Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.066 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 27 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 27 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1007718
Autor: Corsi, Ivone.
Título: Opinião de pacientes alcoolistas, internados em instituições psiquiátricas, sobre atendimento espiritual / Não consta.
Fonte: São Paulo; s.n; 1982. 107 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Colheram-se dados por meio de entrevistas de 314 pacientes alcoolistas, internados em 23 instituições psiquiátricas, do Município de São Paulo. Os objetivos deste estudo foram verificar quais os fatores que segundo a opinião do paciente influem na abstinência do uso de bebida alcoólica; a consideração que o paciente atribui à religião como fator de abstinência; a prática religiosa do paciente, antes e após tornar-se alcoolista; a opinião do paciente sobre a atuação do pessoal do hospital no atendimento de sua necessidade espiritual. De acordo com as informações obtidas, os fatores que, segundo a opinião do paciente, influem na abstinência do uso de bebida alcoólica foram agrupados em psicobiológicos, psicossociais e psicoespirituais. Os resultados revelam que a maioria dos pacientes apontam como fatores que influem na abstinência do uso de bebida alcoólica, em ordem de prioridade, os psicobiológicos e os psicossociais. A minoria dos pacientes informam que os fatores psicoespirituais influem na abstinência do uso de bebidas alcoólica. Os pacientes, em sua maioria, referem acreditar na religião como fator de ajuda e justificam a sua crença a sua crença por acharem que a abstinência total depende de Deus, da fé e da oração. Diminui o número de pacientes que informam ter uma religião e que frequentam a igreja com regularidade, da época anterior ao alcoolismo até a atual. Na opinião da maioria dos alcoolistas, o hospital deve oferecer atendimento religioso, sob forma de explicação sobre religião e alcoolismo, e fornecer orientação sobre como a pessoa deve agir para resolver a doença-alcoolismo.
Descritores: Alcoólicos
Pacientes Internados
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  2 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-988040
Autor: Aguilar Betancourt, Alexandra Johanna; Tello, Gustavo; Zamora Gutierrez, Loidy; González Eras, Susana Patricia.
Título: Diagnóstico molecular de microorganismos periodontopatógenos en pacientes alcohó-licos - fumadores con periodontitis crónica de la ciudad de Loja, Ecuador / Diagnóstico molecular de microrganismos periodontopatogênicos em pacientes taba-gistas com periodontite crônica na cidade de Loja, Equador / Molecular diagnosis of microorganisms periodontopathogens in alcoholic - smoking patients with chronic periodontitis of the city of Loja, Ecuador
Fonte: Odontología (Ecuad.);20(1):33-49, 20180608.
Idioma: es.
Resumo: Los pacientes alcohólicos y fumadores presentan mayor predisposición de desarrollar enfermedad periodontal. Objetivo: Determinar la presencia de los microorganismos periodontopatógenos: Porphyromona gingivalis, Treponema denticola, Tannerella forsythia, Fusobacterium nucleatum y Aggregatibacter actinomycetemcomitans mediante la Reacción en Ca-dena de la Polimerasa (PCR), en pacientes alcohólicos fumadores con periodontitis crónica. Materiales y métodos: El universo fue de 31 pacientes de 18 y 62 años de edad de sexo masculino alcohólicos y/o fumadores en los cuales fueron excluidos aquellos que consumían algún tipo de droga, dando una muestra de 23 pacientes con bolsas periodontales ≥ 6mm del Centro de Rehabilitación de la ciudad de Loja, Ecuador. Se realizó un examen periodontal completo y la toma de muestras en dos de los sitios más profundos de cada paciente. Las variables analizadas fueron: presencia de biofilm dental, sangrado al sondaje, profundidad al sondaje y nivel de inserción clínica. Los datos fueron analizados con la prueba de Kruskal Wallis con un nivel de significancia del 5%. Resultados: La periodontitis crónica estuvo en el 52,1% de los pacientes de 18 a 30 años, siendo más susceptibles los alcohólicos de riesgo y fumadores leves. El 91,04 % de alcohóli-cos y fumadores se encuentran asociados con la presencia de biofilm dental (p = 0,028) y en el diagnóstico molecular el 41,18% de los pacientes presentan más de 3 microorganismos (p = 0,039). Conclusión: Se evidenció la presencia de los periodontopatógenos estudiados en pacientes alcohólicos fumadores con periodontitis crónica.

Alcoholic and smoking patients have a greater predisposition to develop periodontal disease. Objective: To determine the presence of microorganisms periodontopathogens: Porphyromona gingivalis, Treponema denticola, Tannerella forsythia, Fusobacterium nucleatum and Aggregatibacter actinomycetemcomitans by Polymerase Chain Reaction (PCR), in alcoho-lic-smoking patients with chronic periodontitis. Materials and methods: The group was composed of 31 patients between the ages of 18 to 62-year-old, male alcoholics and/or smokers in which were excluded those who take some kind of drug, giving a sample of 23 patients with periodontal pockets ≥ 6mm from the Center of Rehabilitation of the city of Loja, Ecuador. A full periodontal examination and the sample taking were in two of the most profound sites of each patient. The variables analyzed were: the presence of dental biofilm, bleeding on probing, probing depth and clinical attachment level. The data were analyzed with the Kruskal Wallis Test with a significance level of 5%. Results: The chronic periodontitis was in the 52.1% of the patients between the ages of 18 to 30 years old, is more susceptible in risky alcoholics-smokers and low smokers. The 91.04 % of alcoholics and smokers are associated with the presence of dental biofilm (p = 0.028) and in the molecular diagnosis the 41.18% of patients exhibit more than 3 microorganisms (p = 0.039). Conclusion: That observed presence of the periodontopathogens in alcoholic-smoking patients with chronic periodontitis.

Os pacientes alcoólicos e fumantes apresentam uma possibilidade maior de desenvolver doença peridental. Objetivo: Determinar a presença do periodontopatógenos de microorganismos Porphyromona gingivalis, Treponema denticola, Fusobacterium nucleatum e Aggregatibacter actinomycetemcomitans por meio da Reação em Cadeia de Polimerasa (PCR),em pacientes alcoólicos e fumantes com periodontite crônico. Materiais e métodos: O universo pertenceu a 31 pacientes de 18 e 62 anos de idade de sexo masculino alcoólicos e/ou fumantes nos quais foram excluídos aqueles que consumiram algum tipo de droga, tendo uma amostra de 23 pacientes com bolsas peridentais. 6mm do Centro de Reabilitação da cidade de Loja, Equador. Um exame periodontal completo e a amostragem foram realizados em dois locais profundamente localizados de cada paciente. As variáveis analisadas eram: presença de biofilm dental, sangrou ao sondaje, profundidade ao sondaje e nível de suplemento clínico. Os dados foram analisados com o teste de Kruskal Wallis com um nível de significancia de 5%. Resultados: O periodontite crônico estava em 52,1% dos pacientes de 18 para 30 anos, enquanto sendo mais suscetível os alcoólicos de risco e fumantes ligeiros. 91,04% de alcoólicos e fumantes são associados com a presença de biofilm dental (p = 0028) e na diagnose 41,18% molecular dos pacientes apresenta mais de 3 microorganismos (p = 0039). Conclusões: A presença do periodontopatógenos foi comprovada nos pacientes alcoólicos e fumantes com periodontite crônico.
Descritores: Doenças Periodontais
Periodontia
Reação em Cadeia da Polimerase
Porphyromonas gingivalis
Treponema denticola
Periodontite Crônica
-Fusobacterium nucleatum
Aggregatibacter actinomycetemcomitans
Estatísticas não Paramétricas
Placa Dentária
Alcoólicos
Fumantes
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: EC73.1 - Biblioteca


  3 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-967652
Autor: Silveira, Maria da Penha Da rosa da; Silva, Mara Regina Santos da  ; Farias, Francisca Lucélia Ribeiro de; Moniz, Ana Suzete Baessa; Ventura, Jeferson.
Título: Autonomia e reinserção social: percepção de familiares e profissionais que trabalham com redução de danos / Autonomy and social reintegration: perception of families and professionals who work with harm reduction / Autonomía y reinserción social: percepción de familiares y profesionales que trabajan con reducción del danõ
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;16(3), jul. -set. 2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Identificar a percepção de familiares de dependentes de álcool e outras drogas e profissionais da área da saúde sobre as concepções de autonomia e reinserção social que embasam a abordagem redução de danos. Metodologia: Estudo qualitativo, realizado com 21 participantes 11 familiares e 10 profissionais recrutados em CAPS sediados no Sul do Brasil. Os dados, coletados entre junho/2013 e maio/2014, utilizando entrevistas semiestruturadas, foram submetidos à análise temática. Resultados: Para os familiares a concepção de autonomia comporta uma dualidade: um grupo a associa com instabilidade nos relacionamentos, prejuízos no trabalho e insegurança pelo fato de a pessoa manter contato com ambientes de comercialização de drogas; outro grupo a considera uma estratégia que ajuda a pessoa dependente a aceitar o tratamento, controlar a ingesta e amenizar os sintomas da abstinência. Para os profissionais, é uma estratégia que estimula a pessoa a refletir sobre sua relação com a(s) droga(s) e tomar suas decisões. A reinserção social é considerada promissora pelos profissionais e pelas famílias, pois favorece a substituição do grupo anterior de convivência e a integração em atividades ocupacionais. Conclusão: A autonomia e a reinserção social são, sem dúvida, conceitos importantes para o trabalho com dependentes químicos, mas desde que envolva a família e uma rede de apoio social. [AU]

Objective: Identify the perception of family's dependent on alcohol and other drugs and health professionals about the concepts of autonomy and social reintegration that supports harm-reduction approach. Methodology: Qualitative study, performed with 21 11 10 professionals and family participants recruited in CAPS located in the South of Brazil. The data, collected between June 2013 and may/2014, using semi-structured interviews, were subjected to analysis. Results: For family members of autonomy involves a duality: a group associated with instability in relationships, job losses and insecurity because the person keep in touch with the marketing environments of drugs; another group to consider a strategy that helps a person dependent on accepting the treatment, control food intake and alleviate the symptoms of withdrawal. For professionals, it is a strategy that encourages the person to reflect on your relationship with (s) drug (s) and make their decisions. Social reintegration is considered promising by the professionals and families, because it favors the replacement of the previous group of coexistence and integration in occupational activities. Conclusion: Autonomy and social reintegration are undoubtedly important concepts for working with drug addicts, but since that involves family and a social support network. [AU]

Objetivo: Identificar la percepción de familiares de dependientes de alcohol y otras drogas y profesionales del área de la salud sobre las concepciones de autonomía y reinserción social que basan el abordaje de la reducción del daño. Metodología: Estudio cualitativo, realizado con 21 participantes: 11 familiares y 10 profesionales reclutados en CAPS (Colegios de Aplicaciones Pedagógicas) ubicados en el Sur de Brasil. Los datos, recolectados entre junio/2013 y mayo/2014, utilizando entrevistas semiestructuradas, fueron sometidos al análisis temático. Resultados: Para los familiares la concepción de autonomía comporta una dualidad: un grupo la asocia con inestabilidad en las relaciones, perjuicios en el trabajo e inseguridad por el hecho de que la persona mantiene contacto con ambientes de comercialización de drogas; otro grupo la considera una estrategia que ayuda a la persona dependiente a aceptar el tratamiento, controlar la ingesta y amenizar los síntomas de la abstinencia. Para los profesionales, es una estrategia que estimula a la persona a reflexionar sobre su relación con la(s) droga(s) y a tomar sus decisiones. La reinserción social es considerada esperanzadora por los profesionales y las familias, pues favorece la sustitución del grupo anterior de convivencia y la integración en actividades ocupacionales. Conclusión: La autonomía y reinserción social son, sin duda, conceptos importantes para el trabajo con dependientes químicos, desde que involucre a la familia y una red de apoyo social. [AU]
Descritores: Participação da Comunidade
Redução do Dano
-Família
Saúde Mental
Substâncias Redutoras
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
Autonomia Pessoal
Alcoolismo
Usuários de Drogas
Alcoólicos
Serviços de Saúde
Responsável: BR1748.9 - Departamento de Enfermagem


  4 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-970107
Autor: Guimarães, Tânia Maria Rocha; Santos, Cleytiane Stephany Silva; Corrêa, Cristiane Aline; Pimentel, Dayane da Rocha; Santos, Diana Carla Dias dos; Santos, Elaine Dayane Freitas dos.
Título: Cuidados de enfermagem a um paciente alcoolista portador da síndrome de Wernicke-Korsakoff: estudo de caso / Nursing care approach towards an alcoholic patient bearing the Wernicke-Korsakoff syndrome: case study / Cuidados de enfermería a paciente alcohólico con síndrome de Wernicke-Korsakoff: presentación de um caso
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);11(2, n. esp):502-509, jan. 2019. il, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introduction: Wernicke-Korsakoff Syndrome (WKS) is one of the most serious consequences of alcohol abuse. The cognitive impact of the pathology is derived from alcoholic neurotoxicity and thiamine deficiency, which can progress to stupor, coma and death. Objective: Performing a case study regarding an alcoholic patient bearing the WKS, and also designing a nursing care plan. Methods: It is a case study with a qualitative approach that assesses an alcoholic patient bearing the WKS. The study was performed at the Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC) in Recife, Brazil, over the period from February to March 2016. Results: We were able to identify 14 nursing diagnoses, as follows: chronic confusion/memory deficit/disturbed thought processes/ impaired verbal communication; impaired walking/risk of tumble down; self-care deficit; nutrition smaller than the needs/fatigue; excessive fluid volume/impaired tissue integrity; bleeding risk; impaired skin integrity; ineffective tissue perfusion. Conclusion: The nursing professionals have singular importance with regards to both the execution of health education actions as well as the alcoholics' treatment, thus preventing the complications of the disease

Introdução: A síndrome de Wernicke-Korsakoff (SWK) é uma das mais graves consequências do abuso de álcool. O impacto cognitivo da patologia é derivado da neurotoxicidade alcóolica e deficiência de tiamina, podendo progredir para estupor, coma e morte. Objetivo: Realizar um estudo de caso de paciente alcoolista portador de SWK e construir um plano de assistência de enfermagem. Métodos: Estudo de caso com abordagem qualitativa. O estudo foi realizado no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), em Recife, Brasil, fevereiro a março de 2016. Resultados: Identificamos 14 diagnósticos de enfermagem: confusão crônica/memória prejudicada/ processos do pensamento perturbados/comunicação verbal prejudicada; deambulação prejudicada/risco de quedas; déficit no autocuidado; nutrição desequilibrada menor que as necessidades/fadiga; volume excessivo de líquido/integridade tissular prejudicada; risco de sangramento; integridade da pele prejudicada; perfusão tissular ineficaz. Conclusão: A enfermagem tem especial importância na execução das ações de educação em saúde e tratamento de alcoolistas prevenindo as complicações da doença

Introducción: El síndrome de Wernicke-Korsakoff (WKS) es una de las más graves consecuencias del abuso del alcohol. El impacto de trastorno cognitivo se deriva de la neurotoxicidad alcohólica y la deficiencia de tiamina, que puede progresar a estupor, coma y muerte. Objetivo: Realizar un estudio de caso de un paciente con SWK alcohólica y construir un plan de atención de enfermería. Métodos: Un estudio de caso con enfoque cualitativo. El estudio se realizó en el Hospital Universitario Oswaldo Cruz (HUOC) en Recife, Brasil, entre febrero y marzo de 2016 Resultados: Se identificaron 14 diagnósticos de enfermería: confusión crónica/deterioro de la memoria/ procesos de pensamiento perturbados/alteración de la comunicación verbal; alteración de la deambulación/riesgo de caídas; déficit de autocuidado; la nutrición desequilibrada menos necesita/fatiga; volumen excesivo de líquido/ la integridad del tejido deteriorado; riesgo de sangrado; alteración de la integridad de la piel; la perfusión tisular ineficaz. Conclusión: La enfermería tiene especial importancia en la implementación de las iniciativas de educación en la salud y el tratamiento de alcohólicos prevención de las complicaciones de la enfermedad
Descritores: Encefalopatia de Wernicke/enfermagem
Síndrome de Korsakoff/enfermagem
Alcoolismo/complicações
Alcoolismo/enfermagem
Alcoólicos
-Encefalopatia de Wernicke/complicações
Encefalopatia de Wernicke/prevenção & controle
Educação em Saúde
Síndrome de Korsakoff/complicações
Síndrome de Korsakoff/prevenção & controle
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  5 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-969615
Autor: Silva, Silvio Éder Dias da; Pinheiro, Erlen Priscila Fonseca; Tavares, Jessica Habr; Tavares, Roseneide dos Santos; Belo, Fracilene Luz; Menezes, Claudia Ribeiro.
Título: O álcool dentro dos agravos em urgências e emergências: um estudo de representações sociais / The aggravations in health services of urgencies and emergencies having alcohol as the leading cause: a study of social representations / El alcohol dentro de trastornos en urgencies y de emergencia. un estudio de representación social
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);11(2, n. esp):345-350, jan. 2019.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Compreender as representações sociais dos usuários de álcool e suas complicações para os agravos dentro das urgências e emergências. Métodos: Estudo do tipo descritivo, com abordagem qualitativa, utilizando o aporte das Representações Sociais de Moscovici para compreender as representações acerca das urgências e emergências traumáticas relacionadas ao uso abusivo do álcool. Resultados: Foram identificados três núcleos direcionadores: impressões e experiências quanto ao uso do álcool, representações quanto as consequências e/ou agravos do acidente e representações quanto a visão da família. Conclusão: As falas dos participantes revelam um grande sofrimento das famílias e usuários devido ao consumo e ao abuso de bebida alcoólica, aonde este estudo visou contribuir para o conhecimento frente ao comportamento das pessoas que fazem o uso do álcool com frequência, auxiliando no seu enfrentamento e na prevenção de agravos

Objetivo: Comprender las representaciones sociales de los usuarios de alcohol y sus complicaciones a las quejas dentro de las urgencias y emergencias. Métodos: Estudio descriptivo, con enfoque cualitativo, mediante la aportación de las representaciones sociales de Moscovici comprender las representaciones sobre las emergencias de emergencia y traumáticos relacionados con el abuso de alcohol. Resultados: Se identificaron tres conductores principales: impresiones y experiencias en relación con el uso del alcohol, las representaciones sobre las consecuencias y / o lesiones del accidente y representaciones como la visualización de la familia. Conclusión: Los discursos de los participantes revelan un gran sufrimiento de las familias y los usuarios debido al consumo y abuso de alcohol, donde tuvo el propósito de contribuir al conocimiento contra el comportamiento de las personas que consumen alcohol con frecuencia, ayudando en su superación y la prevención de enfermedades

Objective: The study's purpose has been to gain further understanding with regards to the social representations of alcohol users, and also to assess its complications within the health services of urgencies and emergencies. Methods: This is a descriptive study with a qualitative approach, which used the Moscovici's Social Representations in order to understand the representations about urgencies and traumatic emergencies related to alcohol abuse. Results: Based on the findings, the following three support meaning centers were identified: impressions and experiences with regards to alcohol intake; representations related to either the consequences or aggravations of the accident; and, representations by considering the family viewpoint. Conclusions: The participants' statements reveal a pronounced suffering of both the families and users due to the consumption and the abuse of alcoholic beverages. This study aimed to contribute towards improving the scientific knowledge about people's behavior, particularly, those who use alcohol regularly. Therefore, through this research, the health professionals may find a solid scientific support to helping them to stand against this issue, as well as preventing people's health aggravations
Descritores: Alcoolismo/complicações
Serviços Médicos de Emergência
Alcoólicos/psicologia
-Transtornos Induzidos por Álcool/complicações
Assistência Ambulatorial
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  6 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-967427
Autor: Bertagnolli, Ana Cristina; Kristensen, Christian Haag; Bakos, Daniela Schneider.
Título: Dependência de álcool e recaída: considerações sobre a tomada de decisão / Alcohol dependence and relapse: some considerations concerning decision-making
Fonte: Aletheia;(43/44):188-202, jan.-ago. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do trabalho foi compreender as recaídas de indivíduos alcoolistas no que diz respeito a sua relação com a tomada de decisão. Parece haver disfunções no córtex pré-frontal ventromedial em dependentes de álcool, o que faz com que estes indivíduos possuam prejuízos na tomada de decisão semelhantes aos apresentados por pacientes não alcoolistas que possuem lesões nesta mesma área cerebral. Ambos fazem escolhas que proporcionam recompensas imediatas e desconsideram os prejuízos negativos futuros associados a estas. Existe um forte debate no que diz respeito à relação entre o uso de álcool e a tomada de decisão. Para contemplar o objetivo, foi realizada uma revisão assistemática da literatura. Enquanto para alguns autores o prejuízo na tomada de decisão é decorrente de danos neurológicos causados por substâncias, para outros os déficits na tomada de decisão são anteriores ao uso do álcool e conduzem os indivíduos a este comportamento.(AU)

The aim of this study was to understand the relapse of alcoholics with regard to their decision making processes. There seems to be dysfunction in the ventromedial frontal cortex in alcoholic patients, which lead to deficits in decision making similar to those presented by nonalcoholic patients who have lesions in the same circuits. Both make choices that provide immediate rewards, in the context of negative future losses. There is a strong debate regarding the relationship between alcohol use and decision making. To address the objective, was performed an unsystematic review. While for some authors deficits in decision making are due to neurological damage caused by substances, for other deficits in the decision predated the use of alcohol and lead individuals to this behavior.(AU)
Descritores: Recidiva
Tomada de Decisões
Alcoólicos
-Alcoolismo
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1530.1 - Biblioteca Martinho Lutero


  7 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-964199
Autor: Bessler, Danielle.
Título: Práticas de cuidado à mulher no ciclo gravídico puerperal com histórico de consumo de álcool e outras drogas: perspectiva da enfermagem / The practices of care to women with use and abuse of alcohol and other drugs: nursing perspective.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2018. 117 p. il. color..
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Trata-se de pesquisa qualitativa, descritiva. Teve como objetivo geral analisar as práticas de cuidado desenvolvidas por profissionais de enfermagem à mulher com uso e abuso de álcool e outras drogas na gestação, parto e puerpério na perspectiva da vulnerabilidade e das políticas públicas de saúde. Utilizou o método "Narrativa de vida" de Daniel Bertaux. Os dados foram coletados em domicílios de participantes da Área Programática 3.1 da cidade do Rio de Janeiro, no período de julho e setembro de 2017. O critério de inclusão foi: mulheres que fizeram uso e abuso de álcool e outras drogas durante a gestação, parto e/ou puerpério. A questão norteadora da entrevista: fale dos cuidados que você recebeu dos profissionais de enfermagem na gestação, parto, pós-parto e nascimento do seu filho. O projeto foi aprovado no Comitê de Ética e Pesquisa. Após transcrições, releituras e recodificações as unidades temáticas foram agrupadas e utilizou-se a análise temática. Emergiu das narrativas a categoria analítica: "Mulheres que usam e abusam de álcool e outras drogas: Vulnerabilidades e Práticas de cuidado de Enfermagem", que foi analisada sob a ótica da vulnerabilidade, das políticas públicas e do referencial teórico da Teoria da Transição de Afaf Meleis. As narrativas evidenciaram que todas as mulheres entrevistadas consideram que receberam assistência de qualidade no momento parto e, que as práticas de cuidado recebidas, foram boas práticas. Evidenciou-se o emprego de procedimentos invasivos de cuidado, como o toque vaginal e uso de soro com ocitocina. As mulheres apresentaram medo, culpa e vergonha por fazerem uso e abuso de álcool e outras drogas durante a gestação e até mesmo rejeitam a gravidez. Na perspectiva da Teoria da Transição evidenciou-se que as mulheres apresentam transição desenvolvimental: gravidez/ser mãe; situacional: uso abusivo de álcool e outras drogas e saúde-doença: tratamento da Sífilis congênita. As condições de transição influenciaram a forma como cada pessoa reage à transição. As consultas pré-natais representam o primeiro contato dessa mulher com seu processo transicional e a enfermeira pode facilitar a aceitação de uma gestação, após rejeição inicial da mesma. Sob o ponto de vista da Vulnerabilidade as participantes apresentaram vulnerabilidade individual: falta de informação de medidas educativas sobre as formas de transmissão e prevenção das infecções sexualmente transmissíveis, baixo poder de confiança ou estima para adotar medidas preventivas, como o uso sistemático de preservativos nas relações sexuais; social: mães com menos de oito anos de estudo, multíparas, sem o companheiro, sem ocupação ou com ocupação que exige apenas o nível fundamental e programática: falta de integração de serviços na promoção da saúde do indivíduo para agendamento da consulta, déficit no acesso para realização dos exames de rotina do pré-natal. Conclusão: evidenciou-se que as participantes vivenciaram três tipos de transição; apresentam-se mais vulneráveis com o uso e abuso de álcool e outras drogas, foram submetidas a práticas obstétricas rotineiras e não se vinculam aos profissionais de enfermagem e, sim aos Agentes Comunitários de Saúde e Redutores de Danos.

This is a qualitative, descriptive research. It was intended to analyze the practices of care that have been developed by nursing team to women with use and abuse of alcohol and other drugs in pregnancy, childbirth and puerperium in the perspective of vulnerability and public health policies. It was based in Daniel Bertaux's Method called "Narrative of Life". The databases were collected in the participant's house, in Rio de Janeiro's Programmatic Area 3.1, during the period of July and September of 2017. The inclusion standard was: women who made use and abuse of alcohol and other drugs during pregnancy, childbirth and/or puerperium. The guiding question of the interview was: Talk about the care that you have received from nursing team during pregnancy, childbirth, and postpartum. The project was approved at the Ethic's Research Committee. After transcriptions, retranscriptions, rereads and recodes the thematic units were grouped, synthesized, creating empirical categories by thematic analysis. Emerged from the narratives one category, that was: "Women with use and abuse of alcohol and other drugs: Vulnerabilities and Nursing Practices of Care", which was based on the conception of vulnerability, the Brazil's public health policies and the reference of the Transitions Theory by Afaf Meleis. The narratives of life showed that all the women interviewed consider that they received quality assistance at the time of childbirth and, think that the practices of care were good practices. It was observed the use of invasive practices of care, such as vaginal touch and oxytocin infusion. Women present fear, guilt, and shame for making use and abuse of alcohol and other drugs during pregnancy and even reject pregnancy. In the perspective of the Transitions Theory it was evidenced that women present developmental transition: pregnant/being a mother; situational transition: abusive use of alcohol and other drugs, and health-disease transition: congenital Syphilis treatment. Transition conditions influence by the way that each person reacts to the transition period. Prenatal care represents the first contact of women with the transitional process, and the nurse may facilitate the acceptance of pregnancy after the rejection. From the point of view of vulnerability, the narratives have shown that participants have individuals vulnerability: lack of information about the ways of transmission and prevention of sexual infections, low self-esteem to adopt a preventive way of life, by using condoms during sexual intercourse; social vulnerability: mothers with less than eight years of study, multiparous, singles, without occupation or with occupation that require only the fundamental level; and, programmatic vulnerability: lack of integration of services that was responsible of individual's health care and the scheduling of Prenatal Care, and problems with routine exams during Prenatal Care. Conclusion: It was possible to recognize that the participants have been passing by three types of transitions; they were more vulnerable of the use and abuse of alcohol and other drugs; they have had obstetric interventions during childbirth and weren't have had a special relationship with the nursing team, despite they mentioned a close relationship with Community Health Agents and Harm Reduction Agents.
Descritores: Saúde da Mulher
Enfermagem
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/enfermagem
Gestantes
Alcoólicos
-Transtornos do Espectro Alcoólico Fetal
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)
BR1366.1; 614.253.5, B557, TE720


  8 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-943185
Autor: PIUBEL, DEISE; CALDAS, LUCIENNE VENTURIM; AZEVEDO, VANIA.
Título: OLHARES DIVERSOS - PROGRAMAS DA TV PINEL.
Fonte: Vitória; DEISE PIUBEL ROMERO/LUCIENNE VENTURIM CALDAS/VANIA AZEVEDO; 2002. 1v p.
Idioma: pt.
Descritores: Alcoólicos/psicologia
Alcoólicos/estatística & dados numéricos
Limites: Masculino
Feminino
Seres Humanos
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; Digital 1035, DVD, 2002. 004457


  9 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-911322
Autor: Caires, Tharine Louise Gonçalves.
Título: O consumo de bebida alcoólica durante a gestação na perspectiva de Afaf Meleis: contribuição para a enfermagem / The consumption of alcohol during pregnancy period from Afaf Meleis perspective: a nursing contributions.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2017. 145 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Atualmente, é crescente o número de gestantes que ingerem bebida alcoólica, todavia a Organização Mundial de Saúde recomenda abstinência do uso de álcool durante a gestação. Objeto de estudo: atuação da enfermeira com mulheres que fizeram uso de bebida alcoólica durante gestação. Objetivo geral: discutir a atuação da enfermeira na prevenção do consumo de bebida alcoólica durante a gestação. Método: Pesquisa qualitativa, descritiva, exploratória utilizou o método Narrativa de Vida. Os dados foram coletados em cinco Centros de Atenção Psicossocial álcool e drogas (CAPSad) no município do Rio de Janeiro com entrevista aberta e questão norteadora: "Fale-me a respeito de sua vida que tenha relação com uso de bebida alcoólica durante gestação e as orientações recebidas no Pré-Natal". Em quatro Centros Municipais de Saúde (CMS), nos quais foram entrevistadas quatro enfermeiras atuantes no pré-natal e teve como questão norteadora: "Fale-me a respeito de sua atuação com gestantes que ingerem bebida alcoólica". As entrevistas realizadas entre fevereiro e maio de 2016, mediante aceitação e assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). Critérios de inclusão das mulheres: maiores de 18 anos, terem feito uso de bebida alcoólica durante gestação, estar em tratamento no CAPSad. E das enfermeiras: realizar consultas de pré-natal. O projeto foi aprovado no Comitê de Ética e Pesquisa, sob nº 1.205.233. Todas as entrevistas foram transcritas, na íntegra. Após transcrições, retranscrições, releituras e recodificações foram agrupadas, sintetizadas e deram origem às categorias empíricas e, posteriormente, originaram as categorias analíticas que foram analisadas comparativamente, por análise temática. Resultados: emergiram das narrativas a categoria Vulnerabilidade Feminina e duas subcategorias: o consumo de álcool por mulheres durante a gestação; e atuação de enfermeiras no pré-natal na prevenção do consumo de bebida alcoólica. As narrativas foram analisadas sob a ótica do referencial teórico de vulnerabilidade e teoria da transição. Todas as unidades temáticas do estudo evidenciaram falta de informação sobre os malefícios que o álcool pode acarretar à gestante e ao feto. As mulheres omitem o consumo de álcool nas consultas de pré-natal. Receiam as críticas dos profissionais. Têm medo de matar o bebê por causa desse consumo, mas continuam bebendo. Suspeitam que o tipo e a quantidade da bebida interferem na formação fetal. As enfermeiras não conseguem captar as gestantes que fazem uso dessa substância. Aceitam que beber socialmente não acarreta prejuízos à gestante e ao feto. O conceito de vulnerabilidade possibilitou a compreensão das vulnerabilidades vivenciadas por gestantes que consumiram bebida alcoólica e das enfermeiras, nas dimensões: social, individual e programática. A teoria de transição destaca que a atuação da enfermeira deve proporcionar conhecimento e capacitação a quem vivencia o problema, promovendo transições saudáveis, baseado nas experiências únicas dos indivíduos. Conclusão: este estudo permitiu compreender a experiência vivenciada de mulheres que fizeram uso abusivo de álcool durante a gestação e que estavam em tratamento nos CAPSad. Evidenciou, também, como a Enfermagem vem atuando na prevenção dessa substância durante consultas de pré-natal. A análise das narrativas mostrou que o uso abusivo de álcool é um processo complexo, que envolve fatores psicológicos, culturais, sociais e organizacionais.

Nowadays a growing number of pregnant women made use of alcohol however the World Health Organization (WHO) recommends alcohol withdrawal during pregnancy period. Study object: practice of the nurse with women who made use of alcohol during pregnancy period. General objective: to discuss practice of the nurse in the prevention of the consumption of alcohol during pregnancy period. Method: Qualitative research, descriptive, exploratory with use of the Life Story method. Data were collected in five Psychosocial Atencion Center alchol and drugs (CAPSad) in Rio de Janeiro county with open interview and orienting question: "Tell me about your life about alcohol during pregnancy period and the orientations received by women during prenatal period". In addition, in four Health Municipal Centers (CMS), in which four nurses were interviewed acting on prenatal period, with orienting question: "Tell me about your practice with pregnant who intake alcohol". Interviews carried out between February and May of 2016, by acceptance and signed Consent Form (TCLE). Inclusion criteria of women: over 18 years old, use of alcohol during pregnancy period, and who are in treatment in the CAPSad. About nurses: to realize prenatal nursing consultations. Project obtained approval in the Research Ethics Committee under No. 1.205.233. All interviews were transcribed in its entirety. After re-transcriptions, re-readings and re-codifications were grouped, summarized and gave rise to the analytical categories that were analyzed comparatively and through thematic analysis. Results: the category Feminine Vulnerability and two subcategories emerged from the narratives: the consumption of alcohol by women during pregnancy period and practice of nurses in the prevention of the consumption of alcohol. Narratives were analyzed from theoretical framework of vulnerability and theory of transition perspective. All thematic unities evidenced lack of information on hazards/damages caused by alcohol that could affect the pregnant woman and the fetus. Women omit the consumption in the prenatal consultations. They fear that the professionals would criticize them. They are afraid of killing the baby due to this consumption, but continue to drink. They suspect that the type and amount of alcohol interfere in the fetal development. Nurses do not know about the hazards of the alcohol use during pregnancy period. They fail to capture pregnant women that made use of this substance. They accept that social drinking does not result in damages to the pregnant woman and the fetus. The concept of vulnerability made possible to understand the vulnerabilities experienced by pregnant women who made use of alcohol, as well as nurses, involving social, individual and programmatic questions. The theory of transition points out that the practice of the nurse shall, providing healthy results to the transitions, leading to the recovery of well-being through the provision of care based on the only experiences of individuals. Conclusion: this study made possible to understand the lived experiences of women during pregnancy period who are being treated in the CAPSad for alcohol abuse. Evidenced how the Nursing have been practicing in the prevention of this substance during prenatal consultations. The narratives analysis showed that the alcohol abuse is a complex process, which involves psychological, cultural, social and organizational factors.
Descritores: Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool/enfermagem
Alcoólicos
Alcoolismo/enfermagem
Transtornos do Espectro Alcoólico Fetal/enfermagem
Enfermagem Obstétrica
Gestantes
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)
BR1366.1; 614.253.5, C136, TE700


  10 / 27 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-877356
Autor: Silva, Ingrid Augusta Pereira da; Rocha, Leonardo Zago; Gomes, Maria da Penha Zago ^2Serviço de Gastroenterologia do Hucam; Guerra, Selva Maria Gonçalves; Alencar, Camila Oliveira de; Pinel, Roberta Grasselli Batitucci; Suaid, Fabricia Ferreira; Gomes, Maria da Conceição Machado; Santos, Marciel Silva dos; Sossai, Lorena Lírio; Feitosa, Alfredo.
Título: Condição bucal e qualidade de vida em pacientes alcoolistas e não alcoolistas ­ estudo caso-controle / Buccal condition and quality of life in alcoholic and non-alcoholic patients ­ case-control study
Fonte: ImplantNewsPerio;2(5):934-944, set.-out. 2017. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: estudar as concepções dos pacientes alcoolistas, alcoolistas cirróticos e cirróticos não alcoolistas quanto à percepção de qualidade de vida, condição periodontal, perda dentária e uso ou não de prótese dentária. Material e métodos: estudo caso-controle com 194 pacientes, com idades entre 25 e 73 anos, atendidos no Serviço de Gastroenterologia do Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes (Hucam/Ufes), quanto aos parâmetros: profundidade de sondagem, nível de inserção clínica, índice de placa visível, sangramento gengival, sangramento a sondagem, supuração, mobilidade dentária, lesões de furca e questionário OHIP-14. Resultados: a condição clínica dos pacientes mostrou predomínio de má qualidade de vida marcada por perda dentária extrema. Foram observadas perdas de inserção periodontais, predominância de placa dentária (p=0,002) e bolsas periodontais profundas (< 6 mm) no grupo-caso (p=0,035). Alguns parâmetros do OHIP-14 com significância (p < 0,001) foram observados com a condição clínica médica, especialmente nas categorias dos problemas ao falar, sentimento de constrangimento social e mastigação. Uma comparação foi realizada para avaliar a percepção dos pacientes alcoolistas e desdentados em relação ao OHIP-14, utilizando apenas as primeiras (nunca) e as últimas (sempre) respostas. A resposta "nunca" apresentou maiores percentuais nas questões 1 (91,8%); 2 (82,7%); 6 (69,4%); 7 (70,7%); 8 (88,3%); 9 (80,0%); 12 (90,4%); 13 (69,2%); e 14 (89,8%). A pergunta 5 obteve a resposta "sempre" como a maior porcentagem (73,3%) para o mesmo grupo. Conclusão: a condição clínica dos pacientes mostra efeitos significativos ao se correlacionar os parâmetros do OHIP-14 com a condição periodontal deteriorada e ausência considerável de próteses dentárias.

Objective: in the present study we studied the conceptions of alcoholic, cirrhotic alcoholic and non-alcoholic cirrhotic patients regarding perception of quality of life, periodontal condition, tooth loss and use of dental prosthesis. Material and methods: we evaluated 194 patients aged 25-73 years, attending the Gastroenterology Department of the University Hospital Cassiano Antônio de Moraes (Hucam/Ufes), regarding the parameters: probing pocket depth, clinical attachment loss, visible plaque, marginal gingival bleeding, bleeding on probing, suppuration, dental mobility, furcation lesions, and OHIP-14 questionnaire. Results: the clinical condition of the patients showed a predominance of poor quality of life marked by extreme dental loss. Periodontal attachment losses, predominance of dental plaque (p=0.002) and signifi cant deep pockets ( 6 mm) were observed in the case group (p=0.035). Some OHIP-14 parameters with signifi cance (p < 0.001) were also observed with the medical clinical condition, especially in the categories of speech problems, feeling of social embarrassment and chewing. A comparison was made to evaluate the perception of alcoholic and edentulous patients in relation to OHIP-14 using the fi rst (never) and the last (always) answers. The answer "never" presented higher percentages in questions 1 (91.8%); 2 (82.7%); 6 (69.4%); 7 (70.7%); 8 (88.3%); 9 (80.0%); 12 (90.4%); 13 (69.2%); and 14 (89.8%). Question 5 obtained the answer "always" as the highest percentage (73.3%) for the same group. Conclusion: the clinical condition of patients shows signifi cant effects when correlating with OHIP-14 parameters with the medical clinical condition, deteriorated periodontal condition and considerable absence of dental prostheses.
Descritores: Alcoólicos/estatística & dados numéricos
Interpretação Estatística de Dados
Saúde Bucal
Doenças Periodontais
Qualidade de Vida
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR510.1 - Biblioteca Central



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde