Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.880.604.605.250 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 441 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 45 ir para página                         

  1 / 441 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-902308
Autor: García Milián, Ana Julia; Santos Muñoz, Leidys; Ciria Martín, Alexander.
Título: Inmunología y consumo de medicamentos: reacciones adversas de baja frecuencia tipo B / Immunology and drugs´ consumption: type B low-frequency adverse reactions
Fonte: Rev. medica electron;40(2):406-419, mar.-abr. 2018. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Avaliação de Medicamentos/efeitos adversos
Hipersensibilidade a Drogas
Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos
Alergia e Imunologia
Farmacovigilância
-Perfil de Saúde
Sistemas de Saúde
Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Assistência ao Paciente
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CU424.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas


  2 / 441 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-698594
Autor: Pereira, Luma Costa; Jesus, Isabel Silva de; Barbuda, Ayana de Souza; Sena, Edite Lago da Silva; Yarid, Sérgio Donha.
Título: Legalização de drogas sob a ótica da bioética da proteção / Legalización de drogas bajo la perspectiva de la bioética de la protección / Drugs legalization under the bioethics of protection perspective
Fonte: Rev. bioét. (Impr.);21(2):365-374, maio-ago. 2013.
Idioma: en; pt.
Resumo: Os brasileiros convivem com acentuada desigualdade social, que envolve problemas característicos dos países subdesenvolvidos, como pobreza, fome, miséria, violência. A legalização das drogas no país apresenta-se como questão complexa e desafiadora, requerendo discussão contextualizada e diferenciada quando se trata de projetar políticas públicas aplicáveis equanimemente. O objetivo do estudo foi refletir sobre a legalização das drogas à luz da bioética da proteção, que considera as contingências de países latino-americanos com suas especificidades e fornece subsídios aos debates e condutas em relação ao assunto. A metodologia consistiu na busca, leitura e discussão de artigos acessados em bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde, livros e documentos oficiais que versam sobre políticas e legislação sobre drogas. A construção do artigo permitiu compreender a complexidade do tema e a necessidade de ultrapassar a compreensão ingênua e as posições extremistas de repressão ou da legalização em relação ao consumo de drogas ilícitas.

Los brasileños viven con marcada desigualdad social, que implica problemas característicos de los países en vías de desarrollo, como la pobreza, el hambre, la miseria, la violencia. La legalización de las drogas en el país se presenta como una cuestión compleja y desafiadora, que requiere una discusión contextualizada y diferenciada, cuando se trata de proyectar las políticas públicas aplicables de modo ecuánime. El estudio tuvo como objetivo reflexionar sobre la legalización de las drogas a la luz de la bioética de la protección, que considera las contingencias de países latinoamericanos con sus especificidades y proporciona subsidios a los debates y conductas con relación al tema. La metodología consistió en la búsqueda, lectura y discusión de artículos accesibles en bases de datos de la Biblioteca Virtual en Salud, libros y documentos oficiales que tratan de las políticas y legislación sobre drogas. La construcción del artículo permitió entender la complejidad del tema y la necesidad de superar la comprensión ingenua y posiciones extremistas de la represión o de la legalización excesiva en relación con el consumo de drogas ilícitas.

Brazilians is still marked by social inequality that involves characteristic problems of underdeveloped countries, such as poverty, hunger, misery, violence. Drugs legalization in the country presents itself as a complex and challenging issue that requires a contextualized and differentiated discussion, when it comes to designing public policies fairly applicable. The study aims to reflect on drugs legalization under the light of bioethics of protection, which considers Latin-American countries contingencies with their specificities and provides subsidies for discussions and management on the matter. Methodology consisted of searching, reading and discussing articles accessed in Virtual Health Library databases, books and official documents that deal with policies and legislation on drugs. The construction of the article made it possible to understand the complexity of the issue and the need of overcoming the naive understanding and the extremist positions of repression or excessive legalization in relation to illicit drugs consumption.
Descritores: Política Pública
Bioética
Drogas Ilícitas
Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  3 / 441 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-625810
Autor: Bonfim, José Ruben de Alcântara(org); Mercucci, Vera Lúcia(org).
Título: A construção da política de medicamentos / The construction of drug politics.
Fonte: São Paulo; Hucitec;SOBRAVIME; 1997. 381 p. (Saúde em debate, 99).
Idioma: pt.
Descritores: Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Controle de Medicamentos e Entorpecentes/legislação & jurisprudência
Preparações Farmacêuticas
Preparações Farmacêuticas/normas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Livro-Texto
Responsável: BR59.2 - Núcleo de Documentação
BR59.2; 615.012, B696c. 679


  4 / 441 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Rozenfeld, Suely
Id: lil-622106
Autor: Laporte, Joan-Ramon; Tognoni, Gianni; Rozenfeld, Suely.
Título: Epidemiologia do medicamento: princípios gerais / Epidemiology of medicine: general principles.
Fonte: São Paulo; Hucitec;Abrasco; 1989. 264 p.
Idioma: pt.
Descritores: Terapêutica
Terapêutica
-Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Livro-Texto
Responsável: BR59.2 - Núcleo de Documentação
BR59.2; 615, L32s. 931


  5 / 441 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-573539
Autor: Corrêa, Marilena(org); Cassier, Maurice(org).
Título: Aids e saúde pública: contribuições à reflexão sobre uma nova economia política do medicamento no Brasil / Aids and public health: contributions to reflection on a new political economy of medicine in Brazil.
Fonte: Rio de Janeiro; EDUERJ; 2010. 242 p.
Idioma: pt.
Descritores: Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Medicamentos Genéricos
Propriedade Intelectual de Produtos e Processos Farmacêuticos
Saúde Pública
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
-Brasil
Responsável: BR1310.1 - Núcleo de Biblioteca
BR1310.1; L2680


  6 / 441 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-480960
Autor: Soares, Maria Aparecida; Rocha, Maria do Carmo de Araújo; Carvalho, Marisa Lima; Costa, Sônia Gil.
Título: O papel da Vigilância Sanitária e o uso de opiáceos no tratamento da dor no Estado de São Paulo / Health surveillance role and the narcotics at pain treatment at São Paulo State.
Fonte: São Paulo; s.n; 1997. 29 p. ilus, mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo preocupada com o tratamento inadequado da dor, principalmente nos casos avançados de câncer, sendo suas causas: a pouca disponibilidade de opiáceos, o manejo inadequado da droga, a dificuldade de dispensação e a falta de sensibilização dos profissionais de saúde para o problema, estabelece, através do Centro de Vigilância Sanitária (CVS) entre outras atividades, a elaboração e a divulgação de material de orientação para médicos, farmacêuticos e demais profissionais de saúde na prescrição, aviamento de receitas e aquisição de drogas para alívio da dor. Através de intercâmbio com o Ministério da Saúde e a Secretaria de Vigilância Sanitária (SVC) foi possível que outras indústrias tivessem aprovados e publicados seus registros de medicamentos à base de morfina. Da mesma forma incentivou-se a empresa Fundação para o Remédio Popular (FURP) para requerer o registro e fabricar o referido medicamento com o objetivo de atender uma população de baixo poder aquisitivo. Para evitar o uso abusivo destes medicamentos o CVS criou e vem atualizando um sistema informatizado Sistema de Controle de Entorpecentes (SCE) que permite um controle da importação/exportação e comércio nacional das substâncias entorpecentes, psicotrópicas e sujeitas ao controle sanitário especial, paralelamente às inspeções. Atualmente a legislação prevê o mesmo controle denominado Balanço de Substâncias Psicoativas - BSP. A análise dos dados extraídos dos balanços anuais das indústrias farmacêuticas e farmoquímicas mostra um aumento significativo da importação da morfina bruta(aproximadamente 60% entre 1996 e 1997), assim como da produção da morfina sulfato, em anos recentes, no estado de São Paulo. Isto demonstra que esta Secretaria, através do Centro de Vigilância Sanitária, tem cumprido seu papel na sensibilização do Ministério da Saúde, do setor industrial e comercial farmacêutico e dos profissionais da área em benefício dos pacientes que necessitam de...
Descritores: Analgésicos Opioides
Condutas Terapêuticas
Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Dor/terapia
Entorpecentes
Produção de Substâncias, Produtos e Materiais
Registros
Sistemas de Informação
-Vigilância Sanitária
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA672, S676p, 1997


  7 / 441 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-443707
Autor: Mortella, Ciro(org).
Título: Buscando uma política de medicamentos para o Brasil / Searching a policy of drugs for Brazil.
Fonte: São Paulo; FSB Comunicações; 2006. 78 p.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Seminário Política Nacional de Medicamentos, 2, São Paulo, 2006.
Descritores: Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Formulação de Políticas
Indústria Farmacêutica/legislação & jurisprudência
Preparações Farmacêuticas
-Brasil
Congresso
Farmacologia
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; 615.1, 65, 2.ed.. 47293/2006


  8 / 441 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-441855
Autor: Chaves, Gabriela Costa.
Título: Patentes Farmacêuticas: por que dificultam o acesso a medicamentos? / Pharmaceutical patents: why makes it difficult the access medicines?.
Fonte: Rio de Janeiro; Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS - ABIA; 2006. 44 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Indústria Farmacêutica
Medicamentos Essenciais
Medicamentos sem Prescrição
Política de Saúde
Propriedade Intelectual
Responsável: BR1310.1 - Núcleo de Biblioteca
BR1310.1; F0638


  9 / 441 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-432143
Autor: Soares, Maria Aparecida Ferreira; Yanagui, Tieka.
Título: Manipulação e dispensação de fórmulas e medicamentos / Manipulation and dispensation of formulas and drugs
Fonte: In: Diniz, Elizeu; Pereira, Sheila Duarte. Curso básico em vigilância sanitária: unidade didático pedagógica V - textos. São Paulo, s.n, set. 1998. p.89-104.
Idioma: pt.
Descritores: Qualidade dos Medicamentos Homeopáticos
Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Farmácia/história
Farmácia/tendências
Indústria Farmacêutica
Legislação de Medicamentos
Sistemas de Notificação de Reações Adversas a Medicamentos
-Saúde Pública
Vigilância Sanitária
Vigilância da População
Tipo de Publ: Aula
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2


  10 / 441 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Barros, José Augusto Cabral de
Id: lil-403560
Autor: Barros, José Augusto Cabral de.
Título: Políticas farmacêuticas: a serviço dos interesses da saúde? / Pharmaceutic policies serving health interests.
Fonte: Brasília; UNESCO; 2004. 270 p.
Idioma: pt.
Descritores: Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Indústria Farmacêutica
Medicamentos Genéricos
Uso de Medicamentos
Vigilância Sanitária
Vigilância de Produtos Comercializados
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; 615.191, 7. 45280/2004; BR1310.1; L2359; BR526.1; 615.1, B277p



página 1 de 45 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde