Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.800 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 9067 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 907 ir para página                         

  1 / 9067 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-626522
Autor: Goldenberg, Dov Charles; Baroudi, Ricardo.
Título: O problema dos implantes de silicone e o impacto na qualidade de vida / The problems associated with silicone implants and their impact on quality of life
Fonte: Rev. bras. cir. plást;27(1):1-1, jan.-mar. 2012.
Idioma: en; pt.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias
Qualidade de Vida
Silicones
Implantes de Mama
-Silicones/efeitos adversos
Silicones/uso terapêutico
Implantes de Mama/efeitos adversos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  2 / 9067 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-767143
Autor: Gonçalves, Fernanda Aguiar; Dalosso, Ingrid Fernandes; Borba, Jéssica Maria Camargo; Bucaneve, Juliana; Valerio, Nayra Maria Prado; Okamoto, Cristina Terumy; Bucharles, Sergio Gardano Elias.
Título: Qualidade de vida de pacientes renais crônicos em hemodiálise ou diálise peritoneal: estudo comparativo em um serviço de referência de Curitiba - PR / Quality of life in chronic renal patients on hemodialysis or peritoneal dialysis: a comparative study in a referral service of Curitiba - PR
Fonte: J. bras. nefrol;37(4):467-474, out.-dez. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: Resumo Introdução: A doença renal crônica (DRC) compromete saúde e rotina de seu portador. No estágio V da DRC, o paciente torna-se elegível para iniciar a terapia substitutiva renal por hemodiálise (HD), diálise peritoneal (DP) ou transplante renal. O tipo de tratamento pode ser importante para melhorar a qualidade de vida do paciente. Objetivo: Comparar a qualidade de vida de pacientes renais crônicos em estágio V-D (em diálise) que realizam DP domiciliar ou HD. Métodos: Estudo transversal com coleta prospectiva, por conveniência, por meio da aplicação de questionários socioeconômicos e KDQOL-SF 36 em pacientes do ambulatório de DP e pacientes em HD da Fundação Pró-Renal e clínicas-satélite de Curitiba-PR. Resultados: Amostra de 338 pacientes, sendo 222 em HD, e 116 em DP. Idade média de 54,4 ± 15,28 anos para HD e 58,0 ± 13,99 para DP. Variáveis: situação do trabalho (p < 0,05), estímulo por parte da equipe de diálise (p < 0,01) e satisfação do paciente (p < 0,001) foram favoráveis à DP, enquanto que funcionamento físico (p < 0,05) e função emocional (p < 0,01) foram favoráveis à HD. Conclusão: Objetivamente, a DP mostrou-se melhor em relação à qualidade de vida por apresentar um maior número de itens com resultados significativos quando comparada à HD. Porém, as duas variáveis de maior significância encontradas na HD (funcionamento físico e funcionamento emocional) têm um impacto maior no bem-estar e no cotidiano no ambiente externo à clínica do que aquelas superiores na DP, tornando a HD mais favorável à qualidade de vida do paciente.

Abstract Introduction: Chronic kidney disease (CKD) compromises the health and routine of the patient. On the fifth stage of CKD, the patient becomes eligible to start renal replacement therapy: hemodialysis (HD), peritoneal dialysis (PD) or kidney transplantation. The type of CKD treatment is essential to improving quality of life of the patient. Objective: To compare the quality of life of CKD stage 5 patients who perform HD and home PD. Methods: Cross-sectional study with data collection, by convenience, through the application of socioeconomic and KDQOL SF-36 questionnaires in HD and PD patients of the Pro-Renal Foundation and satellite clinics in Curitiba-PR. Results: The sample was 338 patients, 222 HD and 116 PD. Average age: 54.4 years for HD group (± 15.28) and 58.00 for the DP group (± 13.99). The variables: work status (p < 0.05), encouragement by dialysis staff (p < 0.01) and patient satisfaction (p < 0.001) were in favor of DP; while physical functioning (p < 0.05) and emotional function (p < 0.01) were to HD. Conclusion: Objectively, PD was more favorable regarding quality of life, for the large number of items with significant results when compared to HD. However, the two variables of greatest significance found in HD (physical functioning and emotional functioning) ended up having a much greater impact on well-being and daily-life of the patient in the environment external to the clinic than those who were higher in DP, making HD the most favorable for patient quality of life.
Descritores: Qualidade de Vida
Diálise Renal
Diálise Peritoneal
Falência Renal Crônica/terapia
-Encaminhamento e Consulta
Estudos Transversais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 9067 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-760435
Autor: Moraes, Thyago Proença de; Ribeiro, Silvia Carreira.
Título: Modalidade de diálise e qualidade de vida / Dialysis modality and quality of life
Fonte: J. bras. nefrol;37(3):289-290, July-Sept. 2015. tab.
Idioma: pt.
Descritores: Qualidade de Vida
Diálise Renal
-Diálise Peritoneal
Falência Renal Crônica
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 9067 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-760427
Autor: Barata, Nuno Eduardo Roxo Rodrigues Cravo.
Título: Dyadic Relationship and Quality of Life Patients with Chronic Kidney Disease / Relação Diádica e Qualidade de Vida de Pacientes com Doença Renal Crônica
Fonte: J. bras. nefrol;37(3):315-322, July-Sept. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: AbstractIintroduction:Chronic Renal insufficiency (CRI) and dialysis treatment lead to a succession of situations for kidney chronic patient, which compromises his aspect, not only physically, and psychologically, with personal, family and social repercussions.Objective:(1) to verify the existence of differences of dyadic adjustment (DA) according to renal replacement treatment (RRT) and (2) verify the existence of differences quality of life (QOL) in accordance with the RRT.Methods:This is a cross-sectional study of a descriptive nature through surveys, exploratory and correlational. The sample consisted of 125 participants. Of these, 31 were to be made RRT by automated peritoneal dialysis (APD) and 94 hemodialysis (HD). Participants were selected from three renal centers: (1) Centro Renal da Prelada (Porto, Portugal), (2) Centrodial (S. João da Madeira, Portugal) and Centro Renal da Misericórdia de Paredes (Paredes, Portugal). The study was carried out for 6 months. The following instruments were applied: Socio-demographic and clinical questionnaire (SDCQ), Dyadic Adjustment Scale (DAS), World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-Bref).Results:The results demonstrate the existence of statistically significant differences between the type of RRT and most areas of QOL, as well as the existence of statistically significant differences between the subscales of the DAS evaluated and the type of RRT.Conclusion:The present study demonstrates a greater commitment in terms of QOL of individuals undergoing treatment for HD when compared with those subjected to APD. It turns out, also, that DA is most strongly perceived by patients in APD than with HD.

ResumoIntrodução:A Insuficiência Renal Crônica (IRC) e o tratamento dialítico provocam uma sucessão de situações para o doente renal crônico, que compromete o seu aspecto, não só físico como psicológico, com repercussões pessoais, familiares e sociais.Objetivo:(1) verificar a existência de diferenças do relacionamento diádico (RD) de acordo com o Tratamento Substitutivo Renal (TSR) e (2) verificar a existência de diferenças da qualidade de vida (QDV) de acordo com o TSR.Métodos:O presente estudo transversal é de carácter descritivo mediante inquéritos, exploratório e correlacional. A amostra é constituída por 125 participantes. Destes, 31 encontravam-se a efectuar TSR por diálise peritoneal automatizada (DPA) e 94 por hemodiálise (HD). Os participantes foram selecionados de três centros renais: (1) Centro Renal da Prelada (Porto); (2) Centrodial (São João da Madeira); e Centro Renal da Misericórdia de Paredes (Paredes). O estudo realizou-se durante 6 meses. Aplicou-se os seguintes instrumentos: Questionário Sociodemográfico e clínico (QSD&C); Dyadic Adjustment Scale (DAS); World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-Bref).Resultados:Os resultados demonstram a existência de diferenças estatisticamente significativas entre o tipo de TSR e a maioria dos domínios de QDV, bem como, a existência de diferenças estatisticamente significativas entre as subescalas do Ajuste Diádico avaliadas e o tipo de TSR.Conclusão:O presente estudo demonstra um maior comprometimento ao nível da QDV dos indivíduos submetidos a tratamento por HD quando comparados com os submetidos à DPA. Verifica-se, igualmente, que o AD é mais fortemente percebido pelos pacientes em DPA do que com HD.
Descritores: Qualidade de Vida
Ajustamento Social
Adaptação Psicológica
Diálise Renal/psicologia
Insuficiência Renal Crônica/psicologia
Insuficiência Renal Crônica/terapia
-Estudos Transversais
Diálise Peritoneal
Autorrelato
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 9067 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-760426
Autor: Ramos, Elizabeth Cristina Carpena; Santos, Iná da Silva dos; Zanini, Roberta de Vargas; Ramos, José Maurício Grahl.
Título: Qualidade de vida de pacientes renais crônicos em diálise peritoneal e hemodiálise / Quality of life of chronic renal patients in peritoneal dialysis and hemodialysis
Fonte: J. bras. nefrol;37(3):297-305, July-Sept. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: ResumoIntrodução:Há controvérsias quanto à qualidade de vida (QV) de pacientes renais crônicos tratados com diferentes métodos dialíticos.Objetivo:Comparar a QV de pacientes renais crônicos em diálise peritoneal (DP) e hemodiálise (HD).Métodos:Estudo transversal nos três centros de diálise de Pelotas/RS. Pacientes em DP foram entrevistados após consulta mensal de rotina e os em HD, entre 1ª-2ª horas da sessão dialítica, com questionário estruturado. QV foi avaliada com Short-Form Health Survey (SF-36). Médias dos oito domínios do SF-36 foram comparadas entre os grupos.Resultados:Dos 345 pacientes elegíveis (63 em DP e 282 em HD), foram entrevistados 317 (8% de perdas/recusas). Cerca da metade nos dois grupos estava em diálise há no máximo 3 anos. Havia maioria de mulheres em DP e de homens em HD. Pacientes em DP relataram menos "dor" do que os em HD (escores médios 76,5 e 64,3, respectivamente; p = 0,0040). Não houve diferença nos demais domínios do SF-36.Discussão:A utilização de HD em Pelotas é um pouco menor que a detectada pelo Censo Brasileiro de Diálise (2011), sendo o uso de DP semelhante ao de alguns países europeus. Melhor escore no domínio "dor" entre pacientes em DP é consistente com o observado em outros estudos, embora haja também relatos de nenhuma diferença entre as modalidades e de vantagens da DP em outros domínios que não foram detectados no atual estudo.Conclusão:É semelhante a QV dos pacientes em DP ou HD, exceto no domínio dor, que foi menos intensa entre os pacientes em DP.

AbstractIntroduction:There are controversies regarding differences in quality of life (QOL) of chronic renal disease patients treated with different dialytic methods.Objective:To compare QOL among chronic renal disease patients in peritoneal dialysis (PD) and in hemodialysis (HD).Methods:Cross-sectional study in all the three centers of dialysis in Pelotas/Brazil. Patients in PD were interviewed after the monthly-routine-consultation and those in HD between the 1nd-2rd hours of the dialysis session by employing structured questionnaires. QOL was assessed with Short-Form Health Survey (SF-36). Means in the eight SF-36 domains were compared between groups.Results:Among 345 eligible patients (63 in PD and 282 in HD) 317 were interviewed (8% losses/refusals). About half of patients in both groups were in dialysis treatment for 3 years at most. There were more women in PD and more men in HD. Patients in PD reported less "pain" than those in HD (mean scores 76.5 and 64.3, respectively; p = 0.0040). There was no difference for the remaining SF-36 domains.Discussion:Utilization of HD in Pelotas is a bit lower than detected at the Brazilian Dialysis Census (2011), whereas the frequency of PD is similar to frequency observed in some European countries. The higher score on "pain" among patients in PD is consistent with findings from other studies although no difference and even additional advantages of PD over HD have already been reported.Conclusion:QOL is similar among patients in DP or in HD, except in terms of pain, that was less severe in PD patients.
Descritores: Qualidade de Vida
Diálise Renal
Falência Renal Crônica/terapia
-Brasil
Estudos Transversais
Diálise Peritoneal
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 9067 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1097586
Autor: Bueno, Giovanna Hass; Weber, Aldair; Godoy, Ilda de.
Título: Perspectivas da oxigenoterapia domiciliar para pacientes com doença pulmonar crônica / Perspectivas de la oxigenoterapia domiciliaria para pacientes con enfermedad pulmonar crónica / Perspectives of home oxygen therapy for patients with chronic lung disease
Fonte: J. nurs. health;10(1):20101005, jan.2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: conhecer as perspectivas dos pacientes com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica sobre o uso da Oxigenoterapia Domiciliar Prolongada. Métodos: estudo qualitativo, com 20 pacientes com diagnóstico de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, durante o primeiro trimestre de 2014, atendidos no Ambulatório de Oxigenoterapia em São Paulo. Foram utilizadas entrevistas semiestruturadas e Análise do Conteúdo. Resultados: a idade média foi de 69 anos, 70% do sexo feminino, 85% possuía escolaridade inferior ao ensino médio e 15% eram analfabetos. O tempo de uso médio de oxigenoterapia foi 3,3 ±2 anos. As categorias de análise foram: fortalezas da terapia, desafios da terapia, processo de luto e relação com a família. Conclusão: os pacientes experimentaram limitações em suas atividades diárias, sendo estas um ônus para eles. Conhecer as expectativas e experiências destas vivências auxiliam no cuidado mais humanizado e integral.(AU)

Objective: to know the perspectives of patients with chronic obstructive pulmonary disease on the use of prolonged home oxygen therapy. Methods: qualitative study, with 20 patients diagnosed with chronic obstructive pulmonary disease, during the first quarter of 2014, attended at the oxygen therapy outpatient clinic in São Paulo. Semi-structured interviews and Content Analysis were used. Results: the average age was 69 years, 70% female, 85% had less than high school education and 15% were illiterate. The average use time of oxygen therapy was 3.3 ± 2 years. As categories of analysis were: strengthening of therapy, challenges of therapy, process of self-relationship and relationship with the family. Conclusion: patients experienced limitations in their daily activities, which are a burden for them. Knowing the expectations and these experiences helps in more humanized and comprehensive care.(AU)

Objetivo: conocer las perspectivas de los pacientes con enfermedad pulmonar obstructiva crónica sobre el uso de la terapia extendida de oxígeno en el hogar. Métodos: estudio cualitativo, con 20 pacientes diagnosticados con Enfermedad Pulmonar Obstructiva Crónica, durante el primer trimestre de 2014, atendidos en la Clínica Ambulatoria de Terapia de Oxígeno en São Paulo. Se utilizaron entrevistas semiestructuradas y análisis de contenido. Resultados: la edad promedio fue de 69 años, 70% mujeres, 85% tenían educación inferior a la secundaria y 15% eran analfabetas. El tiempo de uso promedio de la oxigenoterapia fue de 3.3 ± 2 años. Como categorías de análisis fueron: fortalecimiento de la terapia, desafíos de la terapia, proceso de auto-relación y relación con la familia. Conclusión: los pacientes experimentaron limitaciones en las actividades diarias, que son una carga para ellos. El conocimiento de las expectativas y estas experiencias ayudan en una atención más humanizada y integral.(AU)
Descritores: Oxigenoterapia
Percepção
Qualidade de Vida
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1060.1 - Biblioteca do Campus Porto


  7 / 9067 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-1097413
Autor: Alfonso Salabert, Iria; Salabert Tortoló, Idalmi; Medina Tápanes, Elizabeth; Alfonso Prínce, José Claro; Madiedo Serrano, Roger Nelson; Semper González, Abel Ivan.
Título: Pancreatitis aguda, ¿es un problema de salud evitable o no? / Acute pancreatitis- is it an avoidable health problem or not?
Fonte: Rev. medica electron;40(1):206-211, ene.-feb. 2018.
Idioma: es.
Descritores: Pancreatite/complicações
Pancreatite/etiologia
Pancreatite/mortalidade
Pancreatite/tratamento farmacológico
Serviços Preventivos de Saúde
Qualidade de Vida
Indicadores de Morbimortalidade
Fatores de Risco
Intervenção Médica Precoce
Gestão da Saúde da População
Programas Nacionais de Saúde
-Atenção Primária à Saúde
Procedimentos Cirúrgicos Operatórios
Atenção Secundária à Saúde
Atenção Terciária à Saúde
Educação de Graduação em Medicina
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: CU424.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas


  8 / 9067 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1055956
Autor: D'Azevedo, Stephanie Steremberg Pires; Santos, Danielle Christine Moura dos; Alves, Maria Geórgia Torres; Sousa, Niedja Madelon Nascimento; Arruda, Gustavo Aires de; Lima, Marize Conceição Ventin.
Título: Qualidade de vida de pessoas afetadas pela hanseníase inseridas em grupos de apoio ao autocuidado / Calidad de vida de personas con lepra que acuden a grupos de apoyo para el autocuidado / Quality of life of people affected by leprosy in self-care support groups
Fonte: Cogitare enferm;24:e64266, 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: analisar a qualidade de vida de pessoas afetadas pela hanseníase inseridas em grupos de apoio ao autocuidado. Método: estudo quantitativo, descritivo, com 43 participantes em unidades de referência que possuíam grupos de apoio ao autocuidado em hanseníase, em Recife e Região Metropolitana. A coleta de dados ocorreu entre janeiro e julho de 2018 com a aplicação do instrumento de avaliação de qualidade de vida WHOQOL-bref. A distribuição das variáveis numéricas contínuas foi analisada pelo teste de Kolmogorov-Smirnov, as categóricas foram apresentadas por frequência absoluta e relativa (%). Resultados: o escore global de qualidade de vida foi 56,4 e os escores dos domínios revelaram-se medianos, com faixas de 50-60. Verificou-se que os domínios com menores pontuações foram os domínios físicos e relações ambientais. Conclusão: pessoas afetadas pela hanseníase apresentam diminuição da qualidade de vida. Apesar de ter cura, é problema de saúde pública, necessitando de atenção para controle e eliminação.

RESUMEN: Objetivo: analizar la calidad de vida de personas con lepra que acuden a grupos de apoyo para el autocuidado. Método: estudio cuantitativo y descriptivo realizado con 43 participantes en unidades de referencia que poseían grupos de apoyo para el autocuidado de la lepra, en Recife y en su Región Metropolitana. Los datos se recolectaron entre enero y julio de 2018 con la aplicación del instrumento de evaluación de la calidad de vida llamado WHOQOL-bref. La distribución de las variables numéricas continuas se analizó con la prueba de Kolmogorov-Smirnov; las categóricas se presentaron por medio de frecuencias absolutas y relativas (%). Resultados: el puntaje global de la calidad de vida fue 56,4 y los de los dominios resultaron medianos, con un margen de50 a 60. Se verificó que los dominios con los puntajes más bajos fueron los dominios físico y de relaciones ambientales. Conclusión: las personas con lepra presentan una reducción en su calidad de vida. Pese a tener cura, es un problema de salud pública, que requiere atención para su control y eliminación.

ABSTRACT Objective: To analyze the quality of life of people affected by leprosy in self-care support groups. Method: A quantitative and descriptive study conducted with 43 participants in reference units with self-care support groups for people affected by leprosy in Recife and its Metropolitan Area. Data collection took place between January and July 2018 with the application of the WHOQOL-BREF instrument to assess quality of life. The distribution of the continuous numerical variables was analyzed by the Kolmogorov-Smirnov test; the categorical variables were presented by absolute and relative (%) frequency. Results: The overall quality of life score was 56.4 and the domain scores were average, ranging between 50 and 60. The domains with the lowest scores were found to be the physical and environmental relationship domains Conclusion: People affected by leprosy have a decreased quality of life. Although curable, it is a public health problem and requires attention for control and elimination.
Descritores: Qualidade de Vida
Autocuidado
Hanseníase/prevenção & controle
-Adaptação Psicológica
Educação de Pacientes como Assunto
Limites: Humanos
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico


  9 / 9067 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1055951
Autor: Uchoa, Verediana Sousa; Chaves, Leyvilane Libdy; Botelho, Eliã Pinheiro; Polaro, Sandra Helena Isse; Oliveira, Marília de Fátima Vieira de.
Título: Fatores associados a sintomas depressivos e capacidade funcional em idosos / Factores asociados a síntomas de depresión y capacidad funcional en ancianos / Factors associated with depressive symptoms and functional capacity in elderly
Fonte: Cogitare enferm;24:e60868, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: identificar a prevalência e fatores associados a sintomas depressivos e capacidade funcional em idosos. Método: estudo analítico, de corte transversal, realizado com 100 idosos em Unidade Básica de Saúde do norte do Brasil. Aplicou-se a Escala de Depressão Geriátrica, escalas de Katz e de Lawton e Brody. Os dados foram analisados por meio dos testes Qui-quadrado de Pearson, Correlação Linear de Pearson e t de Student com nível de significância estatística valor de p-valor <0,05. Resultados: a prevalência de sintomas depressivos foi de 22%, sendo maior em idosos com autopercepção ruim da saúde, sedentários e não participantes de grupos de convivência. A dependência nas atividades instrumentais da vida diária foi de 46% com associação a sintomas depressivos e idade avançada. Conclusão: o uso de instrumentos para detecção precoce de sintomas depressivos e incapacidade funcional permite a estratificação de risco e prevenção do agravamento dessas condições de vida do idoso.

RESUMEN Objetivo: identificar la prevalencia y los factores asociados a síntomas de depresión así como la capacidad funcional en ancianos. Método: estudio analítico, de cohorte trasversal, que se realizó con 100 ancianos en Unidad Básica de Salud del norte de Brasil. Se utilizó la Escala de Depresión Geriátrica, escalas de Katz y de Lawton y Brody. Se analizaron los datos por medio de los tests Chi cuadrado de Pearson, Correlación Linear de Pearson y t de Student con nivel de significancia estadística valor de p-valor <0,05. Resultados: la prevalencia de síntomas de depresión fue de 22%, siendo más alta en ancianos con auto percepción mala de la salud, sedentarios y no participantes de grupos de convivencia. La dependencia en las actividades instrumentales de la vida diaria fue de 46% con asociación a síntomas depresivos y edad avanzada. Conclusión: el uso de instrumentos para detección precoz de síntomas de depresión e incapacidad funcional permite la estratificación de riesgo y prevención del agravio de esas condiciones de vida del anciano.

ABSTRACT Objective: To identify the prevalence and factors associated with depressive symptoms and functional capacity in the elderly. Method: Analytical cross-sectional study with 100 elderly individuals in a Basic Health Unit (UBS) in northern Brazil. The Geriatric Depression Scale (GDS), Katz scale and the Lawton and Brody scale were used. Data was analyzed with Pearson's Chi-square test, Pearson's Correlation Coefficient and Student's t tests, and a p value less than 0.05 was considered significant. Results: The prevalence of symptoms of depression was estimated at 22%. It was higher in elderly people with poor self-rated health, sedentary and who did not participate in social groups. Functional dependency of elderly for performing instrumental activities of daily living was estimated at 46%. It was associated with depressive symptoms and old age. Conclusion: The use of instruments for early detection of depressive symptoms and functional disability allows risk stratification and prevention of the worsening of these living conditions of the elderly.
Descritores: Qualidade de Vida
Envelhecimento
Saúde do Idoso
-Autoimagem
Depressão
Limites: Humanos
Idoso
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico


  10 / 9067 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1055949
Autor: Lima, Siméia Macêdo de; Brito, Karen Krystine Gonçalves de; Santana, Emanuelle Malzac Freire de; Nóbrega, Matheus de Medeiros; Carvalho, Paula Soares; Oliveira, Simone Helena dos Santos; Silva, Mirian Alves da.
Título: Qualidade de vida de pacientes com reações hansênicas / Calidad de vida en pacientes con reacciones hansénicas / Quality of life of patients with leprosy reactions
Fonte: Cogitare enferm;24:e62921, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: avaliar o impacto da hanseníase na qualidade de vida de pacientes com reações hansênicas. Método: estudo transversal e quantitativo realizado com 40 pacientes em janeiro de 2017 em ambulatório de hospital paraibano de referência utilizando questionário contendo dados sociodemográficos e clínico-epidemiológicos e instrumento para avaliação da qualidade vida, The World Health Organization Quality of Life. Resultados: observou-se que a dimensão relações sociais sobressaiu-se (64,38) com melhor escore para qualidade de vida, destacando-se elevada satisfação (85%) dos indivíduos. O domínio físico apresentou menor escore (51,07), com 50% de relatos de limitação para realização de atividades devido à dor, todavia todas as dimensões pontuaram acima de 50 pontos, direcionando para boa qualidade de vida. Conclusão: a fisiopatologia das reações, as condições de vida e as políticas de saúde são capazes de influenciar a qualidade de vida dos pacientes, refletindo-se sobre a necessidade de fomento às políticas públicas para essa população.

RESUMEN: Objetivo: evaluar el impacto de la lepra en la calidad de vida de pacientes con reacciones hansénicas. Método: estudio transversal y cualitativo realizado con 40 pacientes en enero de 2017 en el área de atención ambulatoria del hospital de Paraíba de referencia, por medio de un cuestionario que contenía datos sociodemográficos y clínico-epidemiológicos y de un instrumento para evaluar la calidad de vida: The World Health Organization Quality of Life. Resultados: se observó que las dimensiones sociales se destacaron (64,38) con una mejor puntuación para la calidad de vida, especialmente el elevado nivel de satisfacción (85%) de los individuos. El dominio físico presentó una puntuación más baja (51,07), con el 50% de reportes de cierta limitación para realizar actividades debido al dolor; pese a ello, en todas las dimensiones se obtuvieron puntuaciones superiores a los 50 puntos, lo que apunta a una buena calidad de vida. Conclusión: a fisiopatología de las reacciones, las condiciones de vida y las políticas de salud pueden influenciar la calidad de vida de los pacientes, lo que se refleja sobre la necesidad de fomentar las políticas públicas destinadas a esa población.

ABSTRACT Purpose: To evaluate the impact of leprosy on the quality of life of patients with leprosy reactions. Method: A cross-sectional and quantitative study of 40 patients in January 2017 at a referral outpatient clinic in Paraíba using a questionnaire containing sociodemographic and clinicalepidemiological data and an instrument for quality of life assessment, The World Health Organization Quality of Life. Results: It was observed that the dimension of social relations stood out (64.38) with a better score for quality of life, highlighting the high satisfaction (85%) of the individuals. The physical domain presented the lowest score (51.07), with 50% of reports of limitation to perform activities due to pain, but all dimensions scored above 50 points, leading to a good quality of life. Conclusion: The pathophysiology of reactions, living conditions and health policies can influence the quality of life of patients, reflecting on the need to foster public policies for this population.
Descritores: Qualidade de Vida
Atenção Secundária à Saúde
Hanseníase
-Doenças Negligenciadas
Inflamação
Limites: Humanos
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico



página 1 de 907 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde