Base de dados : LILACS
Pesquisa : K01.752.400.900 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 55 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 55 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1021036
Autor: Vieira, Nadja Maria.
Título: Produção de sentidos no começo da vida / Making sense in early life
Fonte: Interaçao psicol = Interação psicol. (Online) = Interaçao psicol. (Impr.);20(2):160-169, maio-ago. 2016. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Neste estudo discutiu-se a atividade de produção de sentidos no início da vida apontando-se a operação de processos co-regulados. Trata-se de um estudo longitudinal da interação de uma díade mãe-bebê. A partir de uma análise microgenética foi demonstrada uma trajetória de desenvolvimento da comunicação mediada por brinquedos. Nessa trajetória destacaram-se perfis de negociação no compartilhamento de atenção revelados em reorganizações frequentes. A produção de sentidos foi concebida como atos de responsividade relacionados com experiências passadas e com antecipações de possibilidades de experiências futuras envolvendo o brinquedo. Concluiu-se que a produção de sentidos na interação são situações de resolução momentânea de tensões promovidas por essa dinâmica de ações para onde convergem, simultaneamente, as experiências passadas e expectativas de possibilidades futuras
Descritores: Valor da Vida
Relações Mãe-Filho
Responsável: BR628.1 - Biblioteca Central


  2 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-897716
Autor: Ferreira, Sidnei; Porto, Dora.
Título: Combate à violência contra crianças e adolescentes: desafio para a sociedade brasileira / Combating violence against children and adolescents: a challenge for Brazilian society / Combate a la violencia contra los niños y los adolescentes: desafío para la sociedad brasileña
Fonte: Rev. bioét. (Impr.);26(1):7-11, jan.-abr. 2018.
Idioma: pt.
Descritores: Maus-Tratos Infantis/história
Defesa da Criança e do Adolescente
Violência Doméstica
Valor da Vida
Direitos Humanos
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  3 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-884318
Autor: Dias, Eduardo Rocha; Norões, Mariane Paiva.
Título: Responsabilidade penal de pais testemunhas de Jeová por recusa de tratamento médico em crianças e adolescentes / Criminal responsibility of parents Jehovah's Witnesses for refusing medical treatment to children and adolescents
Fonte: Rev. direito sanit;18(3):167-179, 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Examina-se, neste estudo, decisão da Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça no Habeas Corpus n. 268.459/SP, proferida em 02 de setembro de 2014, que discutiu a responsabilidade penal dos pais por recusa de transfusão sanguínea em paciente menor de idade. A metodologia utilizada foi do tipo documental-bibliográfico, com pesquisa pura de abordagem qualitativa, descritiva e exploratória. O referido habeas corpus aborda o caso de uma adolescente de 13 anos, que deu entrada no hospital em virtude de grave estado de saúde provocado por anemia falciforme. O quadro clínico da paciente exigia, com urgência, transfusão de sangue para salvaguardar sua vida. Todavia, seus pais, por razão de convicção religiosa da seita Testemunhas de Jeová, assinaram declaração recusando o referido tratamento, dando, assim, ensejo ao óbito da menor impúbere. O fato gerou precedente judicial no STJ, permitindo ao médico fazer a transfusão de sangue sempre que o paciente menor de idade estiver em iminente perigo de morte, independentemente da escolha religiosa de seus representantes legais. Conclui-se que o caso no Habeas Corpus n. 268.459/SP é marcado por uma colisão entre o direito à vida da criança e do adolescente e o direito à liberdade de consciência e de crença dos pais, que foi ponderada pela Sexta Turma do STJ.(AU)

This study examines the decision of the Sixth Chamber on Brazil's Superior Court of Justice (SCJ) in Habeas Corpus 268.459/SP, issued on September 2, 2014, which discussed the criminal responsibility of parents for refusing a blood transfusion to a minor patient. The methodology used was of the documentary-bibliographic type, with pure research of qualitative, descriptive and exploratory approach. The aforementioned habeas corpus addresses the case of a thirteen- year-old girl who was admitted to the hospital due to a serious health condition caused by sickle cell anemia. The patient's clinical condition urgently required blood transfusion to safeguard her life. However, her parents, due to their belief in Jehovah's Witness cult, signed a declaration that refused such treatment, thus leading to the girl's death. This fact gave rise to a judicial precedent in the SCJ, allowing doctors to conduct blood transfusions whenever minor patients are in imminent danger of death, regardless of the religious choice of their legal representatives. It is concluded that the Habeas Corpus case is marked by a collision between the right to life of the child and the adolescent and the right to freedom of conscience and belief of the parents, which was considered by the Sixth Chamber of the SCJ.(AU)
Descritores: Transfusão de Sangue
Responsabilidade Penal
Liberdade Religiosa
Testemunhas de Jeová
Valor da Vida
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  4 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Custódio, Eda Marconi
Texto completo
Id: biblio-848553
Autor: Mendonça, Vitor Silva; Custódio, Eda Marconi.
Título: O erro médico e o respeito às vítimas / Medical malpractice and the respect for victims
Fonte: Bol. psicol;66(145):123-134, jul. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: O erro médico advém de uma conduta profissional inadequada, capaz de produzir dano à vida ou agravo à saúde de outrem, por ação ou omissão. Essa situação tem se tornado cada vez mais comum no cenário brasileiro e o respeito e consideração às vítimas ficam ignorados. Dessa maneira, este estudo tem objetivo de identificar de que modo os profissionais envolvidos com o erro levam em consideração a pessoa da vítima enquanto ser humano. Foi utilizada entrevista semiestruturada realizada com cada uma das 12 pessoas que passaram pela situação do erro médico. Verificou-se que as vítimas se sentem desrespeitadas e sem direitos, quando acometidas pelo erro. Os médicos responsáveis se mostraram pouco disponíveis a ajudar e, menos ainda, a assumirem que erraram, reforçando uma relação desgastada. O estigma do erro médico no Brasil tem uma forte ligação com os juízos de valores impostos, dificultando sua aceitação para a vítima e profissionais.

Medical malpractice results from an inadequate professional conduct leading to damage to somebody´s life or health, due to some action or omission. Such a situation has become more and more common in the Brazilian scenario, and the respect and the concern for the victims are ignored. Thus, this study aims at identifying the ways the professionals involved in malpractice take the victim as a human being into consideration. An individual semi structured interview was performed with twelve individuals who had suffered malpractice. It was found out that the victims feel disrespected and deprived of rights, when they go through such a situation. Doctors didn't show willingness to help, nor they assumed the responsibility for their malpractice, which reinforces a impaired relationship. In Brazil the stigma of malpractice has a strong connection with imposed value judgments, which makes it more difficult to be accepted by both the victim and the professionals.
Descritores: Erros Médicos/efeitos adversos
Erros Médicos/psicologia
Valor da Vida
-Entrevistas como Assunto
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  5 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-789321
Autor: Bermejo, José Carlos.
Título: Que vuelva el principito: preguntas y valores / To return the little prince
Fonte: Rev. chil. endocrinol. diabetes;8(1):32-33, ene.2015.
Idioma: es.
Descritores: Humanismo
Valores Sociais
Valor da Vida
Limites: Seres Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: lil-781553
Autor: Morais, Inês Motta de; Nunes, Rui; Cavalcanti, Thiago; Soares, Ana Karla Silva; Gouveia, Valdiney V.
Título: Percepção da “morte digna” por estudantes e médicos / Perception of “dignified death” for students and doctors / Percepciones de estudiantes y médicos sobre la “muerte digna”
Fonte: Rev. bioét. (Impr.);24(1):108-117, jan.-abr. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A morte é a cessação definitiva da vida no corpo. Os avanços técnico-científicos da medicina conseguiram prolongá-la. O objetivo do presente estudo foi conhecer a percepção de estudantes e profissionais da medicina acerca da “morte digna”. Levantaram-se as diferenças entre os grupos e seus correlatos, valendo-se de variáveis demográficas. Participaram 398 respondentes, distribuídos equitativamente entre estudantes e médicos da cidade de Porto Velho, dos quais 57,8% eram do gênero masculino, com média etária de 34,5 anos. Os participantes responderam à chamada “escala de percepção de morte digna” (EPMD) e questões demográficas. Os resultados indicaram que os médicos preferiram morrer no hospital (74%) e os estudantes, em casa (74%); esses últimos tiveram maior média na EPMD (M = 5,6; DP = 0,6). Apesar das limitações, este estudo favorece a reflexão sobre práticas futuras, inerentes à concepção de morte digna por integrantes da saúde, auxiliando a relação médico-paciente.

Death is the definitive end of life in the body. The technological advances of medicine have made it possible to prolong the process of dying. This study aimed to discover the perception of medical students and medical professionals about a good death, and analyzed the differences between the groups and their correlates based on demographic variables. A total of 398 people, equally divided among medical students and doctors, participated in the study. Most of the participants were male (57.8%), with a mean age of 34.5. They responded to the GDPS (Good Death Perception Scale) and demographic questions. Results indicated that doctors preferred to die in a hospital (74%) and students at home (74%). The latter obtained a higher mean GDPS score (M = 5.6, SD = 0.6). Despite its limitations, this study allows the consideration of future practices inherent to the conception of a good death by health professionals, improving the doctor-patient relationship.

La muerte es la cesación definitiva de la vida en el cuerpo. Los avances técnico-científicos de la medicina lograron posponerla. El objetivo del presente estudio fue conocer la percepción de estudiantes y profesionales de la medicina con respecto a la muerte digna. Se registraron las diferencias entre los grupos y sus correlatos con variables demográficas. Participaron 398 personas divididas equitativamente entre estudiantes y médicos de la ciudad de Porto Velho (RO). Del total, 57,8% eran de género masculino, con a edad promedio de 34,5 años. Estos respondieron la EPMD (Escala de Percepción de Muerte Digna) y preguntas demográficas. Los resultados indicaron que los médicos prefieren morir en el hospital (74%) y los estudiantes en sus casas (74%); éstos presentaron una media mayor en la EPMD (M = 5,6; DP = 0,6). A pesar de las limitaciones, este estudio propone pensar prácticas futuras inherentes a la concepción de muerte digna de parte de los profesionales de la salud, colaborando en la relación médico-paciente.
Descritores: Bioética
Morte
Processo Saúde-Doença
Percepção
Estudantes de Medicina
Desenvolvimento Tecnológico
-Pessoal de Saúde
Médicos
Valor da Vida
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  7 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Siqueira, José Eduardo de
Texto completo
Id: lil-750169
Autor: Siqueira, José Eduardo de; Pessini, Leo; De Siqueira, Carlos Eduardo Motta.
Título: Conflitos morais sobre a terminalidade da vida: aspectos médicos, filosóficos e jurídicos / Conflictos morales al final de la vida: aspectos médicos, filosóficos y jurídicos / Moral conflicts on the terminally life: medical, philosophical and legal
Fonte: Rev. colomb. bioét;8(2):104-115, jul.-dic. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: A rotina imposta aos médicos é reconhecer e perseguir múltiplos objetivos, que podem ser complementares ou excludentes. Curar a enfermidade, cuidar da insuficiência orgânica, restabelecer a função, compensar a perda, aliviar os sofrimentos; confortar pacientes e familiares e acompanhar, ativa e serenamente, os últimos momentos da vida do paciente não é tarefa fácil e isenta de frustrações, pois os obriga a considerar, caso a caso, o justo equilíbrio nas tomadas de decisões, evitando a obstinação terapêutica em circunstância de terminalidade da vida, reconhecendo a finitude humana e as limitações da ciência médica sem deixar de proporcionar todos os benefícios oferecidos pelos avanços do conhecimento científico. Aspecto não menos importante é o da valorização das crenças do enfermo, pois a busca por um sentido transcendente da existência ocupa lugar importante na história biográfica das pessoas. O presente artigo pretende oferecer reflexões para orientar a busca prudente do adequado equilíbrio no uso das hodiernas tecnologias biomédicas no tratamento de pacientes com enfermidades crônico-degenerativas em fase terminal. Outrossim, consideramos ser imperioso que os médicos sejam receptivos e respeitosos às crenças e valores pessoais de seus pacientes e que o árduo exercício da profissão não seja ainda mais custoso caso se adote o perigoso atalho da medicina defensiva.

La rutina impuesta a los médicos es reconocer y perseguir múltiples objetivos, que pueden ser complementários o excluyentes. Curar la enfermedad, cuidar de la insuficiencia orgánica, restablecer la función, compensar la pérdida, aliviar los sufrimientos; confortar pacientes y familiares, y acompañar, activa y serenamente, los últimos momentos de la vida del paciente no es tarea fácil y libre de frustraciones, pues los obliga a considerar, caso por caso, el justo equilíbrio en la toma de decisiones, evitando la obstinación terpeútica en el finalde la vida, reconociendo la finitud humana y las limitaciones de la ciencia médica sin dejar de proporcionar todos los beneficios ofrecidos por los avances del conocimiento científico. Aspecto no menos importante es la valoración de las creencias del enfermo, pues la búsqueda de un sentido trascendente de la existencia ocupa un lugar sustancial en la historia de vida de las personas. El presente artículo ofrece reflexiones para orientar la búsqueda prudente del adecuado equilíbrio en el uso de las modernas tecnologías biomédicas en el tratamiento de pacientes con enfermedades crónico–degenerativas en fase terminal. Además, consideramos imperativo que los médicos sean receptivos y respetuosos de las creencias y valores personales de sus pacientes, y que el arduo ejercicio de la profesión no sea más costoso si se adopta el peligroso camino de la medicina defensiva.
Descritores: Bioética
Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida
Jurisprudência
Princípios Morais
Relações Médico-Paciente
Qualidade de Vida
Valor da Vida
Responsável: CO120.1 - Biblioteca Juan Roa Vásquez


  8 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-716973
Autor: González, Gustavo; González, Federico.
Título: Valores de vida, intereses y autoconcepto: un estudio psicográfico / Life values, interests and personality identity: psychography study
Fonte: Anu. investig. - Fac. Psicol., Univ. B. Aires;10:347-359, ago. 2003. tab.
Idioma: es.
Resumo: La presente publicación se elaboró sobre parte de los resultados obtenidos en el trabajo realizado en el marco de la programación UBACYT 1998/2000 bajo el título "Psicografía, valores culturales y el problema del factor decisorio general: un estudio psicosocial en los ámbitos económico, político y del consumo". Se trata de un estudio de segmentación integrada que analiza en forma conjunta dimensiones típicas de la investigación psicográfica combinándolas con dimensiones trabajadas frecuentemente por la investigación sobre valores y creencias socioculturales. Se consideran cuatro dominios: vida general, ámbito consumo, político, económico. Sobre la base de una encuesta de gran amplitud (1200 casos, 433 variables) y a través del procedimiento de "clusters analysis" se han identificado diferentes estructuras tipológicas. Se analizan dos tipologías interdominios y una intradominio. Las mismas quedan definidas en base a dimensiones tales como autoconcepto, valores finales de vida, valores relativos al concepto de felicidad, intereses generales y locus de control.
Descritores: Autoimagem
Valores Sociais
Valor da Vida
-Felicidade
Limites: Seres Humanos
Responsável: AR81.4 - Biblioteca


  9 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-716020
Autor: Vianna, Denizar.
Título: Análise econômica em saúde: contribuição para tomada de decisão em medicina / Economic analysis in health care: contribution to decision making in medicine.
Fonte: São Paulo; Roche; mar. 2005. 43 p. ilus, tab. (Farmacoeconomia, 1).
Idioma: pt.
Descritores: Administração em Saúde
Qualidade de Vida
Fatores Socioeconômicos
Valor da Vida
-Análise Custo-Benefício
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR58.1 - Biblioteca
BR58.1; 614.2, V617a. 2200; BR58.1; 614.2, V617a, ex. 2. 2201


  10 / 55 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-710048
Autor: Angotti Neto, Hélio; Ribeiro, Graziella Fontes; Santos, Jackson Ferreira dos; Silva, Pâmela Nascimento Simoa da.
Título: Abordagem crítica filosófica, científica e pragmática ao abortamento pós-nascimento / Abordaje crítico filosófico, científico y pragmático del aborto post-nacimiento / Philosophical, scientific and pragmatic critical approach of post-birth abortion
Fonte: Rev. bioét. (Impr.);22(1):57-65, jan.-abr. 2014.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Congresso Internacional de Humanidades Médicas, III, Apresentado em: Seminário Capixaba de Humanidades MédicasI, Apresentado em: Congresso Brasileiro de BioéticaX, 20132013.
Resumo: O infanticídio foi denominado abortamento pós-nascimento em artigo publicado em 2012. Embora tenha despertado numerosas reações no meio acadêmico e na mídia, ainda resta a necessidade de tecer uma crítica dialética ampla e específica do mesmo, considerando seus aspectos científicos, filosóficos e pragmáticos, além de inseri-lo na realidade concreta. Por meio de tal crítica, pode-se concluir que o artigo apresenta importantes limitações científicas, filosóficas e pragmáticas, desconsiderando a complexidade da realidade e a abrangência do conceito de pessoa. As afirmações do artigo são pouco fundamentadas e suas conclusões se baseiam em pressupostos artificiais e frágeis...

El infanticidio fue llamado aborto post-nacimiento en un artículo publicado en 2012. Aunque levantara numerosas reacciones en el ámbito académico y en los medios de comunicación, aún existe la necesidad de tejer una amplia y específica crítica dialéctica de lo mismo, teniendo en cuenta su carácter científico, filosófico y pragmático, y su integración en la realidad concreta. A través de esta crítica, se puede concluir que el artículo tiene limitaciones científicas, filosóficas y pragmáticas serias, sin llevar en cuenta la complejidad de la realidad y el alcance del concepto de persona. Las afirmaciones del artículo son mal fundamentadas, y sus conclusiones se basan en suposiciones artificiales y frágiles...

Infanticide was named post-birth abortion in an article published in 2012. Despite raising many reactions in the academia and in the media, there is still the need to do a wide and specific dialectical critique, considering its scientific, philosophical and pragmatic aspects, inserting it into the concrete reality. Through this critique, it can be concluded that the article has serious scientific, philosophical and pragmatic limitations, disregarding the complexity of reality and the broad scope of the "person" concept. The claims of the article are poorly substantiated, and its conclusions are based on artificial and fragile assumptions...
Descritores: Aborto
Bioética
Infanticídio
Lógica
Princípios Morais
Ensaios Clínicos Pragmáticos como Assunto
Valor da Vida
-Argumento Refutável
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde