Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.880.604.605.250 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 463 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 47 ir para página                         

  1 / 463 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Mengue, Sotero Serrate
Acúrcio, Francisco de Assis
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-903403
Autor: Costa, Karen Sarmento; Tavares, Noêmia Urruth Leão; Nascimento Júnior, José Miguel do; Mengue, Sotero Serrate; Álvares, Juliana; Guerra Junior, Augusto Afonso; Acurcio, Francisco de Assis; Soeiro, Orlando Mario.
Título: Pharmaceutical services in the primary health care of the Brazilian Unified Health System: advances and challenges / Avanços e desafios da assistência farmacêutica na atenção primária no Sistema Único de Saúde
Fonte: Rev. saúde pública (Online);51(supl.2):3s, 2017.
Idioma: en.
Projeto: Ministry of Health.
Resumo: ABSTRACT This study is a synthesis of the main results of the Pesquisa Nacional sobre Acesso, Utilização e Promoção do Uso Racional de Medicamentos (PNAUM - National Survey on Access, Use and Promotion of Rational Use of Medicines), Evaluation Component of the Basic Pharmaceutical Services. Based on the critical narrative of the elements of Brazil's pharmaceutical policies, we discuss aspects related to the structure of the pharmaceutical services, the medicines' sanitary state, human resources, access to medicines, rational use and management. Despite the advances that reflect the commitment of the group of actors involved, the results of the Survey indicate challenges, such as equitable access to medicines, the structuring of pharmaceutical services, the improvement of logistics and administration, and the implementation of actions directed to pharmaceutical care in the health units.

RESUMO Trata-se de uma síntese dos principais resultados da Pesquisa Nacional sobre Acesso, Utilização e Promoção do Uso Racional de Medicamentos, componente de Avaliação dos Serviços de Assistência Farmacêutica Básica. Com base em narrativa crítica dos elementos das políticas farmacêuticas no Brasil, discutem-se aspectos relacionados à estrutura dos serviços farmacêuticos, situação sanitária dos medicamentos, recursos humanos, acesso a medicamentos, uso racional e gestão. Apesar dos avanços que refletem o empenho do conjunto de atores implicados, os resultados da Pesquisa apontam desafios, como o acesso equitativo dos medicamentos, a estruturação dos serviços farmacêuticos, o aprimoramento da logística e da gestão e a implantação de ações voltadas ao cuidado farmacêutico nas unidades de saúde.
Descritores: Assistência Farmacêutica/tendências
Atenção Primária à Saúde
Preparações Farmacêuticas/provisão & distribuição
-Assistência Farmacêutica/organização & administração
Brasil
Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Adesão à Medicação
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 463 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1282950
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Medicamentos, Insumos y Drogas.
Título: Memoria 2011 - 2016: Dirección General de Medicamentos, Insumos y Drogas - DIGEMID / Memory 2011 - 2016: General Directorate of Medicines, Supplies and Drugs - DIGEMID.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Medicamentos, Insumos y Drogas; 2016. 97 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La presente publicación recopila las actividades y logros de la Dirección General de Medicamentos, Insumos y Drogas - DIGEMID en el período Agosto 2011 - Junio 2016. Es un documento que deja un registro del esfuerzo de cada uno de los miembros de esta institución por lograr un acceso universal a productos farmacéuticos, dispositivos médicos y productos sanitarios seguros, eficaces y de calidad, por parte de la ciudadanía
Descritores: Desenvolvimento Institucional
Gestão em Saúde
Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Política de Saúde
Tipo de Publ: ANNUAL REPORTS
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  3 / 463 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-962121
Autor: Miziara, Nathália Molleis; Coutinho, Diogo Rosenthal.
Título: Problems in the regulatory policy of the drug market / Problemas na política regulatória do mercado de medicamentos
Fonte: Rev. saúde pública (Online);49:35, 2015.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: OBJECTIVE Analyze the implementation of drug price regulation policy by the Drug Market Regulation Chamber.METHODS This is an interview-based study, which was undertaken in 2012, using semi-structured questionnaires with social actors from the pharmaceutical market, the pharmaceuticals industry, consumers and the regulatory agency. In addition, drug prices were compiled based on surveys conducted in the state of Sao Paulo, at the point of sale, between February 2009 and May 2012.RESULTS The mean drug prices charged at the point of sale (pharmacies) were well below the maximum price to the consumer, compared with many drugs sold in Brazil. Between 2009 and 2012, 44 of the 129 prices, corresponding to 99 drugs listed in the database of compiled prices, showed a variation of more than 20.0% in the mean prices at the point of sale and the maximum price to the consumer. In addition, many laboratories have refused to apply the price adequacy coefficient in their sales to government agencies.CONCLUSIONS The regulation implemented by the pharmaceutical market regulator was unable to significantly control prices of marketed drugs, without succeeding to push them to levels lower than those determined by the pharmaceutical industry and failing, therefore, in its objective to promote pharmaceutical support for the public. It is necessary reconstruct the regulatory law to allow market prices to be reduced by the regulator as well as institutional strengthen this government body.

OBJETIVO Analisar a implementação da política de regulação de preços de medicamentos pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos.MÉTODOS Estudo baseado na realização de entrevistas, em 2012, usando questionários semiestruturados, com atores sociais do mercado de medicamentos, representantes da indústria farmacêutica, de consumidores e do órgão regulador. Foram também compilados preços de medicamentos obtidos em pesquisas realizadas no Estado de São Paulo, nos pontos de venda, entre fevereiro de 2009 e maio de 2012.RESULTADOS As médias dos preços de medicamentos praticadas nos pontos de venda (farmácias e drogarias) estiveram muito abaixo do preço máximo ao consumidor, em relação à grande parte dos medicamentos comercializados no Brasil. Entre 2009 e 2012, 44 dos 129 preços praticados, correspondentes a 99 medicamentos constantes do banco de preços compilados, apresentaram variação superior a 20,0% entre a média de preços praticados nos pontos de venda e o preço máximo ao consumidor. Ademais, muitos laboratórios se recusaram a aplicar o coeficiente de adequação de preços nas vendas a órgãos públicos.CONCLUSÕES A regulação implementada pelo órgão regulador do mercado de medicamentos foi incapaz de controlar os preços de quantidade significativa dos medicamentos comercializados, pressionando-os a patamares inferiores àqueles determinados pela indústria farmacêutica e falhando, portanto, no seu objetivo de promover assistência farmacêutica. É necessária reforma da lei regulamentadora para permitir a redução de preços praticados no mercado pelo órgão regulador, bem como fortalecimento institucional desse órgão.
Descritores: Custos de Medicamentos/legislação & jurisprudência
Regulamentação Governamental
Controle de Medicamentos e Entorpecentes/legislação & jurisprudência
Indústria Farmacêutica/legislação & jurisprudência
-Brasil
Custos e Análise de Custo
Indústria Farmacêutica/economia
Política de Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 463 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-985828
Autor: Almeida, Aléssio Tony Cavalcanti de; Sá, Edvaldo Batista de; Vieira, Fabiola Sulpino; Benevides, Rodrigo Pucci de Sá e.
Título: Impacts of a Brazilian pharmaceutical program on the health of chronic patients / Impacto do Programa Farmácia Popular do Brasil sobre a saúde de pacientes crônicos
Fonte: Rev. saúde pública (Online);53:20, jan. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE: To evaluate the impact of the expansion of access to medicines by the Programa Farmácia Popular do Brasil (PFPB - Brazilian Popular Pharmacy Program) on the indicators of hospitalizations and deaths by hypertension and diabetes. METHODS: To estimate the impact of the Brazilian Popular Pharmacy Program, the statistical model of fixed-effect difference in differences was used, considering: the divisions Rede Própria (RP - Proprietary Network) and Rede Conveniada (RC - Partnership Network); the exposure time of the municipality to the program; intramunicipal density, measured by the number of accredited establishments; and the coverage spillover effect into patients from nonparticipating municipalities. Data from 5,566 municipalities were used, for the period from 2003 to 2016, including: (i) administrative records of the PFPB, Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM - Information System on Mortality), and Sistema de Informações Hospitalares (SIH - Hospital Information System); ii) other health data managed by the Departamento de Informática do SUS (DATASUS - Department of Informatics of SUS); iii) sociodemographic data produced by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE); and iv) data from the Relação Anual de Informações Sociais (RAIS - Annual List of Social Information). RESULTS: The expansion of access to medicines for treatment of hypertension and diabetes resulted in a meaningful and statistically significant reduction (p < 0.05) of the number of hospitalizations and deaths by these diseases, in an average annual rate of 27.6% and 8.0%, respectively. The observed impacts were induced by the partnership network, highlighting the density of establishments per 100,000 inhabitants and, above all, the exposure time of the municipality to the program as relevant to the effect. Evidence of a spillover effect and of the maintenance of impacts on different age groups, especially older people, were also observed. CONCLUSIONS: The strategy to expand access to medicines through the PFPB was effective in reducing hospitalizations and deaths by hypertension and diabetes in Brazil during the investigated period. Better understanding the impacts of the program is important to improve the pharmaceutical care policy, to ensure access to cost-effective treatments.

RESUMO OBJETIVO: Avaliar o impacto da ampliação do acesso a medicamentos pelo Programa Farmácia Popular do Brasil sobre indicadores de internações hospitalares e óbitos por hipertensão arterial e diabetes. MÉTODOS: Para estimar o impacto do Programa Farmácia Popular do Brasil, foi usado o modelo estatístico de diferenças em diferenças com efeito fixo, considerando: as vertentes rede própria e rede conveniada; o tempo de exposição do município ao programa; a densidade intramunicipal, medida pelo número de estabelecimentos credenciados; e o transbordamento espacial da cobertura em pacientes de municípios não participantes. Foram utilizados dados de 5.566 municípios, referentes ao período de 2003 a 2016, incluindo: i) registros administrativos do Programa Farmácia Popular do Brasil e do Sistema de Informações sobre Mortalidade e Sistema de Informações Hospitalares; ii) outros dados de saúde administrados pelo DATASUS; iii) dados sociodemográficos produzidos pelo IBGE; e iv) dados da Relação Anual de Informações Sociais. RESULTADOS: A ampliação do acesso aos medicamentos para tratamento da hipertensão e da diabetes resultou em redução expressiva e estatisticamente significativa (p < 0,05) do quantitativo de internações hospitalares e óbitos por essas doenças, em uma taxa média de 27,6% e 8,0% ao ano, respectivamente. Os impactos observados foram induzidos pela rede conveniada, sendo relevante para o efeito a densidade de estabelecimentos por 100 mil habitantes e, sobretudo, o tempo de exposição do município ao programa. Verificaram-se, ainda, evidências de transbordamento espacial e manutenção dos impactos sobre diferentes grupos etários, com destaque para os idosos. CONCLUSÕES: A estratégia de ampliação do acesso a medicamentos por meio do Programa Farmácia Popular do Brasil mostrou-se efetiva para a redução de internações e óbitos por hipertensão arterial e diabetes no Brasil no período investigado. Compreender melhor os impactos do programa é relevante para aperfeiçoar a política de assistência farmacêutica, de modo a assegurar o acesso a tratamentos com boa relação custo-efetividade.
Descritores: Medicamentos Essenciais/provisão & distribuição
Diabetes Mellitus/tratamento farmacológico
Hospitalização/estatística & dados numéricos
Hipertensão/tratamento farmacológico
Programas Nacionais de Saúde
-Brasil/epidemiologia
Doença Crônica/tratamento farmacológico
Mortalidade/tendências
Diabetes Mellitus/mortalidade
Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Acesso aos Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos
Hipertensão/mortalidade
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 463 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1094420
Autor: Caetano, Rosângela; Rodrigues, Paulo Henrique Almeida; Corrêa, Marilena C Villela; Villardi, Pedro; Osorio-de-Castro, Claudia Garcia Serpa.
Título: The case of eculizumab: litigation and purchases by the Brazilian Ministry of Health / O caso do eculizumabe: judicialização e compras pelo Ministério da Saúde
Fonte: Rev. saúde pública (Online);54:22, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVES This study examined the purchases of eculizumab, a high-cost monoclonal antibody used in the treatment of rare diseases by Brazilian federal agencies, in terms of purchased quantities, expenditures, and prices. METHODS Eculizumab purchases made between March 2007 and December 2018 were analyzed, using secondary data extracted from the Federal Government Purchasing System (SIASG in Portuguese). The following aspects were assessed: number of purchases, purchased quantities, number of daily doses defined per 1,000 inhabitants per year, annual expenditures, and prices. The prices were adjusted by the National Broad Consumer Price Index for December 2018. Linear regression was used for trend analysis. RESULTS All acquisitions by federal agencies were made by the Brazilian Ministry of Health. The purchases began in 2009 with tender waiver to comply with legal demand. There was an increasing trend in the number of purchases and quantities acquired over time. Two hundred and eighty-three purchases were made, totaling 116,792 units purchased, 28.2% of them in 2018. The adjusted total expenses summed more than R$ 2.44 billion. After market approval by the Brazilian Health Regulatory Agency, the weighted average price fell approximately 35%, to values under the Medicines Market Chamber of Regulation established prices. CONCLUSION Eculizumab represented extremely significant expenditures for the Brazilian Ministry of Health during the period. All purchases were made to meet demands from lawsuits, outside the competitive environment. The market approval of eculizumab promoted an important price reduction. This study indicates the relevance of licensing and the need for permanent monitoring and auditing of drug purchases to meet legal demands.

RESUMO OBJETIVOS O estudo examinou as aquisições de eculizumabe, um anticorpo monoclonal de alto custo utilizado no tratamento de doenças raras, pelos órgãos federais brasileiros, em termos das quantidades compradas, gastos e preços. MÉTODOS Foram analisadas compras de eculizumabe realizadas entre março de 2007 e dezembro de 2018, por meio de dados secundários extraídos do sistema de compras do governo federal (Siasg). Foram examinados o número de compras, quantidades adquiridas, número de doses diárias definidas por 1.000 habitantes por ano, gastos anuais e preços praticados. Os preços foram corrigidos pelo índice nacional de preços ao consumidor amplo para dezembro de 2018. Regressão linear foi utilizada para análises de tendência. RESULTADOS Todas as aquisições por órgãos federais foram realizadas pelo Ministério da Saúde. As compras se iniciaram em 2009, sendo efetuadas por dispensa de licitação e para atendimento de demanda judicial. Houve tendência crescente no número de compras e quantidades adquiridas ao longo do tempo. Foram realizadas 283 compras, totalizando 116.792 unidades adquiridas, 28,2% compradas em 2018. Os gastos totais contratados corrigidos somaram mais de R$ 2,44 bilhões. Após a aprovação do registro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o preço médio ponderado caiu aproximadamente 35%, para valores abaixo dos preços estabelecidos pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos. CONCLUSÃO O eculizumabe representou gastos extremamente significativos para o Ministério da Saúde no período. Todas as compras foram feitas para atendimento de demandas judiciais, fora do ambiente competitivo. Seu registro promoveu queda importante nos preços praticados. O estudo aponta a relevância do registro sanitário e da necessidade de monitoramento e auditoria permanentes das compras de medicamentos para atendimento de demandas judiciais.
Descritores: Gastos em Saúde
Governo Federal
Anticorpos Monoclonais Humanizados/economia
-Brasil
Controle de Medicamentos e Entorpecentes/legislação & jurisprudência
Inativadores do Complemento
Inativadores do Complemento/economia
Órgãos Governamentais
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 463 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1090496
Autor: Leandro, José Augusto.
Título: "Descansar e dormir sem riscos": o Jornal do Médico (Portugal) e o desastre da talidomida, 1960-1962 / "Risk-free rest and sleep: " Jornal do Médico (Portugal) and the thalidomide disaster, 1960-1962
Fonte: Hist. ciênc. saúde-Manguinhos;27(1):15-32, jan.-mar. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O artigo analisa como o periódico Jornal do Médico, editado na cidade do Porto, em Portugal, divulgou o desastre da talidomida. A pesquisa percorreu as páginas da fonte desde o início de 1960 até o final de 1962. Aqui, objetivam-se apontar e discutir duas questões interligadas: a morosidade em publicar matérias sobre os efeitos deletérios do medicamento, vendido no país sob a denominação Softenon®, e a construção discursiva da isenção da responsabilidade do médico no fenômeno da iatrogenia medicamentosa.

Abstract This article analyzes the way the Porto-based journal Jornal do Médico reported on the thalidomide disaster. The pages of the publication are researched from the beginning of 1960 to the end of 1962 with the aim of identifying and discussing two interconnected questions: the delay in publishing news on the harmful effects of the drug, which was sold in the country under the brand name Softenon®, and the discursive construction of a lack of accountability on the part of physicians for the phenomenon of medication iatrogenesis.
Descritores: Publicações Periódicas como Assunto/história
Teratógenos/história
Talidomida/história
Anormalidades Induzidas por Medicamentos/história
Publicidade/história
-Portugal/epidemiologia
Talidomida/efeitos adversos
Anormalidades Induzidas por Medicamentos/epidemiologia
Políticas Editoriais
Controle de Medicamentos e Entorpecentes/história
Natimorto
Feto/efeitos dos fármacos
Medicamentos Indutores do Sono/efeitos adversos
Medicamentos Indutores do Sono/história
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Recém-Nascido
História do Século XX
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 463 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1253672
Autor: Dias, Giulianna Aparecida de Alencar.
Título: Judicialização da saúde: análise dos processos judiciais do medicamento lenalidomida impetrados contra a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo para tratamento de mieloma múltiplo / Health's judicialization: analysis of the law-suits of the drug lenalidomide filed against the Health Department of the State of São Paulo for the treatment of multiple myeloma.
Fonte: São Paulo; s.n; 2021. 121 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O Mieloma Múltiplo é uma neoplasia maligna que acomete a medula óssea, sendo comumente diagnosticado em idosos. Para o tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS) seguem-se as Diretrizes Diagnósticas e Terapêuticas do Mieloma Múltiplo do Ministério da Saúde, de 2015. O medicamento lenalidomida é um análogo da talidomida. A talidomida e lenalidomida são indicados para tratamento do mieloma. Ambos medicamentos causam efeitos teratogênicos nos fetos. A lenalidomida teve seu registro sanitário aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para uso no país em dezembro de 2017. Os pacientes que necessitam do tratamento com o medicamento lenalidomida ingressam com processos judiciais para obtê-lo visto não constar da lista de medicamentos fornecidos pelo SUS. A diferença de preço dos dois medicamentos à base de lenalidomida fabricados e disponíveis no mundo é extremamente alta (Lenalid® e Revlimid®). No Brasil, somente o medicamento Revlimid® teve seu registro de patente junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial e seu registro sanitário deferido junto à ANVISA, sendo o único autorizado para a comercialização no país, pela regulamentação da RDC ANVISA 191/2017. Considerando a política de Assistência Oncológica no Sistema Único de Saúde, o presente trabalho visou descrever o perfil dos processos judiciais para fornecimento do medicamento lenalidomida utilizada tratamento de Mieloma Múltiplo por determinações judiciais contra a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. O perfil dos processos analisados confirma o observado na literatura sobre a judicialização da saúde, que, apesar de heterogênea e com características regionais, em muitos estudos, observa-se maior participação de pacientes oriundos de unidades de saúde privadas e assistentes jurídicos majoritariamente de advogados particulares. Além disso, os dados detectados/encontrados demonstraram que os pacientes são residentes em municípios com alto grau de desenvolvimento, segundo o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), o qual atua como um indicador que avalia três dimensões do desenvolvimento humano: longevidade, educação e renda. Constatou-se também, pelo perfil dos processos judiciais descritos, a predominância de pacientes do sexo masculino. Descreveram-se os aspectos de regulamentação e de controle sanitário do medicamento lenalidomida, em comparação à talidomida no Brasil, além das normativas da ANVISA vigentes sobre o controle da substância lenalidomida, diante dos riscos associados (segurança do paciente - teratogênese) e as questões relativas a patente e fenômeno de judicialização da saúde no país.

Multiple myeloma is a malignant neoplasm that affects the bone marrow and is com-monly diagnosed in the elderly. For treatment in the Unified Health System (SUS), the Ministry of Health's 2015 Myeloma Diagnostic and Therapeutic Guidelines are followed. The medication lenalidomide is an analogue of thalidomide. Thalidomide and lenalidomide are indicated for the treatment of myeloma. Both drugs have teratogenic effects on fetuses. Lenalidomide had its health record approved by the National Health Surveillance Agency (ANVISA) for use in the country in December 2017. Patients who need treatment with the drug lenalidomide file lawsuits to obtain it since it is not on the list of drugs provided by SUS. The price difference of the two lenalidomide-based drugs manufactured and available worldwide is extremely high (Lenalid® and Revlimid®). In Brazil, only the drug Revlimid® had its patent registra-tion with the National Institute of Industrial Property and its sanitary registration granted with ANVISA, being the only one authorized for commercialization in the country, by the regulation of RDC ANVISA 191/2017. Considering the policy of Onco-logical Assistance in the Unified Health System, the present study aimed to describe the profile of the legal proceedings for the supply of the drug lenalidomide used in the treatment of Multiple Myeloma due to judicial orders against the São Paulo State De-partment of Health. The profile of the analyzed cases confirms that observed in the literature on the judicialization of health, which, although heterogeneous and with re-gional characteristics, in many studies, there is a greater participation of patients from private health units and legal assistants mostly from private lawyers . In addition, the data detected / found showed that patients are residents of municipalities with a high degree of development, according to the Municipal Human Development Index (MHDI), which acts as an indicator that assesses three dimensions of human devel-opment: longevity, education and income. It was also verified, by the profile of the judicial processes described, the predominance of male patients. The regulatory and sanitary control aspects of the drug lenalidomide were described, in comparison to thalidomide in Brazil, in addition to the ANVISA regulations in force on the control of the lenalidomide substance, in view of the associated risks (patient safety - teratogenesis) and the relative issues the patent and phenomenon of judicialization of health in the country.
Descritores: Talidomida
Sistema Único de Saúde
Saúde Pública
Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Teratogênese
Judicialização da Saúde
Lenalidomida
Mieloma Múltiplo
Neoplasias
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  8 / 463 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-516184
Autor: Gonzales Capdevilla, Gabriela; Korzewycz, Natalia; Beragua, Roxana.
Título: ¿Qué es la Farmacovigilancia y a quiénes compete? / What is Pharmacovigilance, and who is incumbent on?
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;7(6):162-163, nov.-dic. 2004. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El presente editorial tiene por objetivo acercar al lector algunas ideas relacionadas a la farmacovigilancia, su importancia y sucampo de acción. En el mismo se aclaran algunas definiciones como la de reacción adversa a medicamentos y su diferenciacon el evento adverso; y las diferencias entre la farmacovigilancia tradicional e intensiva. Se describe brevemente el funcionamientodel Sistema Nacional de Farmacovigilancia en Argentina, algunos ejemplos de sus acciones, así como la experienciade un efector periférico implementado en una institución local Argentina.
Descritores: Qualidade dos Medicamentos Homeopáticos
Controle de Qualidade
Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Preparações Farmacêuticas
Preparações Farmacêuticas/normas
Vigilância de Produtos Comercializados
-Argentina
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  9 / 463 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1182466
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Medicamentos, Insumos y Drogas.
Título: Manual de buenas prácticas de manufactura de insumos de uso médico-quirúrgico u odontológico estériles y productos sanitarios estériles.
Fonte: Lima; MINSA; 2000.
Idioma: es.
Descritores: Boas Práticas de Fabricação
Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Insumos Farmacêuticos
Manual de Referência
-Peru
Responsável: BR1.1 - BIREME
[{"text": "PE267.1"}]


  10 / 463 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1182462
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Medicamentos, Insumos y Drogas.
Título: Alerta DIGEMID n° 20-2010: falsificación de productos farmacéuticos.
Fonte: Lima; DIGEMID; 24 jun. 2010.
Idioma: es.
Descritores: Controle de Medicamentos e Entorpecentes
Qualidade de Produtos para o Consumidor
Vigilância Sanitária
-Peru
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME
[{"text": "PE267.1"}]



página 1 de 47 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde