Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.880.853.450 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2168 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 217 ir para página                         

  1 / 2168 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1140155
Autor: Araújo, Roberta Lima Machado de Souza; Araújo, Edna Maria de; Silva, Hilton Pereira da; Santos, Carlos Antônio de Souza Teles; Nery, Felipe Souza; Santos, Djanilson Barbosa dos; Souza, Betânia Lima Machado de.
Título: Condições de vida, saúde e morbidade de comunidades quilombolas do semiárido baiano, Brasil / Life conditions, health and morbidity of quilombolas communities from Bahia semiarid, Brazil / Condiciones de vida, salud y morbilidad de comunidades de quilombolas en el semiárido de Bahia, Brasil
Fonte: Rev. baiana saúde pública;43(1):226-246, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: A exclusão social à qual as comunidades quilombolas estão expostas, em todo o território brasileiro, tem favorecido sua vulnerabilidade socioeconômica, ambiental, o que se traduz em precárias condições de vida e saúde. Este estudo tem como objetivo analisar as condições de vida, saúde e morbidade referidas pelas comunidades quilombolas do semiárido baiano. Trata-se de um estudo transversal realizado nas comunidades quilombolas de Matinha dos Pretos e Lagoa Grande no município de Feira de Santana (BA), com indivíduos adultos (≥ 18 anos). Os dados foram coletados por meio da aplicação de três instrumentos e analisados utilizando-se o pacote estatístico Stata 14.0. Resultados: dos 864 entrevistados, 63,0% são do sexo feminino; 47,8%, casados, apresentando uma média de idade de 42,6 anos (IC 95%: 41,1 ­ 44,2), e de escolaridade, variando de 6 a 7 anos de estudo em média. A maioria realiza trabalhos informais, especialmente nas funções relacionadas à agricultura. Em relação à vulnerabilidade ambiental, é de se destacar que 99,5% das casas não possuem rede de esgoto. Observou-se que a maioria raramente procura os serviços de saúde. As doenças de maior prevalência foram: doenças da coluna, doenças parasitárias e hipertensão arterial. Os principais agravos relacionados à saúde mental foram: ansiedade (n = 231); transtornos mentais comuns (n = 159) e fobias (n = 107). Os resultados demonstraram que as comunidades quilombolas de Feira de Santana (BA) encontram-se vulnerabilizadas, condição que revela a necessidade de intervenções sociais e de saúde, com vistas à melhoria da condição de vida e saúde dos quilombolas.

The social exclusion to which quilombola communities are exposed throughout Brazil has favored their socioeconomic and environmental vulnerability, which translates into precarious living and health conditions. This study analyzed the conditions of life, health and morbidity reported by Quilombola communities in the semiarid region of Bahia. Matinha dos Pretos and Lagoa Grande in the municipality of Feira de Santana, Bahia, with adult individuals (≥ 18 years). Data were collected through the application of three instruments and analyzed using the statistical package Stata 14.0. Results: out of the 864 respondents, 63.0% are female, 47.8% are married, with average age 42.6 years (95% CI: 41.1 ­ 44.2), and education varying from 6 to 7 years of study on average. Most carry out informal jobs, especially in functions related to agriculture. Regarding environmental vulnerability, 99.5% of the houses had no sewage system. The majority rarely sought health services. Their most prevalent diseases are: spine diseases, parasitic diseases and high blood pressure. The main problems related to mental health were: anxiety (n = 231); common mental disorders (n = 159) and phobias (n = 107). The results showed that the quilombola communities of Feira de Santana are vulnerable, which implies a need for social and health interventions to improve the living and health conditions of Quilombolas.

La exclusión social a la que están expuestas las comunidades de quilombolas, en Brasil, ha favorecido su vulnerabilidad socioeconómica y ambiental, lo que se traduce en condiciones precarias de vida y salud. Este estudio tiene como objetivo analizar las condiciones de vida, salud y morbilidad reportadas por las comunidades de quilombolas en la región semiárida de Bahía. Este es un estudio transversal realizado en las comunidades de quilombolas de Matinha dos Pretos y de Lagoa Grande en el municipio de Feira de Santana (BA), con individuos adultos (≥ 18 años). Para recolectar los datos se utilizó tres instrumentos, y para analizarlos se aplicó el software Stata 14.0. De los 864 encuestados, el 63,0% son mujeres, el 47,8% están casados, con una edad promedio de 42,6 años (IC 95%: 41,1 ­ 44,2), y el nivel de estudios varía de 6 a 7 años de estudios. La mayoría realiza trabajos informales, especialmente en funciones relacionadas con la agricultura. Respecto a la vulnerabilidad ambiental, se destaca que el 99,5% de las viviendas no cuentan con alcantarillado. Se observó que la mayoría rara vez busca servicios de salud. Las enfermedades más prevalentes fueron: enfermedades de la columna, enfermedades parasitarias y presión arterial alta. Los principales problemas relacionados con la salud mental fueron: ansiedad (n = 231); trastornos mentales comunes (n = 159) y fobias (n = 107). Los resultados mostraron que las comunidades de quilombolas de Feira de Santana-BA son vulnerables, una condición que revela la necesidad de intervenciones sociales y de salud, con miras a mejorar las condiciones de vida y salud de quilombolas.
Descritores: Doenças Parasitárias
Condições Sociais
Grupos Étnicos
Morbidade
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 2168 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Campos, Gastao Wagner de Sousa
Texto completo
Id: biblio-1089517
Autor: Cardoso, Felipe Monte; Campos, Gastão Wagner de Sousa.
Título: Aprendendo a clínica do sofrimento social: narrativas do internato na Atenção Primária à Saúde / Learning the clinic of social suffering: narratives of Internship in Primary Health Care
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(4):1251-1260, abr. 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo No Brasil, o descompasso entre a formação médica e as necessidades assistenciais na atenção primária à saúde, em especial para as populações mais vulneráveis, demandou mudanças nas Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de Medicina, com ampliação da carga horária do Internato na APS. Este trabalho é uma pesquisa qualitativa exploratória, que investigou documentos da avaliação formativa do Internato Integrado em Medicina de Família e Comunidade e Saúde Mental da Universidade Federal do Rio de Janeiro, que atendem populações vulneráveis no município do Rio de Janeiro. Ao todo, foram analisados documentos produzidos por 55 estudantes e utilizou-se a hermenêutica dialética como método de análise. A investigação apontou distintos graus de sensibilidade ao sofrimento social experimentado por usuários de Clínicas da Família, ao longo das 22 semanas de estágio. As narrativas foram agrupadas em 5 eixos: tensionando a cisão medicina/sociedade; vulnerabilidade extrema e saúde; violência estrutural cotidiana e saúde; serviço de saúde como recurso ou intruso; território como potência de vida. O internato contribuiu para aprimorar visões clínicas centradas nas necessidades dos usuários, sendo necessários estudos adicionais para avaliar a incorporação efetiva destas competências à prática profissional.

Abstract In Brazil, the mismatch between medical education and care needs in primary health care, especially for the most vulnerable populations, required changes in the National Curriculum Guidelines of the Medical School, with an increased workload of the internship in PHC. This work is exploratory, qualitative research, which investigated documents of the formative evaluation of the Integrated Internship in Family and Community Medicine and Mental Health of the Federal University of Rio de Janeiro, which serves vulnerable populations in the city of Rio de Janeiro. The documents produced by 55 students were analyzed, and dialectical hermeneutics was used as a method of analysis. The investigation showed different levels of sensitivity to social distress experienced by users of Family Clinics during the 22 weeks of internship. The narratives were grouped into five axes: highlighting the Medicine-society split; extreme vulnerability and health; daily structural violence and health; health service as a resource or intruder; territory as the power of life. The internship contributed to improve clinical views focused on users' needs, and further studies are required to evaluate the effective incorporation of these competencies into professional practice.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Condições Sociais
Medicina Comunitária
Medicina de Família e Comunidade
Angústia Psicológica
Internato e Residência
-Pesquisa Qualitativa
Populações Vulneráveis
Hermenêutica
Exposição à Violência/psicologia
Visita Domiciliar
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 2168 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1133135
Autor: Natividade, Marcio dos Santos; Bernardes, Kionna; Pereira, Marcos; Miranda, Samilly Silva; Bertoldo, Juracy; Teixeira, Maria da Glória; Livramento, Humberto Lago; Aragão, Erika.
Título: Distanciamento social e condições de vida na pandemia COVID-19 em Salvador-Bahia, Brasil / Social distancing and living conditions in the pandemic COVID-19 in Salvador-Bahia, Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(9):3385-3392, Mar. 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Na pandemia COVID-19, estados e municípios brasileiros adotaram medidas de distanciamento social como estratégia para reduzir o número de casos e o controle da doença. Estas medidas atingem de forma diferenciada estratos populacionais e território. O objetivo deste estudo foi analisar a evolução do distanciamento social adotadas para o controle da pandemia COVID-19 e sua relação com as condições de vida da população do município de Salvador, Bahia. Foi conduzido um estudo ecológico utilizando agregados espaciais. Calculou-se o Índice de Isolamento Social do município e o Índice de Condição de Vida. O Índice de Moran Global e Local foram usados para avaliar o grau de dependência e autocorrelação espacial. Observou-se oscilações nos índices de isolamento social durante o período analisado, com maiores percentuais de isolamento nos bairros com condições de vida mais favoráveis. A análise e a interpretação das medidas de contenção da Covid-19, a exemplo do distanciamento social, deve considerar o perfil de vulnerabilidade de cada território visando a monitorar o correto dimensionamento das estratégias de mitigação da pandemia, na perspectiva de desenvolver ações sociais capazes de possibilitar maior adesão das populações mais desfavorecidas.

Abstract In the current scenario of the COVID-19 pandemic, Brazilian states and municipalities have adopted social distancing measures as a strategy to reduce the number of cases and control the disease. These measures affect populations and territories differently. This study aims to analyze the trend of social distancing in this pandemic and its relationship with the context of living conditions in Salvador, Bahia, Brazil. An ecological study with spatial distribution was conducted. The municipality's Social Distancing Index and the Living Conditions Index were calculated. Global and Local Moran Indices were employed to assess the degree of spatial dependence and autocorrelation. Fluctuations were observed in the social distancing levels during the analyzed period, with higher distancing percentages in neighborhoods with more favorable living conditions. The analysis and interpretation of COVID-19 containment measures, such as social distancing, should consider the profile of local vulnerability of each territory for the correct dimensioning of pandemic mitigation strategies from the perspective of developing social actions enabling greater adherence of the most impoverished populations.
Descritores: Pneumonia Viral/epidemiologia
Condições Sociais
Isolamento Social
Infecções por Coronavirus/epidemiologia
-Pneumonia Viral/prevenção & controle
Brasil/epidemiologia
Cidades
Infecções por Coronavirus
Infecções por Coronavirus/prevenção & controle
Populações Vulneráveis
Pandemias/prevenção & controle
Análise Espacial
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 2168 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Bertolozzi, Maria Rita
Takahashi, Renata Ferreira
Texto completo
Id: biblio-1056138
Autor: Bertolozzi, Maria Rita; Takahashi, Renata Ferreira; França, Francisco Oscar de Siqueira; Hino, Paula.
Título: The incidence of tuberculosis and its relation to social inequalities: Integrative Review Study on PubMed Base / La incidencia de la tuberculosis y su relación con las desigualdades sociales: Estudio de revisión integradora en la Base PubMed / A ocorrência da tuberculose e sua relação com as desigualdades sociais: Estudo de revisão Integrativa na Base PubMed
Fonte: Esc. Anna Nery Rev. Enferm;24(1):e20180367, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective: to identify how the literature presents the relation between tuberculosis and social inequalities. Method: integrative review in which the combination of the descriptors "tuberculosis" and "social iniquity" guided the search for articles available in PubMed. A total of 274 articles were identified, and after reading the title and abstract, 13 studies were selected. The empirical material was analyzed according to the hermeneutics, highlighting the variables related to social inequalities, seeking to understand the main themes that embody the association between tuberculosis and social inequalities. Results: In general, the literature presents the social inequalities as factors that can interfere in the cure and/or control of the disease, such as age, income, unemployment, unskilled labor, access to health services, among others. Therefore, it does not include a deeper relationship between the organization of society and the production of the disease. Conclusion and implications for practice: A comprehensive understanding of tuberculosis disease is required, in order to expand interventions to support the control and elimination of the disease and, above all, the reduction of social inequalities. The understanding of tuberculosis as a disease enables expanding strategies to face it.

Resumen Objetivo: identificar cómo la literatura presenta la relación de la tuberculosis y desigualdades sociales. Método: revisión integrativa en que la combinación de los descriptores "tuberculosis" y "social iniquity" orientaron la investigación de artículos disponibles en el PubMed. Se identificaron 274 artículos, y después de la lectura del título y resumen, se seleccionaron 13 estudios. El material empírico fue analizado según la hermenéutica, con destaque a las variables relacionadas a las desigualdades sociales, buscando aprehender los principales temas que corporifican la asociación entre tuberculosis y desigualdades sociales. Resultados: En general, la literatura presenta las desigualdades sociales como factores que pueden interferir en la cura y/o control de la enfermedad, especialmente: edad, ingresos, desempleo, trabajo no calificado, acceso a servicios de salud, entre otros. No incluye, por lo tanto, una relación más profunda entre la organización de la sociedad y la producción de la enfermedad. Conclusión e implicación para la práctica: Se requiere comprensión totalizante de la enfermedad por tuberculosis, con la finalidad de ampliar intervenciones para que apoyen el control y la eliminación de la enfermedad y, sobre todo, la reducción de las desigualdades sociales. La comprensión de la tuberculosis como una enfermedad relacionada con la determinación social posibilita ampliar las estrategias para su enfrentamiento.

Resumo Objetivo: Identificar como a literatura apresenta a relação entre a tuberculose e as desigualdades sociais. Método: Revisão integrativa em que a combinação dos descritores "tuberculosis" e "social inequity" orientaram a pesquisa de artigos disponíveis no PubMed. Foram identificados 274 artigos e, após a leitura do título e resumo, foram selecionados 13 estudos. O material empírico foi analisado segundo a hermenêutica, com destaque às variáveis relacionadas às desigualdades sociais, buscando-se apreender os principais temas que corporificam a associação entre a tuberculose e as desigualdades sociais. Resultados: De modo geral, a literatura apresenta as desigualdades sociais como fatores, que podem interferir na cura e/ou no controle da doença, com destaque para: idade, renda, desemprego, trabalho não qualificado, acesso aos serviços de saúde, entre outros. Não inclui, portanto, uma relação mais profunda entre a organização da sociedade e a produção da doença. Conclusão e Implicações para a prática: Requer-se compreensão totalizante do adoecimento por tuberculose, com a finalidade de ampliar intervenções que apoiem o controle e a eliminação da enfermidade e, sobretudo, a redução das desigualdades sociais. A compreensão da tuberculose como uma doença relacionada à determinação social possibilita ampliar as estratégias para o seu enfrentamento.
Descritores: Tuberculose/epidemiologia
Iniquidade Social
-Condições Sociais
Incidência
Disparidades nos Níveis de Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação


  5 / 2168 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1134078
Autor: Waitzkin, Howard.
Título: Response to Carter and Sánchez Delgado: questions of accuracy and intellectual integrity
Fonte: Hist. ciênc. saúde-Manguinhos;27(3):1009-1012, set. 2020.
Idioma: en.
Descritores: Medicina Social/história
-Política
Condições Sociais
Chile
Limites: Humanos
História do Século XX
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Comentário
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 2168 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1146878
Autor: Santos, William Messias Silva; Santos, Jaqueline Silva; Andrade, Raquel Dully; Halboth, Nadia Veronica.
Título: O Relacionamento em Redes no Campo Oncológico na Perspectiva dos Usuários / Networking in the Oncology Field from the Perspective of Users / Redes en el Campo de la Oncología desde la Perspectiva de los Usuarios
Fonte: Rev. bras. cancerol;67(1):e-021119, 2021.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O diagnóstico e o tratamento de câncer podem ocasionar consequências traumáticas, tanto nos pacientes quanto nos seus familiares, que podem ser diminuídas por meio do apoio social. Objetivo: Identificar as percepções de apoio social de pacientes oncológicos de baixa renda. Método: Estudo descritivo com abordagem qualitativa fundamentado em aspectos conceituais do cuidado, realizado com pacientes oncológicos de baixa renda, assistidos por um núcleo de voluntários de um município do interior de Minas Gerais, seguindo os critérios do Consolidated Criteria for Reporting Qualitative Research. Para a coleta de dados, foram utilizadas entrevistas semiestruturadas gravadas, e o fechamento da amostra se deu pela técnica da saturação teórica. Os dados foram analisados com a utilização da análise temática indutiva. Resultados: Na análise dos dados, emergiram-se três unidades temáticas: relações interpessoais: o suporte recebido de uma rede de colaboração ativa entre pessoas; o cuidado singularizado como fonte de apoio da rede de saúde; e a religiosidade como forma de enfrentamento de situações difíceis. Esses temas retratam aspectos relacionados à rede de apoio que podem contribuir para o cuidado integral ao paciente oncológico, com acolhimento e reconhecimento de necessidades. Conclusão: Uma rede de apoio social sólida e constituída de pessoas que ocupam os mais diversos papeis sociais é percebida como importante para o melhor enfrentamento do câncer na ótica do modelo biopsicossocioespiritual

Introduction: The diagnosis and treatment of cancer can cause traumatic consequences, both for patients and their families, which can be minimized through social support. Objective: To identify the perceptions of social support of low-income cancer patients. Method: Descriptive qualitative approach study based on conceptual aspects of care, carried out with low-income cancer patients assisted by a group of volunteers from a city in the countryside of Minas Gerais, following the criteria of the Consolidated Criteria for Reporting Qualitative Research. For data collection, semi-structured, recorded interviews were used, and the sample was closed using the theoretical saturation technique. The data were analyzed using inductive thematic analysis. Results: In the data analysis, three thematic units emerged: interpersonal relationships: the support received from an active collaboration network between people; singularized care as source of support for the health network; and religiosity as a way of coping with difficult situations. These themes portray aspects related to the support network that can contribute for the comprehensive care of the cancer patients, with welcoming and acknowledging needs. Conclusion: A solid social support network formed by individuals who play several social roles is perceived as important for better coping with cancer from the perspective of the biopsychosocio-spiritual model.

Introducción: El diagnóstico y el tratamiento del cáncer pueden causar consecuencias traumáticas, tanto para los pacientes como para sus familias, que pueden reducirse mediante el apoyo social. Objetivo: Identificar las percepciones de apoyo social de pacientes con cáncer de bajos ingresos. Método: Estudio descriptivo con un enfoque cualitativo basado en aspectos conceptuales de la atención, realizado con pacientes con cáncer de bajos ingresos asistidos por un grupo de voluntarios de una ciudad en el interior de Minas Gerais, siguiendo los criterios del Consolidated Criteria for Reporting Qualitative Research. Para la recopilación de datos, se utilizaron entrevistas grabadas semiestructuradas y la muestra se cerró utilizando la técnica de saturación teórica. Los datos se analizaron mediante análisis temático inductivo. Resultados: En el análisis de los datos surgieron tres unidades temáticas: relaciones interpersonales: el apoyo recibido de una red de colaboración activa entre personas; la atención singularizada como fuente de apoyo a la red de salud; y la religiosidad como forma de afrontar situaciones difíciles. Estos temas representan aspectos relacionados con la red de apoyo que pueden contribuir a la atención integral de pacientes con cáncer, con necesidades acogedoras y de reconocimiento. Conclusión: una red sólida de apoyo social compuesta por personas que ocupan los roles sociales más diversos se percibe como importante para enfrentar mejor el cáncer en la perspectiva del modelo biopsicosocio-espiritual.
Descritores: Apoio Social
Neoplasias
-Condições Sociais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Entrevista
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I


  7 / 2168 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1096153
Autor: Cañarte Colombo, Carolina.
Título: Satisfacción Laboral de Enfermeros de un Servicio de Cuidados Intensivos Pediátricos y Neonatales / Job Satisfaction of Nurses of a Pediatric and Neonatal Intensive Care Service / Satisfação no trabalho de enfermeiros de um serviço de terapia intensiva pediátrica e neonatal
Fonte: Rev. urug. enferm;15(1):1-9, jul. 2020.
Idioma: es.
Resumo: Este es un estudio descriptivo transversal, cuyo objetivo es conocer el grado de satisfacción laboral de los enfermeros (licenciados y auxiliares) que trabajan en el CTI pediátrico y neonatal del hospital policial de Montevideo, Uruguay. La recolección de datos se realizó en Octubre de 2016. Sustentado en la teoría de las necesidades de Herzberg (1), la cual sugiere que la real satisfacción del hombre con su trabajo proviene del hecho de enriquecer su puesto para que de esta manera pueda desarrollar una mayor responsabilidad y experimente a su vez un crecimiento mental y psicológico, se elaboró la presente investigación; teniendo en cuenta que, como trabajadores, los enfermeros se ven continuamente expuestos a diversos factores que atentan contra su salud y contra el mencionado crecimiento y desarrollo. Para lo cual, a través del uso del cuestionario Font-Roja (2) más el agregado de variables sociodemográficas y laborales, se describen las características sociodemográficas y laborales de los funcionarios enfermeros del servicio, se determina su grado de satisfacción y relaciona la satisfacción laboral con las variables sociodemográficas y laborales de estos. Como resultado se observó que esta población comparte similares características con la población de enfermeros del resto del país; que las variables sociodemográficas y laborales estudiadas no guardan relación estadísticamente significativa con el grado de satisfacción laboral; y que el grado o nivel de satisfacción es medianamente satisfactorio, con una media de 82,15 (DE 7,31), en una escala que va del 24 (mínimo grado de satisfacción) al 120 (máximo grado de satisfacción).

This is a cross-sectional descriptive study, whose objective is to know the degree of job satisfaction of nurses (graduates and assistants) who work in the pediatric and neonatal CTI of the police hospital of Montevideo, Uruguay. Data collection was carried out in October 2016. Based on the Herzberg theory of the needs (1), which suggests that the real satisfaction of man with his work comes from the fact of enriching his position so that in this way he can develop a greater responsibility and in turn experience a mental growth and psychological, the present investigation was elaborated; taking into account that, as workers, nurses are constantly exposed to various factors that threaten their health and against the mentioned growth and development. For which, through the use of the Font-Roja questionnaire (2) plus the addition of sociodemographic and labor variables, the sociodemographic and labor characteristics of the nurses of the service are described, their degree of satisfaction is determined and the work satisfaction is related with the sociodemographic and labor variables of these. As a result, it was observed that this population shares similar characteristics with the population of nurses in the rest of the country; that the sociodemographic and labor variables studied do not have a statistically signifi cant relationship with the degree of job satisfaction; and that the degree or level of satisfaction is moderately satisfactory, with an average of 82.15 (SD 7.31), on a scale ranging from 24 (minimum degree of satisfaction) to 120 (maximum degree of satisfaction).

Trata-se de um estudo descritivo transversal, cujo objetivo é conhecer o grau de satisfação no trabalho dos enfermeiros (graduados e auxiliares) que atuam no CTI pediátrico e neonatal do hospital de polícia de Montevidéu, Uruguai. A coleta de dados foi realizada em outubro de 2016. Com base na teoria das necessidades de Herzberg (1), que sugere que a verdadeira satisfação do homem com seu trabalho provém do fato de enriquecer sua posição para que, dessa maneira, ele possa desenvolver uma maior responsabilidade e, por sua vez, experimentar um crescimento mental e psicológica, a presente investigação foi elaborada; levando em consideração que, como trabalhadores, os enfermeiros estão constantemente expostos a vários fatores que ameaçam sua saúde e contra o crescimento e desenvolvimento mencionados. Para o qual, através do uso do questionário Font-Roja (2) mais a adição de variáveis sociodemográficas e laborais, são descritas as características sociodemográficas e laborais dos enfermeiros do serviço, é determinado seu grau de satisfação e relacionada à satisfação no trabalho com as variáveis sociodemográficas e trabalhistas. Como resultado, observou-se que essa população compartilha características semelhantes às da população de enfermeiros no restante do país; que as variáveis.
Descritores: Enfermagem Pediátrica
Condições Sociais
Condições de Trabalho
Saúde do Trabalhador
Enfermagem de Cuidados Críticos
Satisfação no Emprego
Recursos Humanos de Enfermagem
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: UY7.1 - Biblioteca


  8 / 2168 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135674
Autor: Souza, Diego de Oliveira; Santos, Lucas Barros dos.
Título: Nexo biopsíquico humano no contexto dos catadores de lixo de uma associação do município de Arapiraca-AL / Human biopsychic nexus in the context of garbage collectors from an association in the city of Arapiraca-AL, Brazil
Fonte: Physis (Rio J.);30(2):e300227, 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo do estudo foi analisar o nexo biopsíquico humano dos catadores de material reciclável de uma associação. Trata-se de estudo de abordagem qualitativa, realizado em 2017, no município de Arapiraca-AL. A partir de um roteiro de entrevista semiestruturada, foram entrevistados sete catadores. O roteiro abordou quatro eixos: sociodemográfico, processo de trabalho, consequências da atividade de catação e condições gerais de vida, possibilitando reunir elementos para analisar o "nexo biopsíquico humano" desse grupo, conforme a proposta de Laurell e Noriega. Foi possível identificar algumas das cargas de trabalho que os catadores estão expostos, como as mecânicas, psíquicas e fisiológicas relacionadas à organização do processo de trabalho. O fenômeno da "normalidade sofrente" se faz presente entre os catadores, consubstanciando uma espécie de mecanismo de pseudoproteção da atividade que, embora provoque adoecimento, oferece-lhes algum sustento. Também foram identificadas as cargas biológicas, pelo contato de material contaminado, perfurocortantes e insetos. As cargas de trabalho compõem um processo mais amplo no qual as condições gerais de vida potencializam o processo de desgaste e adoecimento, porquanto esses catadores enfrentem problemas sociais como falta de saneamento, segurança, saúde e educação. Portanto, constitui-se um "nexo biopsíquico humano" no qual a doença se sobrepõe à saúde.

Abstract The study aimed to analyze the human biopsychic nexus of recyclable material collectors in an association. This is a qualitative study, carried out in 2017, in the city of Arapiraca-AL, Brazil. From a semi-structured interview script, seven waste collectors were interviewed. The script covered four axes: sociodemographic, work process, consequences of the scavenging activity and general living conditions, making it possible to gather elements to analyze the "human biopsychic nexus" of this group, as proposed by Laurell and Noriega. We identified some of the workloads that the collectors are exposed to, such as the mechanical, psychological and physiological loads related to the organization of the work process. The phenomenon of "suffering normality" is among waste collectors, embodying a kind of pseudo-protection mechanism of the activity that, although it causes illness, offers them some sustenance. Biological loads were also identified by contact with contaminated material, sharps and insects. Workloads make up a broader process in which general living conditions enhance the process of wear and tear, as these collectors face social problems such as lack of sanitation, safety, health and education. Therefore, it is a "human biopsychic nexus" in which the disease overlaps with health.
Descritores: Condições Sociais
Condições de Trabalho
Esgotamento Profissional
Catadores
Saúde do Trabalhador
Carga de Trabalho
-Atenção Primária à Saúde
Estresse Psicológico
Brasil
Iniquidade Social
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  9 / 2168 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-354334
Autor: Pérez Duporte, Juana; García Megret, Ercilia.
Título: Influencia de algunos factores sociales en la tercera edad en la comunidad Pastorita / Influence of some social factors on the third age in Pastorita community
Fonte: Rev. cuba. enferm;19(1), ene.-abr. 2003. tab.
Idioma: es.
Resumo: Se realizó un estudio descriptivo, prospectivo y longitudinal, con un universo de 90 ancianos y se tomó una muestra del total de 64 miembros de los círculos de abuelos residentes en la comunidad del reparto Pastorita, de Santiago de Cuba, durante el trimestre octubre-diciembre de 1999. Se analizó en detalles una serie de factores sociales y su influencia en la tercera edad. Se concluyó que el 100 (por ciento) de los ancianos encuestados se mantiene incorporado a diferentes actividades en el hogar. A pesar de la creencia común de que en la sociedad contemporánea el anciano ha sido abandonado por su familia, nuestro trabajo demuestra que el mayor porcentaje convive con familiares; el 87,5 (por ciento) no sufrió crisis de la jubilación, pues encontraron bienestar y estimulación en otras actividades cotidianas. Para comprobar la existencia de estos factores se visitó a los abuelos en el círculo y en su hogar, y se aplicaron encuestas al respecto para la obtención de los datos y procesamiento de estos(AU)

He/she was carried out a descriptive, prospective and longitudinal study, with an universe of 90 old men and he/she took a sample of the total of 64 members of the circles of grandparents residents in the community of the allotment Shepherdess, of Santiago from Cuba, during the trimester October-December of 1999. It was analyzed in details a series of social factors and their influence in the third age. You concluded that the 100 (percent) of the interviewed old men he/she stays incorporate to different activities in the home. In spite of the common belief that in the contemporary society the old man has been abandoned by his family, our work demonstrates that the biggest percentage cohabits with family; the 87,5 (percent) it didn't suffer crisis of the jubilation, because they found well-being and stimulation in other daily activities. To check the existence of these factors he/she visited one another to the grandparents in the circle and in their home, and surveys were applied in this respect for the obtaining of the data and prosecution of these(AU)
Descritores: Condições Sociais
Instituição de Longa Permanência para Idosos
-Satisfação Pessoal
Epidemiologia Descritiva
Estudos Prospectivos
Estudos Longitudinais
Limites: Humanos
Idoso
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  10 / 2168 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-977316
Autor: Benavides, Adriana Patricia López; Moreno, Farlhyn Paola Bermúdez.
Título: Contexto social y familiar desencadenante del embarazo en adolescentes / Contexto social e familiar desencadeador da gravidez em adolescentes / Social and family context triggering adolescent pregnancy
Fonte: Rev. baiana enferm;32:e24664, 2018.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo comprender las características del contexto social y familiar desencadenantes del embarazo en adolescentes. Método estudio de enfoque cualitativo, mediante entrevista a profundidad a 15 adolescentes entre 14 y 18 años en estado de gestación o con niños menores de 1 año, en el periodo de Mayo a Julio de 2017. La selección y ubicación de las participantes fue de tipo intencional en forma de bola de nieve. Resultados se establecieron 4 categorías: relación con el entorno social, experiencia del embarazo, relación familiar y relación de pareja. Se evidenció que las adolescentes estan en una relación familiar disfuncional, la relación de pareja es inestable e inconstante, su entorno social es agresivo y descalificativo por su embarazo, aun así, manifestaron haber vivido el embarazo como una experiencia única y maravillosa. Conclusión el contexto social y familiar está directamente relacionado con el embarazo en adolescentes, que es un fenómeno multifactorial complejo.

Objetivo compreender as características principais do contexto social e familiar da gravidez em adolescentes. Método estudo de enfoque qualitativo, mediante entrevista em profundidade com 15 adolescentes entre 14 e 18 anos gestantes ou com filhos menores de 1 ano, no período de maio a julho de 2017. A seleção e localização das participantes foi intencional, sob a forma de bola de neve. Resultados foram estabelecidas 4 categorias: relação com o meio social, a experiência da gravidez, relacionamento familiar e relacionamento com parceiro. Demonstrou-se que as adolescentes estão em uma relação familiar disfuncional, a relação com o parceiro é instável e inconstante, o ambiente social é agressivo e desqualificativo por causa da gravidez, mesmo assim, as participantes declararam para ter vivido a gravidez como uma experiência original e maravilhosa. Conclusão o contexto social e familiar é relacionado diretamente à gravidez na adolescência, aquela é um fenômeno multifatorial complexo.

Objective to understand the characteristics of the social and family context triggering adolescent pregnancy. Method a study with a qualitative approach, by means of in-depth interviews with 15 teenagers between the ages of 14 and 18 years, either pregnant or with children under the age of one, in the period of May to July 2017. The selection and location of the participants was of the purposive and snowball sampling type. Results four categories were established: relationship with the social environment, experience of pregnancy, relationship with family and with the partner. It was evidenced that the adolescents are in dysfunctional family relations, the relationship with the partner is unstable and unsteady, social environment is aggressive and degrading due to the pregnancy, nevertheless they expressed the experience of pregnancy as unique and marvelous. Conclusion the social and family context is directly related to adolescent pregnancy, a complex and multifactorial phenomenon.
Descritores: Gravidez na Adolescência
Enfermagem Materno-Infantil
Saúde do Adolescente
Relações Familiares
Acontecimentos que Mudam a Vida
-Condições Sociais
Meio Social
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Adolescente
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde



página 1 de 217 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde