Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.451.227 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 68 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 7 ir para página                  

  1 / 68 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-760960
Autor: Arriola Mesa, Yuvisley; Rodríguez Casas, Eneida; Rodríguez Calvo, Marleni.
Título: Fortalecer la comunicación educativa durante el concentrado de Preparación para la Defensa / To strengthen the educational communication during the Preparation for the Defense course
Fonte: Edumecentro;7(4):98-109, oct.-dic. 2015. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Fundamento: la comunicación educativa permite regular la conducta de profesores y estudiantes, usando recursos persuasivos, estimulando el autoanálisis y propiciando la comprensión crítica del comportamiento. Objetivo: elaborar acciones para fortalecer la comunicación educativa en el concentrado de la asignatura Preparación para la Defensa. Métodos: se realizó un estudio descriptivo transversal en la Universidad de las Ciencias Médicas de Villa Clara, de enero a diciembre de 2013. Se emplearon métodos teóricos: análisis síntesis, inductivo-deductivo e histórico-lógico; y empíricos: la encuesta a estudiantes y profesores que indagaban respecto al comportamiento de la comunicación profesor-profesor, profesor-alumno y alumno-alumno. Resultados: existen algunas dificultades en la comunicación educativa, entre ellas: que está limitada por el corto tiempo que comparten alumnos y profesores, y la existencia de barreras relacionadas con el tono, la rapidez y las curvas de entonación al hablar; y aunque en general la consideran correcta, se elaboraron acciones para fortalecerla. Conclusiones: las acciones fueron valoradas por los especialistas como factibles, objetivas y pertinentes al aportar un nuevo punto de vista al trabajo educativo y contribuir a mejorar la comunicación entre los componentes personales del proceso enseñanza aprendizaje.

Background: the educational communication allows regulating the behavior of professors and students, using persuasive resources, stimulating self-analysis and propitiating the critical understanding of behavior. Objective: to elaborate actions to strengthen the educational communication in the Preparation for the Defense subject course. Methods: it was carried out a cross-sectional descriptive study in Villa Clara University of Medical Sciences, from January to December 2013. Theoretical methods were used: analysis synthesis, inductive-deductive and historical-logical; and empiric ones: the survey was applied to students and professors that were researching about the behavior of professor-professor, professor-student and student-student communication. Results: there are some difficulties in the educational communication, for instance it is limited by the short time that the students and professors share, and the existence of barriers related with tone, speed and the intonation curves when speaking; and although they consider it correct in general, actions were elaborated to strengthen it. Conclusions: the actions were valued by the specialists as feasible, objective and pertinent when contributing to a new point of view of the educational work and to contribute to improve communication among the personal components of the teaching-learning process.
Descritores: Defesa Civil
Responsável: CU425.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas de Villa Clara


  2 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-840250
Autor: González Rodríguez, Raidel; Cardentey García, Juan; González Rodríguez, Nereyda.
Título: La disciplina Preparación para la Defensa en la formación de estudiantes de Medicina / The discipline Preparation for Defense in the training of medical students
Fonte: Edumecentro;9(2):33-45, abr.-jun. 2017. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Fundamento: las instituciones médicas tienen definido su encargo social, para ello conciben la formación de estudiantes de Medicina con un sólido sistema de conocimientos. Objetivo: caracterizar la disciplina Preparación para la Defensa en la formación de estudiantes de Medicina por la significación especial de esta en su formación integral. Métodos: se desarrolló una investigación descriptiva con predominio de métodos cualitativos en la Universidad de Ciencias Médicas de Pinar del Río, de enero a febrero 2015. Se utilizaron métodos de los niveles teórico, entre ellos: el analítico-sintético, inductivo-deductivo, histórico-lógico y el abstracto a lo concreto; y empíricos: el análisis documental del plan de estudio de la disciplina Preparación para la Defensa, y la encuesta a los estudiantes para indagar sobre el tema. Resultados: la disciplina Preparación para la Defensa declara un sistema de conocimientos, habilidades y valores que garantizan el desempeño de los estudiantes de la carrera de Medicina. La mayoría de los alumnos la consideraron pertinente, y todos reconocieron su valor para la formación integral del profesional ante situaciones de contingencia. Se constató la necesidad de establecer nexos de continuidad con materias de la disciplina Medicina General Integral. Conclusiones: se identificaron las fotalezas de la disciplina para formar modos de actuación positivos en los futuros médicos ante situaciones de contingencias, y se aprecia que sus contenidos pueden enriquecerse con otras materias del currículo a partir de la identificación de los núcleos de contenidos que tienen potencialidades para la integración disciplinar.

Background: the medical institutions have a well defined social commitment, for this, the training of Medicine students is conceived with a solid knowledge system. Objective: to characterize the discipline Preparation for Defense in the training of medical students because of the special significance of this in their comprehensive formation. Methods: a descriptive research was developed with predominance of the qualitative methods in Pinar del Río University of Medical Sciences, from January to February of 2015. Methods of the theoretical level were used, among them, The analytic-synthetic, inductive-deductive, historical-logical and the abstract-concrete; And empirical ones: documentary analysis of the curriculum of the discipline Preparation for Defense and the survey to students to inquire about the subject. Results: the discipline Preparation for Defense declares a system of knowledge, skills and values ??that guarantee the performance of medical students. Most of the students considered it interesting, and all recognized its value for the comprehensive formation of the professional in situations of contingency. It was verified the need to establish continuity links with subjects of the Comprehensive General Medicine discipline. Conclusions: the potentialities of the discipline were identified to form positive ways of performance in future doctors in situations of contingencies, and it is appreciated that their contents can be enriched with other subjects of the curriculum through the identification of the core contents that have potentialities for disciplinary integration.
Descritores: Estudantes de Medicina
Defesa Civil/educação
Educação Médica
Responsável: CU425.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas de Villa Clara


  3 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Spink, Mary Jane Paris
Texto completo
Id: biblio-998614
Autor: Spink, Mary Jane Paris; Manesco, Henrique Mota.
Título: A responsabilidade do Estado na perspectiva da legislação da Defesa Civil e de lideranças comunitárias / The responsibility of the State from the perspective of Civil Defense legislation and community leaders / La responsabilidade del Estado en vista de la legislación de la Defensa Civil y de los liderazgos comunitarios
Fonte: Psicol. rev;27(2):311-335, dez. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Esta pesquisa buscou compreender a responsabilidade do Estado na gestão de risco de desastres sob a perspectiva de lideranças comunitárias do M'Boi Mirim. Tendo em vista que a região conta com 50 das 407 áreas de risco do município de São Paulo, estando entre os piores índices de exclusão e vulnerabilidade da cidade, e que compete às prefeituras gerenciar áreas de risco, verifica-se a importância de compreender a responsabilidade do Estado neste contexto. Foram analisadas entrevistas de três lideranças comunitárias da região. Desta análise emergiram diversos elementos que contribuem para a situação da região: a inércia do poder público, as dificuldades de diálogo entre população e autoridades governamentais e a diversidade de atores que interferem na solução das questões encontradas, como secretarias municipais que não conversam entre si, políticos que atuam de acordo com seus próprios interesses e a onipresença do tráfico. Verificou-se, ainda, que as lideranças tinham uma perspectiva crítica tanto com relação às ações ou inércia do governo como também com relação à responsabilidade da população.

The aim of this research was to understand the State's responsibility in the disaster risk management in the M'Boi Mirim regions from the perspective of the community leaders. The relevance of the focus on governmental responsibility stems from three issues: that 50 of the 407 areas of risk in the São Paulo municipality are located in this region; that it has one of the worst indicators of vulnerability in the city and that it is a duty of the municipal government to manage areas of risk. Interviews were carried out with three community leaders. Results indicate that various factors contribute to the disaster risk in the region: governmental inertia; the difficult dialogue between population and government authorities and the diversity of actors that interfere in the solution of the problem, such as lack of communication between municipal departments, politicians that act on behalf of their own interests and the omnipresence of drug trafficking. Results also indicate that community leaders have a critical view regarding governmental actions as well as the responsibility of the population.

Esta investigación buscó comprender la responsabilidad del Estado en la gestión del riesgo de desastres desde la perspectiva de líderes comunitarios del barrio M'Boi Mirim. La región cuenta con 50 de las 407 zonas de riesgo del municipio de San Pablo, tiene uno de los peores índices de exclusión y vulnerabilidad de la ciudad, y dado que compete a las alcaldías gestionar estas áreas de riesgo, se ve la importancia de comprender la responsabilidad del estado en este contexto. Se analizaron las entrevistas de tres líderes comunitarios de la región. De este análisis surgieron diversos elementos que contribuyeron para la situación de la región: la inercia del poder público, las dificultades de diálogo entre la población y las autoridades gubernamentales, y la diversidad de agentes que interfieren en la solución de las cuestiones encontradas, por ejemplo, secretarias municipales que no se comunican entre sí, políticos que actúan de acuerdo a sus propios intereses y la omnipresencia del tráfico. De la misma manera, se observó que los lideres tienen una perspectiva critica con relación a las acciones o inercia, así como también con relación a la responsabilidad de la población.
Descritores: Defesa Civil
Delimitação das Áreas de Risco
Estado
Desastres
Limites: Humanos
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  4 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Carmo, Eduardo Hage
Texto completo
Id: lil-500269
Autor: Carmo, Eduardo Hage; Penna, Gerson; Oliveira, Wanderson Kleber de.
Título: Emergências de saúde pública: conceito, caracterização, preparação e resposta / Public health emergencies: the concept, characterization, preparation and response
Fonte: Estud. av;22(64):19-32, 2008. mapas, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Nos últimos anos, tem havido uma maior preocupação internacional com a disseminação ou propagação de agentes etiológicos e doenças, de natureza infecciosa, química e radionuclear. Visando adequar os conceitos e as medidas para evitar ou reduzir o risco dessa disseminação, foi adotado pelos países o novo conceito de emergência de saúde pública de importância internacional, no âmbito do RSI (2005), e implementadas novas estratégias para preparação e resposta a essas emergências. Com base em análise de risco contextualizada sobre eventos de saúde que podem se disseminar internacionalmente, busca-se contar com instrumentos mais oportunos que permitam a identificação e a atuação precoce sobre esses eventos. A adaptação desse conceito, para o propósito da vigilância em saúde e rede de atenção dos serviços de saúde nacional, tem permitido um melhor gerenciamento dos eventos de saúde que constituem risco de disseminação ou propagação de doenças ou agravos dentro do território nacional, além de oferecer uma resposta mais oportuna. A análise sobre esses eventos, realizada no presente trabalho, indica que a ocorrência de desastres ambientais, em número mais reduzido quando comparada com os eventos de natureza infecciosa, coloca em situação de risco a população ou gera danos à saúde em um contingente populacional maior. Por sua vez, os eventos de natureza infecciosa, que em sua maioria ocorrem sob a forma de surtos ou epidemias, acometem um maior número de municípios e apresentam maior letalidade. As medidas adotadas no país para aperfeiçoar o sistema de vigilância em saúde na detecção, preparação e resposta às emergências de saúde pública são descritas neste artigo e são destacados os principais desafios colocados pelos níveis de gestão do sistema.
Descritores: Doenças Transmissíveis
Emergências
Emergências em Desastres
Surtos de Doenças/prevenção & controle
-Administração de Desastres
Assistência Internacional em Desastres
Defesa Civil
Desastres Naturais
Vigilância da População
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  5 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-829371
Autor: Noal, Débora da Silva; Vicente, Letícia Nolasco; Weintraub, Ana Cecília Andrade de Moraes; Fagundes, Sandra Maria Sales; Cabral, Károl Veiga; Simoni, Ana Carolina Rios; Pacheco, Maria Luiza Leal; Pedroza, Regina Lucia Sucupira; Pulino, Lucia Helena Cavasin Zabotto.
Título: Estratégia de Saúde Mental e Atenção Psicossocial para Afetados da Boate Kiss / Mental Health and Psychosocial Care Strategy for Affected from Kiss Nightclub / Estrategia de Salud Mental y Atención Psicosocial para Afectados de la Discoteca Kiss
Fonte: Psicol. ciênc. prof;36(4):932-945, out.-dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Eventos críticos (EC) são eventos que dão início a uma cadeia de incidentes, resultando em uma situação de desastre, a menos que um sistema de segurança interfira para evitá-lo ou minimizá-lo. Este artigo apresenta um relato de experiência durante um EC em que psicólogas elaboraram a estratégia de gestão da atenção psicossocial e saúde mental decorrente do incêndio na boate Kiss, ocorrido em 2013, na cidade de Santa Maria (RS). O objetivo deste relato de experiência é apresentar e analisar a estratégia elaborada de apoio psicossocial e de saúde mental. Fazendo uso de métodos qualitativos, iniciamos a discussão descrevendo a rede pública de Atenção Psicossocial do município na época em que ocorreu o incêndio. Na sequência, delineia-se uma análise descritiva das medidas tomadas nas primeiras 24 horas após esse evento e, finalmente, apresentam-se as estratégias elaboradas para os meses subsequentes. Para esse relato foram utilizados dados e referências do Sistema Único de Saúde e do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil, contemplando o panorama nacional no momento da intervenção. Dentre os resultados destacam-se a imprescindibilidade do trabalho articulado no nível loco-regional e o delineamento da avaliação sistemática envolvendo os três entes federados. Atividades e ações elaboradas como resposta foram estruturadas de forma condizente com as necessidades psicossociais do público-alvo, bem como com as diretrizes e políticas (inter) nacionais, enfocando a criação de uma estratégia articulada e sustentável em um curto e médio prazo e visando o bem-estar psicossocial dos afetados....(AU)

Abstract Critical incidents (CI) are events that trigger a series of other incidents resulting in a disaster situation, unless a security system takes place in order to avoid or minimize it. This article presents an experience reported by a group of psychologists responsible for a specific CI: the fire occurred at Kiss nightclub in Santa Maria/RS in 2013, that resulted in the death of 242 people and left many others injured. The objective of this text is to describe and analyze the psychosocial support and mental health strategy elaborated during that event. First, the article shows how Santa Maria´s public mental health network was set at the time of the event. Then, it lists and analyzes the measures adopted in the first 24 hours after the CI. Finally, it discusses the strategy created for the following weeks and months. Data from the Brazilian Unified Health System (SUS) and the National System of Protection and Civil Defense were also used, in order to assist the intervention analysis. The activities proposed at the time not only appeared to be in agreement with the minimum psychosocial needs of the target population, but also aligned with national and international guidelines, that value articulated and sustainable, short and midterm strategies, capable of contributing with the well-being of the citizens....(AU)

Resumen Los incidentes críticos (IC) son eventos que estimulan una cadena de otros incidentes que resultan en una situación de desastre, a menos que un sistema de seguridad se ponga en marcha con el fin de evitar o reducir al mínimo el desastre. Este artículo tiene como objetivo presentar un relato de una experiencia de un grupo de psicólogas que trabajó en una situación de incidente crítico (IC)- el incendio en la discoteca Kiss en Santa María, RS en 2013. El objetivo del texto es presentar la estrategia de apoyo psicosocial y de salud mental elaborado durante ese evento. Con el fin de hacer eso, presentamos, en primer lugar, la red de salud mental pública que existía en Santa María en el momento en que ocurrió el incendio. En segundo lugar, mostramos las medidas adoptadas en las primeras 24 horas después del IC. Finalmente, se discute la estrategia elaborada para las siguientes semanas y meses. Los datos del sistema de salud pública y el Sistema Nacional de Protección y Defensa Civil también se utilizaron para ayudar a analizar la intervención. Los resultados destacan el carácter indispensable de la labor conjunta del nivel local y regional y el diseño de una evaluación sistemática entre los tres entes federales. Las actividades propuestas en el momento estaban en línea con las necesidades psicosociales de la población objetivo y con las directrices nacionales e internacionales, centrándose en la creación de una estrategia articulada y sostenible en el corto y mediano plazo para contribuir con el bienestar de los ciudadanos....(AU)
Descritores: Defesa Civil
Fogo
Desastres Provocados pelo Homem
Incidentes com Feridos em Massa
Saúde Mental
Saúde Pública
Segurança
-Serviços de Saúde Mental
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-782497
Autor: Rocha, Vânia da.
Título: O papel do Agente Comunitário de Saúde na prevenção de desastres naturais por deslizamento em comunidades da cidade do Rio de Janeiro – RJ, Brasil / The role of the Community Health Agent in preventing natural disasters by sliding in city communities of Rio de Janeiro - RJ, Brazil.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2015. 214 p. ilus, mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Os Agentes Comunitários de Saúde podem desenvolver importante papel na prevenção de desastres naturais por deslizamentos, mas as ações realizadas necessitam investigação para evidenciar possíveis ganhos e desafios ocultos do processo preventivo. Partimos de um estudo com componentes de análise social pautado no conceito de configuração para analisar o envolvimento dos ACS nas ações de prevenção, tendo outros conceitos chaves como território, vulnerabilidades socioambientais, construção social e percepção do risco. A metodologia quali-quantitativa envolveu pesquisa de dados; pesquisa bibliográfica; análise de documentos; entrevistas com gestores; entrevistas com moradores; grupos focais com ACS e observações de campo na comunidade da Babilônia, localizada no Bairro do Leme, Rio de Janeiro. Os resultados evidenciam a Defesa Civil e a Saúde como campos distintos do serviço público, mas interfaces de trabalho podem contribuir para redução do risco de desastres. Processos naturais e sociais do território influenciam o trabalho preventivo, a partir de uma configuração própria que ora contribui, ora prejudica o processo preventivo, pois a redução das vulnerabilidades socioambientais, fator estratégico para a redução de risco, está centrada no poder de decisão de poucos órgãos do setor público. O risco é contemplado como algo mensurável, independente do contexto, ignorando outros fatores que influenciam sua percepção. O ACS cumpre, então, um papel de muita responsabilidade junto ao Sistema de Alerta e Alarme que ultrapassa a sua capacidade de resposta, não correspondendo a contento às expectativas dos atores envolvidos (setor público, ACS e comunidade). Por fim, consideramos que o papel do ACS deve estar relacionado às atribuições próprias do seu processo de trabalho no campo da Saúde e sua formação deve contemplar ações de prevenção de riscos de desastres dentro desta perspectiva...

The Community Health Agents (CHA) can develop important role in preventing natural disasters by landslides, but the possible actions should be researched previously, aiming at indicating the potential gains and hidden challenges during the preventive process. The starting point was a study with social components, using the configuration concept, to analyze the involvement of CHA in preventive actions, having also other key concepts, such as the territory, socio-environmental vulnerabilities, social construction and perception of risks. The quali-quantitative methodology consisted of data search; bibliographic search; document analysis; interviews with managers; interviews with residents; focus groups with CHA; and field observations in the community of Babilônia, in Leme, a district in Rio de Janeiro. The results illustrate the Civil Defense and Health as distinct fields from public service; however, some work interfaces can contribute to reducing disaster risks. Natural and social processes of the territory influence the precautionary work, concerning its specific configuration that sometimes contributes, or harms the preventive process. This is because the decrease of social-environmental vulnerabilities, strategic factor for the reduction of risks, is focused on decision-making power of a few public institutions. The risk is contemplated as something measurable, regardless of the context, ignoring other factors which influence its perception. The Agent fulfills then a role of great responsibility related to the Alert and Warning System that exceeds the capacity of reaction, not corresponding to the satisfaction of the stakeholders expectations (such as public sector, CHA, and community). Finally, it is considered that the CHA character should be associated to the duties of its work process in the health field. Furthermore, its training should include actions to prevent disaster risks within this perspective...
Descritores: Agentes Comunitários de Saúde
Estratégia Saúde da Família
Saúde
Desastres Naturais
Risco
-Defesa Civil
Deslizamentos de Terra
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  7 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-782451
Autor: Freire, Ana Flavia Rodrigues.
Título: A Política Nacional de Proteção e Defesa Civil e as ações do Governo Federal na gestão de riscos de desatres / The National Policy for Protection and Civil Defense and Federal Government actions in disaster risk management.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2014. 137 p. ilus, mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A instituição da Política Nacional de Proteção e Defesa Civil teve como um dos objetivos dar uma resposta política à sociedade após um dos maiores desastres da história do país, que causou mais de 900 mortes na região serrana do Rio de Janeiro, em janeiro de 2011. Este trabalho tem como objetivo geral avaliar a gestão de riscos de desastres no Brasil com ênfase na análise da Política Nacional de Proteção e Defesa Civil enquanto política pública e das ações do governo federal na área. Para isto o estudo constou, sob o ponto de vista de seus objetivos, de pesquisa exploratória e descritiva. E quanto aos procedimentos técnicos, foi realizada pesquisa bibliográfica e documental com abordagem qualitativa, de modo a observar as escolhas feitas na formulação da política para a área de gestão de riscos de desastres no país. O trabalho analisou o tema da proteção e defesa civil enquanto política pública, considerando seu processo de formulação e a Lei 12.608/2012 que a instituiu. Foram analisadas também as ações do governo federal no PPA 2012 – 2015 e no Plano Nacional de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres Naturais, lançado em agosto de 2012. Cabe ressaltar que a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil trouxe muitos avanços e os programas e planos desenhados pelo governo federal tem tentado, de alguma forma, dar uma melhor organização para o setor. Porém, concluiu-se que apesar dos importantes avanços obtidos nos últimos anos na área de gestão de riscos de desastres no país, com a inserção no ordenamento jurídico nacional de uma política para a área e o aumento dos investimentos no setor, a formulação dos mesmos teve excessiva influência dos deslizamentos na região serrana do Rio de Janeiro em 2011...

The establishment of the National Policy of Protection and Civil Defence had as one of the aims to give a political response to society after one of the biggest disasters in the history of the country, which caused caused more than 900 deaths in the mountainous region of Rio de Janeiro, in January 2011. This study has as main objective to evaluate the risk management disasters in Brazil with emphasis on the analysis of the Policy of Protection and Civil Defence as a public policy and actions of federal government in the area. The study consisted, from the point of sight of their goals, exploratory and descriptive research and on the technical procedures, research was conducted by literature and documents with a qualitative approach in order to observe choices made in the policy formulation in the area of disaster risk management in the country. The study analyzed the theme of protection and civil defense as a public policy, considering its formulation and the Law 12.608/2012 that established. They were also analyzed the actions of the federal government in PPA 2012-2015 and the National Plan for Risk Management and Natural Disaster Response, released in August 2012. It should be noted that the National Policy of Protection and Civil Defense brought many advances and programs and plans designed by the federal government has tried, in some form, to give a better organization for the sector. However, it was concluded that despite the important progress made in recent years in disaster risk management area in the country, with the insertion in national law of a policy for the area and the increased investment in the sector, the formulation of them had excessive influence of landslides in the mountainous region of Rio de Janeiro in 2011...
Descritores: Planejamento em Desastres
Defesa Civil/legislação & jurisprudência
Desastres Naturais
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  8 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-757578
Autor: Assumpção, Rafaela dos Santos Facchetti Vinhaes.
Título: Petrópolis: um histórico de desastres sem solução? Do Plano Kõeler ao Programa Cidades Resilientes / Petropolis: a disaster of historic unsolved? Plan Koeler the Program Resilient Cities.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2015. 246 p. ilus, mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Esta tese analisa as causas e agravos das inundações de Petrópolis, Município da Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. Partiu-se de conceitos como cidade, urbano e urbanismo, para entender como pequenos núcleos populacionais transformaram-se em cidades, organizaram-se e cresceram. Os conceitos de desastres são apresentados, com destaque para as inundações, suas causas e consequências para a saúde. As possíveis soluções técnicas e de gerenciamento de águas urbanas, a legislação pertinente ao tema e o Programa Cidade Resiliente integram um conjunto de medidas que podem responder positivamente às questões das inundações. A fundação de Petrópolis, seu plano urbanístico, seu histórico de desastres são criticamente analisados e comentados. A cidade, em foco, apesar de ter sido planejada, ao longo dos seus 172 anos de existência, teve seu projeto urbanístico original, de uso e ocupação do solo, posto de lado para dar lugar à especulação imobiliária e, posteriormente, à ocupação desordenada das encostas e margens de rios. Demonstra-se que poder público sempre agiu com leniência, e mesmo, incentivando essas ocupações. Este cenário determina a suma importância de repensar-se o seu meio urbano, a fim de impedir que maiores danos continuem a assolar a cidade...

This thesis analyses the causes and consequences of floods in Petropolis, a city in the mountainous region of Rio de Janeiro state. Concepts such as city, urban and urban planning will be used to understand how small population cores were transformed in cities, how they were organized and grew. Disaster concepts are presented highlighting floods, their causes and consequences to the population's health. A set of measures that involves technical solutions, urban water management, the legislation relevant to the topic and the Resilient Cities Program can positively answer the flood issues. The foundation of Petropolis, its urban planning as well as its disasters history are critically analyzed and reviewed. Although the city had an original urban planning, which guided the occupation of the land and its use, it was later set aside later throughout its 172 years of existence. This happened first due to real estate speculation and more recently by the disorderly occupation of slopes and riverbanks. The government has always acted with leniency, and even encouraged occupations. For the purpose of preventing major damage to continue to affect the city, this setting shows the importance of rethinking the urban environment...
Descritores: Planejamento de Cidades
Mudança Climática
Desastres/prevenção & controle
Inundações
Legislação Ambiental
-Defesa Civil
Controle de Cheias
Deslizamentos de Terra
Habitação Social
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  9 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Spink, Mary Jane Paris
Texto completo
Id: lil-720590
Autor: Spink, Mary Jane Paris.
Título: Viver em áreas de risco: tensões entre gestão de desastres ambientais e os sentidos de risco no cotidiano / Living in areas of risk: tensions between management of environmental disasters and the significance of risk in everyday life
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;19(9):3743-3754, 09/2014.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo aborda a gestão dos riscos de desastres ambientais na ótica de pessoas em situações de vulnerabilidade. Tem por base as etapas iniciais da pesquisa Viver em área de risco, desenvolvida com o apoio do CNPq. As informações derivam de múltiplas fontes: atividades de uma organização local (Sociedade Santos Mártires); conversas informais com moradores e lideranças comunitárias da região; histórico das legislações sobre a defesa civil brasileira; matérias de jornais sobre desastres na região e extensa revisão bibliográfica sobre o tema. Apoiada em vertentes críticas das teorias sociais de risco, o objetivo é entender os processos por meio dos quais os atores dão sentido aos riscos. São abordados três tópicos: a descrição do território, com foco no conceito de vulnerabilidade socioambiental; a rede complexa de atores que performam risco naquele território; a gestão dos riscos por parte de pessoas com foco na vida cotidiana da comunidade. Os resultados preliminares sugerem que para entender a gestão dos riscos, na perspectiva das pessoas em situação de vulnerabilidade, é necessário caracterizar a rede heterogênea de atores que performam o risco nesse território, assim como as múltiplas dimensões da hierarquização desses riscos por parte dos moradores.

This paper addresses risks management of environmental disasters from the standpoint of people in vulnerable situations. It is based on the initial phase of research on Life in risk areas conducted with financial support from CNPq. Data was gathered from multiple sources: activities of a local organization (Sociedade Santos Mártires); informal conversations with community residents and leaders in the region; legislative history of Brazilian civil defense; newspaper articles on disasters in the region and extensive bibliographic research. Based on social of critical analysis of risk theories, the objective was to understand the processes of how people deal with risk. Three themes are addressed: description of the territory focusing on the concept of social and environmental vulnerability; the complex network of actors that constitute risk in this territory; local risk management with a focus on everyday life in the community. The preliminary results suggest that in order to understand risk management in situations of vulnerability it is necessary to take into account the heterogeneous network of actors that constitute risk in the territory as well as the multiple dimensions of risk hierarchies as perceived by local inhabitants.
Descritores: Desastres
-Brasil
Defesa Civil
Risco
Gestão de Riscos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 68 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-720571
Autor: Valencio, Norma Felicidade Lopes da Silva.
Título: Desastres: tecnicismo e sofrimento social / Disasters: technicism and social suffering
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;19(9):3631-3644, 09/2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Desde uma perspectiva crítica das ciências sociais, o estudo analisa preliminarmente aspectos do approach tecnicista de defesa civil no Brasil, para tê-lo como referência para a usual indiferença do meio técnico-operacional quanto ao sofrimento social multidimensional dos grupos afetados nos desastres. O quadro analítico se baseia em pesquisa documental, sobretudo em registros institucionais e em revisão de literatura dos autores de referência no debate, bem como nos estudos mais recentes sobre alguns dos casos mais emblemáticos de desastres recentes no país. Conclui-se que a preocupação com o sofrimento social multidimensional dos grupos sociais afetados nos desastres é ausente no escopo institucional.

Adopting a critical perspective of the social sciences, this study initially analyzes some aspects of the technicism of the Brazilian Civil Defense to have it as a benchmark of the usual indifference of its technical and operational personnel to the multidimensional social suffering of the groups affected by disasters. The analytical framework is based on documentary research, especially of official records, and also a review of the literature of the main authors in the field as well as recent studies about the most emblematic recent disasters in Brazil. The conclusion reached is that concern about the multidimensional social suffering of the social groups affected by disasters is absent in the institutional framework.
Descritores: Desastres
-Brasil
Defesa Civil
Fatores Sociológicos
Tecnologia
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 7 ir para página                  
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde