Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.240.600 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1769 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 177 ir para página                         

  1 / 1769 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-1094078
Autor: Sánchez Barrera, Odalys; Martínez Abreu, Judit; Florit Serrate, Pastor Castel; Gispert Abreu, Estela de los Ángeles; Vila Viera, Marta.
Título: Envejecimiento poblacional: algunas valoraciones desde la antropología / Population ageing: some considerations from the field of the Antrhopoly
Fonte: Rev. medica electron;41(3):708-724, mayo.-jun. 2019.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN El fenómeno del envejecimiento es un tema necesario a tratar y discutir por investigadores, académicos, estudiantes y profesionales de amplios sectores sociales con incidencia, además, en el tratamiento a dar a los retos y desafíos que representa. Los cambios en el proceso de envejecer y las creencias, mitos, prejuicios, políticas y percepciones referidas al tema plantean la necesidad de profundizar desde la antropología las valoraciones o criterios que se manifiestan al respecto. Se realizó un análisis documental histórico-lógico a partir de la revisión bibliográfica de la literatura nacional e internacional, en las bases de datos SciELO, Pubmed, Cumed. Se propuso algunas consideraciones a modo de conclusión: los cambios demográficos obligan a los estados a mirar de forma objetiva los impactos que representan en sus sociedades al generar grandes necesidades y transformaciones; mayor participación del estado en la provisión de apoyo formal al adulto mayor; es necesario el fortalecimiento de la capacidad familiar para el manejo de los impactos del envejecimiento; promover el envejecimiento sano y la medicina preventiva; es esencial valorar el envejecimiento desde la antropología para poder entender con amplia visión social, económica, sociológica, biomédica, cultural y política, la atención que demandan las personas al envejecer.

ABSTRACT The phenomena of ageing is a theme to manage and to discuss by researchers, academics, students and professionals from wide social sectors with incidence, also in the treatment to apply to the challenges it represents. The changes taking place during the ageing process, and the beliefs, myths, prejudices, politics and perceptions referred to the theme, pose the necessity of getting deep in the given valuation and criteria from the anthropological point of view. A logical, historic documental analysis was carried out on the results of a bibliographic review of the national and international literature in SciELO, Pubmed and Cumed database. The most updated literature and some other not too updated but very necessary to dealt with the theme was chosen, arriving to a total of 31 bibliographic references. As a conclusion, the authors gave some considerations: demographic changes force the government to objectively focus on their impacts on the societies by generating great necessities and transformations; more participation of the government in providing formal support to elder people; it is necessary to strengthen family capability to manage the impacts of ageing; to promote healthy ageing and preventive medicine; it is essential to assess ageing from an anthropological point of view to understand with a wide social, economic, sociological, biomedical, cultural and political perspective the attention required by people at older age.
Descritores: Planos e Programas de Saúde
Análise Socioeconômica
Dinâmica Populacional/estatística & dados numéricos
Demografia
Serviços de Planejamento Familiar
Determinantes Sociais da Saúde
Serviços de Saúde para Idosos
Antropologia
-Direitos da Mulher
Mortalidade Infantil
Expectativa de Vida
Crescimento Demográfico
Distribuição por Idade
Escolaridade
Taxa de Fecundidade
Limites: Humanos
Adulto
Tipo de Publ: Revisão
Artigo Histórico
Responsável: CU424.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas


  2 / 1769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889902
Autor: Casella-Fernández, Alfredo; Limas-Haro, Daniela; Lucchetti, Aldo.
Título: Letter to the Editors regarding the paper: Sociodemographic Characteristics of Indigenous Population According to the 2000 and 2010 Brazilian Demographic Censuses: A Comparative Approach / Carta a las Editoras sobre el artículo: Características Sociodemográficas de Indígenas en los Censos Brasileños de 2000 y 2010: Un Enfoque Comparativo / Carta às Editoras sobre o artigo: Características Sociodemográficas de Indígenas nos Censos Brasileiros de 2000 e 2010: Uma Abordagem Comparativa
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);34(3):e00199317, 2018. tab.
Idioma: en.
Descritores: Censos
Grupos Populacionais
-População Urbana
Brasil
Dinâmica Populacional
Demografia
Coleta de Dados
Países em Desenvolvimento
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 1769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1095841
Autor: Oliveira, Simone de Freitas Duarte.
Título: Declínio cognitivo, funcionalidade e arranjos domiciliares entre os idosos do município de São Paulo / Cognitive decline, functionality, and home living among senior citizens in São Paulo County.
Fonte: São Paulo; s.n; 2006. 91 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo - USP para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O envelhecimento populacional no Brasil é um fenômeno que ocorre rapidamente, alterando o perfil de morbi-mortalidade da população, com conseqüente aumento das doenças crônicas não transmissíveis. Dentre essas doenças estão inseridas as demências, que produzem grande impacto para os indivíduos acometidos, tanto no que diz respeito à funcionalidade e manutenção da independência, como também a necessidade, muitas vezes, do auxílio de um cuidador para o desempenho das tarefas do cotidiano, afetadas pelo declínio cognitivo. Para conhecer as demandas de saúde que poderão emergir da população que se tornou rapidamente idosa, a Organização Pan-Americana de Saúde, desenvolveu em 2000, um estudo multicêntrico denominado Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento na América Latina e Caribe (SABE), realizado em sete países, entre eles o Brasil, sendo desenvolvido na área urbana do Município de São Paulo, com 2.143 idosos com 60 anos ou mais, divididos em duas partes: uma probabilística e uma intencional. Em todos os países envolvidos foi aplicado um instrumento único, padronizado, composto por onze seções. Para o estudo presente, a composição da amostra foi de idosos que, na avaliação do estado cognitivo, obtiveram uma pontuação de 12 ou menos no MEEM (Mini Exame do Estado Mental) e 6 ou mais no Questionário de Pfeffer para Atividades Funcionais (QPAF). O MEEM é um instrumento utilizado para avaliação das funções cognitivas e para o SABE utilizou-se uma versão modificada e validadado MEEM desenvolvido por Folstein. A combinação desses dois instrumentos indica uma maior especificidade para a medida de declínio cognitivo mais grave, sugerindo a presença de demência ou outros transtornos associados. Os objetivos desse estudo foram: traçar o perfil sócio-demográfico e as condições de saúde desses idosos com declínio cognitivo, bem como conhecer as reais necessidades de ajuda e a ajuda recebida pela rede de apoio, segundo arranjos domiciliares e rede de suporte social. As variáveis foram agrupadas em blocos temáticos de interesse: informações pessoais, condições de saúde, avaliação funcional, medicações utilizadas e suporte social. Os resultados se mostraram equiparados com a literatura, principalmente no que diz respeito às características sócio-demográficas, com maior número de mulheres, em faixas etárias mais velhas e com menor nível de escolaridade. Esses idosos também são mais acometidos de comorbidades, sendo que mais que a metade deles sofre de hipertensão arterial, possuem maior perda funcional, principalmente em relação às atividades instrumentais de vida diária, 30,8% sofrem de incontinência urinária e 13,0% de fecal, 37,2% deles apresentaram queda nos últimos 12 meses e 22,6% moram sós, sendo que a ajuda oferecida, pela maioria dos arranjos domiciliares chega muitas vezes em 100,0%, ficando também quase em sua totalidade, a responsabilidade e o oferecimento de ajuda pela família.

The Brazilian aging population is a phenomenon that occurs rapidly, changing the population morbid-mortality profile, consequently increasing the chronic non-transmissible diseases. Among these diseases there are dementias that produce a great impact to the attacked individuals, in their functionality as well as in the being able to be independent, often times needing extra caregiver for daily living, affected by cognitive decline. To understand the health demands that may emerge from the population that became rapidly aged, the Pan-American Health Organization, developed in 2000, a multi center study, named Well Being and Aging in Latin America and Caribbean (SABE), comprising of 7 countries, including Brazil, with 2,143 aged people 60 years and older in the urban area of the Sao Paulo county, divided in two parts: one probabilistic and one intentional. In all studied countries it was used only one instrument, standardized, consisting of eleven sections. For this present study, the sample composition was of aged people that presented 12 or less points in the Mini Mental State Test (MEEM) of the cognitive test and 6 points or more in the Pfeffer Examination for the Functional Activities (QPAF). The MEEM is an instrument used to evaluate the cognitive functions and to the SABE test, it was used a modified and validated version of the MEEM developed by Folstein. The combination of these two instruments shows a higher specificity to measure the worst cognitive decline,suggesting the presence of dementia and other associated problems. The objectives of this study were: to trace the socio-demographic profile and the health conditions of these aged people with cognitive decline, as well as to learn the real need for help and aid provided by the support group, as per the home arrangements and the web of social support. The variables were grouped in interest theme blocks: personal information, health conditions, functional evaluation, used medication, and social support. The results were demonstrated to be comparable with the literature, mainly related to the socio-demographic characteristics, with a larger number of women, in older age levels and lesser levels of schooling. These aged people are more susceptible of comorbidities, more than half of them have high blood pressure, and greater functional, mostly related to the loss of instrumental activities of the daily life, 30.8% suffer with urinary incontinence and 13.0% of fecal, 37.2% of them have fallen in the last 12 months, and 22.6% live alone, and the offered home support comes to 100%, coming to be the responsibility almost totally dependent of the family support.
Descritores: Dinâmica Populacional
Nível de Saúde
Cognição
Limites: Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  4 / 1769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Costa Rica
Texto completo
Texto completo
Id: lil-729697
Autor: Sequeira Arce, María Paola.
Título: Una mirada hacia la búsqueda del bienestar de la persona adulta mayor / A look toward seeking the welfare of elderly people
Fonte: Rev. costarric. salud pública;23(1):5-7, ene.-jun. 2014.
Idioma: es.
Descritores: Idoso
Envelhecimento
Dinâmica Populacional
Nível de Saúde
Costa Rica
Planejamento em Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: CR1.1 - BINASSS - Biblioteca Nacional de Salud y Seguridad Social


  5 / 1769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1095223
Autor: Francisco, Célia Maria.
Título: Estudo dos fatores preditores de envelhecimento sem incapacidade funcional entre os idosos em velhice avançada no município de São Paulo / Predict factors´ study for aging without disability among very old people in Sao Paulo city.
Fonte: São Paulo; s.n; 2006. 74 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo - USP para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O envelhecimento é um fenômeno mundial, resultado da diminuição progressiva das taxas de fecundidade e mortalidade e do aumento da expectativa de vida. O grupo de idosos, no Brasil e em países em desenvolvimento, segundo a OMS, é constituído por pessoas a partir dos 60 anos. Dentre desse grupo, a população que mais rapidamente cresce são os denominados idosos em velhice avançada (80 anos e mais) cujas demandas específicas ainda são desconhecidas em nosso meio. O envelhecimento pode ser acompanhado por um declínio funcional progressivo que pode estar associado a quadros de dependência responsáveis por demandas assistenciais específicas. A dependência em si constitui o maior temor dos idosos. Assim, conhecer os fatores preditores do alcance das idades mais longevas com independência funcional torna-se primordial e constitui o objetivo desse estudo que é parte do Estudo SABE - Saúde Bem-estar e Envelhecimento na América Latina e Caribe. Esse estudo, realizado no ano 2000, foi coordenado pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e desenvolvido simultaneamente em sete países da dessa região com o objetivo de traçar as condições de vida e saúde dos idosos aí residentes. No Brasil, foi desenvolvido na zona urbana do Município de São Paulo com uma amostra de 2.143 idosos representativa da população residente na região no período. Para o desenvolvimento desse estudo, foi utilizada a parcela dos idosos com 80 anos e mais que foi subdividida segundo seu estadofuncional. Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória. Do total dos idosos em velhice avançada, 9,9% eram funcionalmente independentes nas atividades de vida diária, básicas e instrumentais. Desses 66,4% eram mulheres, 33,6% eram homens, 75% eram nascidos no Brasil, 25,6% eram analfabetos e 63,1% estudaram entre 1e 6 anos, 10,1% ainda trabalhavam. Quanto ao estado marital, 71,1% eram viúvos e 26,5 % eram ) casados; 53,6% viviam sozinhos e a maioria (68,6%) tiveram pais que faleceram com 80 anos ou mais. Com relação a renda 38% se enquadravam no primeiro quintil, no entanto, 44,1% referiram que a renda era suficiente. Quanto aos hábitos de vida, 43,2% praticavam atividade física, 41,6% praticavam atividades de lazer, 70,4% nunca beberam e 68,9% nunca fumaram. Em relação às condições de vida e saúde na infância, 47,7% referiram que saúde e 35,2% boas condições econômicas. Quanto ao estado de saúde atual, 63,5% referiram ter saúde excelente, 43,5% referiram a presença de HAS, 34,7% de DPOC e de 7,3% DM e 95,1% apresentavam capacidade cognitiva preservada. Quanto a assistência à saúde, 81,2% referiam ter procurado por assistência médica nos doze meses anteriores à entrevista sendo que 83,8% referiram uma ou duas consultas. Quanto a história laboral 50,2% trabalharam como empregados e 37,3% como autônomos. Entre as mulheres 50% referiram ter trabalhado porque gostavam e 85% dos homens porque necessitavam. 97,5% deles sentiram-se capacitados para realizar os testes deflexibilidade e mobilidade. Essa variáveis foram submetidas à analise multivariada através da Regressão Logística, utilizando-se um nível de significância (µ = 0,05). As variáveis foram agrupadas em blocos temáticos de interesse, sendo submetidas à analise univariada, mostrando-se significantes diabetes referida, companhia e atividade física. Essas variáveis foram agrupadas e submetidas à análise múltipla de forma a constituir o modelo do estudo. Os testes estatísticos mostraram que a presença da diabetes diminui por um fator de 0.14 vezes o odds para não ter dificuldades nas ABVDs e/ou AIVDS. Viver acompanhado diminui esse risco por um fator de 0.15. Não praticar atividade física diminui os odds para não ter dificuldade de 0.13 vezes. Apesar dos idosos conseguirem chegar na velhice avançada sem ) incapacidades, o estudo mostrou que poucos são fatores que possam influenciar neste processo. Pode ser porque estes fatores já tenham feito diferença entre os idosos mais “jovens”, mas com a idade avançada, os “muito velhos” tendem a igualar estas diferenças.

Aging is a world phenomenon and it is a result of the progressive decrease of the fecundity and mortality rates and of the increase of life expectation. The elderly group, in Brazil, is composed by people since 60 years. Inside this group, the population which grows very fast is called very old people (80 years and more) whose specific demand are yet unknown. Aging is normally associated with progressive functional decrease which creates attendance demands and a lot of dependent scene, the great fear of this population. So, to know the factors associated with functional independence become primordial and compose the aim of this study. In this context, predict factors are considered important for the elaboration of preventive acts that alter disability events, responsible for dependence. Aiming to clarify the health load that may come up from a population that has grown old too fast, the Pan-American Health Organization developed a multi central study called SABE, involving seven countries of Latin America and the Caribbean. In Brazil, it was developed at an urban area of Sao Paulo city in 2000 with a total final sample of 2.143 elderly people representing the population who live in this region in this period. The elderly with 80 years and more, were used to develop this study. This is a descriptive and exploratory research. Of the total of the elderly in advanced old age, 9,9% were functionally independents in the activities of daily living. Of these 66.4% werewomen, 33.6% were men, 75% were born in Brazil, 25.6% never went to school, 10.1% have already worked. Concerning the marital condition 71.1% were widow and 26.5 % were marriage; 53.6% were living alone and the most of them (68.6%) have had parents who died with 80 years or more. Concerning the income 38% were in the first quintile, meanwhile, 44.1% had reported that the income was sufficient. Concerning the life habits, 43.2% had practiced physical activity, 41.6% had practice leisure activities, 70.4% had never drunken and 68,9% had never smoked. In relation to life conditions in childhood 47.7% had reported that they had good health and 35.2% good economical conditions. Concerning the health condition current, 63.5% had reported to have excellent health, 43.5% had reported the presence of hypertension, 34.7% chronicle pulmonary disease and 7.3% diabetes. 95.1% had shown preserved cognitive ability. These variables were submitted to the multivariety analysis through Logistical Regression, using a significance level (µ = 0,05). The variables were gather in thematic blocks of interested, being submitted to the univariety analysis, showing itself meaning diabetes reported, fellowship and physical activity. Regarding to the predict factors for aging without disability, data was submitted to multivaried analysis through Logistic Regression, using a significance level of 5% (a=0.05). These variables were grouped and submitted to multiple analyses in orderto constitute the model of the study. The statistical analysis have shown that the presence of diabetes decreases by a factor of 0.14 times the odds for do not have the difficulties in the ADL. To live with company decreases this risk by a factor of 0.15. The odds decrease if there is not the practice of physical activity. The study shows that factors are few and these can influence in this process. This can happen because these factors have already been difference among the “younger” elderly, but among the very old people, the “older” tends to equalize these differences.
Descritores: Idoso
Dinâmica Populacional
Limites: Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  6 / 1769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-2717
Autor: Galvão, Raphael Reis Silva; Soares, Daniela Arruda.
Título: Prevalência de hipertensão arterial e fatores associados em adultos: uma revisão na literatura brasileira / Prevalence of hypertension and associated factors in adults: a review of brazilian literature
Fonte: Rev. APS;19(1):139-149, jan. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo descrever a prevalência de hipertensão arterial e os fatores associados em adultos brasileiros. Os dados foram obtidos por meio de revisão sistemática de literatura nas bases de dados Scielo, Lilacs, Medline, Paho, Wholis, Bdenf, CidSaúde, MedCaribe, através dos descritores: "hipertensão", "prevalência" e "fatores de risco". Os critérios de inclusão foram: estudos transversais observacionais, quantitativos, publicados no Brasil, no período de 2005 a 2012, totalizando 10 artigos selecionados. Os resultados evidenciaram que a maior prevalência de hipertensão encontrada foi 47%. Os fatores de risco encontrados foram sócio-demográficos, comportamentais, seguidos das morbidades, alterações bioquímicas e antropométricas. Essa revisão demonstrou grande variabilidade na prevalência de hipertensão e, os fatores associados encontrados apresentam-se consistentemente apontados em outras pesquisas. Outros estudos poderão auxiliar na identificação do diagnóstico, tratamento e controle da hipertensão consoante com as características das diversas regiões do país e mapear os fatores de risco intervenientes nessa morbidade.

This study aimed to describe the prevalence of hypertension and associated risk factors in Brazilian adults. Data were obtained through a systematic literature review in the SciELO, Lilacs, Medline, PAHO, WHOLIS, Bdenf, CidSaúde, and MedCaribe databases, using the descriptors: "hypertension", "prevalence", and "risk factors." Inclusion criteria were: observational crosssectional studies, quantitative, published in Brazil between 2005 and 2012. A total of 10 articles were selected. The results showed that the highest prevalence of hypertension found was 47%. The risk factors found were sociodemographic, behavioral, followed by morbidity, anthropometric and biochemical changes. This review revealed great variability in the prevalence of hypertension and associated factors found to have been consistently pointed out in other studies. Additional studies can help in identifying the diagnosis, treatment, and control of hypertension according to the characteristics of the various regions of the country, and map the risk factors involved in this morbidity.
Descritores: Prevalência
Hipertensão
-Dinâmica Populacional
Fatores de Risco
Hipertensão/tratamento farmacológico
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  7 / 1769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-771335
Autor: Souza, Vinicius Costa; Araújo, Paulo Henrique Barbosa de; Dutra, Cláudia Daniele Tavares; Pires, Pires; Caldas, Josiane Moreira Caldas; Figueiredo, Ather Barbosa.
Título: Avaliação clínica e nutricional de idosos cadastrados na estratégia saúde da família Warislândia, estado do Pará / Nutritional and clinical evaluation of elderly people registered with the family health strategy, Warislândia, state of Pará
Fonte: Rev. APS;17(4), 20122014.
Idioma: pt.
Resumo: quado ou eutrófico) para o IMC e uma quantidade expressivados entrevistados (44, 6%) estava com sobrepeso, oque fornece indicadores para o planejamento de ações deprevenção de doenças e agravos e a busca pela promoçãoda saúde dos idosos nas microáreas da Estratégia Saúdeda Família.

Increasingly, the proportion of elderly people in the world is growing. People are living longer and causing major changes in various sectors of society. This approaching critical limit is due mainly to the technological advancement of medicine and to changes in lifestyle. Therefore, the description of the nutritional and clinical profile of elderly people offers support for the local planning of health actions, and consequently, support for active and healthy aging. This is a cross-sectional study conducted with 83 elderly people at a Family Health Strategy location in the city of Ananindeua, Pará, from September 2010 to January 2011. A research protocol was applied that contained information about social, demographic, and clinical variables, lifestyle (alcoholism, smoking, and sedentary) and medication use. Epi Info 3.5.2 software was used for statistical analysis. Of the elderly people evaluated, 62.6% were female and the mean age was 69.3 years, 37.3% were married and 27.7% were widowed. Considering their origins, 77.1% were from Pará and just 13.3% from Maranhão. The diseases reported more frequently were systemic arterial hypertension (60.2%), arthrosis (32.5%), CVA (16.9%), and osteoporosis (14.4%). Regarding lifestyle, 13.2% were alcoholics, 18.1% were smokers, and 73.8% did no physical exercise. Among these elderly people, 68.7% regularly took medications. A significant number of the seniors had systemic arterial hypertension. It was found that 38.5% of the seniors were in the normal range for BMI, and a significant number (44.6%) were overweight. This data provides indicators for planning disease and disorder prevention actions and those promoting the health of elderly people in the microareas of the Family Health Strategy.
Descritores: Avaliação em Saúde
Saúde do Idoso
Nutrição do Idoso
-Dinâmica Populacional
Estratégia Saúde da Família
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  8 / 1769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-729142
Autor: Souza, João Gabriel Silva; Soares, Luiza Anjos; Souza, Tamirys Caroline Silva; Pereira, Alesandra Ribeiro; Souza, Andrey George Silva.
Título: Miniexame do estado mental: capacidade psicométrica e formas de avaliação / Minimental state examination: psychometric capacity and forms of assessment
Fonte: Rev. APS;17(1), fev. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: As transições demográfica e epidemiológica ocorridas nos últimos anos produziram, como efeito, o envelhecimento populacional. Devido a isso, são necessárias informações atualizadas desse segmento, destacando-se as relacionadas à saúde. Entre os problemas de saúde que afetam especialmente os idosos, o déficit cognitivo tem consequências diretas sobre a qualidade de vida dos mesmos, sendo caracterizado pela deterioração das habilidades intelectuais. O Miniexame do Estado Mental (MEEM) é um instrumento de rastreamento de deterioração cognitiva, utilizado internacionalmente, que fornece informações sobre diferentes dimensões cognitivas, tais como orientação, memória, cálculo e linguagem. Ainda não há consenso na literatura quanto ao ponto de corte mais adequado na sua utilização e sua capacidade psicométrica. Nesse contexto, o objetivo do presente estudo é realizar uma revisão de literatura, através das bases de dados contidas na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), para maiores esclarecimentos das indicações, capacidade psicométrica e formas de avaliação do MEEM, para elucidar sua utilização em estudos epidemiológicos.

Demographic and epidemiological transitions have occurred in recent years, producing the effect of population aging. Because of this, updated information is needed in this segment, especially related to health. Among the health problems that particularly affect the elderly, cognitive impairment has direct consequences on their quality of life, characterized by cognitive decline. The Mini-Mental State Examination (MMSE) is a screening tool for cognitive impairment, used internationally, that provides information about different cognitive dimensions such as orientation, memory, judgment, and language. There is no consensus in the literature regarding the most appropriate cutoff point in its use and its psychometric capacity. In this context, the objective of this study is a literature review, through the databases contained in the Virtual Health Library (VHL), for further clarification of the indicated uses, psychometric capacity, and forms of evaluation of the MMSE, to clarify its use in epidemiological studies.
Descritores: Idoso
Saúde Mental
-Psicometria
Dinâmica Populacional
Saúde do Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  9 / 1769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1078328
Autor: Checan, Silvana Cristina Antunes Massa.
Título: Estudo sobre a viabilidade de implantação do Serviço Assistência Domiciliar para Idosos Cardiopatas - ADIC / Study on the implementation feasibility of home care services for the elderly cardiac patients.
Fonte: São Paulo; IDPC; 2004. 43 p.
Idioma: pt.
Resumo: Atendimento Domiciliar - (A.D) é uma prática usada desde dos tempos bíblicos, essa afirmação pode ser constatada nos registros do Velho e Novo Testamento, que conforme sua contextualização dá a essa prática uma conotação de caridade, de ideologia religiosa, de solidariedade mantendo em sua essência o caráter de oferecer o bem estar aqueles que sofriam seja de um mal estar ou de alguma grave moléstia...
Descritores: Assistência Domiciliar
Dinâmica Populacional
Idoso
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros
BR79.1


  10 / 1769 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1074439
Autor: Kovacs, Cristiane; Stefanuto, Aliny; Oliveira, Patrícia Amante; Magnoni, Daniel.
Título: Cardiogeriatria / Geriatric cardiology
Fonte: In: Magnoni, Daniel; Stefanuto, Aline; Kovacs, Cristiane. Nutrição ambulatorial em Cardiologia. São Paulo, Sarvier, 2007. p.209-229.
Idioma: pt.
Descritores: Dinâmica Populacional
Doenças Cardiovasculares
Geriatria
Hipertensão
Nutrição do Idoso
Serviço Hospitalar de Cardiologia
-Aneurisma Aórtico
Arritmias Cardíacas
Aterosclerose/complicações
Aterosclerose/prevenção & controle
Diabetes Mellitus
Dislipidemias
Doença da Artéria Coronariana
Expectativa de Vida
Hipercolesterolemia
Hipertrigliceridemia
Insuficiência Cardíaca
Obesidade
Sistema Cardiovascular
Transtornos Cerebrovasculares
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros
BR79.1



página 1 de 177 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde