Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.880.604.583.080.660 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3 [refinar]
Mostrando: 1 .. 3   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 3 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-899128
Autor: Calha, Antônio.
Título: Reflexos da lógica organizacional na identidade profissional: variações do discurso autobiográfico / Reflections of organizational logic in professional identity: variations of the autobiographical discourse / Reflejos de la lógica organizacional en la identidad profesional: variaciones del discurso autobiográfico
Fonte: Rev. bras. orientac. prof;18(1):7-18, jun. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste artigo é analisar a forma como a identidade profissional incorpora os princípios das lógicas de gestão organizacional que enquadram a trajetória profissional dos indivíduos. A análise incide nas referências identitárias mobilizadas na produção do relato autobiográfico e que estruturam a identidade profissional. Para tal, são apresentados os resultados obtidos a partir da análise de um corpus documental de 100 autobiografias que integram relatos das experiências profissionais. Os resultados revelaram que a diferente configuração das trajetórias profissionais, estruturados em torno de uma maior ou menor vinculação a conteúdos funcionais estritos, corresponde a uma atribuição de significados também distintos à ideia de experiência profissional, com implicações na identidade profissional e no modo como esses indivíduos se apresentam narrativamente.

The objective of this article is to analyze how the professional identity embodies the principles of the organizational management logic that frame the professional career of individuals. The analysis focuses on the identity references mobilized in the autobiographical narrative production and that structure professional identity. For this purpose, the results obtained from the analysis of a documentary corpus of 100 autobiographies are presented. The results revealed that the different configuration of the professional trajectories, structured around a greater or lesser attachment to the strict functional content, also corresponds to an assignment of meanings that are also different from the idea of professional experience, with implications for the professional identity and the way these individuals present themselves in the narrative.

En este artículo se analiza cómo la identidad profesional incorpora los principios de la lógica de la gestión organizacional que engloban la trayectoria profesional. El análisis se centra en las referencias de identidad movilizadas en la producción del relato autobiográfico y que estructuran la identidad profesional. Con este fin, se presentan los resultados del análisis de un corpus documental de 100 autobiografías que integran relatos de experiencias profesionales. Los resultados mostraron que las diferentes configuraciones de las trayectorias profesionales, estructuradas en torno a un mayor o menor apego a contenidos funcionales estrictos, corresponden también, a una asignación de diferentes significados con relación a la idea y experiencia profesional, con implicaciones para la identidad profesional y la forma cómo estos individuos se presentan narrativamente.
Descritores: Discursos
Autobiografia
Ego
Informações Pessoalmente Identificáveis
Trabalho
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  2 / 3 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-835226
Autor: Araujo, Alexandra Rodrigues; Lucena, Tiago Franklin Rodrigues; Bortolozzi, Flávio; Gonçalves, Silene Maria.
Título: Saúde Móvel: desafios globais à proteção de dados pessoais sob a perspectiva do direito da União Europeia / Mobile health: global challenges to the protection of personal data from the perspective of European Union law / Salud móvil: desafíos mundiales en la protección de datos personalesdes de la perspectiva del Derecho de la Unión Europea
Fonte: RECIIS (Online);10(4):1-12, out.-dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: A saúde móvel ou mHealth – as práticas médicas e de saúde pública apoiadas por dispositivos móveis(telefones celulares, smartphones e tablets) – tem claro potencial para aumentar significativamente a qualidade e a eficiência dos cuidados de saúde. Contudo, constatam-se várias fragilidades na proteção dos dados pessoais utilizados nesse contexto. Este artigo tem como objetivo analisar os aspectos jurídicos mais importantes para que uma proteção efetiva dos dados pessoais na mHealth seja alcançada. Tendo este objetivo e, partindo das regras da União Europeia e das melhores práticas internacionais sobre a matéria, apresentamos uma série de pressupostos condensados em três eixos: maior responsabilidade de todos os atores envolvidos no tratamento de dados mHealth; maior transparência na forma como os dados são tratados, compartilhados e reutilizados; e maior controle dos usuários das tecnologias e da utilização de seus dados. O artigo procura contribuir com um panorama global a fim de levantar as reflexões para a criação e a validação de políticas locais.

The mobile health or mHealth – medical and public health practices supported by mobile devices (cellphones, smartphones and tablets) – has the potential to significantly increase the quality and efficiency of health care services. However, the field has several weaknesses in terms of user personal data in this context. This article aims to analyze the most important legal aspects for an effective protection of personal data in mHealth. Having this objective and, based on the EU rules and best international practices in this field, we presented a series of assumptions that are condensed into three areas: greater responsibility of all actors involved in the treatment of mHealth data; greater transparency in how the data are processed,shared and reused; and greater control of users of the technologies and how their data is used. The paperseeks to contribute to an overview of the challenges in order to raise the discussions for the creation and validation of local policies.

La salud móvil – prácticas médicas y de salud pública compatibles con los dispositivos móviles (teléfonos celulares, teléfonos inteligentes y tablets) – tiene el potencial de aumentar significativamente la calidady eficiencia de los servicios de atención de la salud. Sin embargo, el campo tiene varios puntos débiles en términos de datos personales del usuario en este contexto. Este artículo tiene como objetivo analizar los aspectos legales más importantes para una efectiva protección de los datos personales en la salud móvil.Teniendo este objetivo y, en base a las normas de la UE y las mejores prácticas internacionales en este campo,hemos presentado una serie de supuestos que se condensan en tres áreas: una mayor responsabilidad de todos los actores involucrados en el tratamiento de los datos de salud móvil; una mayor transparencia en cómo se procesan los datos, compartir y reutilizar; y se utiliza un mayor control de los usuarios de las tecnologías y cómo sus datos. El trabajo busca contribuir a una visión general de los retos a fin de elevar las discusiones para la creación y validación de las políticas nacionales.
Descritores: Registros Eletrônicos de Saúde
Aplicativos Móveis
Informações Pessoalmente Identificáveis
Segurança Computacional/legislação & jurisprudência
-Confidencialidade/legislação & jurisprudência
União Europeia
Tecnologia da Informação
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  3 / 3 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-835224
Autor: Venturini, Jamila.
Título: Da privacidade à transparência: desafios da interação entre agentes públicos e privados na gestão de informações pessoais / From privacy to transparency: challenges of the public and private interactions in the management of personal information / De la privacidad a la transparencia: desafíos de la interacción entre agentes públicos y privados en la gestión de informaciones personales
Fonte: RECIIS (Online);10(4):1-6, out.-dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Preocupações com a proteção da privacidade marcaram a construção da jovem democracia brasileira. Regras de transparência e publicidade complementam as garantias presentes na Constituição Federal visando garantir controle social sobre as atividades do Estado e prevenir abusos como os ocorridos durantea ditadura militar. Contraditoriamente, porém, com o avanço das tecnologias digitais e da internet assim como das iniciativas de cidades inteligentes, a balança parece estar invertida: as atividades do Estado -inclusive na área de segurança pública e vigilância - seguem secretas e pouco sujeitas a escrutínio público, enquanto cidadãos encontram-se cada vez mais expostos a agentes públicos e privados. Ao mesmo tempo, crescem as preocupações com o poder de vigilância adquirido pelas empresas de tecnologia da informação e comunicação. Esta nota discutirá a questão, trazendo exemplos de como a interação público-privada traz novos riscos à privacidade, inclusive no que diz respeito a seu aspecto de bem social.

Concern about the protection of privacy marked the construction of the young Brazilian democracy. Transparency and publicity rules complement the guarantees contained in the Federal Constitution to guarantee social control over State activities and prevent abuses like the ones occurred during years of military dictatorship. Contradictorily, however, with the advancement of digital technologies and the internet and of smart city initiatives, the situation seems to be reversed: State activities - including those developed in the area of public security and surveillance - remain secret and little subject to public scrutiny,while citizens are increasingly exposed to public and private actors. At the same time, concern about the surveillance power acquired by information and communication technology companies is growing. This paper will discuss this issue, bringing examples of how public-private interaction brings new risks to privacy, including with regard to its aspect of social good.

Preocupaciones por la protección de la privacidad marcaron la construcción de la joven democracia brasileña. Normas de transparencia y publicidad complementan las garantías presentes en la Constitución Federal para garantizar el control social sobre las actividades del Estado y evitar abusos como los ocurridos durante los años de la dictadura militar. Paradójicamente, sin embargo, con el avance de las tecnologías digitales e de la Internet y de las iniciativas de ciudades inteligentes, la situación parece estar invertida: mientras las actividades del Estado – incluso con respeto a la seguridad y la vigilancia - siguen secretas ypoco sujetas al escrutinio público, los ciudadanos tienen su privacidad cada vez más sin protección frente a agentes privados y públicos. Al mismo tiempo, existe una creciente preocupación por el poder de vigilancia adquirido por las empresas de tecnología de información y comunicación. Este artículo discutirá estetema, presentando ejemplos de cómo la interacción público-privada trae nuevos riesgos para la privacidad, incluso con respecto a su aspecto de bien social.
Descritores: Acesso à Informação
Gestão da Informação
Informações Pessoalmente Identificáveis/organização & administração
Privacidade
-Segurança Computacional
Disseminação de Informação
Tecnologia da Informação
Internet
Parcerias Público-Privadas
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde