Base de dados : LILACS
Pesquisa : L01.453.245.945.450 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 139 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 14 ir para página                         

  1 / 139 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1046643
Autor: Gomes, Juliana Leme; Lopes, Uleida de Brito Lima; Freitas, Simone Ferreira de; Ferreira, Luana Talita Diniz; Oliveira, Clarissa Barros de.
Título: Aplicabilidade dos qualificadores da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) em pacientes neurológicos adultos em um centro de reabilitação em São Paulo, Brasil / Feasibility of the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) qualifiers in adult neurological patients on a rehabilitation center in Sao Paulo, Brazil
Fonte: Acta fisiátrica;26(1), mar. 2019.
Idioma: en; pt.
Resumo: A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) vem sendo utilizada na Associação de Assistência à Criança com Deficiência (AACD) desde 2011 no setor de Fisioterapia Adulto. Esta Classificação, desde então, serve como base para nortear os objetivos funcionais traçados, para melhorar a comunicação entre os setores multiprofissionais e para indicar qualidade assistencial para fins de auditoria de serviço institucional. A experiência foi válida para a instituição e bem aceita pelos seus colaboradores, e seu uso pôde ser expandido. A Organização Mundial da Saúde (OMS) sugere que o uso dos códigos da CIF não está completo sem a utilização dos seus qualificadores. Dessa forma o presente trabalho tem como objetivo descrever a implantação da CIF e seus qualificadores no setor de fisioterapia de adultos da instituição. O instrumento adaptado para uso neste serviço permite avaliar o paciente na sua admissão e acompanhar sua evolução ao longo do seu processo de reabilitação, de forma a ser utilizado como indicador de evolução setorial. Será relatado nesse trabalho o processo que foi realizado: a implantação da classificação, o estudo de aprofundamento na qualificação preconizada; desenvolvimento de um instrumento adequado para a prática clínica do serviço; treinamento dos profissionais e projeto piloto; além de reportar dados iniciais na forma de indicadores de evolução.

The International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) has been used in the Association of Assistance for Disabled Children (AACD) since 2011 in the Adult Physiotherapy division. Since then, the Classification serves as foundation for guiding the functional objectives set, improving communication between multiprofissional divisions and indicating quality of care for institutional audit service purposes. The experience was valid for the institution and well accepted by its employees, and the use was expanded. The World Health Organization (WHO) suggests that the ICF codes' use is not complete without their qualifiers. Therefore, this paper aims to describe the implementation of ICF and its qualifiers in the adult physiotherapy division of the institution. The instrument, which was adapted for use in our servisse, allows the patients to be evaluated on their admission and to monitor the evolution throughout their rehabilitation process, in order to be used as an evolution indicator. This study will report the process we performed: the implementation of the Classification; the study to deepen knowledge on the recommended qualification; development of an appropriate instrument to be used for clinical practice of this service; staff training and pilot application; and, in addition, to report initial data as progress indicators.
Descritores: Centros de Reabilitação
Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde
Pessoas com Deficiência
Manifestações Neurológicas
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR1531.9 - Universidade de São Paulo


  2 / 139 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1046642
Autor: Vianna, Patrícia Carla; Rabeh, Soraia Assad Nasbine; Coelho, Juliana Nogueira; Riberto, Marcelo; Castro, Fabiana Faleiros Santana; Teodoro, Maria Lorena.
Título: Core set da Classificação Internacional da Funcionalidade para lesão medular: construção e validação de instrumento / Core set of the International Classification of Functioning for spinal cord injury: instrument construction and validation
Fonte: Acta fisiátrica;26(1), mar. 2019.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Descrever o processo de desenvolvimento e validação do instrumento baseado no Core Set resumido da Classificação Internacional da Funcionalidade, Incapacidade e Saúde para indivíduos com lesão medular aguda. Método: No estudo metodológico foi desenvolvido um instrumento para avaliação da funcionalidade de indivíduos com lesão medular aguda traumática. A validação de face e conteúdo do instrumento foi realizada por um comitê de especialistas, compreendendo as etapas preconizadas na literatura. Como parte desse processo, foi realizado o pré-teste, com 10 indivíduos com lesão medular aguda traumática, com até 6 meses de lesão. Resultados: Na maioria dos itens do instrumento, os participantes fizeram sugestões que visavam à modificação de termos técnicos, para serem substituídos ou reformulados para melhor compreensão pelo público alvo. Para a análise de dados o mínimo de concordância estabelecido foi de 80%. Conclusão: A contribuição do estudo refere-se à possibilidade de utilizar uma ferramenta inovadora pela equipe multidisciplinar na prática clínica.

The research aimed to describe the instrument development and validation process based on the brief Core Set of the International Classification of Functioning, Disability and Health for individuals with Acute Spinal Cord Injury. In the methodological study, an instrument was developed to evaluate the functionality of individuals with acute traumatic spinal cord injury. The face and content validation of the instrument was performed by an expert committee, understanding the steps recommended in the literature. As part of this process, a pretest was performed with 10 individuals with acute traumatic spinal cord injury with up to 6 months of injury. In the results, in most items of the instrument, participants made suggestions to modify technical terms, to be replaced or reformulated for better understanding by the target audience. For data analysis the minimum agreement established was 80%. In conclusion, the contribution of the study refers to the possibility of using an innovative tool by the multidisciplinary team in clinical practice.
Descritores: Traumatismos da Medula Espinal/reabilitação
Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde
-Estudos de Validação
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR1531.9 - Universidade de São Paulo


  3 / 139 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-778381
Autor: Philbois, Stella V; Martins, Jaqueline; Souza, Cesário S; Sampaio, Rosana F; Oliveira, Anamaria S.
Título: Health professionals identify components of the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) in questionnaires for the upper limb
Fonte: Braz. j. phys. ther. (Impr.) = Rev. bras. fisioter;20(1):15-25, Jan.-Feb. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: BACKGROUND: Several Brazilian studies have addressed the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF), but few have analyzed the knowledge of the health professionals with regards to the ICF. OBJECTIVE: To verify whether the classification of the items in the Brazilian-Portuguese versions of The Shoulder Pain and Disability Index (SPADI) and The Disabilities Arm, Shoulder and Hand (DASH) questionnaires, obtained from health professionals who worked with patients having upper limb injuries, could be related to ICF components as defined by others studies. METHOD: There were 4 participants for the group "professionals with high familiarity of the ICF (PHF)" and 19 for the group of "professionals with some or no familiarity of the ICF (PSNF)". The participants judged whether the items on the two questionnaires belonged to the ICF body function, body structure or activity-participation component, and marked a confidence level for each trial using a numerical scale ranging from zero to 10. The items were classified by the discriminant content validity method using the Student'st-test and the Hochberg correction. The ratings were compared to the literature by the percentage of agreement and Kappa coefficient. RESULTS: The percentage of agreement of the rating from the PSNF and the PHF groups with the literature was equal to or greater than 77%. For the DASH, the agreement of the PSNF and PHF groups with the literature were, respectively, moderate (Kappa=0.46 to 0.48) and substantial (Kappa=0.62 to 0.70). CONCLUSIONS: Health professionals were able to correlate the three components of the ICF for most items on the 2 questionnaires, demonstrating some ease of understanding the ICF components. However, the relation of concept of pain with body function component is not clear for professional and deserves a more attentive approach.
Descritores: Atividades Cotidianas
Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde
Dor de Ombro/fisiopatologia
Extremidade Superior/fisiologia
-Brasil
Avaliação da Deficiência
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 139 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1050343
Autor: Correia, Marcelo Alonso de Barros.
Título: A utilização da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) como ferramenta de inclusão social de pessoas com deficiência no Brasil através do Benefício da Prestação Continuada / The use of the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) as a tool for social inclusion of persons with disabilities in Brazil through the continuing cash benefit.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2019. 50 f p. fig, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF), elaborada pela OMS em 2001, possibilitou um novo entendimento sobre o que é a deficiência, ao transferir sua definição de uma perspectiva meramente biomédica para uma compreensão como desigualdade social, esclarecendo que o fator limitador é o meio em que a pessoa está inserida e não a deficiência em si. A Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (CDPD), de 2006, é um marco histórico na proteção dos direitos das pessoas com deficiência, garantindo o total e igual acesso a todos os direitos humanos e liberdades fundamentais, promovendo o respeito à sua dignidade. No Brasil, o Benefício da Prestação Continuada (BPC) foi a primeira política assistencial direcionada para pessoas com deficiência na extrema pobreza a utilizar a CIF para avaliação das deficiências com o objetivo de conceder benefícios. Apesar dos avanços realizados, os dados sugerem que o atual modelo de avaliação das deficiências baseado na CIF não tem contribuído para a inclusão social de pessoas com deficiência, mantendo o acesso restrito e excluindo muitos deficientes e pobres do acesso ao benefício

The International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF), elaborated by the WHO (World Health Organization) in 2001, enabled a new understanding of what disability is, by transferring its definition from a purely biomedical perspective to an understanding as social inequality. The biopsychosocial model clarifies that the limiting factor is the environment in which the person is inserted and not the deficiency itself. This comprehension transfers from the individual to the structure and social attitudes the causality of inequality created from the body with impediments. The International Convention on the Rights of Persons with Disabilities of 2006 is a historical milestone in the protection of this group rights, with the main goal to guarantee the total and equal access to all human rights and freedom to people with disabilities, and to promote respect for their dignity. The Convention reaffirms the concept proposed by the ICF and hold the environment and social attitudes for the disadvantages presented by this group of people. In Brazil, the "Continuing Cash Benefit" was the first care policy focused on people with disabilities in extreme poverty to use the ICF to assess deficiencies in order to grant benefits. Despite the advances made, the data suggest that the current model of deficiencies assessment based on the ICF has not indeed contributed to the social inclusion of disabled people, maintaining restricted access and excluding them from access to this benefit
Descritores: Serviço Social
Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde
Pessoas com Deficiência
Avaliação da Deficiência
Participação Social
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C
BR433.1; 364.2-056.26, C824


  5 / 139 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-968948
Autor: Perú. Ministerio de Salud; .Dirección General de Intervenciones Estratégicas en Salud Pública.
Título: Norma técnica de salud para la evaluación, calificación y certificación de la persona con discapacidad / Technical health standard for the evaluation, qualification and certification of the person with disability.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20161200. 75 p. tab.
Idioma: es.
Resumo: La norma técnica contiene: la finalidad, ámbito de aplicación, base legal, disposiciones generales, disposiciones específicas y responsabilidades para la evaluación, calificación y certificación de la persona con discapacidad.
Descritores: Defesa das Pessoas com Deficiência
Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde
-Normas Técnicas
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  6 / 139 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-186062
Autor: Farias, Glaucea Maciel de Farias.
Título: Deficiências, incapacidades e desvantagens decorrentes de causas externas: análise em pacientes internados no IOT-HCFMUSP, 1991 / Disabilities, disabilities and disadvantages due to external causes: analysis in patients hospitalized at IOT-HCFMUSP, 1991.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1995. 108 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de Säo Paulo. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Trata-se de um estudo descritivo sobre as conseqüências das causas externas de vítimas internadas no Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de Säo Paulo (IOT-HCFMUSP). O estudo foi realizado em duas fases e teve como base a Classificaçäo Internacional das Deficiências, Incapacidades de Desvantangens (DIDV) como método de classificaçäo e codificaçäo das seqülas. As deficiências (D) säo representadas por qualquer perda ou alteraçäo de uma estrutura ou funçäo psicológica, fisiológica ou anatômica. As incapacidades (I) säo definidas como sendo qualquer restriçäo ou perda (resultante de uma deficiência) da capacidade de realizar uma atividade dentro dos moldes e limites normais para um ser humano. A desvantagem (DV) é conceituada como a condiçäo social de prejuízo sofrido por um indivíduo, (resultante de uma deficiência ou incapacidade), que o limita ou o impede de desempenhar uma atividade normal para a sua idade, sexo e fatores sócio-culturais OMS (). Na 1§ fase, analisou-se retrospectiva a populaçäo de 1804 vítimas com lesöes produzidas, principalmente por acidentes de trânsito (41,60 por cento) e quedas acidentais (32,50 por cento), das quais 0,88 por cento evoluíram para óbito nos primeiros 26 dias pós-evento. Houve predomínio do sexo masculino (76,00 por cento) e a faixa etária de 15 e 59 anos foi a mais acometida (91,46 por cento) para os acidentes de trânsito, enquanto que, nas quedas acidentais, predominaram as faixas de 35 a 85 anos (65,23 por cento). Os membros e a cintura pélvica foram as regiöes mais comprometidas (61,00 por cento) e os níveis de ocupaçäo predominates antes do evento, eram os de nível I (29,10 por cento) e nível II (27,12 por cento). Nesta 1§ fase, verificamos que em 1100 (61,52 por cento) vítimas havia registro de seqüelas, e estas foram classificadas basicamente como deficiências, e que somente 11 (1,00 por cento) tinham registro de incapacidades e 6 (0,55 por cento) de desvantagens. Na 2§ fase, aprofundando a análise em uma amostra de 61 vítima seqüeladas, por meio de entrevista no domicílio, num intervalo aproximado no mínimo 3 anos e máximo de 4 anos, entre o evento e a visita, foi possível constatar que todas as vítimas ainda apresentavam deficiências e que 98,36 por cento tinham incapacidade e 77,05 por cento, desvantagens. A inter-relaçäo das DIDV foi melhor visuslizada e ela foi encadeada principalmente a partir das deficiências mecânicas dos membros
Descritores: Acidentes por Quedas/prevenção & controle
Pessoas com Deficiência
Acidentes de Trânsito/legislação & jurisprudência
Acidentes de Trânsito/prevenção & controle
Enfermagem Ortopédica/educação
-Idoso de 80 Anos ou mais
Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde
Epidemiologia Descritiva
Estudos Retrospectivos
Pacientes Internados/classificação
Percepção/classificação
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1; T1239


  7 / 139 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-910737
Autor: Pinto, Fernanda Chequer de Alcântara; Schiefer, Ana Maria; Perissinoto, Jacy.
Título: A Anamnese Fonoaudiológica segundo os preceitos da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) / The speech-language pathology anamnesis according to the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) / La Anamnesis Fonoaudiológica según los preceptos de la Clasificación Internacional de Funcionalidad, Incapacidad y Salud (CIF)
Fonte: Distúrb. comun;30(2):252-265, jun. 2018. ilus, tab.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: XXIV Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia: avanços em diagnóstico e intervenção em Fonoaudiologia, São Paulo, 2016.
Resumo: Objetivo: identificar, por meio da anamnese fonoaudiológica, quais as categorias e componentes mais frequentes relacionados à funcionalidade segundo os princípios da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF), em quadros de Transtornos de Linguagem e Fala. Métodos: pesquisa retrospectiva de acervo parcial de registros de entrevista fonoaudiológica de clínicaescola, correspondente a 1000 casos avaliados entre os anos de 2004 a 2013; após cálculo estatístico, constituiu-se uma amostra por conveniência de 110 protocolos. Analisaram-se os registros da anamnese de acordo com as 362 categorias do nível dois da CIF e considerou-se na seleção um corte, arbitrário, nas 30 primeiras categorias mais frequentes de cada domínio e entre todas elas, para o agrupamento. Para o tratamento estatístico adotou-se o Teorema do Limite Central e a Leis dos Grandes Números para o cálculo pré-amostral e o teste não-paramétrico Igualdade de Duas Proporções, na análise da frequência. Resultados: as categorias mais frequentes foram: b176 (funções mentais para a sequência de movimentos complexos), d310 (comunicar e receber mensagens orais), d330 (falar) e e410 (atitudes individuais de membros da família próxima). Os componentes mais frequentes foram função do corpo e atividades/participação, os menos frequentes, os fatores ambientais e estrutura do corpo. As queixas "aprendizagem e fala" e "dificuldades de aprendizagem" foram as que apresentaram mais categorias nos componentes. Conclusão: foi possível a identificação de categorias e componentes da CIF, relacionados à funcionalidade, recorrentes em relatos da anamnese fonoaudiológica. Deste modo, esse resultado amplia o olhar e o cuidado do fonoaudiólogo com a saúde do indivíduo.

Objective: To identify, through the speech-language pathology anamnesis, the most frequent categories and components related to functionality according to the International Classification of Functionality, Disability and Health (ICF), in Language and Speech Disorders. Methods: a retrospective research was conducted in a partial collection of speech-language interview records from a school clinic, corresponding to 1,000 real cases from 2004 to 2013; then, after statistical calculation, a convenience sample of 110 protocols was defined. The records of the anamnesis were analyzed according to 362 leveltwo categories of the ICF and an arbitrary cut was performed to select the 30 most frequent categories of each component and among all, for the grouping. The Central Limit Theorem and the Law of Large Numbers were used in the statistical treatment for the pre-sampling calculation and the Non-parametric Equality of Two Proportions test was used in the analysis of the frequency. Results: the most frequent categories were: b176 (mental function of sequencing complex movements), d310 (communicating with - receiving - spoken messages), d330 (speaking) and e410 (individual attitudes of immediate family members). Body functions and activities/participation were the most frequent components, while environmental factors and body structure were the less frequent ones. Meanwhile, "learning and speech" and "learning difficulties" were the complaints with more categories in the components. Conclusion: it was possible to identify recurrent ICF categories and components related to the functionality in the speech-language pathology anamnesis. Therefore, this result enhances the support and care of the speechlanguage pathologist with an individual's health.

Objectivo: identificar, por medio de la anamnesis fonoaudiológica, cuáles las categorías y los componentes más frecuentemente relacionados con la funcionalidad según los principios de la Clasificación Internacional de Funcionalidad, Incapacidad y Salud (CIF), en cuadros de Trastornos de Lenguaje y Habla. Métodos: investigación retrospectiva de acervo parcial de registros de entrevista fonoaudiológica de clínica-escuela, correspondiente a 1000 casos evaluados entre los años 2004 a 2013; después del cálculo estadístico, se constituyó una muestra por conveniencia de 110 protocolos. Se analizaron los registros de anamnesis de acuerdo con las 362 categorías del nivel 2 de la CIF y se consideró en la selección un corte, arbitrario, en las 30 primeras categorías más frecuentes de cada dominio y entre todas ellas, para la agrupación. Para el tratamiento estadístico se adoptó el Teorema del Límite Central y las Leyes de los Grandes Números para el calculo pre-muestreo y la prueba no paramétrica Igualdad de Dos proporciones, para el análisis de la frecuencia. Resultados: las categorías más frecuentes fueron: b176 (funciones mentales para una secuencia de movimientos complejos), d310 (comunicar y recibir mensajes orales), d330 (hablar) y e 410 (actitudes individuales de miembros de la familia cercana). Los componentes más frecuentes fueron función del cuerpo y actividades / participación, los menos frecuentes, factores ambientales y estructura del cuerpo. Las quejas "aprendizaje y habla" y "dificultades de aprendizaje" fueron las que presentaron más categorías en los componentes. Conclusión: fue posible una identificación de categorías y componentes del CIF, relacionados a la funcionalidad, recurrentes en relatos de la anamnesis fonoaudiológica. De este modo, el resultado amplia la mirada y el cuidado del fonoaudiólogo con la salud del individuo.
Descritores: Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde
Fonoaudiologia
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem
Anamnese
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  8 / 139 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-968628
Autor: Freitas, Nilce Almino; Silva, Ana Valeska Siebra; Brasil, Ana Cristhina de Oliveira; Bastos, Vasco Pinheiro Diógenes; Brasileiro, Ismênia de Carvalho; Fernandes, Lenise Castelo Branco Camurça.
Título: Impacto da violência por arma de fogo em adolescentes e jovens internados em hospital de referência com base na Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde / Impact of violence by firearms on adolescent and young adults hospitalized in a referral hospital based in the International Classification of Functioning, Disability and Health
Fonte: Acta fisiátrica;24(4):193-199, dez. 2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) gera informações em saúde e permite a identificação do impacto na funcionalidade em diferentes situações clínicas, como por exemplo, nas perfurações por arma de fogo (PAF). Objetivo: Descrever o impacto da violência por arma de fogo em adolescentes e jovens internados em hospital de referência terciária em trauma com base na CIF. Método: Trata-se de um estudo descritivo, transversal, quantitativo, realizado de junho a dezembro de 2014, em Fortaleza - CE, Brasil. A amostra foi de 231 participantes, ambos os gêneros, com idade de 12 a 24 anos. Aplicou-se uma lista resumida da CIF em dois momentos, na admissão e alta hospitalar. Resultados: As categorias mais alteradas do componente Atividade e Participação na admissão foram mobilidade (72,27%), interações e relacionamentos interpessoais (65,4%) e autocuidado (37,8%); e do componente Funções do Corpo foram respiratórias (26,71%), sensoriais e dor (25,35%), voz e fala (20,1%), mentais (13,26%), neuromusculoesqueléticas e relacionadas ao movimento (11,04%). Na alta, as categorias mais alteradas do componente Atividade e Participação foram interações e relacionamentos interpessoais (64,5%), mobilidade (36,79%) e autocuidado (29,29%); e do componente Funções do Corpo foram sensoriais e dor (23,38), voz e fala (16,8%), mentais (13,26%), neuromusculoesqueléticas e relacionadas ao movimento (10,45%), e do sistema respiratório (5,05%). Categorias relacionadas à mobilidade e respiração foram as que demonstraram maiores percentuais de melhora na alta, enquanto as funções sensoriais e atividades relativas à interação interpessoal foram as que indicaram menor percentual de melhora. Conclusão: Esta classificação possibilitou traçar um perfil de funcionalidade destes indivíduos e codificar a informação por meio da CIF, detectando-se o risco de incapacidade funcional no momento da admissão e da alta, elementos decisivos para a resolução das realidades clínicas

The International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) gathers health related information and allows identification of the impact over functionality in different clinical situations, such as those caused by firearms injuries. Objective: The objective of the study was to, per ICF, describe the impact of violence caused by firearms over hospitalized adolescents and young adults at a tertiary referral trauma hospital. Method: This is a descriptive, cross-sectional, quantitative study, conducted from June to December 2014, in Fortaleza-CE, Brazil. The sample consisted of 231 participants of both sexes, aging from 12 to 24 years. A reduced list of ICF scales were applied in two moments, at admission and at discharge. Results: At admission, the most compromised categories of Activity and Participation components were mobility (72.27%), interpersonal interactions and relationships (65.4%) and self-care (37.8%); Body component and respiratory functions were (26.71%), and sensory pain (25.35%), voice and speech (20.1%), mental (13.26%) and neuromusculoskeletal (11,04%). At discharge, the most altered categories of Activity and Participation component were interactions relationships (64.5%), mobility (36.79%) and self-care (29.29%). Regarding the Body Functions component, sensory functions and pain (23.38), voice and speech functions (16.8%), mental functions (13.26%), neuromusculoskeletal and movement-related functions (10.45%), and respiratory system (5.05%) were compromised. The categories related to mobility and respiratory system, were those with the highest percentages of improvement at discharge, whereas sensory functions and interpersonal interactions and relationships showed the lowest percentage of improvement. Conclusion: This classification made it possible to trace a functionality profile of these patients and to encode ICF information for detecting the risk of functional impairment at admission and discharge, what is decisive for the resolution of clinical related concerns
Descritores: Violência/psicologia
Ferimentos por Arma de Fogo/psicologia
Perfil de Saúde
-Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde/instrumentação
Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Criança
Adolescente
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 139 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-848853
Autor: Silva, Cássio Magalhães da Silva; Pinto Neto, Abíllio Costa; Nepomuceno Júnior, Balbino Rival Ventura; Teixeira, Helena Pereira; Silveira, César Diniz; Souza-Machado, Adelmir.
Título: Incapacidade funcional de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica através da WHODAS / Assessment of patients with functional chronic obstructive pulmonary disease through WHODAS
Fonte: Acta fisiátrica;23(3):125-129, set. 2016. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: A mensuração das Atividades de vida diária (AVD's) nos paciente com DPOC é um instrumento comumente empregado e amparado pela Classificação Internacional da Funcionalidade (CIF). Objetivo: Avaliar a incapacidade funcional de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) através do World Health Organization Disabilty Assessment Schedule (WHODAS). Métodos: Trata de estudo transversal que avaliou 24 pacientes no início de um programa de reabilitação pulmonar com o questionário WHODAS 2.0. A análise estatística foi descritiva e inferencial com análise do coeficiente de correlação de Spearman com nível de significância de 5%. Resultados: Os dados obtidos com as pontuações totais de domínios e das escalas na avaliação dos pacientes foram comparados pelo teste de Mann-Whitney. Os pacientes apresentaram leve incapacidade funcional. O escore total WHODAS 2.0 foi maior nos menores de 60 anos (35,3 ± 16 vs 14,4 ± 8,6; p = 0,05) e no sexo masculino (12,1 ± 6,7 vs 25,2 ± 15,1; p = 0,03) apresentando maior incapacidade. Houve também correlação entre o domínio "atividades diárias" com o domínio "participação" (r = 0,771; p < 0,001). Conclusão: Foi possível concluir que O WHODAS 2.0 demonstrou-se como um instrumento viável para a avaliação da incapacidade na atividades de vida diária (AVD's) do paciente com DPOC. A mesma revelou que pacientes comunitários fora da crise, apresentam moderada a leve dificuldade desde a mobilidade até sua participação social

Measurement of Activities of daily living (ADLs) in patients with COPD is a commonly used instrument and supported by the International Classification of Functioning (ICF). Objective: Evaluate the functional disability in patients with chronic obstructive pulmonary disease (COPD) by the World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS). Methods: This cross-sectional study that evaluated 24 patients at the beginning of a pulmonary rehabilitation program with WHODAS 2.0 questionnaire. The statistical analysis was descriptive and inferential analysis with the Spearman correlation coefficient with 5% significance level. Results: The data obtained with the total scores of domains and scales in the evaluation of patients were compared using the Mann-Whitney test. Patients had mild functional disability. The total score WHODAS 2.0 was higher in younger than 60 years (35.3 ± 16 vs 14.4 ± 8.6; p = 0.05) and males (12.1 ± 6.7 vs 25.2 ± 15.1; p = 0.03) part will introduce greater disability. There was also a correlation between the domain "daily activities" with the domain "participation" (r = 0.771; p <0.001). Conclusion: The 2.0 WHODAS was rated as a feasible tool for the assessment of disability in activities of daily living (ADL's) of COPD patients. The results also revealed that community patients out of the COPD crisis, have moderate to mild difficulty in mobility to social participation domains
Descritores: Atividades Cotidianas
Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde/instrumentação
Modalidades de Fisioterapia/instrumentação
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica/patologia
-Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 139 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-848794
Autor: Zampieri, Livia Marcello; Santos, Jair Lício; Pfeifer, Luzia Iara.
Título: Validade discriminante do protocolo do desempenho funcional e social de crianças com paralisia cerebral / Discriminant validity of a social and functional performance protocol for children with cerebral palsy
Fonte: Acta fisiátrica;23(2):66-72, jun. 2016. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: A Paralisia Cerebral (PC) engloba um grupo de desordens permanentes do desenvolvimento do movimento e postura, atribuídas a distúrbios não progressivos que ocorrem no desenvolvimento fetal ou cérebro infantil. Como consequências do quadro motor, podem ocorrer prejuízos nas habilidades para as atividades de vida diária, independência da marcha, cuidados de higiene e vestuário, atividades sociais, cognitivas e comportamentais, favorecendo um impacto negativo na saúde e no bem-estar da criança e da família. A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) é um sistema de classificação da função e incapacidade e, por se tratar de uma classificação extensa, existe a possibilidade de se agrupar os códigos mais relevantes para diferentes doenças, formando-se os "Core Sets" e, baseado nesta ideia, foi criado um instrumento nomeado Protocolo de desempenho Social e Funcional de crianças com Paralisia Cerebral (DSF-PC). Objetivo: Avaliar a validade discriminante do protocolo DSF-PC para verificar se o mesmo é sensível às alterações de desempenho funcional e participação social de crianças com paralisia cerebral quando comparadas a crianças com desenvolvimento típico. Métodos: Consistiu na aplicação do protocolo do Desempenho Funcional e Social de crianças com Paralisia Cerebral DFS-PC junto aos cuidadores de crianças com PC e crianças com desenvolvimento típico. Resultados: O DFS-PC é considerado sensível para detectar diferenças entre crianças com PC e crianças com desenvolvimento típico, apresentando diferença significativa em 12 dos 16 domínios através do Teste de Mann-Whitney. Conclusão: Este protocolo é considerado válido e adequado para ser aplicado junto a crianças com Paralisia Cerebral

Cerebral Palsy (CP) encompasses a group of permanent disorders of movement and posture development, attributed to non-progressive damage that occurs during fetal development or in the infant brain. As consequences to the motor skills, there can occur impairments in daily life abilities, interfering in independent ambulation, hygiene, and clothing care, but also in social, behavioral, and cognitive activities, causing a negative impact on the health and welfare of the child and its family. The International Classification of Functioning, Disability, and Health (ICF) is a classification system on functioning and disability and, because it is an extensive and complex classification, there is the possibility of grouping the more relevant codes for distinctive disorders forming the Core Sets. Based upon this idea an instrument named Protocolo de desempenho Social e Funcional de crianças com Paralisia Cerebral (DFS-PC) (Functional and Social Performance Evaluation Protocol for Children with Cerebral Palsy) was created. Objective: To evaluate the discriminant validity of the DFS-PC protocol to verify whether it is sensitive to the functional performance and social participation of cerebral palsy children when compared to typical development children. Method: It consisted in the application of the Functional and Social Performance Evaluation Protocol for Children with Cerebral Palsy (DFS-PC) to the caregivers of CP children and children with typical development. Results: The DFS-PC was considered sensitive to detect differences between CP children and children with typical development, presenting significant differences in 12 of the 16 domains when using the Mann-Whitney Test. Conclusion: This protocol is considered valid and suitable for use within the population of children with cerebral palsy
Descritores: Paralisia Cerebral/fisiopatologia
Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde/instrumentação
-Desenvolvimento Infantil
AMERICAN DENTAL ASSOCIATIONACCESSORY NERVE
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 14 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde