Base de dados : LILACS
Pesquisa : K01.752.566.479.174 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 631 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 64 ir para página                         

  1 / 631 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1291719
Autor: Bermejo, José Carlos.
Título: ¿Resignarse o reinventarse? / Resign or reinvent?
Fonte: Rev. chil. endocrinol. diabetes;9(4):134-135, 2016.
Idioma: es.
Descritores: Ética
Humanismo
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  2 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1283562
Autor: Bermejo, José Carlos.
Título: El ancla de la esperanza / The anchor of hope
Fonte: Rev. chil. endocrinol. diabetes;14(2):95-96, 2021.
Idioma: es.
Descritores: Simbolismo
Esperança
Humanismo
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  3 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Rocha, Ruth Mylius
Texto completo
Id: lil-438708
Autor: Mercês, Cláudia Angélica Mainenti Ferreira; Rocha, Ruth Mylius.
Título: Teoria de Paterson e Zderad: um cuidado de enfermagem ao cliente crítico sustentado no diálogo vivido / Paterson and Zderad's theory: nursing care for critical clients sustained by the experienced dialogue
Fonte: Rev. enferm. UERJ;14(3):470-475, jul.-set. 2006.
Idioma: pt.
Resumo: Trata-se de um artigo de reflexão teórica cujo objetivo é discutir a possibilidade de os cuidados de enfermagem oferecidos aos clientes críticos serem sustentados no diálogo vivido, segundo a teoria da prática humanística de enfermagem de Paterson e Zderad, 1976, com vistas a contribuir para o aprimoramento da relação enfermeiro-cliente. Para as autoras, independente de um estado de doença, uma relação verdadeira com o outro permite vivenciar a saúde. O estudo aborda o cotidiano nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), enfocando o modelo vigente, no qual a doença e os sintomas do cliente são priorizados, em detrimento de sua subjetividade, suas emoções. Aponta a necessidade de o enfermeiro que atua em UTI reavaliar suas atividades e capacitar-se para abranger, no cuidado, os aspectos objetivos e subjetivos do cliente simultaneamente. Considera-se que a utilização do diálogo vivido favorece essa transformação, pois envolve uma mudança de valores, tornando a UTI um ambiente tanto racional quanto afetivo.
Descritores: Cuidados de Enfermagem
Humanismo
Relações Enfermeiro-Paciente
Teoria de Enfermagem
Unidades de Terapia Intensiva
-Pesquisa Metodológica em Enfermagem
Limites: Humanos
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  4 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-438692
Autor: Prandoni, Raul Fernando Sotelo; Padilha, Maria Itayra Coelho de Souza; Spricigo, Jonas Salomão.
Título: A reforma psiquiátrica possível e situada / The possible and contextualized psychiatric reform
Fonte: Rev. enferm. UERJ;14(3):357-365, jul.-set. 2006.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo objetiva analisar e refletir sobre as relações entre trabalhadores de saúde mental e o sofredor psíquico e a compreensão deste cliente como sujeito complexo e subjetivo. Está sustentado pela obra de Foucault. É uma pesquisa qualitativa, sendo o método de produção de dados a entrevista e a análise dos dados obtidos está centrada na analítica interpretativa. Foi realizada com 13 integrantes do Movimento Nacional da Luta Antimanicomial, em 2003. Observa-se que mudanças de concepções são gradativas e o ponto de partida somos todos nós, trabalhadores, usuários e familiares. A nova lógica proposta pela Política de Saúde Mental, a integração de alguns projetos unindo as ações de saúde e saúde mental, a criação de espaços férteis na conquista da reabilitação em saúde mental e a qualidade na troca de informações entre os trabalhadores de saúde mental são pontos chaves para o avanço e a consolidação desse novo modelo.
Descritores: Enfermagem Psiquiátrica
Política de Saúde
Reforma dos Serviços de Saúde
Saúde Mental
-Brasil
Filosofia em Enfermagem
Humanismo
Pesquisa Qualitativa
Pessoas Mentalmente Doentes
Limites: Humanos
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  5 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-438689
Autor: Nascimento, Keyla Cristiane do; Erdmann, Alacoque Lorenzini.
Título: Cuidado transpessoal de enfermagem a seres humanos em unidade crítica / Transpersonal nursing care to human beings in a critical care unit
Fonte: Rev. enferm. UERJ;14(3):333-341, jul.-set. 2006. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Trata-se do relato da prática assistencial realizada na disciplina Projetos Assistenciais de Enfermagem e Saúde do Mestrado em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Teve como objetivo cuidar de clientes e suas famílias, internados na UTI de um Hospital de ensino, orientado por um marco teórico-filosófico elaborado a partir da Teoria de Jean Watson. O estudo, de natureza qualitativo-exploratória, foi realizado num período superior a três dias com cada um dos dois clientes e quatro familiares, no ano de 2004. Descreve-se a implementação e a avaliação do projeto de prática assistencial construído. A experiência mostrou que a utilização do processo de cuidar aliado aos dez fatores de cuidado, propostos por Watson, constituiu-se num aspecto de inovação e desafio para a prática profissional, que leva a um conhecimento de si e à humanização das relações de cuidado, aproximando o enfermeiro do ser cuidado na sua totalidade.
Descritores: Cuidados Críticos
Cuidados de Enfermagem
Humanismo
Serviços de Integração Docente-Assistencial
Unidades de Terapia Intensiva
-Brasil
Filosofia em Enfermagem
Teoria de Enfermagem
Limites: Humanos
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  6 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1287947
Autor: Sousa, Anderson Reis de; Queiroz, Aline Macêdo; Florêncio, Raíssa Millena Silva; Alves, Gilson Vieira; Pedreira, Larissa Chaves; Teixeira, Elizabeth.
Título: Sentidos e significados atribuídos por homens ao vivido na pandemia da Covid-19 / Sentidos y significados atribuidos por hombres a lo vivido en la pandemia de Covid-19 / Meanings and perspectives of men on what they lived during the Covid-19 pandemic
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;55:e03763, 2021.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: Compreender os sentidos e significados atribuídos por homens ao período vivido na pandemia da Covid-19. Método: Estudo qualitativo estruturado nos conceitos da fenomenologia, embasada na interpretação ôntica heideggeriana, realizado com 400 homens residentes no Brasil. A produção de dados foi por meio de um formulário disponibilizado online. As respostas foram processadas no software NVIVO12 e analisadas segundo o discurso do sujeito coletivo. Resultados: Emergiram duas unidades de significados analíticos acomodados em discursos-sínteses, sustentadas por ideias centrais, ordenadas em cinco subunidades que representam a coletividade do fenômeno investigado, quais sejam: Ser e estar no mundo no contexto da pandemia vivenciando suas possibilidades e O vigor de ter sido e a atualidade se apresentam como possibilidades de um novo "porvir" para além da pandemia. Conclusão: Os sentidos e significados revelaram um estar no contexto da pandemia a partir deles próprios com modificações da rotina, dos sentimentos e do abrir-se à novas possibilidades e transformações, o que gerou impactos psicossociais e estratégias de enfrentamento e cuidado no período do processo pandêmico. Como implicações, há que se ter uma nova compreensão do ser-homem, pois demonstrou precisar de cuidado, o qual está para além do físico.

RESUMEN Objetivo: Comprender los sentidos y significados atribuidos por hombres al período vivido en la pandemia de Covid-19. Método: Es un estudio cualitativo estructurado a partir de los conceptos de la fenomenología, basado en la interpretación óntica heideggeriana, realizado con 400 hombres residentes en Brasil. La producción de datos se realizó con un formulario disponible en línea. Las respuestas se procesaron en el programa informático NVIVO12 y se analizaron según el discurso del sujeto colectivo. Resultados: Surgieron dos unidades de significados analíticos acomodados en síntesis discursivas, apoyadas en ideas centrales, organizadas en cinco subunidades que representan la colectividad del fenómeno investigado, a saber: Ser y estar en el mundo en el contexto de la pandemia, experimentando sus posibilidades y El vigor de haber sido y la actualidad se presentan como posibilidades de un nuevo "porvenir" más allá de la pandemia. Conclusión: Los sentidos y significados revelaron un estar en el contexto de la pandemia a partir de ellos mismos con modificaciones de la rutina, de los sentimientos y la apertura a nuevas posibilidades y transformaciones, lo que generó impactos psicosociales y estrategias de afrontamiento y cuidado en el período del proceso pandémico. Como implicaciones, es necesario entender al ser-hombre desde una nueva perspectiva, ya que ha quedado demostrado que necesita cuidados más allá de lo físico.

ABSTRACT Objective: To understand the meanings and perspectives attributed by men to the period lived in the Covid-19 pandemic. Method: Qualitative study structured on the concepts of phenomenology, based on Heidegger's ontic interpretation, carried out with 400 men residing in Brazil. Data was produced through a form made available online. The responses were processed in the NVIVO12 software and analyzed according to the Discourse of the Collective Subject. Results: Two units of analytical meanings revealed in discourse-synthesis emerged. These units were supported by central ideas and ordered in five subunits that represent the collectivity of the investigated phenomenon. The units are: Being and being-in-the-world in the context of the pandemic - experiencing its possibilities and The vigor of the past and the present are presented as possibilities for a new future in the face of the pandemic. Conclusion: The meanings and perspectives revealed a being-there in the context of the pandemic based on themselves, with changes in the routine and feelings and willingness to new possibilities and transformations, which generated psychosocial impact and coping and care strategies in the period of the pandemic. As implications, it is necessary to have a new understanding of the man-being, as they demonstrate the need for care, and for a care that goes beyond physical health.
Descritores: Enfermagem
Saúde do Homem
COVID-19
-Existencialismo
Pandemias
Humanismo
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  7 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-903436
Autor: Monguilhott, Juliana Jacques da Costa; Brüggemann, Odaléa Maria; Freitas, Paulo Fontoura; d'Orsi, Eleonora.
Título: Nascer no Brasil: the presence of a companion favors the use of best practices in delivery care in the South region of Brazil / Nascer no Brasil: a presença do acompanhante favorece a aplicação das boas práticas na atenção ao parto na região Sul
Fonte: Rev. saúde pública (Online);52:1, 2018. tab.
Idioma: en.
Projeto: CNPq; . d'Orsi E; . Brüggemann OM.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To analyze if the presence of a companion favors the use of best practices in the delivery care in the South region of Brazil. METHODS This is a cross-sectional analysis of the longitudinal study Nascer no Brasil. We analyzed data from 2,070 women from the South region of Brazil who went into labor. The data were collected between February and August 2011, by interviews and medical records. We performed a bivariate and multivariate analysis, calculating the crude and adjusted prevalence ratios using Poisson regression with robust variance estimation. The level of significance adopted was 5%. RESULTS Most women had a companion during labor (51.7%), but few remained during delivery (39.4%) or cesarean section (34.8%). Less than half of the women had access to several recommended practices, while non-recommended practices continue to be performed. In the model adjusted for age, education level, source of payment for the delivery, parity, and score of the Brazilian Association of Market Research Institutes, the presence of a companion was statistically associated with a greater supply of liquids and food (aPR = 1.34), dietary prescription (aPR = 1.34), use of non-pharmacological methods for pain relief (aPR = 1.37), amniotomy (aPR = 1.10), epidural or spinal analgesia (aPR = 1.84), adoption of non-lithotomy position in the delivery (aPR = 1.77), stay in the same room during labor, delivery, and postpartum (aPR = 1.62), skin-to-skin contact in the delivery (aPR = 1.81) and cesarean section (PR = 2.43), as well as reduced use of the Kristeller maneuver (aPR = 0.67), trichotomy (aPR = 0.59), and enema (aPR = 0.49). CONCLUSIONS In the South region of Brazil, most women do not have access to the best practices in addition to undergoing several unnecessary interventions. The presence of a companion is associated with several beneficial practices and the reduction in some interventions, although other interventions are not impacted.

RESUMO OBJETIVO Analisar se a presença do acompanhante favorece a aplicação das boas práticas na atenção ao parto na região Sul do Brasil. MÉTODOS Análise transversal do estudo longitudinal Nascer no Brasil. Foram analisados dados de 2.070 mulheres da região Sul que entraram em trabalho de parto. Os dados foram coletados entre fevereiro e agosto de 2011, por meio de entrevista e prontuário. Realizou-se análise bivariada e multivariada, calculando-se razões de prevalência brutas e ajustadas por regressão de Poisson com estimação de variância robusta. Adotou-se nível de significância de 5%. RESULTADOS A maioria das mulheres teve o acompanhante durante o trabalho de parto (51,7%), mas poucas permaneceram com ele no parto (39,4%) ou na cesariana (34,8%). Menos da metade das mulheres teve acesso às várias práticas recomendadas, enquanto práticas não recomendadas continuam sendo realizadas. No modelo ajustado por idade, escolaridade, fonte de pagamento do parto, paridade e escore da Associação Brasileira de Institutos de Pesquisa de Mercado, a presença do acompanhante esteve estatisticamente associada à maior oferta de líquidos/alimentos (RPa = 1,34), prescrição de dieta (RPa = 1,34), uso de métodos não farmacológicos para alívio da dor (RPa = 1,37), amniotomia (RPa = 1,10), analgesia peridural ou ráqui (RPa = 1,84), adoção de posição não litotômica no parto (RPa = 1,77), permanência na mesma sala durante o trabalho de parto, parto e pós-parto (RPa = 1,62), contato pele a pele no parto (RPa = 1,81) e na cesariana (RP = 2,43), bem como redução da manobra de Kristeller (RPa = 0,67), tricotomia (RPa = 0,59) e enema (RPa = 0,49). CONCLUSÕES Na região Sul do Brasil, além de sofrer várias intervenções desnecessárias, a maioria das mulheres não têm acesso às boas práticas. A presença do acompanhante está associada a diversas práticas benéficas e à redução de algumas intervenções, embora outras não sofram impacto.
Descritores: Trabalho de Parto/psicologia
Guias de Prática Clínica como Assunto
Parto Obstétrico/normas
Humanismo
Serviços de Saúde Materna/normas
-Relações Profissional-Paciente
Fatores Socioeconômicos
Brasil
Família
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Comparação Transcultural
Estudos Transversais
Direitos do Paciente
Parto Obstétrico/psicologia
Segurança do Paciente/normas
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Criança
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-981065
Autor: Hernández-Madrid, María del Pilar.
Título: Humanización en la atención de enfermería / Humanization in nursing care
Fonte: Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc;2(1):36-36, Enero.-Abr. 1989.
Idioma: es.
Descritores: Filosofia em Enfermagem
Enfermagem
Humanismo
-México
Limites: Humanos
Responsável: MX346.1 - CENAIDS - Centro Nacional de Investigación Documental en Salud


  9 / 631 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-659405
Autor: González, Roberto Andrés.
Título: Renovación del uumanismo y emancipación antropológica en la óptica de cassirer / Renewal of humanism and emancipation from the perspective of anthropological cassirer / Renovação dohumaanismo e emancipação antropológica na ótica de csssirer
Fonte: Pers. bioet;16(1):18-31, ene.-jun. 2012.
Idioma: es.
Resumo: En la presente investigación se han explorado tres ideas desde la obra de Cassirer, en primer lugar, la posibilidad de una nueva concepción del hombre a partir justamente de la potencia simbólica del espíritu; en segundo lugar, el anhelo explícito por reunir las diferentes acepciones del hombre y expresiones culturales desde su origen o por su fuente, consideramos que esto da de sí la posibilidad para la articulación de un nuevo humanismo. Y en tercer lugar, hemos querido mostrar que en la obra de nuestro autor la filosofía quiere conducirse todavía por el camino del sistema, en virtud de que la realidad del espíritu constituye de suyo un sistema.

In this study, the authors explore three ideas from the works of Cassirer. The first is the possibility of a new notion of man based precisely on the symbolic potential of the spirit. The second is the explicit desire to bring together the various acceptances of man and cultural expressions from their origin or source, which the authors believe offers the possibility to articulate a new humanism. Finally, they wish to show that philosophy, in Cassirers work, still wants to go the way of the system, inasmuch as the reality of the spirit constitutes a system in itself.

Na presente pesquisa, exploram-se três ideias baseadas na obra de Cassirer. Em primeiro lugar, a possibilidade de uma nova concepção do homem a partir justamente da potência simbólica do espírito; em segundo lugar, o anelo explícito por reunir as diferentes acepções do homem e expressões culturais da sua origem ou da sua fonte; consideramos que isso dá a possibilidade para a articulação de um novo humanismo. E, em terceiro lugar, queremos mostrar que, na obra de nosso autor, a filosofia quer seguir ainda pelo caminho do sistema, em virtude de que a realidade do espírito constitui de si mesmo um sistema.
Descritores: Humanos
Espiritualidade
Humanismo
Medicina
Antropologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO243.1 - Biblioteca Octavio Arizmendi Posada


  10 / 631 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-794908
Autor: Giglio, Auro Del.
Título: Medicine and humanism / Medicina e humanismo
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);62(5):387-388, Sept.-Oct. 2016.
Idioma: en.
Descritores: Relações Médico-Paciente
Humanismo/história
Medicina
-História da Medicina
Limites: Humanos
História do Século XIX
História do Século XX
História do Século XXI
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 64 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde