Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.240.205 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 397 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 40 ir para página                         

  1 / 397 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Carvalho, Maria Teresa Feital de
Texto completo
Id: lil-530890
Autor: Toledo, Fernanda de Abreu; Carvalho, Maria Teresa Feital de; Gamonal, Aloísio.
Título: Pesquisa de fungos como agentes das dermatoses plantares em pacientes do ambulatório de dermatologia do HU-UFJF / Searching for fungal infections in plantar dermatoses in outpatients from the dermatology division of the University Hospital of the Federal University of Juiz de Fora
Fonte: HU rev;32(4):103-107, out.-dez. 2006. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A tinha dos pés é a forma mais comum das dermatofitoses, pode simular outras doenças de pele e tende a se tornar crônica. Apresentamos um estudo das manifestações clínicas, dos agentes etiológicos e da freqüência da tinha dos pés em pacientes do Ambulatório de Dermatologia do HU-UFJF durante o período de agosto de 2005 a junho de 2006. Foram avaliados 59 pacientes com suspeita clínica de tinha dos pés, sendo colhidas amostras de escamas de lesões plantares, a fim de serem submetidas à pesquisa laboratorial mediante exame micológico direto após clareamento com potassa a 20%. A seguir, procedeu-se ao cultivo em meio Sabouroud dextrose com gentamicina e cloranfenicol. Dos 59 pacientes avaliados, a tinha dos pés compreendeu 30 (50,85%) casos. T.rubrum foi o agente etiológico mais freqüente (65,4%). A manifestação clínica mais observada foi a variedade descamativa plantar bilateral (50%). Dentre os diagnósticos diferenciais da tinha dos pés, a psoríase plantar foi a mais freqüente (60%). Constata-se que é de inegável importância o estudo das dermatofitoses que acometem os pés, tendo em vista a numerosa incidência de casos clínicos e seu amplo diagnóstico diferencial.

Tinea pedis, the most common dermatophytosis, may mimic other skin diseases besides tending to chronicity. We studied the clinical manifestations, etiologic agents, and frequency of tinea pedis in outpatients seen at the Dermatology Division of the University Hospital ofthe Federal University of Juiz de Fora, Brazil, from August 2005 to June 2006. 59 patients suspect of having tinea pedis underwent mycologic examination of plantar scales with 20% potassium hydroxide. Samples were cultured in dextrose and gentamicin-added Sabouroud`s medium. Tinea pedis was diagnosed in 30 (50.85%) of the 59 patients examined. T.rubrum was the most frequent agent (65.4%). Bilateral plantar desquamation was the most frequent clinical presentation (50%). Plantar psoriasis was the most frequent differential diagnosis (60%). The great incidence and wide differential diagnosis make tinea pedis an important foot condition.
Descritores: Dermatologia
-Políticas, Planejamento e Administração em Saúde
Censos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  2 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-955467
Autor: Marinho, Gerson L; Caldas, Aline Diniz Rodrigues; Santos, Ricardo Ventura.
Título: Indígenas residentes em domicílios "improvisados" segundo o Censo Demográfico 2010 / Indigenous residents in "improvised" households according to the 2010 Brazilian National Census
Fonte: Physis (Rio J.);27(1):79-102, jan.-mar. 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro.
Resumo: Resumo Os censos nacionais brasileiros empregam uma classificação de domicílios que se baseia nas categorias de "permanente", "improvisado" e "coletivo". Tal categorização é relevante para o campo da saúde, pois informações detalhadas sobre saneamento são coletadas somente para domicílios classificados como "permanentes". Este estudo descreve características sociodemográficas dos indígenas (sexo, idade, alfabetização, rendimento e etnia) que residiam em domicílios "improvisados" segundo o Censo Demográfico de 2010. A ocorrência de indígenas em domicílios "improvisados" (3,3 por mil indígenas) foi o dobro daquela observada para o país como um todo (1,5 por mil pessoas). Comparados aos indígenas em domicílios "permanentes", aqueles em "improvisados" apresentaram menores proporções de pessoas alfabetizadas e menores rendimentos, sobretudo em áreas urbanas e fora de terras indígenas. Guarani Kaiowá e Kaingang residentes fora de terras indígenas apresentaram as mais expressivas ocorrências de residentes em domicílios "improvisados" (82,0 e 90,9 por mil, respectivamente). Argumenta-se que, ao mesmo tempo que a caracterização de uma moradia indígena como "improvisada" pode decorrer de problemas na definição e aplicação das categorias, é possível que, sobretudo no contexto urbano e fora de terras indígenas, os indígenas residentes em domicílios "improvisados" apresentem maior vulnerabilidade socioeconômica.

Abstract Brazilian national censuses classify households according to three categories: "permanent", "improvised", and "collective". This classification scheme is relevant for analysis of health profiles because detailed sanitation data are only collected for the subset of "permanent" households. Based on data from the 2010 Brazilian National Census, in this paper we investigate sociodemographic characteristics (sex, age, literacy, per capita income, and ethnic affiliation) of Indigenous persons residing in households classified as "improvised". The occurrence of indigenous residents in "improvised" households (3.3 per thousand Indigenous individuals) was twice that observed for non Indigenous persons (1.5 per thousand individuals). Indigenous persons residing in "improvised" households presented lower literacy rates and per capita income, especially in urban areas and outside Indigenous reserves. Guarani Kaiowá e Kaingang in urban areas and outside Indigenous reserves had greater proportions of individuals residing in "improvised" households (82.0 and 90.9 per thousand, respectively). While the higher frequencies of Indigenous persons living in "improvised" households may involve problems in defining and applying these categories, it is possible that Indigenous persons living in "improvised" households, especially in urban areas and outside indigenous reservations, are more socioeconomically vulnerable.
Descritores: Brasil
Distribuição Espacial da População
Saneamento
Censos
Saúde de Populações Indígenas
Iniquidade Social
Habitação
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  3 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-46336
Autor: Valnerde, Víctor; Delgado, Hernán L.
Título: Manual de censo transversal de población y vivienda y actualización prospectiva de un censo / Manual of population and housing cross census and prospective update of a census.
Fonte: s.l; Instituto de Nutrición de Centro América y Panamá; jun. 1986. 65 p. tab. (INCAP. Serie de Manuales de Capacitación en Métodos de Investigación de Campo, 5). (INCAP L-40).
Idioma: es.
Símbolo: INCAP L-40.
Descritores: Censos
-Manuais
Guatemala
Habitação
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME
US1.1; PAHO COLL/INCAP; BR1.1/639.00; GT3.1; Esp/INCAP/L-40


  4 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1042236
Autor: Santos, Reinaldo Onofre; Gonçalves, Guilherme Quaresma.
Título: Métodos para estimação da subenumeração do grupo etário de 0 a 4 anos no Censo Demográfico brasileiro de 2000 / Methods for estimation of subenumeration of the 0-4 year old in the 2000 Brazilian Demographic Census / Métodos para la estimación de la subenumeración del grupo cero a cuatro años en el Censo Demográfico Brasileño del año 2000
Fonte: Rev. bras. estud. popul;35(1):e0061, 2018. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste trabalho é discutir a aplicação de técnicas que contribuam para identificar e corrigir a subenumeração censitária para o grupo etário de 0 a 4 anos, utilizando, como população base, aquela enumerada no Censo Demográfico de 2000. Frequentemente, esse grupo possui baixa enumeração, se comparada àquela de faixas etárias da população adulta. Foram aplicadas cinco técnicas para a estimação do grupo de 0 a 4 anos e os resultados indicam que, não obstante o fato de técnicas já comumente usadas oferecerem resultados satisfatórios, formas alternativas têm grande potencial a ser explorado.

Our aim is to apply techniques which contribute to identify and correct the census underenumeration for people aged 0-4 years old, using population enumerated in the 2000 Brazilian census as reference for estimations. Usually, this group has lower enumeration than others, such as adult population. Five techniques were applied to the 0-4 year old group estimation and results indicate that, although usual techniques have offered satisfactory results, alternative forms have great potential to be explored.

El objetivo de este trabajo es la aplicación de técnicas que contribuyen en la identificación y corrección de la subenumeración censal del grupo etario de cero a cuatro años de edad, sobre la base de la población enumerada en el Censo Demográfico de 2000. Frecuentemente, este grupo posee baja enumeración, si se lo compara con la de otros grupos etarios de la población adulta. Para cumplir el objetivo, fueron aplicadas cinco técnicas para la estimación del grupo de cero a cuatro años, y los resultados señalan que, pese a que las técnicas comúnmente usadas ofrecen resultados satisfactorios, algunas formas alternativas también muestran gran potencial a ser explorado.
Descritores: Registro Civil
Demografia
Previsões Demográficas
Censos
Nascimento Vivo
-Estimativas de População
Coeficiente de Natalidade
Tábuas de Vida
Estudos Ecológicos
Taxa de Fecundidade
Limites: Pré-Escolar
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  5 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1042235
Autor: Matos, Paulo Teodoro.
Título: Imaginar, contar e descrever as populações coloniais portuguesas, 1776-1875: notas de uma pesquisa em curso / Envisioning, counting and describing Portuguese colonial populations, 1776-1875: notes from research in progress / Imaginar, contar y describir las poblaciones coloniales portuguesas, 1776-1875: notas de una investigación en curso
Fonte: Rev. bras. estud. popul;34(3):635-648, set.-dez. 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Em finais do século XVIII a Coroa portuguesa implementou um sistema regular de colecta de dados demográficos nos seus domínios ultramarinos. A partir do modelo definido, cada governador deveria enviar anualmente o numeramento da sua jurisdição. O Arquivo Histórico Ultramarino, em Lisboa, conserva mais de um milhar de tabelas estatísticas provenientes desde o Brasil até Macau. Esta documentação abre importantes horizontes para a história demográfica, social e colonial, apesar de relativamente negligenciada por historiadores e demógrafos. A partir destas fontes o projecto estuda a demografia e os processos estatísticos na construção do império português entre 1776 e 1875. Adiante discutimos o contexto desta investigação, com ênfase nas características da informação, variáveis e suas potencialidades, bem como uma agenda de investigação.

By the end of the 18th century, the Portuguese Crown implemented a system for the gathering of demographic data in its overseas domains. In accordance with the model defined, each governor was to send a population count for the area under his jurisdiction annually. At the Arquivo Histórico Ultramarino, in Lisbon, there are over a thousand "population tables" from Brazil to Macao. This documentation significantly broadens horizons for demographic, social and colonial history, despite having been relatively neglected by historians and demographers. These sources allow for the study of demography and statistical processes during the construction of the Portuguese Empire between 1776 and 1875. The context of this research, with an emphasis on the particular characteristics of the

A finales del siglo XVIII la Corona portuguesa puso en marcha un sistema regulado de recolección de datos demográficos en sus territorios ultramarinos. A partir del modelo establecido, cada gobernador debía enviar anualmente la numeración de su jurisdicción. El Archivo Histórico Ultramarino, en Lisboa, conserva más de un millar de tablas estadísticas que provienen de lugares como Brasil o Macao. Esta documentación abre importantes horizontes para la historia demográfica, social y colonial, pese a la escasa atención que han mostrado historiadores y demógrafos por ella. Con base en estas fuentes, el proyecto estudia la demografía y los procesos estadísticos en la construcción del imperio portugués entre 1776 y 1875. Analiza además el contexto de esta investigación, con énfasis en las características de la información, las variables y su potencial, junto con un plan de investigación.
Descritores: Portugal
Características da População
Demografia
Censos
Historiografia
-Brasil
Registros como Assunto
Colonialismo
Mapas
História do Século XVIII
Timor-Leste
Escravidão
Angola
Moçambique
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  6 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1042239
Autor: Carvalho, Caroline; Irffi, Guilherme.
Título: Analysis of secularization in Brazil / Análise da secularização no Brasil / Análisis de la secularización en Brasil
Fonte: Rev. bras. estud. popul;36:e0084, 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: This paper analyzes whether Brazil is experiencing a religious secularization process using data from Brazil Religion Survey conducted in 2007. Models of discrete choice are estimated to understand which individual attributes affect disaffiliation, disbelief and lack of religious practice, therefore confirming or disproving secularism hypotheses. Estimations confirm some hypotheses of the theory, for example, that having liberal opinions concerning moral and social issues is positively associated with secularism, and that lower income levels result in lower chances of disaffiliation. In addition, the profile of non-religious people, non-believers and those who do not practice religion is similar. Therefore, it is possible to affirm that there is secularization in Brazil.

Este trabalho analisa se o Brasil está passando por um processo de secularização, utilizando dados da Pesquisa sobre Religião no Brasil, conduzida em 2007. Modelos de escolha discreta foram estimados para entender quais atributos dos indivíduos afetam a desfiliação, descrença e ausência de prática religiosa, para confirmar ou refutar as hipóteses do secularismo. A estimação confirmou algumas hipóteses da teoria. Por exemplo, ter uma opinião liberal acerca de assuntos morais e sociais está positivamente associado com secularismo, enquanto níveis mais baixos de renda incorrem em menores chances de desfiliação. Além disso, o perfil dos desfiliados, descrentes e não praticantes é semelhante. Portanto, é possível afirmar que existe secularização no Brasil.

Este trabajo analiza si Brasil está pasando por un proceso de secularización, para lo cual utiliza datos de la Investigación sobre Religión en Brasil, desarrollada en 2007. Modelos de elección discreta fueron estimados para entender qué atributos de los individuos afectan la desafiliación, la incredulidad y la ausencia de prácticas religiosas, para confirmar o refutar las hipótesis del secularismo. La estimación confirmó algunas hipótesis de la teoría. Por ejemplo, tener una opinión liberal acerca de asuntos morales y sociales está positivamente asociado con el secularismo, mientras que ingresos más bajos implican menores posibilidades de desafiliación. Además, el perfil de los desafiliados, no creyentes y no practicantes es similar. Por lo tanto, es posible afirmar que existe secularización en Brasil.
Descritores: Urbanização
Brasil
Censos
Secularismo
Religiosos
-Religião
Comportamento Social
Fatores Socioeconômicos
Características da População
Espiritualidade
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  7 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1042241
Autor: Silveira, Leonardo Souza; Tomas, Maria Carolina.
Título: Fluidez racial na Região Metropolitana de Belo Horizonte: características individuais e contexto local na construção da raça / Racial fluidity in the Metropolitan Region of Belo Horizonte: individual characteristics and local context in the construction of race / Fluidez racial en la Región Metropolitana de Belo Horizonte: características individuales y contexto local en la construcción de la raza
Fonte: Rev. bras. estud. popul;36:e0081, 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo discute como variáveis individuais e características do local de moradia influenciam a heteroclassificação e suas diferenças com a autoclassificação racial, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A análise busca compreender a construção social da raça e sua fluidez na sociedade, uma vez que as classificações refletem formas de vivências e interpretações da raça. Os dados utilizados são do BH Area Survey (2005), do Censo Demográfico (2010) e do Atlas do Desenvolvimento Humano (2013), por meio de modelos de regressão logística. Os resultados apontam que a heteroclassificação é influenciada por características individuais e contextuais. Para aqueles que se autoidentificam brancos, a escolaridade, a renda e a distribuição racial local se associam às chances de serem heteroclassificados como brancos, ao passo que para os autoidentificados negros, apenas a escolaridade aumenta as chances de sua heteroclassificação ser branca. Dessa forma, sustenta-se que há fluidez racial na Região Metropolitana de Belo Horizonte, no sentido de que a classificação é influenciada pelas características socioeconômicas e contextuais.

The article discusses how individual variables and neighborhood characteristics influence heteroclassification and its differences with racial self-classification, in the Belo Horizonte Metropolitan Area. The analysis seeks to understand the social construction of race and its fluidity in society, given that different types of classifications reflect distinct experiences and interpretations of race. Data used are from the BH Area Survey (2005), the Brazilian Demographic Census (2010) and the Human Development Atlas (2013), for the analysis we used logistic regression models. Results indicate that hetero-classification is influenced by individual and contextual characteristics. For those who self-identify as white, schooling, income and local racial distribution are associated with opportunities of being hetero-classified as white, whereas for individuals self-identifying as black, only schooling increases the chances of being hetero-classified as white. Thus, we conclude that there is racial fluidity in the Belo Horizonte Metropolitan Area, in the sense that classification is influenced by socioeconomic and contextual characteristics.

El artículo discute cómo variables individuales y características de la vivienda influencian la heteroclasificación y sus diferencias con la autoclasificación racial, en la Región Metropolitana de Belo Horizonte. El análisis busca comprender la construcción social de la raza y su fluidez en la sociedad, ya que las clasificaciones reflejan formas de vivencias e interpretaciones de ella. Los datos utilizados son del BH Area Survey de 2005, del censo demográfico de 2010 y del Atlas del Desarrollo Humano (2013). Para el análisis se usaron modelos de regresión logística. Los resultados apuntan a que la heteroclasificación es influenciada por características individuales y contextuales. Para aquellos que se autoidentifican blancos, la escolaridad, la renta y la distribución racial local se asocian a las posibilidades de ser heteroclasificado como blanco, mientras que para los autoidentificados negros, solo la escolaridad aumenta las posibilidades de su heteroclasificación ser blancos. De esta forma, se sostiene que hay fluidez racial en la Región Metropolitana de Belo Horizonte, en el sentido de que la clasificación es influenciada por las características socioeconómicas y contextuales.
Descritores: Sociedades
Modelos Logísticos
Demografia
Censos
Grupo com Ancestrais do Continente Africano/classificação
-Relações Raciais
Fatores Socioeconômicos
Características da População
Escolaridade
Segregação Social
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  8 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1042242
Autor: Noronha, Claudia Ayer; Vilela, Elaine; Campos, Marden.
Título: "Quem leva a pior?" Nordestinos e bolivianos no mercado de trabalho paulista / Who has it worse? Northeastern and Bolivian workers in the São Paulo job market / ¿Quién se lleva lo peor? Trabajadores nordestinos y bolivianos en el mercado laboral de São Paulo
Fonte: Rev. bras. estud. popul;36:e0082, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo compara os diferenciais de rendimento do trabalho de bolivianos e nordestinos no Estado de São Paulo, com base nos dados do Censo Demográfico de 2010. A estratégia de comparar migrantes internos com os internacionais é uma forma de tentar entender como operam os mecanismos de seletividade, adaptação e discriminação por origem. Foram utilizados modelos estatísticos para controlar as análises e saber se bolivianos e nordestinos com características as mais próximas possíveis em termos de variáveis censitárias apresentariam um diferencial de salário, deixando apenas o local de nascimento como variável discriminante. Verificamos, a partir da decomposição dos diferenciais de salário, que os atributos produtivos desses imigrantes são valorizados de maneira diferente. As análises demonstram que os bolivianos "levam a melhor" quando comparados com nordestinos, que se encontram em uma situação pior dada a menor valorização de seus atributos individuais.

The article compares income differentials of Bolivian and Northeastern workers in the State of São Paulo based on data from the 2010 Demographic Census. The strategy of comparing internal and international migrants is a way of trying to understand how mechanisms of selectivity, adaptation and discrimination by origin operate. Statistical models were used to control the analyses and to know if Bolivians and Northeastern people with characteristics as similar as possible in terms of census variables, would present a salary differential, leaving the place of birth as the only discriminant variable. From the decomposition of wage differentials, we verify that the productive attributes of these immigrants are valued differently. The analysis shows that Bolivians "do better" when compared to Northeasterners, who find themselves in a worse situation, given the lower valuation of their individual attributes.

El artículo compara los diferenciales de ingresos de los trabajadores bolivianos y del Noreste en el Estado de São Paulo según los datos del censo demográfico de 2010. La estrategia de comparación de migrantes internos e internacionales es una forma de tratar de comprender cómo funcionan los mecanismos de selectividad, adaptación y discriminación por origen. Se utilizaron modelos estadísticos para controlar los análisis y para saber si los bolivianos y las personas del Noreste con características lo más cercanas posibles en términos de variables censales presentarían un diferencial salarial, dejando solo el lugar de nacimiento como una variable discriminante. Desde la descomposición de los diferenciales salariales, verificamos que los atributos productivos de estos inmigrantes se valoran de manera diferente. El análisis muestra que los bolivianos «mejoran¼ en comparación con los del Noreste, que se encuentran en peor situación dada la menor valoración de sus atributos individuales.
Descritores: Demografia
Censos
Emigração e Imigração
Mercado de Trabalho
Discriminação Social
-Salários e Benefícios
Fatores Socioeconômicos
Migrantes
Dinâmica Populacional
Migração Humana
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  9 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1042240
Autor: Guedes, Graciele Pereira; Monçores, Elisa.
Título: Empregadas domésticas e cuidadoras profissionais: compartilhando as fronteiras da precariedade / Domestic and professional care workers: sharing the borders of precariousness / Empleadas domésticas y cuidadoras profesionales: compartiendo las fronteras de la precariedad
Fonte: Rev. bras. estud. popul;36:e0083, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Há considerável fluidez na fronteira entre a atuação das empregadas domésticas e as atribuições exercidas pelas cuidadoras profissionais. Mas o quão distintas são estas categorias ocupacionais em relação ao seu perfil socioeconômico? Ao longo deste artigo, com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), buscamos responder se, durante o período 2002-2015, esses dois grupos apresentaram maiores aproximações ou inflexões em suas características. A partir de cinco dimensões analíticas - características individuais, condições de trabalho, grau de proteção trabalhista e social, situação domiciliar e isolamento/pertencimento -, as estatísticas apresentadas neste trabalho sugerem uma aproximação ao longo dos anos entre o perfil das trabalhadoras domésticas e o das profissionais de cuidado. Essa afirmação é válida para praticamente todos os indicadores analisados. Ambas as ocupações são marcadas pela precariedade no trabalho: combinam baixo nível de remuneração e de proteção social com alta carga horária de trabalho remunerado, somada a extensas jornadas não remuneradas. Ademais, ambas atividades são majoritariamente exercidas por mulheres pretas e pardas. Singularmente, a escolaridade é a única característica socioeconômica que de fato diferencia os dois grupos, consideravelmente mais alta para as cuidadoras.

There is considerable fluidity in the border between the professional activity of domestic workers and the assignment performed by care workers. But how different are these occupational categories in relation to their socioeconomic profile? Throughout this article, based on data from the Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), we sought to answer whether during the period 2002-2015 these two groups presented greater approximations or inflections in their characteristics. Based on five analytical dimensions - namely, individual characteristics, working conditions, degree of social and labor protection, household situation, and isolation / belonging - the statistics presented in this paper suggest an approximation over the years between the profile of domestic workers and care professionals. This assertion is valid for practically all indicators analyzed. Both occupations are marked by precariousness at work: they combine low remuneration and social protection levels with many hours of paid work, coupled with long unpaid hours. In addition, they are mostly exercised by black women. Uniquely, schooling is the only socioeconomic characteristic which in fact differentiates the two groups, considerably higher for care workers.

Hay una considerable fluidez en la frontera entre la actuación de las empleadas domésticas y las atribuciones ejercidas por las cuidadoras profesionales. Pero ¿cuán distintas son estas categorías de ocupación en lo que refiere a su perfil socioeconómico? Al largo de este artículo, basado en los datos de la Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), buscamos a responder si durante el período 2002-2015 estos dos grupos presentaron mayores aproximaciones o inflexiones en sus características. Desde cinco dimensiones de análisis; características individuales, condiciones de trabajo, grado de protección laboral y social, situación del domicilio y aislamiento/pertenencia— las estadísticas presentadas en este trabajo sugieren una aproximación a lo largo de los años entre el perfil de las trabajadoras domésticas y el de las trabajadoras de cuidados. Esto es válido para prácticamente todos los indicadores investigados. Las dos ocupaciones son marcadas por la precariedad en el trabajo: combinan bajo nivel de remuneración y protección social, a lo que se suman extensas jornadas no remuneradas. Además, son mayoritariamente ejercidas por mujeres negras (pretas) y mestizas (pardas). Específicamente, la escolaridad es la única característica socioeconómica que, de hecho, diferencia a los dos grupos, considerablemente más alta para el grupo de las cuidadoras.
Descritores: Mulheres Trabalhadoras
Jornada de Trabalho
Legislação Trabalhista
Cuidadores
Mercado de Trabalho
Serviços Domésticos
-Relações Trabalhistas
Riscos Ocupacionais
Dinâmica Populacional
Censos
Escolaridade
Descrição de Cargo
Categorias de Trabalhadores
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  10 / 397 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1042244
Autor: Miranda-Ribeiro, Adriana; Garcia, Ricardo Alexandrino; Faria, Tereza Cristina de Azevedo Bernardes.
Título: Baixa fecundidade e adiamento do primeiro filho no Brasil / Low fertility and postponement of first birth in Brazil / Baja fecundidad y aplazamiento del primer hijo en Brasil
Fonte: Rev. bras. estud. popul;36:e0080, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O Brasil vem passando por um processo de adiamento dos nascimentos, o que tem contribuído para que a fecundidade observada seja reduzida pela ação do efeito tempo. Nesse contexto, o primeiro nascimento assume importância, na medida em que o momento da sua ocorrência está relacionado ao dos nascimentos subsequentes e ao potencial de recuperação dos nascimentos adiados. O objetivo deste trabalho é analisar o comportamento dos nascimentos de primeira ordem no Brasil, levando-se em conta a heterogeneidade regional. Buscam-se elementos que possam enriquecer o debate acerca do futuro da fecundidade no país. São utilizados os dados dos Censos Demográficos e as histórias de nascimentos reconstruídas a partir destes, para o período de 1980 a 2010. Os resultados mostram a persistência dos diferenciais regionais e indicam um cenário de adiamento do primeiro filho no Brasil e de aumento da proporção de mulheres que terminam o período reprodutivo sem filhos. Caso os diferenciais regionais se reduzam, a tendência é de acirramento do adiamento e queda adicional dos níveis de fecundidade.

Brazil is undergoing a process of birth postponement, which has contributed to the reduction of observed fertility. In this context, first births are crucial, insofar as the moment of their occurrence is related to subsequent births and to postponed births' recovery potential. The objective of this paper is to analyze first-order births, taking into account Brazilian regional heterogeneity. We intend to enrich the debate about the future of fertility in Brazil. Data come from the 1980, 1991, 2000 and 2010 Demographic Censuses and the birth stories reconstructed from them, for the 1980 to 2010 period. Results show the persistence of regional differentials and point to (i) a scenario of postponement of first child in Brazil; and (ii) an increase in the proportion of childless women. If regional differences are reduced, postponement tends to increase and fertility levels tend to decrease further.

Brasil pasa por un proceso de aplazamiento de los nacimientos que ha contribuido a que la fecundidad se vea reducida por la acción del efecto tiempo. En ese contexto, el primer nacimiento adquiere importancia, en la medida en que el momento de su ocurrencia está relacionado con el potencial de recuperación de los nacimientos pospuestos. El objetivo de este trabajo es analizar el comportamiento de los nacimientos de primer orden, teniendo en cuenta la heterogeneidad regional. Se buscan elementos que puedan enriquecer el debate sobre el futuro de la fecundidad en Brasil. Se utilizan los datos de los censos demográficos de 1980, 1991, 2000 y 2010 y las historias de nacimientos reconstruidas a partir de los censos para el período 1980-2010. Los resultados muestran la persistencia de las diferencias regionales y apuntan a un escenario de aplazamiento del primer hijo y de aumento de la proporción de mujeres que terminan el período reproductivo sin hijos. Si las diferencias regionales se reducen, la tendencia es de acentuación del aplazamiento y de caída adicional de los niveles de fecundidad.
Descritores: Mulheres
Brasil
Demografia
Censos
Fertilidade
-Família
Criança
Base de Dados
Parto
Direitos Sexuais e Reprodutivos
Nascimento Vivo
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública



página 1 de 40 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde