Base de dados : LILACS
Pesquisa : J03.850 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 35 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 35 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1058897
Autor: Machado Luz, Fernanda W; Silva, Alexandre Emídio Ribeiro; Perroni, Ana Paula; Goettems, Marília L; Boscato, Noéli.
Título: Impact of seniors centers on oral health-related quality of life of older adults
Fonte: Rev. saúde pública (Online);54:07, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE This study evaluated the oral health-related quality of life (OHRQoL) of older adults participating or not in Seniors Centers (SC). METHODS Two independent samples were compared: older adults who participate in SC (n = 124) and older adults who visited Primary Healthcare Centers (PHC) and do not participate in SC (n = 164). The data collected consisted of sociodemographic (sex, age, educational level, marital status, family income) and psychosocial characteristics—Sense of Coherence (SOC), anxiety and depression using HADS, happiness—, and oral clinical evaluation—use and need of dental prosthesis and decayed (D), missing (M), or filled (F) teeth. The resulting OHRQoL was evaluated using the Oral Health Impact Profile (OHIP-14). The Mann-Whitney test was used to assess the associations between the independent variables and the OHIP-14. Poisson regression models were also used in the analyses (α=0.05). RESULTS In the PHC, of the 270 individuals invited to participate in the study, 164 (60.7%) were interviewed and clinically examined; while in the SC, of the 166 individuals invited to participate in the study, 124 (74.7%) were interviewed and clinically examined. After adjustments for sociodemographic, psychosocial and clinical factors, we found that the impact on OHRQoL was 2.8 times higher (95%CI 2.0-4.2) for older adults who did not participate in SC. CONCLUSION Older adults who participated in SC showed better perception on OHRQoL, independently of sociodemographic, psychosocial and clinical factors.
Descritores: Qualidade de Vida/psicologia
Saúde Bucal/estatística & dados numéricos
-Fatores Socioeconômicos
Brasil/epidemiologia
Distribuição de Poisson
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Perda de Dente/psicologia
Perda de Dente/epidemiologia
Prótese Dentária/psicologia
Prótese Dentária/estatística & dados numéricos
Senso de Coerência
Centros Comunitários para Idosos
Acesso aos Serviços de Saúde
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1281001
Autor: Vey, Ana Paula Ziegler; Virtuoso, Janeisa Franck; Braz, Melissa Medeiros; Pivetta, Hedioneia Maria Foletto; Mazo, Giovana Zarpellon.
Título: Perfil das idosas participantes de um grupo de convivência / Profile of the elderly participants of a coexistence group
Fonte: Fisioter. Bras;20(1):27-35, 20 de fevereiro de 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Descrever o perfil dos idosos inseridos em um centro de convivência. Métodos: Estudo quantitativo de abordagem descritiva. A amostra foi composta por 51 idosas participantes de um programa de extensão universitária de uma universidade pública do sul do Brasil, com média de 67,8 (±5,2) anos. Foi utilizada uma ficha diagnóstica. As variáveis estudadas nessa pesquisa foram analisadas descritivamente por meio de medidas de tendência central e frequência simples e porcentagem. Resultados: Destaca-se nas idosas o estado civil de viúvas (43,1%), vivendo com os familiares (43,1%), com a escolaridade de 5 a 8 anos de estudos (43,1%), da religião católica (78,4%), aposentadas (33,3%) e com a renda familiar entre 1 e 2 salários mínimos (43,1%). As idosas praticam atividade física em média há 10 (± 9,24) anos, 2 (duas) vezes na semana. Conclusão: As idosas que participam deste grupo de convivência são jovens, católicas, viúvas e aposentadas. Os grupos de convivência de idosos podem ser importantes veículos de educação em saúde para idosos, a fim de instrumentalizá-los para o autocuidado, promover sua saúde e prevenir doenças e agravos. (AU)

Objective: To describe the profile of elderly people living in a cohabitation center. Methods: Quantitative study of a descriptive approach. The sample consisted of 51 elderly women 67.8 (± 5.2) years old, enrolled in a university extension program of a public university in the south of Brazil. A diagnostic form was used. The variables studied in this research were descriptively analyzed through measures of central tendency and simple frequency and percentage. Results: We highlighted the marital status of widows (43.1%), living with their families (43.1%), schooling of 5 to 8 years of education (43.1%), (78.4%), retired (33.3%) and the family income between 1 and 2 minimum wages (43.1%). The elderly practiced physical activity on average 10 (± 9,24) years, 2 times in the week. Conclusion: The elderly women who participate in this coexistence group are young, catholic, widowed and retired. Elderly care groups can be important vehicles for health education for the elderly, in order to equip them for self-care, to promote their health and to prevent diseases and injuries. (AU)
Descritores: Perfil de Saúde
-Idoso
Prevenção de Doenças
Centros Comunitários para Idosos
Limites: Humanos
Feminino
Idoso
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  3 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1252951
Autor: Oliveira, Polyana Rakel de Souza Paes; Queirós, Pollyanna de Siqueira; Mendes, Priscila Aguiar; Vendramini, Ana Carolina Macri Gaspar.
Título: Sexualidade de idosos participantes de um centro de convivência / Sexuality of elderly people participating in a cohabitation center / Sexualidad de las personas mayores que participan en un centro comunitario
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);13:1075-1081, jan.-dez. 2021. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: analisar o comportamento sexual de idosos participantes de um centro de convivência. Método: estudo transversal, realizado com 91 idosos participantes de um centro de convivências em Tangará da Serra, Mato Grosso. A amostra foi de conveniência. A coleta de dados foi realizada em 2016, por meio de entrevista utilizando questionário estruturado. A análise foi descritiva. Resultados: 45,1%dos idosos têm vida sexual ativa, 95,1% têm desejo pelas práticas sexuais e 94,5% não faz uso de medidas preventivas para infecções sexualmente transmissíveis. A maioria referiu dificuldades no ato sexual (82,9%) sendo as mais prevalentes o ressecamento vaginal(29,4%), ejaculação precoce(17,6%) e problemas na ereção (11,8%). A maioria dos idosos citou conhecer as seguintes IST: HIV/AIDS (67%), gonorreia (41,8%), papiloma vírus humano (HPV) (27,5%) e sífilis (22,0%). Conclusão: Os idosos apresentam dificuldades no ato sexual, não usam preservativos, porém, têm desejo sexual. Há necessidade de implementar intervenções para promoção da saúde sexual na velhice

Objective: to analyze the sexual behavior of elderly people participating in a community center. Method: cross-sectional study, carried out with 91 elderly people participating in a community center in Tangará da Serra, Mato Grosso. The sample was of convenience. Data collection was carried out in 2016, through an interview using a structured questionnaire. The analysis was descriptive. Results: 45.1% of the elderly have an active sex life, 95.1% have a desire for sexual practices and 94.5% do not use preventive measures for sexually transmitted infections. Most reported difficulties in the sexual act (82.9%), the most prevalent being vaginal dryness (29.4%), premature ejaculation (17.6%) and problems with erection (11.8%). Most elderly people mentioned knowing the following STIs: HIV / AIDS (67%), gonorrhea (41.8%), human papilloma virus (HPV) (27.5%) and syphilis (22.0%). Conclusion: The elderly have difficulties in the sexual act, do not use condoms, however, they have sexual desire. There is a need to implement interventions to promote sexual health in old age

Objetivo: analizar el comportamiento sexual de personas mayores que participan en un centro comunitario. Método: estudio transversal, realizado con 91 adultos mayores en un centro comunitario de Tangará da Serra, Mato Grosso. La muestra fue de conveniencia. La recolección de datos se llevó a cabo en 2016, a través de una entrevista mediante un cuestionario estructurado. El análisis fue descriptivo. Resultados: el 45,1% de los adultos mayores tiene una vida sexual activa, el 95,1% tiene deseo de prácticas sexuales y el 94,5% no utiliza medidas preventivas para las infecciones de transmisión sexual. La mayoría refirió dificultades en el acto sexual (82,9%), siendo las más prevalentes la sequedad vaginal (29,4%), la eyaculación precoz (17,6%) y los problemas de erección (11,8%). La mayoría de los ancianos mencionó conocer las siguientes ITS: VIH / SIDA (67%), gonorrea (41,8%), virus del papiloma humano (VPH) (27,5%) y sífilis (22,0%). Conclusión: Los ancianos tienen dificultades en el acto sexual, no usan condón, sin embargo, tienen deseo sexual. Es necesario implementar intervenciones para promover la salud sexual en la vejez
Descritores: Comportamento Sexual/estatística & dados numéricos
Saúde do Idoso
Sexualidade/estatística & dados numéricos
Saúde Sexual/estatística & dados numéricos
Centros Comunitários para Idosos
-Doenças Sexualmente Transmissíveis
Estudos Transversais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  4 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1178799
Autor: Araújo, Cláudia Lysia de Oliveira.
Título: Condições de saúde e funcionalidade dos idosos do Vale do Paraíba - SP / Health and functionality of older Paraíba Valley - SP.
Fonte: São Paulo; s.n; 2012. 167 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O envelhecimento da população mundial é um fenômeno novo, ao qual, mesmo os países desenvolvidos, ainda estão tentando adaptar-se como envelhecer de forma saudável, priorizando esforços na manutenção da independência e autonomia do indivíduo. Os princípios deste envelhecimento com qualidade de vida descrevem o idoso como pró-ativo, definindo seus objetivos e lutando para alcançá-los, reunindo recursos que são úteis na adaptação à mudança e ativamente envolvidos na manutenção do bem-estar. Este modelo compreende desde a satisfação com a vida a modelos baseados em conceitos de independência, controle, competências sociais e cognitivas. O objetivo desta pesquisa é a caracterização do perfil dos idosos, estado civil, etnia autodeclarada, escolaridade, ocupação, renda individual, número de filhos, naturalidade, condições de moradia, meio de locomoção que utiliza para ir ao CCI e atividade física preferida e descrever as condições de saúde e desemprego nas atividades de vida diária dos idosos participantes de CCI, segundo a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). Pesquisa do tipo exploratória, descritiva, transversal, com abordagem quantitativa, realizado em CCIs do Vale Paraíba, São Paulo. Foram incluídos no estudo aqueles que atendiam aos critérios de inclusão com idade igual ou superior a 60 anos, participantes, há pelo menos três meses completos e no máximo um ano dos CCIs, que contribuíram o campo de pesquisa. O estudo caracterizou-se pelo predomínio de mulheres, idade média de 72 anos, casadas, etnia autodeclarada branca, com 5-10 anos de educação escolar, aposentadas, com média de renda mensal de um salário mínimo, por meio do instrumento de coleta foi possível observar que a maior parte das categorias da CIF selecionadas era pouco comprometida com dificuldade leve ou sem dificuldade.
Descritores: Idoso
Envelhecimento
Centros Comunitários para Idosos
Limites: Humanos
Idoso
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  5 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1102249
Autor: Stefanello, Fhaira Petter da Silva; Pasqualotti, Adriano; Pichler, Nadir Antonio.
Título: Análise do consumo de alimentos fontes de ômega 3 por participantes de grupos de convivências / Analysis of consumption of omega 3 source foods by participants of social groups
Fonte: Rev. bras. geriatr. gerontol. (Online);22(6):e190287, 2019. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: OBJETIVO: verificar o consumo de alimentos fontes de ômega 3 por participantes de grupos de convivências. MÉTODO: A pesquisa é do tipo transversal, descritivo/analítico, realizada com 850 idosos, participantes de grupos de convivência da Coordenadoria de Atenção ao Idoso (DATI), de uma cidade no estado do Rio Grande do Sul, Brasil, por meio de um questionário contendo variáveis sociodemográficas e consumo de alimentos fontes de ômega 3. Os dados foram analisados por meio da linguagem R 2.15.1, utilizando testes de qui-quadrado de Pearson e exato de Fisher. O nível de significância utilizado nos testes foi p≤0,05. RESULTADO:Os resultados do estudo demonstraram que as mulheres idosas possuem o hábito de utilizar mais alimentos fontes de ômega 3 do que os homens, como óleos, vegetais escuros, sementes, peixes e nozes e as pessoas com maior poder aquisitivo consomem mais produtos com ômega 3. CONCLUSÃO: Famílias com maior poder aquisitivo utilizaram fontes mais caras do ácido graxo ômega 3 e o consumo desses produtos não diferiu significativamente em relação a idade, IMC, estado marital e viver só ou com alguém. AU

OBJECTIVE: To verify the consumption of omega 3 source foods by participants of social groups. METHOD: a cross-sectional, descriptive analytical study was carried out with 850 older participants of social groups of the Older Adult Care Coordination (or DATI) in a city in the state of Rio Grande do Sul, Brazil, through a questionnaire containing sociodemographic variables and the consumption of omega 3 source foods. Data were analyzed using the R 2.15.1 language and using the Chi-square and Fisher's exact tests. The level of significance used in the tests was p≤0.05. RESULT: The results showed that older women have a habit of consuming more omega 3 source foods than men, such as oils, dark green vegetables, seeds, fish and nuts, and people with greater purchasing power consume more products with omega 3. CONCLUSION: Families with greater purchasing power used more expensive sources of omega 3 fatty acid, and the consumption of these products did not differ significantly in terms of age, BMI, marital status and whether the individual lived alone or with others. AU
Descritores: Ingestão de Alimentos
Ácidos Graxos Ômega-3
-Fatores Socioeconômicos
Índice de Massa Corporal
Estudos Transversais
Estado Civil
Distribuição por Sexo
Distribuição por Idade
Centros Comunitários para Idosos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1421.1 - Centro de Referência e Documentação sobre o Envelhecimento


  6 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1147694
Autor: Meneses, Kauan Ferraz; Aguiar, Aline Cristiane de Souza Azevedo; Martins, Lucas Amaral.
Título: Concepção de pessoas idosas sobre grupos de convivência / Elderly conception on coexistence groups / Concepción de personas idosas sobre grupos de convivencia
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);13:123-129, jan.-dez. 2021.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: analisar a concepção de pessoas idosas sobre grupos de convivência. Método: estudo descritivo, exploratório, de abordagem qualitativa, tendo como colaboradores 16 pessoas idosas que frequentavam grupos de convivência. A coleta das informações se deu através da utilização da técnica do grupo focal. Os dados foram analisados e organizados a partir da técnica de Análise de Conteúdo Temática. Resultados: a visão acerca dos grupos de convivência esteve relacionada a criação de laços e vínculos relacionais, como um espaço capaz de promover saúde, bem estar e qualidade de vida, além de se tornar uma estratégia de se evitar a solidão. Por fim, destacam a importância do compartilhamento de sentimentos e experiências positivas. Conclusão: os idosos possuem uma concepção variada acerca dos grupos de convivência, destacou-se a importância desses espaços para ressignificar a velhice e favorecer a ressocialização da pessoa idosa promovendo um envelhecer bem sucedido e saudável

Objective: to analyze the conception of elderly people in groups of coexistence. Methods: descriptive, exploratory, qualitative approach, with 16 elderly people attending groups of coexistence. The information was collected through the use of the focal group technique. The data were analyzed and organized from the Thematic Content Analysis technique. Results: the vision about living groups was related to the creation of ties and relational ties, as a space capable of promoting health, well-being and quality of life, besides becoming a strategy to avoid loneliness. Finally, they emphasize the importance of sharing positive feelings and experiences. Conclusion: the elderly have a varied conception of living groups, emphasized the importance of these spaces to re-signify old age and favor the resocialization of the elderly person promoting a successful and healthy aging

Objetivo: analizar la concepción de ancianos sobre grupos de convivencia. Métodos: estudio descriptivo, exploratorio, de abordaje cualitativo, teniendo como colaboradores 16 personas ancianas que frecuentaban grupos de convivencia. La recolección de las informaciones se dio mediante la utilización de la técnica del grupo focal. Los datos fueron analizados y organizados a partir de la técnica de Análisis de Contenido Temático. Resultados: la visión sobre los grupos de convivencia estuvo relacionada con la creación de lazos y vínculos relacionales, como un espacio capaz de promover salud, bienestar y calidad de vida, además de convertirse en una estrategia para evitar la soledad. Por último, destacan la importancia del compartir sentimientos y experiencias positivas. Conclusión: los ancianos poseen una concepción variada acerca de los grupos de convivencia, se destacó la importancia de esos espacios para resignificar la vejez y favorecer la resocialización de la persona anciana promoviendo un envejecimiento exitoso y sano
Descritores: Envelhecimento
Centros Comunitários para Idosos
Serviços de Saúde para Idosos
-Adaptação Psicológica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  7 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-759545
Autor: Luciana, Araújo Reis; Carolina, Maria Rangel Flôres.
Título: Avaliação do risco de quedas e fatores associados em idosos / Evaluation of fall risk and associated factors for the elderly / Evaluación del riesgo de caídas y factores asociados en ancianos
Fonte: Rev. baiana enferm;28(1), 2014.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo tem como objetivo avaliar o risco de quedas e fatores associados em idosos. Trata-se de estudo exploratório descritivo com abordagem quantitativa realizado com 100 idosos frequentadores de grupos de convivência. Utilizou- -se um questionário contendo questões sociodemográficas e de saúde e a Escala Fall Risk Score de Dowton. Os dados foram analisados por meio da análise estatística descritiva e aplicação do teste do Qui-quadrado. Constatou-se que 94,0% dos idosos apresentavam risco alto para queda, sendo verificada diferença estatística significativa entre o alto risco de quedas e as variáveis: sexo feminino (p?0,001), renda de um salário mínimo (p?0,001), estado civil referente a viúvo (p?0,001) e presença de problemas de saúde (p?0,001). Concluiu-se que o risco de quedas entre os idosos avaliados era elevado, estando associado ao sexo feminino, estado civil referente a viúvo e presença de problemas de saúde.

The article has the purpose of evaluating the fall risk and associated factors for the elderly. An exploratory descriptive study with a qualitative approach performed with 100 elderly people that attend recreation and leisure groups. A questionnaire was used containing socio-demographical and health questions and the Dowton Fall Risk Score was used. The data was analyzed by means of statistical descriptive analysis and application of the chi-square test. It was verified that 94.0% of the elderly presented high risk of fall, with a significant statistical difference between the high risk of fall and the variables: female gender (p?0.001), income of one minimum wage (p?0.001), civil status in relation to widowers (p?0.001) and presence of health problems (p?0,001). It was concluded that the fall risk among the evaluated elderly is high, being associated to the female gender, civil status related to widowers and presence of health problems.

El estudio tiene como objetivo evaluar el riesgo de caídas y factores asociados en ancianos. Se trata de un estudioexploratorio descriptivo, con enfoque cuantitativo llevado a cabo en grupos de la comunidad de edad avanzada, conuna muestra de 100 personas mayores. Se utilizó un cuestionario con variables sociodemográficas y de salud y elriesgo de la escala a nivel de Dowton. Los datos fueron analizados utilizando estadística descriptiva y la aplicaciónde la prueba de chi-cuadrado. Se observó que 94,0% de los sujetos tenía un alto riesgo de sufrir caídas, encontrándosediferencias estadísticamente significativas entre el alto riesgo de caídas y de las variables: sexo femenino (p?0,001),el ingreso de un (1) salario mínimo (p?0,001), estado civil viuda relativa (p?0,001) y la presencia de problemas desalud (p?0,001). Hubo un alto riesgo de caídas entre los ancianos evaluados, y el riesgo de caídas asociados con elsexo femenino, estado civil se refiere a un viudo y la presencia de problemas de salud.
Descritores: Acidentes por Quedas
Fatores de Risco
Centros Comunitários para Idosos
-Enfermagem Geriátrica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  8 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-773068
Autor: Pereira, Meire Marchi.
Título: Qualidade de vida e nutrição em idosos participantes de centros de convivência da terceira idade / Quality of life and nutrition in eldery participants living in centers senior citizens.
Fonte: São Paulo; s.n; 2015. 100 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Coordenadoria de Controle de Doenças para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O envelhecimento populacional é uma das maiores preocupações na área da saúde, exigindo políticas públicas adequadas para que o envelhecer aconteça de forma ativa. O objetivo deste estudo foi verificar a relação entre o estado nutricional (EN) e a qualidade de vida (QV) em idosos participantes de Centros de Convivência da terceira Idade. Trata-se de um estudo transversal com características analíticas e descritivas, no qual foram incluídos 150 idosos. Como instrumentos foram utilizados: questionário sobre dados demográficos, Whoqol-bref e a Mini Avaliação Nutricional. A aplicação dos questionários foi realizada nos Centros da Terceira Idade de São Caetano do Sul, no período de abril a julho de 2011. À maioria dos participantes relatou boa QV e satisfação com a saúde. Quanto ao EN foram encontrados 125 participantes (85,4%) no grupo nutrido (GN) e 22 (14,6%) no grupo em risco de desnutrição (GRN). Na relação QV e EN, houve diferenças estatisticamente significativas entre o GN e GRN no domínio psicológico e físico. No subdomínio físico, houve diferenças estatisticamente significativas entre os grupos nas questões quanto à satisfação com a energia diária, capacidade de locomoção e capacidade para o trabalho. Concluiu-se que houve relação da QV e EN, pois à maioria das questões dos domínios físico, psicológico, meio ambiente e relação social apresentaram maiores proporções de satisfação no GN...

Population aging is a major concern in healthcare, requiring appropriate public policies to make aging an active and healthy process. The aim of this study was to investigate the relationship between nutritional status (NS) and quality of life (QOL) in elderly participants. This cross-sectional study included 150 elderly and was carried out from April to July 2011 in centers for the Third Age in São Caetano do Sul - SP. The instruments used were a questionnaire on demographics, the WHOQOL-BREF and the Mini Nutritional Assessment. The majority of participants reported good QOL and satisfaction with health. Regarding NS 125 participants (85.4%) were in the nourished group (NG) and 22 (14.6%) in the group at risk of malnutrition (GRM). In relation to QOL and NS, there were significant differences between groups (NG and GRM) on the psychological and physical domain. In the physical subdomain, there were statistically significant differences between groups on issues regarding satisfaction with the daily energy, walking ability and capacity for work. It was concluded that there was a relationship between QOL and NS, since most questions of physical, psychological, environmental and social relationship domains showed higher satisfaction ratios in the NG...
Descritores: Centros Comunitários para Idosos
Estado Nutricional
Qualidade de Vida
-Avaliação Nutricional
Brasil
Inquéritos e Questionários
Limites: Humanos
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  9 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-766
Autor: Soares, Pollyana Pagliaro Borges; Gonçalves, Jurema Ribeiro Luiz; Amaro, Elisângela de Assis; Corrêa, Carolina Camargos; Amaral, Anquelins Patrícia do; Contim, Divanice.
Título: Percepção dos idosos com indicativo de depressão sobre o significado de viver / Perception of purpose in life of elderly with depressive symptoms / Percepción de los ancianos con indicativo de depresión sobre el significado de vivir
Fonte: Cogitare enferm;20(4):672-677, Out.-Dez. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo desse estudo foi descrever a percepção dos idosos com indicativo de depressão sobre o significado de viver. Trata-se de pesquisa qualitativa, realizada com 17 idosos com indicativo de depressão cadastrados em uma Unidade de Atendimento ao Idoso de um município do interior de Minas Gerais. Os dados foram coletados por entrevista semi-estruturada, narrativa nos meses de abril e maio de 2013. As informações extraídas das entrevistas foram analisadas pelo método do Discurso do Sujeito Coletivo fundamentado na Teoria das Representações Sociais. Foram evidenciados que o significado de viver está relacionado a cuidar da família, sentimento de cumprimento ou não de missão, propósito divino, preservação da amizade, valorização e satisfação da vida. Quando a vontade e o saber do idoso, construídos durante sua trajetória de vida, são considerados, entendidos e respeitados, favorece uma percepção positiva no significado de viver para o idoso (AU).

The present study aimed to describe the way in which elderly with depressive symptoms perceive their purpose/meaning in life. It is a qualitative study with 17 elderly with depressive symptoms registered at a Health Care Service for Elderly Patients in a city in Minas Gerais. Narrative data were obtained through semi-structured interviews in April and May, 2013. The information extracted from the interviews were analyzed by Collective Subjective Discourse methodology based on the Theory of Social Representations. For the respondents, their quality of life was related to taking care of the family, sense of fulfillment or non-fulfillment, divine purpose, preservation of friendship and satisfaction with life. When the wishes and the knowledge of elderly individuals, built during their lives, are considered, understood and respected these individuals tend to have a positive perception of life (AU).

Resumen El objetivo de ese estudio fue describir la percepción de los ancianos con indicativo de depresión sobre el significado de vivir. Es una investigación cualitativa, realizada con 17 ancianos con indicativo de depresión registrados en una Unidad de Atendimiento al Anciano de un municipio del interior de Minas Gerais. Los datos fueron obtenidos por entrevista semiestructurada, narrativa en los meses de abril y mayo de 2013. Las informaciones extraídas de las entrevistas fueron analizadas por el método del Discurso del Sujeto Colectivo fundamentado en la Teoría de las Representaciones Sociales. Fueron evidenciados que el significado de vivir está relacionado a cuidar de la familia, sentimiento de cumplimiento o no de misión, propósito divino, preservación de la amistad, valoración y satisfacción de vida. Cuando la voluntad y el saber del anciano, construidos durante su trayectoria de vida, son considerados, entendidos y respetados, se favorece una percepción positiva en el significado de vivir para el anciano (AU).
Descritores: Percepção
Envelhecimento
Centros Comunitários para Idosos
Limites: Humanos
Responsável: BR1508.9 - Departamento de Enfermagem


  10 / 35 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1043171
Autor: LASTA, Rafaela; DEVILLA, Angélica; SIMONI, Vanessa; FORALOSSO, Jéssica Caroline; KELLERMANN, Michele Gassen; MARCON, Scheila; CORRALO, Vanessa da Silva; RODRIGUES-JUNIOR, Sinval Adalberto.
Título: Oral health profile of participants of an elderly cohabitation program in the state of Santa Catarina, Brazil / Perfil de saúde bucal dos participantes de um programa de convivência de idosos em Santa Catarina, Brasil
Fonte: Rev. odontol. UNESP (Online);48:e20190061, 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction Cohabitation and social interaction programs have been shown to enhance several aspects of the quality of life of the elderly. Objective This observational study assessed the oral health and oral health perception of participants of an elderly cohabitation program in the state of Santa Catarina, Brazil. Material and method Calibrated dental students examined/interviewed 235 participants of the program. The oral examination considered Decayed, Missing, and Filled Teeth (DMFT) index, Community Periodontal Index (CPI), Periodontal Attachment Loss (PAL), use and need of prostheses, and presence of oral mucosal lesions. Oral health perception was verified with the Geriatric Oral Health Assessment Index (GOHAI) questionnaire. Data were analyzed with descriptive statistics and chi-square test (α=0.05). Result The mean DMFT index was 24.3 teeth, with emphasis on the 'Missing' category. Upper and lower prosthetic needs were 53.6 and 71.1%, respectively. Fifty-five per cent of participants presented oral mucosal lesions. Moderate oral health perception prevailed (43%), with mean GOHAI score of 29.9. The negative perception on physical and pain/discomfort dimensions was statistically associated with lower prosthetic need (p<0.05). Conclusion The participants of the cohabitation program presented poor oral health and prevalence of moderate oral health perception. Lower prosthetic need was associated with negative perception.

Resumo Introdução Programas de convívio e interação social tem melhorado vários aspectos da qualidade de vida de idosos. Objetivo Este estudo observacional avaliou a saúde bucal e a percepção de saúde bucal de participantes de um programa de convívio de idosos em Santa Catarina, Brasil. Material e método Duzentos e trinta e cinco participantes do programa Cidade do Idoso foram examinados/entrevistados por estudantes calibrados. O exame bucal considerou: índice de dentes cariados, perdidos e obturados (CPO-D), Índice Periodontal Comunitário (IPC), índice de Perda de Inserção Periodontal (PIP), uso e necessidade de prótese e presença de lesões de mucosa bucal. A percepção de saúde bucal foi verificada pelo Índice de Avaliação de Saúde Bucal Geriátrica (GOHAI). Os dados foram analisados com estatística descritiva e teste qui-quadrado (α=0,05). Resultado O CPO-D médio foi de 24,3 dentes, com ênfase à categoria 'perdidos'. Necessidade de prótese superior e inferior correspondeu a 53,6 e 71,1%, respectivamente; 55% apresentaram lesões de mucosa bucal. Uma percepção de saúde bucal moderada prevaleceu (43%), com um escore médio do GOHAI de 29,9. Uma percepção negativa nas dimensões física e dor/desconforto foi estatisticamente associada com a necessidade de prótese inferior (p<0,05). Conclusão Os participantes do programa Cidade do Idoso apresentaram uma saúde bucal precária e uma percepção de saúde bucal predominantemente moderada. A necessidade de prótese inferior foi associada a uma percepção negativa de saúde bucal.
Descritores: Perfil de Saúde
Inquéritos de Saúde Bucal
Centros Comunitários para Idosos
-Idoso
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR39.2 - Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde