Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.880.735 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 818 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 82 ir para página                         

  1 / 818 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-960823
Autor: Martins, Lidiane de Cassia Amaral; Silva, Ethel Bastos da; Dilélio, Alitéia Santiago; Costa, Marta Cocco da; Colomé, Isabel Cristina dos Santos; Arboit, Jaqueline.
Título: Violência de gênero: conhecimento e conduta dos profissionais da estratégia saúde da família / La violencia de gênero: conocimiento y conducta profesional de la estrategia salud de la familia / Gender violence: knowledge and professional conduct of the family health strategy
Fonte: Rev. gaúch. enferm;39:e20170030, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo OBJETIVO Avaliar os conhecimentos e condutas de profissionais de unidades da Estratégia Saúde da Família frente à violência de gênero. MÉTODOS Estudo descritivo, realizado com 53 profissionais de sete unidades de Estratégia Saúde da Família no período de março a julho de 2015. Os dados foram coletados por meio de instrumento autopreenchido e analisados no software Excel 2007. RESULTADOS Observou-se que o conhecimento dos profissionais sobre as definições, epidemiologia e manejo da violência variou de razoável a ótimo, apesar de conhecerem pouco sobre a prevalência de violência durante o período gestacional. Quanto às condutas, evidenciou-se dificuldade em questionar as mulheres sobre a violência e sua notificação. Os profissionais com menor tempo de assistência e que receberam capacitação apresentaram condutas mais adequadas. CONCLUSÕES Sugere-se a realização de ações educativas visando fornecer subsídios para a atuação dos profissionais frente aos casos de violência de gênero.

Resumen OBJETIVO Evaluar el conocimientos y el comportamientos de profesionales de unidades de la salud de la familia Estrategias violencia de género opuesto. MÉTODOS Estudio descriptivo con 53 profesionales de unidades de La salud de la familia de siete estratégias en el período de marzo a julio de 2015. Los datos fueron recolectados a través de un instrumento de auto-administrados y analizados en el software Excel 2007. RESULTADOS Se observó que el conocimiento de los profesionales acerca de las definiciones, la epidemiología y la gestión de la violencia varió de razonable buena, a pesar de saber poco acerca de la prevalencia de la violencia durante el embarazo. En cuanto a la conducta era evidente dificultad para cuestionar las mujeres acerca de la violencia y su notificación. Los profesionales con la asistencia más corto y que recibieron entrenamiento fueron los resultados más asertivo respecto a la conducta. CONCLUSIONES Sugieren la realización de actividades de educación en servicio para proporcionar información para el trabajo de los profesionales en los casos de violencia de gênero.

Abstract OBJECTIVE To evaluate the knowledge and behaviors of health professionals of units of the Strategies Family opposite gender violence. METHODS This descriptive study with 53 seven of units of the family health strategy professionals from March to July 2015. Data were collected through a self-administered instrument and analyzed in Excel 2007. RESULTS It was observed that the knowledge of professionals about definitions, epidemiology and management of violence ranged from reasonable to good, despite knowing little about the prevalence of violence during pregnancy. Regarding the conduct was evident difficulty in questioning women about violence and its notification. Professionals with shorter assistance and who received training were more assertive results regarding conduct. CONCLUSIONS It is suggested that educational actions in service be carried out in order to provide subsidies for the professionals' action against cases of gender violence.
Descritores: Prática Profissional
Atitude do Pessoal de Saúde
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Violência de Gênero
-Relações Profissional-Paciente
Problemas Sociais
Brasil
Serviços de Saúde da Mulher
Saúde da Família
Educação de Pacientes como Assunto
Causalidade
Inquéritos e Questionários
Violência Doméstica
Aconselhamento
Papel Profissional
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Gravidez
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 818 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1051197
Autor: Martínez Amezaga, Luis Ignacio; Ghelfi, Albertina María; Garavelli, Florencia; Jael Faggi, Celina; Luchitta, Claudina; Criado, Julián; Herrera, Jorgelina Noemí; Kilstein, Jorge Guillermo; Galíndez, Jorge Oscar.
Título: La nueva epidemia: agresión hacia médicos en el ámbito laboral / The new epidemic: aggression against physicians in work places
Fonte: Rev. med. Rosario;84(3):110-120, sept.-dic. 2018. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Objetivos: Describir la prevalencia de eventos de agresión laboral contra médicos en la ciudad de Rosario y alrededores ocurridos en el último año. Determinar las características de los hechos de violencia y analizar la relación entrelos mismos y las características de la población médica.Materiales y Métodos: Estudio observacional, descriptivo y analítico, prospectivo; elaborado a partir de encuestascerradas on-line, realizadas de manera consecutiva a médicos que ejercieran en Rosario, Villa Gobernador Gálvez yGranadero Baigorria; del 18/07/2017 al 24/07/2017. Muestreo de tipo consecutivo, probabilístico, aleatorio simple. Se calculó un tamaño muestra de 350 encuestas.Resultados: Se incluyeron 351 encuestas. Hombres en 33% (n=115) y mujeres en 67% (n=236). El 23,1% (n=81)pertenecía al medio privado; 35% (n=123) al público; 41,6% (n=146) ambos y 0,3% (n=1) NS/NC. El 80,1%(n=281) presentó un episodio de agresión en el último año, de los cuales 86,8% (n=244) fue verbal y 13,2%(n=37) física-verbal. La agresión, pudiendo identificarse más de un agresor, fue realizada por familiar del pacienteen 94%(n=237), paciente 66% (n=166), personal de salud no médico 33% (n=83) y 26% (n=67) por un colega.El sitio de agresión más frecuente fue la guardia externa. Las mujeres padecieron mayor cantidad de eventos deagresión. Las especialidades más agredidas fueron Obstetricia y Pediatría. Se identificaron como factores de riesgo:sexo femenino (p=0,01; OR=2; IC95%=1,1-3,4), ejercicio profesional en guardia externa (p<0,0001; OR=3,2;IC95%=1,8-5,8) y la especialidad pediatría (p=0,016; OR=1,2; IC95%=1,2-1,3)... (AU)

Purposes: Estimation of the prevalence of aggression events against physicians in the workplace in the city of Rosario and environmentsin last year. Description of the violence events and how they are related with the medical population characteristics.Materials and methods: This is an observational, descriptive and analytic, prospective research. Performed withphysicians working in Rosario, Villa Gobernador Gálvez and Granadero Baigorria cities, Santa Fe, Argentina in base ofclosed on line surveys in a consecutive way. The evaluation included the period from July 18th to July 24th, 2017. Thesample was consecutive, probabilistic and simply randomized. The calculated sample size was 350 surveys.Results: 351 surveys were included, 33% males (n=115) and 67% females (n=236). 23% (n=81) from privateinstitutions, 35% (n=236) public ones, 41,6% both (n=146) both and unknown / unanswered 0,3% (n=1). 80%(n=281) presented an episode of aggression in the previous year, of which 86% (n=244) was verbal and 13,2% (n=37)physical and verbal. The aggression was performed by a patient`s relative in 94% (n=237), the patient in 66% (n=166),non-medical health personnel 33% (n=83) and 26% (n=67) by a colleague. The most frequent place of aggression wasemergency room. The women suffered a higher frequency of aggression. Obstetrics and pediatrics were the specialties moreinvolved. The risk factors were: female sex (p=0.01; OR=2; CI95%=1,1-3,4); working in emergency room (p<0,0001;OR=3,2; IC95%=1,8-5,8 and the specialty of pediatrics (p=0,016; OR=1,2; CI95%=1,2-1,3)... (AU)
Descritores: Médicos/estatística & dados numéricos
Saúde do Trabalhador/estatística & dados numéricos
Violência no Trabalho/tendências
Violência no Trabalho/estatística & dados numéricos
-Argentina
Problemas Sociais
Local de Trabalho
Hospitais Estaduais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: AR16.1 - Biblioteca


  3 / 818 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1049414
Autor: Matus, Carlos.
Título: Teoría del juego social / Social game theory.
Fonte: Remedios de Escalada; Universidad Nacional de Lanús; 2007. 488 p. graf. (Planificación y Políticas Públicas).
Idioma: es.
Resumo: Contenido: ¿Hay ciencias para gobernar?. Ciencias verticales y horizontales. Determinismo e indeterminismo. Cálculo interactivo y orden abierto. El actor en situación. El juego de las ciencias. Teoría de la producción social. Los nueve juegos del poder. Cooperación, conflicto y estrategia. Macrogobierno y gestión pública. En memoria de Carlos Matus. Escuela Latinoamericana de Gobierno: Documento ESCOLAG
Descritores: Política Pública
Problemas Sociais
Tipo de Publ: Livros de Texto
Responsável: AR381.1 - Centro de Documentación de Excelencia en Salud
AR381.1; aPOLSOC42


  4 / 818 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1048712
Autor: Ribeiro, Moneda Oliveira.
Título: A criança de/na rua em idade escolar: um olhar sobre sua trajetória de vida / Street children/children in the streets of school agelooking in on a life trajectory.
Fonte: São Paulo; s.n; 1999. 129 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Este estudo enfoca a criança em situação de rua a partir do discurso de um grupo de crianças em idade escolar que se encontram nas ruas da região metropolitana de São Paulo. A autora parte do pressuposto que a falta de clareza na Política de Saúde, de ações voltadas para esse grupo específico, tem gerado uma participação restrita dos profissionais enfermeiros em Programas desenvolvidos por instituições públicas, organizações não governamentais ou de outra natureza, devido ao desconhecimento das reais demandas e necessidades, e das ações de enfermagem que poderiam ser empreendidas nesses Programas, consonantes com o Estudo da Criança e do Adolescente. Para tanto, elegeu-se tomar o discurso da própria criança nessa condição, dando a ela voz para falar de sua trajetória e representações sobre sua condição de vida. Partindo de um levantamento de dados preliminar onde evidencia-se o contexto social e as condições de vida desse grupo populacional, submetido às situações de miséria absoluta, a autora dá destaque à gravidade do problema da criança brasileira socialmente excluída e aos fatores que tem historicamente determinado esse quadro. Os daddos foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas, realizadas individualmente com catorze crianças que estavam frequentando um dos dois abrigos públicos da cidade de São Paulo. Estes foram analisados segundo os pressupostos da pesquisa qualitativa na vertente da teoria das Representações Sociais e daAnálise de Conteúdo, conforme preconizado por Bardin e Minayo. As categorias temáticas destacadas dos dados empíricos foram agrupadas em experiências das crianças com: "a família"; "a rua"; "as drogas"; "os abrigos";"os amigos"; "a polícia" e as "perspectivas para o futuro". O estudo permitiu identificar que a violência permeia todas as facetas da trajetória de vida dessas crianças e do conjunto de experiências e situações por elas representadas, restringindo ) drasticamente as possibilidades destas se desenvolverem plenamente. A solução do problema depende principalmente da implementação de Políticas Sociais e de Saúde tendo como foco a reestruturação das condições de vida das famílias em situação de risco que assegure o direito às disposições referidas no Estatuto da Criança e do Adolescente. Para tanto, é indispensável o comprometimento do Estado, em parceria com a sociedade civil, para encontrar meios de solucionar essas questões. A autora sugere a participação do profissional enfermeiro em eventos que defendam os direitos da criança e do adolescente, em programas de desintoxicação de toxicômanos e em programas de reintegração da criança na família de origem ou substituta. Sugere também que a temática seja tratada no âmbito do ensino de Graduação e Pós-graduação, de modo a possibilitar não só a sensibilidade para a problemática, mas também a visualização da possibilidade de atuação do enfermeiro nesses campos de trabalho.

The subject matter of this study, the child in street situation, is grounded on the discourse of a group of street children of school age in the São Paulo metropolitan area. The writer postulates that the Healty Policy action directed to that specific group falls short of clarity: this has caused limited participation of nursing professionals in programs undertaken by public agencies, non-governmental and other organisations, since the real demands and needs remain untraced, as do the nursing action could be relied on in those programs, in consonance with the Statute for the Child and the Adolescent. Therefore, the discourse delivered by the child in that predicament was elected to express trajectory and representations of living conditions. The writer's preliminary data inventory bears witness to that group's social context and situations of utter misery, and enunciates the magnitude of the problem and historically determining factors engulfing the socially-excluded Brazilian child. The data was collected through semi-structeured individual interviews with fourteen children frequenting public shelters in the city of São Paulo , and were analysed according to the quality research procedures of the Social Representations and Content Analysis theory, as advised by Bardin and Minayo. The thematic categories of children experience as detached from the empirical were grouped as follows: "family", "the street", "drugs", "shelters","friends", "the police"and "future outllok". This study has identified the fact that violence permeates all the aspects of those children's life trajectories and assemblage of experience and situations there by represented, which drastically impair their possibilities of full development. An answer to this plight depends mainly on the implementation of Social a and Health Care Policies, with a view to re-structuring the state of affairs of those families in hazardous circumstances, to attain what is stipulated by the Statute of the Child and the Adolescent. To this effect, commitment on the part of the State is indispensable, in partnership with the civil society, to find ways and means to clear these questions. The writer suggests participation on the nursing professional in events designed to protect the rights of the child and the adolescent, in detoxification programmes for addicts and of reintegration of the child in the family of origin or substitute. It is also suggested that the thematic be dealt with in the graduation and post-graduation environments, so as to generate concerned response to the points at issue and also envisage the possibility of operation by the nursing professional in these fields of activity.
Descritores: Serviços de Saúde Escolar
Problemas Sociais
Jovens em Situação de Rua
Limites: Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  5 / 818 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-470725
Autor: Ação da Cidadania; .Brasil. Conselho Nacional de Segurança Alimentar.
Título: A gente não quer só comida / The people do not want only food.
Fonte: Brasília; Fórum Paulista de Organizações não Governamentais; 1994. 29 p. ilus.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Conferência Nacional de Segurança Alimentar, Apresentado em: (1., Brasília, DF), 1994.
Descritores: Abastecimento de Alimentos
Fenômenos Fisiológicos da Nutrição
Fome
Formulação de Políticas
Pobreza
Problemas Sociais
Recomendações Nutricionais
-Brasil
Congressos
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; 613.20981, 29. 48779/2007


  6 / 818 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-90983
Autor: Valença, Maria M. C. Carvalho; Vieira, Darlene M; Garcia, Maria Letícia O; Zebell, Clair Ribeiro; Souza, Maria Ines Simeone de; Marluzo, Silvana; Almeida, Dorilda; Silva, Inez Oliveira.
Título: Abordagem de meninos e meninas de rua em Porto Alegre, RS / Approach on homeless boys and girls in Porto Alegre, Brazil
Fonte: In: Escola Paulista de Medicina. Departamento de Psicobiologia; Centro Brasileiro de Informaçöes Sobre Drogas Psicotrópicas. Abuso de drogas entre meninos e meninas de rua do Brasil. s.l, Centro Brasileiro de Informaçöes sobre Drogas Psicotrópicas, 1990. p.150-150.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Abuso de Drogas entre Meninos e Meninas de Rua do Brasil, Säo Paulo, 23-25 maio 1990.
Descritores: Criança Abandonada
Educação Infantil
Relações Interpessoais
-Problemas Sociais
Brasil
Família
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/1717.09; BR59.2; 613.83, E73a. 4063; BR599.1; 615.24-053.2(81), C397a, AG. 10001027724; US1.1; GEN BRA HV5824.I5.A165 1990


  7 / 818 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-90981
Autor: Franco, Tereza Cristina Ribeiro.
Título: Encontro sobre abuso de drogas entre meninos e meninas de rua: relato do Piauí / Meeting on drug addiction among homeless boys and girls: report of Piauí
Fonte: In: Escola Paulista de Medicina. Departamento de Psicobiologia; Centro Brasileiro de Informaçöes Sobre Drogas Psicotrópicas. Abuso de drogas entre meninos e meninas de rua do Brasil. s.l, Centro Brasileiro de Informaçöes sobre Drogas Psicotrópicas, 1990. p.127-127.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Abuso de Drogas entre Meninos e Meninas de Rua do Brasil, Säo Paulo, 23-25 maio 1990.
Descritores: Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/psicologia
-Problemas Sociais
Brasil
Áreas de Pobreza
Dinâmica Populacional
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/1717.07; BR59.2; 613.83, E73a. 4063; BR599.1; 615.24-053.2(81), C397a, AG. 10001027724; US1.1; GEN BRA HV5824.I5.A165 1990


  8 / 818 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-90977
Autor: Janssen, Helena Silva.
Título: Lombra: trabalho realizado pesquisando e ouvindo educadores e meninos de rua no estado de Pernambuco / Lombra: work performed by searching and hearing educators and homeless children in the state of Pernambuco
Fonte: In: Escola Paulista de Medicina. Departamento de Psicobiologia; Centro Brasileiro de Informaçöes Sobre Drogas Psicotrópicas. Abuso de drogas entre meninos e meninas de rua do Brasil. s.l, Centro Brasileiro de Informaçöes sobre Drogas Psicotrópicas, 1990. p.65-65.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Abuso de Drogas entre Meninos e Meninas de Rua do Brasil, Säo Paulo, 23-25 maio 1990.
Descritores: Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
-Problemas Sociais
Fatores Socioeconômicos
Brasil
Criança Abandonada
População Urbana
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/1717.03; BR59.2; 613.83, E73a. 4063; BR599.1; 615.24-053.2(81), C397a, AG. 10001027724; US1.1; GEN BRA HV5824.I5.A165 1990


  9 / 818 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-908832
Autor: Simões, Ângela; Sapeta, Paula.
Título: Protecção social da velhice em Portugal. O caso particular dos lares de idosos / Social protection of old age in Portugal. The particular case of nursing homes / La protección social de la vejez en Portugal. El caso particular de los hogares de personas mayores
Fonte: Rev. Kairós;21(1):09-36, mar. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: A política de cuidados na velhice está relacionada com as alterações sociodemográficas, transformações na estrutura e dinâmica familiar, a individualização das relações sociais, centradas na autonomia e na independência. Estas alterações proporcionam uma "desproteção" aos idosos, associada a outros riscos, designadamente à maior probabilidade de doenças crónicas e incapacitantes, à necessidade de cuidados, num tempo de escassez dos cuidadores familiares disponíveis, à maior probabilidade de rendimento insuficiente, ao baixo nível de escolaridade e acesso deficitário à informação, associado a níveis escassos de participação social. Este artigo pretende apresentar uma revisão acerca da protecção social da Velhice em Portugal, realizada durante a investigação acerca da Promoção e Preservação da Dignidade em Lares de Idosos, realizada no contexto do Doutoramento em Enfermagem da Universidade de Lisboa, Portugal, concluído em novembro 2017.

The policy of care in old age is related to sociodemographic changes, transformations in family structure and dynamics, the individualization of social relations, centered on autonomy and independence. These changes provide an "unprotection" to the elderly, associated with other risks, namely the greater probability of chronic and incapacitating diseases, the need for care, in a time of shortage of available family caregivers, the greater probability of insufficient income, low level of schooling and lack of access to information, associated to scarce levels of social participation. This article intends to present the reflection about old age as a social problem, carried out during the research on the Promotion and Preservation of Dignity in the context of care in nursing homes, carried out in the context of the PhD in Nursing of the University of Lisbon.

La política de cuidados en la vejez está relacionada con las alteraciones sociodemográficas, transformaciones en la estructura y dinámica familiar, la individualización de las relaciones sociales, centradas en la autonomía y la independencia. Estas enmiendas proporcionan una "desprotección" a las personas mayores, asociada a otros riesgos, en particular a la mayor probabilidad de enfermedades crónicas e incapacitantes, a la necesidad de cuidados, en un tiempo de escasez de los cuidadores familiares disponibles, a la mayor probabilidad de rendimiento insuficiente, al bajo nivel de ingresos, escolaridad y acceso deficitario a la información, asociado a niveles escasos de participación social. Este artículo tiene como objetivo presentar una revisión de la protección social de la ancianidad en Portugal, que tuvo lugar durante la investigación de la preservación de la promoción y la dignidad en residencias de ancianos, que tuvo lugar en el marco del Doctorado en Enfermería de la Universidad de Lisboa, Portugal, terminado en noviembre de 2017.
Descritores: Portugal
Classe Social
Problemas Sociais
Envelhecimento
Assistência
Instituição de Longa Permanência para Idosos
Limites: Seres Humanos
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  10 / 818 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: lil-485456
Autor: Agência de Notícias dos Direitos da Infância.
Título: Infância na mídia: a criança e o adolescente no olhar da imprensa brasileira? Relatório 2003/2004 / Childhood on the media: child and adolescent under Brazilian's press view.
Fonte: Brasília; Agência de Notícias dos Direitos da Infância; jul. 2005. 56 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Adolescente
Criança
Imprensa
Problemas Sociais
Responsabilidade Social
-Brasil
Defesa da Criança e do Adolescente
Iniquidade Social
Maus-Tratos Infantis
Meios de Comunicação de Massa/ética
Violência
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatórios Anuais
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/3988.00; BR1782.1; REL302.23, A271i, 2005



página 1 de 82 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde