Base de dados : LILACS
Pesquisa : I02.233.332.186.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 84 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 9 ir para página                      

  1 / 84 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-742071
Autor: Calha, António Geraldo Manso.
Título: Modes of acquisition of health literacy skills in informal learning contexts / Modos de desarrollo de competencias de literacia en salud en contextos informales de aprendizaje / Modos de desenvolvimento de competências de literacia em saúde em contextos informais de aprendizagem
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;48(spe2):100-106, 12/2014. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: In this article we try to analyze the learning processes of health literacy skills in informal contexts. We intend to broaden the understanding of the learning process beyond the formal contexts, thus contributing to the elucidation of health professionals on how individuals acquire and manage their knowledge in health matters. Given our goal, we use an analytic corpus constituted by one hundred autobiographical narratives written between 2006 and 2011, in educational contexts but with recognized potential for use in different scientific fields, including health. The results reveal the existence of three different types of modes of learning health literacy skills in informal context: : i) learning that takes place in action, in achieving daily tasks; ii) learning processes that result from problem solving; iii) learning that occurs in an unplanned manner, resulting from accidental circumstances and, in some cases, devoid of intentionality.

En este artículo se analizan los modos y procesos de aprendizaje de competencias de literacia en salud en los contextos informales. Tenemos la intención de ampliar la comprensión del proceso de aprendizaje más allá de los contextos formales, contribuyendo a la elucidación de los profesionales de salud sobre cómo las personas adquieren y gestionan el conocimiento en salud. Teniendo en cuenta nuestro objetivo, utilizamos un corpus de análisis que consiste en cien relatos autobiográficos producidos, entre 2006 y 2011, en contextos educativos, pero con reconocido potencial para uso en diferentes campos científicos, incluyendo la salud. Los resultados demuestran la existencia de tres tipos diferentes de modos de aprendizaje de competencias de literacia de salud en contextos informales: i) el aprendizaje que tiene lugar en la acción en la consecución de las tareas diarias; ii) aprendizajes que derivan de procesos de resolución de problemas; iii) aprendizajes que se ocurren de modo no planificado, resultado del fortuito y, en algunos casos, carente de intencionalidad.

Neste artigo procuramos analisar os modos e processo de aprendizagem de competências de literacia em saúde em contextos informais. Pretendemos ampliar a compreensão dos processos de aprendizagem para além dos contextos formais, contribuindo para a elucidação dos profissionais de saúde sobre a forma como os indivíduos adquirem e gerem o conhecimento em saúde. Face ao nosso objetivo, recorremos um corpus analítico constituído por cem narrativas autobiográficas elaboradas, entre 2006 e 2011, em contextos educativos mas com reconhecido potencial para a utilização em diferentes campos científicos, incluindo a saúde. Os resultados obtidos evidenciam a existência de três diferentes características dos modos de aprendizagem de competências de literacia em saúde em contextos informais: i) aprendizagens que decorrem na ação, na concretização de tarefas quotidianas; ii) aprendizagens que resultam de processos de resolução de problemas; iii) aprendizagens que ocorrem de forma não planeada, fruto do fortuito e, em alguns casos, desprovidas de intencionalidade. ...
Descritores: Autobiografias como Assunto
Pesquisa em Educação de Enfermagem
Conhecimento
Letramento em Saúde
Aprendizagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  2 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1013184
Autor: Oscalices, Monica Isabelle Lopes; Okuno, Meiry Fernanda Pinto; Lopes, Maria Carolina Barbosa Teixeira; Batista, Ruth Ester Assayag; Campanharo, Cassia Regina Vancini.
Título: Health literacy and adherence to treatment of patients with heart failure / Literacia en salud y adhesión al tratamiento de pacientes con insuficiencia cardiaca / Literacia em saúde e adesão ao tratamento de pacientes com insuficiência cardíaca
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;53:e03447, 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To relate the level of functional health literacy with adherence and barriers to non-adherence, rehospitalization, readmission and death in patients with heart failure. Method: A cross-sectional, analytical study with patients admitted to the emergency room with a diagnosis of heart failure. Literacy was assessed by the Newest Vital Sign. Patient adherence to medication treatment and barriers to non-compliance were assessed 90 days after discharge by the Morisky-Green test and the Brief Medical Questionnaire, respectively. Results: 100 patients participated in the study. The mean age was 63.3 years (± 15.2), with a predominance of white women. Medication adherence was low in 41.1% of participants, of which 55.9% presented inadequate literacy. Re-hospitalization and death were present in patients with inadequate literacy (p<0.001). Conclusion: The low level of literacy was directly related to lower adherence and the presence of barriers to medication adherence, as well as higher rehospitalization rates and death.

RESUMEN Objetivo: Relacionar el nivel de literacia funcional en salud con la adhesión y barreras para la no adhesión medicamentosa, el reingreso hospitalario y el fallecimiento en pacientes con insuficiencia cardiaca. Método: Estudio transversal, analítico, con pacientes hospitalizados en servicio de urgencias, con diagnóstico de insuficiencia cardiaca. La literacia fue evaluada en el alta por el Newest Vital Sign. La adhesión del paciente al tratamiento medicamentoso y las barreras para la no adhesión fueron evaluadas 90 días después del alta mediante la prueba de Morisky y el Brief Medical Questionnaire, respectivamente. Resultados: Participaron en el estudio 100 pacientes. El promedio de edad fue de 63,3 años, con predominio de mujeres blancas. En el 41,1% de los participantes, la adhesión medicamentosa fue baja, de esos el 55,9% presentaron inadecuada literacia. El reingreso y el fallecimiento estaban presentes en los pacientes con inadecuada literacia (p<0,001). Conclusión: El bajo nivel de literacia se relacionó directamente con menor adhesión y presencia de barreras para la adhesión medicamentosa, además de mayores índices de reingreso y el fallecimiento.

RESUMO Objetivo: Relacionar o nível de literacia funcional em saúde com a adesão e barreiras para a não adesão medicamentosa, a reinternação e o óbito em pacientes com insuficiência cardíaca. Método: Estudo transversal, analítico, com pacientes internados em serviço de emergência, com diagnóstico de insuficiência cardíaca. A literacia foi avaliada na alta pelo Newest Vital Sign. A adesão do paciente ao tratamento medicamentoso e as barreiras para a não adesão foram avaliadas 90 dias após a alta por meio do teste de Morisky-Green e Brief Medical Questionnaire, respectivamente. Resultados: Participaram do estudo 100 pacientes. A média de idade foi 63,3 anos (±15,2), com predomínio de mulheres brancas. Em 41,1% dos participantes a adesão medicamentosa foi baixa, destes, 55,9% apresentaram inadequada literacia. A reinternação e o óbito estavam presentes nos pacientes com inadequada literacia (p<0,001). Conclusão: O baixo nível de literacia relacionou-se diretamente com menor adesão e presença de barreiras para a adesão medicamentosa, além de maiores índices de reinternação e óbito.
Descritores: Educação em Saúde
Letramento em Saúde
Cooperação e Adesão ao Tratamento
-Enfermagem em Emergência
Insuficiência Cardíaca
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  3 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1056891 LILACS-Express
Autor: Afshar, Marzieh Karimi; Torabi, Molook; Bahremand, Mahshid; Afshar, Mehrnaz Karimi; Najmi, Fatemeh; Mohammadzadeh, Iman.
Título: Oral Health Literacy and Related Factors among Pregnant Women Referring to Health Government Institute in Kerman, Iran
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;20:e5337, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective: To evaluate oral health literacy among pregnant women in Kerman, Iran. Material and Methods: The present cross-sectional study was conducted on 169 pregnant women referring to government institute. Data were collected by demographic profile (including age, number of children, educational level, dental attendance before pregnancy and economic status), 17-item oral health literacy questionnaire consisting of four domains (including reading comprehension, numeracy, listening, and decision-making skills), self-assessment oral health status, DMFT index and oral health behavior. Data were analyzed by SPSS version 21 software using ANOVA and Chi-square tests at a significance level of 0.05. Results: The mean age of participants was 27.92 ± 5.25 years, 38.2% of them had bachelor's degree, 35.8% had dental attendance before pregnancy and 29.1% brushed daily their teeth twice or more. Dentists were the most frequent source of oral health information. Moreover, 60.0% believed their oral health was to be moderate, and 59.4% had inadequate oral health literacy. There was also a significant correlation between educational level, monthly income and dental attendance before pregnancy. Conclusion: Our results showed inadequate oral health literacy among pregnant women, highlighting the necessity of dental consultation before pregnancy.
Descritores: Comportamentos Relacionados com a Saúde
Educação em Saúde Bucal/métodos
Gestantes
Letramento em Saúde/métodos
Irã (Geográfico)/epidemiologia
-Distribuição de Qui-Quadrado
Estudos Transversais/métodos
Inquéritos e Questionários
Análise de Variância
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Adulto
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  4 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1014272
Autor: Campos, Valeria; Cartes-Velásquez, Ricardo.
Título: Estado actual de la atención sanitaria de personas con discapacidad auditiva y visual: una revisión breve / Health care of people with visual or hearing disabilities
Fonte: Rev. méd. Chile;147(5):634-642, mayo 2019.
Idioma: es.
Projeto: CONICYT FONDEF FONIS + MINSAL.
Resumo: Visual or hearing disabilities account for 20% of people reporting some sort of disability. We performed a literature review about the interaction that people with visual or hearing disabilities have with the health care system. We found that these people report a lower quality of life and have a higher frequency of physical and psychological ailments. They also have difficulties to obtain an adequate health care and report a paucity of trained professionals to take care of them.
Descritores: Qualidade de Vida/psicologia
Transtornos da Visão/psicologia
Pessoas com Deficiência Auditiva/psicologia
Serviços de Saúde para Pessoas com Deficiência
Transtornos da Audição/psicologia
-Relações Médico-Paciente
Qualidade da Assistência à Saúde
Transtornos da Visão/fisiopatologia
Letramento em Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
Transtornos da Audição/fisiopatologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-771973
Autor: Santos, Maria Izabel Penha de Oliveira; Portella, Marilene Rodrigues.
Título: Condições do letramento funcional em saúde de um grupo de idosos diabéticos / Condiciones de alfabetización funcional en la salud de un grupo de ancianos diabéticos / Conditions of functional health literacy of an elderly diabetics group
Fonte: Rev. bras. enferm;69(1):156-164, jan.-fev. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: RESUMO Objetivo: foi avaliar as condições de letramento funcional em saúde de um grupo de idosos diabéticos. Método: estudo seccional e descritivo, com idosos diabéticos assistidos no SUS (N = 114). Avaliaram-se os condicionantes sociais e da saúde, bem como de letramento funcional em saúde pelo teste S-TOFHLA(versão-breve); descreveram-se as proporções simples, média, desvio-padrão e teste do Qui-quadrado de Pearson pelo software SPSS (20.0) com valor α = 5%. Resultados: a média da idade foi 67,4 anos, 74,0% dos idosos eram mulheres, possuíam até 4 anos de escolaridade; 29,8% tinham a doença de longa data, 64,0% relataram ter hipertensão arterial, 47,4% eram ou foram fumantes, 73,7% apresentaram baixo letramento funcional em saúde, que se mostrou associado com a escolaridade p = 0,001. Conclusões: o baixo letramento funcional em saúde pode ser condicionante do autocuidado e pode ser influenciado pela baixa escolaridade, pois implica em ter habilidades para compreender e tomar decisões voltadas à autogestão da saúde.

RESUMEN Objetivo: fue evaluar las condiciones de alfabetización funcional en la salud de un grupo de ancianos diabéticos. Método: estudio seccional y descriptivo, con ancianos diabéticos asistidos en el SUS (N = 114). Se evaluaron las condicionantes sociales y de la salud, así como de alfabetización funcional en la salud por la pruebaS-TOFHLA (versión breve); se describieron las proporciones simples, media, desviación estándar y prueba del Chi-cuadrado de Pearson por el software SPSS (20.0) con valor α = 5%. Resultados: la media de edad fue 67,4 anos, 74,0% de los ancianos eran mujeres, poseían hasta 4 anos de escolaridad; 29,8% tenían la enfermedad desde hacía mucho tiempo, 64,0% relataron tener hipertensión arterial, 47,4% eran o fueron fumadores, 73,7% presentaron baja alfabetización funcional en salud, que se mostró asociada con la escolaridad p = 0,001. Conclusión: la baja alfabetización funcional en salud puede ser condicionante del autocuidado y puede ser influenciado por la baja escolaridad, pues implica en tener habilidades para comprender y tomar decisiones volcadas a la autogestión de la salud.

ABSTRACT Objective: to evaluate the conditions of functional health literacy of an elderly diabetics group. Method: cross-sectional and descriptive study, with diabetic's elderly assisted in the SUS (N = 114). The social and health conditions were evaluated as well as functional health literacy by S-TOFHLA test (short version); the simple proportions, average, standard deviation and Pearson's Chi-square were described by SPSS software (20.0) with α = 5% value. Results: the mean age was 67.4 years, 74.0% of the elderly were women, had up to four years of schooling; 29.8% had a long-standing illness, 64.0% reported having high blood pressure, 47.4% smoke or were smokers, 73.7% had low functional health literacy, which was associated with schooling p = 0.001. Conclusions: the low functional health literacy could be a self-care conditioning and can be influenced by low schooling because it implies to have skills to understand and make decisions aimed at self-management of health.
Descritores: Diabetes Mellitus/psicologia
Letramento em Saúde
-Autocuidado
Estudos Transversais
Compreensão
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1129520
Autor: Zanchetta, Margareth Santos; Santos, Walterlania Silva; Moraes, Katarinne Lima; Paula, Clarissa Moura; Oliveira, Lizete Malagoni; Linhares, Francisca Márcia Pereira; Coriolano-Marinus, Wanderleya de Lavor; Viduedo, Alecssandra Silva.
Título: Incorporação do letramento em saúde comunitária ao Sistema Único de Saúde: possibilidades, controvérsias e desafios / Incorporación de la alfabetización en salud comunitaria en el Sistema de Salud: posibilidades, controversias, desafíos / Incorporation of community health literacy into the Unified Health System: possibilities, controversies and challenges
Fonte: J. nurs. health;10(3):20103010, jul.2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: expor e analisar os argumentos emergidos em debate entre enfermeiros sobre as possibilidades, controvérsias e desafios para a incorporação do letramento em saúde comunitário ao sistema único de saúde. Método: relato de experiência de intervenção-piloto educacional como um curso utilizando transferência de conhecimentos no bojo da colaboração Canadá-Brasil implantada em Brasília, Goiânia e Recife (janeiro de 2020). Resultados: o estado de crítica revelado por 63 participantes englobou o desenvolvimento da liderança social e organizacional, influência nos processos de trabalho uni e interdisciplinar, contribuição para elevar indicadores de qualidade de serviços em letramento em saúde, subutilização dos potenciais de criatividade dos enfermeiros para estabelecerem alianças produtivas com usuários. Conclusão: os argumentos inspiraram recomendações para potencializar autonomia e engajamento dos usuários em programas de cuidados primários à saúde, assim como otimização dos recursos para letramento em saúde, com investimentos na área de saúde digital, somando-se às prioridades para América Latina.(AU)

Objective: to expose and analyze the arguments that emerged in debate among nurses about the possibilities, controversies and challenges for the incorporation of community health literacy into the Brazilian health system. Method: experience report of educational pilot intervention as a course using knowledge transfer within the context of Canada-Brazil collaboration implemented in Brasília, Goiania and Recife (January 2020). Results: the state of criticism revealed by 63 participants encompassed the development of social and organizational leadership, influence on the uni/interdisciplinary work processes, contribution to raising indicators of quality of services in health literacy, and underutilization of nursers' creativity potentials, to establish productive alliances with users. Conclusion: the arguments inspired recommendations to enhance autonomy and user's engagement in primary health care programs, as well as the optimization of resources for health literacy, with investments in the area of digital health adding to the priorities for Latin America.(AU)

Objetivo: exponer y analizar argumentos que surgieron en debate entre enfermeros sobre posibilidades, controversias y desafíos para incorporación de alfabetización en salud comunitaria en el sistema de salud brasileño. Método: informe de experiencia de intervención piloto educativa como curso utilizando transferencia de conocimientos en la colaboración Canadá-Brasil implementada en Brasilia, Goiânia y Recife (enero de 2020). Resultados: el estado de crítica revelado por 63 participantes abarcó desarrollo del liderazgo social y organizativo, influencia en los procesos de trabajo uni/interdisciplinarios, contribución para elevar indicadores de calidad de servicios en alfabetización en salud, infrautilización de potencialidades de creatividad de enfermeras para establecer alianzas productivas con usuarios. Conclusión: argumentos inspiraron recomendaciones para mejorar autonomía y participación de usuarios en programas de atención primaria de salud, así como optimización de recursos para alfabetización en salud, con inversiones en el área de la salud digital que se suman a las prioridades para América Latina.(AU)
Descritores: Desenvolvimento de Pessoal
Letramento em Saúde
Tutoria
Cooperação Internacional
Liderança
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1060.1 - Biblioteca do Campus Porto


  7 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1141563
Autor: Silva, Valquíria Miranda,; Brasil, Virginia Visconde,; Moraes, Katarinne Lima,; Magalhães, Jéssica Priscilla Resende,.
Título: Letramento em saúde dos profissionais de um Programa de Residência Multiprofissional em Saúde / Health literacy of professionals enrolled in a Multiprofessional Residency Program in Health
Fonte: Rev. eletrônica enferm;22:1-9, 2020. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: avaliar as condições do letramento em saúde de profissionais inseridos em Programa de Residência Multiprofissional em Saúde. Método: Estudo transversal analítico, realizado com 88 profissionais residentes, utilizando a versão brasileira do Health Literacy Questionnaire. Foi avaliada a confiabilidade e a correlação das médias dos escores das escalas com as variáveis sociodemográficas. Resultados: os resultados indicam que as mulheres cuidam mais da saúde e têm melhor suporte social. Os mais jovens têm facilidade de interagir com os profissionais de saúde e de navegar no sistema de saúde. As potencialidades identificadas foram a capacidade de identificar confiáveis fontes de informação e serem "exploradores de informação". As limitações estão relacionadas ao não envolvimento com os próprios cuidados de saúde e a não usarem o sistema de saúde. Conclusão: O estudo colabora para divulgar a temática entre os profissionais residentes, possibilitando a reflexão sobre as competências e habilidades necessárias no cuidado em saúde.

Objective: To evaluate health literacy conditions among professionals enrolled in a Multiprofessional Residency Program in Health. Method: Analytical cross-sectional study, conducted with 88 resident professionals, using the Brazilian version of the Health Literacy Questionnaire. The reliability of the mean scores on the scales and their correlation with sociodemographic variables were evaluated. Results: The results indicate that women take better care of their health and have better social support. The younger residents find it easier to interact with healthcare personnel and navigate the healthcare system. The strengths identified were the capacity to identify reliable sources of information, and being "information explorers". The limitations are related to not being involved with their own health care and not using the healthcare system. Conclusion: The study collaborates to spread the theme among resident professionals, enabling reflection on the necessary competencies and abilities in healthcare.
Descritores: Pessoal de Saúde
Capacitação Profissional
Letramento em Saúde
-Equipe de Assistência ao Paciente
Internato não Médico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR584.1 - Biblioteca Central BSCAN


  8 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Bastos, Marcus Gomes
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1048137
Autor: Pinhat, Renata Romanholi; Tavares, Paula Liziero; Marsicano, Elisa de Oliveira; Fernandes, Neimar da Silva; Colugnati, Fernando Antonio Basile; Bastos, Marcus Gomes; Paula, Rogério Baumgratz de; Pinheiro, Hélady Sanders.
Título: Baixo letramento em saúde em pacientes idosos com pressão arterial não controlada em nível secundário de atenção à saúde / Low health literacy in older patients with uncontrolled blood pres-sure at secondary care
Fonte: HU rev;45(1):13-21, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O baixo letramento em saúde (BLS) é comum entre pacientes com doenças crônicas. Os estudos sobre a associação entre o BLS e a pressão arterial não controlada estão limitados aos níveis primário e terciário de atenção à saúde. Objetivo: Avaliamos a prevalência e a associação entre BLS e pressão arterial não controlada em pacientes hipertensos em um centro de atenção secundária à saúde no Brasil. Material e métodos: Nosso estudo teve delineamento transversal e incluiu 485 pacientes, no período de Agosto/2014 a Março/2016. Avaliamos letramento em saúde, pelo Short Assessment of Health Literacy for Portuguese-Speaking Adults (SAHLPA-18), e controle pressórico. Indivíduos com um escore ≤14 em SAHLPA-18 foram considerados com BLS, e indivíduos com pressão arterial ≥140/90 (ou ≥130/80 em pacientes diabéticos) foram considerados como tendo pressão arterial não controlada. Resultados:Um total de 56,0% eram mulheres, com média de idade de 62,0±12,6 anos. Os participantes analfabetos eram 61,6% e 65,4% recebiam até um salário mínimo. Tanto a pressão arterial não controlada quanto o BLS foram muito prevalentes (75,1% e 70,9%, respectivamente), entretanto não houve associação entre esses dois parâmetros. Na análise multivariada, a pressão arterial não controlada foi associada à idade (OR:0,96, IC:0,94-0,98, p<0,001), diabetes mellitus (OR:4,36, IC:2,54-7,51; p<0,001) e número de comprimidos (OR:1,16, Cl:1,08-1,25, p<0,001). Conclusão: Mesmo encontrando alta prevalência de BLS, a falta de associação entre BLS e pressão arterial não controlada pode ser devido às características demográficas da amostra, ou seja, idosos com baixa renda e baixa escolaridade. A avaliação do letramento em saúde fornece informações importantes que apoiam ações para melhorar o controle e o tratamento da hipertensão.

Background: Low health literacy (LHL) is common among patients with chronic diseases. Studies on the association between LHL and uncontrolled blood pressure are limited to primary and tertiary levels of healthcare. Objective:We evaluated the prevalence and association between LHL and uncontrolled blood pressure in hypertensive patients in a secondary healthcare in Brazil. Material and methods: Our study had a cross-sectional design and included 485 patients, between August/2014 to March/2016. We evaluated health literacy, by Short Assessment of Health Literacy for Portuguese-Speaking Adults (SAHLPA-18), and the blood pressure control. Individuals with a score ≤14 in SAHLPA-18 were considered as LHL, and individuals with blood pressure ≥140/90 (or ≥130/80 in diabetic patients) were considered as having uncontrolled blood pressure. Results: A total of 56.0% female, with mean age 62.0±12.6 years. Illiterate participants were 61.6%, and 65.4% earned up to one reference wage. Both uncontrolled blood pressure and LHL were highly prevalent (75.1% and 70.9%, respectively), but there was no association between these two parameters. In multivariate analysis, uncontrolled blood pressure was associated with age (OR:0.96, CI:0.94-0.98, p<0.001), diabetes mellitus (OR:4.36, CI:2.54-7.51; p<0.001) and number of pills (OR:1.16, CI:1.08-1.25, p<0.001). Conclusion: Even we found a high prevalence of LHL, the lack of association between LHL and uncontrolled blood pressure may be due to demographic characteristics of the sample, i.e., elderly people with low income and low schooling. HL assessment provides important information that supports actions to improve hypertension control and treatment.
Descritores: Pacientes
Terapêutica
Atenção Secundária à Saúde
Idoso
Modelos Logísticos
Doença Crônica
Estatísticas não Paramétricas
Escolaridade
Informação
Letramento em Saúde
Hipertensão
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  9 / 84 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Vieira, Neiva Francenely Cunha
Texto completo
Id: biblio-843610
Autor: Cunha, Gilmara Holanda da; Galvão, Marli Teresinha Gimeniz; Pinheiro, Patrícia Neyva da Costa; Vieira, Neiva Francenely Cunha.
Título: Health literacy for people living with HIV/Aids: an integrative review / Letramento em saúde para pessoas com HIV/Aids: revisão integrativa / La alfabetización en salud para las personas que viven con el VIH/SIDA: una revisión integradora
Fonte: Rev. bras. enferm;70(1):180-188, jan.-fev. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to analyze knowledge produced by research about health literacy for adult with HIV/Aids. Method: an integrative literature review, using six databases, was conducted between January and April of 2014. The descriptors aids and Health Literacy were used, in Portuguese, English and Spanish. A total of 130 articles were found and 14 were selected. Three categories were identified: educational technologies and health literacy for HIV/Aids; assessment of health literacy of patients with HIV/Aids; and health literacy and adherence to antiretroviral therapy. Results: analysis of health literacy, socioeconomic status and educational level of people living with HIV/ Aids was essential for implementation of educational strategies that increased adherence to health guidance. Conclusion: this study showed the importance of health literacy for working with people living with HIV/Aids, especially considering individuals who did not possess the minimum necessary for survival, which makes it relevant and encourages further research on the topic.

RESUMO Objetivo: analisar o conhecimento produzido por pesquisas sobre o letramento em saúde de pessoas com HIV/Aids. Método: uma revisão integrativa da literatura, utilizando seis bancos de dados, foi desenvolvida entre janeiro e abril de 2014. Os descritores Aids e Letramento em Saúde foram utilizados, em Português, Inglês e Espanhol. Um total de 130 artigos foram encontrados e 14 foram selecionados. Três categorias foram identificadas: tecnologias educacionais e letramento em saúde sobre HIV/Aids; avaliação do letramento em saúde de pacientes com HIV/Aids; e letramento em saúdee adesão ao tratamento antirretroviral. Resultados: a análise do letramento em saúde, status socioeconômico e nível educacional de pessoas com HIV/Aids foi essencial para a implementação de estratégias educacionais que aumentaram a adesão às orientações de saúde. Conclusão: este estudo mostrou a importância do letramento em saúde no trabalho com pessoas com HIV/Aids, principalmente considerando indivíduos que não possuem as condições mínimas necessárias para sobrevivência, o que promove e torna a pesquisa do tema relevante.

RESUMEN Objetivo: analizar el conocimiento producido por la investigación sobre la salud de alfabetización para adultos con VIH/SIDA. Método: una revisión integradora de la literatura, con seis bases de datos, se llevó a cabo entre enero y abril de 2014. Los descriptores SIDA y Educación de la Salud se utilizaron, en portugués, inglés y español. Se encontró un total de 130 artículos y se seleccionaron 14. Se identificaron tres categorías: tecnologías de la educación y alfabetización de la salud para el VIH/SIDA; evaluación de conocimientos sobre la salud de los pacientes con VIH/SIDA; y conocimientos sobre la salud y la adherencia a la terapia antirretroviral. Resultados: análisis de los conocimientos sobre la salud, el estatus socioeconómico y nivel educativo de las personas que viven con el VIH / SIDA era esencial para la implementación de estrategias educativas que el aumento de la adherencia a la orientación de la salud. Conclusión: Este estudio demostró la importancia de la alfabetización en salud para trabajar con personas que viven con el VIH / SIDA, especialmente teniendo en cuenta a las personas que no poseen el mínimo necesario para la supervivencia, lo que hace que sea aún más relevante y alienta la investigación sobre el tema.
Descritores: Infecções por HIV/psicologia
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Letramento em Saúde/normas
-Educação em Saúde/métodos
Educação em Saúde/normas
Promoção da Saúde/métodos
Promoção da Saúde/normas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 84 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Brasil, Virginia Visconde
Texto completo
Id: biblio-843613
Autor: Moraes, Katarinne Lima; Brasil, Virginia Visconde; Oliveira, Gabriela Ferreira de; Cordeiro, Jacqueline Andréia Bernardes Leão; Silva, Antonio Márcio Teodoro Cordeiro; Boaventura, Rafaela Peres; Munari, Denize Bouttelet; Ribeiro Canhestro, Mônica.
Título: Letramento funcional em saúde e conhecimento de doentes renais em tratamento pré-dialítico / Alfabetización funcional en salud y el conocimiento de los pacientes renales en prediálisis / Functional health literacy and knowledge of renal patients on pre-dialytic treatment
Fonte: Rev. bras. enferm;70(1):155-162, jan.-fev. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: analisar o letramento funcional em saúde (LFS) e o conhecimento sobre doença renal crônica de 60 pacientes em tratamento pré-dialítico. Método: estudo transversal. O LFS foi mensurado pelo instrumento B-TOFHLA; e o conhecimento, por questionário. Foram realizados testes de correlação de Pearson e Qui-quadrado e modelos de regressões lineares. Resultados: todos entrevistados apresentaram LFS inadequado, e a maioria apresentou conhecimento insuficiente em relação à doença e ao tratamento. Menor escolaridade foi fator preditivo para piores escores de LFS. Conhecimento insuficiente foi relacionado à idade e ao comprometimento cognitivo. Conclusão: embora não tenha sido encontrada associação entre as variáveis preditivas, a limitada capacidade de obter e usar informações relacionadas à saúde e o conhecimento insuficiente em relação à própria doença e tratamento podem contribuir para piores desfechos de DRC. São necessárias estratégias de intervenções adequadas ao limitado LFS e maior conhecimento e habilidade dos profissionais para lidar com o assunto.

RESUMEN Objetivo: analizar la alfabetización funcional en salud (AFS) y el conocimiento sobre la enfermedad renal crónica de 60 pacientes en prediálisis. Método: estudio transversal. La AFS se midió mediante un instrumento llamado B-TOFHLA, y el conocimiento se midió con un cuestionario. Se realizaron pruebas de correlación de Pearson, el chi-cuadrado, y modelos de regresión lineal. Resultados: todos los encuestados tuvieron AFS inapropiado y la mayoría tuvo conocimiento insuficiente sobre la enfermedad y el tratamiento. Un menor nivel educativo fue factor predictor de peores puntuaciones de AFS. El conocimiento insuficiente se relaciona con la edad y el deterioro cognitivo. Conclusión: aunque no se ha encontrado ninguna asociación entre las variables predictoras, la limitada capacidad para obtener y utilizar información relacionada con la salud y la falta de conocimiento sobre la enfermedad y el tratamiento pueden contribuir a resultados peores de la enfermedad renal crónica (ERC). Se requieren estrategias de intervenciones adecuadas a la limitada AFS, y al mayor conocimiento y capacidad de los profesionales para tratar el asunto.

ABSTRACT Objective: to analyze the functional health literacy (FHL), i.e., understanding and knowledge about chronic renal disease of 60 patients in pre-dialytic treatment. Method: this is a cross-sectional study. FHL was measured by B-TOFHLA; and the knowledge, by questionnaire. Pearson correlation and Chi-square tests were carried out as well as linear regression models. Results: all respondents presented inadequate FHL, and most showed insufficient knowledge about the disease and treatment. Low schooling was a predictive factor for worst FHL scores. Insufficient knowledge was related to age and compromised cognition. Conclusion: although association between predictive variables has not been found, limited capability to obtain and use health-related information and insufficient knowledge about their own condition and treatment can contribute to worse outcomes for CKD. Appropriate intervention strategies are necessary to deal with limited FHL and also greater knowledge and ability of professionals to deal with the matter.
Descritores: Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Conhecimento
Insuficiência Renal Crônica/psicologia
Letramento em Saúde/normas
-Fatores Socioeconômicos
Brasil
Distribuição de Qui-Quadrado
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Complicações do Diabetes
Insuficiência Renal Crônica/etiologia
Hipertensão/complicações
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 9 ir para página                      
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde