Base de dados : LILACS
Pesquisa : J01.897.280.500.598 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 118 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 12 ir para página                         

  1 / 118 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1098022
Autor: Mejía Rivera, Orlando.
Título: Literature and cinema in the training of doctors and medical humanities / La literatura y el cine en la formación del médico y las humanidades médicas
Fonte: Acta méd. colomb;44(3):25-29, July-Sept. 2019.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The use of literature and cinema to teach human values to medical students creates very important conceptual elements in the academic framework of medical humanities. Literary and film narratives allow students to generate an ethical, historical and epistemological reflection on the perspectives of medical practice and the doctor-patient relationship. In addition, it fosters in the students manifestations of solidarity, empathy and recognition of the human suffering of the sick. This article shows different thematic orientations and specific works that can help create and develop undergraduate courses in medical curricula. (Acta Med Colomb 2019; 44. DOI: https://doi.org/10.36104/amc.2019.1274).

Resumen La utilización de la literatura y el cine para la enseñanza de valores humanistas a los estudiantes de medicina crea elementos conceptuales de gran importancia en el marco académico de las humanidades médicas. Las narrativas literarias y cinematográficas permiten generar en los alumnos una reflexión ética, histórica y epistemológica ante las perspectivas de la práctica médica y la relación médico-paciente. Además, estimula en ellos las manifestaciones de solidaridad, empatía y reconocimiento del sufrimiento humano de los enfermos. En este artículo se muestran distintas orientaciones temáticas y obras específicas que pueden servir a la creación y desarrollo de cursos de pregrado en los currículos de medicina. (Acta Med Colomb 2019; 44. DOI: https://doi.org/10.36104/amc.2019.1274).
Descritores: Literatura
-Ensino
Ética
Medicina
Filmes Cinematográficos
Responsável: CO70 - Asociación Colombiana de Medicina Interna


  2 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1143554
Autor: Rossato, Lucas; Santeiro, Tales Vilela; Barbieri, Valeria.
Título: Pensando famílias na formação em psicologia: experiência grupo-operativa com calouros / Considerations on families in psychology training: group-operative experience with beginning students / Pensando familias en la formación en psicología: experiencia grupo-operativa con novatos
Fonte: Psicol. ciênc. prof;40:e208770, jan.-maio 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A instituição familiar tem sido caracterizada por pluralidade de configurações e constantes transformações nos modos de reflexão a seu respeito. Na formação em Psicologia, dialogar sobre diferentes possibilidades de ser família é necessário, pois essa instituição é tida como um dos pilares da vida psicológica das pessoas e das sociedades. Este estudo tem como objetivo geral relatar uma experiência de criação coletiva de espaço e tempo para dialogar com estudantes calouros de Psicologia sobre famílias após a exibição de filmes comerciais retratando-as. Dezesseis estudantes de universidade pública do interior de Minas Gerais participaram da pesquisa. A equipe executora foi composta por três psicólogos. Nove encontros semanais foram desenvolvidos, tendo como estratégia de coleta de dados grupos operativos de ensino-aprendizagem e filmes comerciais como recursos disparadores de diálogos. Os encontros foram audiogravados e transcritos na íntegra. Os resultados foram analisados por meio de emergentes grupais e interpretados à luz do referencial teórico da psicanálise, em especial de autores latino-americanos estudiosos de famílias. Cinco eixos de diálogos foram observados: famílias formadas por casais do mesmo sexo; famílias unipessoais; famílias com filhos adotivos; famílias extensas/ampliadas; e famílias recompostas/recasadas. Os resultados evidenciaram a importância do grupo operativo de ensino-aprendizagem como recurso a ser utilizado em ambiente de formação de psicólogos, para construção dialogada e vivenciada de saberes sobre a instituição familiar, suas potencialidades e seus limites.

Abstract The family institution has been characterized by a plurality of configurations and constant transformations in the ways of reflection about it. In Psychology training, a dialogue about different family possibilities becomes necessary, because this institution constitutes one of the pillars of the psychological life of people and societies. This study reports an experience of collective creation of space and time to dialogue with beginning Psychology students about families, after commercial films portraying them have been exhibited. Sixteen students enrolled in a public university in the countryside of Minas Gerais participated in the study. The research team was composed of three psychologists. Nine weekly meetings were held, with a duration of approximately 3 hours each, using as a data collection strategy teaching-learning operative groups and commercial films as triggering resources for dialogues. The meetings were audiographed and transcribed in full. The results were analyzed through group emergents and interpreted in the light of the theoretical framework of psychoanalysis, especially papers from Latin American authors who study families. Five dialogue axes were observed: families formed by same-sex couples; single-parent households; families with adopted children; extended/enlarged families; and recaptured/reassessed families. The results evidenced the importance of the teaching-learning operative group as a resource to be used in the training environment of psychologists, for a dialogical and experienced construction of knowledge about the family institution, its potential and limits.

Resumen La institución familiar ha sido caracterizada por la pluralidad de configuraciones y por constantes transformaciones en los modos de reflexión relacionados a ella. En la formación en Psicología, dialogar sobre diferentes posibilidades de ser familia se hace necesario, pues esa institución se caracteriza como uno de los pilares de la vida psicológica de las personas y de las sociedades. Este estudio tiene como objetivo general relatar la experiencia de creación colectiva de espacio y tiempo para dialogar con estudiantes novatos de Psicología sobre familias, después de la exhibición de películas comerciales que las retrataban. Dieciséis estudiantes de una universidad pública del interior de Minas Gerais participaron en la investigación. El equipo ejecutante fue compuesto por tres psicólogos. Se llevaron a cabo nueve encuentros semanales, teniendo como estrategia de recopilación de datos grupos operativos de enseñanza-aprendizaje y películas comerciales como recursos disparadores de diálogos. Los encuentros fueron grabados en audio y después transcritos en su totalidad. Los resultados fueron analizados por medio de emergentes grupales e interpretados a la luz del referencial teórico del psicoanálisis, en especial de autores latinoamericanos que estudian las familias. Se observaron cinco ejes de diálogos: familias formadas por parejas del mismo sexo; familias unipersonales; familias con hijos adoptivos; familias amplias/ampliadas; y familias recompuestas/recasadas. Los resultados evidenciaron la importancia del grupo operativo de enseñanza-aprendizaje como el recurso a ser utilizado en la formación de psicólogos, para construcción dialogada y vivenciada del saber sobre la institución familiar, sus potencialidades y límites.
Descritores: Psicologia
Estudantes
Universidades
Família
Características da Família
-Papel
Psicanálise
Pesquisa
Recursos Audiovisuais
Sociedades
Ensino
Tempo
Indústria da Construção
Coleta de Dados
Estratégias de Saúde
Conhecimento
Vida
Relatório de Pesquisa
Criança Adotada
Respeito
Recursos em Saúde
Aprendizagem
Filmes Cinematográficos
Pessoas
Limites: Humanos
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  3 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-597826
Autor: Santos, Camila Backes dos; Costa, Ângelo Brandelli; Carpenedo, Manoela; Nardi, Henrique Caetano.
Título: A diversidade sexual no ensino de Psicologia. O cinema como ferramenta de intervenção e pesquisa / La diversidad sexual en la enseñanza de Psicología. Cinema as a tool for intervention and research / Sexual diversity in psychology training
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(7):127-141, abr. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: O contexto da formação em psicologia é tradicionalmente marcado pela patologização das performances de gênero e das sexualidades que fogem à matriz heteronormativa. A ausência da discussão sobre a diversidade sexual na formação em psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul motivou o projeto de pesquisa-intervenção aqui apresentado. O objetivo foi estimular o debate sobre a diversidade sexual utilizando o cinema como disparador de discussões em graduandos em psicologia, a fim de se compreenderem suas crenças e atitudes sobre a temática. As análises apontam para a resistência à discussão desta temática para além das abordagens tradicionais, as quais situam a diversidade sexual no campo da psicopatologia. No entanto, apesar da resistência, foi possível criar um espaço para a discussão que possibilitou ao corpo discente e docente refletir sobre o tema.

La formación universitaria en Psicología ha estado marcada por la patologización de las performances de género y de las sexualidades que escapan a la matriz heteronormativa. El proyecto de investigación-intervención que presentamos en este artículo se origina en la ausencia de una discusión sobre la diversidad sexual en la carrera de Psicología de la Universidad Federal de Rio Grande do Sul (Brasil). El objetivo fue estimular el debate sobre la diversidad sexual, utilizando el cine como disparador de discusiones entre estudiantes de Psicología, a fin de conocer y comprender creencias y actitudes sobre la cuestión. Los análisis señalan una resistencia a discutir acerca de esta temática más allá de los abordajes tradicionales, que situan la diversidad sexual en el campo de la psicopatología. Sin embargo, a pesar de esa resistencia se pudo crear un espacio para el debate que permitió, tanto a estudiantes cuanto a docentes, reflexionar sobre la temática.

University training in psychology has traditionally been informed by pathological views on those sexual and gender performances not conforming to the hetero-normative matrix. This intervention and research project was motivated by the absence of discussion on sexual diversity within the undergraduate program in psychology at Federal University of Rio Grande do Sul, Brazil. The goal was to stimulate the debate on sexual diversity. Cinema was used as a trigger for undergraduate students to discuss and elaborate on their beliefs and attitudes about the topic. The results indicate resistance to discussions beyond the traditional approaches which situate sexual diversity in the field of psychopathology. However, despite that resistance, it was possible to create a space for discussion, which made it possible for teachers and students to reflect on the topic.
Descritores: Psicologia/educação
Estudantes
Educação Superior
Minorias Sexuais e de Gênero
Diversidade de Gênero
Filmes Cinematográficos
-Psicopatologia
Sexualidade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  4 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-597827
Autor: Silva Junior, Aureliano Lopes da.
Título: Um passeio de ônibus: Priscilla, a rainha do deserto (1994) e alguns diálogos entre categorias sociais e ficcionais / Un viaje en ómnibus: Las aventuras de Priscilla, la reina del desierto (1994) y algunos diálogos entre categorías sociales y ficcionales / A bus tour: Priscilla, Queen of the Desert (1994) and the dialog between social and fictional categories
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(7):142-165, abr. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo objetiva uma reflexão acerca de alguns ecos do filme australiano Priscilla, a rainha do deserto (1994), dirigido por Stephan Elliot. Este filme alcançou grande sucesso no mundo todo, contribuindo para a popularização da figura das drag queens, com suas performances e excessos, para além de um nicho gay. Pretendo discutir como ficção e realidade entrelaçam-se nos diálogos entre obra artística e teoria. Priscilla, a rainha do deserto talvez tenha causado maior impacto em seu país de origem, sendo tomado como documento real da representação da diversidade, da identidade nacional e das relações étnicas australianas. Seguindo esta trilha, citarei alguns estudos suscitados pela obra em questão, como os de Damien Riggs (2006), Elaine Laforteza (2006) e Gilad Padva (2000), que em seus diversos tipos de argumentações transformam este filme em um objeto de discussão teórica e elemento cultural referente da realidade.

El presente artículo se propone una reflexión acerca de algunas repercusiones de la película australiana "Las aventuras de Priscilla, la reina del desierto" (1994), dirigido por Stephan Elliot. El éxito mundial de esta película contribuyó a popularizar a las drag queens, con sus performances y excesos, más allá del nicho gay. Procuro discutir cómo ficción y realidad se entrelazan en el diálogo entre obra artística y teoría. Quizás "Las aventuras de Priscilla, la reina del desierto" haya causado un impacto mayor en su país de origen, tomándoselo como documento y representación de la diversidad, la identidad nacional y las relaciones étnicas australianas. En esa línea, retomaré estudios sobre la obra en cuestión, como los de Damien Riggs (2006), Elaine Laforteza (2006) y Gilad Padva (2000), que transformaron esta película, a través de sus distintas argumentaciones, en un objeto de discusión teórica y un elemento cultural referente de la realidad.

This article is a reflection on some echoes of the Australian film "The Adventures of Priscilla, Queen of the Desert" (1994), by Stephan Elliot. The film enjoyed great success across the world, contributing to the popularization of drag queen characters, their performances, and cultivation of excess beyond the gay niche. Damien Riggs (2006), Elaine Laforteza (2006), and Gilad Padva (2000) have made this film an object of theoretical discussion as a cultural product. I discuss how fiction and reality intertwine in the dialogues between performance, art, and theory/reality. "The Adventures of Priscilla, Queen of the Desert" might have caused a higher impact in its country of origin, received as a document representation of diversity, national identity, and ethnic relations in Australia.
Descritores: Travestilidade
Minorias Sexuais e de Gênero
Diversidade de Gênero
Filmes Cinematográficos
-Masculinidade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  5 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1252643
Autor: Silva, Juan da Cunha.
Título: Identidade Masculina e o Cuidado à Saúde entre Jovens: problematizações e reflexões a partir do documentário "The Mask You Live In" / Male Identity and Health Care among Young People: problematizations and reflections from the documentary "The Mask You Live In".
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2020. 252 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Nesse estudo buscamos por meio da discussão dos construtos das Ciências Humanas, Sociais e da Saúde a compreensão das diferenças de gênero, geração, cultura e suas repercussões no processo saúde-doença-cuidado dos homens, sobretudo, dos jovens. O presente estudo teve como objetivo geral compreender como as questões acerca da identidade masculina se relacionam com o cuidado à saúde tendo como recurso o documentário "The Mask You Live In" (2015). Com vistas a atingir os objetivos do estudo, adotamos a abordagem da pesquisa qualitativa. O percurso teórico-metodológico contemplou a transcrição das narrativas e o levantamento das informações dos depoentes e do contexto de produção do documentário. Em seguida, realizamos a observação do universo léxico das narrativas. A partir da leitura da transcrição das narrativas, realizamos o cotejamento entre o texto e as cenas do documentário, essa etapa subsidiou a identificação das dinâmicas de narrativa e a identificação da polifonia dos discursos dos depoentes. A tematização das narrativas possibilitou a identificação de núcleos temáticos que foram utilizados no levantamento de questões que possuem relação com o objeto de pesquisa deste estudo. As questões selecionadas foram problematizadas à baila dos construtos das Ciências Humanas, Sociais e da Saúde. Dentre os resultados do estudo, destacamos que a socialização masculina é um processo vigiado e atravessado por prescritivos culturais como: a rejeição do feminino e a negação da dor entre os homens, essas injunções podem contribuir para o distanciamento das práticas de cuidado à saúde entre os homens jovens.

A vulnerabilidade na juventude masculina é velada por meio do uso de máscaras que dificultam o reconhecimento da dor, dos sentimentos e do acesso às práticas de cuidado à saúde e autocuidado. Compreendemos por meio da problematização das narrativas de "The Mask You Live In" (2015) que a construção da identidade masculina possui dimensões estruturantes e estruturadas e suas imbricações com a cultura do cuidado à saúde entre os homens jovens. Dentre as estratégias de cuidado voltadas a esse público, destaca-se a participação da família, dos professores e de outros agentes que mantenham uma relação de proximidade. Além dessas se incluem a criação de espaços que favoreçam a comunicação das aspirações e das demandas sociais, de saúde e o engajamento deste grupo na construção coletiva de saberes em torno do processo saúde-doença-cuidado na juventude que abarcam o engajamento dos jovens, como ainda, ao desenvolvimento de políticas públicas à qual esta iniciativa se soma. Por fim, o desenvolvimento desse estudo promoveu a construção de uma proposta de problematização de narrativas deste filme/documentário e/ou cenas que poderão ser utilizadas em abordagens educativas com o público juvenil. O cinema, em suas múltiplas dimensões, pode ser utilizado em abordagens educativas junto aos jovens, por seu potencial em promover a mediação e a discussão dos eventos e dos marcadores que atravessam a cultura do cuidado à saúde na juventude. (AU)
Descritores: Autocuidado
Adolescente
Masculinidade
Filmes Cinematográficos
Limites: Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  6 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1155746
Autor: Gomes, Doris; Moretti-Pires, Rodrigo Otávio; Finkler, Mirelle.
Título: Que horas ela volta? Análise bioética sobre gênero e classe / The Second Mother: bioethical analysis on gender and class / Una segunda madre: análisis bioético sobre género y clase
Fonte: Rev. bioét. (Impr.);28(4):619-627, out.-dez. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A exibição de filmes seguida de debate pode ser empregada como recurso pedagógico da bioética narrativa, visando compartilhar percepções e ampliar coletivamente a capacidade de refletir e dialogar. Neste artigo buscou-se aprofundar a análise de questões ético-políticas suscitadas em debate sobre o filme Que horas ela volta? com estudantes de uma universidade pública. O filme faz um resgate sócio-histórico da formação brasileira, expondo antagonismos ancestrais e uma cultura visceralmente racista, sexista e autoritária. Foram levantadas coletivamente as principais cenas-chave do filme, debatidas à luz da bioética social com base em leitura previamente recomendada. O processo levou os alunos a problematizar relações de gênero, classe, trabalho, poder e violência simbólica no Brasil contemporâneo - reflexões necessárias no contexto da educação superior em saúde.

Abstract Movie screenings followed by debate can be used as a pedagogical resource for narrative bioethics, aiming to share perceptions and collectively expand the capacity to reflect and dialogue. In this article, we sought to deepen the analysis of ethical and political issues raised in a debate on the movie The Second Mother with students from a public university. The film makes a socio-historical rescue of the Brazilian formation, exposing ancestral antagonisms and a viscerally racist, sexist, and authoritarian culture. Collectively, the main key scenes of the movie were addressed and discussed in the light of social bioethics, based on previously recommended reading. The process led the students to problematize relations of gender, class, work, power, and symbolic violence in contemporary Brazil - necessary reflections in the context of higher education in health.

Resumen La exhibición de películas seguida de debate se puede emplear como un recurso pedagógico de la bioética narrativa para compartir percepciones y ampliar colectivamente la capacidad de reflexionar y dialogar. En este artículo, se trató de profundizar el análisis de cuestiones ético-políticas suscitadas en un debate con estudiantes de una universidad pública acerca de la película brasileña Una segunda madre. Al realizar un rescate sociohistórico de la formación brasileña, la película expone antagonismos ancestrales y una cultura visceralmente racista, sexista y autoritaria. Colectivamente, se identificaron las escenas clave de la película y se discutieron a la luz de la bioética social, con base una lectura previamente recomendada. Este proceso condujo a los alumnos a problematizar relaciones de género, clase, trabajo, poder y violencia simbólica en el Brasil contemporáneo, reflexiones necesarias en el contexto de educación superior en salud.
Descritores: Bioética
Educação Superior
Identidade de Gênero
Filmes Cinematográficos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  7 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-686733
Autor: Peidro, Santiago.
Título: Dos casos de intersexualidad en el cine argentino / Dois casos de intersexualidade no cinema argentino / Two Inter-Sexual cases in argentinian Cinematography
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(14):66-90, agosto 2013.
Idioma: es.
Resumo: Este artículo analiza los filmes argentinos XXY (Lucía Puenzo, 2007) y El último verano de la boyita (Julia Solomonoff, 2009) para indagar sobre el modo en el que la intersexualidad puede ser leída a partir de las conceptualizaciones de anatomopolítica individual y regulaciones poblacionales que Michel Foucault describe, principalmente en sus cursos Los anormales, Defender la sociedad y en su texto, Historia de la sexualidad.

Este artigo analisa os filmes argentinos XXY (Luzia Puenzo, 2007) e O último verão da boyita (Julia Solomonoff, 2009) para indagar sobre o modo com que a intersexualidade pode ser lida a partir das conceitualizações de anatomopolítica individual e regulações populacionais que Michel Foucault descreve, principalmente em seus cursos Os anormais e Defender a sociedade, e em seu texto, História da sexualidade.

The aim of this work is to analyze the Argentinian films XXY (Lucía Puenzo, 2007) and El último verano de la boyita (Julia Solomonoff, 2009) in order to investigate the way inter-sexuality can be read as a junction point between the individual anatomo-policy and the population regulations that Michel Foucault describe particularly in his courses The abnormals, Society must be defended and in his text History of sexuality.
Descritores: Política
Transtornos do Desenvolvimento Sexual
Poder Psicológico
Pessoas Intersexuais
Filmes Cinematográficos
-Argentina
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  8 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1177182
Autor: Santolin, Cezar Barbosa; Rigo, Luiz Carlos.
Título: Representações da obesidade no cinema: o "burguês gordo" em A greve (1925) de Eisenstein / Representations of obesity in cinema: the 'fat bourgeois' in Eisenstein's Strike (1925) / Representaciones de la obesidad en el cine: el "burgués gordo" en La huelga (1925) de Eisenstein
Fonte: Movimento (Porto Alegre);25(1):e25076, jan.- dez. 2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste ensaio foi analisar o filme A greve (1925), de Sergei M. Einsenstein, como fonte primária da história das representações da obesidade no cinema. Utilizou-se a metodologia da análise discursiva da enunciação, numa perspectiva foucaultiana. Após assistir ao filme, identificaram-se quatro trechos considerados relevantes. Com as análises, constituíram-se dois enunciados: 1) os burgueses são corpulentos e gordos; e 2) os burgueses gordos são irascíveis. Ambos os enunciados indicam uma situação oposta à contemporaneidade, quanto às características atribuídas à obesidade e associadas a grupos socioeconômicos. Além disso, reforça a tese de que houve uma politização da corporeidade no processo histórico de inversão valorativa da condição denominada, naquele tempo, corpulência. Concluiu-se que o cinema pode ter sido uma ferramenta de propaganda ideológica fundamental na difusão desses novos valores, que podem ser identificados na contemporaneidade

This essay analyzes Sergei Eisenstein's film 'Strike' (1925) as the primary source for a history of representations of obesity in Cinema. As a method, it used discursive analysis of the enunciation from a Foucauldian perspective. After watching the movie, four passages were considered relevant and two enunciations were established: (1) the bourgeois are corpulent and fat; and 2) the fat bourgeois are irascible. Regarding the characteristics attributed to obesity in terms of socioeconomics groups, both statements indicate a situation that is opposite to today's. The results reinforce the view that there was politicization of corporeity in the historical process of inversion of values of the denominated condition ­ at that time, corpulence. As a conclusion, cinema may have been an ideological propaganda tool to spread the new values, which can be found in the contemporaneity

El objetivo de este ensayo fue analizar la película "La huelga" (1925), de Sergei Einsenstein, como fuente primaria de la historia de las representaciones de la obesidad en el cine. Se utilizó la metodología del análisis discursivo de la enunciación, en una perspectiva foucaultiana. Después de assistir la pelicula, se identificaron cuatro fragmentos considerados relevantes y se constituyó dos enunciados: 1) los burgueses son corpulentos y gordos; y, 2) los burgueses-gordos son irascibles. Ambos indican una situación opuesta a la contemporaneidad, cuanto a las características atribuidas a la obesidad y a grupos socioeconómicos. Además, refuerza la tesis de que hubo una politización de la corporeidad en el proceso histórico de inversión valorativa de la condición denominada, en aquel entonces, corpulencia. Se concluyó que el cine pudo haber sido una herramienta de propaganda ideológica fundamental en la difusión de esos nuevos valores, que pueden ser identificados en la contemporaneidad
Descritores: Filmes Cinematográficos
Obesidade
-Metodologia
História
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR553.1 - Biblioteca Edgar Sperb


  9 / 118 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1178417
Autor: Loureiro, Walk; Soeiro, Lucas Borges; Loureiro, Danielle Queiroz Pereira; Queiroz, Paulo Pires de.
Título: Aos Teus Olhos: um olhar contemporâneo sobre a pedofilia e o "tribunal" das mídias sociais / Aos Teus Olhos: a contemporary look at pedophilia and the "court" of social media / Aos Teus Olhos: una mirada contemporánea sobre la pedofilia y el "tribunal" de las redes sociales
Fonte: Movimento (Porto Alegre);25(1):e25095, jan.- dez. 2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo inicia com uma resenha do longa-metragem Aos Teus Olhos (2017), estrelado por Daniel Oliveira, no qual o professor de natação Rubens é acusado de praticar pedofilia contra um de seus alunos. O fio condutor do texto é uma discussão feita com base em uma literatura especializada, que mostra que não há um real acréscimo da pedofilia, mas maior controle e punição quando esses crimes ocorrem. Articula-se ainda o enredo do longa com casos ocorridos antes e depois do advento das mídias sociais, nos quais a vida de alguns professores foi destruída graças à disseminação de boatos sem provas. Por fim, espera-se que tanto o filme seja trabalhado como importante recurso didático na formação inicial e continuada de professores quanto este texto, de maneira a potencializar uma discussão acerca da pedofilia e do poder das mídias sociais na destruição da vida dos profissionais da educação

The article starts with a review of "Aos Teus Olhos", a film starred by Daniel Oliveira, in which swimming instructor Rubens is accused of pedophilia against one of his pupils. The text's guiding thread is a discussion based on specialized literature that shows that rather than a real increase in pedophilia, there is greater control of and punishment to that type of crime. The film's plot addresses cases that happened before and after the advent of social media, in which some teachers had their lives destroyed by rumors. Finally, the film and this text are expected to be used as important teaching resources in teachers' initial and continued training, in order to help discussing pedophilia and the power of social media concerning destruction of Education professionals' lives.

El artículo comienza con una reseña del largometraje "Aos Teus Olhos" (2017), protagonizado por Daniel Oliveira, en el que el profesor de natación Rubens es acusado de practicar pedofilia contra uno de sus alumnos. El hilo conductor del texto es una discusión realizada sobre la base de literatura especializada que señala que no existe un real aumento de la pedofilia, sino un mayor control y castigo cuando estos crímenes ocurren. También se articula la trama de la película con casos ocurridos antes y después de la llegada de las redes sociales, en los cuales la vida de algunos profesores fue destruida debido a la diseminación de rumores sin pruebas. Por último, se espera que tanto el largometraje como este texto sean trabajados como importantes recursos didácticos en la formación inicial y continuada de profesores, de manera a impulsar una discusión acerca de la pedofilia y el poder de las redes sociales en la destrucción de la vida de los profesionales de la educación
Descritores: Pedofilia
Educação
Mídias Sociais
-Filmes Cinematográficos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Responsável: BR553.1 - Biblioteca Edgar Sperb


  10 / 118 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1020109
Autor: Alerm-González, Alina J; González-Pérez, Ubaldo.
Título: Propuesta del cine de ciencia ficción para educar en Bioética / Science Fiction Cinema Proposal for Bioethic Education / Proposta do Cinema de Ficção Científica Para Educar em Bioética
Fonte: Pers. bioet;23(1):14-33, jun. 2019.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Para el poshumanismo, las tecnologías eliminarán el envejecimiento, potenciarán la cognición, la fuerza y conservarán la psiquis humana en soportes digitales. Estas ideas, presentes en filmes de ciencia ficción, resultarían útiles para educar en Bioética a estudiantes de medicina. Proponemos algunos de estos filmes que tratan sobre cambios tecnológicos de humanos y sus consecuencias: creación de humanoides por ingeniería genética; esclavos; "mercancía" sin derechos ni dignidad; discriminación por manipulación genética eugenésica; inteligencia artificial que domina a humanos; creación de cyborg para matar; supremacía étnica y suplantación de identidad; inteligencia impersonal; traspaso de conciencia e identidad después de la muerte. El análisis de los filmes ayudaría al profesor a analizar con los estudiantes los límites morales de la ciencia y las tecnologías.

Abstract Posthumanism state that technologies will eliminate aging, improve cognitive, physical and psychological skills and keep alive human minds by uploading them in machines as artificial intelligence. These beliefs, as constant features in science fiction films, could be useful to educate medical students in Bioethics. We propose some of these science fiction films related with technological changes of humans and the noxious consequences: Being turned into a humanoid created by genetic engineering; a slave or a merchandize without rights; discrimination because of eugenesic genetic manipulation; and/or the creation of cyborgs of mass destruction. Also, the movies can show the reader issues of ethnic supremacy dilemmas, identity impersonate and ambition, impersonal intelligence and conscience and identity transpass after death. These films will help teachers to analyze with students the moral limits of science and technologies.

Resumo Para o pós-humanismo, as tecnologias eliminarão o envelhecimento, potencializarão a cognição, a força e conservarão a psique humana em suportes digitais. Essas ideias, presentes em filmes de ficção científica, tornaram-se úteis para educar estudantes de medicina em Bioética. Apresentamos alguns desses filmes que tratam de mudanças tecnológicas de humanos e suas consequências: criação de humanoides por engenharia genética; escravos; "mercadoria" sem direitos nem dignidade; discriminação por manipulação genética eugênica; inteligência artificial que domina os humanos; criação de cyborg para matar; supremacia étnica e substituição de identidade; inteligência impessoal; transferência de consciência e identidade depois da morte. O estudo dos filmes ajudaria o professor a analisar, com os estudantes, os limites morais da ciência e das tecnologias.
Descritores: Estudantes de Medicina
Bioética
Educação
Educação Médica
Filmes Cinematográficos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO243.1 - Biblioteca Octavio Arizmendi Posada



página 1 de 12 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde