Base de dados : LILACS
Pesquisa : I02.233.332.445 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 7768 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 777 ir para página                         

  1 / 7768 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1050319
Autor: Costa, Silvia Maria Magalhães.
Título: Mais além da vida orgânica: a convivência como fator de prevenção do isolamento social dos idosos e de promoção de saúde / Beyond organic life: coexistence as a factor for the prevention of social isolation for the elderly and health promotion.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2019. 157 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: Entre as características marcantes da sociedade brasileira a partir de meados do século XX, o contínuo aumento da expectativa de vida opera mudanças no modo de vida social repleto de pessoas idosas que ultrapassam os 60 anos de idade e mostram que chegar à velhice não é a única meta: é preciso entender essa etapa da vida à luz da complexidade que nos cerca e transforma a maneira de ser velho. A percepção de que a convivência social diminui na velhice e afeta qualitativamente a vida dos idosos nos levou aos estudos integrantes desta pesquisa. Objetivo: Estudar as características da convivência na velhice. Metodologia: A pesquisa abrangeu quatro "pontos de observação" das formas que a convivência adquire na velhice. Cada ponto de observação suscitou processo investigativo próprio sobre a convivência, aportando diferentes contribuições, com um eixo comum: o espaço de fala dos idosos. Resultados: O primeiro ponto de observação, o artigo "Mobilização social e princípios de envelhecimento ativo como estratégias de redução de vulnerabilidade de pessoas idosas", evidenciou que o engajamento dos idosos em pesquisas proporciona bem-estar passageiro que é extinto quando termina a oportunidade para que se expressem. No segundo ponto, a "Comunidade Virtual de Idosos: observações sobre o envelhecimento em um grupo público no Facebook", o espaço ilimitado de fala dos idosos indicou o grande interesse na convivência em rede, gerador de um crescimento exponencial do número de participantes e de satisfação manifesta por muitos membros, concomitante à rejeição a situações de conflito

O terceiro ponto - intitulado "Relato de Experiência: Observação Participante em iniciativas de extensão universitária com idosos" - propiciou a análise de iniciativas de extensão universitária com participação de idosos como espaços para a convivência, aprendizagens, diversão e fonte de bem-estar. No quarto ponto de observação, o "Relato de Oficina: Eu jovem, não me preocupo com o envelhecimento", um exercício de empatia do jovem com o idoso propõe a convivência e as relações intergeracionais, como preparação da velhice futura do jovem. Considerações Finais: Esta pesquisa permite constatar que o contato regular e contínuo entre pessoas idosas resgata a convivência como parte integrante de suas vidas, restabelece o senso comunitário e afeta os participantes de diferentes formas com efeitos de prevenção do isolamento do idoso e de promoção de sua saúde. Verificamos que (1) o engajamento de idosos em pesquisas acadêmicas exclui a possibilidade de vínculo; (2) as interações baseadas em senso comunitário são geradoras de vínculo e de enfrentamento dos conflitos inerentes aos relacionamentos criados; (3) a abertura da universidade aos idosos contribui para sua participação cidadã e (4) a convivência entre as gerações pode se realizar a partir da percepção dos jovens sobre o que caracteriza a velhice
Descritores: Idoso
Envelhecimento
Promoção da Saúde
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 7768 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049793
Autor: Guzzo Júnior, Carlos Cristiano Espedito; Silva, Weber Lucas Almeida.
Título: Academias ao ar livre em Castanhal, uma opção de lazer e convívio social? o perfil e discurso do usuário / Academies outdoors in castanhal, an option of leisure and social covenant? the user's profile and speech
Fonte: Licere (Online);22(4):137-158, dez.2019. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Esta pesquisa objetivou compreender o perfil e discurso do usuário de academias ao ar livre no município de Castanhal. Esta é uma pesquisa qualitativa, tendo como instrumento de pesquisa um questionário estruturado. A pesquisa foi dividida em duas grandes etapas, sendo elas: 1- visita in loco com aplicação do questionário estruturado e do termo de livre consentimento; 2- analise dos dados coletado. A primeira etapa ocorreu nos meses de setembro e outubro de 2017. Os pontos de coleta de dados foram a Praça do Estrela e a Praça da Bíblia, tendo sido entrevistados 15 pessoas em cada praça, totalizando 30 entrevistados. Dentre os resultados obtidos temse que 70% dos usuários das AAL entrevistados são do sexo feminino, e que estes entrevistados apresentam idade média de 48,83 anos. Mais de 53% (exatamente 53,33%) estão com sobrepeso e mais de 26% estão com obesidade. É unanime o discurso de que o projeto contribui para a interação social, onde muitos dos usuários criaram laços de amizade entre si, buscando ajudar-se na realização dos exercícios e motivar para não se ausentarem das AAL. Conclui-se que as AAL em Castanhal tem grande importância, tanto para oportunizar a realização de atividades físicas pela população, bem como serem espaços de relações sociais.

This research aimed to understand the profile and discourse of the user of outdoor gyms in the municipality of Castanhal. This is a qualitative research, having as a research instrument a structured questionnaire. The research was divided into two main stages, namely: 1 - on - site visit, application of the structured questionnaire and free consent term; 2- Analysis of the data collected. The first stage occurred in September and October 2017. Data collection points were Praça do Estrela and Praça da Biblia, and 15 people were interviewed in each square, totaling 30 respondents. Among the results obtained, 70% of the AAL users interviewed are female, and that these interviewees have a mean age of 48.83 years. More than 53% (exactly 53.33%) are overweight and more than 26% are obese. It is unanimous the discourse that the project contributed to social interaction, where many of the users created bonds of friendship with each other, seeking to help in the accomplishment of the exercises and motivate not to be absent from AAL. It is concluded that the AAL in Castanhal is of great importance, both to provide opportunities for physical activities by the population, as well as spaces of social relations.
Descritores: Qualidade de Vida
Socialização
Fatores Socioeconômicos
Exercício
Área Urbana
Pesquisa Qualitativa
Promoção da Saúde
Atividades de Lazer
Limites: Seres Humanos
Adulto
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  3 / 7768 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Barros, Marilisa Berti de Azevedo
Texto completo
Id: biblio-1041367
Autor: Assumpção, Daniela de; Capitani, Caroline Dario; Rocha, Ana Carolina; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; Barros Filho, Antonio de Azevedo.
Título: Adolescent gluten intake: population-based study in a brazilian city / Ingestão de alimentos com glúten por adolescentes: estudo de base populacional em município brasileiro
Fonte: Rev. Paul. Pediatr. (Ed. Port., Online);37(4):419-427, Oct.-Dec. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Council for Scientific and Technological Development; . National Council for Scientific and Technological Development.
Resumo: ABSTRACT Objective: To estimate the prevalence of gluten intake according to demographic, socioeconomic, and health-related behavioral variables in adolescents. Methods: This is a population-based cross-sectional study with a two-stage cluster sampling, conducted in Campinas, São Paulo, in 2008-2009. Foods containing gluten were identified using a 24-hour Recall. We calculated the prevalence and adjusted prevalence ratios with multiple Poisson regression. Results: The study had a sample of 924 adolescents aged 10 to 19 years. Among the foods assessed, 26.9% (confidence interval of 95% - 95%CI 25.3-28.6) contained gluten. We found a higher prevalence of gluten intake in younger individuals (10 to 14 years), as well as in subgroups of adolescents who had a higher number of household appliances, attended school, consumed fewer beans and vegetables during the week (<4 times), and whose head of the family had better education level (≥12 years of schooling). The main food sources of gluten in their diet were: bread, cakes, and cereals (30.2%), chocolate milk (14%), chicken nuggets (12.3%), and cookies (11%). Conclusions: The results of the study show the epidemiological profile associated with gluten intake in adolescents and could support actions aimed at promoting healthy eating habits and preventing gluten-related diseases.

RESUMO Objetivo: Estimar a prevalência da ingestão de alimentos com glúten segundo variáveis demográficas, socioeconômicas e de comportamentos relacionados à saúde em adolescentes. Métodos: Trata-se de estudo transversal de base populacional, com amostra por conglomerados e em dois estágios, realizado em Campinas, São Paulo, em 2008-2009. Os alimentos com glúten foram identificados por meio do Recordatório de 24 horas. Calcularam-se prevalências e razões de prevalência ajustadas por meio de regressão múltipla de Poisson. Resultados: Participaram do estudo 924 adolescentes de dez a 19 anos. Entre os alimentos referidos, 26,9% (intervalo de confiança de 95% - IC95% 25,3-28,6) continham glúten. Prevalências superiores de ingestão de glúten foram verificadas nos indivíduos mais jovens (dez a 14 anos), bem como nos subgrupos de adolescentes cujo chefe de família era mais escolarizado (≥12 anos de estudo), nos que possuíam maior número de equipamentos domésticos na residência, nos que frequentavam a escola e naqueles que consumiam menos feijão e hortaliças durante a semana (<4 vezes). As principais fontes alimentares de glúten na dieta foram: pães, bolos e cereais (30,2%), achocolatado (14%), nuggets (12,3%) e biscoitos (11%). Conclusões: Os resultados do estudo mostram o perfil epidemiológico associado ao consumo de glúten em adolescentes e podem subsidiar ações voltadas à promoção de hábitos alimentares saudáveis e de prevenção de doenças relacionadas ao glúten.
Descritores: Comportamento do Adolescente
Dieta/estatística & dados numéricos
Glutens
-Inquéritos sobre Dietas
Estudos Transversais
Comportamento Alimentar
Dieta Saudável
Promoção da Saúde
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 7768 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lamounier, Joel Alves
Texto completo
Id: biblio-1041358
Autor: Lamounier, Joel Alves; Chaves, Roberto Gomes; Rego, Maria Albertina Santiago; Bouzada, Maria Cândida Ferrarez.
Título: Baby friendly hospital initiative: 25 years of experience in brazil / Iniciativa hospital amigo da criança: 25 anos de experiência no brasil
Fonte: Rev. Paul. Pediatr. (Ed. Port., Online);37(4):486-493, Oct.-Dec. 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To describe the experience of the 25-year-old trajectory of the Baby Friendly Hospital Initiative (BFHI) in Brazil. The first unit was implemented in 1992. Methods: Information and data were collected from publications on the World Health Organization (WHO), the United Nations International Children's Emergency Fund (UNICEF) and the Ministry of Health websites and in national and international journals, about the period 1990-2017. The descriptors used were: "iniciativa hospital amigo da criança", "hospital amigo da criança", "baby friendly initiative hospital", "aleitamento materno" and "breastfeeding". The number of hospitals in the 25 years, the course of the BFHI and its repercussions on breastfeeding in Brazil were evaluated. Results: The BFHI is an intervention strategy in hospital care at birth focused on the implementation of practices that promote exclusive breastfeeding from the first hours of life and with the support, among other measures of positive impact on breastfeeding, of the International Code of Marketing of Breastmilk Substitutes. Currently, the initiative has been revised, updated and expanded to integrate care for newborns in neonatal units and care for women since prenatal care. It can be concluded that, during these 25 years, the quantity of hospitals varied greatly, with numbers still below the capacity of hospital beds. BFHI shows higher rates of breastfeeding than non-accredited hospitals. However, the number of hospitals are still few when compared to other countries. Conclusions: The BFHI has contributed to breastfeeding in Brazil in recent decades. Greater support for public policies is needed to expand the number of accredited institutions in the country.

RESUMO Objetivo: Descrever a experiência de 25 anos da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC) no Brasil, cuja primeira unidade foi implementada em 1992. Métodos: Informações e dados foram obtidos em publicações nos sites da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Fundo Internacional de Emergência para a Infância das Nações Unidas (UNICEF) e do Ministério da Saúde e em periódicos nacionais e internacionais, abrangendo o período de 1990 a 2017. Utilizaram-se os descritores: "iniciativa hospital amigo da criança", "hospital amigo da criança", "baby friendly initiative hospital", "aleitamento materno" e "breastfeeding". Foram avaliados o número de hospitais nos 25 anos, a trajetória da IHAC e suas repercussões sobre o aleitamento materno no Brasil. Resultados: A IHAC é uma estratégia de intervenção na assistência hospitalar ao nascimento com foco na implementação de práticas que promovem o aleitamento materno exclusivo desde as primeiras horas de vida e com o apoio, entre outras medidas de impacto positivo na amamentação, do Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno. Atualmente, a iniciativa foi revisada, atualizada e expandida para integrar o cuidado aos recém-nascidos nas unidades neonatais e na atenção à mulher desde o pré-natal. Pôde-se concluir que, ao longo desses 25 anos, a quantidade de hospitais variou muito, com números ainda aquém da capacidade de leitos hospitalares. Hospitais credenciados como o Hospital Amigo da Criança mostram índices de amamentação superiores ao de hospitais não credenciados, entretanto o número de hospitais credenciados no Brasil ainda é pouco se comparado com outros países. Conclusões: A IHAC contribuiu para o aleitamento materno no Brasil nessas últimas décadas. Mais apoio pelas políticas públicas é necessário para ampliar o número de instituições credenciadas no país.
Descritores: Aleitamento Materno/métodos
Aleitamento Materno/estatística & dados numéricos
Promoção da Saúde/normas
Hospitais/normas
Cuidado do Lactente/normas
-Brasil
Melhoria de Qualidade/estatística & dados numéricos
Promoção da Saúde/métodos
Promoção da Saúde/estatística & dados numéricos
Cuidado do Lactente/métodos
Cuidado do Lactente/estatística & dados numéricos
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Recém-Nascido
Adulto
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 7768 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1041357
Autor: Freitas, Carla Kalline Alves Cartaxo; Rodrigues, Manuel Alves; Parreira, Pedro Miguel Santos Dinis; Santos, Ana Carla Ferreira Silva dos; Lima, Shirley Verônica Melo Almeida; Fontes, Viviane Santos; Freitas, João Paulo Almeida; Santos, José Marcos de Jesus; Mota, Edilene Curvelo Hora.
Título: Educational program for the promotion of knowledge, attitudes and preventive practices for children in relation to traffic accidents: experimental study / Programa educativo para promoção de conhecimentos, atitudes e práticas preventivas de crianças em relação aos acidentes de trânsito: estudo experimental
Fonte: Rev. Paul. Pediatr. (Ed. Port., Online);37(4):458-464, Oct.-Dec. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To evaluate knowledge, attitudes and preventive practices on traffic accidents in schoolchildren, before and after the implementation of a health education program. Methods: Experimental study carried out in two public schools in Northeastern Brazil. The sample was composed of 173 children from 3rd to 5th grade and was randomized into Experimental Group (EG; n=0) and Control Group (CG; n=8). The educational program was carried out at EG with the use of the educational therapeutic method (Health Magic Box). The data were obtained through the questionnaire Knowledge, Attitudes and Practices (KAP), applied at the beginning of the study, before any educational actions, and one month after the experimental treatment. Paired Student's t-test was used to compare the moments before and after the intervention in the EG and initial and final evaluation in the CG. Results: The children in the EG and CG were similar in relation to sociodemographic variables, and no significant difference was observed in the level of knowledge, attitudes and preventive practices on traffic accidents between the groups in the initial evaluation. One month after the experimental treatment, a significant improvement in knowledge was observed in EG (p=0.027). Preventive attitudes and practices were also higher in children in the EG, but without significant differences in relation to CG (p=0.060 and p=0.282, respectively). Conclusions: The educational intervention increased the level of knowledge and maintained the preventive attitudes and practices on traffic accidents at the same level in 3rd-5th grade students.

RESUMO Objetivo: Avaliar o conhecimento, as atitudes e as práticas preventivas de acidentes de trânsito entre crianças escolares antes e depois da aplicação de um programa educativo. Métodos: Estudo experimental, com abordagens descritiva e analítica, realizado em duas escolas públicas do nordeste brasileiro. A amostra foi composta de 173 crianças do 3º ao 5º ano do ensino fundamental e aleatorizada em Grupo Experimental (GE), com 90 participantes, e Grupo Controle (GC), com 83 participantes. O programa educativo foi realizado no GE com a utilização do método eduterapêutico (Health Magic Box). Os dados foram obtidos por meio do questionário Conhecimento, Atitudes e Práticas (CAP), aplicado no início da pesquisa, antes de qualquer ação educativa, e após um mês da realização do tratamento experimental. Na análise estatística foi utilizado o teste t de Student pareado para comparação entre os momentos anteriores e posteriores à intervenção no GE e avaliação inicial e final no GC. Resultados: As crianças do GE e GC mostraram-se semelhantes quanto às variáveis sociodemográficas, e não foi observada diferença significativa no nível de conhecimento, atitudes e práticas preventivas de acidentes de trânsito entre os grupos na avaliação inicial. Entretanto, ainda após um mês da realização do experimento, foi evidenciada melhora significativa no conhecimento do GE (p=0,027). As atitudes e práticas preventivas também foram superiores nas crianças do GE, porém sem diferença significativa em relação ao GC (p=0,060 e p=0,282, respectivamente). Conclusões: A intervenção educativa aumentou o nível de conhecimento e manteve as atitudes e práticas preventivas de acidentes de trânsito estabilizadas em estudantes de 3º a 5º ano.
Descritores: Acidentes de Trânsito/prevenção & controle
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Prevenção de Acidentes/métodos
Promoção da Saúde/métodos
-Brasil
Avaliação de Resultados (Cuidados de Saúde)
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 7768 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Mauro, Maria Yvone Chaves
Texto completo
Id: biblio-1009804
Autor: Mauro, Maria Yvone Chaves; Rebelo, Alcione Morais dos Santos; Ferreira, Alexandra de Oliveira Matias; Sper, Nathalia Pey Tournillon; Santos, Maria Isabel Silva; Gallasch, Cristiane Helena.
Título: Trabalho noturno e alterações de peso corporal autopercebidas pelos profissionais de enfermagem / Night work and self-perceived body weight changes among nursing professionals / Trabajo nocturno y alteraciones en el peso corporal según los trabajadores de enfermería
Fonte: Rev. enferm. UERJ;27::e31273, jan.-dez. 2019. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: avaliar as alterações de peso corporal em trabalhadores de enfermagem do turno noturno. Metodologia: estudo quantitativo, exploratório, descritivo, realizado em um hospital federal de grande porte do Rio de Janeiro. Foram estudadas variáveis sóciodemográficas; influências do turno noturno sobre o organismo e índice de massa corporal, após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da instituição. Resultados: os 89 trabalhadores de enfermagem apresentaram ganho de peso médio de aproximadamente 20Kg a partir da admissão no turno noturno, sendo que os enfermeiros referiram maior influência da ausência de sono sobre o organismo, e maior exaustão quando comparados aos dados das demais categorias. Conclusão: considerando as desordens hormonais e os impactos sociais do serviço noturno, é imprescindível a implementação de mudanças para uma cultura prevencionista, seja por programas institucionais ou pesquisas intervencionistas, capazes de desenvolver medidas que conduzam ao autorreconhecimento e à promoção do bem-estar físico, mental e social dos trabalhadores de enfermagem.

Objective: to evaluate body weight changes in nursing workers on the night shift. Methodology: this quantitative, exploratory, descriptive study, conducted at a large federal hospital in Rio de Janeiro, after approval of the institution's research ethics committee, considered socio-demographic variables, influence of the night work on the organism, and body mass index. Results: average weight gain among the 89 nursing workers was approximately 20kg since admission to night work, and nurses reported greater influence of lack of sleep on the body, and greater exhaustion as compared with data on the other categories. Conclusion: considering the hormonal disorders and social impacts of night work, it is essential to implement changes towards a culture of prevention, through either institutional programs or interventionist research able to develop measures that lead to self-recognition and promotion of nursing workers' physical, mental and social wellbeing.

Objetivo: evaluar las alteraciones de peso corporal en trabajadores de enfermería del turno nocturno. Metodología: estudio cuantitativo, exploratorio, descriptivo, realizado en un gran hospital federal en Río de Janeiro. Se estudiaron las variables sociodemográficas, la influencia reportada de la guardia nocturna en el organismo y el índice de masa corporal, tras la aprobación del Comité de Ética de Investigación de la Institución. Resultados: Los 89 trabajadores de enfermería tuvieron un aumento de peso promedio de aproximadamente 20 kg desde el ingreso en el turno nocturno, y los enfermeros informaron una mayor influencia de la falta de horas dormidas sobre el cuerpo y un mayor agotamiento en comparación con los datos de las otras categorías. Conclusión: Teniendo en cuenta los trastornos hormonales y los impactos sociales del servicio nocturno, es esencial implementar cambios hacia una cultura de prevención, ya sea a través de programas institucionales o de investigación intervencionista, capaces de desarrollar medidas que conduzcan al auto reconocimiento y a la promoción del bienestar físico, mentales y social de los trabajadores de enfermería.
Descritores: Saúde do Trabalhador
Sobrepeso/prevenção & controle
Jornada de Trabalho em Turnos/efeitos adversos
Jornada de Trabalho em Turnos/psicologia
Promoção da Saúde
Assistência Noturna
-Análise Qualitativa
Sobrepeso
AMERICAN MEDICAL ASSOCIATIONACEDAPSONE
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  7 / 7768 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-985126
Autor: Wolf, Vaneza Lira Waldow; Samur-San-Martin, Juan Eduardo; Sousa, Suzy Ferreira de; Santos, Hemerson Dinis Oliveira; Folmann, Augusto Gerhart; Ribeiro, Roberto Régis; Guerra-Júnior, Gil.
Título: Efetividade de programas de intervenção para obesidade com base em orientações para escolares adolescentes: revisão sistemática / Effectiveness of obesity intervention programs based on guidelines for adolescent students: systematic review
Fonte: Rev. Paul. Pediatr. (Ed. Port., Online);37(1):110-120, Jan.-Mar. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: Verificar a efetividade de intervenções educacionais baseadas na orientação sobre atividade física e nutrição em escolares. Fonte de dados: Foi realizada busca sistemática em quatro bancos e bases de dados eletrônicos, com artigos publicados entre outubro de 2007 e janeiro de 2017 que abordaram a realização de intervenções educacionais com ênfase em educação nutricional e atividade física ou exercício físico em escolares com idades entre 10 e 19 anos. Síntese dos dados: Foram selecionados 12 artigos para esta revisão. Desses estudos, quatro incluíram a intervenção educacional; quatro associaram intervenções educacionais à inclusão de alimentos saudáveis e atividade física; dois estudos relacionaram as orientações e a atividade física; e, por fim, dois ligaram as orientações com o consumo de alimentos saudáveis. Conclusões: As intervenções baseadas na orientação de atividade física e/ou nutrição foram eficientes, com resultados superiores nos estudos que associaram a prática de atividade física à orientação. Entretanto, observou-se a necessidade da realização de novos estudos que abordem as intervenções educacionais em escolares.

ABSTRACT Objective: To verify the effectiveness of educational interventions based on guidance on physical activity and nutrition in schoolchildren. Data sources: A systematic search was carried out in four electronic databases containing articles published between October 2007 and January 2017 and addressing educational interventions with emphasis on both nutritional education and physical activity in schoolchildren and adolescents aged 10 to 19 years. Data synthesis: Twelve articles were selected for this review, of which four included only educational interventions; four made and association between educational interventions, inclusion of healthy foods and physical activity; two made a relation between guidelines and physical activity; and finally, two associated guidelines with consumption of healthy foods. Conclusions: Interventions based on physical activity and/or nutrition counseling were efficient and showed superior results in studies that associated the practice of physical activity with counseling. However, the need for new studies on educational interventions among schoolchildren and adolescents was made evident.
Descritores: Política Nutricional
Promoção da Saúde/métodos
-Exercício
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Guias como Assunto
Obesidade/fisiopatologia
Obesidade/prevenção & controle
Obesidade/psicologia
Limites: Seres Humanos
Criança
Adolescente
Adulto Jovem
Tipo de Publ: 57788
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 7768 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-676073
Autor: Quintino, Thiago Dias; Mattos, Augustus Tadeu Relo de; Barbosa, Debora Cristina Modesto; Forster, Aldaísa Cassanho.
Título: As contribuições do assistente social no campo da promoção da saúde: desafios e possibilidades / The contributions of the social worker in the of health promotion: challenges and opportunities
Fonte: Rev. APS;15(3), set. 12.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo toma por objeto de estudo a contribuição do Assistente Social na promoção da saúde. Tomando por base os parâmetros da atuação dos assistentes sociais na saúde, buscamos identificar como sua prática ocorre, propondo ações que possam potencializar a garantia dos direitos sociais das pessoas que utilizam os serviços de saúde, propiciando maior autonomia e promoção social aos usuários do SUS. A partir de um redimensionamento nas ações dos profissionais do serviço social, particularmente, no campo da promoção da saúde, coloca-se como um desafio refletir de que maneira o assistente social poderá contribuir efetivamente para a promoção da saúde nos municípios, valendo-se de uma de suas competências, ou seja, o desenvolvimento do papel de articulador entre uma rede intersetorial e interdisciplinar.

This article focuses on studying the contribution of the social worker in health promotion. Based on the parameters for social worker actions in the health area, we seek to identify how their practice takes place, proposing actions that could strengthen the guarantee of social rights for people who use the health services, providing greater autonomy and social advancement to users of the Unified Health System (SUS). From a resizing on the activities of social service professionals, particularly in the of health promotion, a challenge is raised to consider how social workers can effectively contribute to health promotion in municipalities, drawing on one of their competencies, that is, developing the coordination role within an intersectoral and interdisciplinary network.
Descritores: Serviço Social
Promoção da Saúde
-Política de Saúde
Serviços de Saúde
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  9 / 7768 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Alencar, Jerônimo Farias de
Texto completo
Id: lil-676061
Autor: Mendes, Isabelle; Alencar, Jerônimo Farias de.
Título: As dimensões das estratégias de promoção de saúde em equipes de saúde da família no município de João Pessoa/PB / The dimension sofhealth promotion strategies in family health team sin the city of João Pessoa/PB
Fonte: Rev. APS;15(3), set. 12. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A presente pesquisa se propôs vislumbrar a Estratégia Saúde da Família e sua pertinencia em relação aos processos da Promoção da Saúde. Objetivando-se reconhecer as estratégias das praticas das equipes de saúde da família, foram direcionados questionário e entrevista aos trabalhadores de saúde em 20 Unidades Saúde da Família da rede de atenção basica do municipio de João Pessoa ? PB, de modo que também utilizamos o método de construção do discurso do sujeito coletivo. Considerando a carta de Ottawa, 1986, que diz que a promoção da saúde consiste em reduzir as diferenças no atual estado da saúde, assegurar a igualdade de oportunidades e promover os meios que permitam a toda a população desenvolver ao máximo sua saúde potencial; constatou-se que as equipes do estudo percebem que se não houver a aliança com os outros setores da sociedade as praticas desenvolvidas nas unidades são insuficientes, apontando que a relação intersetorial é mínima a qual só existe através de comunicação protocolar, de solicitações, enfim, de modo burocrático, não havendo discussão entre os setores. A partir da construção do discurso coletivo dos agentes comunitários de saúde e enfermeiros identificamos que o conceito de saúde é ampliado e de que, embora, pratiquem atividade de cunho promotor da saúde, existem determinantes sociais concretos que inviabilizam tais praticas, como falta de saneamento básico, desemprego etc. Concluimos que a estratégia da Promoção da saúde é ainda carente da articulação transversal dos setores sociais e que os processos em torno do promover saúde estão em construção na Estratégia Saúde da Família.

This study intended to shed some light on the Family Health Strategy and its relevance to the processes of Health Promotion. Aiming to recognize the strategies of family health team practices, questionnaires and interviews were directed to health workers in 20 Family Health Units of the primary care network in the municipality of João Pessoa - PB, and so we also used the method of construction of the collective subject discourse. Considering the Ottawa Charter, 1986, which says that health promotion consists of reducing differences in the current health status, ensuring equal opportunities, and promoting the means to enable all people to develop to their maximum health potential, we found that the study teams realize that if there are no alliances with other sectors of society, the practices developed in the units are insufficient, noting that the intersectoral relationship is minimal, limited to what exists solely via protocol-conforming communication, from requests, ultimately, of a bureaucratic order, with no discussion between the sectors. From the construction of the collective discourse of the community health workers and nurses we identified that the concept of health is broadened and that, although theyengage in activitiesto promotehealth, there are clearly defined social determinants that prevent such practices, such as lack of sanitation, unemployment, etc. We conclude that the strategy of health promotion is still lacking coordination across social sectors and that the processes focused on promoting health are under construction in the Family Health Strategy.
Descritores: Saúde da Família
Promoção da Saúde
-Nível de Saúde
Estratégia Saúde da Família
Assistência à Saúde
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  10 / 7768 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-676075
Autor: Brunetto, Sara; Tanara, Vogel; Jandrey, Circe Maria; Bauer, Mariana da Silva; Lima, Lena Azevedo de.
Título: Consulta coletiva Saúde no Prato: uma (entre outras) possibilidade de formação/assistência no contexto da Atenção Primária à Saúde / Collective assistance Saúde no Prato: one (among others) possibilities of education/assistance in Primary Health Care context
Fonte: Rev. APS;15(3), set. 12.
Idioma: pt.
Resumo: Relatar a construção de uma experiência de formação/assistência no contexto da Atenção Primária em Saúde contemporânea é a proposta deste trabalho. ?Saúde no Prato? é uma modalidade coletiva de acompanhamento nutricional, com atuação interdisciplinar. Seu público alvo é composto por usuários de uma Unidade de Saúde adultos e idosos que necessitam de orientações sobre alimentação saudável. A experiência nessa modalidade de atendimento embasou a construção de um livro, o qual constitui um artefato pedagógico a ser utilizado futuramente em ações educativas. O relato tem o propósito de divulgar essa modalidade de atendimento, estimular a construção de novas propostas de trabalho em saúde que lancem mão de tecnologias leves e ação interdisciplinar, embasadas nos conceitos da Atenção Primária a Saúde.

The objective of this article is to describe the construction of an educational/assistance experience in the contemporary Primary Health Care context. We worked with an intervention called ?Saúde no Prato?, defined as a collective and interdisciplinary modality of nutritional treatment. The goal of this intervention is to work in a Health Unit environment with adult and elderly patients who need guidance on healthy nutrition. The experience in this assistance modality was the basis for assembling a book, constituting a teaching device to be used in future educational activities. The report intends to describe this assistance modality and stimulate the framing of new proposals for health intervention projects that make use of soft technology and interprofessional actions, based on Primary Health Care concepts.
Descritores: Educação Alimentar e Nutricional
-Atenção Primária à Saúde
Promoção da Saúde
Relações Interpessoais
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central



página 1 de 777 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde