Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.076.368.400 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 253 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 26 ir para página                         

  1 / 253 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281446
Autor: Fortes, Adylla Bianca Coelho; Furtado, Frederico Mamede; Lima, Laíse Nascimento Correia.
Título: Análise da importância da documentação odontológica no processo de identificação humana no IML de São Luís, Maranhão / Analysis of the importance of dental records in the process of human identification in the IML of São Luís, Maranhão
Fonte: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL;7(2):[22-32], 20200901.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: a Odontologia Legal é considerada um método primário de identificação humana. Consiste na comparação de informações da arcada dentária de um indivíduo em dois momentos distintos, geralmente ante e post-mortem. Por essa razão, necessita-se que as informações ante-mortem estejam bem expostas, atualizadas e conservadas na documentação odontológica. Objetivo: a partir dos laudos cadavéricos realizados pela equipe de odontolegistas em corpos não identificados, avaliar, de acordo com as normas éticas e legais odontológicas, as documentações enviadas ao Instituto Médico-Legal (IML) de São Luís ­ Maranhão, com vistas à identificação desses cadáveres, assim como a sua interferência no confronto entre os dados ante e post-mortem. Material e Métodos: análise dos laudos cadavéricos elaborados pelo IML-MA, bem como das documentações recebidas para posterior confronto de supostas vítimas, no período de 2014 a 2019. Resultados: os laudos revelam que em 76,3% (374) dos cadáveres constavam procedimentos odontológicos realizados em vida, porém apenas 6,4% (24) desses casos apresentavam seus respectivos registros. Discussão: é dever do cirurgião-dentista produzir e conservar uma documentação odontológica satisfatória para cada paciente. Além de servir como defesa do profissional em eventuais processos judiciais, é essencial para a identificação humana através da Odontologia Legal. Sua ausência resulta em maior custo e tempo para uma resposta aos familiares da vítima e ao Estado. Conclusão: o número de documentações clínicas encaminhadas ao IML é aquém do esperado (27), porém a adequada qualidade dessas documentações permitiu 72,4% (21) identificações positivas das vítimas, evidenciando a importância da Odontologia Legal na identificação humana.
Descritores: Registros Odontológicos
Antropologia Forense
Odontologia Legal
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  2 / 253 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281453
Autor: de Castro, Alexandre Gonçalves Barbosa; Martins, Cristofer Beraldi; Freitas, Garlene Galeno Inácio; Costa Filho, Paulo Enio Garcia; Pena, Roberta Bueno Gonzalez; Nascimento, Rodrigo Avellar.
Título: Identificação odontolegal por meio de tomografia computadorizada para planejamento de implantes ­ relato de caso pericial / Dental identification using computed tomography for implant planning ­forensic case report
Fonte: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL;7(2):[112-121], 20200901.
Idioma: pt.
Resumo: A identificação humana post mortem é uma área de estudo e pesquisa de extensa atuação da Odontologia Legal. Nessa área do conhecimento, a forma mais utilizada é a da comparação dos registros ante mortem (AM) com os achados post mortem (PM). Em casos de cadáveres carbonizados, geralmente os elementos dentários são capazes de resistir à ação térmica. Dessa forma, os exames de imagens que integram os prontuários odontológicos, quando em boa qualidade, possibilitam sua comparação com os mesmos exames realizados no cadáver. O propósito desse artigo foi o de relatar um caso em que a comparação de tomografias computadorizadas AM e PM permitiu a identificação positiva de um cadáver carbonizado. A comparação das imagens tomográficas AM, utilizadas para um planejamento reabilitador com implantes, com as imagens PM, realizadas no Instituto Médico Legal da Polícia Civil do Distrito Federal, permitiu, de forma rápida, eficaz e econômica, a identificação positiva do cadáver devido à quantidade e à qualidade dos pontos semelhantes encontrados nas imagens, associados à ausência de divergências inexplicáveis
Descritores: Tomografia
Antropologia Forense
Odontologia Legal
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  3 / 253 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281462
Autor: de Andrade, Brenda Rocha Borba; da Silva, Alleson Jamesson; do Nascimento, Clébia Roberta Eufrazio; dos Santos, Andrezza Ramos; Santiago, Adriana Paula de Andrade da Costa e Silva.
Título: Estudo da espessura labial com finalidade pericial ­ comparação entre autoavaliação e avaliação técnica / Study of lip thickness for expert purposes-comparison between self-assessment and technical assessment
Fonte: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL;7(3):[55-64], 20201206.
Idioma: pt.
Resumo: O exame da espessura labial pode se apresentar como uma útil ferramenta orientadora da identificação humana. Neste sentido, este estudo teve como objetivo a avaliação de 200 imagens dos lábios superior e inferior de estudantes da área de saúde da Universidade Federal de Pernambuco, por 02 examinadores, a fim de verificar a concordância entre a avaliação técnica, realizada por eles, e a autoavaliação, realizada pelos examinados, quanto à espessura dos lábios. Para isso, cada examinado inicialmente, após recebimento de instruções e assinatura do TCLE, olhando para um espelho, classificou, sem experiência prévia, seus lábios em finos, médios, grossos ou mistos, segundo sua autoavaliação, o que consideramos como avaliação empírica. Em seguida, o vermelhão dos lábios foi fotografado, associado a uma régua ABFO nº2, e mensurado pelos dois examinadores. Os resultados demonstraram que a concordância inter-examinadores técnicos, quanto a indicação do tipo de lábios foi alta, se apresentando com um percentual de 98,5%. Em relação à concordância entre a avaliação técnica com a avaliação empírica, foram obtidos valores baixos, ou seja, apresentaram uma concordância pequena, com percentual de 35%. Segundo a avaliação técnica, os lábios grossos se apresentaram com maior porcentagem, 49,5%, contra 54% da autoavaliação. Na autoavaliação, o tipo mais destacado foi lábios médios (54%). Pode-se concluir que a concordância entre a avaliação técnica e a autoavaliação realizada por pessoa sem experiência (avaliação empírica), neste estudo, quanto ao exame dos tipos de lábio, foi pouco exitosa, em face da pequena coincidência observada, destacando a importância de se considerar seriamente o fato de que tais divergências podem ser altas também em situações onde informações são obtidas a partir de pessoas comuns.
Descritores: Antropologia Forense
Fotografia
Odontologia Legal
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  4 / 253 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281463
Autor: Ferreira, Dayane Rafaela; de Queiroz, Fernanda Souza; Pimentel, Francielli Roberta; Moreira, Marina Alves; Silva, Roberta Bessa Veloso; Tavares, Erika Pasqua; Swerts, Andressa Araujo.
Título: Avaliação do conhecimento dos cirurgiões-dentistas de alfenas-MG sobre a importância do prontuário odontológico na identificação humana / Assessment of prior knowledge of dentists in Alfenas-MG about the importance of dental records in human identification
Fonte: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL;7(3):[65-75], 20201206.
Idioma: pt.
Resumo: O prontuário odontológico é um documento de suma importância para a prática odontológica, pois é através do mesmo que se obtém informações importantes do paciente, possibilitando conhece-lo como um todo. Além disso, é um aliado do profissional, atentando-se as necessidades administrativas, éticas e legais. Assim, através deste documento, desde que seja bem preenchido e arquivado, é possível auxiliar em casos de identificação humana. Assim, o presente estudo tem como objetivo verificar o conhecimento dos cirurgiões-dentistas de Alfenas-MG, sobre a importância do prontuário odontológico nos casos de identificação humana. Utilizou-se um questionário pré-estabelecido com questões relacionadas ao tema, junto a 147 profissionais. Verificou-se que os cirurgiões-dentistas de Alfenas-MG apresentam um conhecimento satisfatório sobre a importância da elaboração e manutenção do prontuário, principalmente nos casos de identificação humana. Entretanto, ainda há falhas no seu processo de preenchimento, podendo resultar em problemas administrativos e judiciais. Observou-se que 14,96% dos profissionais já tiveram a documentação odontológica solicitada para auxiliar no processo de identificação humana e, nestes casos 90,90% relataram que estes documentos foram extremamente úteis para solucionar o caso. Observou-se que os profissionais com menos de 10 anos de formado dedicam-se maior tempo para elaboração de uma anamnese e a utilização de software odontológico, com diferença estatística (p<0,01). Assim, observa-se que o profissional sabe da importância e colaboração do prontuário odontológico nos casos de identificação humana, mas ainda existe falhas no seu preenchimento.
Descritores: Registros Odontológicos
Antropologia Forense
Odontologia Legal
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  5 / 253 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Amaral, Marcelo Augusto
Texto completo
Id: biblio-1281465
Autor: de Santana, Marcela Garica; Borges, Thaís Cristina Vendrameto; Amaral, Marcelo Augusto.
Título: Análise e classificação da impressão labial em universitários da região sul do brasil / Analysis and classification of lip prints in undergraduate students from the Southern region of Brazil
Fonte: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL;7(3):[76-86], 20201206.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A queiloscopia pode ser definida como estudo, registro e classificação das cristas e sulcos localizados na superfície das mucosas labiais. Objetivos: Analisar as características queiloscópicas de universitários da região Sul do Brasil, bem como identificar possíveis variações entre os sexos dos participantes. Materiais e métodos: Foi realizado um estudo observacional, classificatório e transversal com uma amostra de conveniência composta por 50 universitários de Odontologia de uma instituição privada. Para a coleta das impressões labiais foi utilizado uma pequena quantidade de batom de coloração vermelha para cada participante, espalhada nos lábios com hastes flexíveis de algodão. Em seguida, os lábios foram pressionados em movimento de rolagem contra cartolina branca apoiada sobre uma placa de vidro. Após a obtenção da impressão labial, esta foi subdividida em oito subquadrantes e numerada em sentido horário, e cada tipo de sulco foi classificado segundo o sistema proposto por Suzuki e Tsuchihashi (1970). Os dados foram analisados estatisticamente com a utilização dos Testes Qui-Quadrado e Razão de Verossimilhança (p=0,05). Resultados: O sulco Tipo I ́ apresentou-se mais frequente (26,3%) seguido pelos Tipos I (24,3%) e II (20,5%). Segundo a variável sexo, o Tipo II (24,0%) e I (23,0%) obteve maior expressividade em homens, enquanto os sulcos I ́(31,5%) e I (25,5%) apresentaram-se prevalentes no sexo feminino. Conclusão: Os tipos de sulcos labiais mais encontrados foram o Tipo I', seguido pelo Tipo I no grupo total avaliado, sendo mais prevalentes os Tipos I´ e II, respectivamente para o sexo feminino e masculino. A queiloscopia não resultou em caracterizações com dimorfismos sexuais, e novos estudos se fazem necessários para sua utilização em casos que envolvam vestígios labiais em identificação humana.
Descritores: Antropologia Forense
Odontologia Legal
Lábio
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  6 / 253 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281467
Autor: Gomes, Stéfany de Lima; Cardozo, Ana Flávia Carvalho; Cavalcante, Denise de Fátima Barros; Daruge Júnior, Eduardo; Ulbricht, Viviane; Pereira Neto, João Sarmento; Francesquini Júnior, Luiz.
Título: Determinação do sexo por meio de medidas lineares e áreas do crânio de adultos brasileiros / Sex determination by means of linear measurements and skull areas of Brazilian adults
Fonte: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL;7(3):[87-93], 20201206.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A Antropologia Física Forense tem como objetivo buscar a identidade e identificação de seres humanos, buscando informações para estimar o sexo, ancestralidade, idade, estatura. Para encontrar tais dados a Antropologia Física Forense divide-se em antropometria (mensurações lineares, ângulos) e antroposcopia. Objetivo: Buscou-se o dimorfismo sexual por meio da análise de medidas lineares e de área do crânio, bem como, obter um modelo de regressão logística para a determinação do sexo em brasileiros. Metodologia Trata-se de um estudo observacional transversal de crânios secos de um Biobanco Osteológico e Tomográfico com sexo, idade, ancestralidade e causa da morte conhecidas. Realizou-se a calibração da pesquisadora em 25 crânios, em três momentos distintos, nestes foram estudas 6 medidas lineares e a soma de duas áreas. Para o estudo, foram realizadas medidas de 175 crânios (n=100%), sendo 96 do sexo masculino e 79 do feminino. Os dados foram tabulados no programa Microsoft Office Excel. Para a análise estatística utilizou-se o programa IBM® SPSS® 25 Statistics. Foram aplicados os testes de Kolmogorov-Smirnov e Teste t, para análise dos dados e regressão logística Stepwise-Forward (Wald). Resultados: Observou-se que todas as medidas foram dimórficas, sendo que duas variáveis foram definidas para a elaboração do melhor modelo para dimorfismo sexual, sendo a correlação significante com 70,3% de acurácia. Conclusão: Conclui-se que o método quantitativo desenvolvido pode ser utilizado para a determinação do sexo, como método auxiliar
Descritores: Análise para Determinação do Sexo
Crânio
Antropologia Forense
Odontologia Legal
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  7 / 253 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281476
Autor: Almeida, Fernanda Cristina; Cardozo, Ana Flavia de Carvalho; Ulbricht, Viviane; Pereira Neto, João Sarmento; Freitas, Deborah Queiroz; Francesquini Júnior, Luiz.
Título: Dimorfismo sexual em tomografias computadorizadas de crânios de brasileiros / Sex dimorphism in computerized tomography of Brazilians skulls
Fonte: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL;8(1):[55-65], 20210427.
Idioma: pt.
Resumo: Buscou-se estimar o sexo por meio de medidas lineares obtidas em 200 tomografias computadorizadas (TCs) de crânios e mandíbulas do Biobanco Osteológico e Tomográfico da Faculdade de Odontologia de Piracicaba. Foram realizadas sete medidas lineares (parede posterior da sela turca à espinha nasal anterior; parede posterior da sela turca ao zígio direito; parede posterior da sela turca ao zígio esquerdo; zígio direito ao zígio esquerdo; forame infra-orbitário direito ao forame infra-orbitário esquerdo; forame infra-orbitário esquerdo à espinha nasal anterior e; forame infra-orbitário direito à espinha nasal anterior) utilizando o software OnDemand3D™. Para calibração foi usado o Teste estatístico ICC (coeficiente de correlação intraclasse), segundo Szklo e Nieto (2000) e a análise dos dados utilizou o teste de Kolmogorov-Smirnov, teste t, o teste de Pearson e uma regressão logística pelo método de Stepwise-Forward (Wald) e teste de Shapiro-Wilke e Levene para analisar a distribuição e a igualdade de variâncias das variáveis, respectivamente. Os resultados mostraram que as medidas realizadas apresentaram dimorfismo, exceto a medida forame infra-orbitário direito ao forame infra-orbitário esquerdo. Foi possível criar um modelo de regressão logística [Logito Almeida=36.560+(-0.088*PPST-ENA)+(-0.233*ZD-ZE)+0.140*FIO E-FIO D+(-0.194*FIOE-ENA)], este resulta em 79.1% de sensibilidade, 84.4% de especificidade e 82.0% de acurácia. Concluiu-se que o modelo de regressão logística obtido permite a estimativa do sexo em TCs de brasileiros, podendo ser utilizado como metodologia auxiliar no processo de identificação humana.
Descritores: Crânio
Tomografia Computadorizada por Raios X
Caracteres Sexuais
Antropologia Forense
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  8 / 253 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281479
Autor: Corrêa, Nágila Maria de Oliveira; Maia, Luiza Valéria de Abreu; de Freitas, Sílvia Guzella; de Moura, Rosa Núbia Vieira.
Título: Estimativa de idade dental em corpos não identificados: aplicação e desafios da rotina odontolegal / Estimation of dental age in unidentified bodies: application and challenges ofthe forensic odontology routine
Fonte: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL;8(1):[88-98], 20210427.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo foi analisar a efetividade dos critérios empregados pela Odontologia Legal, comparando idade estimada (IE) com idade cronológica (IC) dos indivíduos desconhecidos que deram entrada no Instituto Médico Legal Dr. André Roquette em 2017. A amostra final de dados secundários foi de 167 desconhecidos, originados no Sistema de Informatização e Gerenciamento dos Atos de Polícia Judiciária-PCNet. Categorizou-se o uso do critério odontológico (Sim/Não), compreendido por: Dentes Presentes, Desgaste Dentário, Presença de Rebordos Remanescentes, Mineralização das Raízes Dentárias e Estrutura Óssea dos Maxilares, como "Sim" e Elementos Morfológicos do Corpo e Face, Tecidos Anexos como "Não". Os componentes da amostra foram divididos em Grupos 1, 2 e 3, de acordo com o estrato etário. Como resultado, viu-se que a maioria dos desconhecidos era do sexo masculino (91,7%). A prevalência de uso do critério odontológico foi de 100%. Concluiu-se que o uso dos critérios odontológicos é relevante estratégia pericial na estimativa de idade. Contudo, se faz premente a calibração da equipe e padronização de critérios, visando garantir a efetividade e o rigor científico, tanto no IMLAR/BH, como em outros Institutos Médico-legais do país.
Descritores: Determinação da Idade pelos Dentes
Antropologia Forense
Odontologia Legal
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  9 / 253 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281480
Autor: Silva, Marcella Aguillar Campos; Fernandes, Aline de Freitas; Silva, Amaro Ilídio Vespasiano; Villalobos, Maria Isabel de Oliveira e Britto.
Título: O uso da tomografia computadorizada para identificação humana em odontologia legal ­ revisão de literatura / The use of computed tomography in human identification in forensic odontology ­literature review
Fonte: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL;8(1):[99-107], 20210427.
Idioma: pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: A identificação humana pela odontologia legal é considerada um método primário de identificação assim como o exame de DNA e a papiloscopia. A tomografia computadorizada (TC) pode ser usada no processo de identificação humana e quando associada a outros métodos gera resultados que facilitam a identificação. OBJETIVO: Este trabalho visa verificar a importância da TC no processo de identificação humana e realizar um levantamento dos casos em que o exame tomográfico no crânio foi utilizado para esse fim. MATERIAL E MÉTODOS: Foi realizado um levantamento bibliográfico dos últimos 21 anos nas bases científicas e foram adotados alguns critérios de inclusão: ser um relato de caso, ter sido publicado entre os anos de 1998 a 2019 e ter sido utilizado um exame de TC de crânio para a identificação. Os critérios de exclusão foram: uso de outros exames imaginológicos, trabalhos que não são relatos de caso e aqueles que não consideravam os arcos dentais e/ou crânio. Foram encontrados 6 artigos dentro dos critérios, sendo a maioria relativa a casos europeus e de corpos esqueletizados. CONCLUSÃO: Através da análise destes trabalhos, foi possível confirmar a importância das tomografias computadorizadas de crânio, que podem subsidiar a identificação de corpos, especialmente onde há impossibilidade de datiloscopia, especialmente por permitir uma análise multiplanar de estruturas anatômicas específicas, sem sobreposição.
Descritores: Tomografia Computadorizada por Raios X
Antropologia Forense
Odontologia Legal
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  10 / 253 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1119384
Autor: Barrera-Silva, Almendra; Pacheco-Rojas, Angie Esmeralda; Quispe-Lizarbe, Roselhy Juliana.
Título: Relevancia de las rugas palatinas como método de identificación forense / Importance of palatal rugae as a method of forensic identification
Fonte: Rev. cient. odontol;8(2):e024, mayo-ago. 2020. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: La identificación humana es uno de los objetivos principales de la odontología forense. Para llegar a esta identificación científica, el odontólogo debe encontrar propiedades tales como edad, sexo y características odontológicas individualizantes. La cavidad oral ofrece muchas posibilidades para la identificación, no solo a partir de los dientes y huesos de la cavidad craneal, sino también de los tejidos blandos orales; en consecuencia, ofrece un mayor campo de estudio.La rugoscopía, técnica basada en el estudio de las rugas palatinas, es un método de identificación muy poco explorado y de gran ayuda en la odontología forense para identificar personas. Las rugas palatinas son estructuras inmutables y perennes que, por su ubicación en la cavidad oral, están protegidas de cualquier trauma y no se alteran con la vecindad de las prótesis dentales ni por sustancias químicas. Ya que todos presentamos rugas diferentes en cuanto a su tamaño, posición, número y disposición (su forma no cambia desde el nacimiento hasta la muerte), las rugas constituyen elementos importantes en el proceso de identificación de personas en casos en los que las huellas dactilares son irrecuperables. Por tanto, el objetivo de esta investigación es revisar la reelevancia del análisis rugoscópico como un método efectivo y de bajo costo para la identificación de sujetos vivos, cadáveres recientes y cadáveres momificados o antiguos. (AU)

Human identification is one of the primary objectives of forensic dentistry. To achieve this scientific identification, dentists must find characteristics such as age, sex, and other individualizing dental traits. The oral cavity offers many possibilities for identification, not only based on teeth and the bones of the cranial cavity; but also on the oral soft tissues; thus, offering us a wider field of study.Rugoscopy, a technique based on the study of palatal rugae, is a little explored method of identification, but is of great utility in forensic dentistry. Palatal rugae are immutable and perennial structures, which, are protected from external trauma due to their location in the oral cavity and are not altered with the vicinity of dental prostheses or by erosion of chemical substances. Since all human beings present different rugae Since rugae differ among all humans in terms of size, position, number, and arrangement (their shape does not change from birth to death), they are important elements in the identification process of people from whom fingerprints are unrecoverable. Therefore, the aim of this study was to review the usefulness of rugoscopic analysis as an effective and low-cost method for identifying living subjects, recent corpses, and mummified or ancient corpses. (AU)
Descritores: Prega Vocal
Antropologia Forense
Ciências Forenses
Odontologia Legal
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca



página 1 de 26 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde