Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.240.205 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 414 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 42 ir para página                         

  1 / 414 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-450745
Autor: Oliveira, Beatriz Guitton R. B; Lima, Fernanda Ferreira da Silva.
Título: Perfil sócio demográfico e clínico de clientes portadores de lesões cutâneas / The sociodemographic and clinical profile of clients with cutaneous wounds. A descriptive study
Fonte: Online braz. j. nurs. (Online);6(0), jan. 2007. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do trabalho é traçar o perfil social, demográfico e clínico da clientela portadora de lesões cutâneas (aguda e crônica) que é atendida no ambulatório de um hospital universitário. Trata-se de um estudo prospectivo, descritivo com abordagem quantitativa realizado com pacientes portadores de feridas, atendidos no período de fevereiro a setembro de 2006. Os dados registrados no protocolo I, referem-se à identificação, história clínica, doenças prévias e tipo da lesão. Sendo depois categorizados, tabulados com o auxílio de gráficos e analisados com a literatura. Foram atendidos 38 pacientes em 121 consultas. Os resultados apontam que a população do estudo é majoritariamente do sexo masculino (74%), com idade entre 40 e 59 anos (44,5%), tem primeiro grau incompleto (42%) e residem na cidade de Niterói (49%). Em relação aos aspectos clínicos, os pacientes apresentam Diabetes Mellitus (28%) e lesões cirúrgicas (31%). Quanto à localização 39% das lesões encontra-se nos membros inferiores e tem como causa traumas diversos (37%), levando em média de 4 a 8 meses para cicatrizar. O acompanhamento sistemático do paciente com lesão é fundamental para que se estabeleça não só o tratamento da ferida, mas o controle das doenças de base e prevenção de complicações.

This research aims to outline the social, demographic and clinical profile of clients with cutaneous wounds (active and chronic) who received assistance from the outpatient service of a university hospital. The study is prospective and descriptive, with a quantitative approach, involving patients with wounds admitted between February and September 2006. The data registered in protocol I refer to identification, clinical history, previous illnesses and type of wound. These are sorted into categories with the help of graphs and analyzed in the light of the applicable literature. The study encompassed 38 patients with 121 consultations. The results show that the population of the study is mostly male (74%), aged from 40 to 59 years (44.5%), with incomplete middle (junior high) school (42%) and lives in the city of Niterói (49%). With relation to clinical aspects, the patients present Diabetes Mellitus (28%) and surgical injuries (31%). As to location, 39% of wounds are to lower members caused by diverse traumas (37%) and take between 4 and 8 months to heal on average. The systematic monitoring of wounded patients is fundamental not only to treat the wound but also to control basic illnesses and prevent complications.
Descritores: Censos
Cicatrização
Úlcera Cutânea
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1342.1 - Biblioteca da Escola de Enfermagem BENF


  2 / 414 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1119793
Autor: Dadamia, Roberto.
Título: Asentamientos precarios en la Ciudad Autónoma de Buenos Aires: Apuntes para una revisión de los conceptos de villa, asentamiento y núcleo habitacional transitorio en el marco de la producción estadística / Precarious settlements in Buenos Aires City: Notes for a review of the concepts of villa, settlement and transient housing nucleus in the framework of statistical production.
Fonte: Buenos Aires; GCBA. Dirección General de Estadística y Censos; dic. 2019. a) f: 19 l:33 p. mapas, tab. (Población de Buenos Aires, 16, 28).
Idioma: es.
Resumo: El presente informe documenta las tareas realizadas por la Dirección General de Estadística y Censos del Gobierno de la Ciudad de Buenos Aires (DGEyC-GCBA), en el marco del Programa de Estudios de Pobreza del Instituto Nacional de Estadística y Censos (INDEC), para contribuir a la definición conceptual y operativa de los asentamientos irregulares o precarios (y su tipología) en la Ciudad de Buenos Aires. Las definiciones son el paso necesario que permite identificar estas áreas de la Cuidad, por lo tanto, resultan esenciales tanto para las tareas pre-censales (en perspectiva del próximo Censo de Población, Hogares y Viviendas de 2020) como para la explotación de los datos. En la primera parte se presenta una reseña histórica, en la que se describe el proceso de conformación y evolución de los asentamientos precarios (villas, asentamientos y Núcleos Habitacionales Transitorios) en la Ciudad de Buenos Aires, haciendo eje en los aspectos demográficos y sociopolíticos que lo marcaron, y se presenta una imagen de la situación actual de dichas áreas, detallando los cambios en marcha. En un segundo apartado, se analizan las definiciones vigentes, tanto conceptuales como operativas, utilizadas tanto por la DGEyC, como por organismos públicos del GCBA, y por organismos nacionales, provinciales y la academia. A la vez, se presentan los criterios operativos empleados por la DGEyC en las tareas pre-censales y en el procesamiento de la información del Censo 2010 en las áreas con asentamientos precarios. Finalmente, a partir de la información disponible (con datos del Censo 2010), se analizan los indicadores sociodemográficos que intervienen en las definiciones relevadas con el propósito de encontrar regularidades en cada uno de los tipos de asentamientos precarios analizados. (AU)
Descritores: Pobreza/tendências
Pobreza/estatística & dados numéricos
População Urbana/tendências
População Urbana/estatística & dados numéricos
Indicadores Econômicos
Áreas de Pobreza
Censos
Indicadores Sociais
Habitação/legislação & jurisprudência
Habitação/tendências
Habitação/estatística & dados numéricos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR494.1 - Centro de Documentación en Salud
AR494.1; CEDOS/CD 5


  3 / 414 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1102290
Autor: Caputo, Eduardo L; Vilela, Guilherme da F; Silva, Marcelo C. da; Reichert, Felipe F; Rombaldi, Airton J.
Título: Perfil dos proprietários das academias de ginástica de Pelotas-RS: um estudo censitário / Profile of the gym club owners from Pelotas-RS: a census study
Fonte: Rev. bras. ciênc. mov;28(1):24-32, jan.-mar., 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do estudo foi descrever o perfil dos proprietários de academias de gin ást icas da cidade de Pelotas-RS. Estudo descritivo parte do censo de academias de Pelotas-RSrealizado em 2 01 2. Para mapear as academias de ginástica da zona urbana da cidade, dividiu-se o município em 1 9 setores. Foram encontradas 170 academias e 183 proprietários. Os dados foram coletados através de en t revista estruturada, contendo questões econômicas (renda mensal em reais), sociodemográficas (sexo, cor da pele, idade, escolaridade), comportamentais (hábito de fumo, consumo de álcool, atividade física), labo rais (número de estabelecimentos em que é proprietário, carga horária semanal), e de conhecimento sobre legislação trabalhista (CLT) e conselho fiscalizador (CREF). Foi realizada uma análise descritiva com cálculo de médias e desvios-padrão para as variáveis numéricas e proporções para as variáveis categóricas. Ao todo, 161 proprietários participaram do estudo. Em sua maioria, os proprietários eram do sexo masculino (64,4%), de cor de pele branca (42,8%), pertencentes à faixa etária de 30 a 39 an os (4 2,8%), não fumavam (75,8%) e eram ativos fisicamente (82,0%). Quanto à formação, mais da metade (5 4,0%) era graduado em Educação Física e possuía algum curso de pós-graduação (52,2%). Com relação à experiência de trabalho em academias e conhecimento, 71,6% trabalhavam há mais de cinco ano s n as academias e 41,6% tinham pouco/nenhum conhecimento sobre leis trabalhistas. Concluiu-se que, apesar do tempo de atuação como gestores, é evidente a carência de formação adequada e conhecimento sobre legislação, indicando que os gestores ainda atuavam apenas com o conhecimento empírico adquirido ao longo dos anos...(AU)

The aim of thisstudy was to describe the profile of the gym clubs o wn ers in t he city of Pelotas-RS. This descriptive study is part of the Pelotas-RSgym club census held in 2 0 1 2 . To m ap t he gym clubs in the urban area of the city, the municipality was divided into 19 sectors. We found 1 7 0 gy m clubs and 183 owners. Data were collected through a structured interview, containing questions related t o economics (monthly income in reais), socio-demographic (sex, skin color, age, schoo lin g), beh avio ral (smoking, alcohol consumption, physical activity), labor (establishments in which it owns, weekly working hours), knowledge related to labor legislation (CLT) and supervisory board (CREF). A descriptive analysis was performed with calculation of means and standard deviations for numerical variables and proportions for categorical variables. Overall, 161 owners participated in t he st udy . The majority of the owners were male (64.4%), white skin color (42.8%), 30 to 39 years o ld (4 2.8%), n o n - smokers (75, 8%) and were physically active (82.0%). Regarding professional qualification, m ore th an half (54.0%) were graduated in Physical Education and has done some postgraduate course (52.2%). With regard to work experience in gym clubs and knowledge, 71.6% has worked in gym clubs fo r m o re t han five years and 41.6% had little or no knowledge of labor laws. It was concluded that, despite the tim e o f performance as managers, it is evident the lack of adequate training and knowledge abo ut legislat ion, indicating that the managers still only acted with the empirical knowledge acquired over the years...(AU)
Descritores: Conhecimento
Academias de Ginástica
Capacitação Profissional
Descrição de Cargo
-Trabalho
Censos
Escolaridade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Entrevista
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  4 / 414 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1098839
Autor: Gonçalves, Guilherme Quaresma; Carvalho, José Alberto Magno de; Wong, Laura Lídia Rodríguez; Turra, Cássio Maldonado.
Título: A transição da fecundidade no Brasil ao longo do século XX - uma perspectiva regional / Fertility transition in Brazil across the 20th century - a regional perspective / La transición de la fecundidad en Brasil durante el siglo XX. Una perspectiva regional
Fonte: Rev. bras. estud. popul;36:e0098, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A essência da transição da fecundidade consiste na mudança de um padrão de intensiva reprodução, quando muitas crianças nascem, mas muitas morrem, para uma reversão desse cenário, passando os nascimentos a serem planejados. Grande parte da literatura sobre a transição da fecundidade no Brasil indica que esse processo teria começado na segunda metade da década de 1960, caracterizando a transição brasileira como tardia e rápida. Apesar desse aparente consenso, o objetivo do presente estudo é indicar quando e onde começou a transição da fecundidade no Brasil, reestimando a transição da fecundidade regional do país. Aplica-se a técnica proposta por Frias e Oliveira, nos anos 1990, aos dados dos Censos Demográficos de 1940, 1950 e 1970 a 2010. Os resultados indicam que a transição da fecundidade já vinha em curso, em parte considerável do Brasil, desde o início da década de 1930, mais especificamente no Rio de Janeiro, em São Paulo e no extremo sul do país. Como consequência desse cenário heterogêneo, foram identificadas duas fases da transição da fecundidade. Na primeira, a transição foi lenta, similar ao modelo europeu, sendo precursores as regiões do Rio de Janeiro, São Paulo e o extremo sul. A segunda fase foi muito rápida, em consonância com a transição da fecundidade dos países retardatários no processo.

The essence of fertility transition is the shift from intensive reproduction, when many children are born but few survive, to a new pattern where births are fewer and planned. Some articles discussing fertility transition in Brazil indicate that this process began in the second half of the 1960s, characterizing the Brazilian transition as late and fast. Despite this consensus, the objective of this paper was to identify "when" and "where" fertility transition started in Brazil, reassessing regional fertility transition. We used the method proposed by Frias and Oliveira (1991) applied to Brazilian census data (1940, 1950 and 1970 to 2010) Results indicate that fertility transition had been underway since, at least the 1930s in some of Brazil's most important regions like Rio de Janeiro, São Paulo, and the far South. Because of this complex scenario, we argue that Brazil experienced two phases of fertility transition. The first one would have been long and slow, like the European fertility transition, pioneered by Rio de Janeiro, São Paulo, and the far South, whereas the second one was short and fast, in line with the fertility transition observed in countries where the process began later.

La esencia de la transición de la fecundidad es el cambio de un patrón de reproducción intensiva -cuando nacen muchos niños y pocos sobreviven- a otro en el cual la mayor parte de los nacimientos son planificados. Gran parte de la literatura sobre la transición de la fecundidad en Brasil indica que este proceso comenzó en la segunda mitad de la década del sesenta, lo que la caracateriza como tardía y rápida. A pesar de este aparente consenso, el objetivo de este trabajo es determinar cuándo y dónde comenzó esta transición, identificando este proceso desde el punto de vista regional. Se aplica el método de Frias y Oliveira, originalmente propuesto en 1991, a los datos de fecundidad reciente de los censos demográficos de Brasil de 1940, 1950 y 1970 a 2010. Los resultados indican que la transición de la fecundidad ya estaba en curso, en parte de Brasil, desde principios de la década del treinta en Río de Janeiro, en San Pablo y en el extremo sur del país. Como consecuencia de este escenario heterogéneo, habría dos fases de la transición: la primera, larga y lenta, similar al modelo europeo, cuyos precursores fueron Río de Janeiro, San Pablo y el extremo Sur; la segunda, corta y rápida, como la transición de los países rezagados en el proceso.
Descritores: Reprodução
Brasil
Taxa de Gravidez
Censos
Fertilidade
-Estudos de Coortes
Comportamento Reprodutivo
Nascimento Vivo
Natimorto
Limites: Humanos
Feminino
Criança
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  5 / 414 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1101605
Autor: Gisser, Richard.
Título: The Population Census in Austria / Os censos de população na Áustria / Los censos de población en Austria
Fonte: Rev. bras. estud. popul;37:e0107, 2020.
Idioma: en.
Resumo: Based on the Constitution, the Population Census in Austria is a matter of the central state, serving many political-administrative, planning, research, and other purposes. After its start as a systematic operation in the middle of the 18th century, it developed further by a modern legal basis in 1857 and advances in statistical technology in 1890 (punch cards) and 1971 (machine-readable questionnaires). In the second half of the 20th century, the Population Census became a comprehensive operation, including dwellings, buildings, and workplaces. The communes organized the classical method of on the spot household data collection on behalf of the state. The register-based Census replaced the household collection in 2011. Following a government decision of 2000, which aimed at the sole use of available micro-data, the first steps for creating the necessary administrative and statistical registers took place in conjunction with the last traditional census of 2001. With new provisions for linking the records, the Register Census Act of 2006, and a full test census in the same year, the new methodology was established and evaluated in a short period. The first regular Register Census "took place" with reference date 31 October 2011. It is described in the central part of this communication, featuring the advantages, strengths, and weaknesses, the backbone registers, the "comparison registers," and the redundancy principle, which help to ensure high data quality and the fit of the census into the international framework. Current developments include the annual update of results, changes and improvements in the data sources, and a short outlook on the next census of 2021.

Baseado na Constituição, o Censo Populacional na Áustria é uma questão do governo central e serve a muitos propósitos político-administrativos, de planejamento e pesquisa, entre outros. Após seu início, como uma operação sistemática, em meados do século XVIII, ele foi aperfeiçoado devido a uma nova base legal, em 1857, e aos avanços na tecnologia estatística, em 1890 (cartões perfurados) e 1971 (questionários lidos por máquinas). Na segunda metade do século XX, o censo populacional tornou-se uma operação abrangente, incluindo habitações, domicílios e locais de trabalho. O método clássico de coleta de dados no próprio domicílio, organizado pelos municípios em nome do Estado, foi substituído pelo censo baseado em registros, em 2011. Seguindo uma decisão governamental de 2000, cujo objetivo era o uso exclusivo dos microdados disponíveis, os primeiros passos para a criação dos registros administrativos e estatísticos necessários ocorreu conjuntamente com o último censo tradicional, de 2001. Com novas disposições para parear os registros, a Lei do Censo de Registros de 2006 e um censo- -teste completo no mesmo ano, a nova metodologia foi definida e avaliada em um curto período. O primeiro censo de registro teve como referência 31 de outubro de 2011. Sua descrição, na parte principal deste texto, apresenta as vantagens, os pontos fortes e fracos, os registros mais relevantes ("espinha dorsal"), os registros de comparação e o princípio da redundância, que ajudam a manter a qualidade dos dados e adequação do censo ao arcabouço internacional. Desenvolvimentos atuais incluem atualizações anuais dos resultados, mudanças e melhorias nas fontes de dados. É apresentado, também, um breve panorama do próximo censo, em 2021.

Sobre la base de la Constitución el censo de población es un asunto estatal central en Austria, con arreglo a diversos fines politicoadministrativos, de planificación e investigación, entre otros. Luego de haber comenzado como operación sistemática a mediados del siglo XVIII, se desarrolló luego como sobre bases legales modernas en 1857 y avanzó en tecnología estadística en 1890 (tarjetas perforadas) y en 1971 (cuestionarios legibles por máquinas). En la segunda mitad del siglo XX el censo de población se convirtió en una operación integral que incluyó vivienda, edificios y lugares de trabajo. El método clásico de recolección de datos en el punto en los hogares, organizado por las comunas a expensas del Estado, fue reemplazado por el censo basado en registro de 2011. A consecuencia de una decisión de gobierno del año 2000, que tenía como objetivo el uso exclusivo de los microdatos disponibles, el primer paso para la creación de los registros administrativos y estadísticos necesarios se llevó a cabo junto con el último censo de tipo tradicional de 2001. Con nuevas provisiones para vincular los registros, el Acto de Registro del Censo de 3006 y una prueba completa de censo en el mismo año, la nueva metodología se estableció y evaluó en un período muy corto. El primer censo de registro regular «tuvo lugar¼ con datos de referencia el 31 de octubre de 2011. Es descripto en la parte principal de su comunicación, donde se presentan sus ventajas, fortalezas y debilidades, así como sus registros principales, los registros «de comparación¼ y el principio de redundancia, que ayudan a asegurar datos de alta calidad y el ajuste del censo al marco de referencia internacional. Hoy, los desarrollos incluyen la actualización anual de los resultados, los cambios y mejoras en las fuentes de datos y una breve mirada hacia el nuevo censo de 2021.
Descritores: Áustria
Registros
Coleta de Dados
Censos
Confiabilidade dos Dados
-Trabalho
Características de Residência
Constituição e Estatutos
Metodologia
Limites: Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  6 / 414 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-619842
Autor: Zamora, V.
Título: Censo de talla en escolares del primer grado de la Región San Martín / Height census of first grade school children in the Region of San Martin
Fonte: Rev. peru. epidemiol. (Online);7(1):48-53, jul. 1994. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Se estudiaron 11,289 niños de ambos sexos comprendidos entre los 6 años 0 meses y 9 años 11 meses de edad, que asisten a primer grado de escolaridad, de 373 Centros Educativos Estatales ubicado en 52 distritos y 09 + provincias que conforman la Región de San Martín. Se utilizó la relación Talla/edad para determinar prevalencia de desnutrición crónica. La toma de la información y el análisis se hicieron siguiendo los lineamientos aceptados internacionalmente. La prevalencia de desnutrición crónica alcanza el 41.4% para la Región de San Martín, existiendo provincias tales como Lamas que alcanzan el 51.2%. ++ La diferencia de las tallas encontradas en relación a las de referencia llega a 14.8 cms. para los niños de 9 años. En conclusión podemos decir que el censo de talla en escolares es un instrumento valioso para conocer la magnitud y distribución de la desnutrición crónica en la Región y que a su vez constituye en el mayor problema nutricional del Perú.

11,289 children of both sexes were studied. They were between 6.0-9.11 years old who attend first grade of elementary school of 373 state schools located in the 09+ provinces of San Martin Region. The Height/year ratio was used to determine chronic malnutrition prevalences. The information date and analysis were made following the international accepted guidelines. The prevalence of chronic malnutrition reaches 41.4% for the Region of San Martin but there are Provinces as Lamas where prevalence surpasses 50%++. Height difference found in relation to age reference reaches 14.8 cms. for 9-year old children. In conclusion, we can say that height surveys in scholars is a very important tool that let us know the magnitude and distribution of chronic malnutrition, which in the highest nutritional problem in Peru.
Descritores: Censos
Desnutrição
Estatura
Estatura-Idade
Estudantes
Prevalência
-Peru
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Feminino
Criança
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  7 / 414 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-91335
Autor: Lladó, Miguel.
Título: Gerontología Social: perspectivas del envejecimiento a nivel mundial para el año 2,000 / Social gerontology. Perspectives of the aging around the world for the 2,000 year
Fonte: Diagnóstico (Perú);14(1):19-22, jul. 1984. tab.
Idioma: es.
Descritores: Condições Sociais
Geriatria
Dinâmica Populacional
-Censos
Limites: Humanos
Idoso
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  8 / 414 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-736574
Autor: Jannuzzi, Paulo de Martino.
Título: Indicadores sociais no Brasil: conceitos, fontes de dados e aplicações / Social indicators in Brazil: concepts, sources and applications.
Fonte: Campinas, SP; Alínea; 2006. 141 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Censos
Indicadores Básicos de Saúde
Indicadores Sociais
Indicadores de Desenvolvimento
Política Pública
Qualidade de Vida
-Brasil
Educação
Habitação
Mercado de Trabalho
Pobreza
Renda
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; BR191.1; HA, J263i


  9 / 414 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Carvalho, Maria Teresa Feital de
Texto completo
Id: lil-530890
Autor: Toledo, Fernanda de Abreu; Carvalho, Maria Teresa Feital de; Gamonal, Aloísio.
Título: Pesquisa de fungos como agentes das dermatoses plantares em pacientes do ambulatório de dermatologia do HU-UFJF / Searching for fungal infections in plantar dermatoses in outpatients from the dermatology division of the University Hospital of the Federal University of Juiz de Fora
Fonte: HU rev;32(4):103-107, out.-dez. 2006. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A tinha dos pés é a forma mais comum das dermatofitoses, pode simular outras doenças de pele e tende a se tornar crônica. Apresentamos um estudo das manifestações clínicas, dos agentes etiológicos e da freqüência da tinha dos pés em pacientes do Ambulatório de Dermatologia do HU-UFJF durante o período de agosto de 2005 a junho de 2006. Foram avaliados 59 pacientes com suspeita clínica de tinha dos pés, sendo colhidas amostras de escamas de lesões plantares, a fim de serem submetidas à pesquisa laboratorial mediante exame micológico direto após clareamento com potassa a 20%. A seguir, procedeu-se ao cultivo em meio Sabouroud dextrose com gentamicina e cloranfenicol. Dos 59 pacientes avaliados, a tinha dos pés compreendeu 30 (50,85%) casos. T.rubrum foi o agente etiológico mais freqüente (65,4%). A manifestação clínica mais observada foi a variedade descamativa plantar bilateral (50%). Dentre os diagnósticos diferenciais da tinha dos pés, a psoríase plantar foi a mais freqüente (60%). Constata-se que é de inegável importância o estudo das dermatofitoses que acometem os pés, tendo em vista a numerosa incidência de casos clínicos e seu amplo diagnóstico diferencial.

Tinea pedis, the most common dermatophytosis, may mimic other skin diseases besides tending to chronicity. We studied the clinical manifestations, etiologic agents, and frequency of tinea pedis in outpatients seen at the Dermatology Division of the University Hospital ofthe Federal University of Juiz de Fora, Brazil, from August 2005 to June 2006. 59 patients suspect of having tinea pedis underwent mycologic examination of plantar scales with 20% potassium hydroxide. Samples were cultured in dextrose and gentamicin-added Sabouroud`s medium. Tinea pedis was diagnosed in 30 (50.85%) of the 59 patients examined. T.rubrum was the most frequent agent (65.4%). Bilateral plantar desquamation was the most frequent clinical presentation (50%). Plantar psoriasis was the most frequent differential diagnosis (60%). The great incidence and wide differential diagnosis make tinea pedis an important foot condition.
Descritores: Censos
Dermatoses do Pé
Fungos
-Políticas, Planejamento e Administração em Saúde
Dermatologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  10 / 414 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-440868
Autor: Dourado, Eliana Maria Bottas.
Título: As regiões metropolitanas do Estado de São Paulo / The metropolitan ares at São Paulo State
Fonte: In: São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Planejamento de Saúde. Planejamento de saúde: conhecimento & ações 2006. São Paulo, São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Planejamento de Saúde, 2006. p.117-132, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Censos/história
Epidemiologia/estatística & dados numéricos
Indicadores Básicos de Saúde
Sistemas de Informação
Zonas Metropolitanas/história
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA540, S239p, 2006



página 1 de 42 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde