Base de dados : LILACS
Pesquisa : J01.576.423.850.730.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 159 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 16 ir para página                         

  1 / 159 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1118412
Autor: Bracho E, Héctor R.
Título: El ciclo evolutivo de parásitos de la familia anisakidae. Hacia una prospectiva de medidas sanitarias de control / The evolutionary cycle of parasites of the anisakidae family. towards a prospective of sanitary control measures
Fonte: Rev. Inst. Nac. Hig;50(1-2):71-75, Diciembre 2019. graf.
Idioma: es.
Resumo: Las larvas de nematodos en los peces, generalmente corresponde a especies de la familia Anisakidae, son gusanos redondos, sin segmentación; con hospedadores intermediarios y definitivos y un huésped accidental que es el humano, en quién va producir una enfermedad parasitaria del tacto digestivo, mundialmente conocida como anisakiasis, asociada a reacciones de hipersensibilidad debido a los alérgenos del parásito. La presencia de estos parásitos en los productos de la pesca, deberá ser controlada con medidas preventivas establecidas en la legislación sanitaria de países; estableciendo profilaxis, medidas higiénicas como consumir el pescado cocido, o sometido previamente a congelación a -20°C por 48 a 72 horas, para prevenir la enfermedad. Cuando enfocamos hacia una prospectiva de medidas sanitarias de control preventivo, se plantea el establecimiento de un plan de requerimientos de alimentos seguros, basado en el análisis de riesgos y control de puntos críticos (HACCP), constituido por un paquete de documentos escritos basados en los principios de seguridad de alimentos; que contendrá: el análisis de riesgos; controles preventivos; programas en la cadena de suministros; delineamiento de los procedimientos para ser seguidos por monitoreo, acciones correctivas y verificación. Estará basado en las obligaciones que se puedan establecer bajo jurisdicción regulatoria para el pescado, en cuanto a la pesca o captura, manipulación a bordo o en la orilla y mecanismos de conservación hasta el expendio; que dé lugar a un manual de buenas prácticas de manufactura, análisis de riesgo y controles preventivos de riesgos para la regulación de alimentos de origen marino para consumo humano

The larvae of nematodes in fish generally correspond to species of the Anisakidae family, they are round worms, without segmentation; with intermediate and definitive hosts and an accidental host that is human, in whom it will produce a parasitic disease of the digestive tract, worldwide known as anisakiasis, associated with hypersensitivity reactions due to parasite allergens. The presence of these Parasites in fishery products should be controlled with preventive measures established in the sanitary legislation of countries; establishing prophylaxis, hygienic measures such as consuming the cooked fish, or previously subjected to freezing at -20 ° C for 48 to 72 hours to prevent the disease. When we focus on a prospective of preventive control sanitary measures, the establishment of a plan for safe food requirements based on risk analysis and control of critical points (HACCP), constituted by a package of written documents based on the principles, is considered food safety; which will contain: risk analysis; preventive controls; programs in the supply chain; delineation of the procedures to be followed by monitoring, corrective actions and verification. It will be based on the obligations that can be established under the regulatory jurisdiction for fish, in terms of fishing or capture, handling on board or on the shore and conservation mechanisms up to the sale; that results in a manual of good manufacturing practices, risk analysis and preventive risk controls for the regulation of food of marine origin for human consumption
Descritores: Anisakis/crescimento & desenvolvimento
Anisaquíase/prevenção & controle
Inocuidade dos Alimentos
Produtos Pesqueiros/análise
Peixes/parasitologia
-Trato Gastrointestinal/parasitologia
Larva/crescimento & desenvolvimento
Limites: Humanos
Animais
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: VE9.1 - Biblioteca


  2 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1248160
Autor: Marchetti, Marion Daniela; Tomac, Alejandra; Pérez, Silvina.
Título: Perfil de riesgo para la inocuidad de alimentos presencia de arsénico en Argentina / Risk profile for food safety: presence of arsenic in Argentina
Fonte: Rev. argent. salud publica;13:1-11, 5/02/2021.
Idioma: es.
Resumo: INTRODUCCIÓN: El arsénico (As) se encuentra ampliamente distribuido en la naturaleza. Los compuestos de As inorgánico (iAs) son los más tóxicos y están clasificados como agentes cancerígenos, que ocasionan múltiples efectos negativos sobre la salud. El objetivo fue describir el problema de inocuidad debido a la presencia de As en alimentos, que reviste interés para las decisiones de gestión de riesgos. MÉTODOS: Se realizó el Perfil de Riesgo de As en agua y alimentos mediante la revisión de más de 100 documentos científicos y normativa relacionada. RESULTADOS: La exposición humana al As se da principalmente por la ingesta de agua y alimentos. Argentina presenta vastas zonas con aguas con altas concentraciones de As, superiores al límite recomendado de 0,01 mg/L. En alimentos, pescados y mariscos, arroz y algas marinas tienen naturalmente los niveles más altos de As. Además, durante su procesamiento, habría interconversión entre especies arsenicales y variaciones en sus concentraciones. DISCUSIÓN: La ingesta de As en Argentina suscita una preocupación de Salud Pública. Es crucial continuar ampliando y profundizando las investigaciones para tener un conocimiento certero del contenido de As en diferentes matrices alimenticias y del efecto del procesamiento tecnológico y culinario sobre la especiación y concentración. Se podrán elaborar así informes fehacientes, que permitan a los organismos pertinentes tomar medidas preventivas y decisiones de mejora con visión a futuro
Descritores: Qualidade da Água
Medição de Risco
Inocuidade dos Alimentos
Responsável: AR650.1 - Biblioteca


  3 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890579
Autor: Sanlier, Nevin; Sezgin, Aybuke Ceyhun; Sahin, Gulsah; Yassibas, Emine.
Título: A study about the young consumers' consumption behaviors of street foods / Um estudo sobre o comportamento de consumo dos jovens consumidores de alimentos de rua
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(5):1647-1656, Mai. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract As in almost every country in the world, street foods are frequently used in Turkey. To determine the preferences for these foods, a questionnaire was given to 847 individuals constituted by randomly selected high school and university students. Of the participants, 43.4% were male and 56.6% were female; the majority of them were between 19 and 22 years of age. It was found that 40.1% of the young people ate street food 2-3 times per week, whereas 23.3% were found to eat it every day. Turkish bagels, döner, boiled corn in a cup and toast are most preferred street foods. A statistically significant negative correlations were found between consumption preference scores and education, gender, and age. Although consumers know that street foods can cause contamination with microorganisms, that sellers do not pay attention to hygiene, and that these foods are raw or not cooked well, they prefer because of their cheapness, deliciousness, variety and fast service. Street foods are widely consumed in Turkish young students and because of preventing food poisoning, they should be educated about food hygiene and safety. Also, educating vendors in personal hygiene and good manufacture practice can minimize contamination risk.

Resumo Alimentos de rua são frequentemente consumidos na Turquia como em quase todos os países do mundo. Foi aplicado um questionário para 847 indivíduos constituídos por estudantes de nível médio e superior que foram aleatoriamente selecionados. Dos participantes, 43,4% eram do sexo masculino e 56,6% do feminino; a maioria deles tinha entre 19 e 22 anos de idade. Foi constatado que 40,1% dos jovens comem alimentos de rua 2-3 vezes por semana, enquanto 23,3% todos os dias. Bagel turco döner, milho cozido em um copo e pão torrado são os alimentos de rua mais preferidos. A correlação negativa estatisticamente significativa foi encontrada entre as pontuações de preferências de consumo e educação, gênero e idade. Embora os consumidores saibam que os alimentos de rua podem causar contaminação com microrganismos, pois os vendedores não prestam atenção à higiene, e que estes alimentos são crus ou mal cozidos, eles preferem por causa de seus custos baratos, o seu gosto, a variedade e o serviço rápido. Alimentos de rua são amplamente consumidos por jovens e estudantes turcos e para prevenir a intoxicação alimentar, eles devem ser educados sobre higiene e segurança alimentar. Além disso, educar fornecedores sobre higiene pessoal e boas práticas de fabricação podem minimizar o risco de contaminação.
Descritores: Contaminação de Alimentos/prevenção & controle
Comportamento do Consumidor/estatística & dados numéricos
Comportamento Alimentar
Fast Foods/estatística & dados numéricos
-Estudantes/estatística & dados numéricos
Turquia
Inquéritos e Questionários
Culinária/normas
Fast Foods/normas
Inocuidade dos Alimentos
Manipulação de Alimentos/normas
Microbiologia de Alimentos
Doenças Transmitidas por Alimentos/prevenção & controle
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-974774
Autor: Soares, Daniele da Silva Bastos; Henriques, Patrícia; Ferreira, Daniele Mendonça; Dias, Patrícia Camacho; Pereira, Silvia; Barbosa, Roseane Moreira Sampaio.
Título: Boas Práticas em Unidades de Alimentação e Nutrição Escolares de um município do estado do Rio de Janeiro - Brasil / Best Practices in School Food and Nutrition Units of a municipality in the state of Rio de Janeiro - Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(12):4077-4083, Dec. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo deste trabalho foi analisar as condições higiênico-sanitárias em nove Unidades de Alimentação e Nutrição Escolares (UANE) de um município do Rio de Janeiro (Brasil). Uma Lista de Verificação de Boas Práticas na Alimentação Escolar, proposta e validada por Stedefeldt et al., com itens pontuados e agrupados em seis Blocos Temáticos (BT), foi aplicada. Os resultados da pontuação total (P) por BT e da pontuação final (PF) foram obtidos utilizando o Programa Ferramenta para as Boas Práticas na Alimentação Escolar®. Os resultados da P nas UANE foram comparados com a classificação da Resolução de Diretoria Colegiada nº 275, de 2002, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e os da PF foram utilizados para a classificação das UANE. Todas as UANE se encontraram parcialmente adequadas para o BT edificação. Para os BT manipuladores, processos/procedimentos, higienização ambiental e equipamentos para temperatura controlada, a maioria apresentou resultados parcialmente adequados e inadequados. A maioria da UANE apresentou-se adequada para o BT recebimento. Os resultados da PF classificaram a maior parte das UANE (66,7%) como risco sanitário regular, indicando a necessidade de realização de medidas corretivas para as Boas Práticas nas UANE e oferta de refeições seguras ao público escolar.

Abstract The scope of this study was to analyze the hygienic-sanitary conditions in nine School Food and Nutrition Units (UANE) of a municipality in the state of Rio de Janeiro (Brazil). A Best Practices in School Food Checklist proposed and validated by Stedefeldt et al., containing items scored and grouped into six thematic blocks (BT) was applied. The total score (P) results per BT and the final score (PF) were obtained using the Best Practices in School Food software®. The P results in UANE were compared with the classification of Collegiate Board Resolution No. 275 of 2002 of the National Health Surveillance Agency2 and PF results were used for UANE classification. All the UANE results were partially suitable for BT building. For BT handlers, processes/procedures, environmental hygiene and equipment for controlled temperature, most had partially adequate and inadequate results. Most UANE were adequate for BT reception. The PF results classified most UANE (66.7%) as standard health risks, indicating the need for corrective measures for Best Practices in UANE and the supply of safe and healthy meals to schoolchildren.
Descritores: Lista de Checagem
Inocuidade dos Alimentos/métodos
Serviços de Alimentação/normas
Abastecimento de Alimentos/normas
-Instituições Acadêmicas
Brasil
Equipamentos e Provisões
Manipulação de Alimentos/normas
Limites: Humanos
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-974775
Autor: Cunha, Diogo Thimoteo da; Rosso, Veridiana Vera de; Stedefeldt, Elke.
Título: Food safety performance and risk of food services from different natures and the role of nutritionist as food safety leader / Desempenho e risco dos serviços de alimentação em segurança dos alimentos e o papel do nutricionista como líder em boas práticas de manipulação
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(12):4033-4042, Dec. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The objective of this study was to evaluate the food safety performance of food services and its associated factors. The study involved 84 food businesses in the city of Santos as follows: street food kiosks and beach kiosks (street food), commercial restaurants, hospitals and school meal services (institutional food services). A food safety checklist with 81 items was applied. The overall percentage of adequacy was lower in street food kiosk (49.7%) and beach kiosk (62.0%) than in restaurants (69.7%), hospitals (83.9%) and schools (86%). Institutional and commercial restaurants showed higher scores of food safety performance than street food services, mainly regarding risker practices. The variables positively associated with food safety performance in commercial restaurants were: presence of a nutritionist as leader and adequate structure. These results show that street food services need, in a mediate way, the implementation of new strategies and regulations to improve food safety. A nutritionist acting as food safety leader may improve the food safety performance at commercial restaurants.

Resumo O objetivo desse estudo foi avaliar o desempenho dos serviços de alimentação e seus fatores associados. O estudo envolveu 84 serviços de alimentação na cidade de Santos, sendo estes: ambulantes, quiosques de praia (grupo comida de rua), restaurantes (grupo alimentação comercial), hospitais e escolas (grupo alimentação institucional). Uma lista de verificação com 81 itens foi aplicada. Classificações de risco sanitário foram utilizadas para cada item. O percentual geral de adequação foi menor nos ambulantes (49,7%) e quiosques de praia (62,0%) do que em restaurantes (69,7%), hospitais (83,9%) e escolas (86%). Serviços de alimentação institucionais e comerciais apresentaram escores mais elevados no desempenho em segurança dos alimentos do que os pertencentes ao grupo comida de rua nos quesitos de maior risco sanitário. As variáveis positivamente associadas com o desempenho em restaurantes comerciais foi a presença de nutricionista e estrutura adequada. Esses resultados indicam a necessidade de novas estratégias e políticas para os serviços de comida de rua e que o nutricionista atuando como líder de segurança dos alimentos pode melhorar o desempenho de restaurantes comerciais em relação à segurança dos alimentos.
Descritores: Restaurantes/normas
Inocuidade dos Alimentos/métodos
Nutricionistas/organização & administração
Manipulação de Alimentos/normas
Serviços de Alimentação/normas
-Instituições Acadêmicas
Brasil
Estudos Transversais
Lista de Checagem
Serviço Hospitalar de Nutrição/normas
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-1043120
Autor: López Palomino, Maritza Brígida; Garrido Amable, Odette; Vargas Yzquierdo, Jorge; Semper González, Abel Iván; Machado Lubian, María del Carmen; Roja Pedroso, Raidel.
Título: Experiencias de capacitación a manipuladores de alimentos desde la promoción de salud / Experiences of the food handlers´ training from the health promotion
Fonte: Rev. medica electron;40(3):821-828, may.-jun. 2018. ilus.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Introducción: las personas que manipulan alimentos son responsables de la elaboración inocua de los mismos, son claves para desarrollar y fomentar una cultura alimentaria saludable. Objetivo: describir el desarrollo del curso "El manipulador de alimentos y la promoción de Salud" impartido por la Escuela Nacional de Salud Pública, durante el curso 2015-2016. Materiales y métodos: se realizó un estudio descriptivo, de corte transversal.El universo lo constituyó 97 cursistas. Resultados: las principales necesidades de aprendizaje fueron: normas jurídicas cubanas para la manipulación de alimentos inocuos, (97=100 %); buenas prácticas de manufactura en la limpieza y desinfección en establecimientos de alimentos, (96=93,12%); conocimiento de enfermedades trasmitidas por los alimentos, (89= 86,33 %); la necesidad de poseer conocimientos relacionados con los alimentos saludables y factores que influyen en su calidad, (60=58,20 %). Las principales expectativas declaradas al inicio del curso fueron cumplidas en un 100 %. El 91,75 % de los cursistas expresaron sentirse muy satisfechos. Conclusiones: el curso impartido desde la perspectiva de la promoción de la salud, posibilitó que los manipuladores de alimentos se empoderen de los conocimientos necesarios para contribuir a garantizar la inocuidad de los alimentos, en sus comunidades y escenarios laborales y así lograr una alimentación saludable y de calidad... (AU)

ABSTRACT Introduction: people handling food are responsible for their innocuous elaboration and are very important for developing and fomenting a healthy food culture. Objective: to describe the conduction of the training "The Food Handler and Health Promotion", taught at the National School of Public Health, during the school year 2015-2016. Materials and methods: a cross-sectional, descriptive study was carried out. The universe was formed by 97 trainees. Results: the main learning necessities were: Cuban juridical norms for handling innocuous food (97=100 %); good manufacturing practices in food establishments cleaning and disinfestation (96=93.12%); knowledge on food-transmitted diseases (89= 86.33 %); necessity of having knowledge related to healthy food and factors influencing on their quality (60=58.20 %). The main expectations declared at the beginning of the training were 100 % fulfilled. 91.70 % of the trainees said they were satisfied. Conclusions: the training from the point of view of health promotion provided the food handlers the necessary knowledge for them to contribute to warrant the food innocuousness in their communities and working places, achieving that way a healthy, qualitative feeding... (AU)
Descritores: Cursos de Capacitação
Boas Práticas de Manipulação
Capacitação Profissional
Manipulação de Alimentos
Promoção da Saúde
-Economia e Organizações de Saúde
Qualidade dos Alimentos
Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Cuba
Inocuidade dos Alimentos
Estilo de Vida Saudável
Dieta Saudável
Guias de Estudo como Assunto
Necessidades Nutricionais
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: CU424.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas


  7 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1089485
Autor: Viterbo, Lilian Monteiro Ferrari; Dinis, Maria Alzira Pimenta; Sá, Katia Nunes; Marques, Cynara Araújo Santos de Castrothor; Navarro, Marcus Vinícius Teixeira; Leite, Handerson Jorge Dourado.
Título: Desenvolvimento de um instrumento quantitativo para inspeção sanitária em serviços de alimentação e nutrição, Brasil / Development of a quantitative health inspection instrument in food and nutrition services, Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(3):805-816, mar. 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O estudo visou desenvolver um Instrumento Quantitativo para Inspeção Sanitária (IQIS) em serviços de alimentação e nutrição de grande porte no Brasil. Utilizou-se a tecnologia de inspeção, no Modelo de Avaliação do Risco Potencial (MARP) e legislação sanitária brasileira. Estruturaram-se 12 dimensões, 41 módulos, 57 indicadores de controle de riscos (críticos/não críticos), numa escala de 0-5, totalizando 1.512 índices com codificação de respostas fechadas. O IQIS foi validado com o Coeficiente de Kappa, com excelente concordância para atributos de clareza e relevância (k = 0,82 e k = 0,92) e boa concordância para o atributo aplicabilidade (k = 0,78). O teste de Kruskal-Wallis mostrou inexistir diferença significativa entre as avaliações (p = 0,423), o Coeficiente de Correlação Intraclasse foi satisfatório (CCI = 0,53), o Alpha de Cronbach (α = 0,71) aceitável. O resultado final possibilitou classificar o serviço como tendo risco sanitário inaceitável. Considera-se o IQIS com conteúdo validado, tendo confiabilidade e reprodutibilidade para avaliação higiênico-sanitária, sendo uma inovação tecnológica para serviços de alimentação e nutrição e vigilância sanitária, possibilitando inspeção detalhada e rigorosa.

Abstract The study aimed to develop a Quantitative Health Inspection Instrument (IQIS) large-sized Brazilian food and nutrition services. The inspection technology based on the Potential Risk Assessment Model (MARP) and the Brazilian Health Legislation was used. Twelve dimensions, 41 modules, and 57 risk control (critical/non-critical) indicators were structured on a scale of 0-5, totalling 1,512 indices with closed-ended response coding. The IQIS was validated with the Kappa Coefficient, with excellent agreement for the attributes of clarity and relevance (k = 0.82 and k = 0.92) and good agreement for applicability (k = 0.78). The Kruskal-Wallis test showed no statistically significant difference between the assessments (p = 0.423), the Intraclass Correlation Coefficient was satisfactory (ICC = 0.53), and Cronbach's Alpha (α = 0.71) was acceptable. The final result made it possible to classify the service as having an unacceptable health risk. IQIS is considered to have validated content, be reliable and reproducible to assess the hygienic-sanitary conditions, being a technological innovation for food and nutrition services and sanitary, allowing a detailed and rigorous inspection.
Descritores: Inocuidade dos Alimentos/métodos
Serviços de Alimentação/normas
-Brasil
Medição de Risco
Estudos de Avaliação como Assunto
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lacerda, Lenka de Morais
Texto completo
Id: biblio-1130111
Autor: Candeira, Rildon Porto; Lacerda, Lenka de Morais; Silva, Arlene dos Santos da; Galeno, Lygia Silva; Moreno, Brenda Fernanda Sodré; Durães, Clarissa Costa.
Título: Evaluation of the hygienic-sanitary conditions of a dairy localized in the Island of São Luís, Maranhão / Avaliação das condições higiênico-sanitárias de um laticínio localizado na Ilha de São Luís, Maranhão
Fonte: Arq. Inst. Biol;87:e1082018, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: The product quality is a competitive advantage that plays a differential role among companies. In the food industry, which is based on the Quality Management System, such as Good Manufacturing Practices (GMP), which cover the hygiene procedure, aiming at food safety. In view of the above, the aim of this study was to evaluate the hygienic-sanitary conditions of a selected dairy from the São Luís Island - MA. An application of the checklist was performed, swab collection from the hands of the manipulators and equipment and the collection of water and yogurt for microbiological analysis. After this step, a training was performed for food handlers and finally, new collections and microbiological analysis were performed. All the microbiological analysis performed were satisfactory, except for the water sample, one before and again for training. It can be verified that the hygienic-sanitary condition of the dairy was good. However, after a lecture and new microbiological analyzes, improvements were observed in the results.(AU)

A qualidade dos produtos é uma vantagem competitiva que desempenha um papel diferencial entre empresas. Na indústria alimentar, faz-se necessária a adoção do Sistema de Gestão de Qualidade, como as Boas Práticas de Fabricação (BPF), que abrangem os procedimentos essenciais de higiene, visando à segurança alimentar. Diante do exposto, objetivou-se avaliar as condições higiênico-sanitárias de um laticínio selecionado da ilha de São Luís, Maranhão. Foi realizado um checklist, coleta por swabs das mãos dos manipuladores e de equipamentos e coleta de água e iogurte para análises microbiológicas. Após essa etapa, foi executado um treinamento para os manipuladores de alimentos e, por fim, novas coletas e análises microbiológicas foram realizadas. Todas as análises microbiológicas realizadas mostraram-se satisfatórias, com exceção da amostra de água, uma antes e outra após o treinamento. Pode-se constatar que a condição higiênico-sanitária do laticínio era boa. Contudo, após uma palestra e a realização de novas análises microbiológicas, foram observadas melhorias nos resultados.(AU)
Descritores: Iogurte
Saneamento na Indústria
Indústria de Laticínios
Inocuidade dos Alimentos
-Staphylococcus/isolamento & purificação
Microbiologia da Água
Iogurte/microbiologia
Higiene
Escherichia coli/isolamento & purificação
Boas Práticas de Fabricação
Alimentos
Manipulação de Alimentos
Mãos/microbiologia
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  9 / 159 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1130146
Autor: Gazal, Luís Eduardo de Souza; Brito, Kelly Cristina Tagliari de; Kobayashi, Renata Katsuko Takayama; Nakazato, Gerson; Cavalli, Lissandra Souto; Otutumi, Luciana Kazue; Brito, Benito Guimarães de.
Título: Antimicrobials and resistant bacteria in global fish farming and the possible risk for public health / Antimicrobianos e bactérias resistentes na piscicultura global e o possível risco para a saúde pública
Fonte: Arq. Inst. Biol;87:e0362019, 2020.
Idioma: en.
Resumo: The use of antimicrobials in fish farming is a reflection of the fast aquaculture development worldwide. The intensification of aquaculture to achieve market demands could lead to an increase in infectious diseases by pathogenic bacteria. Consequently, antimicrobials act as controls for emerging infectious diseases, but their use must follow the rules and regulations of the country where the activity is performed. Although the regulations impose limits to the use of antimicrobials in fish farming, many studies show that resistant bacteria are isolated from this system. The selection of resistant bacteria is not limited only to the use of antimicrobials, but also to co-selection of resistance genes or even with cross-resistance processes. Resistant bacteria from fish farming are a serious concern because they can be acquired by humans with handling or food chain, which may represent a public health problem. In the present review, we present an overview of antimicrobials use in aquaculture, the antimicrobial resistance and the impact of antimicrobial and bacterial resistance from a public health perspective.(AU)

O uso de antimicrobianos na piscicultura é um reflexo do rápido desenvolvimento da aquicultura em todo o mundo. A intensificação da aquicultura para suprir as demandas do mercado pode levar ao aumento de doenças infecciosas por bactérias patogênicas. Consequentemente, os antimicrobianos atuam no controle de doenças infecciosas emergentes, mas seu uso deve seguir as regras e regulamentos do país onde a atividade é realizada. Embora os regulamentos imponham limites ao uso de antimicrobianos na piscicultura, muitos estudos mostram que bactérias resistentes são isoladas desse sistema. A seleção de bactérias resistentes não se limita apenas ao uso de antimicrobianos, mas também à cosseleção de genes de resistência ou mesmo por meio do processo de resistência cruzada. As bactérias resistentes da piscicultura são uma preocupação séria, uma vez que tais bactérias podem ser adquiridas pelos seres humanos no manuseio ou na cadeia alimentar, o que pode representar um problema de saúde pública. Nesta revisão, apresentamos uma visão geral do uso de antimicrobianos na aquicultura, a resistência antimicrobiana e o impacto da resistência antimicrobiana e bacteriana do ponto de vista da saúde pública.(AU)
Descritores: Risco à Saúde Humana
Farmacorresistência Bacteriana
Pesqueiros
Peixes/microbiologia
Antibacterianos/efeitos adversos
-Bactérias/efeitos dos fármacos
Infecções Bacterianas/terapia
Infecções Bacterianas/transmissão
Cadeia Alimentar
Meio Ambiente
Inocuidade dos Alimentos
Doenças dos Animais/terapia
Doenças Profissionais/microbiologia
Limites: Humanos
Animais
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  10 / 159 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1130055
Autor: Nascimento, Adriana Loureiro do; Sousa, Rosangela Sales; Rodrigues, Aline Aparecida Rezende; Mattos, Elaine Cristina de; Daros, Vilma dos Santos Menezes Gaiotto; Dal Col, Rute; Pinheiro, Eliana Scarcelli; Nassar, Alessandra Figueiredo de Castro.
Título: Detection of virulence factors in coagulase-negative Staphylococcus spp. strains isolated from Emmental cheese / Detecção de fatores de virulência em cepas de Staphylococcus spp. coagulase negativos isoladas de queijo Emmental
Fonte: Arq. Inst. Biol;87:e0812019, 2020. tab.
Idioma: en.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Brasil.
Resumo: Food prepared with products derived from animals are involved in most cases of staphylococcal poisoning; therefore, the research of Staphylococcus spp. in Emmental cheese is more applicable. The objective of this study was to identify coagulase-negative Staphylococcus spp. (CNS) in cheese using biochemical and molecular techniques to detect the presence of nine genes responsible for the production of enterotoxins. From 180 samples analyzed, 204 CNS strains were obtained and identified as being 46 (22.6%) S. saprophyticus strains, 27 (13.2%) S. hominis spp. hominis strains, 22 (10.8%) S. sciuri strains, 21 (10.3%) S. xylosus strains, 19 (9.3%) S. epidermidis strains, 19 (9.3%) S. haemolyticus strains, 17 (8.3%) S. lentus strains, 17 (8.3%) S. warneri strains, 11 (5.4%) S. equorum strains and 5 (2.5%) S. cohnni . Using the PCRm protocol, 14 (6.9%) strains with the presence of the genes on the enterotoxin E (SEE)11 (78.6%), J (SEJ) 1 (7%), C (SEC) 1 (7%) and I (SEI) 1 (7%) were detected. Based on the results, the type of package is not interfered of growth and isolated that Staphylococcus spp. in cheese. It was observed that bacteria capacity to produce coagulase cannot be understood as an indicative of enterotoxigenicity; therefore, the CNS should be considered as a target of importance in the epidemiology of staphylococcal intoxications. It can be concluded that CNS need to be included in bacterial foodborne disease research, since the genes responsible for the production of toxins were detected and none of the studied samples presented Staphylococcus spp. counting above the limits allowed by legislation.(AU)

Os alimentos preparados com produtos de origem animal são os mais envolvidos em casos de intoxicação alimentar estafilocócica; portanto a pesquisa do Staphylococcus spp. em queijos tipo Emmental é relevante. O objetivo foi isolar e identificar espécies de Staphylococcus coagulase negativas (CNS)de queijo Emmental acondicionado em vários tipos de embalagem, por meio de técnicas bacteriológicas e bioquímicas e detectar, por PCR, a presença de nove genes responsáveis pela produção de enterotoxinas. Das 180 amostras, foram isoladas 204 cepas de CNS, que foram identificadas por provas bioquímicas como: 46 (22,6%) S. saprophyticus, 27 (13,2%) S. hominis spp. hominis, 22 (10,8%) S. sciuri, 21 (10,3%) S. xylosus, 19 (9,3%) S. epidermidis , 19 (9,3%) S. haemolyticus , 17 (8,3%) S. lentus , 17 (8,3%) S. warneri , 11(5,4%) S. equorum e 5 (2,5%) S. cohnii . Na PCR multiplex, em 14 (6,9%) isolados foi detectada a presença dos genes para enterotoxina E (SEE), em 11 (78,6%) J (SEJ), em 1 (7%) C (SEC) e em 1 (7%) I (SEI). Com base nos resultados, o tipo de embalagem não interferiu na multiplicação dos Staphylococcus spp. isolados dos queijos. Neste estudo, verificou-se que a capacidade para a produção de coagulase pela bactéria não pode ser concebida como indicativa de enterotoxigenicidade, portanto devem-se considerar os CNS como objeto de importância na epidemiologia das intoxicações estafilocócicas, fazendo-se necessária a atenção com relação à pesquisa dos CNS nos alimentos, uma vez que foram detectados genes responsáveis pela produção de toxinas, e nenhuma das amostras apresentou contagem para Staphylococcus spp. acima do limite permitido pela legislação.(AU)
Descritores: Intoxicação Alimentar Estafilocócica
Staphylococcus/virologia
Enterotoxinas
Doenças Transmitidas por Alimentos
-Bactérias
Queijo
Reação em Cadeia da Polimerase
Técnicas Bacteriológicas
Embalagem de Produtos
Alimentos de Origem Animal
Inocuidade dos Alimentos
Abastecimento de Alimentos
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação



página 1 de 16 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde