Base de dados : LILACS
Pesquisa : I03.946.225 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 55 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 55 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1284448
Autor: Paraguay: Ministerio de Salud Pública y Bienestar, Centro Médico Nacional, Hospital Nacional, Comité de Admisión.
Título: Reglamento general del Comité de Admisión / General regulation of the Admission Committee.
Fonte: Itauguá; El Ministerio; 1997. 22 p. (PY).
Idioma: es.
Símbolo: PY.
Resumo: El Centro Médico Nacional- Hospital Nacional es un centro de alta complejidad y considerando que el nivel de atención en centros de esta naturaleza está en relación directa con el grado de preparación científico-técnica y las cualidades éticas del personal que lo compone, surge que la selección de su personal debe basarse estrictamente en la Constitución Nacional, en las Leyes y reglamentos de la República y en los modelos de selección de personal universalmente aceptados para su óptimo funcionamiento. El reglamento general del Hospital Nacional dispone la creación, a instancias de la Junta Directiva Consultiva, del Comité de Admisión para seleccionar correctamente al personal que ingresará al Centro Médico Nacional, optimizando los servicios de la institución, eligiendo los postulantes más idóneos.

The Centro Médico nacional-Hospital Nacional is a highly complex center and considering that the level of care in centers of this nature is directly related to the degree of scientific-technical preparation and the ethical qualities of the staff that compose it, it appears that the The selection of its personnel must be strictly based on the National Constitution, the Laws and regulations of the Republic and the universally accepted personnel selection models for its optimal functioning. The general regulations of the Hospital Nacional provide for the creation, at the request of the Advisory Board of Directors, of the Comité de Admisión to correctly select the personnel who will enter the Centro Médico Nacional, optimizing the services of the institution, choosing the most suitable applicants.
Descritores: Administração de Recursos Humanos/legislação & jurisprudência
Seleção de Pessoal/normas
Seleção de Pessoal/ética
Constituição e Estatutos
-Admissão e Escalonamento de Pessoal/legislação & jurisprudência
Controle Social Formal/métodos
Padrão de Cuidado
Hospitais Especializados/organização & administração
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: PY92.1 - Biblioteca
PY92.1; 614, P212


  2 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1252385
Autor: Baia, Wania Regina Mollo.
Título: Rotatividade dos profissionais de enfermagem durante a fase de implementação de uma Instituição de saúde de alta complexidade / Turnover of nursing staff during the implementation of a highly complex health institution.
Fonte: São Paulo; s.n; 2014. 192 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: O desenvolvimento desta pesquisa aborda as questões relacionadas à rotatividade dos profissionais de enfermagem durante a fase de implementação de uma Instituição oncológica. Objetivos: Subsidiar, após o reconhecimento situacional, um plano factível de retenção de pessoal de enfermagem. Método: Trata-se de pesquisa de abordagem quanti-qualitativa do tipo Estudo de Caso, composto por duas etapas: quantitativa, em que foi calculada a taxa de rotatividade e de variação do quadro dos profissionais de enfermagem, por categoria profissional, nos anos de 2008 a 2011 e; qualitativa, em que foi realizada a análise das 598 entrevistas de desligamento, referentes ao mesmo período. A análise e a interpretação dos dados tiveram como base a análise de conteúdo segundo Bardin. Os dados qualitativos foram subsidiados por duas grandes vertentes, sendo que a primeira vertente compreendeu as seguintes Categorias Analíticas: condições de trabalho; remuneração e benefícios; chefia e treinamento e desenvolvimento. A segunda vertente de análise, composta pelas Categorias Empíricas, advindas dos discursos das entrevistas de desligamento: dinâmica de trabalho; condições de trabalho; capacitação e treinamento; relacionamento com colegas de trabalho e relacionamento da chefia com subordinado. Resultados: Os resultados permitiram, segundo a análise quantitativa verificar que as taxas de rotatividade acumuladas, no período de 2008 até 2011, foram elevadas, podendo-se ressaltar que o déficit de pessoal, a cada ano, se tornou evidente, visto que as admissões eram realizadas, porém não se alcançava a meta de contratação do número de profissionais programado por ano, devido aos constantes desligamentos dos profissionais de enfermagem.A análise qualitativa das 598 entrevistas de desligamento (442 de profissionais demissionários e 156 de demitidos) mostrou que entre os principais motivos dos desligamentos destacam-se a insatisfação referentes à: remuneração e benefícios; transferência de setor; promoção interna e de plano de carreira e relacionamento da chefia com subordinados. A análise das Categorias Empíricas permitiu resgatar, além dos itens já destacados nas Categorias Analítícas, outros motivos/causas de desligamento, sendo: nova proposta de trabalho; carga horária; horário de trabalho e dinâmica de trabalho, sendo que, neste último item, os discursos revelaram que os profissionais sentem dificuldades e sofrem para se adaptarem à rotina de um hospital oncológico. Os discursos relacionados à sobrecarga de trabalho e à pressão no cuidado do paciente oncológico foram descritos como fatores geradores de estresse e, considerados como relevantes e determinantes dos desligamentos. Conclusão: Este estudo, além de explicar o ônus que a rotatividade de pessoal de enfermagem traz para a Instituição, para a gerência e para a assistência, mostra, também, como o profissional percebe e sofre com essa problemática decidindo, em última instância, pelo seu desligamento da Instituição. Com os dados encontrados será possível subsidiar um plano factível de retenção de profissionais de enfermagem de um hospital oncológico.

Introduction: This research addresses issues related to the turnover of nursing staff during the implementation of an oncology institute. Aims: Subsidize, after situational awareness, a feasible plan for retaining the nursing staff. Method: This is a Case Study based on the quantitative-qualitative approach, comprising two stages: quantitative, in which the nursing turnover and variation rates have been calculated by the professional category for the period from 2008 to 2011; and qualitative, in which 598 exit interviews related to the same period have been analyzed. Data have been analyzed and interpreted according to Bardins Content Analysis. Qualitative data were subsidized by two major strands, being the first one comprised by the following Analytical Categories: work conditions; compensation and benefits; management; and training and development. The second analytical strand was comprised by Empirical Categories, resulting from discourses of exit interviews: work dynamics; work conditions; capacity building and training; relationship among coworkers; and manager-employee relationship. Results: Based on a quantitative analysis, the results showed that the accumulated turnover rates for the period from 2008 to 2011 were high, demonstrating a deficit of personnel at each year, since there were admissions, but the hiring goal was not achieved due to constant employment terminations of the nursing staff. The qualitative analysis of 598 exit interviews (442 professionals resigned and 156 were dismissed) showed that the main reasons for employment termination were dissatisfaction related to: compensation and benefits; relocations to other departments; internal promotion and career plan and manager-employee relationship.The analysis of Empirical Categories allowed to identify, in addition to the items highlighted under Analytical Categories, other reasons/causes for employment termination, such as: new work proposal; workload; working hours and work dynamics, and in this last item, discourses revealed that employees face difficulties and it is hard for them to adapt to the routine of an oncology hospital. Discourses related to work overload and to the pressure in the care of oncology patients were described as factors that cause stress and considered relevant drivers for employment terminations. Conclusion: This study, in addition to explaining the burden that the turnover of nursing staff brings to the institution, the management and the assistance, also shows how professionals perceive and suffer with this problem, deciding, ultimately, to end their employment relationship. With the findings, it will be possible to subsidize a feasible plan for retaining the nursing staff of an oncology hospital.
Descritores: Admissão e Escalonamento de Pessoal
-Institutos de Câncer
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  3 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1016423
Autor: Mosca, Ana María.
Título: El trabajo nocturno podría asociarse a mayor incidencia de enfermedad coronaria / Night shift work may be associated with a greater incidence of coronary disease
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;21(2):61-61, jul. 2018. tab..
Idioma: es.
Descritores: Tolerância ao Trabalho Programado
Doença da Artéria Coronariana/epidemiologia
Enfermeiras e Enfermeiros/estatística & dados numéricos
-Admissão e Escalonamento de Pessoal/estatística & dados numéricos
Fatores de Tempo
Estados Unidos
Doença da Artéria Coronariana/etiologia
Modelos de Riscos Proporcionais
Estudos Prospectivos
Inquéritos e Questionários
Seguimentos
Medição de Risco
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  4 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1151306
Autor: São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde.
Título: Instrutivos para unidades básicas de saúde: agendamento da demanda de cirurgias, consultas de especialidades e exames / Instructional for basic health units: scheduling the demand for surgeries, specialty consultations and exams.
Fonte: São Paulo; SMS; 20200000.
Idioma: pt.
Descritores: Admissão e Escalonamento de Pessoal
Infecções por Coronavirus
-Especialização
Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR59.2 - Núcleo de Documentação


  5 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011850
Autor: Montzel, Denise Renani von Brixen; Costa, Bruna Vieira de Lima; Silva, Flávia Moraes.
Título: Ganho de peso por década entre trabalhadores de um hospital público: estudo de coorte histórica / Weight gain in public hospital workers: a retrospective cohort study
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(7):2453-2460, jul. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo do estudo foi avaliar as modificações no perfil nutricional dos trabalhadores de um hospital público por três décadas e sua associação com fatores ocupacionais. Estudo de coorte histórica com trabalhadores ativos em 2013 admitidos em três períodos. Foram coletados dados sociodemográficos, de peso e de estatura, e calculado o índice de massa corporal (IMC) do exame admissional e de dois exames periódicos/década. Avaliados 386 trabalhadores (76,4% mulheres, 88,1% de cor de pele branca e 29,3±7,3 anos). A média do peso corporal e do IMC da admissão foram maiores naqueles admitidos em 2000 (P = 66,3 ± 12,5 kg; IMC = 21,3 ± 2,5 kg/m2), em comparação àqueles admitidos em 1980 (P = 56,7 ± 10,2 kg; IMC=21,3 ± 2,5 kg/m2) e 1990 (P = 62,2 ± 11,5 kg; IMC = 22,9 ± 3,3 kg/m2). A variação do peso e do IMC/década foi maior nos trabalhadores admitidos em 2000, em comparação com aqueles admitidos em 1990 e 1980. Quando essa comparação foi estratificada por sexo, a diferença na variação do peso e do IMC/década foi observada apenas nos homens. Turno de trabalho e categoria profissional não foram associados com a variação do peso corporal e IMC. O aumento ponderal e do IMC refletem a transição nutricional observada no País, o que reforça a necessidade de vigilância nutricional e educação continuada desses trabalhadores.

Abstract This study assessed changes in the nutrition profile of public hospital workers over a period of three decades and the association between nutritional status and occupational factors. A retrospective cohort study was conducted with staff taken on in 1980, 1990, and 2000 still working in the hospital in 2013. The following data was obtained from staff records: sociodemographic characteristics; and body weight and height, recorded during pre-employment and periodic medical examinations. The latter was used to calculate body mass index (BMI).The final sample consisted of 386 workers (76.4% women and 88.1% white) with a mean age of 29.3 ± 7.3 years. Mean body weight and BMI at admission were highest in the 2000 cohort (W = 66.3 ± 12.5kg; BMI = 21.3 ± 2.5 kg/m2), compared to 1980 (W = 56.7 ± 10.2 kg; BMI = 21.3 ± 2.5 kg/m2)and 1990 (W = 62.2 ± 11.5 kg; BMI = 22.9 ± 3.3 kg/m2) cohorts. Variation in weight and BMI between the pre-employment examination and final periodic examination was highest in the 2000 cohort. When stratified by sex, this difference in variation was observed only in men. No association was found between variation in body weight and BMI and work shift and occupation. The increase in weight and BMI reflects the nutritional transition in Brazil, underscoring the need for nutritional surveillance and the implementation of health education programs directed at staff.
Descritores: Recursos Humanos em Hospital/estatística & dados numéricos
Ganho de Peso
Estado Nutricional
Saúde do Trabalhador
-Admissão e Escalonamento de Pessoal/estatística & dados numéricos
Peso Corporal
Índice de Massa Corporal
Estudos Retrospectivos
Estudos de Coortes
Hospitais Públicos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135786
Autor: Gonçalves, Soraia; Silva, Isabel; Veloso, Ana.
Título: Trabalho por turnos e vida familiar e social na perspectiva dos/as filhos/as / Trabajo por turnos y vida familiar y social en la perspectiva de los/las hijos/as / Shift work and its impacts on family life and social life from childrens perspective
Fonte: Psicol. Estud. (Online);25:e48999, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO. Nos estudos sobre o impacto do trabalho por turnos nos domínios social e familiar é mais comum os efeitos serem estudados ao nível do/a trabalhador/a e na sua própria perspectiva. Tendo em consideração tal constatação, o presente estudo pretende compreender o impacto do trabalho por turnos na esfera familiar e social, tendo em conta a perspectiva dos/as filhos/as de trabalhadores/as por turnos. Participaram no estudo 19 filhos/as de trabalhadores/as por turnos. A recolha de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada, tendo esta abordado temas como tempo em família, comunicação ou acompanhamento escolar. De um modo geral, os resultados indicaram a existência quer de impactos negativos (tempo em família, educação parental, acompanhamento escolar, atividades regulares, atividades pontuais e comunicação), quer de impactos positivos (acompanhamento escolar, atividades pontuais) ou, sem percepção de impacto, nas áreas avaliadas. O impacto percepcionado pelos/as filhos/as nas diferentes áreas avaliadas está em boa medida dependente do tipo de horário de trabalho a que está sujeito o progenitor que labora por turnos e da flexibilidade permitida ou não pela organização na gestão dos horários de trabalho (ex., possibilidade ou não de permutas).

RESUMEN. En los estudios del impacto del trabajo por turnos en los dominios social y familiar es más común que sean estudiados al nivel del trabajador y en su propia perspectiva. Teniéndolo en consideración, este estudio tiene como objetivo comprender el impacto del trabajo por turnos en el ámbito familiar y social, teniendo en cuenta la perspectiva de los/as hijos/as de los trabajadores/as por turnos. La recogida de datos se realizó por intermedio de entrevista semi estructurada, abordando temas como tiempo en familia, comunicación o seguimiento escolar. De un modo general, los resultados indicaron la existencia tanto de impactos negativos (tiempo en familia, educación parental, seguimiento escolar, actividades regulares, actividades puntuales y comunicación) como de impactos positivos (seguimiento escolar, actividades puntuales) o, sin percepción de impacto, en las áreas evaluadas. El impacto decepcionado por los/as hijos/as en las diferentes áreas evaluadas esta depende en gran parte del tipo de horario de trabajo del progenitor que trabajo por turnos y de la flexibilidad permitida o no por la organización en la gestión de los horarios de trabajo (ej. Posibilidad o no de permutas).

ABSTRACT. In researches about the impact shift work has on the social and family domains, the effects are more commonly studied from the workers perspective. Bearing this in mind, the present research intends to understand the impacts of shift work on the family and social domains in the perspective of shift workers' children. Nineteen children from shift working parents took part in this research. Data was collected through a semi-structured interview addressing topics such as family time, communication, and school support. In general, the results indicate negative effects (family time, parental education, school support, regular activities, occasional activities, and communication), positive effects (school support, follow-up occasional activities), or no effects perceived in the areas evaluated. The impacts perceived by children in the different areas evaluated are largely dependent on the parents' type of work schedule, flexibility allowed, and the management of working hours (e.g., possibility of exchange shifts or not).
Descritores: Equilíbrio Trabalho-Vida
Jornada de Trabalho em Turnos/psicologia
-Relações Pais-Filho
Admissão e Escalonamento de Pessoal
Ajustamento Social
Relações Familiares/psicologia
Relações Mãe-Filho/psicologia
Categorias de Trabalhadores/psicologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  7 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135790
Autor: Silva, Nathália dos Santos; Sousa, Johnatan Martins; Nunes, Fernanda Costa; Farinha, Marciana Gonçalves; Bezerra, Ana Lúcia Queiroz.
Título: Desafios na operacionalização dos projetos terapêuticos singulares nos centros de atenção psicossocial / Desafíos en la operacionalización de proyectos terapéuticos en centros de atención psicosocial / Challenges in the operationalization of singulartherapeutic projects in psychosocial care centers
Fonte: Psicol. Estud. (Online);25:e49996, 2020.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO O objetivo deste trabalho foi descrever como os profissionais operacionalizam os projetos terapêuticos singulares (PTS) em Centros de Atenção Psicossocial. Para isso, foi desenvolvida uma pesquisa de abordagem qualitativa de caráter descritivo e exploratório com 58 profissionais de sete Centros de Atenção Psicossocial situados em três municípios do Estado de Goiás, Brasil. A coleta de dados foi feita por meio de grupos focais e registros em diário de campo submetidos à análise temática de conteúdo. A análise dos dados revelou as seguintes categorias temáticas: processos de trabalho relacionados ao Projeto Terapêutico Singular; Influência da lógica ambulatorial no Projeto Terapêutico Singular. Sendo assim, foi revelada a percepção da importância dos PTS para os profissionais, mas a falta de organização e sistematização dos mesmos, sendo que a sua realização sequer existia em alguns dos serviços pesquisados. Concluímos que os profissionais reconhecem a lógica dos projetos terapêuticos singulares como importante para refletir cuidado psicossocial, entretanto a elaboração ainda é precária, médico-centrada e as ofertas de atividades terapêuticas restritas ao interior dos Centros de Atenção Psicossociais. A realidade evidenciada aponta para a necessidade de investimento em Educação Permanente em Saúde para qualificar os processos de trabalho nos CAPS desenvolvidos pelos diversos profissionais que neles atuam, por meio da sistematização dos PTS, de modo a garantir cuidado psicossocial como promotor de cuidado em liberdade. Isso possibilitará maior efetividade de reinserção social e, ainda, a avaliação dos resultados obtidos.

RESUMEN. El objetivo de este trabajo fue describir cómo los profesionales operan proyectos terapéuticos singulares (STP) en los Centros de Atención Psicosocial. Para ello, se desarrolló una investigación cualitativa de carácter descriptivo y exploratorio con 58 profesionales de siete Centros de Atención Psicosocial ubicados en tres municipios del Estado de Goiás, Brasil. La recolección de datos se llevó a cabo por intermedio de grupos focales y registros de diarios de campo sometidos a análisis de contenido temático. El análisis de datos reveló las siguientes categorías temáticas: procesos de trabajo relacionados con el Proyecto Terapéutico Singular; Influencia de la lógica ambulatoria en el Proyecto Terapéutico Singular. Así, se reveló la percepción de la importancia del STP para los profesionales, pero la falta de organización y sistematización de los mismos, y su realización ni siquiera existía en algunos de los servicios encuestados. Llegamos a la conclusión de que los profesionales reconocen la lógica de proyectos terapéuticos singulares como importantes para reflejar la atención psicosocial, sin embargo, la preparación aún es precaria, centrada en lo médico y la oferta de actividades terapéuticas restringidas al interior de los Centros de Atención Psicosocial. La realidad evidenciada apunta a la necesidad de invertir en Educación Permanente en Salud para calificar los procesos de trabajo en los CAPS desarrollados por los diversos profesionales que trabajan en ellos, por intermedio de la sistematización de STP, para garantizar la atención psicosocial como promotor de la atención en libertad. Esto permitirá más efectividad de la reintegración social y también la evaluación de los resultados obtenidos.

ABSTRACT. This work aimed to describe how professionals operate Singular Therapeutic Projects (STP) in Psychosocial Care Centers. For this, qualitative research with a descriptive and exploratory nature was developed with 58 professionals from seven Psychosocial Care Centers located in three municipalities in the State of Goiás, Brazil. Data collection was carried out through focus groups and field diary records submitted to thematic content analysis. Data analysis revealed the following thematic categories: Work processes related to the Singular Therapeutic Project; Influence of ambulatory logic on the Singular Therapeutic Project. Thus, the perception of the importance of STP for professionals was revealed. However, their lack of organization and systematization, and the STP elaboration did not even exist in some of the services surveyed. We conclude that professionals recognize the logic of Singular Therapeutic Projects as important to reflect psychosocial care, even though the elaboration is still precarious, medically-centered, and the offer of therapeutic activities restricted to the interior of Psychosocial Care Centers (known in Brazil as Centros de Atenção Psicossociais - CAPS). The evidenced reality points to the need for investment in Permanent Education in Health to qualify the work processes developed in the CAPS by the various professionals who work in them, through the systematization of STP, in order to guarantee psychosocial care as a promoter of care in freedom. This will enable greater effectiveness of social reintegration and also the evaluation of the results obtained.
Descritores: Terapêutica/psicologia
Pessoal Técnico de Saúde/psicologia
Serviços de Saúde Mental
-Admissão e Escalonamento de Pessoal
Competência Profissional
Acolhimento
Intervenção Médica Precoce
Modelos de Assistência à Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  8 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-898235
Autor: Serafim, Clarita Terra Rodrigues; Dell'Acqua, Magda Cristina Queiroz; Castro, Meire Cristina Novelli e; Spiri, Wilza Carla; Nunes, Hélio Rubens de Carvalho.
Título: Severity and workload related to adverse events in the ICU / Gravedad y carga de trabajo relacionadas a eventos adversos en UTI / Gravidade e carga de trabalho relacionadas a eventos adversos em UTI
Fonte: Rev. bras. enferm;70(5):942-948, Sep.-Oct. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To analyze whether an increase in patient severity and nursing workload are correlated to a greater incidence of adverse events (AEs) in critical patients. Method: A prospective single cohort study was performed on a sample of 138 patients hospitalized in an intensive care unit (ICU). Results: A total of 166 AEs, occurred, affecting 50.7% of the patients. Increased patient severity presented a direct relationship to the probability of AEs occurring. However, nursing workload did not present a statistically significant relationship with the occurrence of AEs. Conclusion: The results cast light on the importance of using evaluation tools by the nursing personnel in order to optimize their daily activities and focus on patient safety.

RESUMEN Objetivo: Analizar si el aumento de la gravedad del paciente y la carga de trabajo de enfermería está relacionada con mayor incidencia de Eventos Adversos (EAs) en pacientes críticos. Método: Estudio de cohorte única, prospectivo, con muestra de 138 pacientes internados en una Unidad de Terapia Intensiva (UTI). Resultados: En total, fueron evidenciados 166 EAs, incidiendo sobre 50,7% de los pacientes. El aumento de la gravedad del paciente mostró relación directa con la posibilidad de ocurrencia de EAs. Sin embargo, la carga de trabajo de enfermería no demostró relación estadísticamente significativa en la ocurrencia de EAs. Conclusión: Los resultados permiten reflexionar sobre la importancia del equipo de enfermería, en utilizar instrumentos de evaluación, con el objeto de mejorar y planificar sus acciones diarias, enfocándose en la seguridad del paciente.

RESUMO Objetivo: Analisar se o aumento da gravidade do paciente e a carga de trabalho de enfermagem está relacionado à maior incidência de Eventos Adversos (EAs) em pacientes críticos. Método: Estudo de coorte única, prospectivo, com amostra de 138 pacientes internados em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Resultados: Ao todo, foram evidenciados 166 EAs, que acometeram 50,7% dos pacientes. O aumento da gravidade do paciente apresentou relação direta com a chance de ocorrência de EAs. Entretanto, a carga de trabalho de enfermagem não apresentou relação estatisticamente significativa, na ocorrência de EAs. Conclusão: Os resultados permitem refletir acerca da importância da equipe de enfermagem, em utilizar instrumentos de avaliação, com o objetivo de melhorar e planejar suas ações diárias, com foco na segurança do paciente.
Descritores: Carga de Trabalho/normas
Erros Médicos/estatística & dados numéricos
Gravidade do Paciente
-Admissão e Escalonamento de Pessoal/normas
Admissão e Escalonamento de Pessoal/estatística & dados numéricos
Estudos Prospectivos
Estudos de Coortes
Carga de Trabalho/estatística & dados numéricos
Estado Terminal/enfermagem
Estado Terminal/epidemiologia
Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos
Segurança do Paciente/normas
Segurança do Paciente/estatística & dados numéricos
Unidades de Terapia Intensiva/organização & administração
Unidades de Terapia Intensiva/estatística & dados numéricos
Pessoa de Meia-Idade
Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Vannuchi, Marli Terezinha Oliveira
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1127994
Autor: Tironi, Nayara Mizuno; Silva, Larissa Gutierrez de Carvalho; Dellaroza, Mara Solange Gomes; Haddad, Maria do Carmo Lourenço; Vannuchi, Marli Terezinha Oliveira.
Título: Repercussões gerenciais da rotatividade de pessoal na ótica de enfermeiros: pesquisa exploratória / Management impact of staff turnover in the view of nurses: an exploratory study / Repercusiones gerenciales de la rotatividad del personal en la visión de los enfermeros: investigación exploratoria
Fonte: Online braz. j. nurs. (Online);13(4):549-558, dez. 2014.
Idioma: en; es; pt.
Resumo: A rotatividade de profissionais afeta o trabalho do enfermeiro, logo como os enfermeiros gerenciam a rotatividade de profissionais na sua equipe? OBJETIVO: identificar as percepções de enfermeiros sobre o gerenciamento da rotatividade de trabalhadores de enfermagem em sua unidade de atuação. MÉTODO: estudo descritivo, exploratório e com abordagem qualitativa, realizado com enfermeiros que atuavam em unidades de internação de um hospital universitário público. RESULTADOS: Os discursos apontam para uma preocupação com a qualidade da assistência prestada, a sobrecarga de trabalho, competências desenvolvidas e a gestão de pessoas. DISCUSSÃO: mudanças no quadro de pessoal suscitam no gestor pontos a serem observados no seu processo de trabalho, como supervisão mais atenta com o trabalhador recém-admitido e educação em serviço acarretando sobrecarga de trabalho. Os achados sugerem que a rotatividade afeta o processo de trabalho, sendo essas mudanças vivenciadas e gerenciadas de diferentes formas, de acordo com a singularidade de cada enfermeiro.

The staff turnover affects the work of the nurse, so how do the nurses manage staff turnover in their team? AIM: To identify the perceptions of nurses of the management of the turnover of nursing staff in their operational units. METHOD: A descriptive exploratory study with a qualitative approach, conducted with nurses working in the inpatient units of a university hospital. RESULTS: The testimonies indicate a concern with the quality of care provided, work overload, developed skills and staff management. DISCUSSION: Changes in personnel show to the managers new points to note in their work process, as a more active supervision to the newly admitted workers and service training, which results in a work overload. The findings suggest that job turnover affects the work process, and these changes are experienced and managed in different ways, according to each nurse.

La rotatividad de profesionales afecta el trabajo del enfermero, entonces surge la pregunta de cómo los enfermeros gerencia la rotatividad de los profesionales en su equipo. OBJETIVO: identificar las percepciones de los enfermeros sobre el gerenciamiento de la rotatividad de los trabajadores de enfermería en su unidad de actuación. MÉTODO: estudio descriptivo, exploratorio y con abordaje cualitativo, realizado con enfermeros que actuaban en unidades de internación de un hospital universitario público. RESULTADOS: los discursos apuntan para una preocupación con la calidad de la asistencia prestada, la sobrecarga de trabajo, competencias desarrolladas y la gestión de personas. DISCUSIÓN: cambios en la plantilla del personal suscitan en el gestor puntos a ser observados en su proceso de trabajo, como supervisión más atenta con el trabajador recién admitido y la educación en servicio acarreando sobrecarga de trabajo. Los hallazgos sugieren que la rotatividad afecta el proceso de trabajo, siendo estos cambios vivenciados y gerenciados de diferentes formas, de acuerdo con la singularidad de cada enfermero.
Descritores: Reorganização de Recursos Humanos
Supervisão de Enfermagem
Enfermeiras e Enfermeiros
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/organização & administração
Equipe de Enfermagem/organização & administração
-Admissão e Escalonamento de Pessoal/organização & administração
Qualidade da Assistência à Saúde
Tomada de Decisões Gerenciais
Mercado de Trabalho
Hospitais Universitários
Limites: Humanos
Responsável: BR1342.1 - Biblioteca da Escola de Enfermagem BENF


  10 / 55 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Martino, Milva Maria Figueiredo de
Texto completo
Id: lil-664099
Autor: Mendes, Sandra Soares; Martino, Milva Maria Figueiredo De.
Título: Trabalho em turnos: estado geral de saúde relacionado ao sono em trabalhadores de enfermagem / Shift work: overall health state related to sleep in nursing workers / Trabajo por turnos: estado general de salud relacionado al sueño de trabajadores de enfermería
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;46(6):1471-1476, dez. 2012. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi identificar os sintomas referentes ao estado geral de saúde associado ao trabalho em turnos de enfermagem e relacioná-los com a qualidade do sono. O estudo foi realizado no Hospital da Irmandade da Santa Casa de Poços de Caldas, Minas Gerais. Participaram 136 profissionais de enfermagem, com média de idade de 33,1 anos, divididos nas seguintes categorias: enfermeiro (8,1%); técnico de enfermagem (80,9%); auxiliar de enfermagem dos turnos diurno e noturno (11%). Os sintomas de saúde foram identificados a partir do Inventário de Estado Geral de Saúde, e a qualidade do sono foi avaliada pelo Diário do Sono. Os dados foram estatisticamente significativos pelo Teste Qui-Quadrado (p=0,021) para a presença do sintoma de flatulência ou distensão abdominal no turno noturno. Constatou-se com a análise de regressão linear múltipla que os sujeitos do turno diurno que apresentaram os sintomas de má digestão (às vezes ou sempre) e irritabilidade (sempre) tiveram pior qualidade de sono noturno.

The objective of this study was to identify the symptoms related to the overall health status associated with shift work in nursing and relate it to the quality of sleep. The study was performed at Hospital da Irmandade da Santa Casa in Poços de Caldas, Minas Gerais State. The participants were 136 nursing professionals, of an average age of 33.1 years, divided into the following categories: nurse (8.1%); nurse technician (80.9%); and nursing aides working the day and night shifts (11%). The health symptoms were identified based on the Overall Health Status Inventory, and quality of sleep was evaluated based on sleep logs. The Chi-Square test showed statistical significance (p=0.021) for the presence of flatulence and abdominal distension during the night shift. Multiple linear regression analysis revealed that subjects working the day shift who experienced symptoms of poor digestion (sometimes or always) and irritability (always) had a poorer quality of sleep.

Se objetivó identificar síntomas referentes al estado general de salud asociado al trabajo por turnos de enfermería y relacionarlos con la calidad del sueño. Realizado en Hospital de la Hermandad de Santa Casa de Poços de Caldas, estado de Minas Gerais. Participaron (n=136) profesionales de enfermería, con media etaria de 33,1 años, divididos en las categorías: enfermero 8,1%, técnico de enfermería 80,9%, auxiliar de enfermería 11,0% de turnos diurno y nocturno. Los síntomas de salud se identificaron mediante Inventario General de Salud y la calidad de sueño se evaluó por Diario del Sueño. Datos estadísticamente significativos según test Chi-Cuadrado (p=0,021) para presencia del síntoma de flatulencia o distensión abdominal en turno nocturno. Mediante análisis de regresión lineal múltiple, los sujetos del turno diurno que presentaban síntomas de mala digestión (eventualmente o siempre) e irritabilidad (siempre), tuvieron peor calidad de sueño nocturno.
Descritores: Nível de Saúde
Enfermagem
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital
Saúde do Trabalhador
Admissão e Escalonamento de Pessoal
Tolerância ao Trabalho Programado
Limites: Adulto
Feminino
Humanos
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde