Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.880.604.473.380 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 243 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 25 ir para página                         

  1 / 243 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1134733
Autor: Cândido, Cássia Marques; Suzano, Heloísa de Almeida; Assis, Monique Ribeiro de.
Título: Aesthetics of the invisible and androgyny: the dissolution of the symbolic unit of belonging as a reflection for physical education / Estética do invisível e androginia: a dissolução da unidade simbólica de pertencimento como reflexão à educação física
Fonte: J. Phys. Educ. (Maringá);31:e3152, 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: ABSTRACT The interest in conducting this study stems from the visibility that non-binary individuals acquire in different spaces, including in artistic manifestations that invite one to dialogue. An example is the event "Visible Bodies Multilanguage Exhibition: Art and Diversity", which promoted a public debate around the theme. It included a photographic exhibition entitled "Aesthetics of the Invisible", from which we selected two images to be interpreted, discussing some senses linked to their compositions: "Ensaio disfarce para o fim do mundo" and "Meu corpo criação", henceforth referred to as "Disguised Rehearsal for the End of the World" and "My Creation Body", respectively. The method is inspired on the anthropology of image. It requires that interpretation goes beyond the content of the photographs to encompass aspects tied to their production and exhibition. Results show that both images overcome the authoritarian discourse, representing individuals who refuse to submit themselves to current identity processes. They express a mode of suffering that is translated into a symptom by the dissolution of the symbolic unit of belonging. The elements that constitute them evoke notions of divinity, power, resistance and transformation. In addition to changing subjectivities, the photographs illuminate the rise of a new paradigm that defies conventions and brings about changes in different fields, especially in those that act directly on the body.

RESUMO O interesse pela realização do estudo parte da visibilidade que indivíduos não binários adquirem em diferentes espaços, inclusive em manifestações artísticas que convidam ao diálogo. Um exemplo é o evento "Mostra de Multilinguagens Corpos Visíveis: arte e diversidade", que promoveu um debate público envolvendo a temática. A mesma comportou a exposição fotográfica "Estética do Invisível", de onde selecionamos duas imagens, com o objetivo de interpretá-las, discutindo alguns sentidos atrelados às suas composições. Trata-se daquelas intituladas "Ensaio disfarce para o fim do mundo" e "Meu corpo criação". O método é inspirado na antropologia da imagem. O mesmo exige que a interpretação supere o conteúdo das fotografias e considere aspectos ligados à sua produção e exibição. Os resultados apontam que ambas as imagens superam o discurso autoritário, representando indivíduos que recusam se submeter aos processos identitários vigentes. Elas expressam um modo de sofrimento, que se traduz em sintoma pela dissolução da unidade simbólica de pertencimento. Os elementos que as constituem evocam noções de divindade, poder, resistência e transformação. Além de subjetividades cambiantes, as fotografias iluminam o despontar de um novo paradigma que desafia convenções e acarreta mudanças em diferentes campos, principalmente aos que atuam diretamente sobre o corpo.
Descritores: Estética
Expressão de Gênero
-Religião
Fotografia
Liberdade
Identidade de Gênero
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  2 / 243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-742350
Autor: Weber, Thadeu.
Título: Right, justice and freedom in Hegel / Direito, justiça e liberdade em Hegel
Fonte: Textos contextos (Porto Alegre);13(1):09-30, jan.-jun. 2014.
Idioma: en; pt.
Resumo: This paper aims to explain the conception of justice in Hegel's Philosophy of Right. It binds the conception to the idea of freedom in its different ways of determination. It starts from the notion of person of right and indicates the fundamental rights that derive from the expression of this legal capacity. It highlights the right of necessity as a right to make an exception in favor of itself aiming at the realization of justice. It shows how the administration of justice takes place through the Law in civic society.

O texto procura explicitar a concepção de justiça na Filosofia do Direito de Hegel. Vincula-a à ideia da liberdade nas suas diferentes formas de determinação. Parte da noção de pessoa de direito e indica os direitos fundamentais decorrentes da expressão dessa capacidade legal. Destaca o direito de emergência como direito de abrir uma exceção a seu favor em vista da realização da justiça. Mostra como, pela lei, na sociedade civil, se dá a administração da justiça.
Descritores: Estado
Justiça Social
Liberdade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1323.1 - Biblioteca Central Irmão José Otão


  3 / 243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Porto, Marcelo Firpo de Souza
Texto completo
Id: biblio-1055741
Autor: Porto, Marcelo Firpo de Souza.
Título: Crise das utopias e as quatro justiças: ecologias, epistemologias e emancipação social para reinventar a saúde coletiva / Crisis of utopias and the four justices: ecologies, epistemologies and social emancipation for reinventing public health
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(12):4449-4458, dez. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O artigo propõe uma leitura da crise da saúde no interior de uma crise mais ampla das utopias e da necessidade de reinventarmos a emancipação social que indique trilhas realistas de esperanças a partir do presente. Para isso propomos a articulação de quatro tipos de justiça: social, sanitária, ambiental e cognitiva. As duas primeiras são bem conhecidas do pensamento crítico e da saúde coletiva, e as duas últimas ampliam o entendimento da crise em sua natureza civilizatória, ética e planetária, marcada pelas contradições e potencial destrutivo da modernidade eurocêntrica, ocidental e capitalista. O social, na perspectiva assumida, é considerado indissociável das dimensões ecológicas, ontológicas e epistemológicas que marcarão os grandes embates na interface entre ética, política, ciência e transformação social em tempos de acirramento das várias crises, surgimento de distopias e necessária transição civilizatória. O artigo se apoia nas contribuições de três campos do conhecimento: a saúde coletiva, a ecologia política e as abordagens pós-coloniais, em especial as epistemologias do Sul de Boaventura de Sousa Santos, em torno da reinvenção da emancipação social. Ao final propomos breves reflexões para que a saúde coletiva produza alternativas sobre temas como desenvolvimento econômico, científico e tecnológico, promoção, vigilância, atenção e cuidado.

Abstract The article proposes a reinterpretation about the health crisis within a broader crisis of utopias and the need to reinvent social emancipation that can show us realistic paths of hope from the present. For this purpose, we propose the association of four types of justice: social, health, environmental and cognitive. The two first ones are well known in critical thinking and collective health, and the last two extend the understanding of the crisis in its civilizing, ethical, and planetary aspects, marked by the contradictions and destructive potential of Eurocentric, Western and capitalist modernity. The social is considered inseparable from the ecological, ontological, and epistemological dimensions in the interface between ethics, politics, science and social transformation related to the various crises and the necessary civilizational transition. The article is based on contributions from three fields of knowledge: collective health, political ecology and postcolonial approaches, especially the Epistemologies of the South, as presented by Boaventura de Sousa Santos around the reinvention of social emancipation. Finally, we propose some brief reflections for collective health to produce alternatives on topics such as economic, scientific and technological development, health promotion, surveillance, and care.
Descritores: Justiça Social
Saúde Ambiental
Saúde Pública
Liberdade
Direito à Saúde
-Violência
Guerra
Desenvolvimento Econômico
Vestuário
Colonialismo
Metáfora
Capitalismo
Marketing Social
Racismo
Violência Étnica
Desenvolvimento Sustentável/economia
Indústrias
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1145832
Autor: Carvalho, Patricia Anjos Lima de; Santos, Vanessa Thamyris Carvalho dos; Soares, Ricardo Henrique; Oliveira, Márcia Aparecida Ferreira de; Fornasier, Rafael Cerqueira; Sena, Edite Lago da Silva.
Título: Reflexividade do sensível e do cuidado à família no contexto da saúde mental / Reflexivity of the sensitive and family care in the context of mental health / Reflexividad de lo sensible y de la atención familiar en el contexto de la salud mental
Fonte: Rev. enferm. UERJ;28:e53264, jan.-dez. 2020.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: descrever a experiência de famílias que vivenciam o sofrimento mental em dispositivos existenciais presentes no território. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, fundamentado na fenomenologia de Merleau-Ponty. Com aprovação do comitê de ética em pesquisa, o estudo foi desenvolvido entre julho de 2017 e junho de 2018 em um município da Bahia, Brasil, com a participação de dez famílias, representadas por 24 pessoas. Os dados foram coletados por meio de entrevistas fenomenológicas e rodas de intersubjetividade, tendo sido analisados pela técnica analítica da ambiguidade. Resultados: as descrições foram categorizadas em: família como lugar de re(construção) de virtudes relacionais e liberdade como dispositivo existencial de cuidado. Conclusão: o estudo demostrou o potencial da família para se constituir como espaço de promoção de virtudes e fortalecimento de vínculos; e ressaltou a importância da construção e valorização de experiências dialógicas, a exemplo das rodas de intersubjetividade, que se mostraram como relevante estratégia de cuidado em saúde mental.

Objective: to describe the experience of families who experience mental suffering in existential spaces in the territory. Method: this qualitative, descriptive study, based on the phenomenology of Merleau-Ponty and approved by the research ethics committee, was conducted between July 2017 and June 2018 in a municipality in Bahia, Brazil, with the participation of ten families, represented by 24 people. Data were collected in phenomenological interviews and intersubjectivity groups, and then analyzed using the ambiguity analysis technique. Results: the resulting descriptions were categorized into the family as a place for re(building) relational virtues and freedom as an existential space for care. Conclusion: the study demonstrated the family's potential to constitute a space for promoting virtues and strengthening bonds, and highlighted the importance of building and valuing dialogical experiences, such as the intersubjectivity groups, which proved to be a substantial mental health care strategy.

Objetivo: describir la vivencia de familias que experimentan sufrimiento mental en espacios existenciales del territorio. Método: este estudio cualitativo, descriptivo, basado en la fenomenología de Merleau-Ponty y aprobado por el comité de ética en investigación, se realizó entre julio de 2017 y junio de 2018 en un municipio de Bahía, Brasil, con la participación de diez familias, representadas por 24 personas. Los datos fueron recolectados en entrevistas fenomenológicas y grupos de intersubjetividad, y luego analizados usando la técnica de análisis de ambigüedad. Resultados: las descripciones resultantes se categorizaron en la familia como lugar de reconstrucción de las virtudes relacionales y la libertad como espacio existencial para el cuidado. Conclusión: el estudio demostró el potencial de la familia para constituir un espacio de promoción de virtudes y fortalecimiento de vínculos, y destacó la importancia de construir y valorar experiencias dialógicas, como los grupos de intersubjetividad, que resultó ser una estrategia sustancial de atención en salud mental.
Descritores: Família/psicologia
Saúde Mental
Virtudes
Relações Familiares
Liberdade
-Filosofia em Enfermagem
Estresse Psicológico/reabilitação
Brasil
Pesquisa Qualitativa
Serviços de Saúde Mental
Limites: Humanos
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  5 / 243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1145223
Autor: Nogueira, Roberto Passos.
Título: Os Médicos, a saúde como completo bem-estar e a questão do desenvolvimento.
Fonte: Brasília; IPEA; 2020. 30 p. (Texto para Discussão / IPEA, 2598).
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo procura evidenciar que a conhecida definição de saúde como um completo bem-estar, conforme consta dos estatutos da Organização Mundial de Saúde (OMS), definidos em 1946, surgiu da influência da doutrina utilitarista de Jeremy Bentham sobre alguns médicos europeus propugnadores da medicina social. Considera-se que a ideia de completo bem-estar deve também ser interpretada prospectivamente pela questão econômico-social do desenvolvimento, conforme seria ratificado em 1952 mediante as ideias desenvolvimentistas do economista sueco Gunnar Myrdal. Neste trabalho, são expostas brevemente as ideias desenvolvimentistas de dois médicos brasileiros, seguidores de Myrdal, Josué de Castro e Mário Magalhães da Silveira. Ademais, o texto defende a tese de que a difusão dos estudos acerca da transição epidemiológica a partir da década de 1970 fez com que médicos pesquisadores de diferentes partes do mundo viessem a renovar seu interesse pela questão do desenvolvimento, especialmente em relação à prioridade das doenças tropicais negligenciadas, entendidas como uma falência da promessa de saúde como completo bem-estar. Adicionalmente, o texto enfoca as ideias de cunho humanista de Amartya Sen sobre saúde como liberdade, e a concepção fenomenológica de Martin Heidegger sobre saúde como estar bem.
Descritores: Desenvolvimento da Saúde
Liberdade
Medicina Social
Saúde
Seguridade Social
Responsável: BR1541.1 - Biblioteca
[{"_a": "330.908", "_b": "I59"}, {"text": "BR1541.1"}]


  6 / 243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Ribeiro, Circéa Amália
Texto completo
Id: biblio-843643
Autor: Perseguino, Marcelo Geovane; Horta, Ana Lucia de Moraes; Ribeiro, Circéa Amalia.
Título: The family in face of the elderly's reality of living alone / La familia delante la realidad del anciano que vive solo / A família frente a realidade do idoso de morar sozinho
Fonte: Rev. bras. enferm;70(2):235-241, Mar.-Apr. 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to understand the family dynamics in face of the reality of the elderly living alone. Method: study of qualitative approach with theoretical reference of symbolic interactionism that involved interviews with families. Data were analyzed by thematic analysis. Results: six families participated in the study. The discourse analysis originated the following categories: The family respecting their decision making; The family organizing itself to the process of living alone after the age of 80 years; The family experiencing the freedom of living alone. Conclusion: in this study, it was possible to identify the facilitation of the possibility of living alone with preparation and agreements between the family during the family life cycle, leading to the feeling of freedom and quality of life of all members. Nursing, as a science responsible for elaborating care strategies, should work together with families to assist in the planning of care plans based on the individual social reality of the family.

RESUMEN Objetivo: comprender la dinámica de la familia frente a la realidad de los ancianos que viven solos. Método: estudio cualitativo con el marco teórico de la interacción simbólica y que incluyó entrevistas con las familias. Los datos fueron analizados mediante el análisis temático. Resultados: seis familias participaron en el estudio. El análisis del discurso ha originado las siguientes categorías: La familia respeta su toma de decisiones; La familia se organiza al proceso de vivir solo después de 80 a.os; La familia experimenta la libertad del vivir solo. Conclusión: en este estudio se observó que la posibilidad de vivir solo se ve facilitada por la preparación y las disposiciones de la familia en el ciclo de vida familiar, dando lugar a una sensación de libertad y la calidad de vida de todos los miembros. La enfermería, como la ciencia encargada de desarrollar estrategias de atención, debe trabajar con las familias para asistir em la planificación de los planes de atención basados en la realidad social familiar individual.

RESUMO Objetivo: compreender a dinamica familiar frente a realidade do idoso de morar sozinho. Método: estudo de abordagem qualitativa, com referencial teórico do Interacionismo Simbólico e que envolveu entrevistas com famílias. Os dados foram analisados por análise temática. Resultados: seis famílias participaram do estudo. A análise de discurso originou as seguintes categorias: A família se organizando ao processo de morar sozinho após os 80 anos; A família respeitando as suas tomadas de decisão; A família vivenciando a liberdade do morar sozinho. Conclusão: neste estudo foi possível identificar que a possibilidade de morar sozinho é facilitada pelo preparo e acordos da família durante o ciclo vital familiar, levando à sensação de liberdade e qualidade de vida de todos os membros. A enfermagem, como ciência responsável pela elaboração de estratégias de cuidado, deve trabalhar junto às famílias auxiliando no planejamento de planos assistenciais baseados na realidade social familiar individual.
Descritores: Qualidade de Vida/psicologia
Tomada de Decisões
Relações Familiares/psicologia
-Família
Pesquisa Qualitativa
Liberdade
Limites: Humanos
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1139218
Autor: Carvalho, Isaiane da Silva; Guedes, Tatiane Gomes; Bezerra, Simone Maria Muniz da Silva; Alves, Fábia Alexandra Pottes; Leal, Luciana Pedrosa; Linhares, Francisca Márcia Pereira.
Título: Educational technologies on sexually transmitted infections for incarcerated women / Tecnologias educacionais sobre infecções sexualmente transmissíveis para mulheres encarceradas / Tecnologías educativas sobre enfermedades de transmisión sexual para mujeres encarceladas
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);28:e3392, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Objective: to analyze in the scientific literature the educational technologies on sexually transmitted infections used in health education for incarcerated women. Method: an integrative review carried out by searching for articles in the following databases: Scopus, Cumulative Index of Nursing and Allied Health, Education Resources Information Center, PsycInFO, Medical Literature Analysis and Retrieval System Online, Latin American Literature in Health Sciences, Cochrane, and the ScienceDirect electronic library. There were no language and time restrictions. A search strategy was developed in PubMed and later adapted to the other databases. Results: a total of 823 studies were initially identified and, after applying inclusion and exclusion criteria, eight articles were selected. Most of them were developed in the United States with a predominance of randomized clinical trials. The technologies identified were of the printed materials type, isolated or associated to simulators of genital organs, videos, and games. Conclusion: the technologies on sexually transmitted infections used in health education for incarcerated women may contribute to adherence to the prevention of this serious public health problem in the context of deprivation of liberty.

Objetivo: analisar na literatura científica as tecnologias educacionais sobre infecções sexualmente transmissíveis utilizadas na educação em saúde de mulheres encarceradas. Método: revisão integrativa realizada por meio de busca de artigos nas bases de dados Scopus, Cumulative Index of Nursing and Allied Health, Education Resources Information Center, PsycInFO, Medical Literature Analysis and Retrieval System Online, Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde, Cochrane e na biblioteca eletrônica Science Direct. Não houve restrição de idioma e tempo. Foi desenvolvida uma estratégia de busca no PubMed e, posteriormente, adaptada para as demais bases. Resultados: foram identificados inicialmente 823 estudos e após aplicação de critérios de inclusão e exclusão, selecionaram-se oito artigos. A maioria foi desenvolvida nos Estados Unidos, com predomínio de ensaios clínicos randomizados. As tecnologias identificadas foram do tipo materiais impressos, isolados ou associados a simuladores dos órgãos genitais, vídeos e jogos. Conclusão: as tecnologias sobre infecções sexualmente transmissíveis, utilizadas na educação em saúde de mulheres encarceradas, podem contribuir na adesão à prevenção desse grave problema de saúde pública no contexto da privação de liberdade.

Objetivo: analizar en la literatura científica las tecnologías educativas sobre infecciones de transmisión sexual utilizadas en la educación sanitaria para mujeres encarceladas. Método: revisión integradora realizada por medio de la búsqueda de artículos en las bases de datos Scopus, Cumulative Index of Nursing and Allied Health, Education Resources Information Center, PsycInFO, Medical Literature Analysis and Retrieval System Online, Literatura Latinoamericana en Ciencias de la Salud, Cochrane y en la biblioteca electrónica Science Direct. No hubo restricciones de idioma y/o fecha de publicación. Se desarrolló una estrategia de búsqueda en PubMed y, posteriormente, se adaptó a las otras bases de datos. Resultados: en un principio, se identificaron 823 estudios y después de aplicar los criterios de inclusión y exclusión, se seleccionaron ocho artículos. La mayoría se desarrollaron en los Estados Unidos, con predominio de ensayos clínicos aleatorios. Entre las tecnologías identificadas, se encuentran materiales impresos, utilizados de forma aislada o asociados con simuladores de órganos genitales, videos y juegos. Conclusión: las tecnologías sobre infecciones de transmisión sexual, utilizadas en la educación sanitaria para mujeres encarceladas, pueden contribuir en la adhesión a la prevención de este grave problema de salud pública en el contexto de la privación de libertad.
Descritores: Prisioneiros
Recursos Audiovisuais
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Saúde Pública
Educação em Saúde
Tecnologia Educacional
Prevenção de Doenças
Liberdade
Genitália
Idioma
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  8 / 243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1139219
Autor: Ranuzi, Cristina; Santos, Tamires Gomes dos; Araujo, Ana Cláudia Moura Caetano; Rodrigues, Leiner Resende.
Título: Suicidal thinking, depression, and religiosity in a freedom-deprived population / Pensamento suicida, depressão e religiosidade em uma população privada de liberdade / Pensamiento suicida, depresión y religiosidad en una población privada de libertad
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);28:e3368, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective: to analyze the influence of sociodemographic variables, prison context, religiosity, and symptoms of depression on the presence of suicidal thinking in a population deprived of liberty. Method: a cross-sectional study with a quantitative approach, conducted with 228 participants, based on a sociodemographic questionnaire, on the prison context, and on the presence of suicidal thinking, from the Duke Religiosity Scale and the Depression, Anxiety and Stress Scale (DASS-21). Results: the variables that showed a statistically significant correlation were the following: female gender, not having a partner, working inside the penitentiary, being a primary defendant and using controlled medication, and females are 7.2 times more likely to present suicidal thinking, for each point more in the depression score, increases by 21% in the chances and not having a partner increases the chances of thinking about suicide by three times. Although the scores of religiosity were high, they did not present a statistically significant correlation with the presence of suicidal thinking. Conclusion: the prison context is complex and contains peculiarities that cause the involvement of mental health problems, as well as self-harming thoughts. Considering the relevance of the subject at issue, this work stands out in view of the scarce scientific production on the subject.

Objetivo: analisar a influência das variáveis sociodemográficas, de contexto prisional, religiosidade e sintomas de depressão sobre a presença do pensamento suicida em uma população privada de liberdade. Método: estudo transversal, com abordagem quantitativa, realizado com 228 participantes, a partir de um questionário sociodemográfico, de contexto prisional e presença do pensamento suicida, da escala de Religiosidade de Duke e da Escala de Depressão, Ansiedade e Estresse (DASS-21). Resultados: as variáveis que apresentaram correlação estatisticamente significativa foram: sexo feminino, não possuir companheiro(a), trabalhar dentro da penitenciária, ser réu primário e fazer uso de medicamento controlado, sendo que o sexo feminino possui 7,2 vezes mais chances de apresentar pensamento suicida, para cada ponto a mais no escore de depressão, aumenta em 21% nas chances e não possuir companheiro(a) aumenta em três vezes as chances de pensar em suicídio. Ainda que os escores de religiosidade tenham sido elevados, não apresentaram correlação estatisticamente significativa com a presença do pensamento suicida. Conclusão: o contexto prisional é complexo e contém peculiaridades que ensejam o acometimento dos agravos à saúde mental, bem como dos pensamentos autolesivos. Considerando a relevância do assunto em questão, esse trabalho se destaca diante da escassa produção científica acerca do tema.

Objetivo: analizar la influencia de variables sociodemográficas de contexto carcelario, religiosidad y síntomas de depresión en la presencia de pensamientos suicidas en una población privada de libertad. Método: estudio transversal, con enfoque cuantitativo, realizado con 228 participantes, basado en un cuestionario sociodemográfico, de contexto carcelario y la presencia de pensamientos suicidas, la Escala de Religiosidad de Duke y la Escala de Depresión, Ansiedad y Estrés (DASS-21). Resultados: las variables que mostraron una correlación estadísticamente significativa fueron: género femenino, no tener pareja, trabajar en la prisión, ser reo primario y usar medicamentos controlados, advirtiéndose que el sexo femenino presenta 7,2 veces más posibilidades de tener pensamiento suicida, por cada punto adicional en el puntaje de depresión, aumenta las posibilidades en un 21% y no tener una pareja aumenta tres veces las posibilidades de pensar en el suicidio tres Aunque los puntajes de religiosidad fueron altos, no mostraron una correlación estadísticamente significativa con la presencia de pensamientos suicidas. Conclusión: el contexto de la prisión es complejo y conlleva peculiaridades que causan el deterioro de los problemas de salud mental, así como los pensamientos autolesivos. Teniendo en cuenta la relevancia del tema en cuestión, este trabajo se destaca en vista de la escasa producción científica sobre el tema.
Descritores: Transtornos de Ansiedade
Estudos Transversais
Responsabilidade Legal
Depressão
Ideação Suicida
Liberdade
Identidade de Gênero
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  9 / 243 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Teixeira, Enéas Rangel
Texto completo
Id: biblio-1042194
Autor: Lacerda, Andrea Stella Barbosa; Sauthier, Marta; Paes, Graciele Oroski; Teixeira, Enéas Rangel.
Título: Embracement with risk classification: relationship of justice with the user / Acogida con clasificación de riesgo: relación de justicia con el usuario / Acolhimento com classificação de risco: relação de justiça com o usuário
Fonte: Rev. bras. enferm;72(6):1496-1503, Nov.-Dec. 2019.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to describe the conception of justice of nurses and users regarding the Risk Classification in Emergency Unit; to analyze the conception of justice in the implementation of the Risk Classification in Emergency Unit from the user's recognition; to discuss, from Axel Honneth's Theory of Recognition, justice with the user in the Risk Classification in Emergency Unit. Method: qualitative research of descriptive, exploratory typology, which used action research as a method. Bardin's Content Analysis was carried out. Results: a category was created: "Justice versus Injustice" and three subcategories: "Autonomy/Freedom versus Heteronomy/Subordination"; "Communication versus Hermeneutic Problems"; "Contributions versus Conflicts". Final considerations: Embracement with Risk Classification presents difficulties in its interpretation and effectiveness; there are situations of disrespect that compete against the required ethics. Justice addressed by this study will be achieved by an emergency access system that meets user expectations, recognizing it as a subject of rights.

RESUMEN Objetivo: describir la concepción de justicia de enfermeros y usuarios en la Clasificación de Riesgo en Emergencia; analizar la concepción de justicia en la implementación de la Clasificación de Riesgo en la Emergencia a partir del reconocimiento del usuario; discutir, a partir de la Teoría del Reconocimiento de Axel Honneth, la justicia con el usuario en la Clasificación de Riesgo en Unidad de Emergencia. Método: investigación cualitativa de tipología descriptiva, exploratoria, que utilizó como método la investigación-acción. Análisis de Contenido de Bardin. Resultados: se organizó una categoría: "Justicia versus Injusticia" y tres subcategorías: "Autonomía/Libertad versus Heteronomía/Subordinación"; "Comunicación versus Problemas Hermenéuticos"; "Contribuciones versus Conflictos". Consideraciones finales: Acogida con Clasificación de Riesgo presenta dificultades en su interpretación y efectividad, con situaciones de incumplimiento que concurren contra la ética requerida. La justicia de que trata este estudio será alcanzada por un sistema de acceso a las emergencias que alcance las expectativas del usuario, reconociéndolo como sujeto de derechos.

RESUMO Objetivo: descrever a concepção de justiça de enfermeiros e usuários na Classificação de Risco em Emergência; analisar a concepção de justiça na implementação da Classificação de Risco na Emergência a partir do reconhecimento do usuário; discutir, a partir da Teoria do Reconhecimento de Axel Honneth, a justiça com o usuário na Classificação de Risco em Unidade de Emergência. Método: pesquisa qualitativa de tipologia descritiva, exploratória, que utilizou como método a pesquisa-ação. Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados: foi organizada uma categoria: "Justiça versus Injustiça" e três subcategorias: "Autonomia/Liberdade versus Heteronomia/Subordinação"; "Comunicação versus Problemas Hermenêuticos"; "Contribuições versus Conflitos". Considerações finais: o Acolhimento com Classificação de Risco apresenta dificuldades em sua interpretação e efetividade, com situações de desrespeito que concorrem contra a ética requerida. A justiça de que trata esse estudo será alcançada por um sistema de acesso às emergências que atinja as expectativas do usuário, reconhecendo-o como sujeito de direitos.
Descritores: Justiça Social
Triagem/métodos
Medição de Risco/métodos
Emergências/classificação
Serviço Hospitalar de Emergência
-Resolução de Problemas
Fatores de Tempo
Comunicação
Conflito Psicológico
Autonomia Pessoal
Pesquisa Qualitativa
Dominação-Subordinação
Escolaridade
Hermenêutica
Liberdade
Pessoa de Meia-Idade
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 243 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1118069
Autor: Oliveira, Karlayne Reynaux Vieira de; Santos, Amuzza Aylla Pereira dos; Vieira, Maraysa Jessyca de Oliveira; Pimentel, Elaine; Comassetto, Isabel; Silva, Jovânia Marques de Oliveira e.
Título: Percepção de mulheres encarceradas sobre o acesso à saúde como ferramenta de ressocialização / Women prison inmates' perceptions of access to health as a tool for resocialization / Percepción de las mujeres reclusas sobre el acceso a la salud como herramienta de resocialización
Fonte: Rev. enferm. UERJ;28:e49514, jan.-dez. 2020.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: desvelar a percepção das mulheres sobre o acesso aos serviços de saúde como ferramenta do processo de ressocialização. Método: trata-se de um estudo fenomenológico-sociológico, qualitativo, realizado entre novembro de 2018 e novembro de 2019, com 10 mulheres de um estabelecimento prisional feminino de Maceió, Alagoas. Resultados: as participantes possuíam de 22 a 54 anos, ensino fundamental incompleto, pardas, solteiras, já haviam vivenciado a maternidade. Emergiram duas categorias temáticas: percepções do acesso aos serviços de saúde: a invisibilidade das mulheres e acesso aos serviços de saúde como uma ferramenta de ressocialização: elos dilacerados e Trabalho e Educação como alternativa de Fuga do esquecimento, ociosidade e solidão. Conclusão: evidenciou-se a percepção de invisibilidade das mulheres privadas de liberdade e desvinculação do acesso aos serviços de saúde como ferramenta do processo de ressocialização.

Objective: to unveil women's perceptions of access to health services as a tool in the re-socialization process. Method: this qualitative, phenomenological-sociological study was conducted between November 2018 and November 2019 with 10 women at a women's prison in Maceió, Alagoas, Brazil. Results: the participants were 22 to 54 years old, of mixed race, single, had not completed lower secondary school, and had already experienced motherhood. Two thematic categories emerged: "Perceptions of access to health services: women's invisibility" and "Access to health services as a resocialization tool: ties in shreds and Work and Education as an alternative escape route from oblivion, idleness and loneliness. Conclusion: the women deprived of their freedom were found to perceive themselves to be invisible and disconnected from access to health services as a tool in the resocialization process.

Objetivo: revelar las percepciones de las mujeres sobre el acceso a los servicios de salud como herramienta en el proceso de resocialización. Método: este estudio cualitativo, fenomenológico-sociológico se realizó entre noviembre de 2018 y noviembre de 2019 con 10 mujeres en una cárcel de mujeres en Maceió, Alagoas, Brasil. Resultados: las participantes tenían entre 22 y 54 años, mestizas, solteras, no habían completado el primer ciclo de secundaria y ya habían experimentado la maternidad. Surgieron dos categorías temáticas: "Percepciones del acceso a los servicios de salud: invisibilidad de las mujeres" y "Acceso a los servicios de salud como herramienta de resocialización: lazos en jirones y Trabajo y Educación como vía alternativa de escape al olvido, la ociosidad y la soledad. Conclusión: las mujeres privadas de libertad se percibieron a sí mismas invisibles y desconectadas del acceso a los servicios de salud como herramienta en el proceso de resocialización.
Descritores: Prisões
Socialização
Saúde da Mulher
Acesso aos Serviços de Saúde
-Brasil
Pesquisa Qualitativa
Iniquidade de Gênero
Liberdade
Solidão
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)



página 1 de 25 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde