Base de dados : LILACS
Pesquisa : L01.559.423.796 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 308 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 31 ir para página                         

  1 / 308 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-912892
Autor: Sangiorgio, Joao Paulo Menck; Araujo, Patricia Medeiros; Navarro, Camila Hirata; Zen, Igor Renan; Costa, Silvano Cesar da; Ribeiro, Patricia Helena Vivan; Ferelle, Antonio; Dezan-Garbelini, Cássia Cilene.
Título: Dental Environment Stress: Findings among Lusophone Dental Students
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;16(1):411-424, jan.-dez. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective: To perform cross-cultural adaptation of the Dental Environment Stress (DES), to test its construct validity and reliability, and to identify the sources of stress among Brazilian dental students. Material and Methods: The DES was transculturally adapted to Portuguese using translation/back-translation, review by an expert bilingual committee and consensus building. The first version was tested in a sample of 42 dental students to check the understanding level of the alternatives. The final version was applied to all the students enrolled in a Brazilian Public Dental School. Construct validity was assessed through factor analysis, performed by principal components analysis and Varimax rotation and reliability by internal Cronbach's alpha coefficient (95% CI). Wilcoxon rank sum was conducted to test for gender and Kruskall-Wallis for year comparison. Multivariate analysis relied on ordinal logistic regression modeling. Results: Factor analysis revealed five factors that possessed eigenvalues greater than 1.5 and together explained 46.88% of the total variance. Internal consistency of each factor was adequate, with Cronbach's alpha ranging from 0.65 to 0.84. 'Examinations and grades' (82.80%) was the highest scored item. Females presented higher rates, as well as second's and fifth's years students. The entering students were generally concerned with factors related to "Academic Performance", whereas clinical year students with "Insecurity Concerning their Professional Future". Conclusion: The Portuguese version of the DES presented good results, thus it could be a valid instrument to assess the factors of perceived stress in Lusophone countries, subsidizing the development of strategies to minimize the stress and optimize school performance.
Descritores: Brasil
Análise do Estresse Dentário
Estudantes de Odontologia
Tradução
-Inquéritos e Questionários
Estatísticas não Paramétricas
Análise Multivariada
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1822.9 - Associação de Apoio à Pesquisa em Saúde Bucal


  2 / 308 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Silva, Silvio Rocha Corrêa da
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-911057
Autor: Tagliaferro, Elaine Pereira da Silva; Ridolfi, Luana Moreira Loures; Matos, Mariana de; Rosell, Fernanda Lopez; Valsecki Junior, Aylton; Silva, Silvio Rocha Correa da; Gordan, Valéria Veiga.
Título: Tradução e adaptação brasileira do questionário "Assessment of caries diagnosis and caries treatment" / Translation and Brazilian adaptation of the "Assessment of caries diagnosis and caries treatment questionnaire"
Fonte: Arq. odontol;53:1-15, jan.-dez. 2017. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: O objetivo deste estudo foi traduzir e realizar a adaptação transcultural do questionário "Assessment of Caries Diagnosis and Caries Treatment", da Dental Practice Based Research Network (DPBRN), para a língua portuguesa do Brasil. Métodos: O questionário sobre a prática odontológica relacionada ao diagnóstico, prevenção, tratamento e avaliação de risco de cárie passou por tradução e adaptação cultural seguindo critérios pré-estabelecidos: tradução inicial, retrotradução e comitê de revisão. No pré-teste, o questionário foi preenchido por 21 cirurgiões-dentistas (CDs), cuja finalidade foi identificar erros, desvios das traduções e compreensão das perguntas. Após uma semana, 17 CDs preencheram o questionário novamente para avaliar a reprodutibilidade pelo teste de correlação intra-classe. Resultados: A etapa de tradução mostrou que os termos/sentenças traduzidos de forma destoante pelos diferentes pesquisadores eram, na verdade, sinônimos, e indicaram que o processo de tradução foi facilmente realizado. Em relação à compreensão do questionário, 95% (n=20) dos CDs não mostraram dúvida/dificuldade ao preenchê-lo. Os dados de reprodutibilidade mostraram que 42% (n=22) das questões apresentaram correlação satisfatória e 58% (n=31) correlação excelente. Conclusão: Conclui-se que o processo de tradução e adaptação cultural do questionário foi realizado de forma satisfatória e que a versão brasileira do questionário foi facilmente compreendida pela população estudada.(AU)

Aim: The aim of this study was to translate and cross-culturally adapt the "Assessment of Caries Diagnosis and Caries Treatment" questionnaire from the Dental Practice Based Research Network (DPBRN) into Brazilian Portuguese. Methods: The questionnaire on dental practices related to diagnosis, prevention, treatment, and caries risk assessment underwent translation and cross-cultural adaptation following pre-established criteria: initial translation, back-translation, and committee review. During the pre-test, the questionnaire was filled out by 21 dentists in order to evaluate mistakes, to find deviations in the translations, and to identify the comprehension of the questions. After one week, 17 dentists filled out the questionnaires again to evaluate their reliability by means of the intra-class correlation test. Results: The translation process showed that the term/sentences translated differently by distinct researchers were synonyms and indicated that the process was easily performed. Regarding the comprehension of the questionnaire, 95% (n=20) of the dentists showed no doubts / difficulty when filling it out. Reliability data showed that 42% (n=22) of the questions showed a satisfactory correlation, while 58% (n=31) showed an excellent correlation. Conclusion: In conclusion, the translation and cross-cultural adaptation process of the questionnaire was performed satisfactorily, and the Brazilian version of the questionnaire was easily understood by the studied population.(AU)
Descritores: Inquéritos e Questionários
Tradução
Transculturação
Cárie Dentária
Odontólogos
-Características Culturais
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  3 / 308 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-910510
Autor: Carvalho, Thaís Ramos de; Barham, Elizabeth Joan; Souza, Carolina Duarte de; Böing, Elisangela; Crepaldi, Maria Aparecida; Vieira, Mauro Luís.
Título: Cross-cultural adaptation of an instrument to assess coparenting: Coparenting Relationship Scale / Adaptação transcultural de um instrumento para avaliar a coparentalidade: Coparenting Relationship Scale / Adaptación transcultural de un instrumento para evaluar coparentalidad: Coparenting Relationship Scale
Fonte: Psico USF;23(2):215-227, 2018. tab, il.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).
Resumo: Coparenting refers to mothers and fathers articulating their efforts to raise their children. Currently, there are no instruments to measure this construct in Brazil. In this study, the adequacy of a cross-cultural adaptation of the Coparenting Relationship Scale (CRS) (Escala da Relação Coparental - ERC) was evaluated, examining evidence of semantic, conceptual, cultural, idiomatic, operational and measurement equivalence, and face validity. Two independent research groups adapted the CRS and then produced a unified version, completed by 171 couples with at least one child between 4 to 6 years of age. The precision of the subscales, measured using Cronbach's alpha, varied between .16 ­ .83. Four subscales had good precision in the Brazilian sample, but the precision of the "Division of Labor", "Coparenting Closeness", and "Coparenting Agreement" subscales needs to be improved and additional evidence of the validity of this instrument must be examined, so the CRS can be used in Brazil. (AU)

A coparentalidade envolve a articulação entre mães e pais para criar os filhos. Ainda não existem instrumentos para mensurar este construto, no Brasil. Nesse estudo, foi verificada a adequação de uma adaptação transcultural do Coparenting Relationship Scale (CRS) (Escala da Relação Coparental - ERC), por meio da avaliação das equivalências semântica, conceitual, cultural, idiomática, operacional e de mensuração e da validade aparente. Dois grupos de pesquisa independentes adaptaram a CRS e, depois, produziram uma versão unificada, respondida por 171 casais, com pelo menos um filho de 4 a 6 anos. Os índices de precisão, mensurados por meio do alfa de Cronbach para cada subescala, variaram entre 0,16 e 0,83. Quatro subescalas apresentaram boa precisão de mensuração da coparentalidade no contexto brasileiro, mas será necessário reformular as subescalas "Divisão de Tarefas", "Proximidade Coparental" e "Concordância Coparental", além de avaliar evidências adicionais de validade, para que a ERC possa ser usada no Brasil. (AU)

La coparentalidad implica articulación entre madres y padres para criar a los hijos. Todavía en Brasil no existen instrumentos para medir este constructo. En este estudio fue verificada la adecuación de una adaptación transcultural del Coparenting Relationship Scale (CRS) (Escala da Relação Coparental - ERC), por medio de evaluación de equivalencias semántica, conceptual, cultural, idiomática, operativa, de medición y validez aparente. Dos grupos de investigación independientes adaptaron CRS y, después, produjeron una versión unificada, respondida por 171 parejas con por lo menos un hijo de 4 a 6 años. Los índices de precisión, medidos por medio de alfa de Cronbach para cada subescala, oscilaron entre 0,16 y 0,83. Cuatro subescalas presentaron buena precisión de medición de coparentalidad en el contexto brasileño, pero será necesario reformular las subescalas "División de Tareas", "Proximidad Coparental" y "Concordancia Coparental", además de evaluar evidencias adicionales de validez, para que la ERC pueda ser utilizada en Brasil. (AU)
Descritores: Relações Pais-Filho
Poder Familiar
Reprodutibilidade dos Testes
-Tradução
Comparação Transcultural
Limites: Seres Humanos
Pré-Escolar
Criança
Adulto
Tipo de Publ: Estudos de Validação
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  4 / 308 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Carvalho, Zuila Maria de Figueirêdo
Texto completo
Id: biblio-909033
Autor: Ximenes, Raelly Ramos Campos; Carvalho, Zuila Maria de Figueiredo; Coutinho, Janaina Fonseca Victor; Braga, Deyse Cardoso de Oliveira; Coelho, Joyce Miná Albuquerque; Studart, Rita Mônica Borges.
Título: Adaptação transcultural e validação do Intermittent Self-Catheterization Questionnaire / Cross-cultural adaptation and validation of the Intermittent Self-Catheterization Questionnaire
Fonte: Rev Rene (Online);19:e3315, jan. - dez. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: adaptar transculturalmente e validar o conteúdo do Intermittent Self-Catheterization Questionnaire para língua portuguesa. Métodos: estudo metodológico envolvendo a validação transcultural, conduzido em cinco fases: tradução inicial, síntese da tradução, tradução de volta à língua original, revisão por comitê de juízes, pré-teste da versão final, com 30 pessoas com lesão medular traumática que realizavam autocateterismo, e a validação de conteúdo com 17 juízes. Resultados: foram realizadas alterações na versão em português do Intermittent Self-Catheterization Questionnaire quanto ao aspecto semântico, idiomático, experimental e conceitual. O pré-teste revelou que os itens da versão traduzida e adaptada eram de fácil compreensão e interpretação. O Índice de Validação de Conteúdo foi 0,92. Conclusão: o Intermittent Self-Catheterization Questionnaire, versão traduzida foi adaptado transculturalmente para o português brasileiro e validado com Índice de Validação de Conteúdo satisfatório, sendo considerado válido para verificar a qualidade de vida das pessoas com afecções neurológicas que realizam autocateterismo urinário. (AU)
Descritores: Tradução
Estudos de Validação
Traumatismos da Medula Espinal
Cateterismo Urinário
Enfermagem
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 308 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-908418
Autor: Oliveira Júnior, Carlos Roberto; Machado, Daniel Rodrigues; Santos, Franklin Santana; Silva, José Vitor da; Domingues, Elaine Aparecida Rocha.
Título: Adaptação transcultural da Collett-Lester Fear of Death Scale à realidade brasileira / Adaptación transcultural de Collett-Lester Fear of Death Scale a la realidad brasileña / Cross cultural adaptation of Collett-Lester Fear of Death Scale to the brazilian reality
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);10(1):210-216, jan.-mar. 2018. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: to accomplish the cultural adaptation of Collett-Lester Fear of Death Scale (CL-FODS). Methods: This is a methodological and descriptive study. The Fear of Death Scale was originally developed in the United States and validated in different cultural contexts. The original version of the CL-fods is composed of 28 items grouped into four dimensions. This scale is designed to evaluate the fear of death and dying. Results: To get the first version was held its translation into Portuguese separately by three experts in English. The first version was submitted to the body of five judges for the “Assessment of Equivalence Semantics and Idiomatic” from which it obtained the second version, which was submitted to the second five panel of judges for the “Evaluation of Conceptual Equivalence and Cultural” (third version). Following developed the Focus Group, in which the CL-FODS was analyzed by community representatives of both genders, different age groups and levels of education, establishing the fourth version, which was submitted to back-translation and sent to author of the original version of the scale. After the suggested by him, reached to the final version of CL-FODS. Conclusion: According to the developed methodological steps, it is considered this instrument properly adapted to the Brazilian culture.

Objetivo: realizar la adaptación de trans-cultural de la Collett-Lester Fear of Death Scale (CL-FODS) - Escala de Miedo de la Muerte de Collett-Lester (EMMCL). Métodos: Se trata de un estudio metodológico y descriptivo. La Escala de Miedo a la muerte fue originalmente desarrollado en los Estados Unidos de América y validado en diferentes contextos culturales. La versión original de CL-fods se compone de 28 items agrupados en cuatro dimensiones. Esta escala está diseñada para evaluar el miedo a la muerte y del morir. Resultados: Para comprar la primera versión, su traducción al portugués se realizó por separado por tres expertos en Inglés. La primera versión fue presentada a un comité de cinco jueces para la “Evaluación de los equivalencia semántica e idiomática” cuando se obtuvo la segunda la versión que fue presentada al segundo grupo de cinco jueces para la “Evaluación de las equivalencias Conceptual y Cultural” (tercera versión). A continuación, se desarrolló el grupo focal, en el que el EMMCL fue analizado por representantes de la comunidad, de ambos sexos, diferentes edades y niveles de educación, obteniendo la creación de la cuarta versión, que se sometió a back-translation que fue enviada al autor de la versión original de la escala. Después de arreglar los ajustes sugeridos por él, se llegó a la versión final de EMMCL. Conclusión: De acuerdo con los pasos metodológicos desarrollados, se considera la presente escala correctamente adaptada a la cultura brasileña.

Objetivo: realizar a adaptação transcultural da Collett-Lester Fear of Death Scale (CL-FODS) – Escala de Medo da Morte de Collett-Lester (EMMCL). Métodos: Trata-se de um estudo metodológico e descritivo. A escala de Medo da Morte foi originalmente elaborada nos Estados Unidos da América e validada em diversos contextos culturais. A versão original da CL-FODS está constituída por 28 itens agrupados em quatro dimensões. Essa escala é destinada a avaliação do medo da morte e do morrer. Resultados: Para se adquirir a primeira versão, foi realizada a sua tradução para a língua portuguesa, separadamente, por três peritos em inglês. A primeira versão foi submetida ao corpo de cinco juízes para a “Avaliação das Equivalências Semântica e Idiomática” da qual se obteve a segunda versão, que foi submetida ao segundo grupo de cinco juízes para a “Avaliação das Equivalências Conceitual e Cultural” (terceira versão). A seguir desenvolveu-se o Grupo Focal, no qual a EMMCL foi analisada por representantes da comunidade, de ambos os gêneros, diferentes faixas etárias e graus de escolaridade, estabelecendo-se a quarta versão, que foi submetida à back-translation e enviada ao autor da versão original da escala. Após os ajustes sugeridos por ele, alcançou-se a versão final da EMMCL. Conclusão: De acordo com as etapas metodológicas desenvolvidas, considera-se o presente instrumento devidamente adaptado à cultura brasileira.
Descritores: Comparação Transcultural
Assistência à Saúde Culturalmente Competente/métodos
Tradução
Traduções
Atitude Frente à Morte
Escala de Avaliação Comportamental
-Brasil
Limites: Masculino
Feminino
Seres Humanos
Responsável: BR1208.1 - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  6 / 308 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Alexandre, Neusa Maria Costa
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-907982
Autor: Schumaher, Mayara Larissa Nilsen; Alexandre, Neusa Maria Costa.
Título: Tradução e adaptação transcultural do psychological empowerment instrument para o contexto brasileiro / Translation and cultural adaptation of the psychological empowerment instrument for the Brazilian context / Traducción y adaptación cultural del instrumento de epoderamiento psicológico al contexto brasileño
Fonte: REME rev. min. enferm;21:[1-9], 2017. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Empoderamento psicológico está relacionado a uma sensação de motivação referente ao ambiente de trabalho. É um processo pelo qual os trabalhadores ganham o controle, expressam e satisfazem suas necessidades e são capazes de identificar, analisar e propor soluções aos problemas relacionados ao trabalho. Estudos comprovam que quando utilizado nos ambientes de trabalho de enfermagem, proporcionam resultados positivos, como: o aumento da satisfação no trabalho, comprometimento organizacional e redução do Burnout. O Psychological Empowerment Instrument (PEI) é um instrumento que avalia uma medida multidimensional de empoderamento psicológico no contexto do trabalho. Trata-se de um questionário composto de 12 itens e subdivido em quatro domínios (significado, competência, autodeterminação e impacto) com uma escala de medida do tipo Likert. Objetivo: discutir a importância da aplicação do empoderamento psicológico no ambiente da enfermagem, bem como disponibilizar uma versão do PEI para a língua portuguesa do Brasil, traduzindo e adaptando culturalmente o instrumento. Métodos: estudo metodológico, de corte transversal. O processo de adaptação cultural desenvolveu-se por meio de etapas recomendadas internacionalmente – tradução, síntese, retrotradução, avaliação por comitê de especialistas e o pré-teste. Resultados: o índice de validade de conteúdo foi considerado adequado (0,95). Os itens foram analisados pelos membros do comitê de especialistas que sugeriram alterações com o objetivo de facilitar a compreensão pela população. Foi também realizado um pré-teste com 31 sujeitos. Conclusão: o PEI se mostrou adequado para a população brasileira. É necessário que outros estudos avaliem as propriedades psicométricas do instrumento.

Psychological empowerment is related to a sense of motivation in the work environment. It is a process through which workers have their control increased, can express and satisfy their needs and are able to identify, analyze and propose solutions to problems related to their work. Studies have shown that when used in nursing work environments it provides positive results, such as increased job satisfaction, organizational commitment, and reduced burnout. The Psychological Empowerment Instrument (PEI) is an instrument that evaluates a multidimensional measure ofempowerment in occupational context. This is a questionnaire consisting of 12 items, subdivided into 4 domains (meaning, competence, self determinationand impact) with a Likert-type measurement scale. Objective: to discuss the importance of applying the psychological empowerment in nursing environment, as well as to provide a Brazilian Portuguese version of PEI, translating and culturally adapting the instrument. Methods: methodological and cross-sectional study. The adaptation process was developed through internationally recommended steps – translation, synthesis, back-translation, evaluation by an expert committee and pre-test. Results: the content validity index was considered appropriate(0.95). The items were analyzed by members of the expert committee, and they suggested some changes in order to facilitate understanding bythe population. It was also performed a pre-test with 31 subjects. Conclusion: the PEI has shown to be adequate for the Brazilian population. It is necessary for further studies to evaluate the psychometric properties of the instrument.

El empoderamiento psicológico se relaciona con la motivación para ejercer las tareas en el ambiente laboral. Es un proceso mediante el cuallos trabajadores adquieren control, expresan y satisfacen sus necesidades y son capaces de identificar y proponer soluciones a los problemaslaborales. Los estudios demuestran que cuando se utiliza en el ambiente de enfermería, aporta resultados positivos, como mayor satisfacciónen el trabajo, compromiso con la organización y disminución del desgaste. El Instrumento de Empoderamiento Psicológico (PEI) evalúa unamedida multidimensional de empoderamiento en el contexto laboral. Se trata de un cuestionario que consta de 12 ítems subdivido en 4 dominios(significado, competencia, autodeterminación e impacto) con una escala de medición tipo Likert. Objetivo: discutir la importancia de la aplicacióndel empoderamiento psicológico en enfermería, así como proporcionar la versión del PEI al idioma portugués de Brasil, traducir y adaptar culturalmente dicho instrumento. Métodos: Estudio metodológico transversal. El proceso de adaptación cultural siguió las etapas recomendadas internacionalmente – traducción, síntesis, retrotraducción, evaluación por el comité de expertos y prueba previa. Resultados: El índice de validezde contenido fue considerado apropiado (0,95). Los ítems fueron analizados por los miembros del comité de expertos quienes sugirieron algunas alteraciones para facilitar su comprensión. También se realizó una prueba piloto con 31 sujetos. Conclusión: El PEI es adecuado para la población brasileña. Se precisan otros estudios para evaluar las propiedades psicométricas del instrumento.
Descritores: Tradução
Estudos de Validação como Assunto
Inquéritos e Questionários
Poder (Psicologia)
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  7 / 308 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-906426
Autor: Silveira, Isabelle Andrade.
Título: Leg Ulcer Measurement Tool: tradução e adaptação transcultural para a língua portuguesa / Leg Ulcer Measurement Tool: translation and cross-cultural adaptation into the Portuguese language.
Fonte: Niterói; s.n; 2016. 120 f p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal Fluminense. Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: O Leg Ulcer Measurement Tool é um instrumento desenvolvido no Canadá especificamente para avaliar úlceras de perna. Composto por 14 itens classificados como domínios avaliados clinicamente e 3 domínios avaliados pelo paciente. A primeira parte do instrumento avalia as características da lesão e a segunda parte avalia a intensidade e frequência da dor e a qualidade de vida. Objetivos: Traduzir e adaptar transculturamente o LUMT para língua portuguesa do Brasil; Validar o conteúdo do instrumento traduzido através do Comitê de Juízes; Avaliar a praticabilidade da versão final do instrumento em pacientes com úlceras de perna. Método: Pesquisa metodológica que seguiu as etapas de tradução e adaptação transcultural recomendadas por Guillemin, Bombardier e Beaton (1993), as quais incluem: tradução inicial; síntese das traduções; retrotradução; avaliação das versões por um comitê de juízes e a realização do pré-teste. O protocolo de pesquisa foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade Federal Fluminense e aprovado sob o número 1.585.542, CAAE 56252216.2.0000.5243. Resultados: Na primeira etapa, foram realizadas duas traduções do instrumento e das instruções; na segunda etapa em uma reunião consensual com as duas tradutoras e as autoras desse estudo as discrepâncias entre as traduções iniciais foram resolvidas e gerada uma versão síntese; na terceira etapa, a versão síntese do instrumento e das instruções foram retrotraduzidas para o inglês por duas tradutoras independentes a fim de verificar a equivalência com a versão original e nenhuma destas apresentou discrepâncias importantes em relação ao instrumento original; na quarta etapa, um comitê de juízes analisou a versão síntese e as retrotraduções com relação à equivalência semântica e idiomática e julgou adequada a versão do instrumento em língua portuguesa; na quinta e última etapa o LUMT na língua portuguesa foi aplicado por enfermeiros em pacientes com úlceras de perna e avaliada sua praticabilidade na prática clínica, e o mesmo foi considerado apropriado e aplicável. Conclusão: Atingiu-se o objetivo proposto de realizar a tradução e adaptação transcultural do LUMT para a língua portuguesa do Brasil. Durante as etapas percorridas foi viável perceber a viabilidade da utilização do mesmo na realidade brasileira. Este estudo metodológico contribui para a área da saúde na disponibilização de um instrumento específico para avaliação de úlceras de perna e para a comparação de resultados internacionalmente de forma mais acurada e fidedigna, fortalecendo a homogeneidade dos dados coletados

Introduction: The Leg Ulcer Measurement Tool is a tool developed in Canada specifically to evaluate leg ulcers. Composed of 14 items classified as domains assessed clinically and 3 domains assessed by the patient. The first part of the instrument evaluates the characteristics of the lesion and the second part evaluates the intensity and frequency of pain and quality of life. Objectives: To translate and adapt culturally the LUMT into Portuguese of Brazil; Validate the instrument content translated through the Judges Committee; To evaluate the feasibility of the final version of the instrument in patients with leg ulcers. Method: Methodology research that followed the steps of translation and cultural adaptation recommended by Guillemin, Bombardier and Beaton (1993), which include: initial translation; synthesis of translations; back translation; evaluation of versions by a panel of judges and the pretest. The research protocol was submitted to the Ethics Committee of the Medical School of the Universidade Federal Fluminense and approved under number 1585542, CAAE 56252216.2.0000.5243. Results: In the first stage, there were two translations of the instrument and instructions; in the second stage in a consensus meeting with the two translators and the authors of this study the discrepancies between the initial translations were resolved and generated a summary version; the third step, the synthesis version of the instrument and instructions were back-translated into English by two independent translators to verify the equivalence with the original version and none of them was important discrepancies in the original instrument; the fourth stage, a committee of judges examined the synthesis version and back translations regarding the semantic and idiomatic equivalence and deemed appropriate instrument version in Portuguese; in the fifth and final stage, the LUMT in Portuguese was applied by nurses in patients with leg ulcers and assessed its feasibility in clinical practice, and it was considered appropriate and applicable. Conclusion: It was reached the proposed objective of performing the translation and cultural adaptation of LUMT into Portuguese of Brazil. During the covered steps it was possible to realize the feasibility of using the same in the Brazilian reality. This methodological study contributes to the health sector in the provision of a specific instrument for evaluating leg ulcers and to compare results internationally more accurately and reliably, strengthening the homogeneity of the data collected
Descritores: Úlcera da Perna
Ferimentos e Lesões
Tradução
Responsável: BR1342.1 - Biblioteca da Escola de Enfermagem BENF
BR 1342.1, S587; D 616.545


  8 / 308 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-906292
Autor: Oliveira, Lucas Emanuel Silva e; Hasan, Sadid A; Farri, Oladimeji; Moro, Claudia Maria Cabral.
Título: Translation of UMLS ontologies from european portuguese to brazilian portuguese / Translation of UMLS ontologies from european portuguese to brazilian portuguese
Fonte: J. health inform;8(supl.I):373-380, 2016. tab.
Idioma: en.
Conferência: Apresentado em: Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, 15, Goiânia, 27-30 nov. 2016.
Resumo: Ontologias terminológicas padronizadas e corretamente traduzidas são essenciais para o desenvolvimento de aplicações de processamento de linguagem natural na área da saúde. Para o desenvolvimento de uma aplicação de busca semântica em narrativas clínicas em português se fez necessária a utilização dos termos clínicos da Unified Medical Language System (UMLS). OBJETIVOS: Traduzir termos da UMLS em Português Europeu para Português Brasileiro. MÉTODOS: Foi desenvolvido um algoritmo de tradução semi-automática baseada em regras de substituição de texto. RESULTADOS: Após execução do algoritmo e avaliação por parte de especialistas, o algoritmo deixou de traduzir corretamente apenas 0.1% dos termos da base de testes. CONCLUSÃO: A utilização do método proposto se mostrou efetivo na tradução dos termos da UMLS e pode auxiliar em posteriores adaptações de listagens em Português Europeu para Português Brasileiro.

Correctly translated and standardized clinical ontologies are essential for development of Natural LanguageProcessing application for the medical domain. To develop an ontology-driven semantic search application for Portuguese clinical notes we needed to implement the Unified Medical Language System (UMLS) ontologies, specifically for Brazilian Portuguese. OBJECTIVES: To translate UMLS terms from European Portuguese to Brazilian Portuguese. METHODS: To develop a semi-automatic translation algorithm based on string replacement rules. RESULTS: Following the experiments and specialists' evaluation the algorithm mis-translated only 0.1% of terms in our test set. CONCLUSION: The proposed method proved to be effective for UMLS clinical terms translation and can be useful for posterior adaption ofa set of clinical terms from European Portuguese to Brazilian Portuguese.
Descritores: Processamento de Linguagem Natural
Tradução
-Congressos como Assunto
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  9 / 308 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Pizzichini, Emílio
Texto completo
Id: biblio-893858 LILACS-Express
Autor: Melo Júnior, José Tavares de; Maurici, Rosemeri; Tavares, Michelle Gonçalves de Souza; Pizzichini, Marcia Margareth Menezes; Pizzichini, Emilio.
Título: The Quebec Sleep Questionnaire on quality of life in patients with obstructive sleep apnea: translation into Portuguese and cross-cultural adaptation for use in Brazil / Quebec Sleep Questionnaire sobre qualidade de vida em pacientes com apneia obstrutiva do sono: tradução e adaptação cultural para uso no Brasil
Fonte: J. bras. pneumol;43(5):331-336, Sept.-Oct. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To translate the Quebec Sleep Questionnaire (QSQ), a specific instrument for the assessment of quality of life in patients with sleep obstructive apnea, into Portuguese and to create a version that is cross-culturally adapted for use in Brazil. Methods: The Portuguese-language version was developed according to a rigorous methodology, which included the following steps: preparation; translation from English into Portuguese in three versions; reconciliation to a single version; back-translation of that version into English; comparison and harmonization of the back-translation with the original version; review of the Portuguese-language version; cognitive debriefing; text review; and arrival at the final version. Results: The Portuguese-language version of the QSQ for use in Brazil had a clarity score, as measured by cognitive debriefing, ranging from 0.81 to 0.99, demonstrating the consistency of translation and cross-cultural adaptation processes. Conclusions: The process of translating the QSQ into Portuguese and creating a version that is cross-culturally adapted for use in Brazil produced a valid instrument to assess the quality of life in patients with obstructive sleep apnea.

RESUMO Objetivo: Traduzir para a língua portuguesa e adaptar culturalmente para uso no Brasil o Quebec Sleep Questionnaire (QSQ), um instrumento específico para a avaliação da qualidade de vida em pacientes com apneia obstrutiva do sono Métodos: A versão em português foi desenvolvida obedecendo a uma criteriosa metodologia, que incluiu as seguintes fases: preparação; tradução do inglês para o português em três versões; conciliação para uma versão única em português; retradução da versão única para o inglês; comparação e harmonização da retradução com a versão original; revisão da versão em português; desdobramento cognitivo; revisão textual; e definição da versão final. Resultados: A versão em português falado no Brasil do QSQ apresentou um índice de clareza, aferida pelo desdobramento cognitivo, que variou de 0,81 a 0,99, demonstrando a consistência dos processos de tradução e de adaptação cultural. Conclusões: O processo de tradução e adaptação cultural do QSQ para a língua portuguesa falada no Brasil produziu um instrumento válido para avaliar a qualidade de vida em pacientes com apneia obstrutiva do sono.
-Brasil
Comparação Transcultural
Linguagem
Tradução
Traduções
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 308 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-889431 LILACS-Express
Autor: Cabral, Ana C; Moura-Ramos, Mariana; Castel-Branco, Margarida; Caramona, Margarida; Fernandez-Llimos, Fernando; Figueiredo, Isabel V.
Título: Cross-cultural adaptation of Hypertension Knowledge Test into European Portuguese
Fonte: Braz. j. pharm. sci;53(4):e00245, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT We aim to validate a European-Portuguese version of the Hypertension Knowledge Test (HKT) questionnaire and examine its factorial structure with a confirmatory factor analysis (CFA). A process of translation and back-translation was performed. A cross-sectional study was developed in which all adult patients taking at least one antihypertensive drug were invited to participate. Data on personal and family history were collected, and the HKT, Strelec, and the Batalla questionnaires were administered. We enrolled 304 patients with a mean age of 68.12±10.83 years. The mean score of HKT was 15.33±2.79. CFA indicated that the construct being tested was unidimensional, and Cronbach's alpha (α=0.65) showed that the instrument had an acceptable internal consistency. When evaluating concurrent validity, HKT was significantly correlated with the Batalla and Strelec scores. Thus, the Portuguese version of HKT (HKT-pt-PT) can be used either in research or in clinical practice. With this version, a potential standard exists to evaluate knowledge about hypertension, which could avoid the practice of using non-validated questionnaires in Portugal and allow the cross-sectional and longitudinal comparability of studies.
-Hipertensão/prevenção & controle
Psicometria
Inquéritos e Questionários/normas
Tradução
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto de Químicas



página 1 de 31 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde