Base de dados : LILACS
Pesquisa : L01.453.245.945.700 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 56 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 56 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1127610
Autor: Palomino Montenegro, María Angélica.
Título: Cómo leer y generar publicaciones científicas: la importancia del título y el resumen de un artículo científico / Scientific communication: the importance of the title and abstract of a scientific paper
Fonte: Neumol. pediátr. (En línea);15(3):379-380, sept. 2020.
Idioma: es.
Resumo: The abstract of a scientific research paper must be well written and reviewed. Sometimes is the only section of a paper that is read, therefore must have the problem, research question, objective, hypothesis, method, results and conclusions, with the limitation of the study. Editors through the abstract deduce what a paper is about and its scientific relevance. The title condenses the paper's content in a few words, must capture the reader's attention and includes patients and methods. Both, the research summary and title of the paper are used for references databases. The paper gives some tips to write a good research abstract and title.

El resumen de un artículo científico debe ser prolíjamente redactado y revisado ya que muchas veces es lo único que se lee. Debe ser específico y representativo del texto, describiendo el problema, el objetivo, la hipótesis, cómo se hizo la investigación y que resultados se obtuvieron con sus conclusiones, mostrando las limitaciones del estudio. El título debe llamar la atención del lector y describir los pacientes y el método en forma breve. Es en base al resumen que editores evaluan la validez y relevancia del artículo científico. El título y resumen es lo que se incorpora en las bases de datos bibliográficas. En este artículo se describen los pasos para la redacción de un resumen de un buen artículo científico.
Descritores: Publicações Periódicas como Assunto
Projetos de Pesquisa/normas
Pesquisa Biomédica
Indexação e Redação de Resumos/normas
-Descritores
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  2 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-636723
Autor: Iglesias Gamarra, Antonio; Matteson, Eric L; Restrepo, José Félix.
Título: Small vessel vasculitis History, classification, etiology, histopathology, clinic, diagnosis and treatment / Vasculitis de pequeños vasos Historia, clasificación, etiología, histopatología, clínica, diagnóstico y tratamiento
Fonte: Rev. colomb. reumatol;14(3):187-205, sep. 2007. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Small-vessel vasculitis is a convenient descriptor for a wide range of diseases characterized by vascular inflammation of the venules, capillaries, and/or arterioles with pleomorphic clinical manifestations. The classical clinical phenotype is leukocytoclastic vasculitis with palpable purpura, but manifestations vary widely depending upon the organs involved. Histopathologic examination in leukocytoclastic vasculitis reveals angiocentric segmental inflammation, fibrinoid necrosis, and a neutrophilic infiltrate around the blood vessel walls with erythrocyte extravasation. The etiology of small-vessel vasculitis is unknown in many cases, but in others, drugs, post viral syndromes, malignancy, primary vasculitis such as microscopic polyarteritis, and connective tissue disorders are associated. The diagnosis of small-vessel vasculitis relies on a thorough history and physical examination, as well as relevant antibody testing including antinuclear antibody and antineutrophil cytoplasmic antibody, hepatitis B and C serologies, assessment of complement, immunoglobulins, blood count, serum creatinine, liver function tests, urinalysis, radiographic imaging, and biopsy. The treatment is based primarily on corticosteroid and immunosuppressive agents.

El término vasculitis de pequeños vasos describe a un grupo de enfermedades caracterizadas por inflamación de vénulas, capilares y/o arteriolas con manifestaciones clínicas pleomórficas. El fenotipo clínico clásico es la vasculitis leucocitoclástica con púrpura palpable, pero con manifestaciones que varían ampliamente dependiendo del órgano comprometido. La histología en la vasculitis leucocitoclástica revela una inflamación segmentaria angiocéntrica, necrosis fibrinoide e infiltrado neutrofílico alrededor de los vasos sanguíneos, con extravasación de eritrocitos. La etiología de las vasculitis de pequeños vasos es desconocida, en muchos casos, pero en otros se ha asociado con drogas, síndromes post virales, neoplasias, vasculitis primarias como la poliarteritis microscópica, y enfermedades del tejido conjuntivo. El diagnóstico de las vasculitis de pequeños vasos se basa en la historia clínica y el examen físico, así como con estudio de anticuerpos como los anticuerpos antinucleares y los anticuerpos contra el citoplasma de los neutrófilos, serología de hepatitis B y C, determinación de inmunoglobulinas, complemento, creatinina sérica, función renal, urianálisis, estudios de imágenes y biopsia. El tratamiento se basa primariamente en el uso de corticosteroides e inmunosupresores.
Descritores: Vasculite
Vasos Sanguíneos
Diagnóstico
-Sinais e Sintomas
Descritores
Terapêutica
Registros Médicos
Doenças do Tecido Conjuntivo
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO356.9


  3 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Cordas, Taki Athanassios
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-827
Autor: Brito, Maria José Azevedo de; Nahas, Fábio Xerfan; Cordás, Táki Athanássios; Felix, Gabriel de Almeida Arruda; Sabino Neto, Miguel; Ferreira, Lydia Masako.
Título: Compreendendo a psicopatologia do transtorno dismórfico corporal de pacientes de cirurgia plástica: resumo da literatura / Understanding the psychopathology of body dysmorphic disorder in cosmetic surgery patients: a literature review
Fonte: Rev. bras. cir. plást;29(4):599-689, 2014. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: Indivíduos com Transtorno Dismórfico Corporal (TDC) buscam a cirurgia estética para corrigir um defeito percebido. A prevalência de TDC entre pacientes de cirurgia plástica varia de 6% a 24%, podendo chegar a 53%. Recentemente, estudos foram realizados para identificar a fisiopatologia dos sintomas de TDC através de neuroimagem, assim como a relação entre TDC e outros transtornos (por exemplo, transtorno obsessivo-compulsivo, anorexia nervosa, ansiedade social, e transtorno de somatização), e para distinguir convicções delirantes de não-delirantes como uma expressão de um único transtorno mental com diferentes níveis de gravidade. Entretanto, estudos retrospectivos sugerem que pacientes com TDC não se beneficiam com cirurgia plástica. O objetivo deste artigo foi fornecer uma visão geral da pesquisa atual sobre TDC e identificar características psicopatológicas do TDC em pacientes de cirurgia plástica. MÉTODO: Realizou-se uma busca nas bases de dados PubMed e Embase cruzando as palavas-chave "cirurgia plástica" "cirurgia estética" e "transtorno dismórfico corporal". RESULTADOS: A prevalência de TDC é alta entre pacientes de cirurgia plástica. Não há estudos prospectivos sobre o impacto da cirurgia plástica em pacientes com TDC. CONCLUSÃO: TDC precisa ser adequadamente identificado na seleção de pacientes para cirurgia plástica a fim de otimizar a gestão de atendimento e a qualidade de vida de pacientes com TDC.

INTRODUCTION: Individuals with Body Dysmorphic Disorder (BDD) may seek cosmetic surgery to correct a perceived defect. BDD prevalences ranging from 6% to 24% and up to 53% have been reported among cosmetic surgery patients. Recent studies have been conducted to identify the pathophysiology of BDD symptoms using neuroimaging, as well as the relationship of BDD to other disorders (e.g., obsessive-compulsive disorder, anorexia nervosa, social anxiety, and somatization disorder), and means to distinguish delusional from non-delusional beliefs as an expression of a single mental disorder at different severity levels. Retrospective studies have however suggested that BDD patients do not benefit from cosmetic surgery. This paper aimed at providing an overview of the current research on BDD and identifying psychopathological characteristics of BDD in cosmetic surgery patients. METHODS: The PubMed and Embase databases were searched by crossing the keywords "plastic surgery", "aesthetic surgery" and "body dysmorphic disorder". RESULTS: The prevalence of BDD was high among cosmetic surgery patients. No prospective studies were found on the impact of cosmetic surgery on BDD patients. CONCLUSION: BDD needs to be adequately assessed during patient selection for cosmetic surgery to optimize the quality of care provided and the quality of life of patients with BDD.
Descritores: Autoimagem
Descritores
Cirurgia Plástica
Imagem Corporal
Anorexia Nervosa
Estudos Retrospectivos
Medical Subject Headings
Transtornos Dismórficos Corporais
Transtornos Mentais
Transtorno Dissociativo de Identidade
-Cirurgia Plástica/métodos
Imagem Corporal/psicologia
Anorexia Nervosa/fisiopatologia
Anorexia Nervosa/patologia
Anorexia Nervosa/psicologia
Medical Subject Headings/história
Transtornos Dismórficos Corporais/cirurgia
Transtornos Dismórficos Corporais/patologia
Transtornos Dismórficos Corporais/psicologia
Transtornos Mentais/fisiopatologia
Transtornos Mentais/patologia
Transtornos Mentais/psicologia
Transtorno Dissociativo de Identidade/patologia
Transtorno Dissociativo de Identidade/psicologia
Limites: Humanos
História do Século XXI
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  4 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-354872
Autor: Nobre, Moacyr Roberto Cuce; Bernardo, Wanderley Marques; Jatene, Fabio Biscegli.
Título: A prática clínica baseada em evidências. Parte I: questões clínicas bem construídas / Evidence based clinical practice. Part 1: well structured clinical questions
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);49(4):445-449, 2003. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Na prática diária as decisões tomadas para resolver o problema do paciente são usualmente baseadas na aplicação consciente da informação avaliável por regras explicitamente definidas. A prática clínica baseada em evidências leva em consideração o reconhecimento dos conhecimentos explícitos e tácitos, entendendo que é impossível tornar explícito todos os aspectos da competência profissional. A dúvida passa a fazer parte do processo de decisão, inicialmente na identificação dos componentes inconscientes envolvidos, e em seguida na análise do conhecimento explícito utilizado nesse processo. Ao elaborarmos uma questão clínica estruturada e que possa ser respondida, devemos lembrar que essa dúvida pode estar relacionada a aspectos básicos e de definição da doença ou relacionada ao atendimento do paciente, como em diagnóstico, terapêutica ou prognóstico. Ao longo de nossa vida médica, ambos os tipos de questões estão presentes, variando na proporção em que nossa experiência aumenta à medida do tempo de prática clínica. O processo de encontrar resposta apropriada à dúvida surgida no atendimento depende da forma como estruturamos as partes deste processo. A forma preconizada é conhecida pela sigla PICO. formada por P de paciente ou população, I de intervenção ou indicador, C de comparação ou controle e O de "outcome", que na língua inglesa significa desfecho clínico, resultado, ou por fim, a resposta que se espera encontrar nas fontes de informação científica. Esta é a primeira condição básica para que a nossa busca possa ser bem sucedida, a segunda é encontrar as palavras-chaves que melhor descrevem cada uma destas quatro características da questão. Sem estes cuidados as pesquisas em bases de dados informatizadas costuma resultar em ausência de informação ou em quantidade muito grande de informação que não está relacionada com o nosso interesse
Descritores: Tomada de Decisões
Medicina Baseada em Evidências
Armazenamento e Recuperação da Informação
Assistência ao Paciente
-Armazenamento e Recuperação da Informação/normas
Inquéritos e Questionários
Descritores
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-114975
Autor: Leal, Carmen Sylvia Arantes; Cerqueira, Lourdes Torres de; Pinheiro, Maria Rosa de Souza.
Título: Tesauro de Enfermagem.
Fonte: s.l; Universidade de Säo Paulo.Escola de Enfermagem.Serviço de Biblioteca e Documentaçäo; 1990. 48 p.
Idioma: pt.
Descritores: Descritores
Enfermagem
-Brasil
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1/Z-WY22*LETE


  6 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Rocha, Marly Theoto
Id: lil-124507
Autor: Rocha, Marly Theoto.
Título: Construçäo de uma base de dados particular informatizada / Development of a personal computerized data base
Fonte: Rev. paul. enferm;11(2):64-8, maio-ago. 1992. tab.
Idioma: pt.
Resumo: É relatada a experiência de construçäo de uma base de dados informatizada, particular, cujo conteúdo säo as referências bibliográficas sobre Informática e Enfermagem. Säo apresentadas e discutidas as vantagens e desvantagens de uma base particular de referências, o software utilizado e os problemas relacionados à indexaçäo dos artigos na base.
Descritores: Descritores
Processamento Eletrônico de Dados
Bases de Dados Bibliográficas
-Software
Brasil
Enfermagem
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  7 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Sousa, Fátima Aparecida Emm Faleiros
Texto completo
Id: lil-239263
Autor: Pereira, Lilian Varanda; Sousa, Fátima Aparecida Emm Faleiros.
Título: Estimaçäo em categorias dos descritores da dor pós-operatória / Category estimation of the postoperative pain descriptors
Fonte: Rev. latinoam. enferm;6(4):41-8, out. 1998. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Neste estudo investigamos a linguagem utilizada por enfermeiros na caracterizaçäo da dor pós-operatória. Foi elaborado um instrumento contendo, inicialmente, 308 descritores de dor. Este foi analisado quanto à validade aparente e de conteúdo. Após essa análise, com 119 descritores, aplicamos o instrumento para 116 enfermeiros. Foi utilizado o método de estimaçäo em categorias, com escores variando de 1 a 7. Foram calculados a média aritmética e o desvio-padräo dos escores obtidos. Os descritores de maior atribuiçäo, em ordem decrescente, foram: intensa, forte, aguda insuportável e contínua e os de menor atribuiçäo foram: circulante, assaltante, circular, vagarosa e formidável.
Descritores: Descritores
Dor Pós-Operatória
-Medição da Dor
Limites: Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  8 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Sousa, Fátima Aparecida Emm Faleiros
Texto completo
Id: lil-545428
Autor: Sousa, Fátima Aparecida Emm Faleiros; Pereira, Lilian Varanda; Cardoso, Roberta; Hortense, Priscilla.
Título: Multidimensional pain evaluation scale / Escala multidimensional de avaliação de dor (EMADOR) / Escala multidimensional de evaluación del dolor (EMEDOR)
Fonte: Rev. latinoam. enferm;18(1):03-10, Jan.-Feb. 2010. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: This study developed a pain evaluation scale and validated it for the Portuguese language. Development of the inventory - 308 readily available pain descriptors - were searched in international literature and validated by six judges. One hundred descriptors of acute pain and 100 descriptors of chronic pain were found, which were used in the next stage. Statistical validation - 493 health professionals and 146 patients experiencing acute and chronic pain participated in the study. Instructions, pain descriptors and respective definitions, pen and measuring tape were provided to participants. Psychophysical methods were used to establish categories, magnitude and cross-modality matching using line-length. Results revealed the ranking of the most frequently used descriptors of acute and chronic pain, with power equal to 0.99, close to the predicted (one), using line-length estimations. The Multidimensional Pain Evaluation Scale is thus validated for the Portuguese language.

Os objetivos deste estudo foram elaborar escala de avaliação de dor e validá-la para a língua portuguesa. Elaboração de inventário - foram pesquisados 308 descritores de dor da literatura mundial e, a partir desses, seis juízes realizaram a validação aparente e de conteúdo. Como resultados foram encontrados 100 descritores de dor aguda e 100 de crônica, os quais foram utilizados na próxima etapa. Validação estatística - participaram 493 profissionais da saúde e 146 portadores de dor aguda e de crônica. Usou-se, como material, instruções aos participantes, descritores de dor e suas definições, caneta e trena. Foram utilizados métodos psicofísicos: estimação de categorias, estimação de magnitudes e emparelhamento intermodal com modalidade em comprimento de linhas. Os resultados mostram escalonamento dos descritores de maior caracterização para a dor aguda e para a dor crônica, tendo sido encontrado expoente igual a 0,99, próximo ao predito (um) ao utilizar comprimentos de linhas e estimativas numéricas. Foi validada para a língua portuguesa a Escala Multidimensional de Avaliação de Dor (EMADOR).

Los objetivos de este estudio fueron elaborar una escala de evaluación del dolor y validarla para la lengua portuguesa. Elaboración de inventario - fueron investigados 308 descriptores del dolor en la literatura mundial y, a partir de estos, seis jueces realizaron la validación aparente y de contenido. Como resultados fueron encontrados 100 descriptores del dolor agudo y 100 del crónico, los cuales fueron utilizados en la próxima etapa. Validación estadística - participaron 493 profesionales de la salud y 146 portadores de dolor agudo y de crónico. Se usó, como material, instrucciones a los participantes, descriptores de dolor y sus definiciones, lápiz y cinta de medir. Fueron utilizados métodos psicofísicos: estimación de categorías, estimación de magnitudes y emparejamiento intermodal con modalidad en largo de líneas. Los resultados muestran escalonamiento de los descriptores de mayor caracterización para el dolor agudo y para el dolor crónico, fue encontrado exponente igual a 0,99, próximo al predicho (uno) al utilizar el largo de líneas y estimativas numéricas. Fue validado para la lengua portuguesa la Escala Multidimensional de Evaluación del Dolor (EMEDOR).
Descritores: Medição da Dor/métodos
-Doença Aguda
Doença Crônica
Idioma
Portugal
Psicofísica
Descritores
Estudos de Validação como Assunto
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Sousa, Fátima Aparecida Emm Faleiros
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: lil-463926
Autor: Pereira, Lilian Varanda; Sousa, Fátima Aparecida Emm Faleiros.
Título: Categorization of postoperative pain descriptors in the sensitive, affective and evaluative dimensions of painful experiences
Fonte: Rev. latinoam. enferm;15(4):563-567, jul.-ago. 2007. tab.
Idioma: en.
Resumo: The main purpose of this study was categorizing 20 descriptors of post-operative pain sensory, affective and evaluative dimensions. Sixty-one physicians participated. They were between 24 and 63 years old and categorized 20 descriptors by considering their level of attribution in the description of post-operative pain sensory, affective and evaluative qualities. The categorization showed that the most frequently attributed descriptors of sensitive pain qualities were: lacerating, unbearable, fulminating, intense and deep; and, for the affective qualities: hallucinating, annihilating, maddening, despairing, inhuman, blinding, terrible, monstrous and dreadful; whereas for the evaluative qualities, they were: unbearable, strong, intense and violent. The most frequently attributed descriptors in the description of post-operative pain are those mostly judged adequate to describe the affective qualities of this experience.

El principal objetivo de este estudio fue caracterizar los 20 descriptores del dolor postoperatorio en las dimensiones sensorial, afectiva y evaluadora del dolor. Participaron 61 médicos, con edad entre 24 y 63 años, que caracterizaron 20 descriptores, considerando el grado de atribución de los mismos en la descripción de las calidades sensoriales, afectivas y evaluadoras del dolor. Los resultados mostraron que, entre los 20 descriptores juzgados por los médicos, la categorización mostró que los de mayor atribución en la descripción de las calidades sensoriales del dolor fueron: dilacerante, insufrible, fulminando, intenso profundo; de las calidades afectivas fueron: alucinando, aniquilador, enloquecedor, desesperador, desumano, deslumbrando, terrible, monstruoso y pavoroso, y de las calidades evaluadoras: insufrible, fuerte, intenso y violento. Los descriptores de mayor atribución en la descripción del dolor postoperatorio describen, en su mayoria, calidades afectivas de esa experiencia.

O objetivo do estudo foi categorizar 20 descritores da dor pós-operatória, considerando a adequação deles para descrever a experiência dolorosa em suas dimensões sensitiva, afetiva e avaliativa. Participaram 61 cirurgiões e anestesistas, de ambos os sexos, com idades de 24 a 63 anos, os quais julgaram os descritores pelo método de Estimação de Categorias, utilizando Escala Numérica de 7 pontos. Os descritores julgados como os mais adequados para descrever a dor pós-operatória na dimensão sensitiva, considerando a mediana dos escores, foram: dilacerante, insuportável, fulminante, intensa e profunda; na dimensão afetiva foram: alucinante, aniquiladora, enlouquecedora, desesperadora, desumana, que cega, terrível, monstruosa e pavorosa e aqueles com maior mediana na dimensão avaliativa: insuportável, forte, intensa e violenta. Os descritores de maior atribuição na descrição da dor pós-operatória foram, em sua maioria, julgados como adequados para descrever a dimensão afetiva dessa experiência.
Descritores: Descritores
Dor Pós-Operatória
Medição da Dor
Limites: Humanos
Animais
Masculino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  10 / 56 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-24869
Autor: Leal, Carmen Sylvia; Cerqueira, Lourdes Torres de; Pinheiro, Maria Rosa Souza.
Título: Um "thesaurus" em portugues para a enfermagem. / A thesaurus in portuguese for nursing
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;18(2):191-3, ago. 1984.
Idioma: pt.
Descritores: Descritores
Enfermagem
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde