguez-Holguín, Yanira Astrid.
Título: La experiencia del padre durante la hospitalización de su hijo recién nacido Pretérmino extremo / The Experience of Fathers during the Hospitalization of a Preterm Newborn / A experiência do pai durante a hospitalização do seu filho recém-nascido prematuro extremo
Fonte: Aquichan;14(3):336-350, set.-dic. 2014.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: identificar el significado que le asigna el padre a la hospitalización de su hijo recién nacido pretérmino extremo. Materiales y métodos: estudio cualitativo, con la metodología de etnoenfermería, realizado en Bogotá, en el que participaron ocho padres. Los datos fueron analizados teniendo en cuenta las cuatro fases para el análisis de la información según Leininger. Resultados y discusión: a la luz de la teoría del Sol Naciente de Leininger surgen dos temas y siete patrones contrastados. Primer tema: "La hospitalización del recién nacido pretérmino extremo: cambios en la estructura social y cultural del padre", con cinco patrones. Segundo tema: "Unidad de Cuidado Intensivo Neonatal: primer hogar para el recién nacido pretérmino extremo", con dos patrones. Conclusiones: para los padres la hospitalización del hijo representa un cambio en su vida, donde el eje central son su hijo y su pareja; esto genera modificaciones en la estructura social y cultural, con el propósito de afianzar la relación de pareja, el bienestar de la familia y compartir la situación que están viviendo.

Objective: Identify what hospitalization of an extremely preterm newborn means to the father. Materials and methods: This qualitative study, based on an ethnonursing methodology, was conducted in Bogota. Eight parents took part. The data were analyzed according to the Leininger four-phase method for analysis. Results and discussion: Two topics and seven contrasting patterns emerged in light of Leininger's sunrise model. First topic: "Hospitalization of extreme preterm infants: changes in the father's social and cultural structure," with five patterns. Second topic: "Neonatal Intensive Care Unit: first home for extremely preterm infants," with two patterns. Conclusions: The hospitalization of a child is a life-changing event for the father, with the focus being on his child and his partner. This generates changes in the social and cultural structure, so as to strengthen the relationship with the partner, the well-being of the family and to share the situation they are going through.

Objetivo: identificar o significado que o pai dá à hospitalização de seu filho recém-nascido prematuro extremo. Materiais e métodos: estudo qualitativo, com a metodologia de etnoenfermagem, realizado em Bogotá, do qual participaram oito pais. Os dados foram analisados considerando as quatro fases para a análise da informação segundo Leininger. Resultados e discussáo: à luz da teoria do Sol Nascente de Leininger, surgem dois temas e sete padrões constrastados. Primeiro tema: "A hospitalização do recém-nascido prematuro extremo: mudanças na estrutura social e cultural do pai", com cinco padrões. Segundo tema: "Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal: primeiro lar para o recém-nascido prematuro extremo", com dois padrões. Conclusòes: para os pais, a hospitalização do filho representa uma mudança em sua vida, em que o eixo central são seu filho e sua companheiro; isso gera modificações na estrutura social e cultural, com o propósito de consolidar a relação do casal, o bem-estar da familia e compartilhar a situagào que está vivendo.
Descritores: Recém-Nascido Prematuro
Terapia Intensiva Neonatal
Pai
-Enfermagem Neonatal
Colômbia
Cultura
Relações Pai-Filho
Cuidados de Enfermagem
Limites: Humanos
Responsável: CO243.1 - Biblioteca Octavio Arizmendi Posada


  2 / 1665 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-974897
Autor: Rosa, Bruna Vanessa Costa da; Girardon-Perlini, Nara Marilene Oliveira; Begnin, Danusa; Rosa, Natanna da; Stamm, Bruna; Coppetti, Larissa de Carli.
Título: Resiliência em famílias de pessoas portadoras de colostomia por câncer: um olhar a partir do sistema de crenças / Resiliencia en familias de personas portadoras de colostomía por cáncer: una visión a partir del sistema de creencias / Resilience in families of people with cancer colostomy: a look from the belief system
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;15(4):723-730, Out.-Dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO O objetivo foi identificar as crenças facilitadoras e as restritivas da resiliência em famílias de pessoas portadoras de colostomia por câncer. Trata-se de estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizado com sete famílias, totalizando 15 pessoas. A coleta de dados ocorreu em um hospital do interior do Rio Grande do Sul/Brasil, por meio de entrevista aberta. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo temática. Os resultados revelam que as crenças facilitadoras da resiliência relacionam-se a acreditar que as pessoas, mesmo doentes, fazem o possível para seguir em frente e que elas podem contar com a família. As crenças restritivas decorrem do fato de sentirem-se enfraquecidas e pensarem que não podem contar com a família. Ao passar pela experiência de adoecimento de um membro, a família age a partir daquilo em que acredita, para, assim, dar sentido à experiência vivenciada e reunir forças para seguir a caminhada.

RESUMEN El objetivo fue identificar las creencias facilitadoras y las restrictivas de la resiliencia en familias de personas portadoras de colostomía por cáncer. Se trata de un estudio descriptivo, de abordaje cualitativo, realizado con siete familias, totalizando 15 personas. La recolección de datos ocurrió en un hospital del interior de Rio Grande do Sul/Brasil, por medio de entrevista abierta. Los datos fueron sometidos al análisis de contenido temático. Los resultados revelan que las creencias facilitadoras de la resiliencia se relacionan a creer que las personas, aunque enfermas, hacen lo posible para seguir adelante y que ellas pueden contar con la familia. Las creencias restrictivas se deben al hecho se sienten debilitadas y piensan que no pueden contar con la familia. Al pasar por la experiencia de enfermedad de un miembro, la familia actúa a partir de aquello que cree, para, así, dar sentido a la experiencia vivida y reunir fuerzas para seguir el camino.

ABSTRACT The objective was to identify the facilitating and restrictive beliefs of resilience in families of people with cancer colostomy. This is a descriptive study, with a qualitative approach, carried out with seven families, totaling 15 people. Data collection took place at a hospital in the interior of Rio Grande do Sul/Brazil, through an open interview. The data were submitted to thematic content analysis. The results show that resilience-facilitating beliefs relate to believing that people, even the sick ones, do their best to move forward and that they can count on the family. Restrictive beliefs arise from the fact that they feel weak and think that they cannot count on the family. When experiencing the illness of a member, the family acts from what they believe, in order to give meaning to the lived experience and gather forces to follow the walk.
Descritores: Colostomia/enfermagem
Cultura
Neoplasias/enfermagem
-Relações Familiares
Resiliência Psicológica
Acompanhantes Formais em Exames Físicos/psicologia
Oncologia Cirúrgica
Assistência ao Paciente
Limites: Humanos
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  3 / 1665 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-986252
Autor: Torrado C, Olga Patricia; Silva G, Mónica; Pirachicán M, Marcela.
Título: Vínculos entre las creencias y prácticas de los cuidadores de una población vulnerable, con la malnutrición y las alteraciones del neurodesarrollo en la infancia temprana / Links between beliefs and practices of caregivers in a vulnerable population, with malnutrition and neurodevelopment disorders in early childhood
Fonte: Rev. colomb. enferm;7(1):43-53, AGOSTO DE 2012.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: establecer vínculos entre prácticas y creencias de cuidadores, con el fenómeno de nutrición y alteraciones del neurodesarrollo en una población vulnerable de menores de 5 años que asisten a un Programa de Recuperación Nutricional.\r\nMetodología: entre 2007 y 2008 se realizó en una fundación para la recuperación nutricional infantil, en Bogotá, Colombia, una investigación mixta descriptiva y fenomenológica a 56 niños, clasificándolos nutricionalmente con los referentes de crecimiento de la Organización Mundial de la Salud (OMS), valoración de neurodesarrollo con la Escala de Nelson Ortiz, y a sus cuidadores, una encuesta validada por la Organización Panamericana de la Salud (OPS) de las 16 prácticas saludables acerca de nutrición; además se realizaron grupos focales sobre conocimientos, prácticas y actitudes de la nutrición y neurodesarrollo. El análisis cuantitativo se hizo con el programa SPSS y cualitativo a través de una codificación abierta manual por medio de categorización de la información; posteriormente se desarrolló una triangulación de toda la información para establecer los vínculos.\r\nResultados: la población participante se encontró bajo condiciones de vulnerabilidad: 5.8% con desnutrición aguda, 21% con desnutrición global, 40% con desnutrición crónica y 18% presentó alteraciones en el neurodesarrollo global. Existe desconocimiento y malas prácticas alimentarias como patrón cultural, generalmente transmitido por tradición oral y desconocimiento de las madres sobre el neurodesarrollo de sus hijos.\r\nprácConclusiones:\r\nes fundamental evaluar el contexto biopsicosocial de los niños que presentan el fenómeno de la malnutrición para realizar intervenciones que generen impacto. Se requiere de la intervención multisectorial bidireccional que incluya la comunidad como formadora de su propia estrategia de transformación para lograr un cambio en la perspectiva del aprendizaje de prácticas que mejoren el estado nutricional infantil en un contexto integral que involucre el neurodesarrollo

Objective: to establish links between practices and beliefs of caregivers with the phenomena of nutrition and neurodevelopmental disorders in a vulnerable population of children under 5 years who attend a nutrition recovery program.\r\nMethods: data was collected between 2007 and 2008 at a foundation for nutritional recovery of children in Bogota, Colombia. A descriptive and phenomenological mixed study was performed on fifty-six (56) children, classifying them nutritionally according to Growth Standards of the World Health Organization (WHO), performing an evaluation of neurodevelopment with Nelson Ortiz Scale, and applying a validated survey of the sixteen (16) healthy practices on nutrition of the Pan American Health Organization (PAHO) to their caregiver. Focus groups on knowledge, beliefs, and practices of nutrition and neurodevelopment were also performed. The quantitative analysis was done using SPSS and qualitative analysis with an open coding manual through categorization of the information. Later, a triangulation was performed on all the information to establish the links.\r\nResult: the studied population was found to be in a vulnerable condition: 5.8% with acute malnutrition, 21% global malnutrition, 40% with chronic malnutrition, and 18% showed neurodevelopment global disorders. There exists ignorance and poor feeding practices as a result of cultural patterns usually being transmitted by oral tradition as well as ignorance on the part of the mothers about their children's neurodevelopment.\r\nConclusions: it is essential to evaluate the biopsychosocial context of children with malnutrition in order to create strategy that will generate impact. This requires a two-way multi-sectorial intervention that involves the community as trainers of their own transformation strategy for change in the perspective of learning practices that improve the nutritional status of children in a comprehensive context involving neurodevelopment.
Descritores: Cultura
Populações Vulneráveis
Desnutrição
Transtornos do Neurodesenvolvimento
Responsável: CO120.1 - Biblioteca Juan Roa Vásquez


  4 / 1665 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1051268
Autor: Braga, Cristiane Giffoni; Ribeiro, Anesilda Alves de Almeida.
Título: As diretoras religiosas da escola de enfermagem Wenceslau Braz (1955-2016) / The religious directors of the Wenceslau Braz nursing school (1955-2016) / Las directoras religiosas de la escuela de enfermería Wenceslau Braz (1955-2016)
Fonte: REME rev. min. enferm;24:e-1276, fev.2020.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: a Escola de Enfermagem Wenceslau Braz (EEWB), criada em 1954 e situada em Itajubá-MG, é uma instituição de ensino privada, confessional católica, pertencente e mantida pela congregação das Irmãs da Providência de Gap. Objetivo: descrever o percurso individual e analisar a trajetória administrativa das diretoras religiosas da EEWB, no período de 1955 a 2016. Método: pesquisa qualitativa de abordagem histórica. Os dados foram obtidos de fontes documentais, bibliográficas e entrevistas. O pensamento de Michel Foucault foi o referencial utilizado na construção do estudo. Resultados: neste recorte histórico, a EEWB teve nove diretoras religiosas - sete enfermeiras e duas educadoras. Todas foram professoras da escola. A biografia das diretoras revela o conhecimento, trabalho, habilidade e competência de cada uma, o pioneirismo na implantação da Enfermagem profissional no sul de Minas e o protagonismo administrativo impulsionador do progresso da Escola. Conclusão: as diretoras religiosas da EEWB deixaram um legado cultural e científico para a Enfermagem brasileira, materializado na própria escola e no perfil profissional dos egressos. A herança deixada é o amor à educação e à Enfermagem, pois esse amor as fez acreditar no sonho e envidar todos os esforços para garantir a continuidade da escola, o que demandou somar forças, saberes e poderes.(AU)

Introduction: the Wenceslau Braz Nursing School (Escola de Enfermagem Wenceslau Braz -EEWB), created in 1954 and located in Itajubá - MG, is a private Catholic confessional teaching institution, owned and maintained by the congregation of the Sisters of Providence of Gap (Irmãs da Providência de Gap - IPGap). Objective: describe the individual path and analyze the administrative trajectory of the religious directors of EEWB, from 1955 to 2016. Method: qualitative research with a historical approach. Data were obtained from documentary, bibliographic and interview sources. Michel Foucault's thought was the reference used in the construction of the study. Results: in this historical context, EEWB had nine religious directors - seven nurses and two educators. All were teachers at the school. The directors' biography reveals the knowledge, work, skills and competences of each one, the pioneering spirit in the implementation of professional Nursing in the south of Minas Gerais and the administrative role that drives the progress of the School. Conclusion: the religious directors of EEWB left a cultural and scientific legacy for Brazilian Nursing, materialized in the school itself and in the professional profile of the graduates. The legacy left is the love of education and Nursing, as this love made them believe in the dream and make every effort to guarantee the continuity of the school, which required adding strengths, knowledge and powers. (AU)

Introducción: la Escuela de Enfermería Wenceslau Braz (EEWB), fundada en 1954 en Itajubá-MG, es una institución de enseñanza privada católica que pertenece a la Congregación de Hermanas de la Providencia de Gap. Objetivo: describir el camino individual y analizar la trayectoria administrativa de los directores religiosos de EEWB, de 1955 a 2016. Método: investigación cualitativa con enfoque histórico. Los datos se obtuvieron de fuentes documentales, bibliográficas y de entrevistas. El pensamiento de Michel Foucault fue la referencia utilizada en la construcción del estudio. Resultados: en este contexto histórico, EEWB tuvo nueve directoras religiosas: siete enfermeras y dos educadoras. Todas eran profesoras de la escuela. La biografía de las directoras revela el conocimiento, el trabajo, las habilidades y las competencias de cada una, el espíritu pionero en la implementación de la enfermería profesional en el sur de Minas Gerais y el papel administrativo que impulsa el progreso de la escuela. Conclusión: las directoras religiosas de EEWB dejaron un legado cultural y científico para la Enfermería brasileña, materializado en la propia escuela y en el perfil profesional de los graduados. El legado que dejan es el amor por la educación y la enfermería, ya que este amor las hizo creer en el sueño y hacer todo lo posible para garantizar la continuidad de la escuela, lo cual requería agregar fortalezas, conocimientos y poderes. (AU)
Descritores: Escolas de Enfermagem
Pesquisa em Enfermagem
História da Enfermagem
-Organização e Administração
Cultura
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  5 / 1665 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lunardi, Valéria Lerch
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1011135
Autor: Farias, Dóris Helena Ribeiro; Gomes, Giovana Calcagno; Almeida, Mauro Francisco Ferreira de; Lunardi, Valéria Lerch; Xavier, Daiani Modernel; Queiroz, Maria Veraci de Oliveira.
Título: Barriers Present in the Process of Construction of the Cultural Family Care to the Child in the Hospital: Transcultural Approach / Barreras presentes en el proceso de construcción del cuidado familiar cultural al niño en el hospital: enfoque transcultural / Barreiras presentes no proceso de construção do cuidado familiar cultural à criança no hospital: abordagem transcultural
Fonte: Aquichan;19(1):6-10, Jan.-Mar. 2019.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To know the barriers in the process of building family cultural care for the child in the hospital. Methodology: This is a qualitative study with a cross-cultural theoretical reference of Madeleine Leininger, called Theory of Diversity and Cultural Universality of Care, and with a methodological reference of the ethno-inference. It was developed in 2017 at the pediatric unit of a university hospital in the south of Brazil, through non-participant observation, participant observation and interview with 15 family caregivers of hospitalized children. The data were coded, classified and scrutinized to identify the saturation of ideas and similar or different patterns; also, it were re-coded and the theoretical formulations and recommendations were performed. Ethical aspects were followed, according to the Resolution of the National Research Ethics Council 466/2012. Results: The data showed as a barrier the need for hospitalization as a factor of family vulnerability, control of the unit's health team members, hospital norms and routines, and the need to transgress as a manifestation of family care. Conclusion: Cultural care is a process that aggregates knowledge and can be considered a new paradigm for the accomplishment of nursing care by providing the mutual growth and construction of new knowledge, an affective, reflexive, human and empathic relationship between the nurse, the child and the family.

RESUMEN Objetivo: conocer las barreras presentes en el proceso de construcción del cuidado familiar cultural al niño en el hospital. Metodología: estudio cualitativo que tuvo como referencial teórico transcultural de Madeleine Leininger, denominado Teoría de la Diversidad y la Universalidad de los Cuidados Culturales, y como referencial metodológico la etnoenfermería. Se desarrolló en 2017 en la unidad de pediatría de un hospital universitario del sur de Brasil, mediante observación no participante, observación participante y entrevista con 15 familiares cuidadores de niños hospitalizados. Los datos han sido codificados, clasificados y analizados para identificar la saturación de ideas y los patrones similares o diferentes; además, han sido recodificados y se realizaron las formulaciones teóricas y las recomendaciones. Los aspectos éticos fueron cumplidos, de acuerdo a la Resolución de la Comisión Nacional de Ética en Investigaciones 466/2012. Resultados: los datos de la investigación han mostrado barreras como la necesidad de hospitalización del niño como factor de vulnerabilidad familiar, el control de los miembros del equipo de salud de la unidad, las normativas y rutinas del hospital y la necesidad de transgredir como manifestación del cuidado familiar. Conclusión: el cuidado cultural es un proceso que aporta saberes y puede ser considerado un nuevo paradigma para la realización del cuidado de enfermería al proporcionar el crecimiento mutuo y la construcción de nuevos saberes, de una relación afectiva, reflexiva, humana y empática entre enfermero-niño-familia.

RESUMO Objetivo: conhecer as barreiras presentes no processo de construção do cuidado familiar cultural à criança no hospital. Metodologia: estudo qualitativo, que teve como referencial teórico transcultural de Madeleine Leininger, denominado Teoria da Diversidade e Universalidade Cultural do Cuidado, e como referencial metodológico a etnoenfermagem. Foi desenvolvido em 2017 na unidade de pediatria de um hospital universitário do sul do Brasil, mediante observação não participante, observação participante e entrevista com 15 familiares cuidadores de crianças internadas. Os dados foram codificados, classificados e escrutinados para identificar a saturação de ideias e os padrões semelhantes ou diferentes; além disso, foram recodificados e as formulações teóricas e as recomendações realizadas. Os aspectos éticos foram seguidos, conforme a Resolução do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa 466/2012. Resultados: os dados do estudo mostraram como barreiras a necessidade da internação da criança como fator de vulnerabilidade familiar, o controle dos membros da equipe de saúde da unidade, as normas e rotinas do hospital, e a necessidade de transgredir como manifestação de cuidado familiar. Conclusão: o cuidado cultural é um processo que agrega saberes e pode ser considerado um novo paradigma para a realização do cuidado de enfermagem ao proporcionar o crescimento mútuo e a construção de novos saberes, de uma relação afetiva, reflexiva, humana e empática entre enfermeiro-criança-família.
Descritores: Família
Cuidado da Criança
Criança Hospitalizada
Cultura
Antropologia Cultural
-Enfermagem Transcultural
Limites: Humanos
Criança
Responsável: CO243.1 - Biblioteca Octavio Arizmendi Posada


  6 / 1665 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Meirelles, Betina Horner Schlindwein
Texto completo
Id: biblio-1029942
Autor: Hermida, Patrícia Madalena Vieira; Marçal, Cláudia Cossentino Bruck; Ebsen, Erika Simas; Heidemann, Ivonete Teresinha Schülter Buss; Meirelles, Betina Horner Schlindwein.
Título: Educação em saúde nas práticas do subsistema profissional de saúde / Health education in the practices of the health professional subsystem
Fonte: Rev. baiana enferm;30(2), 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: conhecer a educação em saúde nas práticas do subsistema profissional de saúde, na perspectiva de discentese docentes de pós-graduação. Método: pesquisa qualitativa, articulada com o referencial teórico metodológico dePaulo Freire, consistindo de três momentos realizados no Círculo de Cultura – investigação temática, codificação edescodificação – e de desvelamento crítico. Participaram 13 discentes e 3 docentes do Programa de Pós-Graduaçãoem Enfermagem de uma Universidade pública do Sul do Brasil. Resultados: foram desveladas dez temáticas emrelação à educação em saúde, agrupadas em dois temas: educação em saúde frente à dificuldade de articulação dossaberes na prática profissional; e educação e políticas públicas. Conclusão: nas práticas do subsistema profissionalde saúde, a educação em saúde, na perspectiva de discentes e docentes de pós-graduação, está vinculada àsdificuldades de articulação dos saberes e às fragilidades na relação com as políticas públicas.

Objective: to understand health education in the practices of the health professional subsystem under the perspectiveof students and teachers of a Graduate Program. Method: qualitative research, structured from the theoretical andmethodological framework of Paulo Freire, consisting of three dialectic moments held in the Culture Circles: thematicinvestigation; encoding and decoding; critical revelation. There was the participation of 13 students and threeteachers of the Graduate Program in Nursing of a public University in southern Brazil. Results: ten themes weredisclosed in relation to health education, grouped into two topics: the health education addressing difficulties ofarticulation of knowledge in professional practice; and education and public policies. Conclusions: in the subsystemhealth professional practices, health education, in the perspective graduate teachers and students, is linked thedifficulties in articulating knowledge and weaknesses in relation to public policies.

Objetivo: conocer la educación en salud en las prácticas del subsistema profesional de salud, desde la perspectivade estudiantes y docentes de un Curso de Postgrado. Método: investigación cualitativa, articulada con el referencialteórico metodológico de Paulo Freire, constituido de tres momentos realizados en el círculo de la cultura: investigacióntemática; codificación y descodificación; y desvelamiento crítico. Participaron 13 estudiantes y tres profesores delPrograma de Postgrado en Enfermería de una Universidad pública en el sur de Brasil. Resultados: fueron dieztemáticas desveladas en relación con la educación en salud, agrupados en dos temas: la educación en salud frente adificultad de articulación de los saberes en la práctica profesional; y la educación y políticas públicas. Conclusiones:en las prácticas del subsistema profesional de salud, la educación en salud, en la perspectiva de discentes y docentesdel curso de postgrado, está vinculada a las dificultades de articulación del conocimiento y debilidades en la relacióncon las políticas públicas.
Descritores: Cultura
Educação em Saúde
Enfermagem
Promoção da Saúde
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  7 / 1665 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1118933
Autor: Benhaim, Marcela; Camean, Mirta; Manrique, Jorge Luis.
Título: ¿Quién?, ¿Cuándo?, ¿Dónde?, ¿Qué?, ¿Cómo?, ¿Porqué?, ¿Para qué? / Who ?,When ?,Where ?,What ?,How ?,Why ?,What for?
Fonte: Inmanencia (San Martín, Prov. B. Aires);1(1):4-9, jun.-dic. 2011.
Idioma: es.
Descritores: Cultura
Hospitais/história
-História
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  8 / 1665 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-448947
Autor: Oliveira, Maria Aparecida de.
Título: Representações e práticas em saúde bucal entre os Guarani Mbyá da aldeia Boa Vista no município de Ubatuba, São Paulo / Representations and practices about oral health between Guarani's Mbyá in Boa Vista, Ubatuba, São Paulo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2006. 84 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Investiga-se como os Guarani Mbyá, residentes em uma aldeia no município de Ubatuba, no Estado de São Paulo, mantém suas representações e cuidados bucais. Os guarani têm entre suas formas de atenção a utilização de rezas e as 'boas palavras' onde nesta maneira discursiva os mais velhos aconselham os mais jovens da comunidade. Portanto os 'conselhos' são entre outros modos, uma maneira de educar e cuidar de si. Partindo do conhecimento da cosmogonia guarani procuramos relacionar com os cuidados corporais e, mais especificamente, bucais. Para efetuar este estudo, o trabalho de campo diretamente na aldeia, foi realizado através de método etnográfico, com observação participante, convívio com a comunidade e a realização de entrevistas semi–estruturadas além do diário de campo. Durante o período em que as viagens à aldeia foram efetuadas, os discursos, conversas informais e observação, serviram de subsídio para esta investigação. Os resultados obtidos mostram que o povo guarani não separam os cuidados bucais do corpo. Utilizam a assistência proposta pela sociedade nacional, mas procuram manter sua visão de mundo. A visão de mundo que apresentam, a importância que dão à palavra, são dados que qualquer profissional que pretenda trabalhar e planejar ações de saúde com eficácia, dirigidas a essas populações, precisa conhecer.
Descritores: Assistência à Saúde
Cultura
Grupos Étnicos
Pesquisa Qualitativa
Saúde Bucal
Índios Sul-Americanos
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, O48r, 2006


  9 / 1665 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1069382
Autor: Oliveira, Maria Aprecida.
Título: Representações e práticas em saúde bucal entre os Guarani Mbyá da aldeia Boa Vista no município de Ubatuba, São Paulo / Representations and practices in buccal health among the Guarani Mbyá of the village Boa Vista in the municipal district of Ubatuba, São Paulo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2006. [89] p. ilus, map.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Coordenadoria de Controle de Doencas da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Investiga-se com os Guarani Mbyá, residentes em uma aldeia no município de Ubatuba, no estado de São Paulo, mantém suas respresentações e cuidados bucais. Os Guarani têm entre suas formas de atenção a utilização de rezas e as "boas palavras" onde nesta maneira discursiva os mais velhos aconselham os mais jovens da comunidade. Portanto os "conselho" são entre outros modos, uma maneira de educar e cuidar de si. Partindo do conhecimento da cosmogia guarani procuramos relacionar com os cuidados corporais e, mais especificamente, bucais...
Descritores: Assistência à Saúde
Saúde Bucal
Índios Sul-Americanos
-Brasil/epidemiologia
Cultura
Grupos Étnicos
Pesquisa Qualitativa
Limites: Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Humanos
Responsável: BR1764.1 - Núcleo de Informação e Documentação
O48r; T, O, O48r


  10 / 1665 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933163
Autor: Oliveira, Maria Aparecida de.
Título: Representações e práticas em saúde bucal entre os Guarani Mbyá da aldeia Boa Vista no município de Ubatuba, São Paulo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2006. 84 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Investiga-se como os Guarani Mbyá, residentes em uma aldeia no município de Ubatuba, no Estado de São Paulo, mantém suas representações e cuidados bucais. Os guarani têm entre suas formas de atenção a utilização de rezas e as 'boas palavras' onde nesta maneira discursiva os mais velhos aconselham os mais jovens da comunidade. Portanto os 'conselhos' são entre outros modos, uma maneira de educar e cuidar de si. Partindo do conhecimento da cosmogonia guarani procuramos relacionar com os cuidados corporais e, mais especificamente, bucais. Para efetuar este estudo, o trabalho de campo diretamente na aldeia, foi realizado através de método etnográfico, com observação participante, convívio com a comunidade e a realização de entrevistas semi–estruturadas além do diário de campo. Durante o período em que as viagens à aldeia foram efetuadas, os discursos, conversas informais e observação, serviram de subsídio para esta investigação. Os resultados obtidos mostram que o povo guarani não separam os cuidados bucais do corpo. Utilizam a assistência proposta pela sociedade nacional, mas procuram manter sua visão de mundo. A visão de mundo que apresentam, a importância que dão à palavra, são dados que qualquer profissional que pretenda trabalhar e planejar ações de saúde com eficácia, dirigidas a essas populações, precisa conhecer.
Descritores: Cultura
Grupos Étnicos
Índios Sul-Americanos
Saúde Bucal
Pesquisa Qualitativa
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, O48r, 2006



página 1 de 167 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde