Base de dados : LILACS
Pesquisa : J01.086.339.070 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 75 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 75 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-1101121
Autor: Santos, Mara Lisiane de Moraes dos; Fernandes, Janainny Magalhães; Vicente, Daniela Pereira; Simionatto, Jaqueline; Sanches, Vinicius Santos; Souza, Albert Schiaveto de; Christofoletti, Gustavo; Merey, Leila Foester.
Título: Barreiras arquitetônicas e de comunicação no acesso à atenção básica em saúde no Brasil: uma análise a partir do primeiro Censo Nacional das Unidades Básicas de saúde, 2012 / Barreras arquitectónicas y de comunicación en el acceso a la Atención Básica de Salud en Brasil: Un análisis a partir del primer Censo Nacional de las Unidades Básicas de Salud, 2012 / Architectural and communications barriers to access to primary health care in Brazil: an analysis based on the first national census of primary health care centers, 2012
Fonte: Epidemiol. serv. saúde;29(2):e2018258, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Objetivo: analisar os resultados do Censo Nacional das Unidades Básicas de Saúde no que se refere às barreiras arquitetônicas e de comunicação na Atenção Básica em Saúde em todo o território brasileiro. Métodos: estudo transversal com base nos dados do primeiro Censo Nacional das Unidades Básicas de Saúde, coletados de maio a outubro de 2012. Resultados: a região Norte apresentou menores índices de adequação, enquanto a Sudeste apresentou os melhores índices, comparados às demais regiões, porém insatisfatórios, pois muitos itens permaneceram abaixo de 50%; itens sobre acessibilidade por pessoas com deficiência (5,7 a 34,2%) e não alfabetizadas (0,1 a 27,4%) apresentaram pontuação muito baixa. Conclusão: a maioria das unidades avaliadas possuem barreiras arquitetônicas e de comunicação, prejudicando a acessibilidade aos serviços de saúde prestados às pessoas com deficiência, não alfabetizadas ou idosas; destaca-se a importância da alocação de recursos para redução de iniquidades e melhoria do acesso.

Resumen Objetivo: analizar la accesibilidad de los usuarios al Censo Nacional de las Unidades Básicas de Salud en lo referente a barreras arquitectónicas y de comunicaciones en todo Brasil. Métodos: estudio descriptivo analítico con base en los datos del primer Censo Nacional de las Unidades Básicas de Salud; la encuesta se realizó entre mayo y octubre de 2012. Resultados: la región Norte presentó menores índices de adecuación, mientras que el Sudeste presentó mejores índices comparados a las demás regiones, pero insatisfactorios, pues muchos ítems permanecieron por debajo del 50%; los ítems sobre accesibilidad por personas con discapacidad (5,7 a 34,2%) y no alfabetizadas (0,1 a 27,4%) presentaron una puntuación muy baja. Conclusión: los datos demuestran que la mayoría de los servicios evaluados poseen barreras arquitectónicas y de comunicación, perjudicando la accesibilidad a los servicios de salud prestados a las personas con discapacidad, no alfabetizadas o ancianas, y exalta la importancia de asignación de recursos para la reducción de iniquidades y mejoría del acceso.

Abstract Objective: to analyze the results of the National Census of Primary Health Care Centers with regard to architectural and communication barriers in Primary Health Care throughout Brazil. Methods: this was a cross-sectional study based on data from the first National Census of Primary Health Care Centers conducted between May and October 2012. Results: the Northern region had the lowest rates of adequacy; although the Southeast region had the best rates when compared to the country's other regions, they were nevertheless unsatisfactory, since for many items adequacy was still below 50%; the items relating to accessibility by people with disabilities (5.7 to 34.2%) and/or the illiterate (0.1 to 27.4%) had very low scores. Conclusion: the majority of services evaluated had architectural and communication barriers, hindering access to health services by disabled, illiterate or elderly people; the importance of allocating resources to reduce iniquities and improve access is stressed.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Sistema Único de Saúde
Pessoas com Deficiência
Barreiras de Comunicação
Serviços de Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
-Acessibilidade Arquitetônica/estatística & dados numéricos
Centros de Saúde
Estudos Transversais
Comunicação em Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  2 / 75 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1146448
Autor: Campos, Marília de Freitas.
Título: Habitação e bem-estar: estudo de caso na Vila dos Idosos, São Paulo, SP / Housing and well-being: a case study in the Vila dos Idosos (Village of the Elderly) Housing Complex.
Fonte: São Paulo; s.n; 2020. 208 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Tendo em vista a tendência ao envelhecimento da população brasileira e portanto, o aumento do número de idosos no país, torna-se necessário se aplicar medidas de suporte nas residências, considerando-se os aspectos de acessibilidade, conforto e segurança, dadas as fragilidades advindas dessa faixa etária. A partir de um estudo de caso, o objetivo dessa pesquisa foi avaliar o Conjunto Habitacional Vila dos Idosos, quanto a soluções técnicas relacionadas à acessibilidade, conforto e segurança e quanto à percepção dos moradores em relação às condições de moradia no local. A avaliação técnica do Conjunto Habitacional se deu a partir de observações in loco, registros fotográficos e análise do projeto executivo de arquitetura, disponibilizado pela COHAB. Para a análise de percepção dos moradores, a coleta de dados ocorreu através de entrevistas com moradores, com roteiro de entrevistas semiestruturado, analisadas por meio do método de análise de conteúdo, segundo Bardin (2004). Foi verificado que o edifício proporciona condições dignas de moradia, no entanto, por se tratar de habitação para idosos, seriam possíveis adaptações para atendimento integral das normas técnicas de acessibilidade e para viabilizar conforto e segurança. Foi possível concluir que é necessário ter consciência a respeito das necessidades do idoso para oferecer suporte no ambiente para proporcionar autonomia, a partir de soluções cuidadosas, visto que o risco no ambiente pode ser propiciado por detalhes. As soluções projetuais referentes à acessibilidade, conforto e segurança aplicadas adequadamente na residência podem proporcionar autonomia e bem-estar aos idosos, permitindo melhorias na relação pessoa-ambiente. Nesse sentido, tais soluções podem ser entendidas como medidas de prevenção na perspectiva ampla de promoção da saúde. Com base nas avaliações no conjunto habitacional e em revisão bibliográfica, foram elencadas soluções técnicas relacionadas aos aspectos de acessibilidade, conforto e segurança, que podem ser consideradas subsídios para novas políticas públicas habitacionais voltadas para idosos. Essa listagem de recursos específicos configurou o produto da pesquisa.

In view of the trend towards the aging of brazilian population and, therefore, the increase in the number of elderly people in the country, it is necessary to apply support measures in homes, considering the aspects of accessibility, comfort and safety, because of the common weaknesses of this age group. Based on a case study, the objective of this research was to analyse the Vila dos Idosos Housing Complex, in terms of technical solutions related to accessibility, comfort and safety and in terms of the residents perception of the housing conditions. The technical analysis of the Housing Complex was based on place's observations, photographic records and analysis of the architecture project, made available by COHAB. For the analysis of residents perception, data collection occurred through interviews with residents, with a semi-structured interview script, analyzed using the content analysis method, according to Bardin (2004). It was found that the building provides decent housing conditions, however, being housing for the elderly, adaptations would be possible for full compliance of the technical standards relating to accessibility and to enable comfort and safety. It was possible to conclude that it is necessary to be aware of the needs of the elderly to offer support in the environment to provide autonomy, based on careful solutions, since the risk in the environment can be provided by details. The design solutions related to accessibility, comfort and safety properly applied in the residence can provide autonomy and well-being to the elderly, allowing improvements in the person-environment relation. In this sense, this support can be understood as a preventive measure in the broad perspective of health promotion. Based on the assessments in the housing estate and in a bibliographic review, technical solutions related to the aspects of accessibility, comfort and safety were listed, which can be considered subsidies for new public housing policies for the elderly. This listing of specific features configured the research product.
Descritores: Acessibilidade Arquitetônica
Política Pública
Idoso
Saúde Ambiental
Promoção da Saúde
Instituição de Longa Permanência para Idosos
Habitação
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  3 / 75 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1127606
Autor: Luque Parra, Diego Jesús; Luque Rojas, María Jesús; Elósegui Bandera, Eduardo; Casquero Arjona, Dolores; Ilizástigui del Portal, Lourdes Mara.
Título: Docencia universitaria y estudiantes con discapacidad: cuestiones sobre accesibilidad y adaptación en el estudio / University teaching and students with disabilities: questions about accessibility and adaptation in the study
Fonte: Summa psicol. UST;16(1):60-67, 2019. tab.
Idioma: es.
Resumo: Este trabajo aborda la discapacidad en el contexto universitario, desde la adecuación a las necesidades y características de la persona. Esta mirada busca que quienes presenten necesidades especiales asociadas a la discapacidad, dispongan de los medios, apoyos y recursos suficientes para asegurar la igualdad real y efectiva de oportunidades dentro de la comunidad universitaria. De acuerdo con ese objetivo, con este artículo se pretende generar una reflexión en el docente universitario, sobre las cuestiones de accesibilidad y adaptación -como aspectos básicos- en la atención a su alumnado con discapacidad. Estos aspectos se relacionan con la búsqueda de desarrollo tecnológico, formativo y personal-social, propio de una Universidad abierta a la sociedad, apuntando hacia valores de normalización, integración e inclusión. En una primera parte, se tratan generalidades sobre el desarrollo tecnológico y usuarios con discapacidad, para pasar a una segunda en la que se abordan cuestiones de la accesibilidad y la discapacidad, continuando con su concreción en el currículum universitario del alumnado con discapacidad.

This work addresses disability in the higher education context, in terms of reasonable and achievable adjustments related to the individual's needs and features. This approach aims to ensure assistive technology, support, and resources as means to guarantee real and effective access to equal opportunities for those members that may present special needs, due to their disability situation, within the university community. Therefore, this paper attempts to generate a reflection for university lecturers about accessibility and adaptation, as basic aspects in their duty of supporting disabled students. These aspects are directly related to technological, educational and socio-personal development, present in those higher education institutions open to society and oriented to values such as integration and inclusion. In the first place, some general information is provided about technological development and users with disabilities. In the second place, certain aspects related to accessibility and disability are addressed, and their materialization in the university curriculum of disabled students.
Descritores: Ensino
Universidades
Pessoas com Deficiência
Educação Superior
-Acessibilidade Arquitetônica
Inclusão Escolar
Tecnologia Educacional
Adaptação
Currículo
Limites: Humanos
Responsável: CL126.2 - Biblioteca Médica Dr. Profesor Hernán Alessandri R.


  4 / 75 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Marcon, Sônia Silva
Texto completo
Id: biblio-1129804
Autor: Demitto, Marcela de Oliveira; Furlan, Mara Cristina Ribeiro; Mai, Lilian Denise; Marcon, Sonia Silva.
Título: Percepção do cuidador domiciliar de pessoas com paralisia cerebral sobre barreiras arquitetônicas e acessibilidade / Perception of the home caretaker of individual with cerebral palsy about architectural barriers and accessibility
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;9(4):651-659, 2010-07-02.
Idioma: pt.
Resumo: The daily routine of the home caretaker of an individual with cerebral palsy (CP) it involves conditions interrelated to the architectural barriers and accessibility in the urban space. The present study aimed at to analyze the home caretaker's perception about architectural barriers and accessibility of the individuals with CP, in the municipal district of Maringá - PR. This is a study of qualitative character carried out in March 2010. Home caretakers of students with CP, residents in Maringá/PR and enrolled in the School of Special Education "Albert Sabin", were interviewed. From the perceptions of 79 caretakers, three categories emerged: The architectural barriers hinder the integration in the society: accessibility means the integration of the individual with deficiency in the society, in the sense of mobilization and shifting, access to the health services and manner of being treated by the others; Collective space: the theme represents life in a collective space and dependence of improvement in the accessibility, comparing intermunicipal relationships, downtown/districts, house/street, and co-responsibilities in the urban architecture, public or private; The caretaker's adaptation: adaptation either, physical, emotional or social. Nursing should be engaged in the fight for inclusion measures of the home caretakers and of the individuals with CP in the society, which is still a target of disregards and prejudices, as inherent condition to the right of health for all.

O cotidiano do cuidador domiciliar do indivíduo com paralisia cerebral (PC) envolve diretamente condições relativas às barreiras arquitetônicas e acessibilidade no espaço urbano. O presente estudo, que objetivou identificar a percepção do cuidador domiciliar de pessoas com PC sobre barreiras arquitetônicas e acessibilidade, é de caráter qualitativo e foi realizado em Maringá, PR, com 79 cuidadores de crianças ou adolescentes com PC matriculados em uma escola de Educação Especial. Para o tratamento dos dados utilizou-se análise de conteúdo, modalidade temática, evidenciando-se as seguintes categorias: As barreiras arquitetônicas dificultam a integração na sociedade; Convivendo em um espaço coletivo: a inserção de pessoas com PC na sociedade é de responsabilidade de todos; Desvelando adaptações durante o processo de cuidar. A sociedade em geral e os gestores devem lançar um olhar atento sobre os cuidadores domiciliares e os indivíduos com PC, no intuito de proporcionar a ambas categorias de pessoas melhores condições de acesso no espaço urbano e de integração social. A enfermagem, por sua vez, como profissão do cuidado, deve engajar-se na luta por medidas de inclusão desse binômio na sociedade, ainda alvo de descaso e preconceito, como condição inerente ao direito à saúde de todos.
Descritores: Percepção
Acessibilidade Arquitetônica
Paralisia Cerebral/psicologia
Cuidadores/psicologia
-Preconceito
Adaptação
Locomoção
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  5 / 75 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1140109
Autor: Domínguez Quiroz, Katherine Paola; Alvis Orozco, Yina Paola; Sahagún Navarro, Marta.
Título: Evaluación de necesidades de apoyo en universitarios con diversidad funcional de origen físico: un estudio de caso / Assessment of support needs in university students with Functional diversity of physical origin: a case study
Fonte: rev. colomb. cienc. soc. (En linea);11(2):456-478, 2020.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo. Este estudio evaluó las necesidades de apoyo de estudiantes universitarios con diversidad funcional de origen físico en una Institución Educativa Superior. Se analizó, además, la percepción del docente y, en su conjunto, la correspondencia con las políticas de inclusión, tanto institucionales como de la nación. Método. Bajo el estudio de caso, se trabajó el enfoque cualitativo, con un diseño de teoría crítica. Se usó la entrevista en profundidad, el grupo focal y el análisis documental para la triangulación de la información. La muestra fue de casos-tipo y se definió por saturación de categorías. Se recurrió al criterio deductivoinductivo para el análisis de la información con el apoyo del software Atlas.ti. Resultados. Los participantes manifestaron presencia de barreras arquitectónicas, poca participación social en los diferentes escenarios que se organizan y necesidades de apoyo de tipo psicológico. Asimismo, deseos de formarse como profesionales. Conclusiones. Se reconoce la importancia que tiene para las instituciones de educación superior ser inclusivas para favorecer la mitigación de las necesidades que se presentan.

Objective: this study evaluated the support needs of university students with functional diversity of physical origin in a Higher Educational Institution. In addition, the perception teachers, and as a whole, the correspondence with inclusion policies, both institutional and national, were analyzed. Method: under the case study, the qualitative approach was worked out, with a critical theory design. The in-depth interview, the focus group, and the documentary analysis were used for the triangulation of the information. The sample was case-type and defined by saturation of categories. The deductive-inductive criterion was used to analyze the information with the support of the Atlas.ti software. Results: the participants manifested the presence of architectural barriers, little social participation in the different scenarios that are organized, and psychological support needs. Conclusions: the importance of higher education institutions to be inclusive to mitigate the needs is recognized.
Descritores: Pessoas com Deficiência/educação
-Acessibilidade Arquitetônica
Educação Superior
Serviços de Saúde para Pessoas com Deficiência
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: CO191.1 - Biblioteca


  6 / 75 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Almeida, Paulo Cesar de
Texto completo
Id: biblio-960797
Autor: Marques, Juliana Freitas; Áfio, Aline Cruz Esmeraldo; Carvalho, Luciana Vieira de; Leite, Sarah de Sá; Almeida, Paulo César de; Pagliuca, Lorita Marlena Freitag.
Título: Acessibilidade física na atenção primária à saúde: um passo para o acolhimento / Accesibilidad física en la atención primaria de salud: un paso más para la acogida / Physical accessibility in primary healthcare: a step towards the embracement
Fonte: Rev. gaúch. enferm;39:e20170009, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo OBJETIVO: Avaliar acessibilidade física da recepção de unidades de atenção primária à saúde. MÉTODO: Pesquisa descritiva, quantitativa, para mapear acessibilidade do espaço físico da área de recepção em 157 unidades de saúde, entre agosto de 2014 a maio de 2015, na região do maciço de Baturité, Ceará, Brasil. Os dados foram coletados com instrumento tipo check-list e para análise utilizou-se frequências absolutas, relativas, teste binomial e teste de verossimilhança, com significância estatística de p<0,05. RESULTADOS: Dos itens analisados, escadas (24,8%), rampas (47,1%) e piso (75,8%) foram inacessíveis na maioria das unidades de saúde. Comparando zona urbana e rural, área de circulação (0,7x; p=0,293), balcão (0,4x; p=0,010), assento (0,7x; p=0,758) e bebedouros (0,7x; p=0,736) tiveram maior inacessibilidade na zona urbana. CONCLUSÃO: O acesso das pessoas com deficiência física na atenção primária deve ser visto como prioridade; existem barreiras físicas, arquitetônicas e mobiliárias que comprometem o acolher integralmente do usuário.

Resumen OBJETIVO Evaluar la accesibilidad física de la recepción de las unidades de atención primaria de la salud. MÉTODO Investigación descriptiva y cuantitativa para mapear la accesibilidad del espacio físico de la zona de recepción en 157 unidades de salud, entre agosto 2014 y mayo 2015, en la región del cerrado de Baturité, Ceará, Brasil. Se recolectaron los datos a través del instrumento tipo check-listy, y los mismos se analizaron mediante frecuencias absolutas, relativas, prueba binomial y la prueba de probabilidad, con significación estadística de p <0,05. RESULTADOS De los elementos analizados, escaleras (24,8%), rampas (47,1%) y piso (75,8%) la mayoría de las unidades de salud era inaccesible. Comparando las áreas urbanas con las rurales, las áreas de circulación (0,7x; p = 0,293), las barras (0,4 x; p = 0,010), los asientos (0,7x; p = 0,758) y los bebederos (0,7x; p = 0,736 ) presentaron mayor inaccesibilidad en el área urbana. CONCLUSIÓN El acceso de las personas con discapacidad física en la atención primaria debe ser percibido como una prioridad. Existen barreras físicas, arquitectónicas y mobiliarias que comprometen la acogida integral del usuario.

Abstract OBJECTIVE To assess the physical accessibility from the front desk of primary healthcare units. METHOD: Descriptive and quantitative research to map the accessibility of the physical space in 157 health units, between August 2014 and May 2015, in the region of Baturité, Ceará, Brazil. The data were collected using a checklist instrument type, and absolute and relative frequencies, binomial and verisimilitude tests for statistical analysis, with statistical significance of p <0.05 were used. RESULTS Of the analyzed items, stairs (24.8%), ramps (47.1%) and floors (75.8%) were inaccessible in most health units. Comparing urban and rural areas, circulation area (0.7x, p=0.293), counter (0.4x, p=0.010), seat (0.7x, p=0.758) and drinking fountain (0.7x, p=0.736) were more inaccessible in the urban area. CONCLUSION The access of persons with physical disabilities to primary care should be seen as a priority. There are physical, architectural and furniture barriers that compromise the full embracement of the user.
Descritores: Acessibilidade Arquitetônica
Atenção Primária à Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
-Brasil
Pessoas com Deficiência
Barreiras de Comunicação
Serviços Urbanos de Saúde
Serviços de Saúde Rural
Decoração de Interiores e Mobiliário
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 75 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-458445
Autor: Haddad, Ricardo.
Título: Projeto Favela: fase II: conjuntos sanitários / Slum project: phase II: surveillance groupes.
Fonte: São Paulo; s.n; jul. 1991. [10] p. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Dando continuidade ao Projeto Favela (plano de melhoria das condições de vida nas favelas), onde já foram implantados os CADIs - Centro de Acompanhamento e Desenvolvimento Infantil - daremos início à segunda fase: a implantação dos Conjuntos Sanitários. As áreas faveladas se concentram na maioria das vezes em locais de topografia acidentada, onde ocorre o acúmulo de grandes quantidades de matéria orgânica devido ao lixo ali depositado ao longo dos anos. Esses fatores, aliados à ocupação desordenada e espontânea do solo, dificultam o acesso de veículos e máquinas, impedindo a implantação dos serviços de saneamento básico. A insalubridade consequente dos esgotos lançados a céu aberto, correndo lado a lado com a água utilizada para consumo e higiene, deixa um grande saldo de contaminações e doenças. Nossa proposta é a implantação de Conjuntos Sanitários em pontos estratégicos em que haverá um trabalho conjunto com as companhias concessionárias de saneamento (SABESP, etc), a fim de eliminar os fatos acima descritos. Paulatinamente serão desativados os coletores de esgotos a céu aberto, substituindo-os pelos coletores sanitários públicos, concomitante à substituição dos poços.
Descritores: Acessibilidade Arquitetônica
Levantamentos Sanitários
Perfis Sanitários
Planos e Programas de Saúde
Serviços de Saúde da Criança
Áreas de Pobreza
-Saúde Pública
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA300, H126p, 1991


  8 / 75 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Almeida, Paulo Cesar de
Texto completo
Id: lil-452294
Autor: Almeida, Paulo César de; Aragão, Antonia Eliana de Araújo; Pagliuca, Lorita Marlena Freitag; Macêdo, Kátia Nêyla de Freitas.
Título: Barreiras arquitetônicas no percurso do deficiente físico aos hospitais de Sobral, Ceará / Architectural barriers in the passage of the deficient physicist to the hospitals of Sobral, Ceará
Fonte: Rev. eletrônica enferm;8(2):205-212, 2006. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Estudo quantitativo sobre barreiras arquitetônicas no percurso do deficiente físico aos hospitais de Sobral, Ceará, com o objetivo de identificar as condições de acesso arquitetônico dos portadores de deficiência física aos quatro hospitais da mencionada cidade. Apoiado na NBR 9050 da ABNT utilizou instrumento tipo cheque-lista, cuja coleta de dados ocorreu em maio de 2004. A análise estatística constatou ausência de faixas para pedestres e apenas um apresentava rebaixamento de meio-fio em pontos estratégicos; obras públicas e particulares, desprotegidas de tapumes; calçadas com buracos e desnivelamento; metade das avenidas livres de buracos ; placas de sinalização de trânsito visíveis em três dos hospitais; percurso para a instituição sinalizado; mas não há semáforos em pontos estratégicos. Um hospital possui rebaixamento de guias; ausência de estacionamento para pessoa portadora de deficiência física. Conforme se concluiu, há barreiras arquitetônicas no percurso casa/hospital. Com isso os hospitais requerem melhores estruturas com vistas a minimizar as barreiras arquitetônicas no percurso do deficiente físico a esses serviços.
Descritores: Pessoas com Deficiência
Arquitetura Hospitalar
Acessibilidade Arquitetônica
Hospitais
Limites: Humanos
Responsável: BR584.1 - Biblioteca Central BSCAN


  9 / 75 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-573898
Autor: França, Inacia Sátiro Xavier de; Pagliuca, Lorita Marlena Freitag; Baptista, Rosilene Santos; França, Eurípedes Gil de; Coura, Alexsandro Silva; Souza, Jeová Alves de.
Título: Violência simbólica no acesso das pessoas com deficiência às unidades básicas de saúde / Symbolical violence in the access of disabled persons to basic health units / Violencia simbolica en el acceso de las personas con discapacidad en las unidades básicas de salud
Fonte: Rev. bras. enferm;63(6):964-970, nov.-dez. 2010. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Estudo descritivo que objetivou caracterizar condições de acesso das pessoas com deficiência (PCD) nas Unidades Básicas de Saúde-UBS. Coletaram-se dados em janeiro de 2009 em 20 UBSF. Utilizou-se máquina digital e check list baseado na NBR 9050-ABNT. Os resultados apontaram: acesso urbano - ausência de semáforos (100 por cento), de faixas para pedestres (100 por cento), calçadas esburacadas (90 por cento). Acesso nas UBSF: portas fora do padrão legal (30 por cento) escadarias sem corrimão (20 por cento), piso fora do padrão (75 por cento); balcões em desacordo com padrão (20 por cento); local do bebedouro dificulta a utilização por cadeirante (30 por cento); não possui bebedouros ou filtros (15 por cento); telefones instalados inadequadamente (55 por cento); banheiros inacessíveis (96 por cento). Apesar da legislação específica, o acesso das PCD na maioria das UBSF é permeado pela violência simbólica.

A descriptive study which aimed to characterize the conditions of people with disabilities (PD) in the Basic Health Units-UBS. Data were collected in January 2009 in 20 UBSF. It was used digital camera and check list based on the 9050-NBR ABNT. The results showed: Access town - no traffic lights (100 percent) of lanes for pedestrians (100 percent), bumpy sidewalks (90 percent); Access in UBS: non-standard ports (30 percent) staircases without banisters (20 percent); floor outside the standard (75 percent), in disagreement with standard mobile (20 percent), drinking at odds with standard (55 percent), making it difficult to people with disabilities to use a filter (30 percent), has no drinking or filters (15 percent); telephones installed inadequately (55 percent); inaccessible restrooms (96 percent). Access to UBS of PD is permeated by the symbolic violence.

Estudio descriptivo que tuvo por objetivo caracterizar las condiciones de acceso de las personas com discapacidad (PCD) en las Unidades Basicas de Salud-UBS. La colecta de datos fue realizada en enero de 2009 en 20 UBSF. Se utilizó una máquina digital y cheque-lista basada en la NBR 9050-ABNT y uma máquina de fotografía. Los resultados han apuntado: acceso urbano ausência de semáforos (100 por ciento), de paso de peatones (100 por ciento), aceras agujereadas (90 por ciento). Acceso em las UBSF: puertas fuera del padrón legal (30 por ciento), escaleras sin pasamano (20 por ciento), suelo fuera del padrón (75 por ciento), balcones em desacuerdo con padrón (20 por ciento), local del bebedero dificulta la utilización por persona en silla de ruedas (30 por ciento), no poseen bebederos or filtros (15 por ciento), teléfonos com instalación inadecuada (55 por ciento), cuartos de baño no son accesibles (96 por ciento). No obstante legislación específica, el acceso de las PCD em la mayoría de las UBSF es marcado por la violência simbólico.
Descritores: Acessibilidade Arquitetônica
Pessoas com Deficiência
Acesso aos Serviços de Saúde
Atenção Primária à Saúde
-Simbolismo
Violência
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 75 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-520974
Autor: França, Inacia Sátiro Xavier de; Pagliuca, Lorita Marlena Freitag.
Título: Acessibilidade das pessoas com deficiência ao sus: fragmentos históricos e desafios atuais / Accessibility of disabled people to the sus: historical fragments and current changes
Fonte: Rev. RENE;9(2):129-137, abr.-jun. 2008.
Idioma: pt.
Resumo: Estudo reflexivo que objetivou buscar, na literatura, o conceito de acessibilidade, seu histórico, suas relações com o Sistema Único de Saúde e com a formação dos profissionais de enfermagem e, também, citar os fatores que dificultam o acesso das pessoas com deficiência ao SUS. Coletaram-se dados em livros, artigos de periódicos científicos, relatórios, dissertações, teses e artigos extraídos de bancos de dados por meio dos seguintes descritores: Sistema Único de Saúde (BR), Acesso aos Serviços de Saúde, Estruturas de Acesso. Conclui-se que a acessibilidade física e de comunicação são referenciais da qualidade dos serviços oferecidos e sinalizam o grau de satisfação da clientela. Para disponibilizá-la, sugere-se o respeito à NBR 9050/94 que disciplina o acesso tanto ao ambiente físico e a edificações, quanto à informação e à comunicação, como estratégia para a real implantação do SUS.
Descritores: Saúde da Pessoa com Deficiência
Acesso aos Serviços de Saúde
Pessoas com Deficiência Mental
Sistema Único de Saúde
-Acessibilidade Arquitetônica
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde