Base de dados : LILACS
Pesquisa : J01.576.423.750 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 569 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 57 ir para página                         

  1 / 569 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-962175
Autor: Duran, Ana Clara; Lock, Karen; Latorre, Maria do Rosario D O; Jaime, Patricia Constante.
Título: Evaluating the use of in-store measures in retail food stores and restaurants in Brazil / Validade e confiabilidade de instrumentos de avaliação do microambiente alimentar no Brasil
Fonte: Rev. saúde pública (Online);49:80, 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: ABSTRACTOBJECTIVE To assess inter-rater reliability, test-retest reliability, and construct validity of retail food store, open-air food market, and restaurant observation tools adapted to the Brazilian urban context.METHODS This study is part of a cross-sectional observation survey conducted in 13 districts across the city of Sao Paulo, Brazil in 2010-2011. Food store and restaurant observational tools were developed based on previously available tools, and then tested it. They included measures on the availability, variety, quality, pricing, and promotion of fruits and vegetables and ultra-processed foods. We used Kappa statistics and intra-class correlation coefficients to assess inter-rater and test-retest reliabilities in samples of 142 restaurants, 97 retail food stores (including open-air food markets), and of 62 restaurants and 45 retail food stores (including open-air food markets), respectively. Construct validity as the tool's abilities to discriminate based on store types and different income contexts were assessed in the entire sample: 305 retail food stores, 8 fruits and vegetable markets, and 472 restaurants.RESULTS Inter-rater and test-retest reliability were generally high, with most Kappa values greater than 0.70 (range 0.49-1.00). Both tools discriminated between store types and neighborhoods with different median income. Fruits and vegetables were more likely to be found in middle to higher-income neighborhoods, while soda, fruit-flavored drink mixes, cookies, and chips were cheaper and more likely to be found in lower-income neighborhoods.CONCLUSIONS The measures were reliable and able to reveal significant differences across store types and different contexts. Although some items may require revision, results suggest that the tools may be used to reliably measure the food stores and restaurant food environment in urban settings of middle-income countries. Such studies can help .inform health promotion interventions and policies in these contexts.

RESUMOOBJETIVO Avaliar a confiabilidade intra- e inter-indivíduo e validade de construto de instrumentos de avaliação do microambiente alimentar em mercados, supermercados, feiras-livres e restaurantes adaptados ao contexto urbano brasileiro.MÉTODOS Estudo transversal conduzido em 2010-2011 em 13 distritos do município de São Paulo, Brasil. Instrumentos de avaliação do microambiente alimentar, utilizados em outros países, foram adaptados e testados para o contexto brasileiro. Foram coletadas medidas de disponibilidade, variedade, qualidade, preço e promoção de frutas, hortaliças e alimentos ultraprocessados. Estatísticas Kappa e Coeficiente de Correlação Intraclasse foram utilizados para avaliar as confiabilidades inter- e intra-avaliador em amostra de 142 restaurantes e 97 mercados, supermercados e feiras livres e em 62 restaurantes e 97 mercados, supermercados e feiras livres, respectivamente. A validade de construto, definida como a capacidade dos instrumentos em discriminar diferentes contextos, foi avaliada na totalidade da amostra: 305 mercados e supermercados, oito feiras livres e 472 restaurantes.RESULTADOS Os instrumentos foram considerados confiáveis, com coeficientes Kappa para as medidas inter- e intra-avaliadores, variando de 0,49 a 1,00. Eles também foram capazes de discriminar diferentes tipos de estabelecimentos e diferentes contextos socioeconômicos. Frutas e hortaliças foram mais encontradas em bairros de médio e alto nível socioeconômico, enquanto refrigerantes, refrescos em pó, biscoitos e salgadinhos foram mais encontrados em áreas de menor nível socioeconômico e apresentaram menores preços.CONCLUSÕES As medidas são confiáveis e capazes de discriminar diferentes estabelecimentos e contextos. Embora alguns itens ainda requeiram revisão, os resultados sugerem que os instrumentos podem ser utilizados para avaliar o ambiente alimentar em áreas urbanas de países de renda média. Tais estudos podem informar políticas e intervenções para promoção da saúde nesses contextos.
Descritores: Restaurantes/estatística & dados numéricos
Inquéritos e Questionários
Comércio/estatística & dados numéricos
Abastecimento de Alimentos/estatística & dados numéricos
Promoção da Saúde/métodos
-Verduras
Brasil
Qualidade dos Alimentos
Características de Residência
Inquéritos Nutricionais
Estudos Transversais
Reprodutibilidade dos Testes
Abastecimento de Alimentos/métodos
Frutas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 569 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Castro, Inês Rugani Ribeiro de
Texto completo
Id: biblio-962206
Autor: Hawkes, Corinna; Brazil, Bettina Gerken; Castro, Inês Rugani Ribeiro de; Jaime, Patricia Constante.
Título: How to engage across sectors: lessons from agriculture and nutrition in the Brazilian School Feeding Program
Fonte: Rev. saúde pública (Online);50:47, 2016. tab.
Idioma: en.
Projeto: Pan-American Health Organization.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To provide insights for nutrition and public health practitioners on how to engage with other sectors to achieve public health goals. Specifically, this study provides lessons from the example of integrating family farming and a nutrition into a legal framework in Brazil on how to successfully shift other sectors toward nutrition goals. METHODS The study analyzed policy processes that led to a Brazilian law linking family farming with the National School Feeding Program. Main actors involved with the development of the law were interviewed and their narratives were analyzed using a well-established theoretical framework. RESULTS The study provides five key lessons for promoting intersectorality. First, nutrition and health practitioners can afford to embrace bold ideas when working with other sectors. Second, they should engage with more powerful sectors (or subsectors) and position nutrition goals as providing solutions that meet the interests of these sector. Third is the need to focus on a common goal - which may not be explicitly nutrition-related - as the focus of the intersectoral action. Fourth, philosophical, political, and governance spaces are needed to bring together different sectors. Fifth, evidence on the success of the intersectoral approach increases the acceptance of the process. CONCLUSIONS This study on policy processes shows how a convergence of factors enabled a link between family farming and school feeding in Brazil. It highlights that there are strategies to engage other sectors toward nutrition goals which provides benefits for all sectors involved.
Descritores: Instituições Acadêmicas
Política Nutricional/legislação & jurisprudência
Agricultura/legislação & jurisprudência
Serviços de Alimentação/legislação & jurisprudência
Abastecimento de Alimentos
-Brasil
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Saúde Pública
Política Nutricional/tendências
Regulamentação Governamental
Serviços de Alimentação/tendências
Promoção da Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 569 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-991638
Autor: Ferreira, Daniele Mendonça; Barbosa, Roseane Moreira Sampaio; Finizola, Nathália Corrêa; Soares, Daniele da Silva Bastos; Henriques, Patrícia; Pereira, Silvia; Carvalhosa, Clarice Soares; Siqueira, Ana Beatriz Franco Sena; Dias, Patricia Camacho.
Título: Perception of the operating agents about the Brazilian National School Feeding Program / Percepção de agentes operadores do Programa Nacional de Alimentação Escolar
Fonte: Rev. saúde pública (Online);53:34, jan. 2019. tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE Identify the perception operating agents have on the Brazilian National School Feeding Program. METHODS This is an observational, cross-sectional and quali-quantitative study developed in non-probability and convenience sampling selected in an event promoted by the National Fund for Educational Development in 2015 in Rio de Janeiro. Data were collected through questions related to pre-defined categories concerning the National School Feeding Program. The questionnaire was answered by 43 nutritionists, 41 members of the School Feeding Board, and 16 school feeding administrators from 38 cities of Rio de Janeiro. The narrative analysis was based on benchmarks of cognitive analysis of public policies. The association among variables was investigated with chi-square test, being calculated the power for association testing. RESULTS The perception of the implementation of the National School Feeding Program has been characterized by some challenges: 1) low number of nutritionists to meet the demand from schools; 2) low adhesion to the public call for the purchase of family farming products due to bureaucratic difficulties and insufficient local food production; 3) reduced coverage of food and nutritional measures due to the restriction of human, material and financial resources; and 4) limitation of the participation of the School Feeding Board due to insufficient training and transport for regular visits. The adequacy of the number of nutritionists showed statistically significant association with the purchase of family farming products (p = 0.002; power = 99%) and with the food and nutritional education activities (p = 0.021; power = 79%). CONCLUSIONS The results indicate the need for employment of nutritionist in sufficient numbers to meet the demands of the National School Feeding Program, investment in educational activities of healthy eating in schools, training of the School Feeding Board, greater availability of vehicles for school visits and assistance to family farmers in order to facilitate their participation in programs of institutional purchases and encourage the diversification of production.

RESUMO OBJETIVO Identificar a percepção de agentes operadores sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar. MÉTODOS Trata-se de um estudo observacional, transversal e quali-quantitativo desenvolvido em amostra não probabilística e selecionada por conveniência em um evento promovido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação em 2015 no Rio de Janeiro. Os dados foram coletados com o auxílio de um questionário cujas questões se relacionavam a categorias pré-definidas relacionadas ao Programa Nacional de Alimentação Escolar. O questionário foi respondido por 43 nutricionistas, 41 membros do Conselho de Alimentação Escolar e 16 gestores da alimentação escolar de 38 municípios do Rio de Janeiro. A análise das narrativas foi baseada em referenciais de análise cognitiva de políticas públicas. A associação entre as variáveis foi investigada com o teste qui-quadrado , sendo calculado o poder do teste das associações. RESULTADOS A percepção da execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar foi caracterizada por alguns desafios: 1) baixo quantitativo de nutricionistas para atender à demanda das escolas; 2) baixa adesão à chamada pública para compra de produtos da agricultura familiar por dificuldades burocráticas e insuficiência de produção local de alimentos; 3) reduzida abrangência das ações de educação alimentar e nutricional pela restrição dos recursos humanos, materiais e financeiros; e 4) limitação na atuação do Conselho de Alimentação Escolar por oferta insuficiente de capacitação e de transporte para as visitas regulares. A adequação do quantitativo de nutricionistas mostrou associação estatisticamente significante com a compra de produtos da agricultura familiar (p = 0,002; poder = 99%) e com as atividades de educação alimentar e nutricional (p = 0,021; poder = 79%). CONCLUSÕES Os resultados indicam a necessidade de contratação de nutricionistas em número suficiente para atender às demandas do Programa Nacional de Alimentação Escolar, investimento em atividades educativas de alimentação saudável nas escolas, capacitação do Conselho de Alimentação Escolar, maior disponibilidade de veículos para visitas escolares e assistência aos agricultores familiares para facilitar a participação em programas de compras institucionais e oportunizar a diversificação de produção.
Descritores: Assistência Alimentar/estatística & dados numéricos
Nutricionistas
Serviços de Alimentação/estatística & dados numéricos
Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos
-Percepção
Instituições Acadêmicas
Brasil
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Educação em Saúde
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Política Nutricional
Alimentos Orgânicos
Assistência Alimentar/organização & administração
Serviços de Alimentação/organização & administração
Abastecimento de Alimentos
Dieta Saudável
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 569 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1020895
Autor: Mendonça, Raquel de Deus; Lopes, Mariana Souza; Freitas, Patrícia Pinheiro; Campos, Suellen Fabiane; Menezes, Mariana Carvalho de; Lopes, Aline Cristine Souza.
Título: Monotony in the consumption of fruits and vegetables and food environment characteristics / Monotonia no consumo de frutas e hortaliças e características do ambiente alimentar
Fonte: Rev. saúde pública (Online);53:63, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Council of Scientific and Technological Development; . Foundation of the State of Minas Gerais; . Foundation of the State of Minas Gerais; . Foundation of the State of Minas Gerais; . Coordination for the Improvement of Higher Level Personnel.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To analyze the quantity and diversity in the consumption fruits and vegetables, as well as its relationship with the consumer's purchase characteristics and food environment. METHODS Baseline study stemming from a controlled and randomized community trial investigating a sample representative of Primary Health Care services (Health Academy Program) of Belo Horizonte, state of Minas Gerais. The intake of fruits and vegetables was analyzed in servings/day, whereas diversity was assessed by the Food Frequency Questionnaire. Users were also questioned on the frequency, purchase location and availability of these foods at their households. To assess the consumer's food environment, commercial establishments within a 1.6 km radius around the program unit sampled were audited. RESULTS 3,414 adults and older adults (88.1% women) were investigated, as well as 336 commercial establishments, in 18 units of the Health Academy Program. The average consumption of fruits and vegetables was adequate [5.4 (SD = 2.1) servings/day] but monotonous, with average daily intake of two different types. In the establishments audited, a good diversity (77.7% and 85.0%) and variety (74.5% and 81.4%) of fruits and vegetables was observed, although with lower quality of vegetables (60.4%). After adjusting for sociodemographic variables, we identified that knowledge on food crops (p = 0.006), increased monthly availability of fruits at households (p < 0.001), and greater variety of fruits (p = 0.03) and quality of vegetables (p = 0.05) in commercial establishments could improve the quantitative intake of fruits and vegetables, whereas a greater variety of fruits (p = 0.008) would increase consumption diversity. CONCLUSIONS The intake of fruits and vegetables was quantitatively adequate but monotonous, being influences by the consumer environment. Such results highlight the need for improving educational actions in health services and programs, in addition to acting on the consumer environment, aiming to promote and maintain the adequate and diversified consumption, as recommended by Brazilian guidelines for proper and healthy eating.

RESUMO OBJETIVO Analisar a quantidade e a diversidade do consumo de frutas e hortaliças, assim como sua relação com características da aquisição e do ambiente alimentar do consumidor. MÉTODOS Estudo da linha de base oriundo de ensaio comunitário controlado e aleatorizado que investigou amostra representativa de serviços da atenção primária à Saúde (Programa Academia da Saúde) de Belo Horizonte, MG. Analisou-se o consumo de frutas e hortaliças em porções/dia, e sua diversidade por Questionário de Frequência Alimentar. Os usuários também foram questionados sobre frequência, local de compra e disponibilidade dos alimentos no domicílio. Para aferir o ambiente alimentar do consumidor, realizou-se auditoria dos estabelecimentos comerciais dentro de um raio de 1,6 km ao redor das unidades amostradas do programa. RESULTADOS Investigaram-se 3.414 adultos e idosos (88,1% mulheres) e 336 estabelecimentos comerciais em 18 unidades do Programa Academia da Saúde. O consumo médio de frutas e hortaliças foi adequado [5,4 (DP = 2,1) porções/dia], porém monótono, com ingestão média diária de dois tipos. Nos estabelecimentos auditados, observou-se boa diversidade (77,7% e 85,0%) e variedade (74,5% e 81,4%) de frutas e hortaliças, mas com qualidade inferior de hortaliças (60,4%). Após ajuste por variáveis sociodemográficas, identificou-se que o conhecimento sobre safras de alimentos (p = 0,006), aumento da disponibilidade mensal de frutas nos domicílios (p < 0,001), maior variedade de frutas (p = 0,03) e qualidade das hortaliças (p = 0,05) nos estabelecimentos comerciais poderiam melhorar o consumo quantitativo de frutas e hortaliças, enquanto a maior variedade de frutas (p = 0,008) poderia ampliar a diversidade do consumo. CONCLUSÕES O consumo de frutas e hortaliças foi quantitativamente adequado, porém monótono, sendo influenciado pelo ambiente do consumidor. Tais resultados evidenciam a necessidade de aperfeiçoar as ações educativas nos serviços e programas de saúde, além de atuar sobre o ambiente do consumidor, visando promover e manter o consumo adequado e diversificado, conforme preconizado pelas diretrizes brasileiras para a alimentação adequada e saudável.
Descritores: Abastecimento de Alimentos/estatística & dados numéricos
Dieta Saudável/estatística & dados numéricos
-Fatores Socioeconômicos
Verduras/classificação
Brasil
Características de Residência
Inquéritos sobre Dietas
Frutas/classificação
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 569 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1043329
Autor: Nery, Newillames Gonçalves; Jordão, Lidia Moraes Ribeiro; Freire, Maria do Carmo Matias.
Título: School environment and oral health promotion: the National Survey of School Health (PeNSE) / Ambiente escolar e promoção de saúde bucal: a Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE)
Fonte: Rev. saúde pública (Online);53:93, jan. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás; . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To evaluate the potential support of schools for oral health promotion and associated factors in Brazilian capitals. METHODS Data from 1,339 public and private schools of the 27 Brazilian capitals were obtained from the National Survey of School Health (PeNSE) 2015. Data from the capitals were obtained from the United Nations Development Program and the Department of Informatics of the Brazilian Unified Health System (Datasus). The indicator " ambiente escolar promotor de saúde bucal " (AEPSB - oral health promoting school environment) was designed from 21 variables of the school environment with possible influence on students' oral health employing the categorical principal components analysis (CATPCA). Associations between the AEPSB and characteristics of schools, capitals and regions were tested (bivariate analysis). RESULTS Ten variables comprised CAPTCA, after excluding those with low correlation or high multicollinearity. The analysis resulted in a model with three dimensions: D1. Within-school aspects (sales of food with added sugar in the canteen and health promotion actions), D2. Aspects of the area around the school (sales of food with added sugar in alternative points) and D3. prohibitive policies at school (prohibition of alcohol and tobacco consumption). The sum of the scores of the dimensions generated the AEPSB indicator, dichotomized by the median. From the total of schools studied, 51.2% (95%CI 48.5-53.8) presented a more favorable environment for oral health (higher AEPSB). In the capitals, this percentage ranged from 36.6% (95%CI 23.4-52.2) in Rio Branco to 80.4% (95%CI 67.2-89.1) in Florianópolis. Among the Brazilian regions, it ranged from 45.5% (95%CI 40.0-51.2) in the North to 67.6% (95%CI 59.4-74.9) in the South. Higher percentages of schools with higher AEPSB were found in public schools [58.1% (95%CI 54.9-61.2)] and in capitals and regions with higher Human Development Index [61.0% (95%IC 55.8-66.0) and 57.4% (95%CI 53.2-61.4), respectively] and lower Gini index [55.7% (95%CI 51.2-60.0) and 52.8 (95%CI 49.8-55.8), respectively]. CONCLUSIONS The potential to support oral health promotion in schools in Brazilian capitals, assessed by the AEPSB indicator, was associated with contextual factors of schools, capitals and Brazilian regions.

RESUMO OBJETIVO Avaliar o potencial de suporte do ambiente escolar para a promoção da saúde bucal e fatores associados nas capitais brasileiras. MÉTODOS Os dados de 1.339 escolas públicas e privadas das 27 capitais brasileiras foram obtidos da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) 2015. Os dados das capitais foram obtidos do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e do Datasus. Foi elaborado o indicador "ambiente escolar promotor de saúde bucal" (AEPSB), a partir de 21 variáveis do ambiente escolar com possível influência na saúde bucal dos escolares empregando a análise de componentes principais para dados categóricos (CATPCA). Associações entre o AEPSB e características das escolas, das capitais e das regiões foram testadas (análises bivariadas). RESULTADOS Dez variáveis compuseram a CAPTCA, após exclusão daquelas com baixa correlação ou alta multicolinearidade. A análise resultou em modelo com três dimensões: D1. aspectos intraescolares (venda de alimentos com açúcar adicionado na cantina e ações de promoção de saúde), D2. aspectos do entorno escolar (venda de alimentos com açúcar adicionado em pontos alternativos) e D3. políticas proibitivas na escola (proibição do consumo de álcool e tabaco). A soma dos escores das dimensões gerou o indicador AEPSB, dicotomizado pela mediana. Do total de escolas estudadas, 51,2% (IC95% 48,5-53,8) apresentaram ambiente mais favorável à saúde bucal (maior AEPSB). Nas capitais, esse percentual variou de 36,6% (IC95% 23,4-52,2) no Rio Branco a 80,4% (IC95% 67,2-89,1) em Florianópolis. Entre as regiões brasileiras, variou de 45,5% (IC95% 40,0-51,2), no Norte a 67,6% (IC95% 59,4-74,9) no Sul. Percentuais maiores de escolas com maior AEPSB foram encontrados na rede pública [58,1% (IC95% 54,9-61,2)] e em capitais e regiões com maior índice de desenvolvimento humano [61,0% (IC95% 55,8-66,0) e 57,4% (IC95% 53,2-61,4), respectivamente] e menor índice de Gini [55,7% (IC95% 51,2-60,0) e 52,8 (IC95% 49,8-55,8), respectivamente]. CONCLUSÕES O potencial de suporte à promoção da saúde bucal de escolas das capitais brasileiras, avaliado pelo indicador AEPSB, foi associado a fatores contextuais das escolas, das capitais e das regiões brasileiras.
Descritores: Serviços de Saúde Escolar/estatística & dados numéricos
Meio Social
Inquéritos de Saúde Bucal/estatística & dados numéricos
Saúde Bucal/estatística & dados numéricos
-Valores de Referência
Instituições Acadêmicas/estatística & dados numéricos
Fatores Socioeconômicos
Brasil/epidemiologia
Estudos Transversais
Fatores de Risco
Comportamento Alimentar
Análise Espacial
Abastecimento de Alimentos/estatística & dados numéricos
Geografia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 569 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1043337
Autor: Borges, Camila Aparecida; Jaime, Patricia Constante.
Título: Development and evaluation of food environment audit instrument: Auditnova / Desenvolvimento e avaliação de instrumento de auditoria do ambiente alimentar: Auditnova
Fonte: Rev. saúde pública (Online);53:91, jan. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To develop and assess the reliability of an instrument that enables auditing information on consumer food environment indicators, such as availability, price, promotional and advertising strategies, and quantity of brands available, using the food recommendations adopted by the Dietary Guidelines for the Brazilian Population as a theoretical basis. METHODS This is a methodological study in two phases: 1. development of the audit instrument and 2. assessment of its reliability and reproducibility . The Content Validity Index was estimated for each instrument item (>0.80 satisfactory). Inter-rater and test-retest reliability were assessed by percentage agreement and Kappa coefficients. Pearson's correlation coefficient and Scatter-plots were used to measure the degree of linear correlation between two quantitative variables. RESULTS The Content Validity Index was 0.91. Inter-rater and test-retest reliability were mostly high (Kappa> 0.80), for food availability indicators. Among the items that measure advertising, Kappa values for inter-rater reliability ranged from 0.57 to 1.00 and for the test-retest ranged from 0.18 to 0.90. Prices and quantity of brands showed a positive linear correlation between measurements performed by researcher 1 and 2 and between visits 1 and 2. CONCLUSIONS AUDITNOVA is reliable for measuring aspects such as availability, price, quantity of brands, and advertising of foods available in the consumer food environment.

RESUMO OBJETIVO Desenvolver e avaliar a confiabilidade de um instrumento de auditoria do ambiente alimentar do consumidor que possibilite captar informações sobre indicadores do ambiente alimentar do consumidor como disponibilidade, preço, estratégias promocionais e publicitárias e quantidade de marcas disponíveis, utilizando como base teórica as recomendações alimentares adotadas pelo Guia Alimentar para a População Brasileira. MÉTODOS Trata-se de um estudo metodológico em duas fases: 1. desenvolvimento do instrumento de auditoria e 2. avaliação de sua confiabilidade e reprodutibilidade . Foi calculado o índice de validade de conteúdo para cada item do instrumento (satisfatório > 0,80). A confiabilidade interavaliadores e teste-reteste foram avaliadas por percentual de concordância e coeficientes de Kappa. O coeficiente de correlação de Pearson e scatter-plots foram utilizados para medir o grau da correlação linear entre duas variáveis quantitativas. RESULTADOS O índice de validade de conteúdo total foi de 0,91. A confiabilidade interavaliadores e teste-reteste foram altas (Kappa >0,80), em sua maioria, para indicadores de disponibilidade de alimentos. Entre os itens que medem a publicidade, a confiabilidade interavaliadores apresentou valores de Kappa de 0,57 a 1,00, enquanto o teste-reteste apresentou Kappas de 0,18 a 0,90. Preços e quantidade de marcas apresentaram correlação linear positiva entre as medidas realizadas pelo pesquisador 1 e 2 e entre as visitas 1 e 2. CONCLUSÕES O AUDITNOVA é confiável para mensurar aspectos como disponibilidade, preço, quantidade de marcas e publicidade de alimentos disponíveis no ambiente alimentar do consumidor.
Descritores: Inquéritos e Questionários/normas
Comércio/estatística & dados numéricos
Alimentos/estatística & dados numéricos
Abastecimento de Alimentos/estatística & dados numéricos
-Valores de Referência
Brasil
Variações Dependentes do Observador
Reprodutibilidade dos Testes
Publicidade/estatística & dados numéricos
Abastecimento de Alimentos/normas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 569 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1151738
Autor: Salazar Villamarín, Carlos Iván; Ramos Valencia, Omar Andrés; Ortiz, María Fernanda; Villaquirán, Andrés Felipe.
Título: El estado nutricional y antropométrico de las mujeres gestantes / Nutritional and anthropometric status of pregnant women
Fonte: Salud(i)ciencia (Impresa) = Salud(i)ciencia (En linea);24(1/2):64-68, jun. 2020. tab..
Idioma: es.
Descritores: Mulheres
Antropometria
Estado Nutricional
Gestantes
Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância
Abastecimento de Alimentos
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  8 / 569 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1133809
Autor: Dias, Mariane da Silva; Dumith, Samuel de Carvalho; Vaz, Juliana dos Santos; Susin, Lulie Rosane Odeh.
Título: Insegurança alimentar em um município do extremo sul do Rio Grande do Sul, 2016: um estudo de base populacional / Inseguridad alimentaria en un municipio del extremo sur de Rio Grande do Sul, Brasil, 2016: un estudio de base poblacional / Food insecurity in a city in the extreme south of Rio Grande do Sul, Brazil, 2016: a population-based study
Fonte: Epidemiol. serv. saúde;29(2):e2019204, 2020. tab.
Idioma: en; pt.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (FAPERGS): Programa Primeiros Projetos, ARD/PPP 2014; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico/Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (CNPq/MCTIC); . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior/Ministério da Educação (Capes/MEC).
Resumo: Objetivo: analisar a ocorrência de insegurança alimentar e fatores associados em Rio Grande, RS, Brasil, em 2016. Métodos: estudo transversal de base populacional, cujos dados foram coletados mediante entrevista com os responsáveis pelos domicílios; empregou-se regressão de Poisson, com ajuste robusto da variância. Resultados: foram incluídos 675 domicílios; a prevalência de insegurança alimentar foi de 35,2% (IC95%31,6;39,0) e sua ocorrência esteve associada ao responsável pelo domicílio ser do sexo feminino (RP=1,49 - IC95%1,17;1,90), de raça/cor da pele não branca (RP=1,49 - IC95%1,18;1,88), apresentar menor faixa etária, não ser casado (RP=1,39 - IC95%1,07;1,81), pertencer ao grupo de menor escolaridade (RP=1,58 - IC95%1,17;2,12), encontrar-se no primeiro ou segundo tercil de índice de bens, não ter dinheiro suficiente para as despesas (RP=2,22 - IC95%1,76;2,80), ser obeso (RP=1,39 - IC95%1,13;1,71) e ser fumante (RP=1,28 - IC95%1,05;1,56). Conclusão: a insegurança alimentar esteve associada a todos os fatores estudados, exceto consumo abusivo de álcool.

Objetivo: analizar la ocurrencia de inseguridad alimentaria y factores asociados en Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil, en 2016. Métodos: un estudio transversal de base poblacional obtuvo información mediante la aplicación de un cuestionario a los responsables por las residencias; se utilizó la regresión de Poisson, con ajuste robusto de la varianza. Resultados: se evaluaron 675 hogares, la inseguridad alimentaria fue del 35,2% (IC95%31,6;39,0) y se asoció con que el responsable por la casa fuera del sexo femenino (RP=1,49 - IC95%1,17;1,90), de raza/color de piel no blanca (RP=1,49 - IC95%1,18;1,88), ser del grupo de edad más joven, no ser casada (RP=1,39 - IC95%1,07;1,81), pertenecer al grupo de menor escolaridad (RP=1,58 - IC95%1,17;2,12), estar en el primero o segundo tercil de índice de bienes, no tener dinero suficiente para los gastos de la casa (RP=2,22 - IC95%1,76;2,80), ser obeso (RP=1,39 - IC95%1,13;1,71) y ser fumador (RP=1,28 - IC95%1,05;1,56). Conclusión: la inseguridad alimentaria estuvo asociada a todos los factores estudiados, excepto el abuso de alcohol.

Objective: to analyze the occurrence of food insecurity and associated factors in Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brazil, in 2016. Methods: this was a cross-sectional population-based study using data obtained by interviewing heads of household; Poisson regression with robust variance adjustment was used. Results: 675 households were included; food insecurity prevalence was 35.2% (95%CI31.6;39.0) and its occurrence was associated with heads of household being female (PR=1.49 - 95%CI1.17;1.90), not being white-skinned (PR=1.49 - 95%CI1.18;1.88), being younger, unmarried (PR=1.39 - 95%CI 1.07;1.81), belonging to the lowest education bracket (PR=1.58; 95%CI 1.17;2,12), belonging to the first and second assets index tertiles, having insufficient money to meet expenses (PR=2.22 - 95%CI 1.76;2.80), being obese (PR=1.39 - 95%CI 1.13;1.71), and being a smoker (PR=1.28 - 95%CI 1.05;1.56). Conclusion: food insecurity was associated with all factors studied except alcohol abuse.
Descritores: Fatores Socioeconômicos
Epidemiologia Nutricional
Indicadores de Desigualdade em Saúde
Abastecimento de Alimentos/estatística & dados numéricos
-Brasil
Indicadores de Qualidade de Vida
Estudos Transversais
Comportamento Alimentar
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  9 / 569 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1253978
Autor: Pires, Patricia Fernanda Ferreira.
Título: Políticas públicas de apoio à agricultura familiar como estratégia de promoção da Segurança Alimentar e Nutricional: uma revisão de escopo / Public policies to support family farming as a strategy to promote Food and Nutrition Security: a scoping review.
Fonte: São Paulo; s.n; 2021. 119 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: a alimentação e nutrição constituem-se direitos humanos fundamentais, que devem ser garantidos pelo Estado por meio de políticas públicas de Segurança Alimentar e Nutricional com intuito de promover e proteger a saúde da população. Estudos evidenciam que as políticas públicas de apoio à agricultura familiar têm auxiliado na promoção da Segurança Alimentar e Nutricional, principalmente no que se refere ao papel da agricultura familiar na dimensão da produção e disponibilidade de alimentos. No entanto, é necessário levantar quais os mecanismos têm auxiliado nesse processo e quais os desafios para efetivação do Direito Humano à Alimentação Adequada e da Soberania Alimentar das nações por meio das políticas públicas existentes. Objetivos: caracterizar as políticas públicas de apoio à agricultura familiar que auxiliam na promoção da Segurança Alimentar e Nutricional. Métodos: a metodologia utilizada foi revisão de escopo e a metassíntese, segundo padrão do Instituto Joanna Briggs. A revisão sistemática exploratória foi realizada por dois revisores independentes em 16 bases de dados eletrônicas. Foram identificados 4638 documentos, sendo que 36 foram incluídos, analisados e sintetizados. A análise centrou-se no ano de publicação, idioma, localização geográfica, no tipo de política pública de apoio à AF, e na forma e mecanismos de promoção da SAN. Resultados: maior parte das pesquisas foram conduzidas nos países da América Latina e Caribe - ALC e na Europa (39% e 26% dos estudos, respectivamente) e as políticas que tiveram destaque foram: Programa de Aquisição de Alimentos - PAA, Programa Nacional de Alimentação Escolar- PNAE e Política Agrícola Comum - PAC. Os estudos foram divididos em três categorias emergentes do material analisado: Estratégias de Governança; Participação Social e Promoção da SAN. Os resultados indicam uma predominância de pesquisas focadas em conceitos teóricos, relacionados à promoção da sustentabilidade, por outro lado poucos estudos indicam caminhos práticos a seguir mostrando uma lacuna na práxis para se chegar ao desenvolvimento rural sustentável e à promoção da SAN, mostrando a necessidade de maior vinculação das evidências com a tomada de decisão política e a incorporação do trabalho em redes intersetoriais com uma abordagem sistêmica e cooperativa. Conclusões: esta revisão fornece uma base para o desenvolvimento de caminhos para reconfiguração dos sistemas agroalimentares afim de que haja maior incentivo aos pequenos agricultores, com uma produção, distribuição e abastecimento de alimentos propícios à mitigar os danos ambientais, propiciar o comércio justo, bem como promover à SAN e à saúde única.

Introduction: food and nutrition are fundamental human rights, which must be guaranteed by the State through public policies of Food and Nutritional Security in order to promote and protect the health of the population. Studies show that public policies to support family farming have helped to promote Food and Nutritional Security, especially with regard to the role of family farming in the dimension of food production and availability. However, it is necessary to assess which mechanisms have helped in this process and what are the challenges for the realization of the Human Right to Adequate Food and the Food Sovereignty of nations through existing public policies. Objectives: to characterize public policies to support family farming that help promote food and nutrition security. Methods: the methodology used was scope review and meta-synthesis, according to the standard of the Joanna Briggs Institute. The systematic exploratory review was carried out by two independent reviewers in 16 electronic databases. 4638 documents were identified, of which 36 were included, analyzed and synthesized. The analysis focused on the year of publication, language, geographic location, the type of public policy to support PA, and the form and mechanisms for promoting SAN. Results: most of the research was conducted in the countries of Latin America and the Caribbean - LAC and in Europe (39% and 26% of the studies, respectively) and the policies that stood out were: Food Purchase Program - PAA, National Food Program School Feeding - PNAE and Common Agricultural Policy - PAC. The studies were divided into three categories emerging from the analyzed material: Governance Strategies; Social Participation and SAN Promotion. The results indicate a predominance of research focused on theoretical concepts, related to the promotion of sustainability, on the other hand, few studies indicate practical paths to follow showing a gap in the praxis to arrive at sustainable rural development and the promotion of SAN, showing the need for greater linkage of evidence with political decision-making and the incorporation of work in intersectoral networks with a systemic and cooperative approach. Conclusions: this review provides a basis for the development of ways to reconfigure agro-food systems so that there is greater incentive for small farmers, with a production, distribution and supply of food conducive to mitigating environmental damage, promoting fair trade, as well as promote SAN and one health.
Descritores: Política Pública
Agricultura
Abastecimento de Alimentos
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  10 / 569 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1252950
Autor: Berto, Sandra de Lima Soares.
Título: Percepções de graduandos do curso de Nutrição sobre Segurança Alimentar: elaboração de atividades de ensino sobre Produção de Alimentos Seguros / Perceptions of undergraduates of the Nutrition course on Food Safety: elaboration of teaching activities on Safe Food Production.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2021. 121 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A produção de alimentos seguros depende da qualidade sanitária e da composição nutricional de cada ingrediente. Várias doenças e agravos à integridade física podem ser veiculadas por alimentos contaminados com agentes físicos, químicos e biológicos, portanto, a temática Segurança Alimentar é conteúdo obrigatório na graduação em Nutrição. A legislação vigente estabelece critérios que devem ser aplicados a todos os serviços de alimentação, neste contexto o nutricionista é responsável pela supervisão dos manipuladores de alimentos, portanto, conteúdos como: higiene e possíveis doenças transmitidas por alimentos são temas indispensáveis nos treinamentos de boas práticas de manipulação de alimentos. O objetivo da pesquisa foi elaborar atividades de ensino que auxiliassem a aprendizagem sobre produção de alimentos seguros, a partir das concepções dos graduandos de um curso de Nutrição. A pesquisa tem caráter descritivo com abordagem qualitativa. O local de desenvolvimento do estudo foi uma universidade privada, localizada na zona norte do Rio de Janeiro. Utilizamos como instrumento de coleta dados, o questionário com perguntas objetivas relacionadas ao perfil dos estudantes e ao conhecimento específico sobre o tema, utilizado em turmas de diferentes períodos da graduação.

Após a análise das respostas construímos três atividades de ensino sobre Segurança Alimentar, para diferentes períodos, que foi validada no contexto do estudo, para sensibilizar os futuros profissionais na atenção e supervisão dos alimentos. Os resultados revelaram que embora a maior parte dos participantes desta pesquisa tenha mais interesse por conhecimentos relacionados à Nutrição Clínica, as atividades propostas possibilitaram aos estudantes a percepção de uma ligação entre as duas áreas e a necessidade de ampliar o seu conhecimento sobre a temática. As estratégias de ensino diversificadas ampliaram as possibilidades de alcançar diferentes perfis de estudantes. Concluímos que os estudos de caso, desenvolvidos com o apoio de vídeos, reportagens e legislações sobre Boas Práticas na Manipulação de Alimentos, podem ser abordados em diferentes ambientes de ensino e aprendizagem. (AU)
Descritores: Estudantes de Ciências da Saúde
Ensino
Ciências da Nutrição
Abastecimento de Alimentos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas



página 1 de 57 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde