Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.880.604.631 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 493 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 50 ir para página                         

  1 / 493 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1052585
Autor: Frankel, Daniel.
Título: Configuraciones del poder en tiempos de muerte en vida / Social eugenics: configurations of power in times of death in life.
Fonte: Córdoba; El Ágora; 2015. 212 p.
Idioma: es.
Resumo: Con una perspectiva crítica el libro explica el recorrido de la Eugenesia Social desde los albores de la modernidad hasta nuestros tiempos. Precisamente se trata de un discurso que se fue construyendo históricamente como organizador del poder gubernamental hasta nuestros días. Por su profundidad y actualidad en el mundo contemporáneo, interrogarse por sus manifestaciones, explorar críticamente su espesor conceptual y analizar simultáneamente su recorrido genealógico, así como los registros arqueológicos de las diferentes tramas discursivas, jurídicas, biomédicas y económicas, la Eugenesia Social se constituye en una categoría biopolítica asociada al proyecto contemporáneo de sometimiento colectivo, de servidumbre e indignidad ante la vida.Esta forma de comprender la muerte en vida recupera y renueva los conceptos de "nuda vida" de Agamben, de "muerte en vida" en Deleuze, Blanchot o Ludueña Romandini, de "asesinatos indirectos" según Foucault ó de ejército supernumerario que sostiene Castel para el cuarto mundo (AU). "La estimulante investigación de Daniel Frãnkel apuesta a continuar el trabajo de Foucault al considerar al dispositivo asilar como paradigma privilegiando para poder acceder a un análisis no solo de los mecanismos con los cuales la sociedad ha tratado la locura sino, más audazmente, como forma de comprensión del funcionamiento de la lógica gubernamental que rige el despliegue político de las sociedades occidentales contemporáneas" (Romandini)
Descritores: Defesa do Paciente
Eugenia (Ciência)
-Controle Social Formal
Saúde Mental
Saúde Pública
Internação Compulsória de Doente Mental
Pessoas Mentalmente Doentes
Limites: Seres Humanos
Responsável: AR381.1 - Centro de Documentación de Excelencia en Salud
AR381.1; aSMEN280


  2 / 493 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-437082
Autor: Martínez-Nuñez, Imelda.
Título: El paciente: sujeto de derechos / The patient: subject of human rights
Fonte: Rev. Soc. Parag. Cardiol. (Impr.);3(1):47-52, abr. 2005. tab.
Idioma: es.
Resumo: El paciente cardíaco está en una situación de dolor, de penuria, de desintegración de su personalidad, de aflicción, de quebranto físico y psíquico. Y el médico debe situarse ante el paciente. Su primera obligación es ponerse en la situación del paciente para mantener o devolverle, si lo ha perdido, su "bien-estar". Es muy importante subrayar esta situación del hombre paciente, el hombre enfermo, porque va a influir fuertemente sobre los derechos particulares de los mismos. Recordemos que hay derechos universales y derechos particulares. Todo lo que pueda decirse sobre el valor inconmensurable del hombre, de la persona humana, y todo lo que pueda afirmarse sobre su dignidad connatural y sobre sus derechos inalienables, es aplicable al nasciturus, es decir, es aplicable al que va a nacer, sea cigoto, embrión o feto. Porque hablar de la persona que aún no ha nacido, es hablar del hombre. El no nacido pertenece a la especie humana. Qué decimos en concreto de ese sujeto paciente. Que tiene: Derechos. En los códigos civiles, en los códigos penales y en los de ética médica están normados estos derechos y las penas a las que se han de someter los que los violaren. El paciente como persona humana tiene ese poder de exigencia, como derecho subjetivo, el derecho a la salud. Respetando los derechos del paciente y buscando excelencia en la calidad de nuestro servicio, estaremos todos colaborando para humanizar cada día más la medicina. Humanizar la salud es en síntesis el problema bioético fundamental
Descritores: Defesa do Paciente
Direito à Saúde
Liberdade
Bioética
Responsável: PY3.1 - Biblioteca


  3 / 493 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-778495
Autor: Dias, Eduardo Rocha; Silva Junior, Geraldo Bezerra da.
Título: Evidence-Based Medicine in judicial decisions concerning right to healthcare / A Medicina Baseada em Evidências na jurisprudência relativa ao direito à saúde
Fonte: Einstein (Säo Paulo);14(1):1-5, Jan.-Mar. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To analyze, from the examination of decisions issued by Brazilian courts, how Evidence-Based Medicine was applied and if it led to well-founded decisions, searching the best scientific knowledge. Methods The decisions made by the Federal Courts were searched, with no time limits, at the website of the Federal Court Council, using the expression “Evidence-Based Medicine”. With regard to decisions issued by the court of the State of São Paulo, the search was done at the webpage and applying the same terms and criterion as to time. Next, a qualitative analysis of the decisions was conducted for each action, to verify if the patient/plaintiff’s situation, as well as the efficacy or inefficacy of treatments or drugs addressed in existing protocols were considered before the court granted the provision claimed by the plaintiff. Results In less than one-third of the decisions there was an appropriate discussion about efficacy of the procedure sought in court, in comparison to other procedures available in clinical guidelines adopted by the Brazilian Unified Health System (Sistema Único de Saúde) or by private health insurance plans, considering the individual situation. The majority of the decisions involved private health insurance plans (n=13, 68%). Conclusion The number of decisions that did consider scientific evidence and the peculiarities of each patient was a concern. Further discussion on Evidence-Based Medicine in judgments involving public healthcare are required.

RESUMO Objetivo Analisar, a partir do exame de decisões proferidas por tribunais brasileiros, como a Medicina Baseada em Evidências foi aplicada e se conduziu a decisões bem fundamentadas, sob a perspectiva do melhor conhecimento científico. Métodos Analisaram-se decisões de Tribunais Federais selecionadas pela busca, sem limitação temporal, no sítio do Conselho da Justiça Federal, dedicado à pesquisa unificada de jurisprudência, contendo a expressão “Medicina Baseada em Evidências”. Quanto aos acórdãos da Corte Paulista, a busca foi feita em sua página na internet dedicada à pesquisa de jurisprudência, também por meio da expressão “Medicina Baseada em Evidências”, e sem limitação temporal. Efetuou-se, a seguir, uma análise qualitativa da discussão efetuada em cada processo, verificando se nela se apreciaram a situação do paciente/autor da ação, e a eficácia ou ineficácia de tratamentos ou medicamentos constantes em protocolos já existentes, antes de se deferir a medida buscada em juízo. Resultados Verificou-se que em menos de um terço das decisões examinadas houve uma discussão adequada da eficácia do procedimento buscado judicialmente, em comparação com os disponibilizados em protocolos clínicos pelo Sistema Único de Saúde e por planos privados de saúde, à luz da situação individual do autor da ação. A maioria das decisões envolvia planos de saúde (n=13, 68%). Conclusão O número de decisões em que se deu maior consideração à evidência científica e às peculiaridades dos pacientes foi preocupante. É necessário ampliar a discussão da Medicina Baseada em Evidências nos processos envolvendo a saúde pública.
Descritores: Medicina Baseada em Evidências/legislação & jurisprudência
Direitos do Paciente/legislação & jurisprudência
Assistência à Saúde/legislação & jurisprudência
-Defesa do Paciente/legislação & jurisprudência
Brasil
Stents Farmacológicos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 493 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lunardi, Valéria Lerch
Texto completo
Id: lil-761707
Autor: Tomaschewski-Barlem, Jamila Geri; Lunardi, Valéria Lerch; Barlem, Edison Luiz Devos; Silveira, Rosemary Silva da; Dalmolin, Graziele de Lima; Ramos, Aline Marcelino.
Título: Cross-cultural adaptation and validation of the Protective Nursing Advocacy Scale for Brazilian nurses / Adaptação transcultural e validação do instrumento Protective Nursing Advocacy Scalepara enfermeiros brasileiros / Adaptación transcultural y validación del instrumento Protective Nursing Advocacy Scalepara enfermeros brasileños
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);23(4):669-676, July-Aug. 2015. tab, ilus.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Resumo: AbstractObjective: to adapt culturally and validate the Protective Nursing Advocacy Scale for Brazilian nurses.Method: methodological study carried out with 153 nurses from two hospitals in the South region of Brazil, one public and the other philanthropic. The cross-cultural adaptation of the Protective Nursing Advocacy Scale was performed according to international standards, and its validation was carried out for use in the Brazilian context, by means of factor analysis and Cronbach's alpha as measure of internal consistency.Results: by means of evaluation by a committee of experts and application of pre-test, face validity and content validity of the instrument were considered satisfactory. From the factor analysis, five constructs were identified: negative implications of the advocacy practice, advocacy actions, facilitators of the advocacy practice, perceptions that favor practice advocacy and barriers to advocacy practice. The instrument showed satisfactory internal consistency, with Cronbach's alpha values ranging from 0.70 to 0.87.Conclusion: it was concluded that the Protective Nursing Advocacy Scale - Brazilian version, is a valid and reliable instrument for use in the evaluation of beliefs and actions of health advocacy, performed by Brazilian nurses in their professional practice environment.

ResumoObjetivo:adaptar culturalmente e validar o instrumento Protective Nursing Advocacy Scalepara enfermeiros brasileiros.Método:estudo metodológico, realizado com 153 enfermeiros de duas instituições hospitalares do Sul do Brasil, uma pública e uma filantrópica. Realizou-se a adaptação transcultural do instrumento Protective Nursing Advocacy Scale, segundo recomendações internacionais e sua validação para utilização no contexto brasileiro, através de análise fatorial e verificação da consistência interna pelo alfa de Cronbach.Resultados:mediante avaliação de comitê de especialistas e realização do pré-teste, a validade de face e conteúdo do instrumento foi considerada satisfatória. A partir da análise fatorial, foram identificados cinco constructos: implicações negativas do exercício da advocacia, ações de advocacia, facilitadores ao exercício da advocacia, percepções que favorecem o exercício da advocacia e barreiras ao exercício da advocacia. O instrumento apresentou consistência interna satisfatória, com valores de alfa de Cronbach entre 0,70 e 0,87.Conclusão:conclui-se que o Protective Nursing Advocacy Scale- versão brasileira é um instrumento válido e fidedigno para ser utilizado na avaliação das crenças e ações da advocacia em saúde, exercida por enfermeiros brasileiros no ambiente da prática profissional.

ResumenObjetivo:adaptar culturalmente y validar el instrumento Protective Nursing Advocacy Scalepara enfermeros brasileños.Método:estudio metodológico, llevado a cabo con 153 enfermeros de dos instituciones hospitalarias del sur de Brasil, una pública y una filantrópica. Se realizó la adaptación transcultural del instrumento Protective Nursing Advocacy Scale, según las recomendaciones internacionales y su validación para su uso en el contexto brasileño, a través de análisis factorial y verificación de la consistencia interna mediante el alfa de Cronbach.Resultados:mediante la evaluación de un comité de expertos y realización de pre-prueba, la validez aparente y de contenido del instrumento se consideró satisfactoria. A partir del análisis factorial, se identificaron cinco construcciones: implicaciones negativas del ejercicio de la abogacía, acciones de abogacía, facilitadores del ejercicio de la abogacía, percepciones que favorecen el ejercicio de la abogacía y barreras al ejercicio de la abogacía. El instrumento mostró una consistencia interna satisfactoria, con valores alfa de Cronbach entre 0,70 y 0,87.Conclusión:se concluye que el Protective Nursing Advocacy Scale- versión brasileña es un instrumento válido y fiable para su uso en la evaluación de las creencias y acciones de abogacía en salud, ejercidas por enfermeros brasileños en el ambiente de la práctica profesional.
Descritores: Defesa do Paciente
Enfermagem
Autorrelato
-Traduções
Brasil
Características Culturais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudos de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 493 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Ramos, Flávia Regina Souza
Camponogara, Silviamar
Texto completo
Id: biblio-1013181
Autor: Vargas, Caroline Porcelis; Vargas, Mara Ambrosina de Oliveira; Tomaschewski-Barlem, Jamila Geri; Ramos, Flávia Regina Souza; Schneider, Dulcinéia Ghizoni; Camponogara, Silviamar.
Título: Ações de advocacia do paciente pelos enfermeiros intensivistas / Acciones de abogacía del paciente por los enfermeros intensivistas / Patient advocacy actions by intensivist nurses
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;53:e03490, 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Explorar as ações e os fatores associados à defesa do paciente pelos enfermeiros intensivistas utilizando a escala Protective Nursing Advocacy Scale . Método Estudo quantitativo, descritivo-exploratório, de delineamento transversal. O questionário foi respondido por enfermeiros que atuavam em Unidades de Terapia Intensiva das regiões Sul e Sudeste do Brasil. Realizaram-se a análise fatorial exploratória dos dados, os testes T e qui-quadrado para associação entre fatores. Resultados Participaram da pesquisa 451 enfermeiros. Um número maior de enfermeiros não concorda com as consequências negativas que a advocacia do paciente possa ter ou trazer para eles. Um maior diálogo entre profissionais da equipe de enfermagem potencializaria os resultados do trabalho em equipe. Enfermeiros com dois vínculos, ou mais, de emprego necessitam de mais esforço físico e mental, o que compromete sua qualidade de vida e de trabalho, sendo esses os que menos exercem a advocacia do paciente. Conclusão Enfermeiros entendem a defesa do paciente como parte importante de seu trabalho, bem como os fatores que podem influenciar a decisão em defender seus pacientes, mas ainda desconhecem os benefícios da advocacia.

RESUMEN Objetivo Explorar las acciones y los factores asociados con la defensa de los derechos del paciente por los enfermeros intensivistas utilizando la escala Protective Nursing Advocacy Scale . Método Estudio cuantitativo, descriptivo y exploratorio, de corte transversal. El cuestionario fue respondido por enfermeros que actuaban en Unidades de Cuidados Intensivos de las regiones Sur y Sureste de Brasil. Se llevaron a cabo el análisis factorial exploratorio de los datos y las pruebas T y chi cuadrado para asociación entre factores. Resultados Participaron en la investigación 451 enfermeros. Una cifra mayor de enfermeros no está de acuerdo con las consecuencias negativas que la abogacía del paciente pueda tener o resultar para ellos. Un diálogo entre profesionales del equipo de enfermería potenciaría los resultados del trabajo en equipo. Enfermeros con dos vínculos laborales, o más, necesitan más esfuerzo físico y mental, lo que compromete su calidad de vida y trabajo, siendo esos los que menos ejercitan la abogacía del paciente. Conclusión Los enfermeros entienden la defensa del paciente como parte importante de su trabajo, así como los factores que pueden influenciar la decisión en defender a sus pacientes, pero todavía desconocen los beneficios de la abogacía.

ABSTRACT Objective To explore the actions and factors associated to patient advocacy by intensivist nurses using the Protective Nursing Advocacy Scale. Method A quantitative, descriptive-exploratory, cross-sectional study. The questionnaire was answered by nurses who worked in Intensive Care Units in the South and Southeast regions of Brazil. A factorial exploratory analysis of the data, T-tests and the chi-square test were used for association between factors. Results 451 nurses participated in the study. A greater number of nurses disagreed with the negative consequences that patient advocacy may have or bring to them. Greater dialogue among nursing staff would enhance teamwork results. Nurses with two or more job relationships need more physical and mental effort, which compromises their quality of life and work, leading to them being those who least practice patient advocacy. Conclusion Nurses understand patient advocacy as an important part of their work, as well as factors which may influence their decision to defend their patients, but are still unaware of the benefits of advocacy.
Descritores: Defesa do Paciente
Enfermagem de Cuidados Críticos
-Estudos Transversais
Ética em Enfermagem
Limites: Adulto
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  6 / 493 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-771205
Autor: Moura Francesconi de Lemos Pereira, Paula.
Título: Considerações jurídicas a respeito do impacto da Resolução nº 368 da Agência Nacional de Saúde sobre a assistência obstétrica na saúde suplementar / Legal considerations regarding the impact of Resolution No. 368 of the National Health Agency on obstetric care in supplementary health
Fonte: Femina;43(4):149-154, jul.-ago. 2015.
Idioma: pt.
Descritores: Conselhos de Especialidade Profissional/legislação & jurisprudência
Resoluções/legislação & jurisprudência
Acesso à Informação/legislação & jurisprudência
Saúde Suplementar/legislação & jurisprudência
Obstetrícia/legislação & jurisprudência
-Defesa do Paciente/legislação & jurisprudência
Brasil
Cesárea/legislação & jurisprudência
Defesa do Consumidor/legislação & jurisprudência
Parto Normal/legislação & jurisprudência
Limites: Feminino
Gravidez
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A


  7 / 493 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1000857
Autor: Gianni, María Cecilia.
Título: Tiempo y narrativa desde la experiencia del tratamiento en VIH/Sida / Time and narrative from the experience of HIV / AIDS treatment.
Fonte: Buenos Aires; Reysa Ediciones; 2006. 164 p.
Idioma: es.
Descritores: Defesa do Paciente
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
-Argentina
Responsável: AR338.1 - Biblioteca
AR338.1; 616.90, G37


  8 / 493 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-996354
Autor: Albuquerque, Aline; Boeira, Laura; Lima, Luana; Ayres, Thatiana.
Título: Os direitos humanos de pacientes em risco de suicídio no Brasil / The human rights of patients in suicide risk in Brazil
Fonte: Cad. Ibero Am. Direito Sanit. (Impr.);8(1):26-35, jan.-mar. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objective: to analyze the subject of suicide in the theoretical-normative perspective of the human rights of patients. Methodology: theoretical and documentary research on the ethical and human rights aspects of patients at risk/suicide attempt. Results: violations of the human rights of patients at health risk were observed in the health services. Conclusion: it is necessary to adopt measures to promote the alteration of the situation of violation of these rights.
Objetivo: analizar la temática del suicidio en la perspectiva teórico-normativa de los derechos humanos de los pacientes. Metodología: se realizó una investigación teórica y documental sobre los aspectos éticos y de derechos humanos de los pacientes en riesgo / intento de suicidio. Resultados: se observaron violaciones a los derechos humanos de los pacientes en riesgo de salud, en los servicios de salud. Conclusión: es necesaria la adopción de medidas para promover la alteración de la situación de violación de tales derechos.

Objetivo: analisar a temática do suicídio na perspectiva teórico-normativa dos direitos humanos dos pacientes. Metodologia: foi realizada pesquisa teórica e documental sobre os aspectos éticos e de direitos humanos dos pacientes em risco/tentativa de suicídio. Resultados: foram observadas violações aos direitos humanos dos pacientes em risco de saúde, nos serviços de saúde. Conclusão: é necessária a adoção de medidas para promover a alteração da situação de violação de tais direitos.
Descritores: Defesa do Paciente
Suicídio
Brasil
Má Conduta Profissional
Violações dos Direitos Humanos
Responsável: BR208.2 - PRODISA - Programa de Direito Sanitário


  9 / 493 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-958279
Autor: Albuquerque, Aline.
Título: Ombudsman do paciente: direitos nos cuidados em saúde / Patient ombudsman: rights in health care / Ombudsman del paciente: derechos en los cuidados de la salud
Fonte: Rev. bioét. (Impr.);26(3):326-332, out.-dez. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este artigo analisa o papel do ombudsman do paciente na implementação de seus direitos, refletindo sobre sua aplicação no Brasil. Trata-se de pesquisa de cunho teórico sobre o tema e suas diferenças em relação aos direitos humanos dos pacientes. Conclui-se que o modelo proposto para o Brasil enfatiza a atuação de ombudsman local, notadamente no ambiente hospitalar, mas também defende a instituição de profissionais regionais, para lidar com pacientes da atenção primária. Contudo, propugna-se que o regional seja facultativo, em razão de o hospital ser o ambiente com mais adversidades. Ainda, destaca-se que a autorização do ombudsman seja dada por lei que estabeleça prerrogativas específicas, como sua autonomia e independência, qualificação apropriada e apuração célere de reclamação.

Abstract This article aims to analyze the role of the Patient ombudsman in the implementation of patients' rights, reflecting on their application in Brazil. This is a theoretical research on the subject and its differences in relation to the human rights of patients. It has concluded that the proposed model for Brazil emphasizes the role of local ombudsman, especially in the hospital environment, but also defends the institution of regional professionals to deal with primary care patients. However, it is suggested that the regional one be optional, because the hospital is the major focus of adverse events. Also, it should be noted that the authorization of the ombudsman is provided by law, which establishes specific prerogatives, such as their autonomy and independence, appropriate qualification, and efficient investigation of complaints.

Resumen Este artículo analiza el papel del ombudsman del paciente en la implementación de sus derechos, reflexionando sobre su aplicación en Brasil. Se trata de una investigación de naturaleza teórica sobre la temática y sus diferencias con relación a los derechos humanos de los pacientes. Se concluye que el modelo propuesto para Brasil enfatiza la actuación del ombudsman local, principalmente en el ambiente hospitalario, pero también defiende la institución de profesionales regionales, para lidiar con pacientes de la atención primaria. No obstante, se propone que el regional sea facultativo, debido a que el hospital es el mayor foco de eventos adversos. Por otra parte, se destaca que la autorización del ombudsman debe darse mediante una ley que establezca prerrogativas específicas, como su autonomía e independencia, una calificación apropiada y un análisis célere de los reclamos.
Descritores: Defesa do Paciente
Sistemas de Saúde
Direitos do Paciente
Direitos Humanos
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  10 / 493 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-983655
Autor: Kinoshita, Roberto Tykanori.
Título: Autopoiese e reforma psiquiátrica.
Fonte: São Paulo; Hucitec; 2016. 308 p. (Saúde Loucura, 36).
Idioma: pt.
Resumo: Em autopoise e reforma psiquiátrica Roberto Tykanori conseguiu integrar sua experiência política e clínica com erudição filosófica. O livro analisa a reforma psiquiátrica e a constituição da política em saúde mental, no Brasil, de um modo inovador e instigante. O conceito orientador de sua investigação é o de autopoiese, a capacidade dos seres humanos de produzirem instituições e também a sua própria existência.
Descritores: Reforma dos Serviços de Saúde/história
Transtornos Mentais/reabilitação
Transtornos Mentais/terapia
Psiquiatria/história
-Doença Crônica/psicologia
Hospitais Psiquiátricos/organização & administração
Defesa do Paciente/psicologia
Limites: Masculino
Feminino
Seres Humanos
História do Século XIX
História do Século XX
Tipo de Publ: Livros de Texto
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; 616.891, K55a



página 1 de 50 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde