Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.880.604.473.650 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 383 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 39 ir para página                         

  1 / 383 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-840297
Autor: Nisihara, Renato Mitsunori; Possebom, Ana Carolina; Borges, Luiza de Martino Cruvinel; Shwetz, Ana Claudia Athanasio; Bettes, Fernanda Francis Benevides.
Título: Judicial demand of medications through the Federal Justice of the State of Paraná / Demanda judicial de medicamentos na Justiça Federal do Estado do Paraná
Fonte: Einstein (Säo Paulo);15(1):85-91, Jan.-Mar. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To describe the profile of lawsuits related to drug requests filled at the Federal Justice of the State of Paraná. Methods A cross-sectional study, and the data were obtained through consulting the lawsuits at the online system of the Federal Justice of Paraná. Results Out of 347 lawsuits included in the study, 55% of plaintiffs were women, with a median age of 56 years. Oncology was the field with more requests (23.6%), and the highest mean costs. A wide variety of diseases and broad variety of requested drugs were found in the lawsuits. Approximately two-thirds of them were requested by the brand name, and the most often requested drugs were palivizumab and tiotropium bromide. Only 14.5% of the requested medicines were registered in the National Medication Register. The Public Defender’s Office filled actions in 89.6% of cases and all lawsuits had an interim relief. The mean time for approval was 35 days and 70% of requests were granted. Conclusion Oncology was the field with the highest demand for medicines at the Federal Justice of Paraná in 2014. A great variety of medications was requested. The Public Defender´s Office represented most lawsuits. All demands had an interim relief, and the majority of requests were granted, within an average of 35 days.

RESUMO Objetivo Descrever o perfil das ações que solicitam medicamentos ajuizadas na Justiça Federal do Paraná. Métodos Estudo transversal descritivo, cujos dados foram obtidos por meio de consulta aos processos no sistema on-line da Justiça Federal do Paraná. Resultados Dentre os 347 processos incluídos no estudo, 55% dos autores eram mulheres, com mediana da idade de 56 anos, sendo a área mais procurada a oncologia (23,6%). A área oncológica também foi a que apresentou maiores custos médios. Foi ampla a variedade de doenças geradoras das ações e também foi consequentemente grande a variedade de medicamentos solicitados. Cerca de dois terços dos fármacos foram solicitados pelo nome comercial, e os mais requeridos foram o palivizumabe e brometo de tiotrópio. Apenas 14,5% dos medicamentos solicitados estavam cadastrados no Registro Nacional de Medicamentos. A Defensoria Pública impetrou as ações em 89,6% dos casos. Todos os processos pediam antecipação de tutela do medicamento. O tempo médio para deferimento foi de 35 dias, sendo que 70% dos pedidos foram deferidos. Conclusão A área com maior número de casos de demanda de medicamentos na Justiça Federal do Paraná no ano de 2014 foi de Oncologia. Observou-se grande variedade de medicamentos solicitados. A maioria das ações foi impetrada pela Defensoria Pública. Todas as demandas exigiram antecipação de tutela, sendo que a maioria dos pedidos foram deferidos, num prazo médio de 35 dias.
Descritores: Preparações Farmacêuticas/provisão & distribuição
Medicamentos Essenciais/provisão & distribuição
Direitos do Paciente/legislação & jurisprudência
Legislação de Medicamentos/estatística & dados numéricos
-Justiça Social
Brasil
Preparações Farmacêuticas/economia
Estudos Transversais
Estudos Retrospectivos
Custos de Medicamentos
Distribuição por Sexo
Estatísticas não Paramétricas
Medicamentos Essenciais/economia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 383 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-778495
Autor: Dias, Eduardo Rocha; Silva Junior, Geraldo Bezerra da.
Título: Evidence-Based Medicine in judicial decisions concerning right to healthcare / A Medicina Baseada em Evidências na jurisprudência relativa ao direito à saúde
Fonte: Einstein (Säo Paulo);14(1):1-5, Jan.-Mar. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To analyze, from the examination of decisions issued by Brazilian courts, how Evidence-Based Medicine was applied and if it led to well-founded decisions, searching the best scientific knowledge. Methods The decisions made by the Federal Courts were searched, with no time limits, at the website of the Federal Court Council, using the expression “Evidence-Based Medicine”. With regard to decisions issued by the court of the State of São Paulo, the search was done at the webpage and applying the same terms and criterion as to time. Next, a qualitative analysis of the decisions was conducted for each action, to verify if the patient/plaintiff’s situation, as well as the efficacy or inefficacy of treatments or drugs addressed in existing protocols were considered before the court granted the provision claimed by the plaintiff. Results In less than one-third of the decisions there was an appropriate discussion about efficacy of the procedure sought in court, in comparison to other procedures available in clinical guidelines adopted by the Brazilian Unified Health System (Sistema Único de Saúde) or by private health insurance plans, considering the individual situation. The majority of the decisions involved private health insurance plans (n=13, 68%). Conclusion The number of decisions that did consider scientific evidence and the peculiarities of each patient was a concern. Further discussion on Evidence-Based Medicine in judgments involving public healthcare are required.

RESUMO Objetivo Analisar, a partir do exame de decisões proferidas por tribunais brasileiros, como a Medicina Baseada em Evidências foi aplicada e se conduziu a decisões bem fundamentadas, sob a perspectiva do melhor conhecimento científico. Métodos Analisaram-se decisões de Tribunais Federais selecionadas pela busca, sem limitação temporal, no sítio do Conselho da Justiça Federal, dedicado à pesquisa unificada de jurisprudência, contendo a expressão “Medicina Baseada em Evidências”. Quanto aos acórdãos da Corte Paulista, a busca foi feita em sua página na internet dedicada à pesquisa de jurisprudência, também por meio da expressão “Medicina Baseada em Evidências”, e sem limitação temporal. Efetuou-se, a seguir, uma análise qualitativa da discussão efetuada em cada processo, verificando se nela se apreciaram a situação do paciente/autor da ação, e a eficácia ou ineficácia de tratamentos ou medicamentos constantes em protocolos já existentes, antes de se deferir a medida buscada em juízo. Resultados Verificou-se que em menos de um terço das decisões examinadas houve uma discussão adequada da eficácia do procedimento buscado judicialmente, em comparação com os disponibilizados em protocolos clínicos pelo Sistema Único de Saúde e por planos privados de saúde, à luz da situação individual do autor da ação. A maioria das decisões envolvia planos de saúde (n=13, 68%). Conclusão O número de decisões em que se deu maior consideração à evidência científica e às peculiaridades dos pacientes foi preocupante. É necessário ampliar a discussão da Medicina Baseada em Evidências nos processos envolvendo a saúde pública.
Descritores: Medicina Baseada em Evidências/legislação & jurisprudência
Direitos do Paciente/legislação & jurisprudência
Assistência à Saúde/legislação & jurisprudência
-Defesa do Paciente/legislação & jurisprudência
Brasil
Stents Farmacológicos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 383 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-708020
Autor: Coutinho, Carlos Marden Cabral.
Título: Direito ao tratamento de saúde com medicamentos não fornecido pelo SUS: uma análise à luz do princípio da reserva do possível e do estado democrático de direito / The right to receive a medical treatment not provided by SUS: an analysis under the perspective oh the principle of the possible reserve and of the democratic law state
Fonte: In: Advocacia Geral da União. Escola da Advocacia Ministro Victor Nunes Leal. Gestão pública democrática. Brasília, Escola da Advocacia Geral da União, maio-jun. 2012. p.25-44. (Publicações da Escola da AGU, 4, 18).
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Seminário Democracia, Direito e Gestão Pública, 3º, Brasília, 24-25 nov. 2013.
Resumo: O presente artigo tem por objetivo analisar a pertinência das decisões judiciais que determinam o fornecimentode medicamento não constante na lista do Sistema Único de Saúde - SUS. Para tanto partir-se-á de um caso concreto, no qual o Poder Judiciário de Minas Gerais determinou o forncecimento de medicamento para o tratamento de câncer, como alternativa àquele recomendado e disponibilizado pelo Ministério da Saúde. Partindo de tal caso, será feita uma análise da configuração constitucional do direito à saúde, levando-se em conta o princípio da reserva do possível, tanto em sua perspectiva negativa quanto positiva. Em seguida, será apresentada a idéia de núcleo essencial dos direitos fundamentais, como âmbito inevitável de proteção, na medida em que reflexo da dignidade da pessoa humana. Por fim, far-se-á uma anhálise crítica das decisões judiciais de fornecimento de medicamento não constantes da lista do Sistema Único de Saúde - SUS, com o intuito de traçar os limites dentro dos quais a sua prolação é juridicamente adequada à Constituição Federal.
Descritores: Jurisprudência
Direitos do Paciente
Legislação de Medicamentos
Política Nacional de Medicamentos
-Administração em Saúde Pública
Gestão de Recursos
Política de Saúde
Sistema Único de Saúde
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR59.2 - Núcleo de Documentação


  4 / 383 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-485172
Autor: Cesaretti, Isabel Umbelina Ribeiro(org); Paula, Maria Angela Boccara de(org); Paula, Pedro Roberto de(org).
Título: Estomaterapia: temas básicos em estomias / Stomatherapy: basic themes in stomas.
Fonte: Taubaté; Cabral Editora e Livraria Universitária; 2006. 297 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Abdome/cirurgia
Antropometria/métodos
Colostomia/enfermagem
Colostomia/métodos
Estomas Cirúrgicos
Ileostomia/enfermagem
Ileostomia/métodos
-Autocuidado
Características Culturais
Colostomia/reabilitação
Cuidados Pré-Operatórios/enfermagem
Direitos do Paciente
Educação de Pacientes como Assunto
Ensino
Ileostomia/reabilitação
Qualidade de Vida
Relações Médico-Enfermeiro
Reto do Abdome/cirurgia
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/3901.00; BR75.1; 616.33, E87. 3201


  5 / 383 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1023565
Autor: Tinant, Eduardo Luis.
Título: Acerca de las directivas médicas anticipadas en la legislación nacional argentina / About advance medical directives in the Argentine national legislation
Fonte: Inmanencia (San Martín, Prov. B. Aires);6(1):159-164, 2017.
Idioma: es.
Resumo: Las directivas anticipadas constituyen una oferta relativamente reciente. La novedad, genera dudas diversas en la esfera asistencial. Se duplica el artículo, publicado el 23 de junio de 2016 en la Revista Microjuris(MJ-DOC-9927-AR | MJD9927) y basado en la disertación que efectuará el autor el 6 de agosto de 2015 en la Facultad de Ciencias Jurídicas y Sociales (UNLP) durante el Seminario intensivo Bioética y nuevo Código Civil y Comercial Argentino
Descritores: Direito a Morrer/legislação & jurisprudência
Diretivas Antecipadas
Direitos do Paciente/legislação & jurisprudência
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  6 / 383 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1016301
Autor: Damasceno, Taissa Viana; Ribeiro, Krishina Carrilho Bentes.
Título: Judicialização da saúde nos municípios da região metropolitana de Belém-PA / Judicialization of health in the municipalities of the metropolitan region of Belém-PA
Fonte: Cad. Ibero Am. Direito Sanit. (Impr.);8(2):100-115, abr.-jun.2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objective: to present a panorama of the requests for judicial proceedings concerning medicines from the observations in the municipalities of the metropolitan region of Belém-PA; verify the arguments used by the plaintiffs, judges and defendants in observance of the compatibility of court proceedings with public drug policy; and classify the medications requested in these actions. Methodology: research conducted from the project The judicialization of public health policy in Brazilian municipalities, conducted in the second half of 2017, in the municipalities of Belém, Marituba and Benevides. Descriptive study of quantitative approach with health-related demands, through the analysis of 264 lawsuits, in which the data found were organized in a spreadsheet made in Excel 2010 software. Results: 40 out of the total number of cases analyzed refer to totaling 72 different drugs, these were divided into those present in the Essential Drug Relationships (46), absent from the SUS lists (25) and those not registered for use (1). The Public Prosecution Service and the Public Defender's Office are the most sought after actors in conflict mediation and their resolutions. The plaintiffs use the health-related legal framework to justify their arguments. Conclusion: the request for drugs not on the SUS lists shows the lack of knowledge of prescribing professionals, since among the prescribed drugs, there is an equal choice in the relationships of essential drugs and that will not cause risk to the patient. (AU).

Objetivo: presentar el panorama municipal de las solicitudes de procedimientos judiciales sobre medicamentos a partir de las observaciones en los municipios de la región metropolitana de Belém-PA; verificar los argumentos utilizados por los demandantes, los jueces y los acusados en cumplimiento de la compatibilidad de los procedimientos judiciales con la política pública de drogas; y clasificar los medicamentos solicitados en estas acciones. Metodología: investigación realizada desde el proyecto La judicialización de la política de salud pública en los municipios brasileños, realizada en el segundo semestre de 2017, en los municipios de Belém, Marituba y Benevides. Estudio descriptivo de un enfoque cuantitativo con demandas relacionadas con la salud, a través del análisis de 264 juicios, en el que los datos encontrados se organizaron en una hoja de cálculo realizada en el software Excel 2010. Resultados: 40 del total de casos analizados se refieren a totalizando 72 medicamentos diferentes, estos se dividieron en aquellos presentes en las Relaciones de medicamentos esenciales (46), ausentes de las listas de SUS (25) y aquellos que no están registrados para su uso (1). El Servicio de la Fiscalía y la Oficina del Defensor Público son los actores más buscados en la mediación de conflictos y sus resoluciones. Los demandantes utilizan el marco legal relacionado con la salud para justificar sus argumentos. Conclusión: la solicitud de medicamentos que no están en las listas del SUS muestra la falta de conocimiento de los profesionales que los recetan, ya que entre los medicamentos prescritos hay una opción equitativa en las relaciones de los medicamentos esenciales y eso no causará riesgo para el paciente. (AU).

Objetivo: apresentar o panorama municipal das solicitações dos processos judiciais referentes a medicamentos a partir das observações nos municípios da região metropolitana de Belém-PA; verificar quais os argumentos utilizados pelos autores, juízes e réus em observância da compatibilidade dos processos judiciais com a política pública de medicamentos; e classificar os medicamentos solicitados nessas ações. Metodologia: pesquisa realizada a partir do projeto A judicialização da política pública de saúde nos municípios brasileiros, realizada no segundo semestre de 2017, nos municípios de Belém, Marituba e Benevides. Estudo descritivo de abordagem quantitativa com demandas relacionadas à saúde, por meio da análise de 264 processos de ações judiciais, em que os dados encontrados foram organizados em uma planilha feita no software Excel 2010. Resultados: do total de processos analisados, 40 são referentes a medicamentos, totalizando 72 fármacos diferentes, estes foram divididos em presentes nas Relações de medicamentos essenciais (46), ausentes nas listas do SUS (25) e os que não possuem registro para uso (1). O Ministério Público e Defensoria Pública são os atores mais procurados pela sociedade na mediação de conflitos e suas resoluções. Os autores das ações, fazem uso do arcabouço legal relacionado a saúde para justificar seus argumentos. Conclusão: a solicitação de medicamentos não presentes nas listas dos SUS mostra a falta de conhecimento dos profissionais prescritores, visto que, entre os medicamentos prescritos, existe uma opção igual nas relações de medicamentos essenciais e que não causará risco ao paciente. (AU).
Descritores: Equidade no Acesso aos Serviços de Saúde
Direitos do Paciente
Decisões Judiciais
Judicialização da Saúde
Responsável: BR208.2 - PRODISA - Programa de Direito Sanitário


  7 / 383 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1016299
Autor: Domingos, Larissa de Oliveira; Rosa, Gabriela Ferreira de Camargos.
Título: O direito fundamental e coletivo à saúde no contexto da judicialização / The fundamental and collective health rights in the context of the judicialization
Fonte: Cad. Ibero Am. Direito Sanit. (Impr.);8(2):82-99, abr.-jun.2019. [].
Idioma: pt.
Resumo: Objective: to analyze the judicialization of the fundamental and collective right to health, with a focus on the causes and problems caused by excessive judicial demands. Method: brief bibliographical review and method of deductive analysis, based on the interaction between the phenomena of judicialization and the conception of health as a fundamental and collective right. Results: this study observed an obstruction of collective access to health for the execution of individual lawsuits. Conclusion: the judicialization of health generates numerous problems to the Public Authority and harms the equality and equal access to the right in question. (AU).

Objetivo: analizar la judicialización del derecho fundamental y colectivo a la salud, con un enfoque en las causas y problemas causados por excesivas demandas judiciales. Método: breve revisión bibliográfica y método de análisis deductivo, basado en la interacción entre los fenómenos de la judicialización y la concepción de la salud como un derecho fundamental y colectivo. Resultados: se observó una obstrucción del acceso colectivo a la salud para la ejecución de demandas individuales. Conclusión: la judicialización de la salud genera numerosos problemas al Poder Público y perjudica la igualdad y el acceso igualitario al derecho en cuestión. (AU).

Objetivo: analisar a judicialização frente ao direito fundamental e coletivo à saúde, com enfoque nas causas e problemas acarretados pelo excesso de demandas judiciais. Método: breve revisão bibliográfica e método de análise dedutivo, a partir da interação entre o fenômeno da judicialização e a concepção de saúde como direito fundamental e coletivo. Resultados: foram observadas a obstrução do acesso coletivo à saúde em prol da concretização de ações judiciais individuais. Conclusão: a judicialização da saúde gera inúmeros problemas ao Poder Público e prejudica a isonomia e acesso igualitário ao direito em questão. (AU).
Descritores: Judicialização da Saúde
-Equidade no Acesso aos Serviços de Saúde
Direitos do Paciente
Decisões Judiciais
Responsável: BR208.2 - PRODISA - Programa de Direito Sanitário


  8 / 383 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Amaral, Rita Goreti
Texto completo
Id: biblio-974865
Autor: Chagas, Virginia Oliveira; Vila, Vanessa da Silva Carvalho; Provin, Mércia Pandolfo; Amaral, Rita Goreti; Pereira, Milca Severino.
Título: Acesso ao medicamento: perspectivas de pessoas que recorreram à via judicial / Acceso al medicamento: perspectivas de personas que recurrieron a la vía judicial / Access to medication: the perspectives of people who resort to judicial proceedings
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;15(3):489-497, Jul.-Set. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Trata-se de um estudo de caso interpretativo desenvolvido com o objetivo de descrever as experiências de pessoas que recorreram à via judicial para ter acesso a medicamentos no Sistema Único de Saúde. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada nos domicílios de oito pessoas que recorreram a essa via, residentes em um município localizado no sudoeste do Estado de Goiás. A experiência de acesso ao medicamento foi marcada por barreiras que estão interligadas aos diversos níveis do sistema de saúde; envolvem aspectos organizacionais e assistenciais relacionados à informação, ao acolhimento e à resolutividade. A necessidade do tratamento contínuo da condição crônica e a dificuldade financeira foram os fatores determinantes para que os participantes recorressem à justiça. Observou-se a necessidade de aprimorar o acolhimento e a comunicação entre a equipe de saúde envolvida no acesso ao medicamento e de qualificar os profissionais da saúde para uma compreensão ampliada da assistência farmacêutica no Sistema Único de Saúde.

RESUMEN Se trata de un estudio de caso interpretativo desarrollado con el objetivo de describirlas experiencias de personas que recurrieron a la vía judicial para tener acceso a medicamentos en el Sistema Único de Salud de Brasil. Los datos fueron recolectados por medio de entrevista semiestructurada en los domicilios de ocho personas que recurrieron a esta vía, residentes en un municipio ubicado en el sudoeste del Estado de Goiás. La experiencia de acceso al medicamento fue marcada por obstáculos que están interconectados a los diversos niveles del sistema de salud; involucran aspectos organizacionales y asistenciales relacionados a la información, acogiday resolutividad. La necesidad del tratamiento continuo de la condición crónica yla dificultad financiera fueron los factores determinantes para que los participantes recurrieran a la justicia. Se observól a necesidad de perfeccionar la acogiday comunicación entre el equipo de salud involucrado en el acceso al medicamento y de calificar a los profesionales de la salud para una comprensión ampliada de la asistencia farmacéutica en el Sistema Único de Salud.

ABSTRACT The present study is an interpretative case study developed to describe the experiences of people who have resorted to judicial proceedings to gain access to medications in the Unified Health System. Data were collected through semi-structured interviews in the homes of eight individuals who have used this approach, who lived in a city in the southwest of the State of Goiás. The experience of access to medications was marked by barriers that are interconnected to the different levels of the health system; they involve organizational and assistance aspects related to information, embracement and resolution. The need for continued treatment of chronic conditions and financial difficulties were the determining factors for participants to resort to judicial proceedings. The need to improve embracement and communication among the health teams involved in access to medications, and to qualify health professionals for a broader understanding of pharmaceutical care in the Unified Health System, was observed.
Descritores: Assistência Farmacêutica
Sistema Único de Saúde
Direito à Saúde
Acesso a Medicamentos Essenciais e Tecnologias em Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
-Direitos do Paciente
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  9 / 383 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1017126
Autor: Manrique, Jorge Luis.
Título: Confidencialidad médica: una visión crítica / Medical confidentiality: a critical vision
Fonte: Inmanencia (San Martín, Prov. B. Aires);7(1):36-38, 2018.
Idioma: es.
Descritores: Relações Médico-Paciente
Confidencialidade
Direitos do Paciente
Ética Profissional
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  10 / 383 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-973422
Autor: Godoy Olave, Jorge; Barraza Mesquida, Jaime.
Título: La ficha clínica mirada desde la legislación chilena actual / Clinical record looked at from the current Chilean legislation / A ficha clínica vista a partir da legislação chilena atual
Fonte: Acta bioeth;24(2):181-188, Dec. 2018.
Idioma: es.
Resumo: Resumen: La historia o ficha clínica ha servido de instrumento de registro de las actividades sanitarias desde el inicio de las profesiones de salud, otorgándosele diversas utilidades y valoraciones, según su objetivo, un valor docente, en investigación, judicial, entre otros. Ante las diferentes interpretaciones de las normas vigentes en Chile se ha debido legislar en su uso, pertenencia, contenido y otros aspectos, aclarando algunas situaciones pero restringiendo su acceso en otros aspectos. Dado las distintas leyes y normativas a las que se asocia su uso, se hizo necesario elaborar un documento que incluya sus aspectos más importantes. Aún quedan elementos asociados a las costumbres, creencias, especialidades en salud, entre otras, que no han sido abordados por las leyes, además de la labor docente de este instrumento.

Abstract: The history or clinical record has served as an element of registration of health activities since the beginning of the health professions, granting him other utilities and valuations according to their objective, as a teaching value, in research, judicial, among others. Given the different interpretations of the norms in force in Chile, it has had to legislate in its use, membership, content and other aspects of the clinical file, clarifying some situations, but restricting their access in other aspects. Given the different laws and regulations associated with its use, it became necessary to produce a document that collects its most important aspects. There are still aspects associated with customs, beliefs, specialties in health, among others, that have not been addressed by the Laws, in addition to the teaching work of this instrument.

Resumo: A história ou ficha clínica tem servido como instrumento de registro das atividades sanitárias desde o início das profissões de saúde, concedendo-se a elas vários utilitários e valorações de acordo com sua finalidade: ensino, pesquisa, valor jurídico, entre outros. Para as diferentes interpretações das normas vigentes no Chile havia de legislar em seu uso, composição, conteúdo e outros aspectos da ficha clínica, esclarecendo algumas situações, mas restringindo seu acesso em outros aspectos. Tendo em conta as diferentes leis e regulamentos aos quais o seu uso está associado, tornou-se necessário apresentar um documento que reúne os aspectos mais importantes. Existem ainda os aspectos associados a costumes, crenças, especialidades em saúde, entre outros, que não foram abordadas pelas leis, além do ensino deste instrumento.
Descritores: Ficha Clínica
Legislação
Direitos do Paciente
-Chile
Consentimento Livre e Esclarecido
Limites: Seres Humanos
Responsável: CL58.1 - Biblioteca



página 1 de 39 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde