Base de dados : LILACS
Pesquisa : K01.517.946 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 48 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 48 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1021632
Autor: Ríos Madrid, Myriam.
Título: Humor y guerra / Humor and war
Fonte: Poiésis (En línea);11(Jun):1-4, 2006.
Idioma: es.
Resumo: A simple vista, parece haber una incompatibilidad entre el humor y aquello que tenga que ver con la muerte, el dolor, el sufrimiento humano. Mirado más profundamente el asunto, puede hallarse una gran afinidad entre ellos, ya que el humor puede servir como defensa frente a las adversidades, como un intento desesperado de nuestro psiquismo por evitar el displacer o incluso la aniquilación.

At first glance, there seems to be an incompatibility between humor and that which has to do with death, pain, human suffering. Looking more deeply into the matter, a great affinity can be found between them, since humor can serve as a defense against adversities, as a desperate attempt by our psyche to avoid displeasure or even annihilation.
Descritores: Senso de Humor e Humor como Assunto
-Guerra/psicologia
Simbolismo
Atitude Frente a Morte
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Discurso
Responsável: CO191.1 - Biblioteca


  2 / 48 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-557264
Autor: Kupermann, Daniel.
Título: Humor, desidealização e sublimação na psicanálise / Humor, de-idealization and sublimation in psychoanalysis
Fonte: Psicol. clín;22(1):193-207, jun. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: A motivação principal deste artigo é demonstrar que a metapsicologia do humor se oferece, na obra freudiana, como o paradigma a partir do qual se podem compreender as operações em jogo no processo da sublimação. Percebe-se, assim, que a associação entre duas problemáticas sombreadas pela tradição psicanalítica - o humor e a sublimação - contribui para o esclarecimento de ambas. Ao longo do texto são enfatizados o trabalho de desidealização promovido pelo humor, a modalidade identificatória envolvida na sua produção, a referência do humor negro à condição de orfandade que caracteriza o sujeito moderno, bem como a política que acompanha a anunciação do dito humorístico e, mesmo, do Witz (espirituosidade) de modo geral. Finalmente, demonstra-se a filiação do humor ao realismo grotesco, amplamente analisado por Mikhail Bakhtin, indicando como, na enunciação humorística, é preciso considerar a participação da alegria, sua força motriz.

This article's main motivation is to demonstrate that the metapsychology of humor offers itself, in the Freudian work, as a paradigm from which we can understand the operations at work in the process of sublimation. Thus, we can notice that the associations between two traditional psychoanalytical problems - humor and sublimation - contribute to its explanation. The text emphasizes the process of de-idealization through humor - as well as the aspect of identification involved in its production -, the reference of dark humor to the condition of "orphan" which characterizes the modern individual, and the politics that accompany the announcement of an amusing word (and even the Witz in general). Finally, it demonstrates the affinity of humor to grotesque realism, widely analyzed by Mikhail Bakhtin, showing how, in enunciating humor, it is necessary to consider the role of joy, its driving force.
Descritores: Política
Sublimação Psicológica
Senso de Humor e Humor como Assunto
Limites: Humanos
Responsável: BR527.1 - Divisão de Bibliotecas e Documentação


  3 / 48 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-603256
Autor: Dahia, Sandra Leal de Melo.
Título: Riso: uma solução intermediária para os racistas no Brasil / Laugh: an intermediate solution for racists in Brazil
Fonte: Estud. pesqui. psicol. (Impr.) = Estud. pesqui. psicol;10(2):373-389, ago. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do presente trabalho consiste em considerar o riso como uma forma expressiva de transmissão e manutenção do preconceito racial contra o negro no Brasil. O riso é manifesto como reverberação do relato da piada racista em espaços sociais de lazer nos quais os grupos liberam e partilham seu racismo encoberto. Consideramos que se trata de uma prática social, negociada inconscientemente, cuja principal função está em lidar com o dilema de identidade do brasileiro frente à melindrosa questão das relações raciais no país. Utilizaremos como suporte teórico os conceitos de aliança inconsciente e transmissão psíquica e a categoria do intermediário, oriundas da teoria psicanalítica do francês René Kaës que parece penetrar as realidades dos pactos intersubjetivos selados inconscientemente. A leitura proposta atesta a interface entre inconsciente e cultura, apontando um dinâmico e criativo processo de construção e desconstrução de soluções intermediárias de defesa, coletivamente produzidas e articuladas

The aim of the present work is to consider the laugh as an expressive way of transmitting and maintaining the racial prejudice against the black in Brazil. The laugh is manifested as a reverberation of the racist joke at social leisurely spaces where members release and share their covert racism. We consider that this represents a social practice that has been negotiated unconsciously and whose main function is to deal with the identity dilemma faced by the Brazilians with regard to the delicate issue of racial relations in the country. We use as theoretical support the concepts of unconscious alliances and psychic transmission and the intermediate category, all derived from the French psychoanalytic theorist René Kaës. These concepts seem to reach and penetrate the realities of the inter-subjective agreements sealed unconsciously. Our proposed reading attests to the interface between the unconscious and culture pointing to a dynamic and creative construction-deconstruction process of intermediate defensive solutions collectively produced and articulated
Descritores: Psicologia
Inconsciente Psicológico
Senso de Humor e Humor como Assunto
Racismo
Riso
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  4 / 48 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913174
Autor: Casemiro, Fúlvio César; Martinez, Viviana Carola Velasco.
Título: Humor mórbido: defesa e tradução do horror na Shoah / Black humor: defense and translation of horror in the Shoah / Humor mórbido: defensa y traducción del horror en Shoah
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 2003);70(1):276-290, jan./mar. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Analisamos o humor mórbido produzido pelas vítimas dos campos de concentração nazistas, durante a catástrofe social que foi a Shoah, do ponto de vista da defesa, proposta por Freud, com o engrandecimento do ego, a preservação da integridade narcísica do ego, e como forma ímpar de extrair prazer da própria dor. E do ponto de vista da tradução psíquica do sexual, a partir da Teoria da Sedução Generalizada de J. Laplanche. Trata-se tanto da tradução do excesso transmitido pelo algoz, violência extrema, como da retradução do próprio polimórfico perverso reativado nas vítimas. Discutimos o paradoxo que se instala, pois, se por um lado o humor mórbido teria uma função defensiva e tradutiva do excesso para quem o produz e para quem ri dele, por outro, pode representar um ato de agressão e revitimização de quem se ri

We analyze the black humor produced by the victims of the Nazi concentration camps during the social catastrophe that was the Shoah, from the point of view of the defense, proposed by Freud, with the enlargement of the ego, preserving his narcissistic integrity, and as an odd way to extract pleasure from pain itself. Also from the point of view of psychic translation of the sexual, with the Theory of Generalized Seduction of J. Laplanche. This concerns both the translation of excess transmitted by the executioner, extreme violence, as well as the retranslation of polymorphic perverse reactivated in the victims themselves. We discuss the paradox that is installed because if on one hand the black Humor would have a defensive and translational function of the excess to those who produce and who laughs with that, on the other hand, may represent an act of aggression and victimization of those who are laughed at

Analizamos el humor mórbido producido por las víctimas de los campos de concentración nazis, durante la catástrofe social que fue Shoah, desde el punto de vista de la defensa, propuesto por Freud, con el engrandecimento del ego, la preservación de la integridad narcisista del ego, y como forma impar de extraer placer del propio dolor. Y desde el punto de vista de la traducción psíquica de lo sexual, a partir de la Teoría de la Seducción Generalizada de J. Laplanche.. Se trata tanto de la traducción del exceso transmitido por el verdugo, violencia extrema, como de la retraducción del propio polimórfico perverso reactivado en las víctimas. Discutimos la paradoja que se instala, pues, si por un lado el humor mórbido tendría una función defensiva y traductora del exceso para quien lo produce y para quien se ríe con eso, por otro, puede representar un acto de agresión y revictimización de quien se ríe
Descritores: Holocausto
Psicanálise
Trauma Psicológico
Senso de Humor e Humor como Assunto/psicologia
Limites: Humanos
Responsável: BR1194.1 - BT - Biblioteca


  5 / 48 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-828872
Autor: Fioravanti, Carlos Henrique; Andrade, Rodrigo de Oliveira; Marques, Ivan da Costa.
Título: Os cientistas em quadrinhos: humanizando as ciências / Scientists in cartoons: humanizing science
Fonte: Hist. ciênc. saúde-Manguinhos;23(4):1191-1208, oct.-dic. 2016. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Publicados diariamente de 1994 a 2002 no jornal Correio Popular, de Campinas, os quadrinhos Os cientistas, produzidos por jornalistas e pesquisadores brasileiros, apresentaram a prática científica de modo crítico e irreverente, expondo a insegurança e as frustrações dos cientistas, além dos conflitos entre eles e da dificuldade de comunicação com outros grupos, como os jornalistas. Este artigo mostra a diversidade de personagens, temas, apresentação gráfica e seus possíveis significados, por meio de uma amostra de tiras publicadas nos quatro primeiros anos.

Abstract Published daily from 1994 to 2002 in Correio Popular, a Campinas-based newspaper, Os cientistas (The scientists) comic strips produced by Brazilian researchers and journalists presented science critically and irreverently, exposing the insecurities and frustrations of scientists, as well as the conflicts between them and their communication difficulties with other groups, like journalists. This article shows the diversity of personalities, subjects, graphic styles, and potential meanings in a sample of comic strips published in the first four years.
Descritores: Desenhos Animados como Assunto/história
Jornais como Assunto/história
Pesquisadores/história
Ciência/história
-Brasil
Senso de Humor e Humor como Assunto/história
Limites: Humanos
História do Século XX
História do Século XXI
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 48 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-773538
Autor: Brito, Cristiane Miryam Drumond de; Silveira, Regiane da; Mendonça, Daniele Busatto; Joaquim, Regina Helena Vitale Torkomian.
Título: O humor e o riso na promoção de saúde: uma experiência de inserção do palhaço na estratégia de saúde da família / Humor and laughter in health promotion: a clown insertion experience in the family health strategy
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;21(2):553-562, Fev. 2016.
Idioma: en.
Resumo: Resumo O trabalho com diferentes formas de expressão artístico-culturais tem sido considerado forma de intervenção na saúde que enriquece as possibilidades de compreensão e reflexão sobre necessidades dessa área. Um grupo de palhaços caracterizados de médicos realizou visitas domiciliares por oito meses em dez famílias em micro áreas de duas equipes de saúde da família. A prática visou ampliar a resolubilidade do cuidado a pessoas e a coletividade com intensa proximidade estabelecida pela arte da palhaçaria. A ideia foi fazer intervenções nos domicílios de famílias em situação de vulnerabilidade social indicadas pelas equipes de saúde da família e utilizar a alegria, o humor, o riso como formas de provocar reflexões sobre problemas cotidianos. A presença dos “médicos-palhaços” nas casas foi capaz de construir vínculos fortes e livres com as famílias e de potencializar o cuidado humanizado e integral no contexto da estratégia de saúde da família. Juntos, palhaços e famílias construíram, de modo singular, possíveis soluções para dificuldades enfrentadas no dia a dia. Os palhaços e palhaças foram capazes de agenciar novas construções subjetivas para cada família lidar com situações cotidianas.

Abstract Working with different forms of artistic and cultural expressions has been considered a form of health intervention to enhance the understanding and thinking about the needs in this field. A group of clown doctors conducted home visits for eight months to ten families located in micro areas of two family health teams. The practice aimed at expanding the solvability of the care given to people and to communities through the intense proximity established by the art of clownery. The idea consisted of making interventions in the homes of socially vulnerable families indicated by the family health teams using joy, humor, and laughter to stimulate reflections on the daily problems. The presence of “clown doctors” in the houses built strong and free bonds with the families and enhanced the humanized and comprehensive care within the context of family health strategy. Clowns and families found a special way to find possible solutions to the difficulties faced on a daily basis. Male and female clowns were able to manage new subjective constructions for each family to deal with everyday situations.
Descritores: Saúde da Família
Riso
Senso de Humor e Humor como Assunto
-Terapias Complementares
Promoção da Saúde
Visita Domiciliar
Médicos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 48 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-764149
Autor: POÍNHOS, Rui Manuel de Almeida; GASPAR, Nuno Miguel Soares.
Título: Depressão e priming de palavras positivas, neutras e negativas / Depression and priming of positive, neutral and negative words
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);32(4):583-593, Oct.-Dec. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo foi explorar a associação entre o nível de depressão numa amostra não-clínica e o desempenho em tarefas de memória implícita (priming). Participaram 120 estudantes universitários com idades entre 18 e 27 anos, distribuídos aleatoriamente por duas condições a que correspondiam diferentes tarefas de aprendizagem e uma tarefa de completamento de troncos de palavras. A variável independente foi o nível de depressão (Inventário de Avaliação Clínica da Depressão). Os estímulos usados foram palavras positivas, neutras e negativas. Os resultados mostram uma relação entre maior nível de sintomas cognitivos de depressão e menor completamento de palavras, e sugerem o processamento preferencial de estímulos emocionais congruentes com o nível de depressão e a ativação secundária de estímulos emocionais pelos de valência oposta.

The objective of this study was to investigate the association between the level of depression in a nonclinical sample and the performance on implicit memory (priming) tasks. One-hundred and twenty university students aged between 18 and 27 years were randomly divided into two groups (conditions) based on different learning tasks but including the same word-stem completion task. The independent variable was the level of depression. The independent variable was the level of depression (Inventory of Clinical Assessment of Depression). The stimuli used were positive, neutral, and negative words. The results show a relationship between higher cognitive symptoms of depression and a reduced performance on word completion, and they suggest preferential processing of emotional congruent stimuli with the level of depression and the secondary activation of emotional stimuli by stimuli of opposite valence.
Descritores: Depressão
Priming de Repetição
Senso de Humor e Humor como Assunto
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR27.1 - Biblioteca do Campus II


  8 / 48 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-719702
Autor: Mourão, Mara.
Título: Doutores da alegria: o filme / Doctors of Joy: the movie.
Fonte: São Paulo; Mano Filmes; 2005. 01h:36m.
Idioma: pt.
Resumo: O documentário mostra o trabalho do grupo Doutores da Alegria, organização que atua em dez hospitais. Dentre suas ações, figuram a produção de pesquisas científicas, teses, publicação de livros e a parceria desde 2002 com o Ministério da Saúde, na área de formação profissional. Dessa forma, o filme resgata a importância do poderoso arquétipo milenar que vem permeando a história da humanidade desde as suas primeiras organizações como sociedade, personificado nas figuras do pajé, do bobo da corte (capaz de dizer as mais duras verdades ao rei sem ser degolado) e do próprio palhaço. Promovendo uma provocação, Wellington Nogueira, fundador da organização, questiona o papel desse arquétipo na sociedade atual, mostrando que seu palco não se restringe ao circo e é cada vez mais necessário, em todos os lugares.
Descritores: Criança Hospitalizada/psicologia
Morte
Hospitais Pediátricos
Relações Interpessoais
Relações Médico-Paciente
Recreação
Terapias Sensoriais através das Artes
Senso de Humor e Humor como Assunto
Limites: Humanos
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; V618.92, M929d


  9 / 48 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-711534
Autor: Costa, Nelson Barros(org).
Título: Práticas discursivas: exercícios analíticos / Discursive practices: analytical exercises.
Fonte: Campinas, SP; Pontes; 2005. 213 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Comunicação
Conhecimento
Linguística
Meios de Comunicação de Massa/tendências
-Preconceito
Senso de Humor e Humor como Assunto
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Discurso
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; 121, C837p


  10 / 48 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-706407
Autor: Muraro, Vanina.
Título: La ironía y el humor en el quehacer analítico / Irony and humor in psychoanalytic work
Fonte: Rev. univ. psicoanál;13:81-90, nov. 2013.
Idioma: es.
Resumo: En el presente artículo interrogaremos la dimensión táctica de la interpretación psicoanalítica tomando en cuenta las dificultades inherentes a nuestro campo y los peligros de caer en una estandarización. Realizaremos esta lectura sirviéndonos del aparato teórico brindado por los formalistas rusos -especialmente de los conceptos de “automatización” y “ostranenie”- a los fines de indagar la función del humor y lo irónico en el quehacer analítico.
Descritores: Senso de Humor e Humor como Assunto/psicologia
Interpretação Psicanalítica
-Psicanálise
Sublimação Psicológica
Limites: Humanos
Responsável: AR81.4 - Biblioteca



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde