Base de dados : LILACS
Pesquisa : K01.844 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 887 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 89 ir para página                         

  1 / 887 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-953184
Autor: Programa de Pós-Graduação em Ciências MédicasCorrêa-Ribeiro, Renata; Iglesias, Fabio; Programa de Pós-Graduação em Ciências MédicasCamargos, Einstein Francisco.
Título: What do physicians know about homosexuality? Translation and adaptation of Knowledge about Homosexuality Questionnaire / O que médicos sabem sobre a homossexualidade? Tradução e adaptação do Knowledge about Homosexuality Questionnaire
Fonte: Einstein (Säo Paulo);16(3):eAO4252, 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To adapt the Knowledge about Homosexuality Questionnaire to Brazilian Portuguese, and to assess knowledge of heterosexual physicians on homosexuality. Methods: The following steps for cultural adaptation were made: translation by two independent evaluators, translation synthesis, and evaluation of semantic properties by the target population, followed by the development of a pilot study and administration of the instrument to 224 heterosexual physicians working in the Brazilian Federal District. Results: The mean number of correct answers in the questionnaire was 11.8 (SD=2.81) out of 18 items, i.e., 65.5%. Catholic and evangelical physicians gave a significant lower number of correct answers compared with those who believed in other religions or who did not believe in any religion (p=0.009), and 40% of sample did not know that homosexuality is not considered a disease. Conclusion: This study adapted the American instrument entitled Knowledge about Homosexuality Questionnaire and provided evidence for its validation in Brazil, revealing physicians' lack of knowledge about several aspects related to homosexuality. The findings of this study may help in guiding improvements in medical training and practice.

RESUMO Objetivo: Realizar a adaptação para o Brasil do inventário Knowledge about Homosexuality Questionnaire e avaliar o conhecimento de médicos heterossexuais sobre a homossexualidade. Métodos: Foram realizadas as etapas de adaptação cultural: tradução por dois avaliadores independentes, síntese da tradução e avaliação das propriedades semânticas pela populaçãoalvo, estudo piloto e aplicação do inventário em 224 médicos heterossexuais, atuantes no Distrito Federal. Resultados: A média de acerto do questionário foi de 11,8 (DP=2,81) dos 18 itens, ou seja, 65,5%. Médicos católicos e evangélicos acertaram significativamente menos itens quando comparados aos que adotavam outra ou nenhuma religião (p = 0,009), e 40% da amostra não sabia que a homossexualidade não é considerada doença. Conclusão: Esse estudo adaptou, com evidências de validade para o Brasil, o inventário estado-unidense Knowledge about Homosexuality Questionnaire e revelou desconhecimento de vários aspectos relacionados à homossexualidade, o que pode orientar melhor a formação e a prática médica.
Descritores: Médicos
Homossexualidade
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Autorrelato/normas
-Religião
Traduções
Brasil
Comparação Transcultural
Heterossexualidade
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 887 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1284616
Autor: Valeriano Rosales, Ana Carolina; Fernández Muñoz, Yolanda María; Quiroz Zelaya, Dennis Josué; Young Banegas, Allison Suyapa; Martínez Zaval, María Fernanda; Delgadillo Guilbert, Laura Patricia; Estrada Fúnez, María del Milagro.
Título: Conocimientos, actitudes y prácticas sobre donación y trasplante de córneas en comunidades rurales y urbanas de Honduras / Knowledge, attitudes and practices about corneal donation and transplantation in rural and urban communities in Honduras
Fonte: Rev. cienc. forenses Honduras (En línea);7(1):23-39, 2021. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: aproximadamente 600 personas urgen de trasplante de córnea en Honduras. La mayor dificultad para este procedimiento es que no se cuenta con banco de ojo en el país. Además, los estudios de conocimiento sobre donación y trasplante, son escasos. Objetivo: conocer las actitudes y prácticas de la población rural versus la urbana sobre la donación y trasplante de córnea, según conocimientos y factores sociodemográficos, con el fin de diseñar un plan de acción para concientizar la importancia de una conducta donante positiva para el beneficio del paciente con ceguera corneal. Metodología: estudio descriptivo realizado entre mayo y septiembre del 2019 en Comayagua, Intibucá y Francisco Morazán. Con una muestra de 350 personas por departamento, para un total de 1050 participantes mayores de 18 años y de ambos sexos. Se realizó entrevista por investigadores, bajo la escala de Likert, previamente validado. Variables agrupadas en demográficas, socio personales, laborales, conocimiento, creencias y aptitudes. Se analizaron los datos mediante razón de probabilidades y productos cruzados. Los resultados se expresaron en porcentajes, frecuencias y odd ratio. Resultados: 74.86% manifestó una actitud donante positiva, el 67.55% donaría a cualquier persona que lo necesitase, 48% conocía acerca de las características requeridas para el donante y. menos del 10% sabía qué es la córnea. Los factores negativos para la donación son la procedencia rural, la parentela y el desempleo en Intibucá y motivos religiosos en el área rural de Comayagua y población urbana de Francisco Morazán. Conclusiones: Es importante superar las limitaciones impuestas por la desinformación, para ello es necesario impulsar una cultura de donación a través de la creación de estrategias comunicativas de educación, con el fin de mejorar la salud visual y la demanda poblacional...(AU)
Descritores: Obtenção de Tecidos e Órgãos
Transplante de Córnea/métodos
-Religião
População Rural
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: HN1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  3 / 887 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1097147
Autor: Binkowski, Gabriel.
Título: Fósseis do campo psi: sobre conversão de orientação sexual e gênero / Psy Fossils: on sexual orientation conversion and gender / Fósiles del campo psi: sobre conversión de la orientación sexual y del género
Fonte: Psicol. ciênc. prof;39(3,n.esp):236-241, dez. 2019-maio 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Neste escrito analisamos a atualidade das discussões sociais e políticas em torno das práticas de conversão de orientação sexual e de gênero. Propomos pensar os riscos que teorias e técnicas estruturantes do campo psi ­ Psicanálise, Psicologia e Psiquiatria ­ têm de serem capturadas por grupos sociais, políticos e religiosos que podem utilizá-las para legitimar e ampliar o poder e o alcance de suas proposições no tocante ao exercício da sexualidade e à identidade de gênero. Construímos a hipótese de que certos fósseis morais, religiosos e conceituais, que pertencem aos registros lógicos e históricos das teorias e discursividades constituintes do campo psi, acabam sendo registros privilegiados para tal captura de práticas e de sentido conceitual. Dentre estes fósseis, citamos as discussões sobre a natureza psicopatológica da homossexualidade e mesmo sobre a formação de psicanalistas homossexuais, o que provocou debates intensos até tempos bastante recentes...(AU)

In this paper we analyze the current social and political discussions around the practices of conversion of sexual orientation and gender. We propose to think about the risks that the theories and structuring techniques of the field of psychoanalysis, psychology and psychiatry involve if captured by social, political and religious groups that can use them to legitimize and broaden the power and scope of their propositions regarding exercise of sexuality and gender identity. We construct the hypothesis that certain moral, religious, and conceptual fossils, which belong to the logical and historical records of the constituent theories and discursivities of the psy field, end up being privileged records for such capture of practices and conceptual sense. Among these fossils, we cite the discussions about the psychopathological nature of homosexuality and even about the formation of homosexual psychoanalysts, which provoked intense debates until quite recent times.

En este artículo analizamos las discusiones sociales y políticas actuales sobre las prácticas de conversión de orientación sexual y de género. Proponemos pensar en los riesgos que tienen que capturar las teorías y técnicas de estructuración en el campo psi - psicoanálisis, psicología y psiquiatría por parte de grupos sociales, políticos y religiosos que pueden usarlas para legitimar y extender el poder y el alcance de sus proposiciones con respecto al ejercicio de sexualidad e identidad de género. Presumimos que ciertos fósiles morales, religiosos y conceptuales, que pertenecen a los registros lógicos e históricos de las teorías y discursividades que constituyen el campo psi, terminan siendo registros privilegiados para tal captura de prácticas y de significado conceptual. Entre estos fósiles, citamos discusiones sobre la naturaleza psicopatológica de la homosexualidad e incluso sobre la formación de psicoanalistas homosexuales, lo que ha provocado un intenso debate hasta tiempos muy recientes.
Descritores: Psicanálise
Psicologia
Religião
Homossexualidade
Cura em Homeopatia
Minorias Sexuais e de Gênero
Identidade de Gênero
-Psiquiatria
Comportamento Sexual
Poder Psicológico
Sexualidade
CYCLAMATESABDOMINAL INJURIES
Políticas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  4 / 887 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1097337
Autor: Garcia, Marcos Roberto Vieira; Mattos, Amana Rocha.
Título: "Terapias de conversão": histórico da (des)patologização das homossexualidades e embates jurídicos contemporâneos / "Conversion therapies": a history of the (de)pathologization of homosexuality and contemporary legal conflicts / "Terapias de conversión": histórico de la (des)patologización de las homosexualidades y los enfrentamientos legales contemporáneos
Fonte: Psicol. ciênc. prof;39(3,n.esp):49-61, dez. 2019-maio 2020.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo analisa alguns elementos concernentes ao embate atual no campo legal brasileiro em relação às "terapias de conversão". É apresentado inicialmente um breve panorama da patologização das sexualidades dissidentes para, em seguida, descrever tal processo em relação às homossexualidades em específico. Na sequência, é feita uma descrição e análise histórica das terapias de reversão da orientação sexual, em especial nos EUA e no Brasil, seguida da discussão sobre as "terapias de conversão", de base religiosa, e do enfrentamento de seus proponentes com os conselhos profissionais nestes mesmos países. Ao final, são analisados aspectos concernentes aos discursos presentes em Ação Popular recente contra a Resolução no 001/1999, do CFP, apontando-se alguns elementos para se pensar estratégias de enfrentamento da disseminação destas terapias. Dentre eles, destacam-se: a necessidade de desconstrução do argumento da liberdade individual, utilizado pelos defensores destas terapias; a problematização do uso da "ciência" como argumento central pelos conselhos de classe nesse embate jurídico, uma vez que tais práticas foram sustentadas historicamente por argumentos "científicos" de sua época; e a necessidade do debate se centralizar nas questões éticas que envolvem tais práticas a partir do conceito de laicidade, tendo em vista que os discursos jurídicos e científicos se mostraram em muitos momentos históricos inseparáveis das concepções de base religiosa...(AU)

The present article analyzes some elements concerning the current clash in the Brazilian legal field in relation to "conversion therapies". A brief overview of the pathologization of dissident sexualities is presented initially and then this process is described especially in relation to homosexuality. After this, the paper presents a description and historical analysis of sexual orientation reversion therapies, especially in the USA and Brazil, followed by the discussion of religiously based "conversion therapies" and the confrontation of their proponents with professional counseling in these countries. Finally, aspects related to the discourses present in the recent Popular Action against Resolution 001/1999 of the CFP are analyzed, pointing out some elements for the analysis of the coping strategies of the dissemination of these therapies. Among them, the following stand out: the need to deconstruct the arguments of individual freedom used by proponents of these therapies; the problematization of the use of "science" as central argument by the class councils in this juridical attack, since such practices were supported historically by "scientific" arguments of its time; and the need to focus on the ethical issues surrounding such practices, based on the concept of secularity, given that legal and scientific discourses have been shown in many historical moments inseparable from conceptions of religious basis...(AU)

El presente artículo analiza algunos elementos relacionados con el choque actual en el campo legal brasileño con respecto a las "terapias de conversión". Se presenta una breve descripción de la patologización de las sexualidades disidentes, y luego se describe en relación con homosexualidades específicas. A continuación, se presenta una descripción histórica y un análisis de las terapias de inversión de la orientación sexual, particularmente en EE. UU. y en Brasil, seguida de una discusión sobre las "terapias de conversión" basadas en la religión y la confrontación de sus defensores con los consejos profesionales en estos mismos países. Al final, se analizan aspectos relacionados con los discursos presentes en la reciente Acción Popular contra la Resolución 001/1999, del CFP señalando algunos elementos para pensar en estrategias para hacer frente a la difusión de estas terapias. Entre ellos, destacan los siguientes: la necesidad de desconstrucción del argumento de la libertad individual, utilizado por los defensores de estas terapias; la problematización del uso de la "ciencia" como argumento central por parte de los consejos de clase en este choque legal, ya que tales prácticas fueron históricamente apoyadas por argumentos "científicos" de su tiempo; y la necesidad del debate para centrarse en los problemas éticos que rodean a tales prácticas desde el concepto de secularismo, dado que los discursos legales y científicos se han mostrado en muchos momentos históricos inseparables de concepciones basadas en la religión...(AU)
Descritores: Religião
Terapêutica
Estados Unidos
Brasil
Homossexualidade
Minorias Sexuais e de Gênero
-Ciência
Comportamento Sexual
Adaptação Psicológica
Classificação Internacional de Doenças
Aconselhamento
Ética
Legislação como Assunto
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  5 / 887 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Akerman, Marco
Texto completo
Id: biblio-1133769
Autor: Akerman, Marco; Mendes, Rosilda; Lima, Samira; Guerra, Henrique Leonardo; Silva, Rafael Afonso da; Sacardo, Daniele Pompei; Fernandez, Juan Carlos Aneiros.
Título: Religion as a protective factor for health / Religião como fator protetor para saúde
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eED5562, 2020.
Idioma: en.
Descritores: Religião
Nível de Saúde
Senso de Coerência
-Saúde Mental
Fatores de Proteção
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 887 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1142867
Autor: Pasternak, Jacyr.
Título: Religion and health: not always good / Religião e saúde: nem sempre é bom
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eCE6133, 2020.
Idioma: en.
Descritores: Religião
Saúde
-Religião e Medicina
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 887 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1290606
Autor: Paes, Leandra da Silva.
Título: As representações sociais da espiritualidade e da religiosidade para pessoas que vivem com HIV na atenção primária / Social representations of spirituality and religiosity for people living with HIV in primary care.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2019. 165 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O presente estudo tem como objeto a representação social da espiritualidade e da religiosidade de pessoas que vivem com HIV/Aids (PVHA) no contexto da atenção primária, seu objetivo geral é analisar estas representações em PVHA em diferentes segmentos religiosos. Trata-se de um estudo qualitativo, descritivo e exploratório, orientado pela Teoria das Representações Sociais (TRS) em suas abordagens estrutural e processual, sendo desenvolvido em duas etapas. A primeira incluiu 104 PVHA em atendimento ambulatorial em duas unidades básicas de saúde na Baixada Fluminense no estado do Rio de Janeiro, com as quais foram coletadas evocações livres com o termo indutor espiritualidade e religiosidade. A segunda incluiu entrevista sobre espiritualidade, religiosidade e Vírus da Imunodeficiência Humana e Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (HIV/Aids), com 39 usuários com o mesmo perfil. Foram também aplicados questionários de caracterização dos participantes realizado após uma análise das principais variáveis. Na análise dos dados, utilizou-se a prototípica com o apoio do software Ensemble de programms permettant I analyse dês evocations (EVOC) e a similitude por co-ocorrência para as evocações livres. Para o conteúdo das entrevistas foi realizada análise lexical através do software Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles (Iramuteq). A estrutura da representação da espiritualidade apresentou os cognemas Deus , ter-fé e amor como candidatos à centralidade, ao mesmo tempo em que para a análise da religiosidade os termos ter-fé e Deus . Ambos os objetos se caracterizam pela relação do Divino com o humano, interpretação esta reforçada quando as análises de similitude explicitam que os léxicos Deus e ter-fé apresentaram os maiores números de conexões. Na análise processual, emergiram 6 classes divididas em dois eixos, quais sejam, eixo 1: Espiritualidade e Religiosidade no contexto do HIV, que se subdivide em Classe 5: O lidar com um forte preconceito a partir de uma certa esperança: Viver com o HIV/Aids no meio religioso, Classe 2: Com fé e esperança: o encontro do divino com o humano através da religião e da religiosidade e Classe 3: a espiritualidade no cotidiano: relação com o divino e influência no viver com o HIV/Aids. O eixo 2, denominado O diagnóstico do HIV/Aids, aspectos sociais e individuais no processo de convivência com a síndrome, dá origem à Classe 6: O processo de adesão à TARV e a cronicidade da síndrome: processo de naturalização e desafios cotidianos, à Classe 1: O percurso entre o diagnóstico e a aceitação da síndrome: a espiritualidade, a religiosidade, a rede de apoio social e os desafios e conquistas e à Classe 4: A rede social de apoio: o relacionamento interpessoal na família e na comunidade religiosa. Destaca-se que se trata de uma mesma representação que se centra na dinâmica relacional entre o Divino e o Humano mediado pela fé e perpassado pelo afeto. O cuidado de enfermagem considerando o exposto desta complexidade deve incluir sua dimensão transpessoal e interpessoal a partir das proposições teóricas de Jean Watson e Hildegard Peplau. Conclui-se que a espiritualidade e a religiosidade são consideradas como fatores importantes para a melhor convivência com o HIV, ao lidar com a síndrome e possibilitar uma ressignificação pessoal.

This study has the aim the object the social representations of spirituality and the religiosity for people living with Human Immunodeficiency Virus in the context of primary care based on a general objective to analyze the social representations of spirituality and the religiosity on people that living with Human Immunodeficiency Virus from different religious group. It is a qualitative, descriptive and exploratory study, oriented by the theory of social representations in its procedural and structural approach, this development occurred in two phases. The first included 104 people that living with HIV in outpatient care in two basic health units in Baixada Fluminense of Rio de Janeiro State, with whom were collected free evocations with the inductor term spirituality and religiosity. The second phase included 39 users that the same profile. Participant characterization questionnaires were also applied after an analysis of the main variables. For the data analysis, it was used a prototypical with a software EVOC help, and the similarity by co-occurrence for free evocations. The interviews were performed lexical analysis through software IRAMUTEQ. The structure of representation of spirituality presented cognemas God, faith and Love of candidates a central core, at the same time for analyze of religiosity the terms faith and God. Both the objects characterized by the relation of the Divine with the human, this interpretation is reinforced when analyzes of similitude explicitly that lexical God and faith have presented the greatest number of connections. In the procedural analysis, 6 classes were divided into two axes, namely axis 1: Spirituality and Religiosity in the context of HIV, which is subdivided into Class 5: Dealing with a strong prejudice from a certain hope: Live with HIV / AIDS in the religious environment, Class 2: The faith and hope: the encounter of the divine with the human through religion and religiousness and Class 3: spirituality in everyday life: relationship with the divine and influence in living with the HIV/Aids. Axis 2, called The diagnosis of HIV / AIDS, social and individual aspects in the process to living together with the syndrome, Class 6 Class 6 begins: The process of adhesion to TARV and the chronicity of the syndrome: process of naturalization and daily challenges, Class 1: The path between diagnosis and acceptance of the syndrome: spirituality, religiosity, social support network and challenges and achievements, and Class 4: The support social network and the interpersonal relationship in the family and in the religious community. It is emphasized that this is a same representation that focuses on the relational dynamics between the Divine and the Human mediated by faith and permeated by affection. Nursing care considering the exposed of complexity should include its transpersonal and interpersonal dimension from the theoretical propositions of Jean Watson and Hildegard Peplau. It is concluded that spirituality and religiosity are considered as important factors for the better coexistence with HIV, get along with the syndrome and to allow a personal resignification.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Religião
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
HIV
Espiritualidade
-Brasil
Pesquisa Metodológica em Enfermagem
Enfermagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)
BR1366.1; 614.2253.5, P127, TE789


  8 / 887 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Akerman, Marco
Texto completo
Id: biblio-1142878
Autor: Akerman, Marco; Mendes, Rosilda; Costa, Samira Lima da; Guerra, Henrique Leonardo; Silva, Rafael Afonso da; Sacardo, Daniele Pompei; Fernandez, Juan Carlos Aneiros.
Título: Reply to: Religion and health: not always good / Resposta para: Religião e saúde: nem sempre é bom
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eCE6170, 2020.
Idioma: en.
Descritores: Religião
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 887 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1154092
Autor: Saad, Marcelo; Medeiros, Roberta de.
Título: Religion and health: most of times, an excellent combination / Religião e saúde: na maioria das vezes, uma excelente combinação
Fonte: Einstein (Säo Paulo);19:eCE6382, 2021.
Idioma: en.
Descritores: Qualidade de Vida
Religião
Nível de Saúde
Saúde Mental
-Adaptação Psicológica
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 887 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1287592 LILACS-Express
Autor: Rabelo, André L. A; Pilati, Ronaldo.
Título: Translation and adaptation of the Social Connectedness Scale to portuguese / Tradução e adaptação da Escala de Conectividade Social para o português / Traducción y adaptación de la Escala de Conectividad Social para el portugués
Fonte: Psico USF;26(1):1-12, Jan. 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The goal of the present study was to adapt the social connectedness scale (SCS) to Brazilian Portuguese and evaluate its psychometric properties. A survey was conducted with 222 participants. They answered the SCS, the positive and negative affective schedule (PANAS), the Duke University Religion Index (DUREL), two pictorial measures of social connectedness, and a socio-demographic questionnaire. The original one factor solution was supported by the data. The SCS-derived score was significantly associated with the other measures in the expected directions. The results described in the present study are favorable regarding the internal consistency and evidence of validity of SCS scores. The study offers three social connectedness measures that can be used to investigate the impacts of social connectedness on cognition, behavior and health of Brazilians. (AU)

O objetivo do presente estudo foi adaptar a Escala de Conectividade Social (SCS) para o português brasileiro e avaliar suas propriedades psicométricas. Um levantamento de dados foi realizado com 222 participantes. Eles responderam à SCS, o Positive and Negative Affective Schedule (PANAS), o Índice de Religião da Duke University (DUREL), duas medidas pictóricas de conectividade social e um questionário sociodemográfico. A solução original de um fator foi apoiada pelos dados. O escore derivado da SCS esteve significativamente associado com as outras medidas nas direções esperadas. Os resultados descritos no presente estudo são favoráveis quanto à consistência interna e à evidência de validade dos escores da SCS. O estudo oferece três medidas de conectividade social que poderão ser usadas para investigar os impactos da conectividade social na cognição, comportamento e saúde dos brasileiros. (AU)

El objetivo del presente estudio fue adaptar la escala de conectividad social (SCS) para el portugués brasileño y evaluar sus propiedades psicométricas. Se realizó una encuesta de datos con 222 participantes. La muestra respondió al SCS, el positive and negative affective schedule (PANAS), el Índice de Religión de la Universidad de Duke (DUREL), dos medidas pictóricas de conectividad social, además de un cuestionario sociodemográfico. La solución original de un factor fue respaldada por los datos. Los resultados derivados de la SCS se asociaron significativamente con las otras medidas en las direcciones esperadas. Los resultados descritos en el presente estudio son favorables con respecto a la consistencia interna y la evidencia de validez de los escores de la SCS. El estudio ofrece tres medidas de conectividad social que se pueden utilizar para investigar los impactos de la conectividad social en la cognición, el comportamiento y la salud de los brasileños. (AU)
Descritores: Religião
Afeto
Relações Interpessoais
-Fatores Socioeconômicos
Tradução
Análise Estatística
Inquéritos e Questionários
Reprodutibilidade dos Testes
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas



página 1 de 89 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde