Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.198.240 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 368 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 37 ir para página                         

  1 / 368 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-773454
Autor: Pereira, Carla Rocha; Monteiro, Simone Souza.
Título: A criminalização da transmissão do HIV no Brasil: avanços, retrocessos e lacunas / The criminalization of HIV transmission in Brazil: advances, setbacks and gaps
Fonte: Physis (Rio J.);25(4):1185-1205, out.-dez. 2015. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo visa examinar os processos judiciais relacionados à infecção pelo vírus da Aids durante a pratica sexual no Brasil e suas implicações para a atualização do estigma do HIV/Aids. A reflexão foi centrada na análise dos processos de transmissão do HIV registrados no Portal JusBrasil e na revisão da produção acadêmica e de reportagens da mídia sobre o tema. Os dados revelam a convergência das visões de juristas, órgãos governamentais e representantes da sociedade civil organizada acerca das implicações negativas da criminalização da transmissão do HIV. Revelam-se também avanços, expressos pela jurisprudência do Supremo Tribunal Federal acerca da transmissão do vírus como transmissão de moléstia grave (Artigo 131), e não como tentativa de homicídio, e pela definição da Aids como agravo crônico e não como "sentença de morte". Todavia, existem retrocessos, como a tentativa de implementar leis que criminalizam a transmissão do vírus com penas severas e desconsideram as atuais tecnologias de prevenção e tratamento e os receios do estigma da Aids. Diante da escassez de estudos nacionais acerca do assunto, recomenda-se fomentar o debate e a produção acadêmica sobre os efeitos da criminalização da transmissão do HIV à luz do atual cenário da Aids no Brasil e no mundo.

This study aims to examine the legal procedures related to infection with the Aids virus during sexual practices in the Brazilian context and its implications for updating the stigma of HIV/Aids. The reflection focused on the analysis of processes related to HIV transmission recorded in JusBrasil Portal and review of the academic literature and media reports on the subject. Data reveal the convergence of views of lawyers, government agencies and representatives of civil society about the negative implications of criminalization of HIV transmission; and advances expressed by the jurisprudence of the Supreme Court about the spread of the virus as a serious disease transmission (Article 131) and not as attempted murder and the definition of Aids as a chronic injury and not as "death sentence". However, there are setbacks as attempting to implement laws that criminalize the transmission of the virus with severe penalties and disregard the current technologies for the prevention and treatment of Aids and the stigma of fears. Given the scarcity of national studies on the subject, fostering debate and academic literature on the effects of criminalization of HIV transmission light of the current situation of Aids in Brazil and worldwide is recommended.
Descritores: Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/transmissão
Soropositividade para HIV/transmissão
Estigma Social
Jurisprudência
Legislação como Assunto
-Brasil
Crime
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  2 / 368 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1128219
Autor: Oliveira, Fernando J.A. de; Rodrigues, Joslea S; Teles, Livia A. C; Nogueira, Julia A. D.
Título: Transporte ativo no trajeto escolar: uma revisão integrativa / Active transport at the school path: an integrative review
Fonte: Rev. bras. ciênc. mov;2(28):65-75, abr.-jun. 2020. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: o transporte ativo pode ser uma oportunidade para desenvolver comportamentos mais saudáveis na vida das crianças e jovens. O presente estudo busca identificar barreiras e facilitadores desse comportamento, bem como suas interfaces com a saúde dos escolares por meio de revisão de literatura. Trata-se de uma revisão integrativa de literatura realizada nas bases eletrônicas BVS, Scielo e periódico Capes, utilizando os descritores mobilidade, transporte, deslocamento, ativo, sustentável, estudantes, escolares e trajeto escolar em português, inglês e espanhol. Foram incluídos estudos realizados nas Américas e publicados nos últimos cinco anos. Os 16 artigos selecionados foram desenvolvidos no Brasil, Canadá, México e Estados Unidos, sendo que a maioria deriva de pesquisas mais amplas. Os resultados indicam que a prevalência de transporte ativo no trajeto escolar variou entre 10% nos Estados Unidos e 76% no Brasil. Alguns facilitadores desse comportamento foram: pais que utilizam transporte ativo; expectativa dos pais; percepção dos pais sobre boa estrutura e segurança; crianças mais velhas, sem veículos, de grandes cidades, com menor satisfação familiar, com maior número de dias fisicamente ativos; ser homem; presença de adulto e clima. Algumas barreiras foram: distâncias; maior idade, nível de escolaridade da mãe e classe econômica; maior tempo de trabalho dos pais; posse de veículo; zona urbana; bullying; muita coisa para carregar, ausência de árvore, criminalidade; presença de animais vadios e ter etnia latina. A interface do transporte ativo no trajeto escolar com a saúde foi reportada com o nível de atividade física, obesidade/sobrepeso (saúde individual) e barreiras e facilitadores a esse tipo de deslocamento (saúde ambiental). Considerando que atitudes cultivadas na infância têm grandes chances de permanecer na vida adulta, o transporte ativo no trajeto escolar pode ser uma estratégia na criação de hábitos saudáveis e sustentáveis que contribuam para melhor qualidade de vida, desde que se considerem seus determinantes e condicionantes...(AU)

the active transport can be an opportunity to develop healthier beh av iors in t h e lives of children and young people. The present study seeks to identify barriers and facilitators of this behavior, as well as their interfaces with the students' health through a literature review. It is an integrative literature review carried out on the electronic databases BVS, Scielo and Capes periodical, using the descriptors of mobility, transport, displacement, active, sustainable, students, school and schoo l p ath in Po rtuguese, English and Spanish. Studies carried out in the Americas and published in the last five years were included. The 16 selected papers were developed in Brazil, Canada, Mexico and the United States, with most of them deriving from broader researches. The results obtained reveal t he p revalence of active transport in school path varied between 10% in the United States and 76% in Brazil. Some facilitators of this behavior were: parents or adults who use active transport; parental expectation; parents' perception of good structure and safety; older children, without vehicles, large cities, with less family satisfaction, with more days of physical activities; be a man; adult presence and climate. Some barriers were: dist an ces; older age, mother's education level and economic class; longer working time for parents; vehicle ownership; urban area; bullying; a lot to carry, few trees, crime; presence of stray anim als and having Latin ethnicity. The interface between active transport in the school path and health was rep o rted as the level of hysical activity, obesity/overweight (individual health) and barriers and facilitators to this type of displacement (environmental health). Considering that attitudes cultivated in childhood are very likely to remain in adulthood, active transportation on the school path can be a strategy in creating h ealthy and sustainable habits that contribute to a better quality of life, as long as its determinants and condit ions are considered...(AU)
Descritores: Segurança
Estudantes
Árvores
Transporte Biológico Ativo
Exercício Físico
Grupos Étnicos
Família
Saúde do Estudante
Clima
Área Urbana
Crime
Menores de Idade
Educação
Escolaridade
Bullying
Hábitos
Literatura
Mães
-Estilo de Vida Saudável
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Revisão Sistemática
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  3 / 368 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1140873
Autor: Sousa, Yuri Sá Oliveira; Santos, Maria de Fátima de Souza; Apostolidis, Thémis.
Título: Drogas no espaço público: consumo, tráfico e política na imprensa brasileira / Drugs in public space: consumption, trafficking and policy in the brazilian press / Drogas en el espacio público: consumo, tráfico y política en la prensa brasileña
Fonte: Psicol. ciênc. prof;40:e201819, jan.-maio 2020. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Os fenômenos relacionados ao uso de drogas constituem um campo heterogêneo e polissêmico, a partir do qual se constroem diferentes objetos, identidades e práticas sociais. Este artigo apresenta uma pesquisa documental, baseada na teoria das representações sociais, cujo objetivo foi analisar o campo representacional das drogas em comunicações midiáticas. O material foi composto por 4.516 matérias de um jornal de ampla circulação no Brasil que tinham como tema central questões relacionadas às drogas. Com auxílio do software Iramuteq, realizou-se uma análise lexicométrica visando reconstituir classes lexicais relacionadas a dimensões específicas do campo. Oito classes foram interpretadas, categorizadas e discutidas. Os resultados permitiram identificar três eixos temáticos: regulação sociopolítica do uso, produção e circulação das drogas; uso de drogas, dependência e saúde; polícia e guerra às drogas no Brasil. A discussão evidencia dimensões que conferem sentido a processos político-legais, relações internacionais, movimentos sociais, entretenimento, práticas terapêuticas, políticas públicas, violência, criminalidade e exclusão. Além disso, os fenômenos do campo guardam relação com categorias sociais típicas (e.g., usuários e traficantes); formas de desvio (e.g., dependência e crime); e práticas sociais em saúde e segurança pública (e.g., tratamento e prisão). Compreende-se que os conteúdos difundidos nessas comunicações atuam na criação de quadros simbólicos de referência que podem influenciar a orientação de práticas sociais e tomadas de posição diante dos fenômenos relacionados ao uso de drogas...(AU)

Phenomena related to drug use constitute a heterogeneous and polysemic field, from which different objects, identities and social practices are constructed. This paper presents a documentary research based on Social Representations Theory, whose objective was to analyze the representational field of drugs in media. We analyzed 4516 articles from a newspaper with wide circulation in Brazil that had as its central theme issues related to drugs. Lexicometric analysis was carried out utilizing Iramuteq to reconstruct lexical classes related to specific field dimensions. Eight classes were interpreted, categorized and discussed. The results allowed to identify three thematic axes: socio-political regulation of the use, production and circulation of drugs; drug use, addiction and health; police and drug war in Brazil. The discussion highlights dimensions that give meaning to political-legal processes, international relations, social movements, entertainment, therapeutic practices, public policies, violence, crime and exclusion. Additionally, the phenomena of the field are linked to typical social categories (e.g., drug users and drug dealers); forms of deviance (e.g., addiction and crime); and social practices in public health and public security (e.g., treatment and imprisonment). The contents disseminated by these sorts of communication have a role in the creation of symbolic frames of reference that influence the orientation of social practices and attitudes towards phenomena related to drug use...(AU)

Los fenómenos relacionados con el consumo de drogas constituyen un campo heterogéneo y polisémico, a partir del cual se construyen diferentes objetos, identidades y prácticas sociales. Este artículo presenta una investigación documental basada en la teoría de las representaciones sociales con el objetivo de analizar el campo representativo de las drogas en comunicaciones mediáticas. El material se compuso por 4516 artículos de un periódico de amplia circulación en Brasil que tenían como tema central cuestiones relacionadas con las drogas. Con el apoyo del software Iramuteq, se llevó a cabo un análisis lexicométrico para reconstruir clases léxicas relacionadas con dimensiones específicas del campo. Ocho clases fueron interpretadas, categorizadas y discutidas. Los resultados permitieron identificar tres ejes temáticos: la regulación sociopolítica del uso, producción y circulación de drogas; el uso de drogas, adicción y salud; la policía y la guerra a las drogas en Brasil. La discusión resalta las dimensiones que dan sentido a los procesos político-legales, las relaciones internacionales, los movimientos sociales, el entretenimiento, las prácticas terapéuticas, las políticas públicas, la violencia, el crimen y la exclusión. Además, los fenómenos del campo están vinculados a categorías sociales típicas (por ejemplo, usuarios de drogas y traficantes de drogas); formas de desviación (por ejemplo, adicción y crimen); y prácticas sociales en salud pública y seguridad pública (por ejemplo, tratamiento y encarcelamiento). Se entiende que los contenidos diseminados en estas comunicaciones actúan en la creación de marcos de referencia simbólicos que pueden influir en la orientación de las prácticas y actitudes sociales frente a los fenómenos relacionados con el consumo de drogas...(AU)
Descritores: Comportamento Social
Usuários de Drogas
Mídias Sociais
-Orientação
Política Pública
Terapêutica
Violência
Saúde
Saúde Pública
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
Crime
Meios de Comunicação de Massa
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  4 / 368 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1138827
Autor: Rodríguez-Ortega, Jair David; Duarte-Velásquez, Yeizon Andrés; Gómez-Toro, Catalina; Cadavid-Carmona, Jahiler Alfredo.
Título: Seguridad ciudadana, violencia y criminalidad: una visión holística y criminológica de las cifras estadísticas del 2018 / Segurança cidadã, violência e criminalidade: uma visão holística e criminológica das cifras estadísticas do 2018 / Citizen security, violence and criminality: a holistic and criminological vision of the statistical figures of 2018
Fonte: Rev. crim;61(3):9-58, sep.-dic. 2019. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen La criminalidad y la seguridad ciudadana son conceptos asociados y dependientes, por ello la evidencia -mediante indicadores estadísticos- establece una correlación existente entre ambos mediante con enfoque de tipo descriptivo. Este documento tiene como objetivo analizar, interpretar y describir el comportamiento de los delitos ocurridos durante el 2018 en Colombia. En este sentido se inicia con el debate de aspectos de tipo socioeconómico y de seguridad ciudadana de la economía criminal, así como su incidencia en la comisión de los elementos delictivos. La metodología utilizada se enfoca en el Análisis de Componentes Principales (ACP), el cual determina la agrupación y concentración de ocho delitos a nivel nacional por trimestre; luego se focaliza en 10 ciudades capitales que concentran el 23% de los delitos, por último en las localidades de Bogotá. De igual forma, se realiza el análisis criminológico para ilustrar el comportamiento frente a los demás factores que inciden en la coyuntura criminológica. Partiendo de la información que reposa en la base de datos SIEDCO1, se efectuaron ejercicios estadísticos para establecer los niveles de correlación para estudiar la inercia de los indicadores delictivos en Colombia durante los periodos comparativos de 2017 y 2018, dado que estos comportamientos se repiten en el tiempo. Como resultado, se pudo establecer una correlación entre la información cualitativa y académica con las denuncias presentadas y hechos delictivos conocidos por la Policía Nacional. De igual forma, las acciones operativas de la institución han permitido una observación holística de la criminalidad registrada a nivel nacional y un estudio de las variables criminógenas que ayudan a tener acciones policiales más eficaces en la reducción del delito y los métodos complementarios para combatir el accionar criminal.

Resumo A criminalidade e a segurança cidadã são conceitos asociados e dependentes, por isso a evidencia -mediante indicadores estadísticos- estabelece uma correlação existente entre ambos mediante um enfoque de tipo descritivo. Este documento tem como objetivo analisar, interpretar e descrever o comportamento dos delitos ocorridos durante o 2018 na Colômbia. Neste sentido se inicia com o debate de aspetos de tipo socioeconômico e de segurança cidadã da economia criminal, assim como a sua incidência no cometimento dos elementos delitivos. A metodología utilizada se foca na Análise de Componentes Principais (ACP), a qual determina a agrupação e concentração de oito delitos ao nível nacional por trimestre; logo se focaliza em 10 cidades capitais que concentram 23% dos delitos, por último nas localidades de Bogotá. De mesma forma, se realiza a análise criminológica para ilustrar o comportamento diante aos outros fatores que incidem na conjuntura criminológica. Com base na informação que fica na base de dados SIEDCO, foram efetuados exercícios estadísticos para estabelecer os níveis de correlação para estudar a inércia dos indicadores criminais na Colômbia durante os períodos comparativos de 2017 e 2018, dado que estes comportamentos se repetem no tempo. Como resultado, foi possível estabelecer uma correlação entre a informação qualitativa e académica com as denúncias presentadas e fatos delitivos conhecidos pela Polícia Nacional. De mesma forma, as ações operativas da instituição têm permitido uma observação holística da criminalidade registrada a nível nacional e um estudo das variáveis criminógenas que ajudam a ter ações policiais mais eficazes na redução do delito e os métodos complementários para combater a ação criminal.

Abstract Criminality and public safety are associated and dependent concepts and therefore evidence - through statistical indicators - establishes an existing correlation between both using a descriptive type approach. This document aims to analyze, interpret and describe the behavior of the crimes that occurred during 2018 in Colombia. In this sense it begins with the debate of socioeconomic and public safety aspects of the criminal economy, as well as its impact on the commission of criminal elements. The methodology used focuses on the Principal Components Analysis (PCA), which determines the grouping and concentration of eight crimes nationwide per quarter; then it focuses on 10 capital cities that concentrate 23% of the crimes, finally it does it in the localities of Bogotá. Likewise, the criminological analysis is carried out to illustrate the behavior compared to the other factors that affect the criminological juncture. Drawing from the information that lies at the SIEDCO database, statistical exercises were done to establish levels of correlation to study the inertia of criminal indicators in Colombia during the comparative periods of 2017 and 2018, since these behaviors are repeated in time. As a result, a correlation between qualitative and academic information could be established with filed complaints and criminal acts known by the National Police. Likewise, the operational activities of the institution have allowed a holistic observation of crime registered at a national level and a study of criminogenic variables that help having more effective police actions in crime reduction and complementary methods to combat criminal action.
Descritores: Roubo
Violência
Homicídio
-Crime
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Artigo Clássico
Responsável: CO340.1 - Centro de Investigaciónes Criminológicas


  5 / 368 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1138830
Autor: Rojas-Cely, Óscar David; Gómez-Ramírez, Sergio Andrés; Moncada-Reyes, Fabián Alexis; Sereno-Restrepo, Juan Sebastián.
Título: Crimen y fútbol: caso del fútbol profesional colombiano (2010-2016) / Crime and football: case of Colombian professional football (2010-2016) / Crime e soccer: caso do soccer profissional Colombian (2010-2016)
Fonte: Rev. crim;61(3):165-189, sep.-dic. 2019. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Este trabajo investiga mediante la metodología de regresión binomial negativa de ceros inflados con efectos fijos la relación entre los partidos de fútbol de la liga profesional colombiana y el número de lesiones personales, hurtos y homicidios (en un intervalo de ocho horas) presentados en veinte (20) ciudades de Colombia durante los años 2010-2016. Los resultados no evidencian una relación sistemática entre los partidos de fútbol y los delitos mencionados (es decir, aumentos o disminuciones de los delitos en una ciudad por el hecho de ser sede de un partido de fútbol o ser la ciudad del equipo visitante). Lo que sí evidencian es que hay aumentos en las lesiones personales y hurtos a personas a medida que aumenta la asistencia al estadio. La asistencia no parece tener efecto sobre los homicidios. No obstante lo anterior, los aumentos de lesiones personales y hurtos a personas no parecen ser económicamente significativos para el periodo de ocho horas dentro del cual se jugó el partido ni a nivel agregado anual para las veinte ciudades.

Abstract This paper investigates throgh the methodology of negative zero inflated with effects binomial regression relationship between Colombian profesional football games league and the number of personal injury, theft and homicide (in an interval of eight hours) presented in twenty (20) cities in Colombia during the years 2010 - 2016. The results do not show a systematic relationship between football matches and the aforementioned crimes (that means, increase or decrease in crimes in a city due to the fact of hosting a football match or being the city of the visiting team). What they do show, is that there are increases in personal injuries and theft of people as stadium attendane increases. Notwithstanding the foregoing, increases in personal injury and theft form people do not appear to be economically significant for the eigth - hour period within which the game was played nor annual at an aggregate level for the twenty cities.

Resumo Este trabalho investiga mediante a metodologia de regressão binomial negativa de zeros inflacionados com efeitos fixos a relação entre os partidos de futebol da liga profissional colombiana e o número de lesões coporais, furtos e homicídios (num intervalo de oito horas) apresentados em vinte (20) cidades da Colômbia durante os anos 2010- 2016. Los resultados no evidenciam uma relação sistemática entre os partidos de futebol e os delitos mencionados (isto é, aumentos ou diminuições dos delitos numa cidade pelo fato de ser sede de uma partida de futebol ou ser a cidade da equipe visitante). O que sim evidenciam é que há aumentos nas lesões corporais e furtos a pessoas a medida que aumenta a assistência ao estádio. A assistência no pareceter efeito sobre os homicídios. Não obstante o que precede, os aumentos de lesões corporais e furtos a pessoas não parecem ser económicamente significativos para o período de oito horas dentro do qual se jogou a partida nem a nível agregado anual para as vinte cidades.
Descritores: Futebol
Roubo
Homicídio
-Crime
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Artigo Clássico
Responsável: CO340.1 - Centro de Investigaciónes Criminológicas


  6 / 368 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1144411
Autor: Piedrahita Bustamante, Pedro.
Título: La corrupción política como crimen organizado transnacional / Political Corruption as a Transnational Organized Crime / A corrupção política como crime organizado transnacional
Fonte: Rev. crim;62(2):233-245, mayo-ago. 2020. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen El objetivo del artículo es realizar una caracterización de la corrupción política como crimen organizado transnacional, es decir, como un delito que funciona en red en el contexto de la globalización y que genera afectaciones a los Estados democráticos. La metodología consistió en adoptar algunos elementos teóricos de Castells (2006), Ianni (1974) y Williams (1994, 2003), los cuales son abordados en estudios recientes de Campana (2016); Charette & Papachristos (2017); Malm & Bichler (2011); Morselli (2009); y Papachristos (2011), y de la Ciencia Política como Bobbio (2016) a partir de los cuales se proponen dos tipos de redes de corrupción política transnacional: una dirigida contra el Estado y otra que busca beneficiarse del Estado. Los tipos se desarrollan a partir de dos casos ocurridos en América Latina que evidencian la hibridación del delito y la política.

Abstract This article's objective is to characterize political corruption as a transnational organized crime, which is to say, a crime that operates in a network in the context of globalization and affects democratic Governments. The methodology consisted of adopting the theoretical elements of Castells (2006), Ianni (1974) and Williams (1994, 2003), which are approached in recent studies by Campana (2016); Charette & Papachristos (2017); Malm & Bichler (2011); Morselli (2009); and Papachristos (2011), as well as Political Science studies, such as Bobbio (2016), based on which two types of networks of transnational political corruption are proposed: one against the Government and another which seeks to benefit from the Government. The two types are developed based on two cases that occurred in Latin America, which show the hybridization of crime and politics.

Resumo O objetivo do artigo é caracterizar a corrupção política como crime organizado transnacional, quer dizer, como um crime que funciona em rede no contexto da globalização e que gera efeitos nos Estados democráticos. A metodologia consistiu em adotar alguns elementos teóricos de Castells (2006), Ianni (1974) e Williams (1994, 2003), que são abordados em estudos recentes de Campana (2016); Charette & Papachristos (2017); Malm & Bichler (2011); Morselli (2009); e Papachristos (2011), e da Ciência Política como Bobbio (2016), a partir dos quais são propostos dois tipos de redes transnacionais de corrupção política: um dirigido contra o Estado e outro que procura se beneficiar do Estado. Os tipos são desenvolvidos a partir de dois casos ocorridos na América Latina que mostram a hibridização do crime e da política.
Descritores: Corrupção
-Política
Administração Pública
Crime
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Artigo Clássico
Responsável: CO340.1 - Centro de Investigaciónes Criminológicas


  7 / 368 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1144405
Autor: Duarte Velásquez, Yeizon Andrés; Cadavid Carmona, Jahiler Alfredo.
Título: Análisis de umbral: técnica diferencial en la interpretación de los registros de criminalidad en Colombia (2019) / Threshold Analysis: Differential Technique for Interpreting Criminal Records in Colombia (2019) / Análise limiar: técnica diferem de criminalidade na Colômbia (2019)
Fonte: Rev. crim;62(2):9-144, mayo-ago. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Resumen El delito en el mundo se mide con base en indicadores que representan la criminalidad y las cifras de violencia; por tal razón, es importante a nivel jurisprudencial y criminológico establecer los factores dinamizadores del crimen. Esta medición en Colombia presenta varios desafíos para su consolidación; no obstante, el homicidio sigue siendo uno de los delitos más representativos dentro del actuar criminal, no solo por la veracidad de los datos estadísticos que genera, sino porque en la materialización del acto se circunscriben condiciones de índole cognitivo, social y económico asociados a la víctima o el victimario (Brookman, 2005). La metodología está enfocada en explicar, interpretar y aplicar los conceptos desarrollados en el "análisis de umbral", empleando los datos del SIEDCO1. Para el caso de este estudio, los homicidios comunes registrados en el año 2019 en la ciudad de Bogotá se correlacionan con el comportamiento en los últimos cinco años por localidades de esta ciudad, y por departamentos políticos y municipios a nivel nacional. Con lo anterior se dará a conocer otra herramienta de análisis de información que permite la interpretación desde una perspectiva con orientación objetiva. Como resultado, se pudo establecer que el "análisis del umbral" permite combinar datos históricos, promedio y desviación estándar para determinar y orientar de manera metodológica la oportuna toma de decisiones, reconociendo la detección de patrones de criminalidad (positivos y negativos) en los diferentes niveles de desagregación geográfica (regiones, departamentos, municipios, localidades, comunas, barrios, etc.), coadyuvando a la construcción de políticas públicas en materia de convivencia y seguridad, planeación y distribución de los esfuerzos interinstitucionales en contra de las conductas que afectan a la comunidad.

Abstract In the world, crime is measured based on indicators tha represent criminality and figures of violence. For this reason, it is important to establish the driving factors of criminality on a jurisprudential and criminal level. In Colombia, consolidating this measurement poses various challenges. However, homicide remains one of the most representative crimes, not only because of the veracity of the statistical data it generates, but because cognitive, social and economic conditions associated with the victim or aggressor are circumscribed within the action's execution (Brookman, 2005). The methodology is focused on explaining, interpreting and applying the concepts developed in the "threshold analysis" using data from SIEDCO2. In this study's case, common homicides recorded in 2019 in the city of Bogotá were correlated with this city's behavior in the last five years by localities, as well as by political departments and municipalities on a national level. Using the above, another information analysis tool that allows interpreting from an objective perspective will be made known. As a result, it was established that the "threshold analysis" allows combining historical data, averages and standard deviations to methodologically determine and guide timely decision-making, recognizing crime pattern detection (positive and negative) on different levels of geographic disaggregation (regions, departments, municipalities, localities, communes, neighborhoods, etc.), contributing to developing public policies in terms of coexistence and security, and planning and distributing interinstitutional efforts against the conducts that affect the community.

Resumo O delito no mundo é medido com base em indicadores que representam a criminalidade e as cifras de violência; por isso, é importante no nível jurisprudencial e criminológico estabelecer os fatores dinamizadores do crime. Esta medição na Colômbia apresenta vários desafios para sua consolidação; entretanto, o homicídio ainda é um dos crimes mais representativos dentro dos atos criminosos, não só pela veracidade dos dados estatísticos que gera, mas também porque na materialização do ato estão circunscritas as condições de natureza cognitiva, social e económica associadas à vítima ou ao vitimário (Brookman, 2005). A metodologia centra-se em explicar, interpretar e aplicar os conceitos desenvolvidos na "análise limiar", utilizando os dados do SIEDCO3. Para o caso deste estudo, os homicídios comuns registrados em 2019 na cidade de Bogotá correlacionam-se com o comportamento nos últimos cinco anos das localidades desta cidade, e por departamentos políticos e municípios em nível nacional. Com o exposto, será apresentada outra ferramenta de análise de informação que permita a interpretação a partir de uma perspectiva com orientação objetiva. Como resultado, foi possível estabelecer que a "análise limiar" combina dados históricos, média e desvio padrão para determinar e orientar de forma metodológica a oportuna tomada de decisões, reconhecendo a detecção de padrões de criminalidade (positivos e negativos) nos diferentes níveis de desagregação geográfica (regiões, departamentos, municípios, localidades, comunas, bairros, etc.), contribuindo na construção de políticas públicas de convivência e segurança, planejamento e distribuição de esforços interinstitucionais contra comportamentos que afetam a comunidade.
Descritores: Homicídio
-Violência
Polícia
Crime
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Bibliografia
Responsável: CO340.1 - Centro de Investigaciónes Criminológicas


  8 / 368 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1138835
Autor: Velandia-Pacheco, Gabriel Jacob; Escobar-Castillo, Adalberto Enrique.
Título: Investigación en auditoría forense: Revisión de publicaciones SCOPUS 1976-2018 / Investigation in forensic audit: Review of SCOPUS publications 1976-2018 / Pesquisa em auditoria forense: revisão de publicações SCOPUS 1976-2018
Fonte: Rev. crim;61(3):279-298, sep.-dic. 2019. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen A pesar del importante impacto del fraude, las investigaciones en auditoría forense se desarrollan de manera fragmentada y dispersa. Por la naturaleza del tema, resulta confuso su estudio. En este sentido, el objetivo es caracterizar el abordaje empírico en auditoría forense que los investigadores han utilizado para estudiar el fraude. La metodología fue la revisión bibliográfica de alcance descriptivo-exploratorio, utilizando la base de datos de SCOPUS. Se determinan los descriptores de búsqueda, organizan y analizan los resultados a la luz de sus características metodológicas; en un proceso de revisión descriptiva, el trabajo se apoya en la lectura crítica para la revisión, ordenación, rotulación, integración y priorización; utilizando perchas y tablas de análisis y síntesis. Los resultados muestran que el estudio del fraude se aborda desde los individuos, documentos, imperfecciones del informe, TIC, educación, innovación en procedimiento, experimentos y simulaciones, sesgos interpretativos del lenguaje y perjuicios del delito. Se concluye que, se adolece de investigaciones tendientes a identificar las razones por las cuales los sujetos deciden no cometer fraudes y se detectó el resarcimiento como un enfoque teórico alternativo.

Abstract Despite the significant impact of fraud, forensic audit investigations are conducted in a fragmented and disperse manner. Due to the nature of the subject, its study is confusing. In this sense, the objective is to characterize the empirical approach in forensic audit that investigators have used to study fraud. The methodology was the literatura review of descriptive-exploratory scope, using the SCOPUS database. Search descriptors are determined, organize and analyze the results in light of their methodological characteristics; In a descriptive review process, the work relies on critical reading for review, management, labeling, integration and prioritization; using perches and analysis and synthesis tables. The results show that the study of fraud is approached from individuals, documents, imperfections of the report, ICT, education, innovation in procedure, experiments and simulations, interpretative biases of language and crime detriment. It is concluded that, there is a lack of research aimed at identifying the reasons why the subjects decide not to commit fraud and indemnification was detected as an alternative theoretical approach.

Resumo Apesar do importante impacto da fraude, as investigações em auditoria forense são desenvolvidas de maneira fragmentada e dispersa. Pela natureza do tema, resulta confuso o seu estudo. Neste sentido, o objetivo é caracterizar a abordagem empírica em auditoria forense que os pesquisadores têm utilizado para estudar a fraude. A metodologia foi a revisão bibliográfica de alcance descritivo-exploratório, utilizando a base de dados de SCOPUS. Determinam-se os descritores de busca, organizam e anualizam os resultados à luz das suas características metodológicas; num processo de revisão descritiva, o trabalho se baseia na leitura crítica para a revisão, ordenação, rotulação, integração e priorização; utilizando tabelas de análises e sínteses. Os resultados mostram que o estudo da fraude é abordado desde os indivíduos, documentos, imperfeições do informe, TIC, educação, inovação em procedimento, experimentos e simulações, distorções interpretativas do linguaje e prejuízos do delito. Conclui-se que, se sofre de investigações tendentes a identificar as razões pelas quais os sujeitos decidem não cometer fraudes e foi detectado o ressarcimento como um enfoque teórico alternativo.
Descritores: Roubo
Fraude
-Crime
Economia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Artigo Clássico
Responsável: CO340.1 - Centro de Investigaciónes Criminológicas


  9 / 368 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1138839
Autor: Castro-Saucedo, Laura Karina; Garza-Sánchez, Rosa Isabel; García-Cadena, Cirilo; de la Rosa-Vázquez, Cecila Sarahí.
Título: Disposición a la delincuencia juvenil y creencias irracionales de jóvenes en conflicto con la ley y en riesgo delictivo en Monterrey, México / Disposition to juvenile delinquency and irrational beliefs of young people in confl ict with the law and at criminal risk in Monterrey, Mexico / Disposição à delinquência juvenil e crenças irracionais de jovens em confl ito com a lei e em risco delitivo em Monterrey, México
Fonte: Rev. crim;62(1):45-58, ene.-abr. 2020. tab.
Idioma: es.
Resumo: Resumen En el objetivo del presente estudio fue determinar la relación de la disposición de delincuencia juvenil, desde sus dimensiones de aceptación del crimen, consumo de drogas y amistades delictivas y medidas judiciales anteriores con las creencias irracionales de justificiación de la violencia, autoconcepto desde la violencia y evitación de problemas en jóvenes en conflicto de ley en comparación con jóvenes en riesgo delictivo. La muestra aleatorizada estuvo conformada por 597 jóvenes de 12 a 22 años de edad de los cuales 237 eran hombres jóvenes en conflicto con la ley y 194 hombres jóvenes en riesgo delictivo. Se utilizó un diseño no experimental, correlacional, por medio del SPSS se elaboraron modelos de regresión lineal múltiple y prueba T para la comparación de los grupos. Los principales hallazgos muestran que existen diferencias entre los grupos comparados, siendo los jóvenes en conflicto con la ley quienes conservan mayores puntajes de disposición a la delincuencia (M=32.48; t=11.08; p=.000) y creencias irracionales (36.17; t=5.68;p=.000). Por otro lado, existe una relación entre la disposición a la delincuencia y la justificación de la violencia, el autoconcepto desde la violencia y la evitación de problemas (R 2= .471, gl=3; F=72.8; p=.000) de los jóvenes en conflicto de ley. En los jóvenes en riesgo delictivo esta relación de variables se mantiene y solamente la evitación de problemas no refleja relación con la disposición a delinquir (R 2= .337, gl=3; F=45.07;p=000).

Abstract The objective of the current study was to determine the relation of the disposition of juvenile delinquency, from its dimensions of acceptance of crime, drug use and criminal friendships and previous judicial measures with the irrational beliefs of justification of violence, self-concept from violence and problem avoidance in young people in conflict with the law compared to young people at criminal risk. The randomized sample consisted of 597 young people aged 12 to 22, of whom 237 were young men in conflict with the law and 194 young men at criminal risk. A non-experimental, correlational design was used, through the SPSS, multiple linear regression and T-test models were developed for the comparison of the groups. The main findings show that there are differences between the groups compared, with young people in conflict with the law who maintain higher scores of disposition to crime (M=32.48; t=11.08; p=.000) and irrational beliefs (36.17; t=5.68; p=.000). On the other hand, there is a relationship between the disposition to crime and the justification of violence, self-concept from violence and avoidance of problems (R2= .471, gl=3; F=72.8; p=.000) of young people in conflict with law. In young people at criminal risk this relation of variables is maintained and only the avoidance of problems does not reflect a relation to the willingness to committing crimes (R2= .337, gl=3; F=45.07; p=000).

Resumo O objetivo do presente estudo foi determinar a relação da disposição de delinquência juvenil, desde as suas dimensões de aceitação do crime, consumo de drogas eamizades delitivas e medidas judiciais anteriores com as crenças irracionais de justificação da violência, autoconceito desde a violência e prevenção de problemas em jovens em conflito de lei em comparação com jovens em risco delitivo. A amostra aleatorizada esteve conformada por 597 jovens de 12 a 22 anos de idade dos quais 237 eram homens jovens em conflito com a lei e 194 homens jovens em risco delitivo. Foi utilizado um design não experimental, correlacional, por meio do SPSS foram elaborados modelos de regressão linear múltipla e teste T para a comparação dos grupos. Os principais achados amostram que existem diferenças entre os grupos comparados, sendo os jovens em conflito com a lei quem conservam maiores pontuações de disposição à delinquência (M=32.48; t=11.08; p=.000) e crenças irracionais (36.17; t=5.68;p=.000). Por outro lado, existe uma relação entre a disposição à delinquência e a justificação da violência, o autoconceito desde a violência e a prevenção de problemas (R2= .471, gl=3; F=72.8; p=.000) dos jovens em conflito de lei. Nos jovens em risco delitivo esta relação de variáveis se mantém e somente a prevenção de problemas não reflete relação com a disposição à delinquir (R2= .337, gl=3; F=45.07;p=000).
Descritores: Delinquência Juvenil
-Violência
Adolescente
Crime
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Artigo Clássico
Responsável: CO340.1 - Centro de Investigaciónes Criminológicas


  10 / 368 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1138840
Autor: Valencia-Londoño, Paula Andrea; Nateras-González, Martha Elisa.
Título: Violencia en contra de las mujeres como discriminación en contextos de violencia criminal: el caso del feminicidio en Medellín y el Estado de México / Violence against women as discrimination in contexts of criminal violence: the case of feminicide in Medellín and the State of Mexico / Violência em contra das mulheres como discriminação em contextos de violência criminal: o caso do feminicídio em Medellín e o Estado do México Fec
Fonte: Rev. crim;62(1):59-85, ene.-abr. 2020. graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen El incremento de los índices de violencia en países como Colombia y México ha tenido un impacto diferencial en las mujeres, expresado este a través de múltiples formas, entre ellas, su expresión de mayor escala, el feminicidio. No obstante, su trasfondo de discriminación ha sido invisibilizado por los distintos actores que detentan el poder, el más importante de ellos, el Estado, que, desde las disposiciones normativas y las políticas públicas en torno al tema, sigue circunscribiendo el fenómeno a sus categorías íntimas, esto es, vinculándolo, principalmente, a las relaciones de afinidad y consanguinidad. En tal sentido, en materia de manejo de información sobre la violencia en contra de las mujeres y el feminicidio en particular, surgen dos retos fundamentales: la categorización y el subregistro. Frente a estos, tanto la legislación como la política pública colombiana y mexicana han dado pasos importantes; sin embargo, en función de atacar la violencia estructural y simbólica que subyace a la problemática, tal como afirma en Colombia la Corte Constitucional (2016), es necesario integrar la perspectiva de género en el derecho penal, flexibilizando, con esto, el acercamiento a la prueba para permitir la introducción de los elementos del contexto configurantes de la violencia de género.

Abstract The increase in violence rates in countries such as Colombia and Mexico has had a differential impact on women, expressed through multiple forms, including its larger scale expression, feminicide. However, its discrimination background has been made invisible by the different actors who hold power, being the most important of them, the State, who, from the regulatory provisions and public policies around the issue, continues to circumscribe the phenomenon to its intimate categories, that is, linking it, mainly, to relationships of affinity and consanguinity. In this regard, in the area of information management on violence against women and feminicide in particular, two fundamental challenges arise: categorization and underreporting. Faced with these, both Colombian and Mexican legislation and public policy have taken important steps; however, in order to attack the structural and symbolic violence that underlies the problem, as the Constitutional Court (2016) affirms in Colombia, it is necessary to integrate the gender perspective into criminal law, thereby making the approach to the test flexible, to allow the introduction of elements of context configurative of gender violence.

Resumo O incremento dos índices de violência em países como a Colômbia e o México tem tido um impacto diferencial nas mulheres, expressado este através de múltiplas formas, entre eles, a sua expressão de maior escala, o feminicídio. Não obstante, o seu pano de fundo de discriminação tem sido invisibilizado pelos distintos atores que detêm o poder, o mais importante deles, o Estado, que, desde as disposições normativas e as políticas públicas em torno ao tema, segue circunscrevendo o fenómeno à suas categorias íntimas, isto é, vinculando-o, principalmente, às relações de afinidade e consanguinidade. Neste sentido, em matéria de manejo de informação sobre a violência em contra das mulheres e o feminicídio em particular, surgem dois retos fundamentais: a categorização e o subregistro. Face a estes, tanto a legislação como a política pública colombiana e mexicana têm dado passos importantes; no entanto, em função de atacar a violência estrutural e simbólica que subjaz à problemática, tal como afirma na Colômbia a Corte Constitucional (2016), é necessário integrar a perspectiva de género no direito penal, flexibilizando, com isto, a aproximação à prova para permitir a introdução dos elementos do contexto que configuram violência de género.
Descritores: Sistema de Justiça
Violência contra a Mulher
-Violência
Crime
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Artigo Clássico
Responsável: CO340.1 - Centro de Investigaciónes Criminológicas



página 1 de 37 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde