Base de dados : LILACS
Pesquisa : L01.313.500.750.300.361 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 565 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 57 ir para página                         

  1 / 565 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-609950
Autor: Infomed: Centro Nacional de Información de Ciencias Médicas.
Título: Anuario 2009: centro nacional de información de ciencias médicas desde 1965 haciendo historia / Yearbook 2009: national center of information of medical sciences from 1965 making history.
Fonte: La Habana; Molinos Trade, S.A; 2010. 278 p. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Sistemas de Informação em Saúde/história
59597
Centros de Informação/história
-Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde
Entrevista
Cuba
Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação
LILACS
Limites: Humanos
História do Século XX
História do Século XXI
Responsável: BR1.1 - BIREME
L42116


  2 / 565 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Marin, Heimar de Fátima
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1370254
Autor: Brizolara, Regina Vianna; Marin, Heimar de Fátima.
Título: Conjunto mínimo de dados e o vírus da imunodeficiência humana / Minimum data set and human immunodeficiency virus / Conjunto mínimo de satos y el virus de inmunodeficiencia humana
Fonte: J. health inform;14(1):19-25, 20220000.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Investigar dados dos sistemas de informação em saúde do HIV e sua relação com o conjunto mínimo de dados da atenção à saúde (CMD) brasileiro. Métodos: Realizou-se estudo descritivo e transversal em janeiro/2019, a partir dos dados coletados nos formulários dos sistemas que registram o tratamento antirretroviral e exames laboratoriais. Resultados: Foram analisados 282 campos dos formulários. Após agregação dos campos comuns, restaram 83 variáveis, 17 (20,5%) consideradas aplicáveis ao CMD. Conclusão: O CMD coleta dados sobre consultas e exames de seguimento dos contatos assistenciais do HIV, porém não registra tratamento antirretroviral. A maioria das variáveis coletadas nos sistemas do HIV poderão compor o modelo de informação clínica do HIV para Registro Eletrônico de Saúde.

Objective: It was to investigate data of the health information systems of HIV and its relationship with Brazilian minimum data set of health care (MDS). Methods: A descriptive and cross-sectional study was carried out in January/2019, based on data collected in the forms of the systems that register the antiretroviral treatment and laboratory tests. Results: Were analyze 282 fields of the forms, after aggregation of the common ones, 83 variables remained, 17 (20.5%) considered applicable to MDS. Conclusion: The MDS collects data on consultations and follow-up examinations of HIV care, does not register antiretroviral treatment. Most of the variables collected in HIV systems may be part of the HIV clinical information model for the Electronic Health Record.

Objetivo: Investigar datos de los sistemas de información en salud del VIH y su relación con el conjunto mínimo de datos de la atención a la salud (CMD) brasileño. Métodos: Se realizó estudio descriptivo y transversal en enero/2019, a partir de los formularios de los sistemas del tratamiento antirretroviral y exámenes de laboratorio. Resultados: Se analizaron 282 campos de los formularios, después de la agregación de los comunes, quedaron 83 variables, 17 (20,5%) consideradas aplicables al CMD. Conclusión: El CMD recoge datos sobre consultas y exámenes de seguimiento de la asistencia del VIH, no registra tratamiento antirretroviral. La mayoría de las variables del VIH podrán componer modelo de información clínica del Registro Electrónico de Salud.
Descritores: Infecções por HIV/tratamento farmacológico
HIV
Terapia Antirretroviral de Alta Atividade
Atenção à Saúde
Registros Eletrônicos de Saúde
Sistemas de Informação em Saúde
Conjuntos de Dados como Assunto
-Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Limites: Humanos
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  3 / 565 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1372473
Autor: Sales Junior, Eizequiel Araújo; Prado, Patrícia Fernandes do; Souto, Simone Guimarães Teixeira; Alves, Carolina dos Reis; Galvão, Ana Patrícia Fonseca Coelho; Silva, Patrick Leonardo Nogueira da.
Título: Prevalência de pacientes notificados com hanseníase no município de São Luís, Maranhão, durante 2010-2020 / Prevalencia de pacientes notificados con lepra en el municipio de São Luís, Maranhão, durante 2010-2020 / Prevalence of leprosy patients notified in the municipality of São Luís, Maranhão, from 2010 to 2020
Fonte: Nursing (Säo Paulo);25(287):7553-7567, abr.2022.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: identificar a prevalência de pacientes notificados com hanseníase em São Luís, Maranhão, durante 2010-2020. Método: estudo descritivo, exploratório, retrospectivo, transversal, quantitativo, realizado no Banco de Dados público do DATASUS cuja coleta ocorreu em agosto de 2021. A amostra foi composta por 9.387 pacientes notificados com Hanseníase. Resultados: observa-se prevalência amostral em maio de 2012, sexo masculino, faixa etária entre 30-39 anos, Ensino Médio completo, pardos, casos multibacilares, avaliação de incapacidade física e de cura no estágio Grau 0, apresentaram mais que cinco lesões, baciloscopia negativa, episódios sem reação,sendo abordados como casos novos cuja forma prevalente foi a dimorfa, tendo como esquema terapêutico mais prescrito a poliquimioterapia durante 12 meses e prevalência de cura. Conclusão: houve uma prevalência dos casos de hanseníase em homens jovens com bom grau de instrução escolar. Apesar da alta prevalência de casos novos, o tratamento foi efetivo de modo a levá-los à cura.(AU)

Objective: to identify the prevalence of patients notified with leprosy in São Luís, Maranhão, during 2010-2020. Method: descriptive, exploratory, retrospective, cross-sectional, quantitative study, conducted in the public database of the DATASUS whose collection occurred in August 2021. The sample was composed of 9,387 patients notified with Leprosy. Results: sample prevalence was observed in May 2012, male gender, age range 30-39 years, complete High School, brown, multibacillary cases, evaluation of physical disability and cure in Grade 0 stage, presented more than five lesions, negative bacilloscopy, episodes without reaction, being addressed as new cases whose prevalent form was the dimorphic, having as the most prescribed therapeutic scheme the polychemotherapy for 12 months and prevalence of cure. Conclusion: there was a prevalence of leprosy cases in young men with good schooling. Despite the high prevalence of new cases, the treatment was effective in order to lead them to cure(AU)

Objetivo: identificar la prevalencia de pacientes con lepra notificados en São Luís, Maranhão, durante 2010-2020. Método: estudio descriptivo, exploratorio, retrospectivo, transversal, cuantitativo, realizado en la base de datos pública DATASUS, la cual fue recolectada en agosto de 2021. La muestra estuvo conformada por 9.387 pacientes reportados con lepra. Resultados: se tiene una muestra de prevalencia en mayo de 2012, sexo masculino, grupo etario entre 30-39 años, bachillerato completo, pardos, casos multibacilares, valoración de incapacidad física y curación en la etapa Grado 0, presentaba más de cinco lesiones, baciloscopía negativa , episodios sin reacción, siendo abordados como casos nuevos cuya forma prevalente fue borderline, siendo el régimen terapéutico más prescrito la polimedicación durante 12 meses y prevalencia de cura.Conclusión: había una prevalencia de casos de lepra en hombres jóvenes con buena escolaridad. A pesar de la alta prevalencia de casos nuevos, el trataminto fue eficaz de manera que los curará(AU)
Descritores: Notificação de Doenças
Hanseníase/epidemiologia
-Fatores Socioeconômicos
Prevalência
Estudos Transversais
Estudos Retrospectivos
Sistemas de Informação em Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1505.9 - Divisão de Publicações de Saúde


  4 / 565 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1379389
Autor: Maia, João Nilton Souza; Sampaio, Daniela Carneiro; Rivemales, Maria da Conceição Costa; Cordeiro, Rosa Cândida; Moura, Terciana Vidal; Oliveira, Lavinya Lima Cordeiro.
Título: Condições sanitárias relacionadas à moradia em uma comunidade rural do Vale do Jiquiriçá (BA) / Housing-related sanitary conditions of a rural community in the Jiquiriçá Valley, Brazil / Condiciones sanitarias relacionadas a la vivienda en una comunidad rural del Valle del JIQUIRIÇÁ, Bahía, Brasil
Fonte: Rev. baiana saúde pública;44(4):41-54, 20201212.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi descrever as condições sanitárias relacionadas à moradia em uma comunidade rural do Vale do Jiquiriçá (BA). Trata-se de um estudo descritivo, quantitativo e de corte transversal. Os dados empíricos foram oriundos do sistema de informação em saúde e-SUS, referentes ao ano de 2017, sendo analisados de acordo com a epidemiologia descritiva com o auxílio do Microsoft Excel. Os resultados destacaram disparidades sanitárias da população rural estudada, deficiência na forma de esgotamento sanitário, destino do lixo e acesso aos domicílios. São necessários o planejamento e a elaboração da agenda de saúde local, de modo a contribuir para a qualidade de vida e de saúde da população do campo.

This descriptive, quantitative and cross-sectional study describes the housing-related sanitary conditions of a rural community in the Jiquiriçá Valley, Bahia, Brazil. Empirical data for the year 2017 was collected from the SUS Health Information System, and analyzed by descriptive epidemiology using Microsoft Excel. Results show health disparities in the rural population studied, highlighting deficiencies in sanitary sewage, waste destination and access to households. Planning and developing a local health agenda is necessary to increase the quality of life and health of the rural population.

El objetivo del estudio fue describir las condiciones sanitarias relacionadas a la vivienda en una comunidad rural del Valle del Jiquiriçá, en Bahía (Brasil). Se trata de un estudio descriptivo, cuantitativo y de cohorte transversal. Los datos empíricos fueron oriundos del sistema de información en salud e-SUS, referentes al año 2017, y fueron analizados de acuerdo con la epidemiología descriptiva utilizando el Microsoft Excel. Los resultados apuntan a disparidades sanitarias de la población rural estudiada, destacando la deficiencia en la forma de agotamiento sanitario, destino de la basura y acceso a los domicilios. Es necesaria la planificación y elaboración de la agenda de salud local para contribuir a la calidad de vida y de salud de la población del campo.
Descritores: Qualidade de Vida
População Rural
Resíduos Sólidos
Redes de Esgoto
Perfis Sanitários
Sistemas de Informação em Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  5 / 565 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1121719
Autor: Silvestre, Stellamaris Cordeiro.
Título: Avaliação da usabilidade do módulo de sistematização da assistência de enfermagem do GSUS / Evaluation of the usability of the GSUS nursing care systematization module.
Fonte: Curitiba; s.n; 20191210. 100 p. graf, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Paraná para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Sistemas de Informação em Saúde podem subsidiar o planejamento e a avaliação clínica da Enfermagem. A sua usabilidade envolve o usuário e sua capacidade de executar tarefas por meio deles. A avaliação da usabilidade descreve a utilização e efetividade do sistema, sendo relevante instrumento organizacional. Objetivo: Avaliar a usabilidade do Módulo de Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) do Sistema de Gestão da Assistência de Saúde do Sistema Único de Saúde (GSUS), por enfermeiros de Unidades de Terapia Intensiva em hospitais próprios da Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (SESA-PR). Realizou-se pesquisa de métodos mistos, descritiva-exploratória, com questionário online autodirigido, contendo itens de avaliação subdivididos em critérios de uso, conteúdo e interface do sistema, organizados por escala do tipo Likert de 5 pontos, que foi respondido por 45 enfermeiros, e que fizeram comentários voluntários sobre os itens.Realizou-se análise de frequência e análise descritiva com média, mediana, desvio padrão, percentis 25% e 75% dos escores de cada item e do escore total dos itens de cada critério.Os itens do critério uso do sistema obtiveram respostas positivas entre 82,2% a 93,3%; os do critério conteúdo do sistema obtiveram de 40% a 91,1%, e os do critério interface do sistema obtiveram entre 71,1% e 88,9%. O produto da pesquisa foi a aplicação de um modelo de avaliação da usabilidade do Módulo da SAE do GSUS, na perspectiva dos enfermeiros usuários. Conclusão: Evidenciou-se que o modelo de avaliação desenvolvido possibilita estimar a usabilidade do Módulo da SAE no GSUS segundo os critérios abordados e a identificação de possibilidades de melhoria para o sistema. Os resultados apontam a utilidade do Módulo à realização da SAE e da prática de cuidado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), devido à estrutura lógica de dados e de processamento de informações, à interface agradável, que facilitam a avaliação clínica, os diagnósticos e as intervenções de Enfermagem, contribuem para a construção do saber e para a qualificação do cuidado. Evidenciaram-se oportunidades de melhoria da usabilidade no tocante às mensagens de erro, recuperação de dados e viabilização de alteração de horários de aprazamento das medicações e prescrições. O modelo de avaliação pode também ser aplicado a outros sistemas informatizados da SAE.

Abstract: Health Information Systems can subsidize the planning and clinical evaluation of Nursing. Their usability involve the user and his ability to perform tasks through them. The usability appraisal describes the use and effectiveness of the system, being a relevant organizational tool. Objective: To evaluate the usability of the Systematization of Nursing Care Module of the Sistema de Gestão da Assistência de Saúde of the Sistema Único de Saúde (GSUS), by the perspective of nurses from Intensive Care Units in hospitals of the Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (SESA-PR). A research of mixed methods, descriptive-exploratory, with a selfdirected online questionnaire, containing valuation items subdivided into criteria of use, contents and system interface, organized by a 5-point Likert scale, was answered by 45 nurses, who commented on the items, voluntarily. Frequency analysis and descriptive analysis were performed with mean, median, standard deviation, 25% and 75 % percentiles of the score for each item and the total score of each criterion. The items of the use of the system criterion obtained positive responses between 82.2% to 93.3%; those of the system contents criterion obtained from 40% to 91.1%, and those of the system interface criterion obtained between 71.1% and 88.9%. The research product was the application of a usability appraisal model for the Systematization of Nursing Care Module of GSUS, from the perspective of users nurses. Conclusion: It was evidenced that the appraisal model developed makes it possible to estimate the usability of the Module in GSUS according to the criteria addressed and the identification of possibilities for improvement of the system. The results point out the usefulness of that Module for the realization of Systematization of Nursing Care and the practice of care in ICU, due to its logical structure of data and informational processing and its pleasant interface, which facilitate clinical evaluation, Nursing diagnoses and interventions, which contribute for the construction of knowledge and for the qualification of care. Opportunities for improving usability were evidenced with regard to error messages, data recovery and the possibility of altering the schedule of medications and other prescriptions. The appraisal model can also be applied to other Systematization of Nursing Care information systems.
Descritores: Sistemas de Informação em Saúde
Unidades de Terapia Intensiva
Enfermeiras e Enfermeiros
Cuidados de Enfermagem
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico


  6 / 565 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1369156
Autor: Brito, Caio Vinícius Botelho; Brito, Caio Vinícius Botelho; Neto, Oscar Sampaio Mello.
Título: Impacto da COVID-19 em doenças de notificação compulsória no Norte do Brasil / Impact of COVID-19 pandemic on notifiable diseases in Northern Brazil / Impacto de la COVID-19 en las enfermedades de notificación compulsoria del Norte de Brasil
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;35(1):1-11, 20220125.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar o impacto da pandemia COVID-19 em doenças de notificação compulsória no Norte do Brasil. Métodos: Estudo descritivo e retrospectivo realizado com dados das bases Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação) e SIH/SUS (Sistema de Informações Hospitalares do SUS) sobre meningite bacteriana e viral, dengue, febre hemorrágica da dengue, arboviroses, sífilis, tuberculose, hanseníase e hepatites virais. Utilizou-se estatística descritiva para avaliação da variação nos números absolutos das notificações e internações do período de 2015 a 2020 e suas variações médias. Resultados: As notificações e internações de meningite, arboviroses não-dengue, hanseníase, leptospirose e hepatites virais, em geral, demonstraram redução de 50 até 80% em relação a períodos anteriores. Houve variabilidade regional com dengue e febre hemorrágica da dengue, com aumentos e reduções independentes. As sífilis adquirida, gestacional e congênita demonstraram queda de até 60% nas notificações e nas internações, exceto sífilis congênita, que se manteve em estabilidade. As notificações e as internações de tuberculose se mantiveram estáveis em toda a região. Conclusão: Houve redução geral de mais da metade das notificações e das internações hospitalares, apresentando um impacto variável, dependendo do Estado e do processo de endemia de cada sub-região.

Objective: To assess the impact of the COVID-19 pandemic on notifiable diseases in Northern Brazil. Methods: A descriptive retrospective study was conducted using data from the Notifiable Disease Information System (Sistema de Informação de Agravos de Notificação ­ Sinan) and SUS Hospital Information System (Sistema de Informações Hospitalares do SUS ­ SIH/SUS) on bacterial and viral meningitis, dengue, dengue hemorrhagic fever, arboviruses, syphilis, tuberculosis, leprosy, and viral hepatitis. Descriptive statistics was used to assess the variation in absolute numbers of notifications and hospitalizations from 2015 to 2020 and their average variations. Results: Notifications and hospitalizations for meningitis, non-dengue arboviruses, leprosy, leptospirosis, and viral hepatitis exhibited a general decrease of 50 to 80% compared to previous years. There was regional variation in dengue and dengue hemorrhagic fever, with independent increases and decreases. Acquired, gestational and congenital syphilis presented a 60% decrease in notifications and hospitalizations, except for congenital syphilis, which remained stable. Tuberculosis notifications and hospitalizations remained stable in the entire region. Conclusion: There was an overall decrease of more than a half of notifications and hospitalizations, representing a variable impact depending on the state and the endemic process of each subregion.

Objetivo: Evaluar el impacto de la pandemia de la COVID-19 en las enfermedades de notificación compulsoria del Norte de Brasil. Métodos: Estudio descriptivo y retrospectivo realizado con datos de las bases SINAN (Sistema de Información de Agravios de Notificación) y SIH/SUS (Sistema de Informaciones Hospitalarias del SUS) sobre la meningitis bacteriana y viral, el dengue, la fiebre hemorrágica del dengue, las arbovirosis, la sífilis, la tuberculosis, la lepra y las hepatitis virales. Se utilizó de la estadística descriptiva para la evaluación de la variación de los números absolutos de las notificaciones y los ingresos del periodo entre 2015 y 2020 y sus variaciones medias. Resultados: Las notificaciones y los ingresos de meningitis, arbovirosis no-dengue,la lepra, la leptospirosis y las hepatitis virales, en general, han demostrado una disminución del 50 hasta el 80% respecto los periodos anteriores. Hubo variabilidad por región respecto el dengue y fiebre hemorrágica del dengue con subidas y bajadas independientes. Las sífilis adquirida, gestacional y congénita han demostrado caída hasta el 60% de las notificaciones e ingresos excepto la sífilis congénita que se mantuvo estable. Las notificaciones y los ingresos por tuberculosis se mantuvieron estables em toda la región. Conclusión: Hubo una disminución general de más de la mitad de las notificaciones y los ingresos hospitalarios, presentando un impacto variable, a depender del Estado y del proceso de endemia de cada sub-región.
Descritores: Epidemiologia Descritiva
Notificação de Doenças
Sistemas de Informação em Saúde
COVID-19
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  7 / 565 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1379055
Autor: Rio de Janeiro (Estado). Secretaria de Estado de Saúde.
Título: Guia para implementação de ações para Doença Falciforme nos municípios / Guide for the implementation of actions for Sickle Cell Disease in the municipalities.
Fonte: Rio de Janeiro; SES-RJ; 01/01/2021. 10 p.
Idioma: pt.
Resumo: A doença falciforme (DF) é uma das doenças genéticas mais comuns no mundo. É uma doença do sangue, nos glóbulos vermelhos (células que transportam oxigênio e gás carbônico para todas a partes do corpo). Se manifesta de forma diferente em cada indivíduo, os principais sintomas são: dores intensas, anemia crônica, olhos amarelos e mucosas pálidas.
Descritores: Anemia Falciforme
-Cuidados Paliativos
Atenção Primária à Saúde
Traço Falciforme
Sistemas de Informação em Saúde
Doenças Genéticas Inatas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Guia
Responsável: BR454.4


  8 / 565 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Queiroz, Maria Goretti
Texto completo
Id: biblio-1376468
Autor: Silva, Yasmin Souza; Matias, Paulienne Ramos da Silva; Sandim, Lucíola Silva; Queiroz, Maria Goretti; Serqueira, Jeovana Romero de.
Título: Análise dos casos notificados de tuberculose na região centro-oeste / Análisis de los casos notificados de tuberculosis en la región del medio oeste / Analysis of reported cases of tuberculosis in the midwest region
Fonte: Rev. baiana enferm;36:e43082, 2022. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: analisar a caracterização dos casos de tuberculose notificados na região Centro-Oeste, no período de 2010 a 2019. Método: estudo ecológico, longitudinal, que utilizou, para análise estatística, o programa Microsoft Excel 2010 (cálculo das frequências) e o teste Chi quadrado (X2) (verificar se as frequências diferiam). Resultados: observou-se maior prevalência da tuberculose em pacientes do sexo masculino (70,8%), pertencentes à faixa etária entre 25-34 anos (23,6%), da raça/cor parda (53%), moradores da zona urbana (83%) e que não tiveram sua escolaridade declarada (28,6%). Ao considerar aspectos epidemiológicos, destacaram-se casos novos (82,6%), na forma pulmonar (85,6%), com soropositividade negativa ao HIV (60,4%) e que não tiveram declarado o hábito de tabagismo (51,1%). Conclusão: os casos de tuberculose notificados na região Centro-Oeste assemelham-se aos encontrados na literatura, reforçando que a tuberculose é uma doença infecciosa atual e sua erradicação ainda exige muito trabalho e políticas públicas efetivas.

Objetivo: analizar la caracterización de los casos de tuberculosis reportados en la región Medio Oeste, en el período de 2010 a 2019. Método: estudio ecológico, longitudinal, que utilizó, para el análisis estadístico, el programa Microsoft Excel 2010 (cálculo de frecuencias) y la prueba de Chi cuadrado (X2) (comprobar si las frecuencias diferían). Resultados: se observó una mayor prevalencia de tuberculosis en pacientes varones (70,8%), con edades comprendidas entre 25-34 años (23,6%), mestizos/color (53%), residentes urbanos (83%) y a quienes no se les declaró la escolaridad (28,6%). Al considerar los aspectos epidemiológicos, se destacaron los nuevos casos (82,6%), en la forma pulmonar (85,6%), con seropositividad VIH negativa (60,4%) y que no habían declarado fumar (51,1%). Conclusión: los casos de tuberculosis reportados en la región del Medio Oeste son similares a los encontrados en la literatura, reforzando que la tuberculosis es una enfermedad infecciosa actual y su erradicación aún requiere mucho trabajo y políticas públicas efectivas.

Objective: to analyze the characterization of tuberculosis cases reported in the Midwest region, in the period from 2010 to 2019. Method: ecological, longitudinal study, which used, for statistical analysis, the Microsoft Excel 2010 program (calculation of frequencies) and the Chi square test (X2) (check if the frequencies differed). Results: a higher prevalence of tuberculosis was observed in male patients (70.8%), aged between 25-34 years (23.6%), mixed race/color (53%), urban residents (83%) and who did not have their schooling declared (28.6%). When considering epidemiological aspects, new cases (82.6%), in the pulmonary form (85.6%), with HIV-negative seropositivity (60.4%) and who had not declared smoking (51.1%) were highlighted. Conclusion: the cases of tuberculosis reported in the Midwest region are similar to those found in the literature, reinforcing that tuberculosis is a current infectious disease and its eradication still requires a lot of work and effective public policies.
Descritores: Tuberculose Pulmonar/epidemiologia
Notificação de Doenças/estatística & dados numéricos
Sistemas de Informação em Saúde
-Interpretação Estatística de Dados
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  9 / 565 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1378899
Autor: Riba, Aline Conegundes.
Título: O corpo da criança como receptáculo da violência física: análise dos dados epidemiológicos do Viva/SINAN / The childs body as a receptacle of physical violence: analysis of epidemiological data from Viva/SINAN.
Fonte: São Paulo; s.n; 2022. 109 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução A violência física doméstica contra crianças e adolescentes é grave problema de saúde pública, que traz inúmeros agravos às vítimas. A alta incidência da violência física contra a criança e o adolescente no Brasil aponta a necessidade urgente de elaboração de políticas públicas para enfrentar e prevenir o problema. Objetivo Estudar o perfil das notificações (SINAN) de violência física doméstica contra a criança e o adolescente no Brasil e Regiões, no período de 2009 a 2019. Metodologia O presente estudo caracteriza-se como estudo descritivo, epidemiológico, baseado em dados secundários, obtidos no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN-NET) e sistema TABWIN. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva com elaboração de medidas de frequência absoluta e relativa. Resultados A maior taxa de violência física doméstica se refere a meninas de 10 a 14 anos (248 por 100 mil habitantes). Em relação às crianças e adolescentes do sexo masculino a faixa etária com maior taxa de violência física é de 0 a 4 a anos (232 por 100 mil habitantes). No que se refere às regiões do Brasil, se considerarmos o sexo masculino, em todas as regiões a faixa etária mais acometida por situações de violência foi de 0 a 4 anos. As meninas de 0 a 4 anos sofrem mais violência nas regiões Nordeste, Sul e Centro-Oeste. Nas regiões Norte e Sudeste, a faixa etária de 10 a 14 anos apresenta a maior taxa de ocorrência (204 e 320 por 100 mil habitantes respectivamente). A população indígena possui as maiores taxas de violência em todas as Regiões. Pai e mãe são os agressores mais frequentes (41,13% e 39,84%, respectivamente). Em todas as Regiões do Brasil, a faixa etária que apresenta maiores taxas de óbito por violência física doméstica é de 0 a 4 anos, para meninas e meninos. Meninos sofrem com maior frequência violência fatal (63,31%). A raça com maior taxa de óbito por violência física doméstica é a indígena para meninos e meninas (41 e 16 por 1 milhão de pessoas, respectivamente). Os autores mais frequentes de violência fatal contra meninas são mãe e pai (45,11% e 38,32%, respectivamente). Conclusões O presente estudo identificou que meninos são mais suscetíveis à violência física doméstica na infância e meninas na adolescência. Os meninos morrem com maior frequência em decorrência de violência física. A faixa etária que é mais acometida por violência física doméstica é de 0 a 4 anos. É nessa mesma faixa etária que ocorrem, com maior frequência, os óbitos em decorrência de violência. As raças mais acometidas pela violência são a indígena e a parda. A população indígena apresenta uma altíssima taxa de óbito em decorrência da violência. Pai e mãe são os agressores mais frequentes e os que mais cometem violência fatal. O padrasto e a madrasta são quem mais reincidem na violência física. O meio de agressão mais frequente foi força corporal/espancamento e, na maior parte das vezes, a violência aconteceu dentro de casa.

Introduction Domestic physical violence against children and adolescents is a serious public health problem, which causes countless harm to the victims. The high incidence of physical violence against children and adolescents in Brazil points to the urgent need to develop public policies to address and prevent the problem. Objective To study the profile of notifications (SINAN) of domestic physical violence against children and adolescents, in Brazil and its Regions, in the period from 2009 to 2019. Methodology The present study is characterized as a descriptive epidemiological study of time-series, based on secondary data obtained from the Notifiable Diseases Information System (SINAN-NET, in Portuguese) and TABWIN system. The data were analyzed using descriptive statistics with elaboration of absolute and relative frequency measures. Results The highest rate of domestic physical violence refers to girls aged 10 to 14 years (248 per 100 thousand inhabitants). In relation to male children and adolescents, the age group with the highest rate of physical violence is from 0 to 4 years (232 per 100 thousands inhabitants). Regarding the regions of Brazil, if considered the male sex, in all the regions the age group most affected by situations of violence was 0 to 4 years old. Girls from 0 to 4 years of age suffer more violence in the Northeast, South and Center-West regions. In the Northern and Southeastern regions, the age group between 10 and 14 years old presents the highest rate of occurrence (204 and 320 per 100,000 inhabitants, respectively), The indigenous population has the highest rates of violence in all regions. Father and mother are the most frequent aggressors (41.13% and 39.84%, respectively). In all regions of Brazil, the age group with the highest death rates caused by physical domestic violence is from 0 to 4 years old, for girls and boys, Boys suffer fatal violence more frequently (63.31%). The race with the highest death rate caused by physical domestic violence is the indigenous for both boys and girls (41 and 16 per 1 million people, respectively). The most frequent perpetrators of fatal violence against girls are mother and father (45.11% and 38.32%, respectively). Conclusions The present study identified that boys are more susceptible to physical domestic violence in childhood and girls in adolescence. Boys die more frequently as a result of physical violence. The age group that is most affected by physical domestic violence is 0 to 4 years old. This is also the age group in which deaths caused by violence occur most frequently. The races that are most affected by violence are indigenous and grayish-brown. The indigenous population presents a very high death rate due to violence. Fathers and mothers are the most frequent aggressors and the ones who commit the most fatal violence. Stepfathers and stepmothers are the most repeat offenders of physical violence. The most frequent means of aggression was bodily force/pushing and, most of the time, the violence happened at home.
Descritores: Maus-Tratos Infantis
Epidemiologia Descritiva
Violência Doméstica
Sistemas de Informação em Saúde
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  10 / 565 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-1154137
Autor: Silva, Aline Almeida da; Teixeira, Antonia Maria da Silva; Domingues, Carla Magda Allan Santos; Braz, Rui Moreira; Cabral, Cibelle Mendes.
Título: Avaliação do Sistema de Vigilância do Programa Nacional de Imunizações - Módulo Registro do Vacinado, Brasil, 2017 / Evaluación del Sistema de Vigilancia del Programa Nacional de Inmunizaciones - Módulo Registro del Vacunado, Brasil, 2017 / Evaluation of the National Immunization Program Surveillance System - Vaccination Record Module, Brazil, 2017
Fonte: Epidemiol. serv. saúde;30(1):e2019596, 2021. tab, graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar o Sistema de Vigilância em Imunizações considerando-se o módulo Registro do Vacinado, do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, Brasil, 2017. Métodos: Estudo descritivo, utilizando-se do Guidelines for Evaluating Public Health Surveillance Systems, publicado pelo Centers for Disease Control and Prevention (CDC/Atlanta/GA/United States), para avaliar os atributos de simplicidade, flexibilidade, qualidade dos dados, sensibilidade, oportunidade e utilidade do sistema para seis vacinas do calendário de vacinação da criança. Resultados: O Sistema de Vigilância em Imunizações foi considerado complexo em sua descrição, flexível às mudanças no calendário vacinal, de baixa qualidade dos dados para as vacinas DTP e rotavírus, de aceitabilidade regular, com alta sensibilidade para a vacina BCG, inoportuno para a vacina contra hepatite B e útil às finalidades do Programa Nacional de Imunizações. Conclusão: Qualidade dos dados, aceitabilidade e oportunidade não apresentaram resultados satisfatórios, sendo necessárias ações pelo aprimoramento do sistema de informações.

Objetivo: Comparar estructura y proceso de trabajo en atención primaria para implementar la teleconsulta médica en municipios de diferentes regiones y tamaños (mil habitantes: <25; 25-100; >100). Métodos

Objetivo: To evaluate the National Immunization Program Immunization Surveillance System, based on its Vaccination Record module, for Brazil in 2017. Methods: This was a descriptive study using the Guidelines for Evaluating Public Health Surveillance Systems, published by the Centers for Disease Control and Prevention (CDC/Atlanta/GA/United States) to evaluate the attributes of simplicity, flexibility, data quality, sensitivity, timeliness and usefulness of the system for six vaccines on the child immunization schedule. Results: The Immunization Surveillance System was considered complex in its description; flexible to changes in the immunization schedule; of poor data quality for the DTP and rotavirus vaccines; regular acceptability; high sensitivity for the BCG vaccine; untimely for the hepatitis B vaccine and useful for the purposes of the National Immunization Program. Conclusion:The data quality, acceptability and timeliness results were not satisfactory, so that actions are needed to enhance the information system.
Descritores: Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Programas de Imunização/estatística & dados numéricos
Confiabilidade dos Dados
-Brasil
Imunização/estatística & dados numéricos
Sistemas de Informação em Saúde
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR275.1 - Biblioteca



página 1 de 57 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde
WXIS|fatal error|unavoidable|recxref/read|