Base de dados : LILACS
Pesquisa : I01.880.853.500.300 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 389 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 39 ir para página                         

  1 / 389 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1051626
Autor: Palada Avila, Silvia Lizzeth.
Título: Mortalidad del menor de un año en el modelo de gestión descentralizado Madre Feliz (MAFE) de la red de salud de Taulabe Comayagua año 2012 / Mortality of children under one year of age in the Madre Feliz decentralized management model (MAFE) of the Taulabe Comayagua health network in 2012.
Fonte: Tegucigalpa; s.n; 2018. 151 p. tab., graf..
Idioma: es.
Tese: Apresentada a Universidad Nacional Autónoma de Honduras para obtenção do grau de Maestría.
Descritores: Mortalidade Infantil
Programas Nacionais de Saúde/organização & administração
-Redes Comunitárias/provisão & distribução
Serviços Básicos de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Responsável: HN1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  2 / 389 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889713
Autor: Oliveira, Sydia Rosana de Araujo; Medina, Maria Guadalupe; Figueiró, Ana Cláudia; Potvin, Louise.
Título: Strategic factors for the sustainability of a health intervention at municipal level of Brazil / Fatores estratégicos para a sustentabilidade de uma intervenção na saúde em nível municipal no Brasil / Factores estratégicos para la sostenibilidad de una intervención en el ámbito de la salud a nivel municipal en Brasil
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);33(7):e00063516, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract: The present study aims to describe the evolution of an intervention, using a methodology that adopts the critical event as the unit of analysis, and to identify strategic factors that facilitate the continuation of the interventions. Six critical events were identified: dispute care models for health; area of advice: dispute field; change policy; break of interorganizational relations; lack of physical structure and turnover of staff; difficulty in organizing practices in the work process. these are developed into strategic factors: enabling network of allies; meetings and educational activities/building capacity; benefits perceived by community members; mobilization of key actors; intervention's compatibility with the government's vision; restoration of interrelationship; and stability of the workforce. These strategic factors form a group of interrelated conditions that provide the strengthened linkages between elements in the intervention, supporting the hypothesis that they collaborate for the sustainability of the interventions in health. Tracking down the transformations of an intervention set by the critical events, it was verified that these factors performed a protective role at times of changes in the intervention process.

Resumo: O estudo busca descrever a evolução de uma intervenção, utilizando uma metodologia que adota o evento crítico como unidade de análise, além de identificar fatores estratégicos que facilitam a continuação das intervenções. Foram identificados seis eventos críticos: modelos em disputa na assistência à saúde; área de conselhos: campo de disputa; mudanças de políticas; quebra de relações entre organizações; falta de infraestrutura física e rotatividade de equipes e dificuldade na organização das práticas no processo de trabalho. Os eventos foram desdobrados em fatores estratégicos: potencialização de uma rede de aliados; reuniões e atividades educacionais ou de capacitação; benefícios percebidos pelos membros da comunidade; mobilização de atores-chave; compatibilidade da intervenção com a visão do governo; restauração do inter-relacionamento e estabilidade da força de trabalho. Esses fatores estratégicos formam um grupo de condições inter-relacionadas que fortalecem a articulação entre os elementos da intervenção, sustentando a hipótese de que colaboram com a sustentabilidade das intervenções na saúde. Ao identificar as transformações de uma intervenção relacionadas aos eventos críticos, verificou-se que esses fatores desempenharam papel protetor em momentos de mudanças no processo da intervenção.

Resumen: El estudio busca describir la evolución de una intervención, utilizando una metodología que adopta el evento crítico como unidad de análisis, además de identificar factores estratégicos que facilitan la continuación de las intervenciones. Se identificaron seis eventos críticos: modelos en disputa en la asistencia a la salud; área de consejos: campo de disputa; cambios de políticas; ruptura de relaciones entre organizaciones; falta de infraestructura física y rotatividad de equipos y dificultad en la organización de las prácticas en el proceso de trabajo. Los eventos fueron desdoblados en factores estratégicos: potencialización de una red de aliados; reuniones y actividades educacionales o de capacitación; beneficios percibidos por los miembros de la comunidad; movilización de actores-clave; compatibilidad de la intervención con la visión del gobierno; restauración de la interrelación y estabilidad de la fuerza de trabajo. Estos factores estratégicos forman un grupo de condiciones interrelacionadas que fortalecen la articulación entre los elementos de la intervención, manteniendo la hipótesis de que colaboran con la sostenibilidad de las intervenciones en la salud. Al identificar las transformaciones de una intervención relacionadas con los eventos críticos, se verificó que esos factores desempeñaron un papel protector en momentos de cambios en el proceso de la intervención.
Descritores: Atenção Primária à Saúde/normas
Atenção Primária à Saúde/organização & administração
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde/normas
Cidades
Assistência à Saúde/normas
Assistência à Saúde/organização & administração
-Fatores de Tempo
Brasil
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde/métodos
Redes Comunitárias/normas
Redes Comunitárias/organização & administração
Relações Interinstitucionais
Programas Nacionais de Saúde/normas
Programas Nacionais de Saúde/organização & administração
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 389 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1047572
Autor: Pinto, Pâmela Araujo.
Título: Marketing social e digital do Ministério da Saúde no Instagram: estudo de caso sobre aleitamento materno / Social and digital marketing of the Brazilian Ministry of Health on Instagram: a case study of breast-feeding / Marketing social y digital del Ministerio de Salud brasileño en el Instagram: estudio de caso sobre lactancia
Fonte: RECIIS (Online);13(4):817-830, out.-dez. 2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo mapeia as estratégias de atuação do Ministério da Saúde na rede social Instagram. Realizou-se um estudo de caso no período de agosto de 2017 a agosto de 2018 para verificar como o tema da amamentação foi abordado na rede oficial do governo brasileiro para saúde. O corpus tem 65 posts sobre a questão, que foram analisados considerando as métricas de monitoramento das redes sociais: alcance; volume; atividade; engajamento dos usuários e influência do conteúdo junto aos seguidores. Analisando as estratégias de atuação do marketing social e digital identificou-se a falta de interação e resposta aos usuários e a baixa diversidade de representação das mulheres. O levantamento aponta a necessidade de problematizar as práticas do Ministério nesta rede e propor melhorias para ampliar o diálogo com a sociedade.

This article maps out the strategies of performance of the Brazilian Ministry of Health in Instagram's social network. A case study was carried out in the period from August 2017 to August 2018 to verify how the topic of breast-feeding was approached in the official network of the Brazilian government for health. The corpus has 65 posts about that issue which were analised considering the measures to monitor social networks: scope, volume, activity, user engagement and influence of the content on the followers. Analyzing the strategies of social and digital marketing used by the Brazilian government for health, it was identified the lack of interaction with users and of response to them and the low diversity of women represented on its Instagram profile. The research points out that we need to problematize Ministry practices in this network and to propose improvements to broaden the dialogue with the society.

El artículo mapea las estrategias de actuación del Ministerio de Salud de Brasil en la red social Instagram. Se realizó un estudio de caso en el período de agosto de 2017 hasta agosto de 2018 para escudriñar como se abordó el tema de la lactancia en la red oficial del gobierno brasileño para salud. El corpus tiene 65 posts a respecto del asunto y fueron estudiados considerando las medidas para monitorizar redes sociales: alcance; volumen; actividad; interacción de los usuarios e la influencia del contenido en los seguidores. Analizando las estrategias de actuación del marketing social y digital se identificó falta de interactividad, usuarios sin respuesta y la baja diversidad de representación de las mujeres en lo perfil del gobierno brasileño en Instagram. La investigación apunta la necesidad de problematizar las prácticas del Ministerio en esta red y de proponer mejorías para ampliar el diálogo con la sociedad.
Descritores: Aleitamento Materno
Marketing Social
Mídias Sociais
Redes Sociais Online
Órgãos Governamentais
Promoção da Saúde
-Sistema Único de Saúde
Brasil
Redes Comunitárias
Política de Saúde
Relações Interpessoais
Limites: Humanos
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  4 / 389 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-771359
Autor: Giongo, Maiara; Cimardi, Ana Claudia Baladelli Silva; Piccinin, Thaís Mara Giroto; Victorino, Fausto Rodrigo.
Título: Rede de atenção à saúde bucal pública: experiência em um município de médio porte / Public oral health care network: experience in a medium-sized city
Fonte: Rev. APS;18(1), jan. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: as Redes de Atenção à Saúde (RAS) são organizações que permitem, através de um objetivo único, oferecer contínua e qualitativa atenção de saúde à popula- ção. Objetivo: analisar as condições e extensões da RAS com enfoque no município de Maringá/Paraná, direcionado à saúde bucal pública. Para isso, foi construído um mapa com todos os pontos de atenção em saúde bucal do município em suas diferentes complexidades, trazendo, assim, para o concreto a imagem da Rede de Atenção à Saúde Bucal Pública do município. Metodologia: fundamentou-se em revisão bibliográfica do referencial teórico sobre a RAS, Saúde Pública e Saúde Bucal e entrevista com a gestora municipal de saúde bucal. A coleta de dados caracterizou os pontos de atenção e suas complexidades, perfil epidemiológico da população, fluoretação das águas de abastecimento, para que, dessa forma, fosse construí- do o mapa da rede. Resultados: o município possui uma rede estruturada da atenção em saúde bucal, havendo todos os níveis de complexidade em diferentes regiões do município, possibilitando um maior acesso da população. Conclusão: por meio da estruturação do mapa da rede, constatou-se que há uma grande potência de serviços em saúde bucal, com os três níveis de complexidade e, ainda, parcerias com o consórcio intermunicipal e instituição de ensino superior, podendo beneficiar a população, oferecendo um tratamento integrado aos usuários do sistema e servir de suporte aos profissionais da rede.

Introduction: The Oral Health Care System (OHCS) is a network which, with a single goal, offers continuous and quality care to the public. Objective: This study aimed to analyze the conditions and extent of the OHCS in the city of Maringá, Paraná, with a specific focus on the oral health of the public. A map was carefully created, illustrating all the points in Maringá where the public can receive oral health care, whether it is preventative care or more specific care that needs to be met. This map presents a concrete image of the city's Public Oral Health Care Network. Methodology: The methodology was based on a literature review of the theoretical framework concerning the Health Care System, Public Health, and Oral Health, as well as an interview with the manager of the municipal oral health program. The data collection characterized points of attention and their complexities, the epidemiological profile of the population, and fluoridation of water supplies. Results: Using this data, the citywide network map was created, and from this map, we are able to conclude that the city has a structured network for oral health care needs, which encompasses all the levels of complexity and the various locations in the different municipal regions, allowing greater access for the population. Conclusion: By constructing the network map, we found there is a powerful array of services in oral health, with three levels of complexity, and even partnerships with the inter-municipal association as well as the local institutions for higher education. These relationships can benefit not only the population, by offering users of this network integrated treatment, but also can serve as a support network for the healthcare professionals.
Descritores: Saúde Bucal
Redes Comunitárias
-Atenção Primária à Saúde
Saúde Pública
Serviços de Saúde Bucal
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  5 / 389 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lago, Tânia Di Giacomo do
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1074049
Autor: Lago, Tânia Di Giacomo do(org); Batista, Karina Barros Calife(org); Lavras, Carmen(org); Ferreira, Lenita Buchalla Bargarelli; Lafulla, Rosse Maho Llaveria; Esteves, Suely Bonilha.
Título: Atenção à gestante e à puérpera no SUS-SP: linha de cuidado da gestante e da puérpera / Pregnant women attention at SUS-SP: pregnant woman line care.
Fonte: São Paulo; SES/SP; 2010. 39 p.
Idioma: pt.
Resumo: Define-se linha de cuidado como o conjunto de saberes, tecnologias e recursos necessário ao enfrentamento de determinado risco, agravo ou condições específicas do ciclo de vida, a ser ofertado de forma articulada por um dado sistema de saúde. Uma linha de cuidado deve se expressar por meio de padronizações técnicas que explicitem informações relativas à organização da oferta de ações de saúde em um dado sistema. Tendo como referencia os protocolos clínicos definidos, a padronização técnica de uma linha de cuidado deve conter informações relativas às ações e atividades de promoção, prevenção, cura e reabilitação a serem desenvolvidas nas unidades de atenção à saúde que compõem um determinado sistema, bem como informações relativas aos recursos envolvidos nesses processos em cada uma dessas unidades. A apresentação prévia de um fluxograma que retrate o itinerário diagnóstico e terapêutico a ser percorrido pelo usuário no sistema favorece a estruturação da linha de cuidado nos sistemas de saúde. Para favorecer sua utilização, essa padronização é então apresentada através de "planilhas sínteses" que tem como ponto de partida a classificação de risco clínico da gestante e cuja leitura é favorecida pela consulta prévia ao fluxograma assistencial. A partir da classificação de risco, são descritos por tipo de unidade do sistema (unidade básica de saúde; unidade de atenção especializada de média complexidade; unidade de atenção especializada de alta complexidade) as principais ações e atividades a serem desenvolvidas bem como os profissionais e os recursos necessários para que elas se concretizem. São também apresentados instrumentos de gestão do cuidado que podem ser utilizados em cada momento do processo assistencial. Buscando facilitar o entendimento e ao mesmo tempo oferecer o necessário detalhamento refente a um conjunto de aspectos abordados, vários conteúdos são apresentados através de encartes na versão em papel ou através de "hiperlinks", na versão digital...
Descritores: Assistência à Saúde
Cuidado Pré-Natal
Gestantes
Redes Comunitárias
Saúde da Mulher
Limites: Feminino
Humanos
Gravidez
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA310, L177at


  6 / 389 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-845218
Autor: Eslabão, Adriane Domingues; Coimbra, Valéria Cristina Christello; Kantorski, Luciane Prado; Pinho, Leandro Barbosa de; Santos, Elitiele Ortiz dos.
Título: Rede de cuidado em saúde mental: visão dos coordenadores da estratégia saúde da família / Red de atención em salud mental: percepción de gestores de la estrategia salud de la familia / Mental health care network: the views of coordinators of the Family Health Strategy (FHS)
Fonte: Rev. gaúch. enferm;38(1):e60973, 2017.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Objetivou-se analisar a visão de coordenadores da Estratégia Saúde da Família (ESF) sobre a conformação da rede de saúde mental no município de Pelotas/RS. Método Estudo descritivo e exploratório, com abordagem qualitativa, realizado com seis coordenadores de ESF no ano de 2012. Para a coleta dos dados, foi utilizada a entrevista semiestruturada, e os resultados foram avaliados por análise temática. Resultados A rede construída pelos coordenadores é composta por poucos serviços formais e focada no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), e a rede informal é descrita com maiores pontos de cuidado. As trocas de corresponsabilidade no cuidado em rede ocorrem de forma frágil, sem o diálogo necessário. Conclusão Os coordenadores demonstram pouco conhecimento da rede formal de cuidado e uma atenção focada nos serviços da ESF e no CAPS. Reconhecem a importância de haver políticas públicas que valorizem e ampliem os espaços informais de cuidado no território.

RESUMEN Objetivo Se tuvo como objetivo analizar la visión de coordinadores de la Estrategia Salud de la Familia (ESF) sobre la configuración de la red de salud mental en el Municipio de Pelotas/RS. Método Estudio descriptivo y exploratorio, cualitativo, realizado con seis coordinadores de ESF en 2012. Se utilizó la entrevista semestructurada y los datos fueron analizados con uso del análisis temático. Resultados La red señalada por los coordinadores posee pocos servicios formales, enfocada en el Centro de Atención Psicosocial (CAPS). La red informal es más diversificada, pero los cambios de corresponsabilidad en el cuidado es de modo frágil. Conclusión Los coordinadores tienen poco conocimiento de la red formal de cuidado, con énfasis en la ESF y en el CAPS. Reconocen la importancia de que haya políticas públicas que valoren y amplíen los espacios informales de cuidado en el territorio, algo necesario en el cuidado en salud mental.

ABSTRACT Objective This study aimed to analyze the opinions of the coordinators of the Family Health Strategy (FHS) on the mental health care network in the city of Pelotas/RS. Method Descriptive and exploratory study with a qualitative approach, carried out with six FHS coordinators, in 2012. Semi-structured interview was used in data collection, and the results were evaluated using the thematic analysis. Results The network designed by the coordinators consists of few formal services and is focused on the Psychosocial Care Centers (CAPS). The informal network has a greater number of care units. Exchange of information related to joint responsibilities in the care is scarce, with lack of dialogue. Conclusion The coordinators have scarce knowledge on the formal care network and on care focused on the ESF and CAPS. They also recognize the importance public policies that value and expand the informal care spaces in the territory.
Descritores: Saúde da Família
Administradores de Instituições de Saúde/psicologia
-Responsabilidade Social
Brasil
Atitude
Atitude do Pessoal de Saúde
Serviços de Saúde da Criança/organização & administração
Cidades
Serviços de Saúde do Adolescente/organização & administração
Reforma dos Serviços de Saúde
Comunicação
Centros de Tratamento de Abuso de Substâncias/organização & administração
Serviços Comunitários de Saúde Mental/organização & administração
Redes Comunitárias/organização & administração
Pesquisa Qualitativa
Relações Interinstitucionais
Limites: Humanos
Criança
Adolescente
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 389 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-845200
Autor: Cortes, Laura Ferreira; Padoin, Stela Maris de Mello; Kinalski, Daniela Dal Forno.
Título: Instrumentos para articulação da rede de atenção às mulheres em situação de violência: construção coletiva / Instrumentos para articulación de la red de cuidado de mujeres en situación de violencia: construcción colectiva / Instruments for articulating the network of attention to women in situation of violence: collective construction
Fonte: Rev. gaúch. enferm;37(spe):e20160056, 2016. graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Identificar as informações necessárias para a construção de instrumentos destinados a viabilizar a articulação de profissionais de serviços de atendimento com mulheres em situação de violência com vistas à constituição de uma rede de atenção. Método Estudo qualitativo, convergente assistencial, cujas informações foram produzidas de fevereiro a agosto de 2015 por meio de 10 encontros grupais, com 32 participantes do Grupo de Trabalho Integrado de Enfrentamento às Violências de Santa Maria-RS, situado na Universidade Federal de Santa Maria. Utilizou-se a análise de conteúdo temática. Resultados Definiu-se o direcionamento do fluxo; os pontos para compor a rede; o que seria preciso comunicar entre os serviços: dados de identificação da mulher e da família, relato acerca da situação e a continuidade do cuidado. Conclusões Há necessidade de formalização institucional dos dispositivos construídos. A articulação entre os serviços requer comunicação, envolvimento e compromisso dos profissionais para garantir a continuidade do cuidado.

RESUMEN Objetivo Identificar el contenido necesario para construir instrumentos para facilitar la integración de profesionales de servicios a mujeres en situación de violencia con miras a la creación de una red de atención. Método Estudio cualitativo, convergente, cuya información se produjo de febrero a agosto de 2015, durante 10 sesiones de grupo, con 32 participantes del Grupo de Trabajo Integrado para Contrarrestar la Violencia de Maria Santa-RS, que se encuentra en la Universidad Federal de Santa María. Se utilizó el análisis de contenido temático. Resultados Se definió la dirección del flujo; los puntos que componen la red; lo que se necesitaría para comunicar entre servicios: identificación de mujer y familia, informe sobre la situación y la continuidad de la atención. Conclusiones Existe una necesidad de formalización institucional de dispositivos construidos. La articulación entre los servicios requiere comunicación, participación y compromiso de los profesionales para asegurar la continuidad de la atención.

ABSTRACT Objective This paper aims at identifying all the necessary information to build instruments which are designed to facilitate the professional integration of services to women in situation of violence with a view to the establishment of a network of attention. Method Qualitative study, convergent, whose information has been produced from February to August 2015 by 10 group meetings, with 32 participants from the Integrated Working Group to Confront Violence in Santa Maria-RS, located at the Universidade Federal de Santa Maria. Using thematic content analysis. Results It defined the flow direction; the points to compose the network; what it would take to communicate among services: identification of wife and family, report on the situation and the continuity of care. Conclusions There is a need for an institutional formalization of constructed devices. The articulation between the services requires communication, involvement and commitment of the professionals to ensure the continuity of care.
Descritores: Violência
Serviços de Saúde da Mulher/organização & administração
Prestação Integrada de Cuidados de Saúde/organização & administração
-Controle Social Formal
Design de Software
Brasil
Violência Doméstica
Redes Comunitárias/organização & administração
Comunicação Interdisciplinar
Pesquisa Qualitativa
Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde
Relações Interinstitucionais
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 389 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-845197
Autor: Silva, Aline Basso da; Pinho, Leandro Barbosa; Olschowsky, Agnes; Siniak, Débora Schlotefeldt; Nunes, Cristiane Kenes.
Título: O cuidado ao usuário de crack: estratégias e práticas de trabalho no território / Cuidado al usuario de crack: estrategias y prácticas de trabajo en el territorio / Caring for crack users: strategies and work practices in the territory
Fonte: Rev. gaúch. enferm;37(spe):e68447, 2016.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Conhecer estratégias de cuidado ao usuário de crack no território a partir da realidade de um Centro de Atenção Psicossocial para álcool e outras drogas (CAPS AD). Método Estudo qualitativo e descritivo. Os dados foram coletados por meio de entrevista, realizada com oito profissionais de um CAPS AD da região metropolitana de Porto Alegre, entre os meses de fevereiro e março de 2013. Para análise dos dados utilizou-se a análise temática. Resultados Foram apontadas, a partir dos dados analisados, estratégias de cuidado no território como: as equipes itinerantes, as visitas domiciliares, a clínica ampliada e a importância do território de trabalho ser o mesmo da residência do profissional. Conclusão O cuidado no território mostra-se como uma inovação para o campo da Saúde Mental, visto que permite uma atenção em saúde voltada para o contexto social, cultural e histórico dos usuários.

RESUMEN Objetivo Conocer las estrategias de atención al usuario grieta en el territorio de la realidad de un centro de atención psicosocial contra el alcohol y otras drogas (CAPS AD). Método Se trata de un estudio cualitativo y descriptivo. Los datos fueron obtenidos con entrevistas a ocho profesionales de un CAPS AD de la región metropolitana de Porto Alegre, entre los meses de febrero y marzo de 2013. Para el análisis de los datos se utilizó el análisis temático. Resultados Sugieren las siguientes estrategias de atención: equipos itinerantes, visitas domiciliarias, la clínica ampliada y la importancia del territorio de trabajo ser el mismo que el de la residencia del profesional. Conclusión El cuidado en el territorio se presenta como una innovación en el campo de la Salud Mental, ya que permite una atención a la salud centrada en el contexto social y cultural de los usuarios.

ABSTRACT Objective To know the care strategies for crack users in Brazil from the perspective of the Centre of Psychosocial Care for Alcohol and Other Drugs (CAPS AD). Method This is a qualitative descriptive study. Data were collected by means of interviews conducted with eight professionals of a CAPS AD in the metropolitan region of Porto Alegre, between February and March 2013. Data were subjected to thematic analysis. Results The analysed data revealed the use of care strategies, such as itinerant teams, home visits, and the extended clinic, and that the work territory should essentially be the home of the professional. Conclusion Care in the territory is considered an innovation in the field of mental healthcare because it enables care that focuses on social, cultural, and historical context of users.
Descritores: Cocaína Crack/efeitos adversos
Centros de Tratamento de Abuso de Substâncias/organização & administração
Centros Comunitários de Saúde Mental/organização & administração
Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína/terapia
-Equipe de Assistência ao Paciente
Meio Social
População Urbana
Brasil
Área Programática de Saúde
Entrevistas como Assunto
Redes Comunitárias/organização & administração
Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína/enfermagem
Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína/reabilitação
Pesquisa Qualitativa
Acesso aos Serviços de Saúde
Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde
Visita Domiciliar
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 389 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-778877
Autor: Hechavarría Toledo, Suiberto.
Título: Edured Salud Cuba: un espacio de interacción para los educadores en ciencias de la salud / Edured Cuba Health: an interaction space for the educators in health sciences
Fonte: Edumecentro;8(2):216-222, abr.-jun. 2016.
Idioma: es.
Descritores: Entrevista
Redes Comunitárias
Educação Médica
Responsável: CU425.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas de Villa Clara


  10 / 389 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1052631
Autor: Rovere, Mario.
Título: Redes en salud: los grupos, las instituciones y la comunidad / Health networks: groups, institutions and the community.
Fonte: Córdoba; El Ágora; 2016. 293 p.
Idioma: es.
Resumo: Contenido: Prólogo a dos manos, Carlos Bloch, Juan C. Paradiso. Redes en el Marco de la Estrategia de la Atención Primaria de la Salud. Reconocimiento: Hacia la Conformación de Redes: La lógica de redes, Naturaleza de los vínculos , Niveles en la construcción de redes , Trabajo en grupos, Representaciones, Subjetividad-Objetividad. Conocimiento del otro/a: ¿Quiénes somos? ¿Qué hacemos? Colaboración: Ayuda Situacional una Oportunidad de Construir Redes. Salud en movimiento. Cooperación: Construyendo Solidaridad a través de la Acción. Conjunto de resultados establecidos con la técnica de Mesa de acuerdos.Asociación: Fundando Proyectos en el Acuerdo. Un balance de la experiencia. Epílogo del curso Anexo: La Sociedad Fragmentada. Dr. Alberto Binder
Descritores: Apoio Social
Redes Comunitárias
-Atenção Primária à Saúde
Cooperação Horizontal
Rede Social
Responsável: AR381.1 - Centro de Documentación de Excelencia en Salud
AR381.1; PROGSAL81; aELEC196; aELEC196



página 1 de 39 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde