Base de dados : LILACS
Pesquisa : I02.783 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1822 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 183 ir para página                         

  1 / 1822 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-829053
Autor: Santos Vital Alves Coelho, Luana; Roner Vilanova Novais, Felipe; Armaneli Macedo, Giulia; Nunes Neves dos Santos, Júlia; Lara Sousa, Vinícius; Mattos Mendes, Luis Augusto; Morais dos Reis, Daniel; Caetano Romano, Márcia Christina.
Título: Educational software and improvement of first grade school students' knowledge about prevention of overweight and obesity / Software educativo y mejoramiento del conocimiento de los escolares sobre la prevención del sobrepeso y la obesidade / Software educativo e melhoria do conhecimento de escolares sobre prevenção de sobrepeso e obesidade
Fonte: Invest. educ. enferm;34(2):351-359, June 2016. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective.To evaluate the effects of educational software to improve first grade school students' knowledge about prevention of overweight and obesity. Methods. This non-controlled trial with a before-and-after evaluation was carried out in an school located in the municipality of Divinópolis (Brazil) among 71 students aged 6 to 10 years. The educational software about prevention of overweight and obesity was designed and then validated. The educational intervention comprised the use of the software. Before and after of the intervention we applied a questionnaire based on the Ten Steps to Healthy Eating for Children, proposed by the Brazilian Ministry of Health. Results. Comparing the times before and after application of the educational software, we observed statistically significant differences in proportion of questions answered correctly by first grade school students, mainly concerning daily eating of healthy and unhealthy food, adequate preparation of food and importance of exercise. Conclusion. This study highlights the importance of educational actions using software to build knowledge of first grade school students about prevention of overweight and obesity.

Objetivo.Evaluar los efectos de la utilización de un software educativo en el mejoramiento del conocimiento de los escolares sobre la prevención del sobrepeso y la obesidad. Métodos. Ensayo no controlado con evaluaciones antes y después, realizado en una escuela municipal de Divinópolis (Brasil). Participaron 71 escolares con edades entre 6 y 10 años. El software educativo sobre prevención del sobrepeso y la obesidad se construyó y validó. La intervención educativa estuvo constituida por la utilización del software. Antes y después de la intervención se aplicó un cuestionario basado en los Diez pasos de la alimentación saludable de los niños, propuesta por el Ministerio da Salud. Resultados. Comparando los momentos antes y después de la utilización del software educativo, se observaron diferencias estadísticamente significativas en la proporción de preguntas contestadas correctamente por los escolares, en especial, en lo que se refiere a ingesta diaria de alimentos saludables y no saludables, preparación adecuada de alimentos y la importancia de la actividad física. Conclusión. El presente estudio resalta la importancia de las acciones educativas mediante la utilización de un software en la construcción de conocimiento en los escolares acerca de la prevención del sobrepeso y de la obesidad.

Objetivo.Avaliar os efeitos da utilização de um software educativo na melhoria de conhecimento dos escolares sobre prevenção de sobrepeso e obesidade. Métodos. Ensaio não controlado com avaliação antes e depois, realizada em uma escola municipal de Divinópolis (Brasil). Participaram 71 escolares com idade entre 6 e 10 anos. O software educativo sobre prevenção de sobrepeso e obesidade foi construído e validado. A intervenção educativa foi constituída pela utilização deste software. Antes e depois da intervenção foi aplicado um questionário baseado nos Dez Passos da Alimentação Saudável da Criança, proposta pelo Ministério da Saúde. Resultados. Comparando os momentos antes e depois da utilização do software educativo se observaram diferenças estatisticamente significativas na proporção de perguntas respondidas corretamente pelos escolares, especialmente no que se refere à ingesta diária de alimentos saudáveis e não saudáveis, preparação adequada de alimentos e importância da atividade física. Conclusão. O presente estudo ressalta a importância das ações educativas por meio de um software na construção de conhecimento dos escolares acerca da prevenção de sobrepeso e obesidade.
Descritores: Instituições Acadêmicas
Software
Criança
Educação em Saúde
Sobrepeso
Obesidade
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO103.1 - Biblioteca


  2 / 1822 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1156957
Autor: Durán, Adriana Beatriz Rodríguez; Muro, María Marta.
Título: Género y juventudes Argentinas: ¿de qué estamos hablando cuando hablamos de "el problema del embarazo adolescente"? / Gender and Argentine youth: what are we talking about when we speak of "the problem of adolescent pregnancy"? / Gênero e juventudes Argentinas: do que estamos falando quando falamos sobre "o problema da gravidez na adolescência"?
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(36):51-73, dez. 2020.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Este artículo buscará echar luz acerca del embarazo adolescente como problema. A través de un recorrido histórico por fuentes bibliográficas, periodísticas y de un corpus de le- yes, se intentará dar cuenta de la naturalización propia del enfoque habitual en esta temática. Un punto central en la pregunta que nos orientará, concierne a la inclusión de la voz de lxs involucradxs, con el fin de pensar estrategias para acompañarlxs en ese momento (entendién- dose como una necesidad imperiosa para lxs mismxs).

Abstract This article examines the issue of adolescent pregnancy as a problem. Through a historical journey across journalistic sources and a legal corpus, the authors show the current naturalization when this topic is addressed. A guiding issue is the inclusion of the voices of those involved, to think about strategies that keep them company (which is understood as an important demand from the adolescents).

Resumo Este artigo examina o "problema da gravidez na adolescência". Por meio de um per- curso histórico por fontes bibliográficas, jornalísticas e um corpus de leis, tentaremos mostrar a naturalização da abordagem tradicional sobre o tema da gravidez ocorrida na adolescência. A questão que nos orienta levará em consideração a inclusão da voz dos envolvidos/as no que se refere a pensar estratégias para acompanhá-los/as (entendendo isso como uma necessidade imperiosa para os/as mesmos/as).
Descritores: Gravidez na Adolescência/etnologia
Instituições Acadêmicas
Poder Familiar
Sexualidade
Estigma Social
Identidade de Gênero
-Paternidade
Argentina
Política
Política Pública
Direitos Sexuais e Reprodutivos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Gravidez
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  3 / 1822 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890401
Autor: Silva, Jorge Luiz da; Oliveira, Wanderlei Abadio de; Mello, Flávia Carvalho Malta de; Andrade, Luciane Sá de; Bazon, Marina Rezende; Silva, Marta Angélica Iossi.
Título: Revisão sistemática da literatura sobre intervenções antibullying em escolas / Anti-bullying interventions in schools: a systematic literature review
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;22(7):2329-2340, Jul. 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este artigo apresenta uma revisão sistemática da literatura referente a intervenções rigorosamente planejadas e avaliadas na redução do bullyin escolar. O levantamento dos artigos foi realizado em quatro bases de dados (Lilacs, Psycinfo, Scielo e Web of Science) orientado pela questão norteadora: Em relação ao bullyin, quais são as intervenções empreendidas para a sua redução nas escolas? Foram incluídos somente estudos do tipo caso-controle, com foco específico no bullyin escolar e sem recorte temporal. A qualidade metodológica das investigações foi avaliada por meio do check-list SIGN. No total, 18 artigos compuseram o corpus de análise da revisão e todos foram avaliados como de alta qualidade metodológica. As intervenções realizadas nos estudos revisados foram subdividas em quatro categorias: multidimensionais ou em toda a escola, treinamento de habilidades sociais, curriculares e informatizadas. A revisão sintetiza conhecimentos que podem ser utilizados para pensar práticas e programas de intervenção no Brasil, nas áreas da educação e da saúde, com caráter multiprofissional.

Abstract This paper presents a systematic literature review addressing rigorously planned and assessed interventions intended to reduce school bullying. The search for papers was performed in four databases (Lilacs, Psycinfo, Scielo and Web of Science) and guided by the question: What are the interventions used to reduce bullying in schools? Only case-control studies specifically focusing on school bullying without a time frame were included. The methodological quality of investigations was assessed using the SIGN checklist. A total of 18 papers composed the corpus of analysis and all were considered to have high methodological quality. The interventions conducted in the revised studies were divided into four categories: multi-component or whole-school, social skills training, curricular, and computerized. The review synthesizes knowledge that can be used to contemplate practices and intervention programs in the education and health fields with a multidisciplinary nature.
Descritores: Instituições Acadêmicas
Bullying/prevenção & controle
Habilidades Sociais
-Projetos de Pesquisa
Comunicação Interdisciplinar
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 1822 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890453
Autor: Mello, Flávia Carvalho Malta; Silva, Jorge Luiz da; Oliveira, Wanderlei Abadio de; Prado, Rogério Ruscitto do; Malta, Deborah Carvalho; Silva, Marta Angélica Iossi.
Título: A prática de bullying entre escolares brasileiros e fatores associados, Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar 2015 / The practice of bullying among Brazilian schoolchildren and associated factors, National School Health Survey 2015
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;22(9):2939-2948, Set. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O estudo objetivou verificar associações entre a prática de bullying com variáveis sociodemográficas, de saúde mental e de comportamentos de risco em escolares. O inquérito, de corte transversal, analisa dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE 2015). Foi realizada análise de regressão logística múltipla para verificar fatores associados à prática de bullying. O autorrelato de praticar bullying foi referido por 19,8% (IC95% 19,5-20,0) dos estudantes. A prática foi mais frequente entre os que estudam na escola privada, cujas mães têm maior escolaridade, moram com os pais, os quais trabalham. Entre as características da saúde mental foi mais frequente a prática de bullying entre os que relatam solidão, insônia e não ter amigos. Dentre as características da família, os que relatam apanhar de familiares e os que faltam as aulas sem comunicar a família praticam mais bullying. A prática de bullying foi mais frequente em quem relata uso de tabaco, álcool, experimentar drogas e em escolares que relatam ter tido relação sexual. Neste cenário, os dados indicam que a prática do bullying é aspecto relevante que interfere no processo ensino-aprendizagem e na saúde dos escolares. Tornando-se necessário enfrentar no contexto da intersetorialidade e do protagonismo juvenil.

Abstract This study explored associations between bullying and sociodemographic, mental health and risk behavior variables in school age children. This cross-sectional survey analyzed data from the National School Health Survey (PeNSE 2015). A multiple logistic regression analysis checked for factors associated with bullying. Nineteen point eight percent (95%CI 10.5 - 20.0) of the students claimed they practiced bullying. The practice of bullying was more common among students enrolled in private schools, those living with their parents, and those whose mothers have more years of schooling and are gainfully employed (28.1% CI 27.3-28.8). In terms of mental health characteristics, bullying was more common among those feeling alone, suffering from insomnia and with no friends. Looking at family characteristics, those reporting they are physically punished by family members (33.09% CI 33.1-34.6) and miss school without telling their family (28.4% 95% CI 27.9-29.0) are more likely to practice bullying. Bullying was more frequent among those reporting tobacco, alcohol and drug use, and among students claiming to have had sexual relations. The data shows that bullying is significant and interferes in school children's health and the teaching-learning process. This must be addressed looking at youth as protagonists and in an inter-sectoral context.
Descritores: Assunção de Riscos
Estudantes/estatística & dados numéricos
Saúde Mental
Bullying/estatística & dados numéricos
-Serviços de Saúde Escolar
Instituições Acadêmicas
Fatores Socioeconômicos
Brasil/epidemiologia
Modelos Logísticos
Características da Família
Estudos Transversais
Inquéritos Epidemiológicos
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 1822 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890461
Autor: Sousa, Girliani Silva de; Santos, Marília Suzi Pereira dos; Silva, Amanda Tabosa Pereira da; Perrelli, Jaqueline Galdino Albuquerque; Sougey, Everton Botelho.
Título: Revisão de literatura sobre suicídio na infância / Suicide in childhood: a literatura review
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;22(9):3099-3110, Set. 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Objetivou-se analisar a literatura específica sobre os fatores associados ao comportamento suicida em crianças com até 14 anos. Trata-se, portanto, de uma revisão integrativa sobre este tema. Os dados foram coletados nas bases de dados PubMed e Psycinfo, a partir dos seguintes descritores: "risk of suicide"; "children"; "suicide"; "childhood". O tempo de publicação foi limitado ao período de 1980 a 2016. Um total de 29 artigos preencheu os critérios de elegibilidade e, portanto, foram selecionados e analisados. Os resultados indicaram haver associação do suicídio com fatores neurobiológicos, escolares, sociais e mentais, dentre eles destaca-se o papel da impulsividade. Além disso, evidenciou-se que a maioria dos fatores de vulnerabilidade ao comportamento suicida podem ser prevenidos desde que sejam identificados e a criança receba tratamento psicológico e médico. Conclui-se que conflitos familiares, problemas na escola, bullying, impulsividade e depressão estão associados ao suicídio na infância. Adicionalmente, a escassez de pesquisas no âmbito nacional acerca da temática do suicídio pode contribuir para a invisibilidade desse tema na instauração de programas de promoção e tratamento de saúde.

Abstract This is an integrated review of specific literature on the main factors associated to suicidal behavior in children under 14 years. Data were retrieved from PubMed and PsycInfo databases for the 1980-2016 period, with the following descriptors: "risk of suicide"; "children"; "suicide"; "childhood". Twenty-nine papers complied with the eligibility criteria of the review and were thus selected and analyzed. Results pointed to an association of suicide with neurobiological, school-related, social and mental factors, among which the role of impulsivity stands out. In addition, results found show that most of suicidal behavior-vulnerable factors are preventable insofar as they are identified and the child receives psychological and medical treatment. We conclude that family conflicts, school-related problems, bullying, impulsivity and depression are associated with childhood suicide. In addition, the scarce national research on suicide can contribute to the invisibility of this theme when establishing health promotion and treatment programs.
Descritores: Suicídio/psicologia
Tentativa de Suicídio/psicologia
Ideação Suicida
-Instituições Acadêmicas
Depressão/epidemiologia
Conflito Familiar/psicologia
Bullying/estatística & dados numéricos
Promoção da Saúde
Comportamento Impulsivo
Limites: Humanos
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 1822 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Martins, Raul Aragäo
Texto completo
Id: biblio-890472
Autor: Dallo, Luana; Martins, Raul Aragão.
Título: Associação entre as condutas de risco do uso de álcool e sexo desprotegido em adolescentes numa cidade do Sul do Brasil / Association between the risk of alcohol use and unprotected sex in adolescents in a city in the southern region of Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(1):303-314, Jan. 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo deste artigo é analisar as condutas de uso abusivo de álcool e sexo desprotegido e a associação entre ambos em escolares numa cidade do Sul do Brasil. Trata-se de um estudo transversal e de abordagem quantitativa com 590 alunos do Ensino Médio em duas escolas públicas. Quanto ao uso do álcool, 14% pontuaram de 8 a 40 no The Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT), o que significa, no mínimo, uma conduta de beber de risco, com índice maior entre rapazes. Além disso, 31,1% beberam de modo a se embriagar, o que significa beber 6 ou mais doses, segundo o AUDIT; e, mesmo dentre aqueles que são bebedores de baixo risco, 21,1% tiveram esse padrão de beber. Em relação ao comportamento sexual, os rapazes iniciaram o intercurso sexual mais precocemente e o tipo de relacionamento mais referido foi o ficar; os rapazes ficam, e as moças namoram mais. Quanto ao resultado da associação entre uso de álcool e relação sexual, 47,3% declararam já ter usado álcool antes de ter relações sexuais e aqueles que iniciaram a atividade sexual se embriagaram mais e tiveram maior pontuação no AUDIT. Recomendam-se novos estudos a respeito da associação entre ambas as condutas no Brasil, já que a relação causal não é clara e apresenta diversos modelos de explicação.

Abstract This paper aims to analyze alcohol abuse and unprotected sex and the association between them in students in a city in the southern region of Brazil. This is a cross-sectional study using a quantitative approach with 590 secondary school students from two public schools. Regarding alcohol use, 14% scored from eight to 40 in The Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT), which means, at least, a risky drinking behavior, with higher rate among boys. Moreover, 31.1% indulged themselves in binge drinking, which means drinking six or more doses according to AUDIT; and even among those who are low- risk drinkers, 21.1% had this drinking pattern. Regarding sexual behavior, young boys started sexual life earlier and the kind of relationship more referred to by them is one with no commitment; boys have uncommitted relationships, while girls have more relationships with commitment. In relation to the results of the association between alcohol use and sexual intercourse, 47.3% stated alcohol use before having sex, and those who started sexual activity got more drunk and had higher scores in the AUDIT. New studies are recommended regarding the association between both behaviors in Brazil, considering that the causal relationship is not clear and shows several explanation models.
Descritores: Comportamento Sexual/estatística & dados numéricos
Consumo de Bebidas Alcoólicas/epidemiologia
Comportamento do Adolescente
Sexo sem Proteção/estatística & dados numéricos
-Assunção de Riscos
Instituições Acadêmicas
Estudantes/estatística & dados numéricos
Brasil/epidemiologia
Fatores Sexuais
Estudos Transversais
Bebedeira/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 1822 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890469
Autor: Bitar, Mariangela Lopes; Calaço Sobrinho, Luiz Ferreira; Simões-Zenari, Marcia.
Título: Ações para a melhoria do conforto acústico em instituições de educação infantil / Noise in early childhood education institutions
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(1):315-324, Jan. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Elevados níveis de pressão sonora têm sido observados em escolas e, por sua interferência na saúde das crianças e professores, teve-se por objetivo analisar esses níveis em centros de educação infantil que atendem crianças com idades entre zero e seis anos, investigar a percepção dos funcionários quanto à exposição ao ruído e identificar a audição desses trabalhadores. O estudo foi realizado em dez instituições que empregam 320 trabalhadores. Os níveis de pressão sonora foram medidos segundo as normas técnicas, os funcionários preencheram questionário sobre a percepção do ruído e passaram por avaliação auditiva. Observou-se elevado nível de pressão sonora e diferenças entre as instituições, situações e locais. A maioria dos funcionários se considerou exposta ao ruído com dificuldades de atenção e concentração, ansiedade e dor de cabeça. Cerca de 30% dos funcionários apresentaram perda auditiva neurossensorial bilateral em frequências específicas. Os níveis de pressão sonora encontrados podem comprometer a aprendizagem das crianças e a saúde de todos. Os funcionários percebem o ruído e indicam prejuízos em sua rotina de trabalho. Ações para melhorar o conforto acústico nessas instituições foram discutidas e estão sendo implementadas.

Abstract High sound pressure levels have been observed in schools, and its interference in the health of children and teachers it was taken to analyze these levels in childhood education centers serving children aged zero to six years, investigate the staff's perceptions concerning noise exposure and identify the auditory conditions of these workers and the occurrence of diseases. The study was conducted in ten institutions employing 320 workers. Sound pressure levels were measured according to the technical norms; employees completed a questionnaire on the perception of noise and underwent auditory evaluation. There was high sound pressure level and differences between institutions, situations and places. Most employees are considered exposed to noise with attention and concentration difficulties, anxiety and headache. About 30% of employees had bilateral sensorineural hearing loss in specific frequency. The sound pressure levels found can affect children's learning and the health of all. The employees also perceived elevated levels of noise and indicated some possible negative aspects in their work routine. Actions to improve the acoustic comfort in these institutions will be discussed with the management teams.
Descritores: Instituições Acadêmicas/estatística & dados numéricos
Monitoramento Ambiental/métodos
Exposição Ambiental/análise
Ruído/efeitos adversos
-Percepção
Brasil
Inquéritos e Questionários
Exposição Ocupacional/efeitos adversos
Professores Escolares/estatística & dados numéricos
Perda Auditiva Provocada por Ruído/epidemiologia
Perda Auditiva Neurossensorial/epidemiologia
Ruído Ocupacional/efeitos adversos
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Estudo Multicêntrico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 1822 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890492
Autor: Horta, Cristina Lessa; Horta, Rogério Lessa; Mester, Ariela; Lindern, Daniele; Weber, João Luís Almeida; Levandowski, Daniela Centenaro; Lisboa, Carolina Saraiva de Macedo.
Título: Bullying e uso de substâncias psicoativas na adolescência: uma revisão sistemática / Bullying and psychoactive substance use during adolescence: a systematic review
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(1):123-140, Jan. 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Bullying e uso de substâncias psicoativas são fenômenos prevalentes entre adolescentes e apontados como problemas de saúde que podem comprometer o desenvolvimento de todos os envolvidos. Esse estudo de revisão sistemática da literatura pretendeu identificar em que medida o envolvimento em situações de bullying e uso de substâncias psicoativas na adolescência se associam, além de verificar se há diferenças em relação ao papel social do bullying. A partir da busca de artigos empíricos publicados entre janeiro de 2009 e dezembro de 2014, em sete bases de dados eletrônicas, foram identificados 585 registros. Aplicados os critérios de inclusão e de exclusão, restaram 40 estudos que foram analisados a partir do seu delineamento, características da amostra e resultados obtidos sobre a relação entre bullying e uso de substâncias psicoativas. A maioria dos estudos é de delineamento quantitativo transversal, com amostras mistas, de meninos e meninas, sendo a escola o local onde esses fenômenos têm sido preferencialmente estudados. Evidenciou-se associação entre perpetração de bullying e uso de substâncias para adolescentes de ambos os sexos. Em relação à vitimização por bullying, não foi possível precisar a direção e a caracterização da relação com o uso de substâncias.

Abstract Bullying and psychoactive substance abuse are prevalent phenomena among adolescents and identified as health problems that may jeopardise the development of all those involved. This systematic review of the literature aims to identify the extent to which involvement in bullying and psychoactive substance use during adolescence are associated, as well as check for differences regarding the social roles of bullying. From the search for empirical articles published between January 2009 and December 2014 in seven electronic databases, 585 records were identified. After the criteria for inclusion and exclusion were applied, the remaining 40 studies were analyzed based on the design, characteristics of the sample and results of the relationship between bullying and psychoactive substance use. Most studies are quantitative and cross-sectional, and they showed mixed samples of boys and girls in the school environment, which was the place where the phenomena are studied by preference. The association between the perpetration of bullying and psychoactive substance use for adolescents of both sexes is revealed. In relation to victimization by bullying, it was not possible to determine the direction and characterization of the relationship with psychoactive substance use.
Descritores: Vítimas de Crime/estatística & dados numéricos
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/epidemiologia
Bullying/estatística & dados numéricos
-Psicotrópicos/administração & dosagem
Psicotrópicos/efeitos adversos
Instituições Acadêmicas
Prevalência
Comportamento do Adolescente
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 1822 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1102447
Autor: Bulhões, Larissa Figueiredo Salmen Sexlack; Asbahr, Flávia da Silva Ferreira.
Título: Formação de gestoras escolares: contribuições teórico-práticas da psicologia histórico-cultural / Formation of school managers: theoretical-practical contributions of historical-cultural psychology / Informe de experiencia: Formación de gestoras escolares: contribuciones teórico-prácticas de la psicología histórico-cultural
Fonte: Psicol. Estud. (Online);22(4):647-653, out.-dez. 2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: Relata-se neste estudo a experiência de formação de gestoras escolares pautada nos pressupostos teóricos da psicologia histórico-cultural. A intervenção ocorreu como uma das ações do Projeto Educação Sem Fronteiras (PESF) ­parceriaentre a Secretaria Municipal da Educação e o departamento de psicologia de uma universidade estadual paulista no atendimento às escolas da rede que apresentam baixos índices de IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Realizaram-se reuniões mensais de estudo com as gestoras das seis escolas participantes e com representantes do departamento pedagógico da Secretaria Municipal de Educação. As temáticas dos encontros foram estabelecidas a partir da demanda do grupo, o qual elegeu como objetivos dosestudos: 1. compreender a produção de motivos e interesses para a aprendizagem dos/as alunos/as e 2. compreender como se forma e se desenvolve a atividade de estudo como atividade principal na idade escolar. Adotou-se como estratégia de articulação teórico-prática a proposição de tarefas de estudo sobre os temas discutidos em cada encontro, tendo como referência o conceito de tarefa de estudo de Davydov e Markova (1987). Os resultados apontam que a aplicação dos pressupostos teóricos da psicologia histórico-cultural às demandas concretas de organização do ensino no cotidiano escolar possibilita a superação da tradicional dicotomia entre teoria e prática na formação docente e promove a construção de novas diretrizes para o fazer pedagógico.

This work reports the experience of training school managers based on the theoretical assumptions of historical-cultural psychology. The intervention took place as one of the actions of the Project Education Without Borders (PESF) -a partnership between the Municipal Secretary of Education and the psychology department of a state University of São Paulo in assisting schools that have low IDEB (Basic Education Development Index). Study meetings were held monthly with the managers of the six participating schools and with representatives of the pedagogical department of the Municipal Secretary of Education. The themes of the meetings were established based on the demand of the group, which chose as study goals: 1. understanding the production of motives and interests for the students' learning and 2. understanding how the study activity is formed and developed as a main activity at school age. As a strategy of theoretical-practical articulation, the proposition of study tasks on the themes discussed in each meeting was adopted. As a reference, the concept of study task of Davydov and Markova (1987) was used. The results point out that the application of the theoretical assumptions of historical-cultural psychology to the concrete demands of the organization of teaching in the daily school life makes it possible to overcome the traditional dichotomy between theory and practice in teacher education and promotes the construction of new guidelines for pedagogical practice.

Se informa la experiencia de formación de gestoras escolares guiada por los supuestos teóricos de la psicología histórico-cultural. La intervención se llevó a cabo como una de las acciones del Proyecto Educación sin Fronteras (PESF) -una asociación entre la Secretaria Municipal de Educación y el departamento de psicología de una universidad estatal de São Paulo en la asistencia a las escuelas que tienen bajas tasas de IDEB (Índice de Desarrollo de la Educación básica). Hubo reuniones de estudio mensuales con las gestoras de las seis escuelas participantes y representantes del departamento pedagógico de la Secretaría Municipal de Educación. Los temas de las reuniones se establecieron a partir de la demanda del grupo, que ha elegido como objetivos de los estudios: 1. Comprender la producción de motivos e intereses para el aprendizaje de los estudiantes; 2. entender cómo se forma y desarrolla la actividad de estudio como actividad principal en la edad escolar. Fue adoptado como estrategia de articulación teórica y práctica la proposición de tareas de estudio sobre los temas tratados en cada reunión. Se utilizó el concepto de tarea de estudio de Davydov y Markova (1987). Los resultados muestran que la aplicación de los principios teóricos de la psicología histórico-cultural a las demandas específicas de la organización de la enseñanza en la rutina escolar permite superar la tradicional dicotomía entre la teoría y la práctica en la formación del profesorado y promueve la construcción de nuevas directrices para la práctica docente.
Descritores: Capacitação de Professores
-Psicologia/educação
Instituições Acadêmicas
Ensino/psicologia
Educação/métodos
Docentes/educação
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  10 / 1822 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Reichenheim, Michael Eduardo
Texto completo
Id: biblio-890517
Autor: Agathão, Beatriz Tosé; Reichenheim, Michael Eduardo; Moraes, Claudia Leite de.
Título: Qualidade de vida relacionada à saúde de adolescentes escolares / Health-related quality of life of adolescent students
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(2):659-668, Fev. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar a percepção de qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) de adolescentes escolares. Trata-se de um estudo transversal com 807 adolescentes entre 10 e 17 anos de duas escolas públicas de Niterói e quatro privadas do Rio de Janeiro e São Gonçalo. As informações sobre QVRS foram obtidas através da versão reduzida do instrumento Kidscreen com 27 itens. Testes T de Student foram usados para avaliar a percepção de QVRS, estratificada por tipo de escola, sexo, faixa etária e posse de bens. Modelos de regressão linear foram realizados para a avaliação de cenários de QVRS. De modo geral, os adolescentes avaliados apresentam uma boa QVRS. No entanto, os resultados revelam diferenças significativas na percepção de cada dimensão da QVRS entre os subgrupos. Adolescentes de escolas privadas tiveram melhor QVRS, em comparação aos de escolas públicas em todas as dimensões do Kidscreen-27. Os adolescentes mais velhos, os de escola pública e aqueles com menor posse de bens apresentaram valores mais baixos de QVRS na maior parte das dimensões, particularmente na dimensão 'Autonomia e Relação com os Pais'. A divulgação do perfil diferenciado de QVRS entre adolescentes é o primeiro passo para a elaboração de estratégias de ação no ambiente escolar que priorize grupos mais vulneráveis.

ABSTRACT This study aimed to evaluate the perception of health related quality of life (HRQoL) of adolescent students. This is a cross-sectional study with 807 adolescents aged 10 to 17 years from two public schools of Niteroi and four private schools of Rio de Janeiro and São Gonçalo. Information on HRQoL was obtained by a reduced version of the Kidscreen questionnaire with 27 items. Student t tests were used to assess the perception of HRQoL stratified by type of school, gender, age and ownership of assets. We used linear regression models to evaluate HRQoL settings. In general, the evaluated adolescents evidenced a good HRQoL. However, results show significant differences in the perception of each HRQoL realm between subgroups. Private school adolescents had better HRQoL compared to public schools in all Kidscreen-27 realms. Older adolescents, those from public school and those with lower ownership of assets had lower HRQoL values in most realms, particularly in the 'Autonomy and Relationship with Parents' realm. Disclosure of the differentiated profile of HRQoL among adolescents is the first step towards developing action strategies in the school environment that prioritize the most vulnerable groups.
Descritores: Relações Pais-Filho
Qualidade de Vida
Nível de Saúde
-Instituições Acadêmicas
Fatores Socioeconômicos
Brasil
Modelos Lineares
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Fatores Etários
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 183 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde