Base de dados : LILACS
Pesquisa : J01.576 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 536 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 54 ir para página                         

  1 / 536 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1106094
Autor: Miguez, Hugo A; Pecci, María C.
Título: El consumo de alcohol en el trabajo / Alcohol Consumption in the Working Place
Fonte: An. salud ment;3(1/2):69-74, 1987. tab.
Idioma: es.
Resumo: Se presentan los resultados de un trabajo de investigación sobre el consumo permitido de alcohol, realizado en el comedor de la fábrica de una importante planta industrial. Se encontró asociación significativa entre composición por sexo e ingestión alcohólica. Más del 30% de las observaciones correspondientes al grupo de varones indican un consumo alcohólico de por lo menos 25cc. de vino. En el grupo de mujeres la norma, prácticamente, fue la abstención. Se observó una diferencia significativa entre la categoría ocupacional y el consumo de alcohol.

The author presents the results of a research study on the allowed alcohol consumption at the factory's dining room of an important industry. It was found significant association between the variables of sex and alcohol intake. Over 30% of the observations made on the male subject group indicated an alcohol intake of at least 250 ml of wine. In the female group, almost no intake was observed. It was also found a significant difference between the occupational category at work and the alcohol consumption.
Descritores: Categorias de Trabalhadores
Consumo de Bebidas Alcoólicas
Indústrias
Local de Trabalho
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  2 / 536 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-700421
Autor: Flores Hernández, Corina; Huerta Franco, María Raquel; Hernández, Joel; Páramo, Daniel; Morales, Ismael.
Título: Prevalencia de alcoholismo en trabajadores de la industria del cuero-calzado y su asociación con el nivel de desestrés / Prevalence in workers of leather-ffotwea industry and its association with desestrés level
Fonte: Cienc. Trab;15(47):67-75, ago. 2013. tab.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: Describir la prevalencia de alcoholismo en trabajadores de la industria cuero-calzado como consecuencia de estrés laboral. Justificación: Aumentar la calidad de vida en el trabajador debido a que el alcohol es utilizado para disminuir el cansancio, y el estrés disminuye los estados fisiológicos y de rendimiento laboral. Método: Se aplicó el cuestionario AUDIT (uso de alcohol [OMS]). El tipo de muestreo fue aleatorio con un I.C. al 90% = 50 cuestionarios. Resultados: El 60% estuvo integrado por mujeres y 40% por hombres. La media de edad fue de 28. El 70% de las mujeres obtuvo 21 puntos (elevado nivel de alcoholismo), y en los hombres fue de 33 puntos. Los hombres en fines de semana ingieren más alcohol que en jornadas acumuladas (2:1) por desestrés, p < 0,05 (prueba de X2). Existió una correlación significativa entre ser hombre e ingerir más alcohol en fines de semana (p < 0,05). Conclusión: Se observa una tendencia en el sexo femenino a ingerir cada vez más alcohol a corta edad sobre todo cuando se sienten estresadas, pero el género masculino ingiere grandes cantidades y lo siente habitual en fines de semana.

Objective: To describe the prevalence of alcoholism in workers as a result of the work stress. Justification: Increase the quality of life in the worker because the alcohol is used to reduce fatigue and stress decreases physiological states and work. Method: We applied the AUDIT questionnaire (alcohol use [WHO]). The type of sampling was random with an I.C. of 90% = 50 questionnaires. Results: The 60% were women and the 40% male. The age mean was 28. The 70% of women obtained 21 points (high level of alcoholism), and in men was 33 points. Men ingest more alcohol on weekends than in the cumulative working days (2:1) due de-stress, p < 0.05 (X2 test). There was a significant correlation between being a man and to ingest more alcohol on weekends (p < 0.05). Conclusion: It is observed a tendency in women to ingest alcohol at a more early age especially when they feel stressed, but males ingest more large amounts being it normal on weekends.
Descritores: Alcoolismo/epidemiologia
Indústrias
Categorias de Trabalhadores/psicologia
-Jornada de Trabalho
Índice de Gravidade de Doença
Consumo de Bebidas Alcoólicas
Prevalência
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Alcoolismo/diagnóstico
Indústria do Couro
Estresse Ocupacional/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  3 / 536 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Westphal, Márcia Faria
Id: lil-265266
Autor: Westphal, Marcia Faria(coord); Caricari, Ana Maria(org); Camargo, Maria Theresa V. Escobar Ferraz de(org).
Título: O compromisso da saúde no campo do trabalho infanto-juvenil: uma proposta de atuaçäo / Health compromise in the area of infant and youth work: actuation propose.
Fonte: Säo Paulo; USP/FSP; 1999. 115 p. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Apresenta trabalhos com reflexöes sobre a problemática do trabalho infantil (CAC)
Descritores: Trabalho Infantil
-Indústrias
Condições de Trabalho
Defesa da Criança e do Adolescente
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1/331.31*6; BR67.1/HSP-72/99


  4 / 536 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-242515
Autor: Freitas, Jefferson Benedito Pires de; Schwartzman, Golda; Colucci, Solange; Santos, Aparecida Oliveira; Justino, Nilza Oliveira; Oliveira, Fernando Custódio; Santos, Denise Jacinto; Laurini, Maria Lúcia.
Título: Avaliaçäo de ambientes de trabalho em trabalhadores expostos a poeira de sílica e fibras de asbesto / Working environment evalluation at workers exposed to silica dust and asbesto fibers
Fonte: In: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Divisäo de Saúde do Trabalhador. Rede Especial - Revista do Projeto de Cooperaçäo Técnica Brasil-Itália: "Proteçäo à saúde nos ambientes de trabalho" - 1998. Säo Paulo, IMESP, 1998. p.108-26, ilus, tab.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Seminário Internacional Brasil-Itália: Cooperaçäo Técnica em Saúde do Trabalhador no Estado de Säo Paulo, Säo Paulo, 1994-1998.
Descritores: Asbestos/envenenamento
Ambiente de Trabalho
Poeira/efeitos adversos
Medição de Risco
Dióxido de Silício/envenenamento
Exposição Ocupacional/análise
-Riscos Ocupacionais
Indústrias
Medicina do Trabalho
Assistência à Saúde
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA400, S239r


  5 / 536 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-242509
Autor: Shiraishi, Nancy Y; Araújo, Rita de Cássia S. S; Koishi, Sonia Maria; Silva, Jane de Souza; Lima, Célia Joana de; Silva, Luiz Felipe; Prioste, Silvana Vieira; Santos, Simone Alves dos.
Título: Avaliaçäo de ruído em uma Indústria Gráfica: uma alternativa metodológica / Graphics industry evalluation niose: a metodologic alternative
Fonte: In: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Divisäo de Saúde do Trabalhador. Rede Especial - Revista do Projeto de Cooperaçäo Técnica Brasil-Itália: "Proteçäo à saúde nos ambientes de trabalho" - 1998. Säo Paulo, IMESP, 1998. p.74-87, ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Seminário Internacional Brasil-Itália: Cooperaçäo Técnica em Saúde do Trabalhador no Estado de Säo Paulo, Säo Paulo, 1994-1998.
Descritores: Ambiente de Trabalho
Indústrias
Ruído Ocupacional
Saúde do Trabalhador
-Audiometria/instrumentação
Audiologia
Ruído Ocupacional/efeitos adversos
Exposição Ocupacional/análise
Perda Auditiva Provocada por Ruído/classificação
Limites: Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA400, S239r


  6 / 536 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-90008
Autor: Moreira, Iara Verocai Dias, comp.
Título: Vocabulário básico de meio ambiente / Basic vocabulary about environment.
Fonte: s.l; Fundaçäo Estadual de Engenharia do Meio Ambiente; 1990. 246 p.
Idioma: pt.
Descritores: Terminologia
Meio Ambiente
-Brasil
Programas Governamentais
Indústrias
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/1675.00; BR67.1; r614.703 1


  7 / 536 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-694149
Autor: Hardman, Carla Menêses; Barros, Simone Storino Honda; Oliveira, Elusa Santina Antunes de; Nahas, Markus Vinicius; Barros, Mauro Virgilio Gomes de.
Título: Inatividade nos deslocamentos para o trabalho e fatores associados em industriários / Inactive commuting to work and associated factors in industrial workers
Fonte: Saúde Soc;22(3):760-772, jul.-set. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi analisar a prevalência e identificar fatores associados à inatividade física nos deslocamentos para o trabalho em trabalhadores da indústria do Estado de Pernambuco, Brasil. Dados para realização desse estudo transversal foram coletados numa amostra com 1.910 trabalhadores mediante utilização de questionário previamente validado. Informações sobre a prática de atividades físicas nos deslocamentos foram obtidas pelo tempo despendido e pelo modo como os sujeitos relataram que se deslocavam para ir ao trabalho, na maioria dos dias da semana. Análise dos dados foi realizada por regressão logística binária com modelagem hierárquica. Verificou-se que 84,2 por cento dos trabalhadores são fisicamente inativos nos deslocamentos para o trabalho. Após ajustamento para fatores demográficos, socioeconômicos e outros fatores relacionados à saúde, observou-se tanto em homens quanto em mulheres que a renda familiar e o porte da empresa estavam diretamente associados à inatividade nos deslocamentos para o trabalho. Nos homens, a inatividade nos deslocamentos estava também diretamente associada à escolaridade e à diabetes autorreferida. Concluiu-se que a prevalência de deslocamento inativo é alta e está associada a fatores individuais, sociais e organizacionais.

This study analyzed the prevalence of and identified the factors associated with inactive commuting to work among industrial workers from Pernambuco, Brazil. Data for this cross-sectional study were gathered from a sample of 1,910 industrial employees by using a previously validated questionnaire. The measure of inactive commuting to work was based on self-reported time and mode of transportation to work on most days of a typical week. Data analysis was carried out through binary logistic regression using a hierarchical approach to include variables in the model. It was observed that 84.2% of workers were inactive commuters. After adjustment for demographic, socio-economic, and other health-related factors in both men and women, it was found that family income and company size were directly associated with inactive commuting to work. Moreover, among men, inactive commuting was directly associated with schooling level and was associated with a diagnosis of diabetes. It was concluded that the prevalence of inactive commuting to work was high and directly associated with individual, social, and organizational factors.
Descritores: Atividade Motora
Caminhada
Ciclismo
Comportamento Sedentário
Exercício Físico
Fatores Socioeconômicos
Fatores de Risco
Indústrias
Categorias de Trabalhadores
-Brasil
Entrevistas como Assunto
Estudos Transversais
Modelos Logísticos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  8 / 536 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Rea, Marina Ferreira
Venancio, Sonia Isoyama
Batista, Luis Eduardo
Texto completo
Id: lil-189493
Autor: Rea, Marina Ferreira; Venâncio, Sonia Isoyama; Batista, Luis Eduardo; Santos, Rosangela Gomes dos; Greiner, Ted.
Título: Possibilidades e limitaçöes da amamentaçäo entre mulheres trabalhadoras formais / Possibilities and limitations of breast-feeding among women in formal employment
Fonte: Rev. saúde pública = J. public health;31(2):149-56, abr. 1997. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Pesquisas sobre a amamentaçäo e a questäo do trabalho da mulher de difícil comparabilidade. A prática de amamentar entre mulheres com um emprego formal no Brasil tem sido pouco estudada, em que pesem as mudanças havidas como a extensäo da licença maternidade para 120 dias. Decidiu-se realizar estudo com o objetivo de descrever o padräo de amamentaçäo de mulheres empregadas em empresas, as limitaçöes que elas enfrentam e que fatores contribuem para que elas possam conciliar trabalho e amamentaçäo. Estudo exploratório realizado em 13 indústrias de Säo Paulo em 1994, onde todas as mulheres no terceiro trimestre da gestaçäo (76) foram entrevistas e reentrevistas (69) na volta ao trabalho (em torno de 5,4 meses pós-parto). Iniciaram a amamentaçäo 97 por cento das mulheres, apresentando uma duraçäo mediana de 150 dias; quanto ao aleitamento materno exclusivo, a duraçäo mediana foi de 10 dias, e à Amamentaçäo Predominante, a mediana foi de 70 dias. As mulheres de melhor nível socioeconômico e as que tinham creche no local de trabalho ou sala de coleta e estocagem de leite materno, foram as que amamentaram por mais tempo. A possibilidade de flexibilizar seu horário e näo trabalhar na linha de produçäo também mostraram ser fatores significantes que levam as mulheres dessas indústrias a amamentar mais. A licença-maternidade tem sido útil e usada pela maioria das trabalhadoras para amamentar, mas há outros fatores que säo fundamentais para que a manutençäo da lactaçäo seja facilitada, tais como aqueles quepermitem a proximidade mäe-criança e/ou a retirada periódica de leite materno durante a jornada de trabalho.
Descritores: Mulheres Trabalhadoras
Aleitamento Materno
-Desmame
Creches
Indústrias
Condições de Trabalho
Legislação Trabalhista
Limites: Adulto
Humanos
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  9 / 536 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Algranti, Eduardo
Morrone, Luiz Carlos
Id: lil-27347
Autor: Algranti, Eduardo; Morrone, Luiz Carlos; Morrone, Nelson; Furlaneto, José Antonio; Garcia, Reinaldo Cano; Cardoso, Rogério Salomäo.
Título: Siderose pulmonar por óxido de ferro em trabalhadores: uma poeira inerte? / Pulmonary siderosis due to iron oxide in workers: an inert dust?
Fonte: Rev. paul. med;103(5):259-64, set.-out. 1985. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Säo descritos quatro casos de siderose pulmonar em trabalhadores de moagem e ensacamento de óxido de ferro. A partir da identificaçäo de comprometimento pulmonar em dois deles, foi conduzida uma investigaçäo ambiental epidemiológica e clínica cujos resultados demosntraram tratar-se de pneumoconiose por inalaçäo de poeiras de óxido de ferro puro. A análise ambiental revelou niveis de poeira inferiores aos padröes internacionais de segurança para poeiras de ferro, porém os achados clínicos e laboratoriais confirmaram a doença. A presença de fibrose intersticial moderada nos impede de classificar o agente causal como "benigno" ou "inerte" e somente a evoluçäo a longo prazo demonstrará tratar-se simplesmente de pneumoconiose de depósito
Descritores: Siderose/etiologia
Compostos Férricos/efeitos adversos
Poluição Ambiental
-Siderose/diagnóstico
Indústrias
Pulmão/patologia
Pulmão
Testes de Função Respiratória
Limites: Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 536 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-837227
Autor: Valdigem, Bruno Pereira; Silva, Nilton José Carneiro da; Andalaft, Rogério Braga; Melo, Celso Salgado de.
Título: Identificação radiológica de dispositivos cardíacos eletrônicos implantáveis / X-ray identification of implantable electronic cardiac rhythm management devices
Fonte: RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm;30(1):f:3-l:8, jan.-mar. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Este trabalho teve por objetivos identificar as características comuns aos geradores e classificá-los no menor número possível de grupos para facilitar a identificação radiológica, e, também, identificar características que permitam diferenciar geradores DF1 de DF4. Método: A amostragem foi composta por 62 imagens de geradores de dispositivos implantáveis bem como de cabos-eletrodos comercialmente disponíveis no Brasil de 2008 até o presente momento das empresas Biotronik, Medtronic, St. Jude Medical e Boston Scientific. As imagens consideradas com qualidade adequada de cada modelo de dispositivo implantável foram selecionadas em busca de características comuns a cada fabricante. Resultados: A revisão criteriosa das características de cada fabricante e modelo possibilitou divisar claramente oito categorias, com características únicas de cada fabricante para estimuladores (grupo 1) e cardiodesfibriladores (grupo 2). Um algoritmo de identificação foi desenvolvido, a partir das características mais facilmente identificáveis de cada grupo. Conclusão: A identificação radiológica dos dispositivos implantáveis é possível e confiável. Os cabos-eletrodos de mesma função (choque ou estimulação) não puderam ser diferenciados em relação ao fabricante, mas algumas características das conexões de cabos-eletrodos de choque podem diferenciar a conexão DF1 de DF4, bem como mono coil de duplo coil

Background: This study is aimed at identifying common characteristics of generators and classify them into the lowest possible number of groups to facilitate X-ray identification as well as to identify characteristics to differentiate DF1 and DF4 generators. Method: The sample included 62 images of implantable device generators and leads available in the Brazilian market from 2008 to the present moment manufactured by Biotronik, Medtronic, St. Jude Medical and Boston Scientific. Good quality images from each implantable device model were chosen to help identify common characteristics of each manufacturer. Results: A careful review of manufacturer's characteristics and model enabled a clear division into eight categories with each manufacturer's unique characteristics for pacers (group 1) and cardiac defibrillators (group 2). An identification algorhythm was developed based on the most easily identifiable characteristics of each group. Conclusion: X-ray identification of implantable devices is possible and reliable. Leads with the same function (shock or pacing) were not differentiated by manufacturer, but some shock lead connection characteristics may differentiate DF1 from DF4 connections, as well monocoil from double coil
Descritores: Raios X
Radiografia/métodos
Desfibriladores Implantáveis/tendências
-Marca-Passo Artificial
Radiografia/métodos
Eletrodos/normas
Dispositivos de Terapia de Ressincronização Cardíaca/tendências
Indústrias/normas
Limites: Humanos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt



página 1 de 54 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde