Base de dados : LILACS
Pesquisa : J03.720 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 57 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 57 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1255286
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Promoción de la Salud. Dirección de Participación Comunitaria en Salud.
Título: Criterios técnicos para implementación de una ciclovía recreativa / Technical criteria for implementing a recreational cycle path.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Promoción de la Salud. Dirección de Participación Comunitaria en Salud; 2015. 22 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La presente publicación describe dentro del marco del Plan de Incentivos a la mejora de la gestión y modernización municipal, un programa con los Gobiernos Locales dirigido a utilizar los espacios públicos existentes para la promoción de la actividad física, teniendo en cuenta las recomendaciones de la Resolución WHA57.17: Estrategia Mundial sobre Régimen Alimentario, Actividad Física y Salud (RAFS) 2004) "Adaptar las estructuras urbanas para facilitar la actividad física en los desplazamientos en condiciones de seguridad, y para crear espacios destinados a las actividades recreativas". Por ello se propone la Ciclovía Recreativa como estrategia que busca promover la actividad física y recuperar la ciudad en el marco de la mejora de servicios públicos que debe considerar una Municipalidad
Descritores: Logradouros Públicos
Veículos Off-Road
Participação da Comunidade
Promoção da Saúde
Atividades de Lazer
Tipo de Publ: Manual de Referência
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  2 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1181208
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Promoción de la Salud. Dirección de Participación Comunitaria en Salud.
Título: Criterios técnicos para implementación de una ciclovía recreativa / Technical criteria for implementing a recreational cycle path.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Promoción de la Salud. Dirección de Participación Comunitaria en Salud; 2015. 22 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La presente publicación describe dentro del marco del Plan de Incentivos a la mejora de la gestión y modernización municipal, un programa con los Gobiernos Locales dirigido a utilizar los espacios públicos existentes para la promoción de la actividad física, teniendo en cuenta las recomendaciones de la Resolución WHA57.17: Estrategia Mundial sobre Régimen Alimentario, Actividad Física y Salud (RAFS) 2004) “Adaptar las estructuras urbanas para facilitar la actividad física en los desplazamientos en condiciones de seguridad, y para crear espacios destinados a las actividades recreativas”. Por ello se propone la Ciclovía Recreativa como estrategia que busca promover la actividad física y recuperar la ciudad en el marco de la mejora de servicios públicos que debe considerar una Municipalidad
Descritores: Atividade Motora
Atividades de Lazer
Comportamentos Relacionados com a Saúde
Logradouros Públicos
Obras Públicas
Organização Municipal
Participação da Comunidade
Promoção da Saúde
Veículos Off-Road
-Peru
Tipo de Publ: Manual de Referência
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central
[{"text": "PE18.1", "_a": "MS/PROM 0094", "_b": "(Formato Digital)"}]


  3 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-960295
Autor: Fernández-Hernández, Sandra; Lobelle-Fernández, Gretel; Rivera, Zoia.
Título: Las bibliotecas públicas por el desarrollo sostenible / Public libraries for sustainable development
Fonte: Rev. cub. inf. cienc. salud = Rev. cuba. inf. cienc. salud;29(2):0-0, abr.-jun. 2018.
Idioma: es.
Resumo: Las bibliotecas públicas son instituciones socioculturales comprometidas con el desarrollo sostenible. Desde el siglo XIX sus servicios generan beneficios en las comunidades y cuentan con su plena participación. En el marco de la agenda 2030, las bibliotecas públicas demuestran su valor e influencia en el desarrollo informacional y social de individuos, grupos e instituciones. En ese sentido, se identifican los objetivos de la agenda 2030 de las Naciones Unidas y se exponen las principales direcciones de trabajo de las bibliotecas públicas en torno al desarrollo sostenible basado en el método de análisis documental. Dicha exposición se realiza en función de cuatro dimensiones: acceso abierto y participación ciudadana, inclusión, cohesión, empoderamiento y desarrollo local, identidad y memoria, y espacios y actuaciones sostenibles. Esto permite advertir la diversificación de las actuaciones de las bibliotecas públicas y reafirmar su relevancia junto a otras instituciones públicas en la edificación de sociedades sostenibles(AU)

Public libraries are sociocultural institutions committed to sustainable development. Since the nineteenth century, public libraries services generate benefits in the communities with their full participation. In the framework of the 2030 agenda, public libraries demonstrate their value and influence in the informational and social development of individuals, groups and institutions. In this sense, the goals of the United Nations 2030 agenda are identified and the main work directions of public libraries regarding sustainable development are exposed based on the documentary analysis method. This exhibition is based on four dimensions: open access and citizen participation; inclusion, cohesion, empowerment and local development; identity and memory; and spaces and sustainable performance. The analysis of these dimensions allows to notice the diversification of the performance of public libraries and reaffirm their relevance with other public institutions in the building of sustainable societies(AU)
Descritores: Logradouros Públicos/normas
Conservação dos Recursos Naturais/métodos
Bibliotecas/normas
-Acesso à Informação
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  4 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Barreto, Mauricio Lima
Texto completo
Id: biblio-1153776
Autor: Ortelan, Naiá; Ferreira, Andrêa Jacqueline Fortes; Leite, Luciana; Pescarini, Julia Moreira; Souto, Ana Cristina; Barreto, Mauricio Lima; Aquino, Estela M. L.
Título: Máscaras de tecido em locais públicos: intervenção essencial na prevenção da COVID-19 no Brasil / Cloth masks in public places: an essential intervention to prevent COVID-19 in Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;26(2):669-692, fev. 2021. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: Resumo Acumulam-se evidências de que o uso de máscaras é uma medida indispensável de proteção à COVID-19, devido ao alto poder de transmissão do novo coronavírus por via respiratória, inclusive por indivíduos assintomáticos. Por sua vez, o uso das máscaras de tecido em locais públicos tem se consolidado como medida adicional de proteção às medidas de distanciamento social e higienização das mãos. Objetivou-se sistematizar as evidências científicas que justificam o amplo uso de máscaras de tecido como prevenção à COVID-19 e descrever a evolução dos posicionamentos contrários ou favoráveis ao seu uso em ambientes extradomiciliares, diante do avanço da pandemia do novo coronavírus pelo mundo. A triagem de artigos e documentos oficiais do Brasil e de outros países indica que o uso de máscaras em locais públicos tornou-se uma intervenção essencial graças ao potencial de reduzir a velocidade de propagação do novo coronavírus. Recomenda-se que o poder público adote estratégias para aumentar a oferta deste produto e fomente estudos para avaliação do impacto da medida no controle da pandemia no Brasil. É imperativo assegurar disponibilidade de máscaras a grupos socioeconomicamente desfavorecidos e garantir que determinados grupos raciais não sejam estigmatizados diante do uso de máscaras em ambientes extradomiciliares.

Abstract There is increasing evidence that the use of masks is an indispensable protective measure against COVID-19, given the high transmissibility of the new coronavirus through the respiratory system, including by asymptomatic individuals. The use of cloth masks in public places has been established as a protective measure to be adopted alongside social distancing and hand hygiene. This narrative review aims to systematize the scientific evidence that informs the widespread use of cloth masks as a preventive measure against COVID-19 and to describe the evolution of positions contrary to or in favor of its use outside the home, in view of the advance of the new coronavirus pandemic globally. The scientific articles, technical notes, governmental decrees and other documents analyzed indicate that widespread use of masks has the potential to reduce the spread of the new coronavirus. We recommend that the Brazilian government adopt strategies to increase the supply of reusable cloth masks to the public, especially to vulnerable populations and to support studies on the impact of this measure to control the pandemic in the country. Finally, it is imperative to ensure that use of masks does not exacerbate stigmatization of racial groups that already face prejudice.
Descritores: Infecções por Coronavirus/prevenção & controle
Máscaras
-Têxteis
Logradouros Públicos
Brasil/epidemiologia
Saúde Global
Infecções por Coronavirus/epidemiologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1089479
Autor: Cesar, Josiane Tiborski; Taconeli, Cesar Augusto; Osório, Mônica Maria; Schmidt, Suely Teresinha.
Título: Adesão à alimentação escolar e fatores associados em adolescentes de escolas públicas na região Sul do Brasil / Adherence to school food and associated factors among adolescents in public schools in the Southern region of Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(3):977-988, mar. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Objetivou-se analisar o índice de adesão à alimentação escolar e os fatores associados entre adolescentes matriculados em escolas públicas estaduais do município da Lapa, Paraná, sul do Brasil. De caráter transversal e analítico, incluiu 492 adolescentes de 10 a 19 anos de cinco escolas urbanas e cinco rurais do município. Foi aplicado um questionário sobre o consumo da alimentação escolar e de alimentos competitivos (aqueles comprados ou trazidos de casa) e realizada a avaliação antropométrica nos adolescentes. Os seus pais/responsáveis responderam um questionário demográfico e socioeconômico. Foi utilizado modelo de regressão de "odds" proporcionais ajustado para verificar as associações. O índice de adesão efetiva à alimentação escolar foi de 30,1% nas escolas rurais e de 23,7% nas urbanas. Não gostar das preparações servidas foi o principal motivo apontado para a não adesão. Observou-se menor adesão entre os adolescentes que possuíam maior renda familiar per capita e entre os que consumiam alimentos competitivos de 4 a 5x/semana. A adesão foi maior entre aqueles que consideravam a alimentação escolar saudável. Diante do baixo índice de adesão à alimentação escolar, a universalidade do atendimento não está sendo atingida. Os fatores apontados podem auxiliar em melhoras na execução do programa.

Abstract The scope of this study was to analyze adherence to school food and associated factors among adolescents from public state schools in the municipality of Lapa, Paraná, in the Southern region of Brazil. The study uses a cross-sectional and analytical design and includes 492 male and female adolescents aged 10 to 19 years from five urban and five rural schools in the municipality. The students underwent anthropometric assessment and answered a questionnaire about school food and alternative food intakes (purchased or home-cooked). Their parents/guardians answered a questionnaire about their demographic and socioeconomic characteristics. An adjusted proportional odds regression model investigated the associations. The effective adherence to school food was 30.1% in rural schools and 23.7% in urban schools. Dislike of the food preparation was the main reason for non-adherence. The results showed lesser adherence among adolescents with higher per capita family income who consumed alternative food products four to five times per week. Adolescents who considered school food healthy showed higher adherence. Low adherence to school food indicates the inadequate universality of the program. The factors revealed may help to improve program planning and execution.
Descritores: Instituições Acadêmicas
Preferências Alimentares
Serviços de Alimentação
-População Rural
População Urbana
Logradouros Públicos
Brasil
Estudos Transversais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-960981
Autor: Zavala, María Olga Quintana; Klinj, Tatiana Paravic; Carrillo, Katia Lorena Saenz.
Título: Quality of life in the workplace for nursing staff at public healthcare institutions / Calidad de vida en el trabajo del personal de enfermería de instituciones públicas de salud / Qualidade de vida no trabalho do pessoal de enfermagem de instituições públicas de saúde
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);24:e2713, 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective: to determine the quality of life in the workplace for nursing staff at public institutions in Hermosillo, Sonora, Mexico. Method: quantitative, correlational, cross-sectional, and comparative. We used a probabilistic sample of 345 nurses with data collected in 2013 using an instrument created by the authors to gather bio-socio-demographic data and the CVT-GOHISALO instrument with a Cronbach's alpha of 0.95. SPSS 15 was used to analyze the data. A Kolmogorov-Smirnov test was used to calculate the normality of the data; the medians were compared using the Mann-Whitney U test and Kruskal-Wallis test with the significance level set at 0.05. Results: the average overall quality of life in the workplace for nursing staff was 207.31 (DE 41.74), indicating a moderate level. The quality of life in the workplace was higher for people with permanent contracts (p=0.007) who did not engage in other remunerative activities (p=0.046). Differences in the quality of life in the workplace were observed depending on the institution where the subjects worked (p=0.001). Conclusion: the nursing staff perceives itself as having a moderate-level quality of life in the workplace. This level was determined in the statistical analysis based on the type of contract, whether the person performed other remunerated activities, and the institution where the person worked.

Resumen Objetivo: determinar el nivel de calidad de vida en el trabajo del personal de enfermería de instituciones públicas en Hermosillo, Sonora, México. Método: cuantitativo, correlacional, transversal y comparativo. Muestreo probabilístico, de 345 enfermeras, datos recolectados en 2013, a través de instrumentos que recogen datos biososiodemográficos; creado por las autoras y CVT -GOHISALO con Alpha de Cronbach de 0.95. Para el análisis de datos se usó SPSS 15, para conocer la normalidad de los datos se utilizó Kolmogorov- Smirnov, se compararon medianas con U de Mann Whitney y Kruskal-Wallis, nivel de significancia admitido 0.05. Resultados: promedio de calidad de vida en el trabajo global del personal de enfermería de 207.31 (DE 41.74), que indica un nivel medio. Según forma de contratación la calidad de vida en el trabajo fue mayor en las personas con contrato indefinido (p=0.007), que no realizan otra actividad remunerada (p=0.046), con diferencias en la calidad de vida en el trabajo, según la institución en donde labora (p=0.001). Conclusión: el personal de enfermería se percibe con mediana calidad de vida en el trabajo, la cual está determinada de forma estadísticamente significativa por el tipo de contrato, realizar o no otra actividad remunerada y por la institución donde labora.

Resumo Objetivo: determinar a qualidade de vida no trabalho do pessoal de enfermagem de instituições públicas em Hermosillo, Sonora, México. Método: quantitativo, correlacional, transversal e comparativo. Amostra probabilística de 345 enfermeiras, dados coletados em 2013 utilizando instrumentos que coletam dados biossociodemográficos; elaborado pelas autoras e o instrumento CVT-GOHISALO com um alfa de Cronbach de 0.95. Para a análise de dados, foi utilizado o SPSS 15. Para determinar a normalidade dos dados, foi utilizado o teste de Kolmogorov-Smirnov; as medianas foram comparadas pelos testes U de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis, com os níveis de significância estabelecidos em 0,05. Resultados: a média da qualidade de vida do pessoal de enfermagem no trabalho é de 207,31 (DP 41,74), o que indica um nível moderado. Em relação ao tipo de contrato, a qualidade de vida no trabalho foi mais alta para pessoas com contratos permanentes (p=0,007), que não exercem outras atividades remuneradas (p=0,046), com diferenças na qualidade de vida no trabalho dependendo da instituição onde trabalham (p=0,001). Conclusão: o pessoal de enfermagem percebe uma média qualidade de vida no trabalho, o que é determinado de maneira significativa pelo tipo de contrato, pelo fato de exercer ou não outras atividades remuneradas e pela instituição em que a pessoa trabalha.
Descritores: Qualidade de Vida
Local de Trabalho
Instalações de Saúde
Recursos Humanos de Enfermagem
-Logradouros Públicos
Estudos Transversais
México
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  7 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-960773
Autor: Cacciari, Pâmella; Haddad, Maria do Carmo Fernandez Lourenço; Wolff, Lillian Daisy Gonçalves; Dalmas, José Carlos; Pissinati, Paloma de Souza Cavalcante.
Título: Qualidade de vida dos trabalhadores readequados e readaptados de uma universidade estadual pública / Calidad de vida de los trabajadores readecuados y readaptados a una universidad pública del estado / Quality of life of workers who underwent work adjustments and adaptations in a public state university
Fonte: Rev. gaúch. enferm;38(1):e60268, 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Avaliar a qualidade de vida dos trabalhadores readequados e readaptados de uma universidade estadual pública. Métodos Estudo transversal, realizado com 92 servidores de uma universidade estadual pública. Os dados foram coletados de novembro de 2012 a maio de 2013 por meio do questionário de caracterização da população e do Medical Outcome Study 36-item Short Form, submetidos à análise univariada e bivariada por teste Mann-Whitney. Resultados Os dois domínios que apresentaram melhores escores foram a função social e o desempenho emocional. Já os que apresentaram piores escores foram desempenho físico e a dor corporal. A maioria dos trabalhadores não percebeu alterações em seu estado de saúde no último ano. Conclusões Os escores de qualidade de vida, em geral, não apresentaram pontuações elevadas, sobretudo, nos aspectos físicos. Portanto, faz-se necessário implementar medidas que avaliem a eficácia da readequação e readaptação para promover melhorias à saúde do trabalhador.

RESUMEN Objetivo Evaluar la calidad de vida de los empleados readecuados y readaptados de una universidad estatal pública. Métodos Estudio transversal con 92 servidores de una universidad estatal pública. Los datos fueron recolectados a partir de noviembre 2012 a mayo 2013 a través del cuestionario para caracterizar la población y el Medical Outcomes Study 36-Short Form elemento sometido a análisis univariante y bivariante mediante la prueba de Mann-Whitney. Resultados Las dos áreas que tenían las puntuaciones más altas fueron la función social y el rendimiento emocional como aquellos que tenían una peor puntuación fueron el rendimiento físico y el dolor corporal. La mayoría de los trabajadores no notaron cambios en su estado de salud el año pasado. Conclusiones Las puntuaciones de calidad de vida en general, no mostraron puntuaciones más altas, sobre todo en los aspectos físicos. Por lo tanto, es necesario poner en práctica medidas para evaluar la eficacia de readaptación y rehabilitación, para promover mejoras en la salud de los trabajadores.

ABSTRACT Objective Assess the quality of life of workers who underwent work adjustments and adaptations in a public state university. Methods This was a cross-sectional study carried out with 92 employees from a public state university. Data were collected from November 2012 to May 2013 using a population characterization questionnaire and the Medical Outcome Study 36-item Short Form, and then underwent a univariate and bivariate analysis through the Mann-Whitney test. Results The two domains that obtained the best scores were social function and emotional performance, whereas the ones with the worst scores were physical performance and body pain. Most workers did not note changes in their health status in the last year. Conclusions The quality of life scores, in general, were not high, especially in physical aspects. Therefore, measures need to be implemented to evaluate the effectiveness of work adjustments and adaptations, in order to improve occupational health.
Descritores: Qualidade de Vida
Universidades
Carga de Trabalho
Readaptação ao Emprego
Empregados do Governo/psicologia
-Ajustamento Social
Logradouros Públicos
Medição da Dor
Brasil
Exercício Físico
Nível de Saúde
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Estatísticas não Paramétricas
Emoções
Estresse Ocupacional/psicologia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-845190
Autor: Fernandes, Vanessa Martinhago Borges; Santos, Evanguelia Kotzias Atherino dos; Erdmann, Alacoque Lorenzini; Pires, Denise Elvira Pires de; Zampieri, Maria de Fátima Mota; Gregório, Vitória Regina Petters.
Título: Implantação de salas de apoio à amamentação em empresas públicas e privadas: potencialidades e dificuldades / Despliegue de habitaciones lactancia de apoyo en empresas públicas y privadas: capacidades y dificultades / Establishment of lactaton rooms in public and private companies: potentialities and difficulties
Fonte: Rev. gaúch. enferm;37(spe):e201600446, 2016. graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Conhecer a visão de gestores de empresas públicas e privadas acerca das salas de apoio à amamentação, com vistas à sua implantação. Método Pesquisa qualitativa, exploratória descritiva, realizada em 2015, da qual participaram 20 gestores da Grande Florianópolis. Para a coleta de dados, foram utilizadas entrevistas semiestruturadas/projetivas e, para a análise, a Análise de Conteúdo, associada aos recursos do software Atlas.ti. Resultados Emergiram duas categorias, a saber, dificuldades e facilidades na implantação de sala de apoio à amamentação, com predomínio de aspectos dificultadores, especialmente financeiros, envolvidos na disponibilização de espaço físico. Dialeticamente, também houve reconhecimento do baixo custo envolvido, o que facilitaria sua implantação. Conclusões Aspectos financeiros, culturais e políticos dificultam a implantação de salas de apoio à amamentação, mas há o reconhecimento da importância da medida. Para o sucesso da amamentação, a implantação de salas de apoio é importante, porém, não suficiente, sendo necessárias múltiplas ações e, principalmente, uma atuação mais efetiva da enfermagem e dos demais profissionais de saúde.

RESUMEN Objetivo Conocer la visión de los gestores de la empresa pública y privada sobre las habitaciones de apoyo a la lactancia, con vistas a su puesta en práctica. Método La investigación fue cualitativa, exploratoria y descriptiva. Participaron 20 gerentes en Florianópolis en 2015. Para la recolección de datos se utilizaron entrevistas semiestructuradas/proyectiva y para análisis, Análisis de Contenido asociado a los recursos del software Atlas.ti. Resultados Surgieron dos categorías, las dificultades y las facilidades en la implantación de sala de apoyo a la lactancia, donde predominan los aspectos que obstaculizan, especialmente los financieros, involucrados en el espacio físico. Dialécticamente, también hubo reconocimiento del bajo costo involucrado, lo que facilitaría su aplicación. Conclusión Los aspectos financieros, culturales y políticos dificultan la implantación de salas de lactancia materna,es importsnte implantar salas de apoyo, sin embargo, no es suficiente, requiere múltiples acciones y, sobre todo, un funcionamiento más eficaz de la enfermería y otros profesionales de la salud.

ABSTRACT Objective To know how managers of public and private companies view lactation support rooms and their implantation. Method This is study is based on qualitative, exploratory, and descriptive research. Twenty managers from Greater Florianópolis participated in the research, in 2015. Data were collected by means of semi-structured/projective interviews, and subjected to content analysis associated with Atlas.ti software. Results Data analysis led to the following two categories: difficulties and facilities of establishing a lactation room, with a predominance of financial difficulties and the lack of physical space. Dialectically, the subjects also recognised the low cost involved, which facilitates establishment. Conclusion Financial, cultural, and political aspects make it difficult to set up lactation rooms, but the importance of this measure was acknowledged. Although the success of breastfeeding partly depends on these support rooms, it also requires multiple actions, especially the effective participation of nurses and other health workers.
Descritores: Aleitamento Materno
Pessoal Administrativo/psicologia
Privacidade
-Mulheres Trabalhadoras/legislação & jurisprudência
Logradouros Públicos/economia
Logradouros Públicos/legislação & jurisprudência
Brasil
Entrevistas como Assunto
Setor Público/organização & administração
Setor Privado/organização & administração
Pesquisa Qualitativa
Arquitetura de Instituições de Saúde/economia
Arquitetura de Instituições de Saúde/legislação & jurisprudência
Instalações Privadas/economia
Instalações Privadas/legislação & jurisprudência
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889942
Autor: Bojorquez, Ietza; Ojeda-Revah, Lina; Diaz, Rolando.
Título: Access to public spaces and physical activity for Mexican adult women / Acceso a espacios públicos y actividad física en mujeres adultas mexicanas / O acesso aos espaços públicos e a atividade física em mulheres adultas mexicanas
Fonte: Cad. Saúde Pública (Online);34(4):e00065217, 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this article was to explore the association between access to public spaces and physical activity for adult women, controlling and testing interactions with sociodemographic and public spaces characteristics. We combined sociodemographic data from a survey with the adult (18-65 years of age) women population of Tijuana, Mexico, conducted in 2014 (N = 2,345); with data from a 2013 study on public spaces in the same city. We evaluated access to public spaces by the presence and total area of public spaces in buffers of 400, 800, 1,000 and 1,600m around the participants' homes. We measured physical activity with the short version of the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ-short). We employed multinomial logistic models to evaluate the association between access to public spaces and physical activity, and tested for interactions between access to public spaces and public spaces quality and sociodemographic characteristics. We observed no interaction between access to public spaces and public spaces quality in their effect on physical activity. There was an association between the presence of public spaces in the 400m buffer, and higher odds of being in the low physical activity level (as opposed to being in the moderate level) (coefficient: 0.50; 95%CI: 0.13; 0.87). Participants who used public transport were less likely to be in the low physical activity level (coefficient: -0.57; 95%CI: -0.97; -0.17). We suggest that, in this population, the access to public spaces might be less relevant for physical activity than other elements of the urban environment and sociodemographic characteristics.

El objetivo de este artículo fue investigar la asociación entre el acceso a los espacios públicos y la actividad física en mujeres adultas, controlando y comprobando las interacciones, con características sociodemográficas y espacios públicos. Combinamos información sociodemográfica de una encuesta a mujeres adultas (de 18 a 65 años), residentes en Tijuana, México, que se realizó en 2014 (N = 2.345); con datos de un estudio sobre espacios públicos en 2013 en la misma ciudad. Evaluamos el acceso a los espacios públicos por su existencia y el área total de espacios públicos en espacios de 400, 800, 1.000 y 1.600m alrededor de los hogares de los participantes. Calculamos la actividad física con la versión corta del International Physical Activity Questionnaire (IPAQ-short). Usamos modelos logísticos multinomiales para evaluar la asociación entre el acceso a espacios públicos y actividad física, y comprobar las interacciones entre el acceso a espacios públicos y su calidad, así como las características sociodemográficas de la actividad física. Observamos que no existe interacción entre el acceso a los espacios públicos y la calidad de los espacios públicos y sus efectos sobre la actividad física. Hubo una asociación entre la presencia del espacios públicos dentro de los 400m de área, y las probabilidades más altas de contar con un nivel de actividad física bajo (en oposición a estar en el nivel moderado) (coeficiente: 0,50; IC95%: 0,13; 0,87). Los participantes que usaron el transporte público estaban en menor medida en el nivel bajo de actividad física (coeficiente: -0,57; IC95%: -0,97; -0,17). Por este motivo sugerimos que en esta población el acceso a espacios públicos puede ser menos relevante para la actividad física que otros elementos del entorno urbano y características sociodemográficas.

O artigo buscou explorar a associação entre o acesso aos espaços públicos e a atividade física em mulheres adultas mexicanas, controlando e testando para interações entre características sociodemográficas e ambientais urbanas. Combinamos dados sociodemográficos de uma pesquisa feita na população feminina adulta (18-65 anos) de Tijuana, México, realizada em 2014 (N = 2.345), e os dados de um estudo (2013) sobre espaços públicos na mesma cidade. Avaliamos o acesso aos espaços públicos pela presença e área total de espaços públicos dentro de raios de 400, 800, 1.000 e 1.600 metros em torno dos domicílios das participantes. Medimos a atividade física com a versão breve do International Physical Activity Questionnaire (IPAQ-short). Foram utilizados modelos logísticos multinomiais para avaliar a associação entre o acesso aos espaços públicos e a atividade física, testando para interações entre acesso aos espaços públicos e qualidade dos espaços públicos e características sociodemográficas. Não constatamos nenhuma interação entre o acesso aos espaços públicos e a qualidade dos espaços públicos, no efeito sobre a atividade física. Houve uma associação entre a presença de espaços públicos no raio de 400 metros e maior probabilidade de estar no nível baixo de atividade física (quando comparado ao nível moderado) (coeficiente: 0,50; IC95%: 0,13; 0,87). As participantes que usavam transporte público mostraram menor probabilidade de nível baixo de atividade física (coeficiente: -0,57; IC95%: -0,97; -0,17). Sugerimos que, nesta população, o acesso aos espaços públicos pode ser menos relevante para a atividade física do que outros elementos do ambiente urbano e características sociodemográficas.
Descritores: Logradouros Públicos
Exercício Físico/fisiologia
Planejamento Ambiental
Atividade Motora/fisiologia
-Fatores Socioeconômicos
População Urbana/estatística & dados numéricos
Características de Residência
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Inquéritos Epidemiológicos
México
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 57 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-531118
Autor: Narciso, Carla Alexandra Filipe.
Título: Espaço público: acção politica e práticas de apropriação: Conceito e procedências / Public space: political action and appropriation practices: Concept and precedence's
Fonte: Estud. pesqui. psicol. (Impr.) = Estud. pesqui. psicol;9(2):0-0, set. 2009.
Idioma: pt.
Resumo: Neste trabalho pretendemos problematizar o conceito de espaço público, como objecto central considerando a sua análise a dois níveis de interpretação: enquanto lugar da acção política e de expressão de modos de subjectivação não identitários, e como lugar por excelência da comunicação, da democracia e como lugar de encontros multi-sociais. Examinamos as dimensões da forma, da apropriação e do lugar, assim como a integração dos conceitos, com o intuito de entender como se organiza o espaço do cidadão e o espaço da política, que se sobrepõem. Importa entender como se organiza o espaço público nas diversas dimensões face ao envolvimento dos actores institucionais e aos modos de reprodução capitalista subjacente às acções do poder público e da iniciativa privada, pois são estes que tem o poder de materializar a forma do espaço e induzir as expressões sociais dos indivíduos. (AU)

In this paper, we won't to aboard the problematic of the concept of public space, how central object to consider your analysis in to two level's interpretation: how place of action politic and the expression of the subjectivity not identities modes, and how place for excellence to the communication, to the democracy and how place for multi-socials meetings. To examine the dimensions of the shape, the appropriation and the place, in this way, the integration of the concepts, with the intuition to understand how the space of the man and the politic to organized who to superimposing. Import to understand how to organized the public space in the many dimensions face to involvement to the institutionalizes actors and to the modes of capitalism reproduction subjacent to the actions of the public power and to the private initiative, because to be this who have the power to materialized the shape of space and to induce the socials expressions of to the individuals. (AU)
Descritores: Logradouros Públicos
Área Urbana
Participação da Comunidade/psicologia
Democracia
-Identificação Social
Comunicação
Capitalismo
Limites: Humanos
Responsável: BR1691.1 - Biblioteca CEH/A



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde