Base de dados : LILACS
Pesquisa : L01.737 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 742 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 75 ir para página                         

  1 / 742 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-694935
Autor: Loterzo, Lidia.
Título: La cuestión de publicar / The question of publishing
Fonte: Rev. Asoc. Argent. Ortop. Traumatol;78(2):52-52, jun. 2013.
Idioma: es.
Descritores: Argentina
Editoração
Ortopedia
Publicações Periódicas como Assunto
Revisão da Pesquisa por Pares
Sociedades Médicas
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: AR337.1 - Biblioteca A.A.O.T.


  2 / 742 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1282028
Autor: Fontenelle, Leonardo Ferreira; Oliveira, Miguel Henrique Moraes de; Rossi, Stephani Vogt; Brandão, Diego José; Sarti, Thiago Dias.
Título: In which journals do family and community physicians in Brazil publish? The Trajetórias MFC project / Em que revistas publicam os médicos de família e comunidade no Brasil? O projeto Trajetórias MFC / ¿En qué revistas publican los médicos de familia y comunidad en Brasil? El proyecto Trajetórias MFC
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;16(43):2589, 20210126. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: Authors choose scholarly journals not only to advance their careers but also to interact with their respective scholarly communities. Objective: To describe the journals where family and community physicians in Brazil publish their work. Methods: In late 2018, we compiled a nationwide list of family and community physicians, and downloaded their curricula from the Lattes Platform. We extracted data on their complete journal articles from their curricula, completed these data with queries to CrossRef, VHL/LILACS, and PubMed/MEDLINE, and obtained data on the journals with queries to the United States NLM Catalog. Results: We found 3558 unique articles, published by 1011 journals. The most productive journal was RBMFC (Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade), which published 347 (9.8%) of these articles. About one in six articles were published in journals on family practice or primary health care. The proportion of articles published in journals in Brazil decreased during the study period from 83.8% to 58.4%. Conclusion: As in other countries, family and community physicians in Brazil usually publish in the national journal dedicated to their scholarly community, while also publishing extensively in journals from other disciplines. The increasing proportion of articles published in journals outside Brazil suggests primary care research in Brazil is increasingly of international relevance.

Introdução: Os autores escolhem periódicos acadêmicos não apenas para avançar em suas carreiras, mas também para interagir com suas respectivas comunidades acadêmicas. Objetivo: Descrever as revistas onde médicos de família e comunidade do Brail publicam seus trabalhos. Métodos: No final de 2018, compilamos uma lista nacional de médicos de família e comunidade e baixamos seus currículos da Plataforma Lattes. Extraímos dados de seus artigos completos de periódicos de seus currículos, completamos esses dados com consultas a CrossRef, BVS/LILACS e PubMed/MEDLINE, e obtivemos dados dos periódicos com consultas ao NLM Catalog, dos Estados Unidos. Resultados: foram encontrados 3558 artigos únicos, publicados por 1011 periódicos. O periódico mais produtivo foi a RBMFC (Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade), que publicou 347 (9,8%) desses artigos. Cerca de um em cada seis artigos foram publicados em periódicos sobre medicina de família e comunidade ou atenção primária à saúde. A proporção de artigos publicados em periódicos no Brasil diminuiu no período do estudo de 83,8% para 58,4%. Conclusão: Como em outros países, os médicos de família e comunidade no Brasil costumam publicar em periódico nacional dedicado à sua comunidade acadêmica, ao mesmo tempo que publicam extensivamente em periódicos de outras disciplinas. A crescente proporção de artigos publicados em periódicos fora do Brasil sugere que a pesquisa em atenção primária no Brasil é cada vez mais de relevância internacional.

Introducción: Los autores eligen revistas académicas no solo para avanzar en sus carreras, sino también para interactuar con sus respectivas comunidades académicas. Objetivo: Describir las revistas donde los médicos de familia y comunidad en Brasil publican su trabajo. Métodos: a fines de 2018, compilamos una lista nacional de médicos de familia y comunidad y descargamos sus currículos de la Plataforma Lattes. Extrajimos datos sobre sus artículos completos de revistas de su currículos, completamos estos datos con consultas a CrossRef, BVS/LILACS y PubMed/MEDLINE, y obtuvimos datos sobre las revistas con consultas al NLM Catalog, de Estados Unidos. Resultados: se encontraron 3558 artículos únicos, publicados por 1011 revistas. La revista más productiva fue RBMFC (Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade), que publicó 347 (9,8%) de estos artículos. Aproximadamente uno de cada seis artículos se publicó en revistas de medicina familiar o atención primaria de salud. La proporción de artículos publicados en revistas en Brasil disminuyó durante el período de estudio del 83,8% al 58,4%. Conclusión: Al igual que en otros países, los médicos de familia y comunidad en Brasil suelen publicar en la revista nacional dedicada a su comunidad académica, mientras que también publican extensamente en revistas de otras disciplinas. La creciente proporción de artículos publicados en revistas fuera de Brasil sugiere que la investigación en atención primaria en Brasil es cada vez más de relevancia internacional.
Descritores: Publicações Periódicas como Assunto
Editoração
Medicina Comunitária
Medicina de Família e Comunidade
-Brasil
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  3 / 742 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1143541
Autor: Guareschi, Neuza Maria de Fátima; Galeano, Giovana Barbieri; Bicalho, Pedro Paulo Gastalho de.
Título: 40 anos: o que a Psicologia tem produzido enquanto ciência e profissão? / 40 Years: What Has Psychology Been Producing as a Science and Profession? / 40 años: ¿Qué Ha Producido la Psicología como Ciencia y Profesión?
Fonte: Psicol. ciênc. prof;40:e237742, jan.-maio 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este artigo, por ocasião do 40º aniversário da revista Psicologia: Ciência e Profissão, visa apresentar e discutir as mudanças políticas e sociais brasileiras que exigiram alterações na produção de conhecimento e práticas em Psicologia. A revista publica, agora na modalidade fluxo contínuo, textos originais de relevância científica e social, sob uma perspectiva crítica em relação aos processos políticos da ciência e da profissão e aos direitos humanos. Constitui-se, portanto, como periódico que abrange todas as áreas da Psicologia, que envolvem desde o desenvolvimento de conceitos até a prática profissional. Foram realizadas pesquisa, leitura e análise de 866 artigos, publicados de 2005 a 2018, e organizados em 19 categorias. A tendência das publicações permite visualizar não só diversidades nas identidades culturais e sociais, mas também apresenta o movimento da produção do conhecimento da Psicologia por meio da abertura, da expansão e da criação de formas de vida.

Abstract This article, on the occasion of the 40th anniversary of the journal Psicologia: Ciência e Profissão, aims to present and discuss the Brazilian political and social changes that demanded shifts in the production of knowledge and practices in psychology. The journal publishes, now in rolling publishing mode, original texts of scientific and social relevance, from a critical perspective regarding the political processes of science and profession and human rights. Therefore, it is constituted as a journal that covers all areas of Psychology, since it considers that these are involved with professional practice, from the development of concepts to professional practices. A survey, reading and analysis of 866 articles, published from 2005 to 2018, was carried out and organized into 19 categories. The tendency of the publications makes it possible to visualize not only the diversities in cultural and social identities but also presents the movement of the production of knowledge of psychology through the opening, expansion, and creation of ways of life.

Resumen Este artículo, para celebrar el 40º aniversario de la revista Psicologia: Ciência e Profissão, tiene por objeto presentar y debatir los cambios políticos y sociales brasileños que exigieron cambios en la producción de conocimientos y prácticas en la psicología. La revista publica, ahora en un modo de flujo continuo, textos originales de relevancia científica y social, bajo una perspectiva crítica en relación con los procesos políticos de la ciencia y la profesión y los derechos humanos. Por lo tanto, se constituye como una revista que abarca todas las áreas de la psicología, ya que considera que están involucradas desde el desarrollo de los conceptos hasta la práctica profesional. Se llevó a cabo una investigación, lectura y análisis de 866 artículos, publicados de 2005 a 2018, que se organizaron en 19 categorías. La tendencia de las publicaciones permite visualizar no sólo las diversidades en las identidades culturales y sociales, sino que también presenta el movimiento de la producción de conocimiento de la psicología a través de la apertura, expansión y creación de formas de vida.
Descritores: Publicações
Leitura
Ciência
Conhecimento
Aniversários e Eventos Especiais
-Prática Profissional
Psicologia
Editoração
Pesquisa
Mudança Social
Identificação Social
Fluxo Contínuo
Tipo de Publ: Publicação Comemorativa
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  4 / 742 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-714622
Autor: Normando, David.
Título: The Brazilian dental science / A ciência odontológica brasileira
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);19(2):14-14, Mar-Apr/2014.
Idioma: en.
Descritores: Pesquisa em Odontologia/tendências
Odontologia/tendências
-Publicações Periódicas como Assunto/tendências
Editoração/tendências
Estados Unidos
Brasil
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 742 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-725419
Autor: Normando, David.
Título: Internationalization / A internacionalização
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);19(4):13-14, Jul-Aug/2014.
Idioma: en.
Descritores: Editoração
Internacionalidade
Idioma
-Ortodontia
Publicações Periódicas como Assunto
Brasil
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 742 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-891093
Autor: Faber, Jorge.
Título: Writing scientific manuscripts: most common mistakes
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);22(5):113-117, Sept.-Oct. 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT I have had the privilege of serving as editor-in-chief for 11 years of two scientific journals: The Dental Press Journal of Orthodontics and the Journal of the World Federation of Orthodontists. I had the opportunity to read and correct thousands of manuscripts. This experience was greatly enriching, because reading a text professionally completely differs from the perspective of readers in general. The routine practice of correcting manuscripts has made me realize that some errors recur frequently. To help authors to improve their manuscripts before submission, these problems are discussed here in the order that they appear in conventional manuscript sections.

RESUMO Ao longo dos 11 anos em que atuei como editor-chefe de revistas científicas (Dental Press Journal of Orthodontics e Journal of the World Federation of Orthodontists), tive a oportunidade de ler e corrigir milhares de manuscritos - manuscrito, no jargão editorial, é o trabalho submetido para publicação ainda não editado e publicado. Essa experiência foi muito enriquecedora, pois a leitura profissional de um texto difere totalmente daquela realizada pelos leitores em geral. O lidar corriqueiro com as correções de manuscritos me fez perceber que alguns erros são muito recorrentes. Eles serão discutidos na ordem das seções apresentadas nos trabalhos, com o objetivo de ajudar os autores a melhorar seus manuscritos antes da submissão.
Descritores: Editoração
Redação
-Publicações Periódicas como Assunto
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 742 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Rode, Sigmar de Mello
Texto completo
Id: biblio-953030
Autor: Rode, Sigmar de Mello; Oliveira, Rodrigo Rios Faria de; Paranhos, Luiz Renato.
Título: Misconduct in scientific publications / Má conduta em publicações científicas
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);23(3):7-8, May-June 2018.
Idioma: en.
Descritores: Editoração
Má Conduta Científica
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 742 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989692
Autor: Artese, Flavia.
Título: The Dental Press Journal of Orthodontics in the social media: a new interactive channel / O Dental Press Journal of Orthodontics nas mídias sociais: um novo canal interativo
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);24(1):14-15, Jan.-Feb. 2019.
Idioma: en.
Descritores: Ortodontia
Mídias Sociais
-Editoração/tendências
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 742 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1154047
Autor: Artese, Flavia; Furquim, Laurindo Zanco.
Título: The new DPJO: New forms of publishing with the same commitment to science / A nova DPJO: novas formas de editoração, mantendo o compromisso com a ciência
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);25(6):7-8, Nov.-Dec. 2020.
Idioma: en.
Descritores: Publicações Periódicas como Assunto
Editoração
-Ciência
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 742 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1139462
Autor: Teixeira, Talita da Silveira Campos; Marqueze, Elaine Cristina; Moreno, Claudia Roberta de Castro.
Título: Academic productivism: when job demand exceeds working time / Produtivismo acadêmico: quando a demanda supera o tempo de trabalho
Fonte: Rev. saúde pública (Online);54:117, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CNPq).
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE: To assess the association between the perception of pressure to publish academic work with job satisfaction and stress. METHODS: Cross-sectional study with 64 graduate advisors from a public university in the city of São Paulo. Data collection conducted via an online questionnaire that included: sociodemographic, work and health data; Occupational Stress Indicator Job Satisfaction Scale and Effort-Reward Imbalance (ERI) model. To assess the perception of pressure to publish academic work the advisors answered a numerical scale, assigning a score from 0 to 10 to how pressured they felt to publish their work (being 0 no pressure and 10 high pressure). Later, the generalized linear model was used to test the factors associated to high perception of pressure to publish academic work, adjusted for working time, academic management role and productivity grant. RESULTS: Advisors who had already worked in a higher education institution, who performed part of the work at home and who reported work stress were more likely to show perception of extreme pressure to publish academic work. This perception was associated with greater effort and over-commitment, as well as a greater imbalance between the effort employed and the reward received at work. CONCLUSIONS: The findings suggest that the professors' work organization and mental health are interrelated: the higher the perception of pressure to publish academic work, the greater the stress. However, this result does not seem to be reflected in the job satisfaction (or dissatisfaction). The apparently deliberate extension of working hours hides the precariousness and increased work to which professors have been subjected in recent years by public policies that commercialize education in Brazil.

RESUMO OBJETIVOS: Avaliar a associação entre a percepção da pressão por publicações com a satisfação e o estresse no trabalho. MÉTODOS: Estudo transversal com 64 orientadores de pós-graduação de uma universidade pública da cidade de São Paulo. A coleta de dados ocorreu por meio de um questionário on-line que incluiu: dados sociodemográficos, laborais e de saúde; Escala de Satisfação no Trabalho do Occupational Stress Indicator e modelo Desequilíbrio Esforço-Recompensa (DER). Para avaliar a percepção da pressão por publicação foi criada uma escala numérica na qual o orientador deveria atribuir uma nota de 0 a 10 para o quanto se sentia pressionado a publicar seus trabalhos (sendo 0 nenhuma pressão e 10 muita pressão). Posteriormente, foi utilizado o modelo linear generalizado para testar os fatores associados à alta percepção de pressão para publicação, ajustado pelo tempo de trabalho, função de gestão acadêmica e bolsa produtividade. RESULTADOS: Maiores proporções da percepção de elevada pressão para publicação foram encontradas entre orientadores que já haviam trabalhado em instituição de ensino superior, que realizavam parte do trabalho em casa e que apresentavam estresse laboral. Associou-se essa percepção a um maior esforço e comprometimento excessivo no trabalho, bem como a um maior desequilíbrio entre o esforço empregado e a recompensa recebida no trabalho. CONCLUSÕES: Os achados desta pesquisa sugerem que a organização do trabalho e a saúde mental dos trabalhadores estejam inter-relacionados: quanto maior a percepção de pressão por publicação maior o estresse. No entanto, esse resultado parece não se refletir na satisfação (ou insatisfação) do trabalho. O prolongamento aparentemente deliberado das horas de trabalho oculta a precarização e intensificação do trabalho a que os professores têm sido submetidos nos últimos anos pelas políticas públicas que mercantilizam a educação no Brasil.
Descritores: Editoração
Docentes/psicologia
Estresse Ocupacional
-Recompensa
Brasil
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Carga de Trabalho/psicologia
Carga de Trabalho/estatística & dados numéricos
Satisfação no Emprego
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 75 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde