Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.283 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 177 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 18 ir para página                         

  1 / 177 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281258
Autor: Nunes, Marcela Riccomi.
Título: A atuação dos conselhos municipais do meio ambiente na gestão ambiental local / The role of municipal environmental councils in local environmental management.
Fonte: São Paulo; s.n; 2010. 158 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A complexidade que envolve os desafios do desenvolvimento sustentável configura um paradigma onde são necessárias ações efetivas de gestão ambiental que, em última instância, tem relação com a formulação e a implementação de políticas públicas. A autonomia dos Municípios para legislar nas questões ambientais é assegurada pela Constituição Federal Brasileira e, aliada à Política Nacional do Meio Ambiente, representa um avanço em termos de políticas públicas ambientais. Mas, para que ocorra uma efetiva gestão ambiental no âmbito municipal, é necessária a participação da sociedade nos processos de gestão. Neste sentido, os conselhos municipais do meio ambiente são peças fundamentais na promoção da gestão ambiental local com vistas a uma melhor qualidade de vida. A literatura enfatiza que a efetividade dessas instâncias está ligada, principalmente, à sua estrutura e funcionamento. Com base nisso, o objetivo geral desta pesquisa foi identificar oportunidades de melhoria na estrutura e no funcionamento do Conselho Municipal de Gestão e Saneamento Ambiental de Santo André (COMUGESAN) como contribuição para sua atuação na gestão ambiental local. Os procedimentos utilizados consistiram em pesquisa bibliográfica, documental e entrevistas com os conselheiros do COMUGESAN no ano de 2008 e caracterizou-se como um estudo de caso exploratório no Município de Santo André, SP. Os dados foram analisados com base na importância da transparência e democratização nos processos de tomada de decisão, bem como na importância da aprendizagem contínua dos atores envolvidos. Observou-se que a atuação de Conselhos Municipais do Meio Ambiente na gestão ambiental transcende as ações que se resumem a um processo de tomada de decisão, formulação e implementação das políticas locais, caracterizando-se, sobretudo, como um espaço educativo e de construção da cidadania. Sob a ótica dos conselheiros, o COMUGESAN constitui um importante espaço democrático de discussão conquistado pela população andreense que se edifica gradativamente no decorrer dos anos. Como oportunidades de melhoria, foram identificados seis aspectos primordiais que devem ser fortalecidos para que haja a melhoria na atuação do Conselho: i) estrutural; ii) composição e representatividade; iii) capacitação; iv) educação em meio ambiente; v) informação; vi) avaliação constante. Nesse contexto, sugere-se que o COMUGESAN adote atividades de capacitação como forma de aperfeiçoar a representatividade, instituindo um curso de formação de conselheiros, bem como atividades em educação continuada. É importante realizar um diagnóstico no início de cada gestão e uma avaliação ao final desta. Acima de tudo, os processos de avaliação, apoiados em indicadores, devem ser realizados não somente no âmbito das políticas públicas formuladas e implementadas pelo Conselho, mas também no âmbito da efetividade institucional e organizacional

The complexities in sustainable development configure a paradigm that makes effective environmental management necessary. Such goal depends mainly on the creation and deployment of public policies. The autonomy of the cities is assured by Brazilian Federal Constitution, which, together with Environmental National Policy, represents to the country an actual progress on environmental matters. However, so that an effective environmental management occurs, it is utterly necessary that society takes part on the administration processes. In this sense, the Municipal Environmental Councils are key parts of a local environmental management aiming to increase quality of life. Literature emphasizes that the efficiency of these institutions is related above all with its structure and functioning. Based on this assumption, the main objective of research was to identify opportunities for improving these same features on the particular activities of Municipal Council Management and Environmental Sanitation of Santo André (COMUGESAN), as a contribution to its role in local environmental management. The processes used on this work consisted on bibliographical and documental research as well as advisers COMUGESAN interviewing during the year of 2008. Our research is based on an exploratory case in the city of Santo André, SP. Data extracted by this experience was analysed based on the relevance of transparency, democratization and representativeness in decision making processes as well as the importance of the continual learning by the people involved. It was observed that the role of Municipal Environment Councils in environmental management transcends the actions limited to a process of decision making, formulation and deployment of local policies. On the contrary, it extends above all to an enduring effort to maintain the COMUGESAN as an area of citizenship construction and education. From the perspective of the advisers, COMUGESAN constitutes an important democratic background for discussion conquered by Santo Andrés people, which gradually builds itself up as the years go by. Even so, six aspects of improvement were identified: i) Structural ii) Composition and representativeness iii) Skill improvement iv) Environmental education v) Information vi) Continuous evaluation. In this context, as a mean to improve representativeness, we suggest COMUGESAN should formulate activities in order to improve common peoples skills on environmental matters, for instance, by funding an advisers forming school, as well as other several activities involving continuous education. It is also important to make diagnosis at the beginning and end of each administration period. Above all, evaluation process based on indicators should take place not only concerning the Councils public policies, but also its institutional and organizational functioning
Descritores: Política Pública
Gestão Ambiental
Participação da Comunidade
Meio Ambiente
Planejamento Ambiental
-Cidades
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  2 / 177 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1150290
Autor: Quintar, Eugenia.
Título: Un programa de entrenamiento del equilibrio sería efectivo para prevenir las lesiones por caídas en mujeres de 75 a 85 años / Balance training programme would be effective on prevention of fall induced injuries among women aged 75 to 85
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;19(4):106-106, 2016. tab.
Idioma: es.
Descritores: Acidentes por Quedas/prevenção & controle
Acidentes Domésticos/prevenção & controle
Terapia por Exercício/métodos
Treinamento de Força/métodos
-Qualidade de Vida
Acidentes por Quedas/estatística & dados numéricos
Atividades Cotidianas
Acidentes Domésticos/estatística & dados numéricos
Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Estudos Multicêntricos como Assunto
Cooperação do Paciente/estatística & dados numéricos
Planejamento Ambiental
Equilíbrio Postural
França
Limites: Humanos
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  3 / 177 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1140965
Autor: Guenzelovich, Tami.
Título: Reducción de lesiones por caídas relacionadas a reacondicionamiento del hogar / Decreased injuries from falls related to home modifications
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;20(1):6-6, 2017. tab.
Idioma: es.
Descritores: Acidentes por Quedas/prevenção & controle
Planejamento Ambiental
-Ferimentos e Lesões/prevenção & controle
Iluminação/métodos
Acidentes Domésticos/prevenção & controle
Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Método Simples-Cego
Utensílios Domésticos
Nova Zelândia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  4 / 177 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1181723
Autor: Perú. Ministerio del Ambiente.
Título: Plan Nacional de Acción Ambiental: PLANAA-Perú 2011-2021 / National Environmental Action Plan: 2011-2021 PLANAA-Peru.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio del Ambiente; Jul. 2011. 78 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La presente publicación contiene las metas prioritarias en materia ambiental como la conservación y aprovechamiento sostenible de los recursos naturales, la mejora en la calidad ambiental; y por tanto, en la mejora de calidad de vida de la población, y que representa el reto y compromiso para los próximos diez años
Descritores: Meio Ambiente
Planejamento Ambiental
Saúde Ambiental
-Peru
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central
[{"text": "PE18.1", "_a": "GOB 0795", "_b": "(Formato Digital)"}]


  5 / 177 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-656996
Autor: Bejarano, Mónica.
Título: Santiago de Cali / The city of Santiago de Cali, Colombia
Fonte: Rev. colomb. cir;27(3):185-187, jul.-set. 2012.
Idioma: es.
Descritores: Expedições
-Planejamento Ambiental
Responsável: CO113


  6 / 177 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-339528
Autor: Sâo Paulo (Estado). Secretaria do Meio Ambiente.
Título: Agenda 21: Conferência das Naçöes Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento / Agenda 21: Naçöes Unidas Conference about environment and development.
Fonte: Säo Paulo; São Pualo (Estado). Secretaria do Meio Ambiente; 1997. 383 p. (Documentos Ambientais).
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Conferência das Naçöes Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, Rio de Janeiro, 3-14 jun. 1992.
Descritores: Ecologia
Meio Ambiente
Planejamento Ambiental
Desenvolvimento Sustentável
Política Ambiental
Poluição Ambiental/prevenção & controle
-CARPUS, ANIMALABBREVIATIONS AS TOPIC
Conservação dos Recursos Naturais
Recursos Hídricos
Substâncias Tóxicas
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; 301.31, 148


  7 / 177 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-668886
Autor: Duarte, Carla Grigoletto; Malheiros, Tadeu Fabrício.
Título: Habitação e gestão ambiental em áreas de mananciais: o caso do município de Santo André (SP) / Housing and environmental management in water source areas: the case of Santo André (SP)
Fonte: Saúde Soc;21(supl.3):82-95, out.-dez. 2012. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo tem como objetivo levantar e discutir as ações de gestão ambiental e sua interface com a questão habitacional junto à área administrada pela Subprefeitura de Paranapiacaba e Parque Andreense, Santo André-SP, no biênio 2007-2008. O foco do trabalho é a capacidade política e institucional do município criada para tratar de tais questões. Os métodos usados foram pesquisa documental, bibliográfica e de campo, com entrevista a gestores do município. A pesquisa identificou que o município conta com propostas com grande potencial de contribuição para a melhoria da qualidade ambiental e habitacional na área de mananciais, principalmente por seu caráter de integração entre planejamentos. O estabelecimento de conselhos com participação de várias pastas representa um potencial elemento de integração nas ações desses órgãos, permitindo o compartilhamento de temas pertinentes ao longo do desenvolvimento das agendas de forma contínua. Quanto à recuperação urbana e ambiental dos loteamentos irregulares, é possível afirmar que os parâmetros urbanísticos e a definição do uso e ocupação do solo estão intimamente relacionados à qualidade ambiental e precisam ser construídos em conjunto por profissionais da área de urbanismo e da área ambiental, e discutidos com a comunidade local. O formato de gestão na área de mananciais, foco deste estudo de caso no município de Santo André, representa um significativo passo na construção da integração entre os sistemas de gerenciamento de recursos hídricos e de planejamento urbano/metropolitano.

This article aims to survey and discuss environmental management actions and their interfaces with the housing issue in the area administered by the sub City Hall of Paranapiacaba and Parque Andreense, Santo André, SP. The focus is the political and institutional capacity established by the municipality to address such issues. The methods used were documental, literature and field research, with interviews with the municipality's managers . This research allowed to observe that the municipality has proposals with great potential to contribute to the improvement of the housing and environmental quality in the water source area, especially due to their character of integration in the planningphases. The establishment of multi-departmental councils is a potential element of integration in the actions of these organs, allowing a continuous sharing of relevant issues throughout the development of agendas. Concerning the environmental and urban regeneration of irregular settlements, it is clear that the urban parameters and the definition of land use are closely related to environmental quality and must be built jointly by professionals in urban planning and environmental area and discussed with the local community. The format of management in water source areas, the focus of this case study in the municipality of Santo André, represents a significant step to build integration between the water management system and urban/metropolitan planning.
Descritores: Gestão Ambiental
Desenvolvimento Ecológico
Habitação
Mananciais Protegidos
Planejamento Ambiental
Planejamento de Cidades
Política Ambiental
Qualidade Ambiental
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  8 / 177 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1058864
Autor: Pinzón-Rondon, Ángela M; Gaona, María A; Bouwmans, Marlieke; Chávarro, Laura C; Chafloque, Jimena; Zuluaga, Catalina; Aguirre, Aura; Espinosa, Angela F.
Título: Acceso a agua potable, protección ambiental y parasitismo intestinal infantil en El Codito. Bogotá, Colombia / Access to drinking water, environmental protection and intestinal parasites in pediatric patients from the neighborhood El Codito in Bogotá, Colombia
Fonte: Rev. salud pública;21(1):42-48, ene.-feb. 2019. tab.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Objetivos Establecer la relación entre parasitismo intestinal en niños menores de 6 años y vivienda en áreas de protección ambiental, sin servicio de acueducto, en El Codito -Bogotá, Colombia. Métodos Estudio de corte transversal que incluyó 144 niños entre los 4 y 70 meses de edad. Se recolectaron datos sociodemográficos encuestando a los padres y se tomaron muestras fecales de los niños. Se calcularon medidas descriptivas de las variables por tipo de población (parasitada y no parasitada) estableciendo diferencias estadísticamente significativas. Utilizando una regresión logística binomial multivariada se determinó la relación entre parasitismo intestinal y servicio de acueducto, controlando por las demás variables estudiadas. Resultados Se encontró una prevalencia de parasitismo intestinal de 38,9%. La falta de servicio de acueducto estuvo asociada a parasitismo (OR=31,25) ajustando por las demás variables estudiadas. Otras variables asociadas a parasitismo fueron: afiliación al régimen de salud subsidiado al compararla con el contributivo (OR=1,49), presencia de animales en la vivienda (OR=2,58), madres con oficio técnico-profesional al compararlas con madres con oficios no calificados (OR=0,05) y vivienda en habitación rentada al compararla con vivienda propia (OR=6,62). Conclusiones Los niños menores de 6 años viviendo en áreas protegidas sin servicio de acueducto presentaron con mayor frecuencia parasitismo intestinal. Si bien es claro que el establecimiento de áreas protegidas para preservar el medio ambiente es esencial, si no se previene el asentamiento de poblaciones en estos territorios a tiempo, la población que habita en los mismos está sujeta a condiciones adversas que atentan contra la dignidad humana.(AU)

ABSTRACT Objective To establish the correlation between intestinal parasitism in children younger than 6 years old and their dwelling in environmental protected areas without aqueduct service, in the neighborhood El Codito, in Bogotá, Colombia. Materials and Methods A cross-sectional study was done with 144 children between the ages of 4 and 70 months. Socio-demographic data were collected by surveying parents, and fecal samples were taken from the children to identify parasites. Descriptive measures were calculated for the variables by population type (parasitized and non-parasitized), establishing significant differences. Using a binary multivariate logistic regression, the correlation between intestinal parasitism and aqueduct was determined, adjusting the other studied variables. Results The prevalence of intestinal parasitism was 38.9%. The lack of aqueduct service was associated with intestinal parasitism (OR=31.25) after adjusting for other studied variables, which included affiliation to the subsidized health insurance regime compared with the contributory regime (OR= 1.49), home pets (OR= 2.58), mothers with professional jobs compared to mothers with non-professional jobs (OR=0.05), and dwelling in a rented room when compared with own dwelling (OR= 6.62). Conclusions Children under the age of 6 living in protected areas without water service were more likely to suffer from intestinal parasitism. It is known that preserving protected areas to protect the environment is of great importance, but if the settlement of populations in these territories is not prevented in time, the population living there is subject to adverse conditions which violate human dignity.(AU)
Descritores: População Urbana
Saneamento Básico/políticas
Planejamento Ambiental
Enteropatias Parasitárias/epidemiologia
-Estudos Transversais/instrumentação
Colômbia/epidemiologia
Limites: Humanos
Lactente
Pré-Escolar
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 177 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889981
Autor: Araújo, Carolina Abreu Henn de; Giehl, Maruí W. Corseuil; Danielewicz, Ana Lúcia; Araujo, Pierre Guedes de; d'Orsi, Eleonora; Boing, Antonio Fernando.
Título: Ambiente construído, renda contextual e obesidade em idosos: evidências de um estudo de base populacional / Ambiente construido, renta contextual y obesidad en ancianos: evidencias de un estudio de base poblacional / Built environment, contextual income, and obesity in older adults: evidence from a population-based study
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);34(5):e00060217, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo foi verificar a associação entre o ambiente construído, a renda contextual e a obesidade em idosos de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Estudo transversal com amostra de 1.197 idosos (≥ 60 anos), avaliados na coorte EpiFloripa Idoso em 2013/2014. Os desfechos foram a obesidade geral, a obesidade abdominal, a circunferência da cintura (CC) e o índice de massa corporal (IMC). A renda contextual do setor censitário e as características do ambiente construído foram analisadas por meio dos dados do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF) e do Censo Demográfico de 2010. Utilizou-se modelos de regressão logística e linear multinível. Para as mulheres, a renda média intermediária foi associada às menores chances de obesidade abdominal e geral, e o maior percentual de ruas pavimentadas às menores chances de obesidade abdominal; o incremento de cada ponto percentual de comércio diminuiu 0,20cm a CC, e no de ruas pavimentadas diminuiu 0,43cm a CC e 0,22kg/m2 o IMC. Para os homens, a maior conectividade das ruas e o percentual de comércio intermediário foram associados às menores chances de obesidade geral; o incremento na densidade de ruas diminuiu 0,34cm na CC e 0,10kg/m2 no IMC; já no percentual de iluminação aumentou 0,51cm a CC e 0,11kg/m2 o IMC. Verificaram-se associações distintas de acordo com o sexo e o desfecho analisado, fazendo-se necessárias novas pesquisas que explorem variáveis contextuais adicionais e relevantes a esses desfechos entre os idosos.

El objetivo fue verificar la asociación entre el ambiente construido, la renta contextual y la obesidad en ancianos de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Estudio transversal con una muestra de 1.197 ancianos (≥ 60 años), evaluados en la cohorte EpiFloripa Idoso en 2013/2014. Los desenlaces fueron: obesidad general, obesidad abdominal, circunferencia de la cintura (CC) e índice de masa corporal (IMC). La renta contextual del sector censal y las características del ambiente construido se analizaron mediante los datos del Instituto de Planificación Urbana de Florianópolis (IPUF) y del Censo de 2010. Se utilizaron modelos de regresión logística y lineal multinivel. En el caso de las mujeres, una renta media intermedia se asoció a unas menores oportunidades de obesidad abdominal y general, y el mayor porcentaje de calles pavimentadas a unas menores oportunidades de obesidad abdominal; el incremento de cada punto porcentual de comercio disminuyó 0,20cm la CC, y en el de calles pavimentadas disminuyó a 0,43cm la CC y 0,22kg/m2 el IMC. Para los hombres, la mayor conectividad de las calles y el porcentaje de comercio medio estuvieron asociados a unas menores oportunidades de obesidad general; el incremento en la densidad de calles disminuyó 0,34cm en la CC y 0,10kg/m2 en el IMC; en el caso del porcentaje de iluminación aumentó 0,51cm la CC y 0,11kg/m2 el IMC. Se verificaron asociaciones distintas, de acuerdo con el sexo y el desenlace analizado, haciéndose necesarias nuevas investigaciones que exploren variables contextuales adicionales y relevantes a estos desenlaces entre los ancianos.

The objective was to verify the association between built environment, contextual income, and obesity in older adults in Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil. This was a cross-sectional study in a sample of 1,197 older people (≥ 60 years) evaluated in the EpiFloripa Older Adults Cohort in 2013/2014. The outcomes were overall obesity, abdominal obesity, waist circumference (WC), and body mass index (BMI). Contextual income in the census tract and characteristics of the built environment were analyzed using data from the Florianópolis Institute of Urban Planning (IPUF) and the 2010 Population Census. Logistic and multilevel linear regression models were used. For older women, intermediate mean income was associated with lower odds of abdominal and overall obesity, while higher percentage of paved streets in the census tract was associated with lower odds of abdominal obesity; one percentage point increment in local commerce decreased WC by 0.20cm, and a one percentage point increase in paved streets decreased WC by 0.43cm and BMI by 0.22kg/m2. For older men, better street connectivity and intermediate percentage of local commerce were associated with lower odds of overall obesity; the increment in street density decreased WC by 0.34cm and BMI by 10kg/m2; a one-point increment in lighting increased WC by 0.51cm and BMI by 0.11kg/m2. The results showed different associations according to sex and target outcome, highlighting the need for further studies to explore additional relevant contextual variables for these outcomes in older adults.
Descritores: Densidade Demográfica
Planejamento Ambiental/estatística & dados numéricos
Renda/estatística & dados numéricos
Obesidade/epidemiologia
-Fatores Socioeconômicos
Brasil/epidemiologia
Índice de Massa Corporal
Avaliação Geriátrica/estatística & dados numéricos
Modelos Lineares
Fatores Sexuais
Estudos Transversais
Circunferência da Cintura
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 177 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889942
Autor: Bojorquez, Ietza; Ojeda-Revah, Lina; Diaz, Rolando.
Título: Access to public spaces and physical activity for Mexican adult women / Acceso a espacios públicos y actividad física en mujeres adultas mexicanas / O acesso aos espaços públicos e a atividade física em mulheres adultas mexicanas
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);34(4):e00065217, 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this article was to explore the association between access to public spaces and physical activity for adult women, controlling and testing interactions with sociodemographic and public spaces characteristics. We combined sociodemographic data from a survey with the adult (18-65 years of age) women population of Tijuana, Mexico, conducted in 2014 (N = 2,345); with data from a 2013 study on public spaces in the same city. We evaluated access to public spaces by the presence and total area of public spaces in buffers of 400, 800, 1,000 and 1,600m around the participants' homes. We measured physical activity with the short version of the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ-short). We employed multinomial logistic models to evaluate the association between access to public spaces and physical activity, and tested for interactions between access to public spaces and public spaces quality and sociodemographic characteristics. We observed no interaction between access to public spaces and public spaces quality in their effect on physical activity. There was an association between the presence of public spaces in the 400m buffer, and higher odds of being in the low physical activity level (as opposed to being in the moderate level) (coefficient: 0.50; 95%CI: 0.13; 0.87). Participants who used public transport were less likely to be in the low physical activity level (coefficient: -0.57; 95%CI: -0.97; -0.17). We suggest that, in this population, the access to public spaces might be less relevant for physical activity than other elements of the urban environment and sociodemographic characteristics.

El objetivo de este artículo fue investigar la asociación entre el acceso a los espacios públicos y la actividad física en mujeres adultas, controlando y comprobando las interacciones, con características sociodemográficas y espacios públicos. Combinamos información sociodemográfica de una encuesta a mujeres adultas (de 18 a 65 años), residentes en Tijuana, México, que se realizó en 2014 (N = 2.345); con datos de un estudio sobre espacios públicos en 2013 en la misma ciudad. Evaluamos el acceso a los espacios públicos por su existencia y el área total de espacios públicos en espacios de 400, 800, 1.000 y 1.600m alrededor de los hogares de los participantes. Calculamos la actividad física con la versión corta del International Physical Activity Questionnaire (IPAQ-short). Usamos modelos logísticos multinomiales para evaluar la asociación entre el acceso a espacios públicos y actividad física, y comprobar las interacciones entre el acceso a espacios públicos y su calidad, así como las características sociodemográficas de la actividad física. Observamos que no existe interacción entre el acceso a los espacios públicos y la calidad de los espacios públicos y sus efectos sobre la actividad física. Hubo una asociación entre la presencia del espacios públicos dentro de los 400m de área, y las probabilidades más altas de contar con un nivel de actividad física bajo (en oposición a estar en el nivel moderado) (coeficiente: 0,50; IC95%: 0,13; 0,87). Los participantes que usaron el transporte público estaban en menor medida en el nivel bajo de actividad física (coeficiente: -0,57; IC95%: -0,97; -0,17). Por este motivo sugerimos que en esta población el acceso a espacios públicos puede ser menos relevante para la actividad física que otros elementos del entorno urbano y características sociodemográficas.

O artigo buscou explorar a associação entre o acesso aos espaços públicos e a atividade física em mulheres adultas mexicanas, controlando e testando para interações entre características sociodemográficas e ambientais urbanas. Combinamos dados sociodemográficos de uma pesquisa feita na população feminina adulta (18-65 anos) de Tijuana, México, realizada em 2014 (N = 2.345), e os dados de um estudo (2013) sobre espaços públicos na mesma cidade. Avaliamos o acesso aos espaços públicos pela presença e área total de espaços públicos dentro de raios de 400, 800, 1.000 e 1.600 metros em torno dos domicílios das participantes. Medimos a atividade física com a versão breve do International Physical Activity Questionnaire (IPAQ-short). Foram utilizados modelos logísticos multinomiais para avaliar a associação entre o acesso aos espaços públicos e a atividade física, testando para interações entre acesso aos espaços públicos e qualidade dos espaços públicos e características sociodemográficas. Não constatamos nenhuma interação entre o acesso aos espaços públicos e a qualidade dos espaços públicos, no efeito sobre a atividade física. Houve uma associação entre a presença de espaços públicos no raio de 400 metros e maior probabilidade de estar no nível baixo de atividade física (quando comparado ao nível moderado) (coeficiente: 0,50; IC95%: 0,13; 0,87). As participantes que usavam transporte público mostraram menor probabilidade de nível baixo de atividade física (coeficiente: -0,57; IC95%: -0,97; -0,17). Sugerimos que, nesta população, o acesso aos espaços públicos pode ser menos relevante para a atividade física do que outros elementos do ambiente urbano e características sociodemográficas.
Descritores: Logradouros Públicos
Exercício Físico/fisiologia
Planejamento Ambiental
Atividade Motora/fisiologia
-Fatores Socioeconômicos
População Urbana/estatística & dados numéricos
Características de Residência
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Inquéritos Epidemiológicos
México
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 18 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde