Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.198.240.856.350.250 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1189 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 119 ir para página                         

  1 / 1189 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1177806
Autor: Lima, Juciara Karla de Souza; Lira, Margaret Olinda de Souza Carvalho e; Oliveira, Jeany Freire de; Campos, Fernando Vitor Alves; Paiva, Levi Olinda Lira de.
Título: Uso do desenho-estória para apreensão de entendimentos e sentimentos de crianças institucionalizadas sobre agressão física / Uso de historietas para comprender las percepciones y los sentimientos de los menores hospitalizados por maltrato físico / Using comic strips to understand perceptions and feelings of children hospitalized due to child physical abuse
Fonte: rev. cuid. (Bucaramanga. 2010);12(1):e1204, nov. 13, 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A punição corporal de crianças é uma prática recorrente que prejudica o seu desenvolvimento físico e emocional. Objetivo: apreender entendimentos e sentimentos de um grupo de crianças sobre a agressão física praticada por pais ou responsáveis. Materiais e Métodos: estudo descritivo, de abordagem qualitativa e uso do desenho-estória para responder ao estímulo indutor: o que vem à sua cabeça quando você ouve falar: "bater em criança"? Resultados: emergiram sentimentos de amor e ódio, culpa, tristeza, ressentimentos, desejo de vingança, vergonha e o entendimento de agressão física como uma atitude negativa e prejudicial. Conclusão: as crianças demonstraram ansiedade, timidez, agressividade, introspecção e tendência ao isolamento social. Para elas, as punições físicas constituíram episódios negativos que poderiam levá-las à morte, sugerindo que fossem substituídas por diálogo ou castigo.

Introduction: Child physical abuse is a recurrent practice that harms the physical and emotional development of children. Objective: To understand the perceptions and feelings of a group of children who have been physically abused by their parents or caretakers. Materials and Methods: A descriptive qualitative study was conducted using comic strips to respond to the inductive stimulus of what comes to mind when children are mistreated. Results: Feelings of love and hate, guilt, sadness, resentment, desire for vengeance and shame were experienced, as well as the perception of physical abuse as a harmful attitude. Conclusions: Children exhibited anxiety, shyness, aggressiveness, introspection and a tendency to social isolation since child physical abuse represents a tragic episode that would ultimately lead them to death, which is why it is suggested to use dialogue or other methods of punishment instead of physical abuse.

Introducción: El maltrato físico infantil es una práctica recurrente que perjudica el desarrollo físico y emocional de los menores. Objetivo: Entender las percepciones y los sentimientos de un grupo de menores que han sido maltratados físicamente por sus padres o cuidadores. Materiales y métodos: Estudio descriptivo de tipo cualitativo que mediante historietas busca responder al estímulo inductivo de qué se le viene a la mente al escuchar que están maltratando a un niño. Resultados: Se produjeron sentimientos de amor y odio, culpa, tristeza, resentimientos, deseo de venganza y vergüenza, además de percibir el maltrato físico como una actitud negativa y dañina. Conclusiones: Los niños manifestaron ansiedad, timidez, agresividad, introspección y tendencia al aislamiento social, puesto que el maltrato físico se constituye un episodio negativo que los podría llevar a la muerte, por lo que se sugiere que este fuese sustituido por el diálogo u otros castigos.
Descritores: Punição
Criança Abandonada
Maus-Tratos Infantis
Defesa da Criança e do Adolescente
Criança Acolhida
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO646.1 - Biblioteca


  2 / 1189 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1142952
Autor: Dornelles, Thayane Martins; Macedo, Andréia Barcellos Teixeira; Antoniolli, Liliana; Vega, Edwing Alberto Urrea; Damaceno, Adalvane Nobres; Souza, Sônia Beatriz Cocaro de.
Título: Características da violência contra crianças no município de Porto Alegre: análise das notificações obrigatórias / Características de la violencia contra los niños en la ciudad de Porto Alegre: análisis de las notificaciones obligatorias / Characteristics of violence against children in the city of Porto Alegre: analysis of mandatory notifications
Fonte: Esc. Anna Nery Rev. Enferm;25(2):e20200206, 2021. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo caracterizar a violência notificada contra crianças no município de Porto Alegre. Método estudo retrospectivo, incluindo 5308 casos de violência contra crianças de zero a doze anos registrados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação no município de Porto Alegre. Resultados idade média foi de 5,95 ± 3,86 anos, com predomínio de crianças do sexo feminino (61%). A violência sexual foi a mais notificada (53%). A maioria dos agressores eram do sexo masculino (68%) e 72% dos casos ocorreram no domicílio da vítima. As meninas são mais suscetíveis à violência sexual. Crianças do sexo masculino sofrem mais violência física e negligência. Conclusão e implicações para a prática os resultados demonstram a importância do conhecimento do perfil das violências para intervenção e elaboração de políticas públicas intersetoriais, assim como para a capacitação da equipe multiprofissional para o reconhecimento do problema no momento da assistência e o devido encaminhamento.

RESUMEN Objetivo caracterizar la violencia notificada contra los niños en la ciudad de Porto Alegre. Método estudio retrospectivo, incluyendo 5308 casos de violencia contra niños de cero a doce años registrados en el Sistema de Información de Incidentes Notificables en el municipio de Porto Alegre. Resultados la edad media fue de 5,95 ± 3,86 años, con predominio de niños de sexo femenino (61%). La violencia sexual fue la más notificada (53%). La mayoría de los agresores eran del sexo masculino (68%) y el 72% de los casos ocurrieron en el domicilio de la víctima. Las niñas son más susceptibles a la violencia sexual. Los niños varones sufren más violencia física y negligencia. Conclusión e implicaciones para la práctica los resultados demuestran la importancia de conocer el perfil de la violencia para intervenir y elaborar políticas públicas intersectoriales, así como para disponer la capacitación del equipo multiprofesional a fin de reconocer el problema al momento de prestar la asistencia y la derivación adecuada.

ABSTRACT Objective to characterize violence against children notified in the city of Porto Alegre. Method a retrospective study, including 5,308 cases of violence against children from zero to twelve years of age registered in the Notifiable Diseases Information System in the city of Porto Alegre. Results the mean age was 5.95 ± 3.86 years old, with predominance of female children (61%). Sexual violence was the most reported (53%). Most of the perpetrators were male (68%) and 72% of the cases occurred at the victim's home. Girls are more susceptible to sexual violence. Male children suffer more physical violence and neglect. Conclusion and implications for the practice the results demonstrate the importance of knowing the profile of violence for intervention and for the elaboration of inter-sectoral public policies, as well as for the training of the multi-professional team to recognize the problem at the time of assistance and the proper referral.
Descritores: Maus-Tratos Infantis/estatística & dados numéricos
Notificação de Abuso
-Abuso Sexual na Infância/estatística & dados numéricos
Prevalência
Estudos Transversais
Estudos Retrospectivos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação


  3 / 1189 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890460
Autor: Malta, Deborah Carvalho; Bernal, Regina Tomie Ivata; Teixeira, Barbara de Sá Menezes; Silva, Marta Maria Alves da; Freitas, Maria Imaculada de Fátima.
Título: Fatores associados a violências contra crianças em Serviços Sentinela de Urgência nas capitais brasileiras / Factors associated with violence against children in sentinel urgent and emergency care centers in Brazilian capitals
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;22(9):2889-2898, Set. 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo No estudo descrevem-se as características demográficas, os tipos de violência praticada contra as crianças, os agressores envolvidos, os locais de ocorrência, além de se estimar a associação entre as variáveis. Foram analisados dados do inquérito Vigilância de Violências e Acidentes, em serviços sentinelas de urgência em 2014, com 404 crianças da amostra, utilizando-se a análise de correspondência, que consiste em análise exploratória, visando identificar variáveis associadas ao desfecho violência contra a criança. Essa se mostrou associada com sexo masculino e o tipo de violência mais frequente foi negligência/abandono, seguida da violência física e sexual. Os agressores mais frequentes foram pai/mãe, praticando violência contra crianças de 0 a 1 e 2 a 5 anos, seguidos de agressores conhecidos/amigos que praticaram violência contra crianças de 6 a 9 anos. O local de ocorrência mais frequente foi o domicílio. Na escola, as vítimas foram predominantemente crianças de 6 a 9 anos e, nas vias públicas, os meninos. A negligência foi mais frequente entre 0 a 1 ano e 2 a 5 anos, enquanto a violência física ocorreu entre 6 a 9 anos. Conclui-se que a violência é praticada contra crianças muito vulneráveis, sendo os autores mais frequentes pais e conhecidos.

Abstract This study explored the association between demographic characteristics (age and sex) and other variables related to violence committed against children (form of violence perpetrator, place of occurrence, and nature of injury) using a sample of 404 children taken from the 2014 Violence and Accident Surveillance System (Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes, VIVA) survey. Correspondence analysis was used to identify variables associated with the outcome violence against children. Victims were predominantly male. The most common form of violence was neglect/abandonment, followed by physical violence and sexual violence. The most common perpetrators were parents (ages zero to one and two to five years), followed by friends (ages six to nine years). The most common place of occurrence was the home. Notable levels of violence were observed at school, particularly among children aged between six and nine years. Neglect was most common in the age group zero to one year and two to five years, while physical violence was most common between children aged between six and nine years.
Descritores: Pais
Violência/estatística & dados numéricos
Abuso Sexual na Infância/estatística & dados numéricos
Maus-Tratos Infantis/estatística & dados numéricos
-Brasil/epidemiologia
Estudos Transversais
Fatores Etários
Amigos
Serviços Médicos de Emergência
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 1189 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890442
Autor: Mata, Natália Teixeira; Silveira, Liane Maria Braga da; Deslandes, Suely Ferreira.
Título: Família e negligência: uma análise do conceito de negligência na infância / Family and neglect: an analysis of the concept of child negligence
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;22(9):2881-2888, Set. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo do artigo é problematizar as denominações de negligências direcionadas às famílias no contexto de práticas de cuidados consideradas insuficientes ou inadequadas para crianças e adolescentes. A reflexão é parte de um estudo prévio que analisou como o conceito de negligência é definido e aplicado nas produções acadêmicas nacionais e indicou que grande parte dos seus casos contra crianças é atribuída à esfera familiar. A presente discussão busca considerar as famílias em sua pluralidade. É um estudo qualitativo, desenvolvido numa perspectiva antropológica interpretativa. Os resultados apontam que há rótulos acusatórios e omissões graves em relação às configurações familiares, fatos que reforçam a complexidade de definir uma situação como negligência: as famílias podem reproduzir, praticar ou sofrer negligências.

Abstract The aim of this paper is to specify and investigate the types of negligence practiced on families in the context of healthcare that are considered to be insufficient or inappropriate for children and adolescents. These reflections are part of a previous study that analyzed how the concept of negligence is defined and applied in Brazilian academic studies, and indicated that a large part of the cases of negligence practiced against children is attributed to the sphere of the family. This present discussion seeks to consider families in their plurality. It is a qualitative study made from an interpretative anthropological point of view. The results indicate that there are accusatory labels, and serious omissions in relation to the configurations of families - underlining the complexity of defining a situation as negligence: families can reproduce, practice, or suffer negligence.
Descritores: Projetos de Pesquisa
Maus-Tratos Infantis/estatística & dados numéricos
Características da Família
Relações Familiares
-Brasil/epidemiologia
Limites: Humanos
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 1189 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890495
Autor: Egry, Emiko Yoshikawa; Apostolico, Maíra Rosa; Morais, Teresa Christine Pereira.
Título: Notificação da violência infantil, fluxos de atenção e processo de trabalho dos profissionais da Atenção Primária em Saúde / Reporting child violence, health care flows and work process of primary health care professionals
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(1):83-92, Jan. 2018. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este estudo objetivou analisar os fluxos da rede de proteção à violência contra a criança, no que concerne à notificação e às decisões encaminhadas. Trata-se de pesquisa qualitativa, fundamentada na Teoria da Intervenção Práxica da Enfermagem em Saúde Coletiva - TIPESC, proposta por Egry, que busca a intervenção da Enfermagem através de uma metodologia dinâmica e participativa. Os dados foram coletados por meio de documentos oficiais e entrevistas junto aos profissionais da Atenção Primária à Saúde, realizadas em três unidades de saúde de um município brasileiro e analisadas por meio da Hermenêutica Dialética e do Fluxograma Analisador do Modelo de Atenção de um Serviço de Saúde. Os resultados apontam para dificuldades e fragilidades da rede assistencial para o enfrentamento, a necessidade de ações intersetoriais e de capacitação dos profissionais para o atendimento às situações de violência. Conclui-se que há necessidade de adotar estratégias de ampliação da capacidade de monitoramento e acompanhamento dos casos notificados, de formação qualificada dos trabalhadores e organização da rede de saúde para oferta de serviços assistenciais em quantidade e qualidade, além do aporte de profissionais para o enfrentamento da violência infantil.

Abstract This study aimed to analyze the flows of the network of children's protection against violence regarding reporting and decisions made. This is a qualitative research based on the Theory of Praxis Interpretation of Community Health Nursing - TIPESC, proposed by Egry, which seeks nursing intervention through a dynamic and participative methodology. Data were collected through official documents and interviews with Primary Health Care professionals in three health facilities of a Brazilian city and analyzed through Dialectical Hermeneutics and the Flowchart Analyzing the Care Model of a Health Service. Results point to the difficulties and weaknesses of the care network in addressing issues, the need for intersectoral actions and the training of professionals to deal with situations of violence. In conclusion, strategies must be adopted to increase the capacity of monitoring and follow-up of reported cases, to provide qualified training of workers and organize the health network, with a view to offering a sufficient number of quality care services and to receive contributions from professionals to address violence against children.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/organização & administração
Maus-Tratos Infantis
Pessoal de Saúde/organização & administração
Notificação de Abuso
-Brasil
Entrevistas como Assunto
Assistência à Saúde/organização & administração
Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 1189 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Lima, Maria Luiza Carvalho de
Assis, Simone Gonçalves de
Texto completo
Id: biblio-890513
Autor: Acioli, Raquel Moura Lins; Barreira, Alice Kelly; Lima, Maria Luiza Carvalho de; Lima, Maria Luiza Lopes Timóteo de; Assis, Simone Gonçalves de.
Título: Avaliação dos serviços de acolhimento institucional de crianças e adolescentes no Recife / Evaluation of institutional foster care services for children and adolescents in Recife
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(2):529-542, Fev. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo do estudo foi avaliar a estrutura e o processo dos acolhimentos institucionais para proteção de crianças e adolescentes vítimas de abandono e/ou violência no Recife. Foi aplicado um questionário estruturado aos responsáveis pelos serviços, e então calculadas as frequências das variáveis e estabelecida a seguinte classificação do grau de implantação: crítico, quando a adequação à norma preconizada for inferior a 40%; inadequado, de 40-59%; aceitável, de 60%- 89%; adequado e ótimo, de 90-100%. Para análise qualitativa foram realizadas entrevistas com um gestor do poder judiciário e três do executivo. Das cinco instituições filantrópicas, duas apresentaram estrutura padrão ótimo, duas, aceitáveis, e uma, inadequada. Dentre as instituições públicas, uma municipal foi considerada inadequada e as demais, aceitáveis. Com relação ao processo, uma instituição apresentou padrão ótimo e as outras, aceitáveis. A análise de conteúdo permitiu observar que os maiores entraves para a realização das medidas previstas pelo Estatuto da Criança e de Adolescente decorrem do uso de drogas, distanciamento geográfico da família, falta de integração com outras instituições e rotatividade dos profissionais.

Abstract This study aimed to evaluate the structure and process of institutional foster care services for the protection of children and adolescents who are victims of neglect and/or violence in Recife. A semi-structured questionnaire was applied to those responsible for the services. Variables frequency were calculated and the following implementation level classification system adopted: critical, when compliance was less than 40% of the recommended standards; inadequate, 40-59%; acceptable, 60%-89%; adequate and excellent, 90-100%. The qualitative analysis consisted in interviews with one manager from the Judiciary and three managers from the Executive. Of the five philanthropic institutions investigated, two had an excellent standard structure; two were acceptable and one inadequate. Among public institutions, one was considered inadequate and the others acceptable. Regarding the process, one institution was found to be excellent and the others acceptable. The content analysis identified that the greatest challenges to introduction of the measures envisaged in the Child and Adolescent Statute are drug use, family geographical remoteness, lack of integration with other institutions and staff turnover.
Descritores: Maus-Tratos Infantis/prevenção & controle
Serviços de Saúde da Criança/normas
Serviços de Saúde do Adolescente/normas
Cuidados no Lar de Adoção/estatística & dados numéricos
-Brasil
Serviços de Saúde da Criança/organização & administração
Inquéritos e Questionários
Serviços de Saúde do Adolescente/organização & administração
Cuidados no Lar de Adoção/organização & administração
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 1189 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
César, Carla Patrícia Hernandez Alves Ribeiro
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1102462
Autor: Oliveira, Sonia Cristina Coelho de; César, Carla Patrícia Hernandez Alves Ribeiro.
Título: Resenha: Expressão facial emocional e o processo "Casa pia" / Resenha: Facial emotion expression and the "Casa pia" process
Fonte: Psicol. Estud. (Online);22(4):655-656, out.-dez. 2017.
Idioma: pt.
Descritores: Maus-Tratos Infantis/legislação & jurisprudência
Expressão Facial
-Direito Penal/legislação & jurisprudência
Emoções
Culpa
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  8 / 1189 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-832279
Autor: Magalhães, Poliana Hilário; Moreira, Deborah Pedrosa; Lira, Samira Valentim Gama; Branco, July Grassiely de Oliveira; Tamboril, Bruna Caroline Rodrigues; Vieira, Luiza Jane Eyre de Souza.
Título: Panorama da violência sexual contra crianças e adolescentes em municípios cearenses / Overview of sexual violence against children and adolescents in municipalities in Ceará / Panorama de la violencia sexual contra niños y adolescentes de municipios de Ceará
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;29(3):414-421, jul.-set.2016.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Descrever o panorama da violência sexual contra crianças e adolescentes em municípios do litoral e do sertão do estado do Ceará, Brasil. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo realizado em 2014 com análise de dados secundários do "Disque 100" relacionados aos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes nos municípios do estado do Ceará, Brasil, referentes ao triênio 2011-2013. Resultados: Foram analisados 210 municípios do sertão cearense, dentre eles o município de Acopiara com 18 (10,8%) denúncias, sendo destaque para casos de denúncias por abuso sexual contra crianças e adolescentes. Dentre os municípios litorâneos, Caucaia representa o maior número de denúncias, com 112 (35.07%) casos de abuso sexual. Conclusão: O estudo é uma alerta às autoridades e à comunidade para atentarem aos casos de violência sexual (exploração e abuso) contra crianças e adolescentes que estão ocorrendo nos diversos municípios cearenses, principalmente na região litorânea.

Objective: To describe the overview of sexual violence against children and adolescents in coastal municipalities and backlands in Ceará, Brazil. Methods: This is a descriptive study conducted in 2014 with the analysis of secondary data from the "100 Call Service" related to cases of sexual violence against children and adolescents in the municipalities of the state of Ceará, Brazil, for the triennium 2011-2013. Results: A total of 210 municipalities in the backlands of Ceará were analyzed, including the municipality of Acopiara with 18 (10.8%) cases, which stood out for the number cases of sexual abuse against children and adolescents. Among the coastal municipalities, Caucaia has the highest number of cases, with 112 (35.07%) cases of sexual abuse. Conclusion: The study warns government authorities and the community to draw attention to the cases of sexual violence (exploitation and abuse) that are taking place in several municipalities in Ceará, particularly in the coastal region.

Objetivo: Describir el panorama de la violencia sexual contra niños y adolescentes em municipios de la costa y de la región agreste del estado de Ceará, Brasil. Métodos: Se trata de un estudio descriptivo realizado en 2014 con análisis de datos secundarios de la "Llamada 100" con relación a los casos de violencia sexual contra niños y adolescentes en los municipios del estado de Ceará, Brasil, referentes al trienio 2011-2013. Resultados: Fueron analizados 210 municipios de la región agreste de Ceará. De estos, el municipio que recibió más casos de denuncias de abuso sexual contra niños y adolescentes fue Acopiara con 18 casos (10,8%). De los municipios de la costa, Caucaia presentó el mayor número de denuncias con 112 (35,07%) casos de abuso sexual. Conclusión: El estudio es un alerta para las autoridades y la comunidad para poner atención a los casos de violencia sexual (explotación y abuso) contra niños y adolescentes que ocurren en los diversos municipios de Ceará, principalmente en la región de la costa.
Descritores: Delitos Sexuais
Maus-Tratos Infantis
Defesa da Criança e do Adolescente
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  9 / 1189 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-974779
Autor: Nobre, Caroline Soares; Vieira, Luiza Jane Eyre de Souza; Noronha, Ceci Vilar; Frota, Mirna Albuquerque.
Título: Fatores associados à violência interpessoal entre crianças de escolas públicas de Fortaleza, Ceará, Brasil / Factors associated with interpersonal violence among children from public schools in Fortaleza, Ceará, Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(12):4299-4309, Dec. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A escola presencia o crescimento das manifestações de violências interpessoais entre crianças e, nesta ótica, o artigo analisa a prevalência destas no relacionamento entre escolares e os seus fatores associados. Estudo transversal, com 874 alunos de escolas públicas municipais, de 10 e 11 anos idade, realizado no ano de 2013. Um questionário instrumentou a coleta de dados que foram submetidos à análise bivariada com cálculo de significância estatística entre as associações. Os resultados apontam que a criança agressora (83,2%) associa-se ao sexo masculino (RP = 1,08), bem como apanhar em casa (RP = 1,13) e ter uma família que incentiva o revide (RP = 1,17). A criança vítima (89,5%), a família que incentiva o revide (RP = 1,05) e, a participante de conflitos (93,6%), a família incentivar o revide (RP = 1,05) e a idade. A criança de 10 anos tem até 3,0% mais de chance de participar em situações de conflitos. A "família que incentiva o revide" associa-se as situações de agressão, de vítima e de participação em conflitos, o que enseja uma ressignificação dessas práticas familiares.

Abstract The school has witnessed the growth of manifestations of interpersonal violence among children, and in this perspective, this paper examines the prevalence of interpersonal violence in the relationship between students and the associated factors. This is a cross-sectional study developed with 874 public school students aged 10 and 11 years conducted in 2013. A questionnaire implemented the collection of data that were submitted to bivariate analysis with statistical significance calculation between associations. The results show that the child-perpetrator (83.2%) is associated with the male gender (PR=1.08), as well as being beaten at home (PR=1.13) and having a family that encourages retaliation (PR=1.17). The child-victim (89.5%) is associated with the family that encourages retaliation (PR=1.05), participation in conflicts (93.6%) and age. The 10-year-old child is up to 3.0% more likely to participate in conflicts. The "family that encourages retaliation" is positively associated with the situations of assault, victim condition and participation in conflicts, which entails the reframing of these parental practices.
Descritores: Estudantes/estatística & dados numéricos
Violência/estatística & dados numéricos
Maus-Tratos Infantis/estatística & dados numéricos
Vítimas de Crime/estatística & dados numéricos
-Instituições Acadêmicas
Brasil/epidemiologia
Fatores Sexuais
Prevalência
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Fatores Etários
Relações Familiares
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 1189 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Lima, Maria Luiza Carvalho de
Assis, Simone Gonçalves de
Texto completo
Id: biblio-984210
Autor: Acioli, Raquel Moura Lins; Barreira, Alice Kelly; Lima, Maria Luiza Carvalho de; Assis, Simone Gonçalves de; Lima, Maria Luiza Lopes Timóteo de.
Título: Tempo de acolhimento e características dos adolescentes acolhidos por tipo de serviços institucionais. Recife, Brasil, 2009-2013 / Foster care time and characteristics of adolescents under foster care by type of institutional services. Recife, Brazil, 2009-2013
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(2):553-562, Feb. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo deste estudo foi analisar o tempo de acolhimento e as características dos adolescentes em serviços de acolhimento institucionais na cidade do Recife. Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem quantitativa. A população de estudo consistiu de todos os adolescentes acolhidos na cidade do Recife-PE, no período de 2009-2013. As informações foram obtidas a partir da consulta aos Planos de Atendimento Individualizado, sendo analisados ao todo 1.300. As variáveis foram categorizadas e descritas a partir de frequência absoluta e relativa. Para verificar a associação entre variáveis foi aplicado o teste do qui-quadrado de Pearson, com grau de significância de 0,05. Foram observados três tipos de serviços: para adolescentes, vítimas de violência e abandono; em situação de risco com e sem uso de drogas; e com necessidades especiais. Foi constatada uma predominância de adolescentes do sexo masculino, mais velhos, com menor frequência escolar, maior uso de substância psicotrópica, envolvimento com medidas socioeducativas, ameaça de morte e maior número de entradas e saídas nos serviços. Conclui-se que os diferentes perfis de serviços de acolhimento devem ser tratados e investigados de forma particular por apresentarem distintas dificuldades para criação de políticas públicas eficientes.

Abstract This study aimed to analyze foster care time and characteristics of adolescents in the institutional foster care services in the city of Recife. This is a descriptive study with a quantitative approach. The study population consisted of all adolescents under foster care in the city of Recife-PE, in the period 2009-2013. The information was retrieved by consulting the Individual Assistance Plans (IAP), with 1,300 analyzed plans. Variables were categorized and described from absolute and relative frequency. Pearson's chi-square test was used to verify the association between variables, with a significance level of 0.05. Three types of services were observed: for adolescents who are victims of violence and neglect; at-risk with/without drug use; and with special needs. A predominance of older male adolescents, with lower school attendance, greater use of psychotropic substances, involved with socio-educational measures, suffering death threats and with a higher number of service entries-exits was observed. We can conclude that the different profiles of foster care services should be addressed and investigated in a particular way because they show different difficulties related to the establishment of efficient public policies.
Descritores: Violência/estatística & dados numéricos
Maus-Tratos Infantis/estatística & dados numéricos
Cuidados no Lar de Adoção/estatística & dados numéricos
Criança Acolhida/estatística & dados numéricos
-Política Pública
Fatores de Tempo
Brasil
Fatores Sexuais
Fatores Etários
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 119 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde