Base de dados : LILACS
Pesquisa : J01.897.608 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2486 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 249 ir para página                         

  1 / 2486 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1285517
Autor: Li, Karen Lu; Castillo, Agnes Llamasares.
Título: Formulation and evaluation of a mucoadhesive buccal tablet of mefenamic acid
Fonte: Braz. J. Pharm. Sci. (Online);56:e18575, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Buccal route of administration has many advantages such as improving patient compliance, bypassing the GIT and hepatic first pass effect. The objectives are to formulate mucoadhesive buccal tablet using Mefenamic acid and compatible excipients, and to evaluate the product using quality control tests and in vitro tests. The ingredients were subjected to Differential Scanning Calorimetry and Fourier Transform Infrared Spectroscopy studies for compatibility test and the results showed no interaction. Two batches of mefenamic buccal tablet were prepared. The tablet thickness and diameter are 3.75 mm and 12 mm respectively. All tablets are within the specification of +/- 5%. The in-house tablet hardness is 6.8-15kg and percent friabilation is not more than 0.8%. The disintegration test showed that all tablets disintegrated within 4 hours. The content uniformity showed that tablets are within the range of 85%-115%. The tablet weight is within the 5% range. The percent swelling is 53.83% to 58.86% and moisture absorption is 14.79% to 15.56%. The surface pH of the tablet is close to the salivary pH, which means that it would not irritate the buccal mucosa. The buccal tablet has a mucoadhesiveness of 0.196 to 0.200. There was no change in pH and size after subjecting it to stability studies in human saliva. Drug release studies showed 80.7% to 83.4% after 3 hours. Even after 3 months of subjecting the tablets to 40 ºC and 75% RH, results are within acceptable range. The results show the potential of the formulation as a mucoadhesive buccal tablet.
Descritores: Ácido Mefenâmico/análise
Antissépticos Bucais/análise
-Controle de Qualidade
Comprimidos/farmacologia
Varredura Diferencial de Calorimetria/métodos
Espectroscopia de Infravermelho com Transformada de Fourier/métodos
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas


  2 / 2486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1285564
Autor: Perez, Filipe; López-Salamanca, Henry Leonardo; Medeiros, Lúcio de; Schumacher, Ricardo; Fuchs, Leonardo; Roesler, Pedro Henrique; Pedretti, André.
Título: Optimal Operation of an Urban Microgrid Using Model Predictive Control Considering Power Quality Improvements
Fonte: Braz. arch. biol. technol;64(spe):e21210156, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Companhia Paranaense de Energia.
Resumo: Abstract Microgrids have been widely applied to improve the energy quality parameters of a distribution system locally, in addition to ensuring the operation of the system in an isolated manner. The Model Predictive Control (MPC) is a great solution to guarantee the operation of the system considering forecasting models and also physical restrictions of the system, which ensure the optimal operation of the Microgrid. However, the construction of a control scheme following the objectives established in order to meet the connected and isolated operation of a Microgrid is still a challenge. This paper proposes the development of an MPC control scheme that assures optimal system operation in connected and islanded mode, improving power quality indexes, ensuring network requirements, and extending battery life cycle. The proposed control operation in the connected mode can attend to the needs of the Microgrid, reducing the impacts of peak demand and the intermittent variations in renewable generation, where a linear objective function is developed for this purpose. In the islanded mode, grid requirements are guaranteed through load shedding, considering improvements in continuity indicators. Forecasting models are implemented considering the MPC approach and a detailed network model is developed. Simulation results highlight the effectiveness of the proposed control strategy.
Descritores: Controle de Qualidade
Instalação Elétrica/normas
-Baterias
Energia Renovável
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 2486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-874951
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.
Título: Novos procedimentos de vigilância sanitária na tabela do SUS / New sanitary surveillance procedures in the SUS table.
Fonte: Brasília; CONITEC; 2015.
Idioma: pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: Tendo em vista a estrutura do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS), em que as ações de inspeção sanitária são descentralizadas, a fim de assegurar resultados consistentes nas atividades de inspeção em indústrias fabricantes de produtos de interesse à saúde, é fundamental que haja uniformidade nas ações desenvolvidas pela autoridade sanitária brasileira, independentemente do ente do SNVS executor da ação. Neste sentido, buscando a harmonização das práticas de inspeção sanitária, a Portaria n° 511, de 14 de Abril de 2010, instituiu um Grupo de Trabalho Tripartite, com representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e dos órgãos estaduais e municipais de vigilância sanitária, cujo objeto de trabalho constituía-se na elaboração de procedimentos e demais documentos necessários ao processo de inspeção sanitária na indústria de medicamentos. O referido grupo de trabalho pactuou entre as três esferas, não só procedimentos operacionais, relacionados ao processo de inspeção sanitária, mas também documentos basilares, necessários à implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ), como Manual da Qualidade, procedimentos operacionais (POP) para controle de documentos, para treinamentos internos, dentre outros. A fim de dar continuidade ao trabalho do GT Tripartite, cuja duração era de 90 dias, foi instituído o GT de Gestão de Documentos, conforme Portaria nº 999 de 22 de Junho de 2012. Com caráter permanente, este último tem como responsabilidade a revisão e manutenção dos procedimentos já estabelecidos relacionados ao Sistema da Qualidade e às atividades de inspeção sanitária. Adicionalmente, tendo em vista a necessidade de ampliar o escopo de atividades coberto pelos procedimentos operacionais harmonizados, dois outros Grupos de Trabalho específicos foram instituídos. Um deles, publicado por meio da Portaria nº. 1001, de 22 de junho de 2012, responsável pelo desenvolvimento de procedimentos relacionados a distribuidoras e armazenadoras de medicamentos, bem como indústrias de insumos farmacêuticos; e o segundo, instituído por meio da Portaria 1002, de 22 de junho de 2012, responsável pelo desenvolvimento de procedimentos relacionados a inspeções em indústrias de produtos para saúde. As portarias nº. 1001 e nº. 1002 estabeleceram, respectivamente, prazos de 90 e 120 dias para conclusão dos trabalhos pelos GTs. Tendo em vista a identificação de novos temas para harmonização, um novo GT de Produtos para Saúde foi posteriormente instituído por meio da publicação da Portaria nº. 1232, de 25 de Julho de 2014, que estabeleceu prazo de um ano para conclusão dos trabalhos. Com o intuito de formalizar a adoção dos documentos padronizados pelos órgãos de vigilância sanitária que constituem as esferas federal, estadual e municipal do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS), foi publicada a Resolução RDC nº 47 de 19 de Setembro de 2011, posteriormente substituída pela Resolução RDC nº 34, de 8 de julho de 2013. foi implementado em 2014 um programa de Auditorias Técnicas do SNVS que tem como objetivo o melhoramento contínuo das atividades dos diferentes órgãos de vigilância sanitária estaduais, distrital e municipais no que se refere aos seus SGQ e aos seus sistemas de inspeção de empresas fabricantes de medicamentos, insumos farmacêuticos e produtos para saúde. Tendo em vista a complexidade do SNVS, e que a execução da inspeção que faz parte do escopo das Auditorias Técnicas muitas vezes está a cargo do município, as informações coletadas durante as Auditorias realizadas pela Anvisa, representam apenas uma pequena amostra sobre a realidade da implementação do SGQ nos órgãos que executam ações de inspeção sanitária em indústrias de medicamentos, insumos farmacêuticos e produtos para saúde. PROCEDIMENTOS: Desta forma, a inclusão dos procedimentos propostos no Sistema de Informação Ambulatorial (SIA/SUS), tem por finalidade servir como fonte de dados que poderão ser utilizados tanto pelos gestores em nível estadual quanto pela Anvisa, enquanto coordenadora do SNVS, com o objetivo de verificar o nível de implementação do SGQ nos órgãos que executam atividades de inspeção nas industrias de produtos de interesse à saúde. Primeiramente, propõe-se uma complementação nos procedimentos já existentes de forma a assegurar o levantamento das informações relativas aos estabelecimentos cadastrados e às inspeções realizadas nos estabelecimentos que são objeto de interesse no atual contexto. RECOMENDAÇÃO DA CONITEC: Os membros da CONITEC presentes na 34ª reunião do plenário, realizada nos dias 1 e 2/4/2015, recomendaram, por unanimidade, a incorporação dos seguintes procedimentos de Vigilância Sanitária na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do SUS: -Cadastro de indústrias de insumos farmacêuticos; -Cadastro de indústrias de produtos para saúde; -Inspeção sanitária de indústrias de insumos farmacêuticos; -Inspeção sanitária de indústrias de produtos para saúde; -Implementação de procedimentos harmonizados em nível tripartite relacionados à inspeção em estabelecimentos fabricantes de medicamentos; -Implementação de procedimentos harmonizados em nível tripartite relacionados a insumos farmacêuticos; -Implementação de procedimentos harmonizados em nível tripartite relacionados a produtos para saúde; -Envio de relatórios de inspeção de estabelecimentos fabricantes de medicamentos à ANVISA; -Envio de relatórios de inspeção de estabelecimentos fabricantes de insumos farmacêuticos à ANVISA; -Envio de relatórios de inspeção de estabelecimentos fabricantes de produtos para a saúde à ANVISA; Auditorias internas realizadas no departamento responsável pelas atividades de inspeção de estabelecimentos fabricantes de medicamentos; -Auditorias internas realizadas no departamento responsável pelas atividades de inspeção de estabelecimentos fabricantes de insumos farmacêuticos; -Auditorias internas realizadas no departamento responsável pelas atividades de inspeção de estabelecimentos fabricantes de produtos para saúde. DECISÃO: PORTARIA Nº 44, 16 de setembro de 2015 - Torna pública a decisão de incorporar no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS procedimentos de Vigilância Sanitária na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Prótese e Materiais Especiais do SUS.
Descritores: Aparelhos Ortopédicos/normas
Próteses e Implantes/normas
Vigilância Sanitária/normas
Preparações Farmacêuticas/normas
Serviços de Vigilância Sanitária
-Controle de Qualidade
Sistema Único de Saúde
Brasil
Análise Custo-Benefício
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 2486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1282058
Autor: Bravo Villa, Ninosca; Mansilla Sepúlveda, Juan.
Título: Crítica al Diseño Universal de Aprendizajes: reflexiones desde territorios interculturales locales / Criticism of Universal Learning Design: reflections from local intercultural territories
Fonte: Salud bienestar colect;4(3):74-82, sept.-dic. 2020.
Idioma: es.
Resumo: Este artículo desarrolla una aproximación crítica al enfoque metodológico didáctico que subyace al Diseño Universal de Aprendizaje (DUA) surgido desde el campo de la neurociencia clínica en Estados Unidos de América. Para ello se discute conceptualmente la categoría "universal" confrontada con la idea de "territorio local" mediado por el aprendizaje. El DUA parte de la premisa que toda la población estudiantil es capaz de aprender cuando se toma en cuenta la diversidad en el aula, previa construcción de uncurrículo flexible en su mediación pedagógica para que así realmente se logre el cometido de la inclusión. No obstante, en sistemas educativos centralizados como es el caso chileno, no solo hay riesgos de viabilidad, sino también, de asumir modelos exógenos con sutilezas colonialistas no visibles desde un análisis meramente técnico y de carácter instrumental.

This article develops a critical approach to the didactic methodological approach that underlies the Universal Desing for learning that emerged from the field of clinical neuroscience in the United States of America. For this, the "universal" category confronted with the idea of "local territory" mediated by learning is conceptually discussed. The DUA starts from the premise that the entire student population is capable of learning when diversity in the classroom is taken into account, after the construction of a flexible curriculum in its pedagogical mediation so that the mission of inclusion is really achieved. However, in centralized educational systems such as the Chilean case, there are not only risks of viability, but also, of assuming exogenous models with colonial subtleties not visible from a merely technical and instrumental analysis.
Descritores: Colonialismo
Diversidade Cultural
Design Universal
-Controle de Qualidade
Estados Unidos
Competência Cultural
Aprendizagem
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 2486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-903170
Autor: Galdino, Adriana; Santana, Vilma Sousa; Ferrite, Silvia.
Título: Quality of the record of data on fatal workplace injuries in Brazil / Qualidade do registro de dados sobre acidentes de trabalho fatais no Brasil
Fonte: Rev. saúde pública (Online);51:120, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Ministry of Health, Health Surveillance Department, General Coordination of Occupational Health; . National Council for Scientific and Technological Development (CNPq).
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To evaluate the quality of the data on fatal workplace injuries in Brazil, in the Mortality Information System (SIM) and the Information System of Notifiable Diseases (SINAN-AT), analyzing the spatial and temporal distribution between 2007 and 2012. METHODS We identified fields related to fatal workplace injuries, which were examined for completeness and the use of the "ignored" option. From the SIM, we extracted the records of deaths from external causes, which require the completing of the <acidtrab> field about their relation with work. From the SINAN, we analyzed the <evolution> field, which allows us to identify fatal cases among s severe workplace injuries. RESULTS In the SIM, from 469,121 records, the <acidtrab> field was left unfilled or filled as ignored in 84.2% of them; the Brazilian region with the highest proportion was the Northeast (79.1%), from which the state of Alagoas (94.4%) had the highest amount. There was a 5.5% decreasing trend between 2007 (86.6%) and 2012 (81.8%). Among the 251,681 records found in the SINAN-AT, 28.3% had unfilled or ignored responses for <evolution>, varying from 39.7% in 2007 to 23.2% in 2012, a 41.6% decrease. CONCLUSIONS The quality of the records on the fields of interest needed to identify fatal workplace injuries is poor in the SIM, but gradually improving. Recording quality was better for SINAN-AT, which has also been strongly getting better lately.

RESUMO OBJETIVO Avaliar a qualidade do registro de dados sobre acidentes de trabalho fatais no Brasil nos Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) e Sistema de Informação de Agravos de Notificação para acidentes de trabalho grave (Sinan-AT), analisando a distribuição espacial e temporal entre 2007 e 2012. MÉTODOS Identificaram -se os campos relacionados ao acidente de trabalho fatal, que foram examinados para a completude e uso da opção "ignorado". Do SIM, foram extraídos os registros de óbitos por causas externas, para os quais é requerido o preenchimento do campo <acidtrab>, sobre a relação com o trabalho. Do Sinan, analisou-se o campo <evolucao>, que permite a identificação dos casos fatais dentre os acidentes de trabalho graves. RESULTADOS No SIM, dos 469.121 registros, o campo <acidtrab> foi deixado sem preenchimento ou foi preenchido como ignorado em 84,2%, maior na região Nordeste (79,1%) e, em especial, no estado do Alagoas (94,4%). A tendência foi de queda de 5,5% entre 2007 (86,6%) e 2012 (81,8%). Para os 251.681 registros no Sinan-AT, a falta de preenchimento ou o uso de resposta ignorada no campo <evolucao> representaram, juntos, 28,3%, passando de 39,7% em 2007 para 23,2% em 2012, um declínio de 41,6%. CONCLUSÕES A qualidade do preenchimento de campos de interesse para o reconhecimento de casos de acidentes de trabalho fatais é ruim no SIM, mas vem gradualmente melhorando. No Sinan-AT, a qualidade dos registros foi melhor do que no SIM e vem melhorando acentuadamente.
Descritores: Acidentes de Trabalho/mortalidade
Registros Médicos/normas
Vigilância da População/métodos
Local de Trabalho/estatística & dados numéricos
Sistemas de Informação em Saúde/normas
-Controle de Qualidade
Brasil/epidemiologia
Registros Médicos/estatística & dados numéricos
Notificação de Doenças
Sistemas de Informação em Saúde/estatística & dados numéricos
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Adolescente
Adulto
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 2486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1281297
Autor: Batista, Wilson Otto Gomes; Ribeiro, Joseane Cardoso.
Título: Análise crítica da Legislação Federal Brasileira para controle de qualidade: equipamentos de radiodiagnóstico / Critical analysis of Brazilian Federal Legislation for quality control radiodiagnostic equipment
Fonte: Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) = J. med. biol. sci;18(1):61-66, jul 05, 2019. fig, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: os equipamentos de radiodiagnóstico evoluíram desde unidades muito simples à incorporação de sistemas digitais. Concomitante, a qualidade da imagem gerada por esses equipamentos tem alcançado elevado padrão diagnóstico. Todas as modalidades do radiodiagnostico médico e odontológico têm, nas últimas décadas, incorporado novos recurso de aquisição e processamento da imagem inclusive com a utilização da tecnologia digital. No entanto, normalmente, as regulamentações destinadas à avaliação da segurança e qualidade da imagem, apresentam algum nível de desatualização. Objetivo: o objetivo do presente estudo foi avaliar criticamente a regulamentação brasileira aplicável ao controle de qualidade em radiologia diagnóstica geral, exceto mamografia. Metodologia: foi realizado um estudo comparativo entre quatro documentos: a normativa vigente no Brasil, Portaria SVS/MS 453/98 e três protocolos internacionais: EC Report 162; ARCAL XLIX; Protocolo Español. A verificação; a periodicidade e a tolerância dos testes selecionados foram usadas como critérios da análise. Para melhor compreensão os parâmetros foram analisados em dois conjuntos: (1) gerador e (2) receptor de imagem. Resultados: verifica-se que para sistemas analógicos a regulamentação nacional não contempla todos os parâmetros essenciais. Discussão: para os sistemas digitais a regulamentação federal brasileira deixa uma lacuna de 100% dos testes específicos para avaliação do receptor de imagem digital. Igualmente para novas modalidades, tais como CBCT. As lacunas e as deficiências ocorrem por: definições físicas equivocadas; valores limites e/ou periodicidade aquém do esperado. Conclusão: conclui-se que apesar do Brasil ser signatário de alguns destes documentos internacionais, a desatualização ou omissão de alguns itens fundamentais para avaliação da qualidade da imagem, produzem resultados insatisfatórios na obtenção de imagens diagnósticas

Introduction: the radiology equipment has evolved from very simple units to the incorporation of digital systems. Concomitantly, the image quality generated by such equipment has reached a high diagnostic standard as a result of modernization. All the modalities of medical and dental radiology have, in the last decades, incorporated new features of image acquisition and processing, including digital technology. However, normally, the regulations designed to assess the safety and quality of the image, have some level of outdatedness. Objectives: in this context, the objective of the present study was to critically evaluate the Brazilian regulations applicable to quality control in general diagnostic radiology, except mammography. Methodology: a comparative study was carried out between four documents: the Brazilian Federal legislation, and three international protocols that were adopted as a reference in this approach: EC Report 162; ARCAL XLIX; Spanish Protocol. The verification; the periodicity and tolerance of the selected tests were used as analysis criteria. For a better understanding, the parameters were analyzed in two sets: (1) generator and (2) image-receptor. Results: as result have been verified that for analogical systems the national regulation does not contemplate all the essential parameters. Discussion: for digital systems the Brazilian regulation leaves a gap of 100% of the specific tests for evaluation of the digital image-receptor. The same is true for new modalities, such as CBCT. The gaps and deficiencies occur by: physical definitions that do not apply to the purpose of the test; limit values and/or periodicity less than currently expected for the parameter. Conclusion: it is concluded that although Brazil is a signatory of some of these international documents, the outdated or omission of some fundamental items for the evaluation of image quality, produce unsatisfactory results in obtaining diagnostic images.
Descritores: Controle de Qualidade
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  7 / 2486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-741168
Autor: Fontes, Bruno Machado.
Título: Peer review / Avaliação por pares
Fonte: Arq. bras. oftalmol;78(1):V-VIII, Jan-Feb/2015. tab.
Idioma: en.
Descritores: Revisão da Pesquisa por Pares/normas
-Controle de Qualidade
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 2486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1224675
Autor: Dorow, Patrícia Fernanda.
Título: Determinantes da qualidade na radiologia oncológica / Determinants of quality in oncology radiology
Fonte: Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) = J. med. biol. sci;17(2):257-264, maio -jun. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: as organizações oncológicas especializadas e os grupos colaborativos multidisciplinares dedicaram esforços consideráveis ao desenvolvimento de indicadores de qualidade (IQ) baseados em evidências para facilitar a melhoria da qualidade, a acreditação, o benchmarking, a manutenção da certificação e a elaboração de relatórios regulatórios. Em particular, a radiologia oncológica tem uma longa história de esforços organizados na avaliação da qualidade continua. Objetivo: a presente revisão de literatura objetiva fornecer uma revisão abrangente do estado atual da avaliação da qualidade em oncologia, com ênfase nos recentes esforços de melhoria da qualidade. Metodologia: artigos científicos que incluíam análise e/ou discussão da avaliação da qualidade dos cuidados no campo da radiologia oncológica foram pesquisados na base de dados PubMed, entre os anos de 1966 a 2016, por meio dos descritores específicos. Resultados: destaca-se as implicações do movimento da qualidade em saúde para a oncologia por meio do uso da radiação e reflexão dos esforços existentes para definir e medir a qualidade nessa área. Conclusão: apesar de possuir uma longa história de liderança na avaliação da qualidade de cuidados, a radiologia oncológica ainda não definiu IQ de consenso e métricas apropriadas derivadas desses indicadores.

Specialized cancer organizations and multidisciplinary collaborative groups have devoted considerable effort to the development of evidence-based quality indicators to facilitate quality improvement, accreditation, benchmarking, certification maintenance, and regulatory reporting. In particular, oncological radiology has a long history of organized efforts in assessing continuous quality. Objective: This literature review aims to provide a comprehensive review of the current state of quality assessment in oncology, with an emphasis on recent quality improvement efforts. Methodology: scientific articles that included analysis and / or discussion of the evaluation of quality of care in the field of radiology oncology were searched in the PubMed database, between the years 1966 to 2016, through the specific descriptors. Results: the implications of the movement of health quality for oncology through the use of radiation and analysis of existing efforts to define and measure quality in this area are highlighted. Conclusion: Despite having a long history of leadership in assessing quality of care, oncological radiology has not yet defined consensus quality indicators and appropriate metrics derived from these indicators.
Descritores: Controle de Qualidade
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  9 / 2486 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Soccol, Carlos Ricardo
Texto completo
Id: biblio-897029
Autor: Guedes, Deborah Carbonera; Minozzo, João Carlos; Pasquali, Aline Kuhn Sbruzzi; Faulds, Craig; Soccol, Carlos Ricardo; Thomaz-Soccol, Vanete.
Título: New strategy to improve quality control of Montenegro skin test at the production level
Fonte: Rev. Soc. Bras. Med. Trop;50(6):788-794, Nov.-Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Fundação Araucária; . Programa Nacional de Pós-Doutorado-Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: Abstract INTRODUCTION: The production of the Montenegro antigen for skin test poses difficulties regarding quality control. Here, we propose that certain animal models reproducing a similar immune response to humans may be used in the quality control of Montenegro antigen production. METHODS: Fifteen Cavia porcellus (guinea pigs) were immunized with Leishmania amazonensis or Leishmania braziliensis , and, after 30 days, they were skin tested with standard Montenegro antigen. To validate C. porcellus as an animal model for skin tests, eighteen Mesocricetus auratus (hamsters) were infected with L. amazonensis or L. braziliensis , and, after 45 days, they were skin tested with standard Montenegro antigen. RESULTS: Cavia porcellus immunized with L. amazonensis or L. braziliensis , and hamsters infected with the same species presented induration reactions when skin tested with standard Montenegro antigen 48-72h after the test. CONCLUSIONS: The comparison between immunization methods and immune response from the two animal species validated C. porcellus as a good model for Montenegro skin test, and the model showed strong potential as an in vivo model in the quality control of the production of Montenegro antigen.
Descritores: Leishmania braziliensis/imunologia
Testes Intradérmicos/normas
Leishmaniose Cutânea/diagnóstico
Modelos Animais
Antígenos de Protozoários/biossíntese
Antígenos de Protozoários/imunologia
-Controle de Qualidade
Valor Preditivo dos Testes
Sensibilidade e Especificidade
Leishmania/imunologia
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 2486 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1248338
Autor: Fachini, Flávia; Tavares, Rejane Giacomelli.
Título: Avaliação de desempenho analítico do equipamento de hematologia de um laboratório de análises clínicas da Serra Gaúcha através da métrica Seis Sigma / Evaluation of the analytical performance of the hematology equipment of a Serra Gaúcha clinical analysis laboratory through Six Sigma metric
Fonte: Rev. bras. anal. clin;52(4):376-382, 20201230. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar o desempenho do equipamento Mindray® BC-5380 através da métrica sigma. Métodos: Os parâmetros incluídos neste estudo são leucócitos, eritrócitos, hemoglobina, hematócrito, volume corpuscular médio, hemoglobina corpuscular média, concentração de hemoglobina corpuscular média, amplitude de distribuição dos eritrócitos e plaquetas. Os cálculos foram realizados a partir de dados provenientes da rotina de controle de qualidade do laboratório, determinando-se a inexatidão, imprecisão, o erro total analítico e a métrica sigma dos parâmetros. Resultados: Valores aceitáveis de Sigma (>3) calculados com base nas especificações da qualidade CLIA foram encontrados para todos os parâmetros, exceto hematócrito. Calculando-se a métrica com base em especificações de variação biológica, hematócrito, volume corpuscular médio e hemoglobina corpuscular média apresentam desempenho inaceitável em pelo menos algum nível de controle, e a concentração de hemoglobina corpuscular média apresenta resultado inaceitável em todos os níveis. A contagem de leucócitos totais foi o único parâmetro com desempenho excelente em todos os níveis de controle, perante todas as especificações de qualidade aplicadas. Conclusão: A utilização da métrica sigma na avaliação do desempenho analítico permite identificar falhas não detectadas pelo controle de qualidade convencional, sendo um importante recurso para a melhoria contínua da qualidade.

Objective: To evaluate the performance of the Mindray® BC-5380 equipment using the sigma metric. Methods: The parameters included in this study are leukocytes, erythrocytes, hemoglobin, hematocrit, average corpuscular volume, mean corpuscular hemoglobin, mean corpuscular hemoglobin concentration, red cell distribution width and platelets. The calculations were performed based on data from the laboratory's quality control routine, determining inaccuracy, imprecision, total analytical error and the sigma metric of the parameters. Results: Acceptable values of Sigma (> 3) calculated based on CLIA specifications were found for all parameters, except hematocrit Calculating the metric based on specifications of biological variation, hematocrit, mean corpuscular volume and mean corpuscular hemoglobin present unacceptable performance in at least one level of control, and the mean corpuscular hemoglobin concentration shows unacceptable results at all levels. The total leukocyte count was the only parameter with excellent performance at all levels of control, with the quality specifications applied. Conclusion: The use of the sigma metric in the evaluation of analytical performance allows to identify flaws not detected by conventional quality control, being an important resource for continuous quality improvement.
Descritores: Controle de Qualidade
Controle Analítico de Qualidade
Gestão da Qualidade Total
Hematologia
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM



página 1 de 249 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde