Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.880.604.583.594 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 23 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 23 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-493881
Autor: Costa-Couto, Maria Helena; Nascimento, Álvaro César.
Título: Assimetria nas relações internacionais, propriedade industrial e medicamentos anti-aids / Asymmetry in international relations, industrial property rights and anti-HIV medication
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;13(6):1869-1877, nov.-dez. 2008.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo analisa a assimetria nas relações internacionais entre países no que diz respeito ao reconhecimento da propriedade industrial no setor específico da indústria farmacêutica. O foco é o impacto destas relações no acesso a medicamentos anti-retrovirais (ARV), questão de interesse mundial em face da sua relação com o desenvolvimento das nações. A disputa de interesses no campo e o posicionamento de alguns países frente às leis patentárias, ao longo do tempo, apontam um cenário pouco favorável para acesso aos medicamentos anti-aids pelos países que não pertencem ao núcleo do sistema mundial. O sucesso do programa brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e Aids nas negociações dos preços dos ARV, ao contrário, aponta para novas possibilidades de enfrentamento desta realidade. A saída parece ser o fortalecimento interno dos Estados Nacionais e um papel ativo das Agências do Sistema das Nações Unidas na defesa dos interesses humanos coletivos.

This paper analyzes the asymmetry in the international relations as refers to the recognition of industrial property rights in the pharmaceutical industry. It focuses on the impact of such relations upon the access to ARV medication, an issue of worldwide interest due to its connection with the development of the nations. Clashing interests and the position taken by some countries in their patent laws point to a scenario less favorable for the access of peripheral countries to anti-HIV/AIDS medication. On the other hand, it seems that the success of the Brazilian STD/AIDS program in negotiating ARV prices will open new possibilities. The solution may be the internal strengthening of the National States and the active role played by the Agencies of the United Nations System in defense of the collective human interests.
Descritores: Fármacos Anti-HIV
Indústria Farmacêutica
Internacionalidade
Propriedade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Roazzi, Antonio
Texto completo
Id: biblio-953521
Autor: CABRAL, Guilherme Ribeiro Eulalio; SAMPAIO, Leonardo Rodrigues; ROAZZI, Antonio.
Título: Distributive judgments in cooperative production contexts / Julgamentos distributivos em contextos cooperativos de produção
Fonte: Estud. Psicol. (Campinas, Online);35(2):205-215, abr.-jun. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The objective of the present study was to investigate distributive judgments in hypothetical situations involving productive activities. The participants should divide produced cupcakes between two story characters. One of the characters was the participant him/herself. Three factors were analyzed: (1) mode of production: cooperative with the help of one person or alone using someone else's means of production; (2) purpose of production: sale or picnic; and (3) participants' perspective: give the cupcakes to or take from the other character. Their confidence on each judgment and how easily they made their judgments were other aspects analyzed. The sample consisted of 156 university students. The results showed that the three factors influenced the participants' distributive judgment, and mode of production had the most significant influence. These results were discussed based on recent research on cooperative behavior and cognitive mechanisms that affect the decision-making process in situations involving distributive justice.

O presente estudo teve como objetivo investigar julgamentos distributivos em situações hipotéticas envolvendo atividades produtivas. Os participantes deveriam dividir os bolinhos produzidos entre dois personagens, um dos quais identificado como o próprio participante. Foram analisados três fatores. (1) modo de produção: cooperativo com ajuda de uma pessoa ou sozinho, usando os meios de produção de outro; (2) finalidade da produção. venda ou piquenique; e (3) perspectiva do participante. dar os bolinhos para o outro ou pegar para si. Também foram medidas a facilidade e a confiança em cada julgamento. A amostra foi composta de 156 estudantes universitários. Os resultados indicaram que os três fatores influenciaram o julgamento distributivo dos participantes, sendo o modo de produção o mais relevante. Esses resultados foram discutidos à luz de pesquisas recentes sobre o comportamento cooperativo e os mecanismos cognitivos que influenciam o processo de tomada de decisão em questões envolvendo a justiça distributiva.
Descritores: Propriedade
Tomada de Decisões
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR27.1 - Biblioteca do Campus II


  3 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-845862
Autor: Ewerling, Fernanda; Barros, Aluísio J D.
Título: After 10 years, how do changes in asset ownership affect the Indicador Econômico Nacional? / Como as mudanças na posse de bens afetam o Indicador Econômico Nacional em 10 anos?
Fonte: Rev. saúde pública = J. public health;51:10, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE Our main objective was to analyse how the evolution of household assets ownership affected the Indicador Econômico Nacional (IEN – National Wealth index) and to point out the most stable assets and which lost importance more quickly. METHODS We analysed the trend of the ownership of each IEN variable and the distribution of the households’ scores. We calculated the correlation coefficients of each variable separately with the IEN score and the household income. We also evaluated how the changes of the score distribution over time affected the validity of the published reference cut-points. We used data from consortium surveys conducted every two years from 2002 to 2014 in the city of Pelotas, Brazil. RESULTS An increase in the educational level of household heads and in the ownership of all IEN assets, except radio and telephone, was observed in the study period. In general, the correlation of the assets with the IEN scores decreased over time. There was an increase in the score, with a consequent increase in the quintiles cut-points, but the distance between these cut-points had no significant variation. Thus, the reference cut-points for Pelotas, quickly became outdated. CONCLUSIONS Some assets showed greatly reduction on its importance for the indicator, and the reference cut-points became obsolete very quickly. It is essential for a standardized wealth (or asset) index with research purposes to be updated frequently, especially the cut-points of reference distribution.

RESUMO OBJETIVO Analisar como a evolução temporal da posse de bens domésticos afetou o Indicador Econômico Nacional e como essas mudanças afetaram o poder discriminatório do indicador. MÉTODOS Analisou-se a evolução temporal da posse de cada uma das variáveis do Indicador Econômico Nacional, bem como da distribuição do escore dos domicílios. Utilizamos dados de inquéritos populacionais realizados bienalmente no município de Pelotas, RS, de 2002 a 2014. Foi calculado o coeficiente de correlação de cada variável isoladamente com o escore do Indicador Econômico Nacional e com a renda familiar. Avaliamos também como a variação da distribuição do escore ao longo do tempo afetou a validade da utilização dos pontos de corte de referência publicados. RESULTADOS Houve aumento da escolaridade dos chefes das famílias e da posse de todos os bens, exceto rádio e linha telefônica no período. A correlação dos bens com o Indicador Econômico Nacional reduziu com o tempo. O escore aumentou, com consequente incremento nos pontos de corte dos quintis, mas a distância entre os pontos não teve variação importante. Assim, os pontos de corte de referência publicados para Pelotas rapidamente ficaram desatualizados. CONCLUSÕES Alguns bens perderam a capacidade discriminatória e os pontos de corte ficaram obsoletos rapidamente. É essencial um indicador de bens padronizado para uso em pesquisa, que seja atualizado com frequência, em especial os pontos de corte da distribuição de referência.
Descritores: Utensílios Domésticos/economia
Utensílios Domésticos/estatística & dados numéricos
Propriedade/economia
Propriedade/estatística & dados numéricos
Condições Sociais/economia
Condições Sociais/estatística & dados numéricos
-Brasil
Escolaridade
Características da Família
Renda/estatística & dados numéricos
Fatores de Tempo
Limites: Seres Humanos
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-757551
Autor: Graziano, Xico; Germani, Luiz Augusto; Buainaim, Antônio Márcio; Silveira, José Maria F. J. da; Borges, Izaias de Carvalho; Jank, Marcos S; Nassar, André M; Tachinardi, Maria Helena.
Título: Revolução no campo / Revolution in the field.
Fonte: Rio de Janeiro; Konrad Adenauer - Stiftung; 2004. 102 p. tab, graf. (Cadernos Adenauer, 5, 3).
Idioma: pt.
Descritores: Agroindústria
Agricultura
Biotecnologia
Planejamento Social
-Propriedade/história
57453
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  5 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Araujo, Ney Soares de
Texto completo
Id: lil-697733
Autor: Soares, Elionai Dias; Araújo, Ney Soares de.
Título: Brazilian orthodontists and the legal issues involving their professional activity: a legal and behavioral proposal
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);18(6):65-71, Nov.-Dec. 2013. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: The aim of this study was to review the use of orthodontic records (OTR's) by Brazilian orthodontists and propose a behavioral approach from a legal point of view, drawing on their interpersonal relationship with their patients. METHODS: A statistical cross-analysis was performed to compare five groups. A sixth group was created comprising the intersection of the responses provided by the five aforementioned groups. RESULTS: The results demonstrate that 42.2% of orthodontists require initial and final records and keep orthodontic records throughout their professional career; 13.9% duplicate the initial records and consider patients as the lawful owners of these documents; 19.5% make use of a medical history questionnaire, to be duly signed by all patients; 5.4% acknowledge that the decision to undergo treatment is ultimately the patient's, and, therefore, an alternative response "not perform the treatment" should be included in the questionnaire; 24% recognize the importance of the Consumer Protection Code (CPC), regard the provision of orthodontic services as an obligation of means; and explain to the patient the risks involved in orthodontic practice. Among the 1,469 orthodontists researched, 0% simultaneously took into account all aspects of this study. CONCLUSION: It was concluded that Brazilian orthodontists adopt a mistaken legal, professional and behavioral attitude, neglecting to build patient's orthodontic record with due care and in accordance with the law, which makes them vulnerable to patient disputes, contentious or otherwise.

OBJETIVO: a proposta desse trabalho foi analisar a prática do prontuário ortodôntico e as atitudes comportamentais sob o ponto de vista jurídico entre os ortodontistas do Brasil, mediante seu relacionamento interpessoal com seus pacientes. MÉTODOS: um questionário composto por 35 perguntas foi enviado para 5.355 ortodontistas. Após a devolução de 27% das correspondências, foi realizado um cruzamento informatizado estatístico em cinco grupos. Um sexto grupo criado foi a intersecção de todas as respostas dos cinco grupos anteriores. RESULTADOS: constatou-se que 42,2% dos ortodontistas solicitam as documentações iniciais ou finais, e guardam o prontuário ortodôntico por toda a carreira profissional; 13,9% duplicam a documentação inicial e consideram que o prontuário ortodôntico pertence ao paciente; 19,5% aplicam questionário de anamnese para todos os pacientes, que é assinado ao final; 5,4% consideram que a decisão pela opção terapêutica é do paciente, incluem a opção "não realizar o tratamento" e afirmam que o contrato é fundamental para o início do tratamento; 24,0% reconhecem a importância do Código de Defesa do Consumidor na profissão, consideram obrigação de meio (obrigação de diligência) os serviços ortodônticos prestados e esclarecem sobre os riscos envolvidos na prática da especialidade; 0% dos ortodontistas realizam simultaneamente todas essas considerações. CONCLUSÃO: o ortodontista brasileiro mantém uma atitude comportamental equivocada, mediante seus pacientes, pois, sob o ponto de vista jurídico-profissional, negligencia a elaboração cautelosa do prontuário dentro dos fundamentos legais conforme o estágio atual da especialidade. Sob o aspecto legal de seu exercício profissional, o ortodontista brasileiro está vulnerável diante questionamentos de seus pacientes, sejam eles litigiosos ou não, justos ou injustos.
Descritores: Registros Odontológicos/legislação & jurisprudência
Odontólogos/legislação & jurisprudência
Ortodontia/legislação & jurisprudência
-Atitude do Pessoal de Saúde
Brasil
Estudos Transversais
Relações Dentista-Paciente
Odontólogos/psicologia
Dissidências e Disputas/legislação & jurisprudência
Consentimento Livre e Esclarecido/legislação & jurisprudência
Responsabilidade Legal
Anamnese
Propriedade/legislação & jurisprudência
Participação do Paciente/legislação & jurisprudência
Recusa do Paciente ao Tratamento/legislação & jurisprudência
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-670516
Autor: Becerra, Janeth Mosquera; Reis, Rodrigo S.; Frank, Lawrence D.; Ramirez-Marrero, Farah A.; Welle, Benjamin; Arriaga Cordero, Eugenio; Mendez Paz, Fabian; Crespo, Carlos; Dujon, Veronica; Jacoby, Enrique; Dill, Jennifer; Weigand, Lynn; Padin, Carlos M..
Título: Transport and health: a look at three Latin American cities / Transporte y salud: una mirada a tres ciudades latinoamericanas / Transporte e saúde: um olhar sobre três cidades latino-americanas
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;29(4):654-666, Abr. 2013. tab.
Idioma: en.
Resumo: Transport is associated with environmental problems, economic losses, health and social inequalities. A number of European and US cities have implemented initiatives to promote multimodal modes of transport. In Latin America changes are occurring in public transport systems and a number of projects aimed at stimulating non-motorized modes of transport (walking and cycling) have already been implemented. Based on articles from peer-reviewed academic journals, this paper examines experiences in Bogotá (Colombia), Curitiba (Brazil), and Santiago (Chile), and identifies how changes to the transport system contribute to encourage active transportation. Bus rapid transit, ciclovias, bike paths/lanes, and car use restriction are initiatives that contribute to promoting active transportation in these cities. Few studies have been carried out on the relationship between transport and physical activity. Car ownership continues to increase. The public health sector needs to be a stronger activist in the transport policy decision-making process to incorporate health issues into the transport agenda in Latin America.

El transporte está asociado con problemas ambientales, pérdidas económicas, salud poblacional e inequidades sociales. En ciudades de Europa y Estados Unidos hay iniciativas para promover el transporte multimodal. En Latinoamérica hay proyectos en curso para cambiar los sistemas de transporte y estimular el transporte no motorizado (caminar y montar bicicleta). Basada en una revisión de artículos publicados en revistas académicas, se identifica de qué forma los cambios en el transporte en Bogotá (Colombia), Curitiba (Brasil) y Santiago (Chile) han contribuido a promover el transporte activo. A pesar que en estas tres ciudades se están implementando iniciativas para promover el transporte activo (sistema de autobuses articulados, ciclovías, ciclorutas, y restricciones para el uso del coche particular), pocos estudios han sido desarrollados sobre la relación entre el transporte y la actividad física utilitaria. La tenencia del coche particular continúa incrementándose. El sector de salud necesita ser un agente fuerte para incorporar la salud pública en la agenda de transporte en América Latina.

O transporte está associado a problemas ambientais, perdas econômicas, de saúde da população e as desigualdades sociais. Em cidades da Europa e da América existem esforços para promover o transporte multimodal. Na América Latina, há projetos em andamento para mudar os sistemas de transporte e incentivar o transporte não motorizado (caminhar e andar de bicicleta). Com base em uma revisão de artigos publicados em revistas acadêmicas identificou-se como as mudanças no transporte contribuíram para promover o transporte ativo em Bogotá (Colômbia), Curitiba (Brasil) e Santiago (Chile). Apesar de que nestas três cidades se estejam implementando iniciativas para promover o transporte ativo (sistema de ônibus articulado, ciclovias, pistas de ciclismo e restrições ao uso do automóvel particular), poucos estudos têm sido desenvolvidos sobre a relação entre transporte e atividade física utilitária. O uso de carro particular continua aumentando. O setor da saúde tem de ser um ativista forte para incorporar a saúde pública na agenda de transportes na América Latina.
Descritores: Atividade Motora
Saúde Pública
Transportes/métodos
-Automóveis/estatística & dados numéricos
Brasil
Ciclismo/estatística & dados numéricos
Chile
Colômbia
América Latina
Propriedade/estatística & dados numéricos
Propriedade/tendências
Política Pública
Fatores Socioeconômicos
Transportes/estatística & dados numéricos
Caminhada/estatística & dados numéricos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-635215
Autor: Montes González, Jairo Andrés.
Título: Experimentación, autorregulación y dominio de la física en edades tempranas / Experimentation, cognitive self-regulation and physics knowledge in early childhood / Experimentação, auto-regulação e conhecimento da física em idades precoces
Fonte: Acta colomb. psicol;12(1):125-133, ene. 2009.
Idioma: es.
Resumo: Este artículo presenta una reflexión teórica a propósito de la herramienta científica de la experimentación en niños pequeños, que hasta el momento ha sido abordada desde diversas perspectivas teóricas. En este caso se propone asumir la Autorregulación Metacognitiva como eje integrador de las distintas concepciones de la experimentación. En este sentido se hace uso de la física como un dominio privilegiado para la comprensión de la experimentación en niños pequeños.

This paper presents a theoretical approach about experimentation in young children as a scientific tool, a concept researched up to date from different theoretical perspectives In this study, metacognitive self-regulation is propounded as an integrative concept to understand experimentation .Physics,as a privileged domain is used to describe experimentation in young children.

Neste artigo apresenta-se uma reflexão teórica sobre a ferramenta científica da experimentação com meninos pequenos. Neste caso, propõe-se assumir a auto-regulação meta-cognitiva como eixo integrador de diversas conceições da experimentação, e emprega-se a física como um domínio privilegiado para a compreensão da experimentação em meninos pequenos.
Descritores: Criança
Metacognição
Propriedade
Experimentação Humana Terapêutica
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO332 - Facultad de Medicina


  8 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-632468
Autor: Pérez-Tamayo, Ruy.
Título: La ley, la ética médica y los trasplantes / The law, the medical ethic, and the transplants
Fonte: Rev. invest. clín;57(2):170-176, mar.-abr. 2005.
Idioma: es.
Resumo: A discussion of four aspects of the legislation and of the medical ethics of the transplants is presented: the concept of death, the donation of organs, the selection of receivers and the future of the therapeutic transplants. The prominent paragraphs of the General Law of Health of the country about cerebral death, the two legal forms and organs donors' ethics, the criteria and more frequent problems for the selection of receivers, and the character of medical technology of transition of the therapeutic transplants are included.

Se presenta una discusión de cuatro aspectos de la legislación y de la ética médica de los transplantes: el concepto de muerte, la donación de órganos, la selección de receptores y el futuro de los trasplantes terapéuticos. Se incluyen los párrafos relevantes de la Ley General de Salud del país sobre muerte cerebral, las dos formas legales y éticas de donadores de órganos, los criterios y problemas más frecuentes para la selección de receptores, y el carácter de tecnología médica de transición de los trasplantes terapéuticos.
Descritores: Transplante
Transplante/legislação & jurisprudência
-Morte Encefálica/diagnóstico
Cadáver
Mercantilização
Morte
Diagnóstico Diferencial
Doação Dirigida de Tecido
Previsões
Parada Cardíaca
Direitos Humanos
Consentimento Livre e Esclarecido
Cuidados para Prolongar a Vida
México
Propriedade
Seleção de Pacientes
Estado Vegetativo Persistente/diagnóstico
Doadores de Tecidos
Coleta de Tecidos e Órgãos
Coleta de Tecidos e Órgãos/legislação & jurisprudência
Obtenção de Tecidos e Órgãos
Obtenção de Tecidos e Órgãos/legislação & jurisprudência
Limites: Adulto
Criança
Seres Humanos
Responsável: MX1.1 - CENIDSP - Centro de Información para Decisiones en Salud Pública


  9 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-620649
Autor: Pochmann, Marcio(org); Amorim, Ricardo L. C(org); Guerra, Alexandre(org); Aldrin, Ronnie(org).
Título: Proprietários: concentração e continuidade / Owners: concentration and continuity.
Fonte: São Paulo; Cortez; 2009. 206 p. mapas, tab, graf. (Atlas da nova estratificação social no Brasil, 3).
Idioma: pt.
Resumo: Desde o nascimento do país, a concentração da propriedade distorceu os caminhos da república e da cidadania. Este livro revela a capacidade dos grandes proprietários de manter-se, subordinando, mais uma vez, o país e o Estado aos seus interesses.
Descritores: Mapeamento Geográfico
Renda
Iniquidade Social/economia
Propriedade
Classe Social
-Brasil
Mapas como Assunto
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; 306.32, P739p


  10 / 23 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Barros, Marilisa Berti de Azevedo
Cesar, Chester Luiz Galväo
Alves, Maria Cecilia Goi Porto
Texto completo
Id: lil-602691
Autor: Francisco, Priscila Maria Stolses Bergamo; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; Segri, Neuber José; Cesar, Chester Luiz Galvão; Alves, Maria Cecilia Goi Porto.
Título: Inquérito de saúde no Município de Campinas, São Paulo, Brasil (ISACamp): comparação de estimativas segundo posse de linha telefônica residencial / Health survey in Campinas, São Paulo State, Brazil (ISACamp): comparison of estimates according to ownership of a residential telephone line
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;27(10):1951-1960, Oct. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo avalia diferenças quanto às características sociodemográficas, de estilo de vida e de condições de saúde entre adultos com e sem linha telefônica residencial, valendo-se de dados de inquérito domiciliar de saúde realizado em Campinas, São Paulo, Brasil (2008/2009). Trata-se de estudo transversal de base populacional com 2.637 adultos (18 anos e mais). Análises descritivas, testes qui-quadrado, prevalências e respectivos intervalos de 95 por cento de confiança foram calculados. Estimaram-se os vícios associados à não cobertura da população sem telefone antes e após o ajuste de pós-estratificação. O impacto do vício nos intervalos de confiança foi avaliado pela razão de vício. Cerca de 76 por cento dos entrevistados possuíam linha telefônica residencial. Exceto para situação conjugal, foram observadas diferenças sociodemográficas segundo posse de telefone. Após o ajuste de pós-estratificação, houve redução do vício das estimativas para as variáveis associadas à posse de linha telefônica, no entanto, exceto para osteoporose, o ajuste de pós-estratificação foi insuficiente para corrigir o vício de não cobertura.

The study assesses differences in socio-demographic, lifestyle, and health-related characteristics among adults with and without residential telephone lines using data from a health survey in Campinas, São Paulo State, Brazil, (2008-2009), through a population-based cross-sectional survey that included 2,637 adults (18 years and older). Descriptive statistics, chi-square tests, prevalence, and 95 percent confidence intervals were used in the analysis. Estimates were also made of the bias associated with non-coverage of the population without telephones before and after adjusting for post-stratification. The impact of bias on the confidence intervals was assessed by the bias ratio. Some 76 percent of respondents owned residential telephone lines. Except for marital status, differences were observed in socio-demographic data according to ownership of residential telephones. After post-stratification adjustment, there was a decrease in bias estimates for variables associated with ownership of telephone lines. However, except for osteoporosis, post-stratification adjustment was insufficient to correct the non-coverage bias.
Descritores: Serviços de Saúde
Inquéritos Epidemiológicos/estatística & dados numéricos
Propriedade
Telefone
-Brasil
Estilo de Vida
Prevalência
Fatores Socioeconômicos
Telefone/estatística & dados numéricos
Limites: Adolescente
Adulto
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde