Base de dados : LILACS
Pesquisa : M01.097 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 217 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 22 ir para página                         

  1 / 217 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-478809
Autor: Neves, Ana Maria Silva.
Título: Crianças abandonadas e institucionalizadas: as especificidades do trabalho com a equipe / Abandoned and institutionalized children: the particularity of the work with the institutional staff
Fonte: Texto & contexto enferm;8(2):422-426, maio-ago. 1999.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Congresso Internacional Família e Violência, Florianópolis, 19-23 abr. 1999.
Resumo: This article aims to comprehend and analyze the variations that constitute the universe of the abandoned and institutionalized child, emphasizing the influences that the ties with the institutional staff exert on the childhood affection development. Forty visits were carried out in a philanthropic institution which conducts its activities to follow up children that were victims of physical and psychological abuse. It was observed that aggressively is the mediator of adult-child relationship, difficulty construction of stable relationship and authentic patterns of identification. It was concluded that it is essential to provide the staff psychological follow up, so that they can feel active agents in the promotion of promising life projects to abandoned and institutionalized children...
Descritores: Criança Abandonada
Criança Institucionalizada
Equipe de Assistência ao Paciente
Limites: Humanos
Criança
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  2 / 217 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-478808
Autor: Weber, Lidia Natalia Dobrianskyj.
Título: A ficção e a realidade de crianças institucionalizadas: uma proposta de intervenção / The fiction and the reality of institutionalized children: a proposal of intervention
Fonte: Texto & contexto enferm;8(2):427-430, maio-ago. 1999.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Congresso Internacional Família e Violência, Florianópolis, 19-23 abr. 1999.
Resumo: In Latin American there are countless institutionalized children and recent studies (Weber, 1996; Weber at alii, 1996; Weber, 1999) reveal that those children basic desire, and also their civil right, is to have a family. They repeat that they want to have parents, so they cold are 'sons and daughters' and could occupy an affective space in the world. Bureaucratic difficulties associate to social prejudices hinder the accomplishment of the dream, and these children became nobody' sons and daughters. The institutionalized children reveal a confused and ambivalent speech in relation to their original history, the future expectations for their life, and their legal position in the society. Recently in Brazil began a campaign about the ônecessary adoptionsõ (for every age and race adoptions) speaking much about the need to prepare step parents. However, it is not provided the institutionalized children the consciousness of their own abandon history, which is frequently blended with negligence and family violence. Neither do they know their probabilities of being adopted someday. Based on several researches, the author present a project for intervention: to review their process for family reintegration (the family of origin or origin or a substitute family); to clarify about their background; to discuss with them the real possibilities of living on a family; to provide to the institutionalizes children and adolescents a therapeutic group for psychological support to allow them have a space and time to understand their own story...
Descritores: Criança Abandonada
Criança Institucionalizada
ESTUDOS DE INTERVENCAO
Família
Limites: Humanos
Criança
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  3 / 217 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-512953
Autor: Zem-Mascarenhas, Silvia Helena; Dupas, Giselle.
Título: Conhecendo a experiência de crianças institucionalizadas / Institutionalized children and their experiences
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;35(4):413-419, dez. 2001.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo teve por objetivo conhecer a experiência da criança institucionalizada e foi norteado pelo referencial teórico do "Interacionismo Simbólico" e pelo referencial metodológico da "Teoria Fundamentada nos Dados". Os dados foram coletados por meio de duas etapas: a primeira compreendeu atividades em grupo e a segunda consistiu em entrevistas individuais. Os resultados mostraram que a institucionalização ocorreu por abandono e rejeição dos pais ou por decisão jurídica como medida de proteção à criança, tendo como contexto a pobreza de sua família. A experiência da criança é conflituosa com relação à institucionalização, pois percebe ter recursos materiais, mas sente falta da família, da casa, dos amigos, enfim, da vida fora dali.

The aim of this study was to know the experience of the institutionalized child and was guided by the theoretical referential of the " Symbolic Interactionism " and by the methodological referential of the " Grounded Theory". The data had been collected in two stages: the first one understood group activities and second stage consisted of personal interviews. The results had shown that the institutionalization occurred for abandonment and reject of the parents or for legal decision as a measure of child protection, having as context the poverty of its family. The child's experience is conflicting in relation to being institutionalized, because while he/she perceives the necessity of material gain, they miss their family, their home, their friends, and simply life outside.
Descritores: Criança Abandonada
Criança Institucionalizada/psicologia
Pobreza
Limites: Humanos
Criança
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  4 / 217 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-574488
Autor: Valencia González, Alejandra; Alcaraz López, Gloria Margarita.
Título: La violencia no siempre es violencia: el significado para los niños y niñas en situación de calle / A violência não sempre é violência: o significado para os meninos e meninas em situação de rua / Violence is not always violence: its meaning to homeless children
Fonte: Invest. educ. enferm;28(3):435-443, nov. 2010. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo. Describir y comprender el significado de la violencia desde la mirada de niño/as con experiencia de vida en la calle en la ciudad de Medellín. Metodología. Estudio etnográfico realizado entre Febrero de 2005 y Mayo de 2008, se entrevistaron 10 niños y 8 niñas menores de 18 años, que aceptaron participar. Las observaciones se realizaron en horas diurnas y nocturnas. Del proceso analítico emergieron las categorías de agresiones que no son violencia y la violencia que es dañar sin razón. Resultados. En la calle las agresiones que no son violencia surgen en la relación con pares, en un marco de defensa, por ende, son legítimas y validadas, contrario a ello, la violencia es ejercida por actores ajenos a la lógica de la calle, busca causar daño y sus actos no son justificados y por ello es ilegítima. En la construcción que los niños/ as hacen de las agresiones que no son violencia y de la violencia hay un trasfondo de supervivencia y de ausencia de instituciones que garanticen sus derechos, dicha ausencia profundiza los sentimientos de sufrimiento y dolor ya presentes por los hechos de violencia experimentada. Estos niños/as van por la calle haciendo historia en adversidad, construyendo órdenes y lógicas que les permite sobrevivir. Sus órdenes establecidos en la antinorma de la calle reclaman de programas incluyentes y diseñados desde sus necesidades explícitas y sentidas, de tal forma que puedan insertarse en la sociedad como sujetos de derecho en todo el reconocimiento de su dignidad humana. Conclusión. Para los niños y niñas en situación de calle, la violencia es clasificada y vista como violencia, en este sentido hacen legitimación de la misma.

Objective. To describe and understand violence meaning for children with street living experience in the city of Medellin. Methodology. Ethnographic study performed between February 2005 and May 2008, 10 boys and 8 girls under 18 years old who accepted 436 / Invest Educ Enferm 2010;28(3) to participate were interviewed. Observations were made during day and night hours. From the analytical process emerged the categories of non violent aggressions and the violence that is to damage without reason. Results. Non violent aggressions in the street surge from the peer relationship as a defense mechanism this is why they are valid and legitimate, contrary to this violence is executed by people estranger to the logics of the street, seeking to cause damage; their actions are not justified and therefore are illegitimate. In the buildup that children make about violence and non violent aggressions, there is a background of survival and absence of institutions that guarantee their rights, such absence increases the feelings of suffering and pain already present for the previously experimented violence. These children go through the streets making history in adversity, creating laws and logics that allow them to survive. The laws established in the street anti law claim for inclusive, designed programs from their specific necessities so that they can part of the society as subjects with rights to be acknowledge all their human dignity. Conclusion.For homeless children violence is classified and seen as violence, in this sense they legitimate it.

Objetivo. Descrever e compreender o significado da violência desde a mirada de menino/as com experiencia de vida na rua na cidade de Medellín. Metodologia. Estudo etnográfico realizado entre Fevereiro de 2005 e Maio de 2008, entrevistaram-se 10 meninos e 8 meninas menores de 18 anos, que aceitaram participar. As observações se realizaram em horas diurnas e noturnas. Do processo analítico emergiram as categorias de agressões que não são violência e a violência que é danar sem razão. Resultados. Na rua as agressões que não são violência surgem na relação com pares, num marco de defesa, portanto, são legítimas e validadas, contrário a isso, a violência é exercida por atores alheios à lógica da rua, procura causar dano e seus atos não são justificados e por isso é ilegítima. Na construção que os meninos/as fazem das agressões que não são violência e da violência há uma profundidade de sobrevivência e de ausência de instituições que garantam seus direitos, dita ausência aprofunda os sentimentos de sofrimento e dor já presentes pelos fatos de violencia experimentada. Estes meninos/as vão pela rua fazendo história em adversidade, construindo ordens e lógicas que lhes permite sobreviver. Suas ordens estabelecidas na anti-norma da rua reclamam de programas incluintes e desenhados desde suas necessidades explícitas e sentidas, de tal forma que possam inserir-se na sociedade como sujeitos de direito em todo o reconhecimento de sua dignidade humana. Conclusão. Para os meninos e meninas em situação de rua, a violência é classificada e vista como violência, neste sentido faz legitimação da mesma.
Descritores: Jovens em Situação de Rua
Criança Abandonada
Violência
Limites: Humanos
Responsável: CO103.1 - Biblioteca


  5 / 217 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-458242
Autor: Ospina M., Bernarda; Soto V., Cecilia; Betancur T., Ceneida; Jaramillo, Diva Estela; Zuloaga P., Luz; Escobar G., Juan Darío.
Título: Perfil de salud del gamín / Health profile of homeless child
Fonte: Invest. educ. enferm;10(1):93-128, mar. 1992. graf.
Idioma: es.
Resumo: En el presente estudio se analizó el perfil de salud del gamín de Medellín en noventa y ocho niños, su situación sociofamiliar, el consumo de sustancias psicoactivas, la morbilidad general y la salud mental y oral.
Descritores: Higiene Bucal
Desemprego
Fumar
Desenvolvimento Infantil
Transtornos Nutricionais
Bem-Estar da Criança
Drogas Ilícitas
Criança Abandonada
Serviços de Saúde da Criança
Responsável: CO103.1 - Biblioteca


  6 / 217 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-198769
Autor: Gomes, Romeu.
Título: O corpo na rua e o corpo da rua: a prostituçäo infantil feminina em questäo / Female child-prostitution.
Fonte: Säo Paulo; Unimarco; 1996. 284 p.
Idioma: pt.
Resumo: Analisa a prostituiçäo infantil feminina e o processo saúde-doença vinculado à sexualidade no meio de meninas do Rio de Janeiro que vivem na rua. A investigaçäo é de natureza qualitativa voltada para a análise institucional. Os dados baseiam-se em fontes primárias (história da vida, observaçäo participante, entrevista) e fontes secundárias que leva em conta três tipos de documentos (os que se relacionam aos documentos específicos sobre as instituiçöes e programas estudados; documentos em que säo registrados à Comissäo Parlamentar de inquérito sobre a prostituiçäo infanto-juvenil e os que citam obras que relatam pesquisas sobre o assunto. Foram tiradas duas conclusöes, a primeira expressa a auto-percepçäo que elas tem de sí próprias e a segunda remete à figura da prostituta que procuram colocar fora de seu universo. Em ambas as representaçöes se revela a violência sexual. Quanto ao processo saúde-doença aspéctos da sexualidade tais como: gestaçäo precoce, aborto e doenças sexualmente transmissíveis ficam comprometidos.
Descritores: Jovens em Situação de Rua
Trabalho Sexual
-Problemas Sociais
Abuso Sexual na Infância
Criança Abandonada
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; R306.745098153, G633c


  7 / 217 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-139792
Autor: Conselho Regional de Psicologia. 6 regiäo.
Título: Prática e paixäo: memórias e mapas no trabalho com a menor-idade / Practice and passion: working with deprived children.
Fonte: Säo Paulo; Oboré; 1992. 289 p.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Debates de 1989 e Debates de 1992, Säo Paulo, 1989-1992.
Descritores: Bem-Estar da Criança
Criança Abandonada
Criança Institucionalizada
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite
BR85.1; HV721, P912


  8 / 217 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-94079
Autor: Guerra, Viviane Nogueira de Azevedo.
Título: Violência de pais contra filhos: procuram-se vitimas / Parents violence against children: scarching for victims.
Fonte: s.l; Cortez; 1985. 118 p.
Idioma: pt.
Descritores: Violência
Síndrome da Criança Espancada
Criança Abandonada
Relações Pais-Filho
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite
BR85.1*HM291*G934v*2ed


  9 / 217 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-214467
Autor: Hirata, Marisa Correia.
Título: Jardineiros sem flores: o cuidar-cuidado com o adolescente näo cidadäo na perspectiva da cidadania / Flowers care-caring.
Fonte: Salvador; s.n; 1995. 150 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este trabalho relata uma práxis de enfermagem com um grupo de adolescentes näo cidadäos que já vivenciaramas ruas da cidade de Salvador, Bahia, como moradia e espaço de luta para a sobrevivência , e que, no momento, participam como bolsistas de um projeto de mútua cooperaçäo entre a UFBA e o Projeto Axé. Apresenta como objetivo o cuidar-cuidado com esses adolescentes na perspectiva da cidadania buscnado a operacionalizaçäo através de uma visäo qualitativa e dialética. Teve como ponto de partida pressupostos da autora fundamentados em idéias de muitos outros pesquisadores, e baseou-se num processo de interaçäo com o uso de técnica específica para este grupo - a paquera pedagógica estendida posteriormente como pesquisa participante. Neste caminhar, desenvolveram-se atividades a nível individual e de grupo com discussöes e açöes quanto ao processo de saúde com discussöes e açöes quanto ao processo de saúde com aderência dos componentes do conceito do cuidado. A cidadania foi discutida nos aspectos civis, políticos e sociais, desnudando o eufemismo das leis e incorporando as subjetividades do Ser ao lado das buscas objetivas e coletivas. Interrelaciona práticas tradicionais de enfermagem e terapêuticas alternativas como as essências florais de Bach e técnicas de relaxamento na perspectiva do autoconhecimento como apoio ao equilíbrio de sentimentos e emoçöes para a transformaçäo no percurso do adolescer numa sociedade excludente
Descritores: Terapias Complementares
Essências Florais
Adolescente
Enfermagem
Psicologia do Adolescente
Jovens em Situação de Rua
Criança Abandonada
-Teoria de Enfermagem
Limites: Adolescente
Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde
BR342.1; 616-053.7-083, 66


  10 / 217 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-90979
Autor: Rosemberg, Fúlvia.
Título: A concepçäo de família subjacente a programas para crianças e adolescentes em situaçäo de rua / The concept of family subjacent to programs for children and adolescents living in the streets
Fonte: In: Escola Paulista de Medicina. Departamento de Psicobiologia; Centro Brasileiro de Informaçöes Sobre Drogas Psicotrópicas. Abuso de drogas entre meninos e meninas de rua do Brasil. s.l, Centro Brasileiro de Informaçöes sobre Drogas Psicotrópicas, 1990. p.96-96.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Abuso de Drogas entre Meninos e Meninas de Rua do Brasil, Säo Paulo, 23-25 maio 1990.
Descritores: Família
Criança Abandonada
Cuidado da Criança
-Brasil
Limites: Humanos
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/1717.05; BR59.2; 613.83, E73a. 4063; BR599.1; 615.24-053.2(81), C397a, AG. 10001027724; US1.1; GEN BRA HV5824.I5.A165 1990



página 1 de 22 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde